You are on page 1of 2

SÉRIE UNS AOS OUTROS

Estudo 7: Orai Uns Aos Outros- 1

Texto para Estudo: ".Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns
pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo”.
(Tiago 5.16).
Uma das maneiras mais amorosas de cuidarmos uns dos outros é orando uns
pelos outros. Por isso, Tiago nos orienta: “Orai uns pelos outros, para serdes curados.
Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo (Tg 5.16). Paulo sempre pedia oração:
“Irmãos, orai por nós” (1 Ts 5.25).

A oração intercessória é tão importante para o nosso bem estar espiritual, que
esse é um dos ministérios que Jesus realiza por nós, todos os dias, na presença de
Deus. Ele intercede por nós: “Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou,
antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós”
(Rm 8.34).

I - POR QUE DEVEMOS INTERCEDER?

1. É uma recomendação bíblica. O Calvário nos deu a oportunidade de irmos


diretamente a Deus para recebermos perdão e diante dEle podemos exercer a função
de sacerdotes intercedendo pelos irmãos em Cristo (1 Pe 2.9). Tiago ressalta a
natureza eficaz da oração feita por um justo, a ideia básica é a de uma súplica que tem
energia.

2. É uma demonstração do amor cristão. "Antes de tudo, pois, exorto que se use a
prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os
homens" (1 Tm 2.1 – ARA

O intercessor se coloca entre Deus para pleitear sua causa, recorrendo a Deus para
que mude determinadas circunstâncias. Todo crente é chamado a exercer o
sacerdócio levando suas necessidades à presença do Eterno (“Mas vós sois a geração
eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as
virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;” 1Pe 2.9 –
ARA).

3. É um exercício de piedade. Interceder é ver a necessidade da intervenção de


Deus nas mais diversas situações. É captar a mente de Cristo, de modo a ver as
circunstâncias como Cristo as vê e unir-se a Ele em súplica diante de Deus. A
intercessão deve ser uma das prioridades da vida do cristão. Todo crente é chamado a
interceder. Quem não o faz, não exercita devidamente sua piedade. Paulo é enfático
ao dizer: "Exorto, pois, antes de tudo, que se façam súplicas, orações, intercessões,
ações de graças por todos os homens," (1 Tm 2.1 - ARA).
Pode-se definir a intercessão como a oração de fé contrita e reverente. É assim
que vamos perseverar em súplica a Deus em favor dos que estão extremamente
necessitados da intervenção divina. Daniel ora contritamente em favor da restauração
de Jerusalém e de todo o povo de Israel numa verdadeira intercessão. A Bíblia nos
fala da intercessão de Cristo e de numerosos santos, homens e mulheres em toda
Bíblia.

MOTIVOS DE ORAÇÃO

Hoje vamos dedicar um tempo significativo de oração pela restauração da vida do


Henrique, também por seus pais, Samuel e Lígia.