You are on page 1of 67

Genética do Comportamento

Magda Teles
mteles@ispa.pt
Genética do comportamento
Estabelece o link causal entre genes, traços comportamentais e
mecanismos neurais nos animais.
Evolução

Genes

Desenvolvimento Fisiologia

S. Nervoso

Inter. Sociais Inter. Ambientais

Comportamento
Figura 1.1.Adpatada do livro: Principles of behavioural genetics
Gregor Mendel and his garden

Pai da Genética

Leis da heritabilidade
Bom modelo experimental

• Crescem em grandes quantidades.

• Produzem muita descendência ( em forma de


semente).

• Períodos de vida curtos,

• O mesmo individuo pode ter órgãos reprodutores


F e M.

• Fácil de controlar as reproduções.


Algumas definições…
• Caracter: Característica física observável ( ex:
cor da flor)

• Traço: forma de um caracter (ex: flor roxa ou


branca)

• Traço heriditável: passado da geração


parental para a descendência.
• Mendel focou-se traços bem definidos “true-
breeding traits” os únicos traços observados
durante muitas gerações ( Ex: flores brancas x flores
brancas).

• Estas linhas “True-breeding” foram isoladas através


de protocolos de inbreeding e selecção.

• Concentrou-se em 7 traços: forma da semente, cor


da semente, cor da flor, forma da vagem, cor da
vagem, posição da flor e altura do pé

Traço: forma de uma característica.


Os cruzamentos de Mendel:

• Polen de um progenitor foi transferido para o estigma de outro


progentior = geração parental, P

• Resulting offspring = first


filial generation or F1;

• if F1 plants self pollinate,


produce second filial
generation or F2.
1º Experiência de
Mendel

• As sementes enrugadas nunca apareciam


na geração F1, contudo reapareciam na
geração F2.

• Sementes lisas = Domiantes


• Sementes enrugadas = Recessivas
• O rácio dos traços era sempre constante 3:1.

• Na F2 ¾ apresenta o traço dominante e ¼ o traço recessivo.


Mendel propôs:

1) Cada individuo possuí 2 “elementos” hereditáveis


de cada característica, um de cada progenitor
(gene);

2) Quando estes elementos são diferentes , um pode


dominar o outro.
Primeira lei de Mendel

ü 2 “elementos” de heritabilidade para cada traço em cada


individuo, e este 2 elementos separam-se durante a
reprodução,

ü A descendência recebe um elemento de cada progenitor,

ü Um “elemento” pode dominar o outro, e o traço do


dominante é expresso

ü Um “elemento” recessivo é expresso apenas em


homozigótica.

Lei da segregação alélica


Heritabilidade

• Genes com diferentes formas = formas alternativas dos


genes são os alelos: mesmo alelo os gene são
homozigóticos ( ex. ss) e alelos diferentes os genes são
heterozigóticos (ex. Ss).

• Combinação de alelos = Genótipo

• Traços observados = Fenótipo

• Diferenças no genótipo expressas pelo fenótipo


1º lei de Mendel

Lei da segregação

Punnett square
• Genes é uma porção de DNA, localizado em cromossomas e
codifica uma caraterística.

• Locais posições especificas (locus)

• 1 cópia do cromossoma
• Mendel também descobriu que a heritabilidade
de um traço não afectada pela heritabilidade de
outro. Cada traço é herdado no ratio 3:1.

• Durante 35 anos as suas descobertas foram


ignoradas.

• Morreu 1884 sem o conhecimento do profundo


impacto do seu trabalho na genética.
Leis de Mendel
Pedigree analysis and inheritance
(Huntington’s Disease)
Huntington disease

• Alterações de personalidade.
• Esquecimento.
• Movimentos involuntários.
• Perda completa do controlo motor e função intelectual.
• Quando estudada ao longo de várias gerações, padrão de
heritabilidade
-p O
Q1: Quais as regras de heritabilidade aqui
presentes?

Q2: Porque é que esta doença persiste na


população?
• Excesso ácido fenilpirúvico na urina em irmão com atraso no
desenvolvimento mental.
• Distúrbio no metabolismo da fenilalanina (a.a)

Fenilcetonúria (PKU)
Pedigree analysis and inheritance (PKU)

b y O

• Não têm pais afetados, não parece ser herdado,


• Corre em famílias
• Geneticamente relacionados maior probabilidade de ter filhos
What
comrules
PKUof heredity are at work? Why does this lethal condition persist in the
Huntington disease (HD)

Porque é que esta condição persiste na população?


Fenilcetonúria (PKU)

Mais frequentes em indivíduos genéticamente


relacionados
Teste do pezinho Programa Nacional de Diagnóstico
Precoce iniciou-se em 1979 com o
rastreio da Fenilcetonúria (PKU) -
uma doença metabólica, cujo erro
enzimático incide no metabolismo
de um aminoácido essencial, a
fenilalanina, que impede o doente
de ingerir determinados alimentos.
Em 1981, seguiram-se os testes a
recém-nascidos do Hipotiroidismo
Congénito (HC). Mais de dois
milhões de bebés foram rastreados
com o teste do pezinho, no total,
cerca de mil casos de doenças
detectados.

Publico
Segunda lei de Mendel

ü Cruzamentos entre plantas que diferem em mais do que


uma característica,

ü Alelos para os 2 genes são segregados independentemente,

ü A Heritabilidade de um genes não é afectada pela


heritabilidade de outro gene.

Lei da segregação independente


2º Experiência de
Mendel

• Os individuos são heterozigoticos


para 2 genes ( forma e cor)

• Alelos maternos (ex:SY) vão juntos


para o mesmo gameta?

• Gameta pode receber um materno e


um paterno (Sy)?
• Lei de Mendel é violada quando genes para os 2
traços estão muito próximos no cromossoma,
- heritabilidade já não era independente
2 traços muito perto no mesmo cromossoma
Recombinação de 3 loci
durante a meiose

Duplicação dos cromatídeos

Pode ocorrer recombinação


génica

Cada cromatídeo vai para


diferentes gametas
• Lei de Mendel é violada quando genes para os 2
traços estão muito próximos no cromossoma,
- heritabilidade já não era independente

• Violações porque permitem mapear genes nos


cromossomas às leis de Mendel,

• Par de genes viola as leis de Mendel


- Linkage
• Identificação da posição do gene no cromossoma,

• Linkage analysis,

- Usa informações sobre violações à segregação


independente,

- Marcadores de DNA e um traço são segregados


mais do que o esperado por acaso.

• Gene identificado:
- variação no DNA responsável pela doença
- proteína pode ser estudada
Sumário

• HD e PKU são exemplos de doenças dominantes e recessivas


que seguem as regras de heritabilidade de Mendel,

• Genes SS e ss

• 2 alelos segregam de forma independente ( 1º lei de Mendel)

• 2º Lei de Mendel, a heritabilidade de um gene não é afectada


por outro,

• Genes próximos no cromossoma podem violar esta lei (


linkage)
Para além da lei de Mendel...

Genes que têm multiplos alelos. Hierarquia de dominância:

C >cch >ch >c


A dominâcia nem sempre é completa…
Co-dominancia
Daltonismo

• Daltonismo ocorre com maior frequência em homens do que em mulheres


of the grandsons do. What could be going on here in terms of M endel’s laws of
heredity? Color blindness – Beyond Mendel s Laws

- Skip a generation phenomenon


Determinação sexual

Genes no cromossoma X
• Cromossomas sexuais

• Alelo recessivo no X

• X-linked ( sempre maior


incidência em homens)
Several other genetic phenomena do not appear to conform to M endel’s laws in the
sense that they are not inherited in a simple way through the generations.

The most common type of exceptions to M endel’s laws involve new, or de novo,
DNA mutations that do not affect the parent because they occur during the for
mation of the parent’s eggs or sperm. But this situation is not really a violation of
M endel’s laws, because the new mutations are then passed on to offspring according
to M endel’s laws, even though affected individuals have unaffected parents. M any
genetic diseases involve such spontaneous mutations, which are not inherited from
the preceding generation. An example is Rett syndrome, an X-linked dominant dis
order that has a prevalence of about 1 in 10,000 in girls. Although girls with Rett
syndrome develop norm ally during the first year of life, they later regress and even
tually become both m entally and physically disabled. Boys with this mutation on
their single X chromosome die either before birth or in the first two years after birth.
Outras excepções:Mutações de novo

• Mutação espontânea

• Desenvolvimento neurológico

• X-linked

• Fisica e mentalmente debilitadas

• Rapazes morrem durante a gestação


Alterações nos cromossomas

Down syndrome
Traços complexos (ex: Esquizofrenia)

• 1:100 pessoas
• Não tem padrão simples de heritabilidade
• Corre em familias
Capacidades cognitivas

Marido e mulher – 0.40


Francis Galton:
Relação entre
semelhança familiar
e traço quantitativo.

Correlação

Heritabilidade quantitativa : comportamentos complexos e traços biológicos são


herdados
Heritabilidade de traços complexos
• HD e PKU são exemplos onde 1 único gene é suficiente para
causar a doença.

• Em contraste, mais do que 1 gene originam doenças


complexas e dimensões continuas ( ex. Esquizofrenia e
capacidades cognitivas).

• A redescoberta das leis de Mendel em 1900:

Mendelianos - Procuravam efeitos de 1 gene único

Biometricistas – Argumentavam que as leis de Mendel não se


aplicavam a traços complexos, porque não existia um padrão
simples de heritabilidade.
• Mendelianos estavam corretos quanto ao mecanismo da
heritabilidade, e errados relativamente ao padrão de
heritabilidade de traços complexos,

• Biometricistas estavam corretos quanto à distribuição


quantitativa dos traços complexos (não qualitativa), contudo
errados relativamente às leis de heritabilidade serem
particulares das ervilhas.

As leis de Mendel para um único gene, também se aplicavam a


traços complexos influenciados por vários genes, traço
poligénico.
Number of increasing alleles:
1A , A i
0
| A,A
1
1 gene, 2 Alelos = 3
genótipos e 3 fenótipos
(b) A\A\Bi B
Alelos aditivos
A A B B: A .A i B . B , A\A2BiBi

U ,A , £ , B , 1 A , A :B,B AiAiB\B\ AiAiB iB i 1A1A1B1B1 |

2 gene, 2 Alelos = 9
genótipos e 5 fenótipos
A\A\B\B2Ci Ci

AiAtBiBiQ Ci
A lA>B,B, Q Ci A,A- B,Bi C: C:
A,AiB,B, Ci Ci

AtAtBtBtC, Ci A,AiB:B> C. C:

A t A iB t B iQ Ci
A\A,BiBi Ci C, A, A 2B,Bi C: Cl

A i A i B , B t C, C;

A lA i B , B i C, C 2
AtAzBiB, Q Ci A i A 2B iBl Ci Ci
A ,A i B 2B i C i C i 3 gene, 2 Alelos = 27
Ax AiBx BiQ C,
A\AiBiBiC\ C,
A iA ,B ,B i Q C, A i A i B i B i C, Ci
AiAiB^iQCi genótipos e 7 fenótipos
\A,AlB iBl Ci C, 1 A ]A 2B , B i C, C, AiAzBtB, C, C, A i A i B i B i Q C, A i A i B i B i C C, A1A1B1B1QCi \AiAiBiBi Ci Ci\

Variação continua
Variação continua a nível do fenótipo apesar de cada gene ser
herdado de acordo com as leis de Mendel.

Genes múltiplos - traços quantitativos – Genética quantitativa


Sir Ronald Fisher Sewall Wright

1918 1921
• Extensão das leis de Mendel para modelos com multiplos genes.

• Se fatores genéticos afectam traços quantitativos, a semelhança


fénotipica aumenta com o grau de parentesco.
Great-grandfathers
(12.5%)

Grandfathers__ Great-uncles
Como pode existir relações
(25%) (12.5%) dicotómicas em doenças
causadas por vários genes?
Fathers ____ Uncles _____ First
(50%) (25%) cousins
(12.5%)
- Threshold
Half ____ Brothers____ INDEX Identical
brothers (50%) CASE twin
(25%) ( 100%) - Dimensões artificiais
Nephews Sons estabelecidas com base no
(25%) (50%)
diagnostico.
Great-nephews Grandsons
(1 2 .5 % )------- (25%)

Great-grandsons
(12.5%)
DNA: A base da hereditariedade
Ácidos nucleicos – são polímeros especializados para o armazenamento,
transmissão, e uso de informação.

Codifica informação genética


• DNA ( ácido (genes)
desoxiribonucleico)

Informação contida no DNA para


• RNA (ácido ribonucleico) codificar sequências de a.a.
DNA - é um composto orgânico cujas moléculas
contêm as instruções genéticas que coordenam o
desenvolvimento e funcionamento de todos os
seres vivos.

Francis Crick and James


Watson 1953
Características que definem a estrutura do DNA:

• Dupla hélice

• Antiparalela, as duas cadeias “crescem” em


direcções opostas por complementaridade.

5’ 3’

3’ 5’

• DNA polimerase

• Adenina (A) liga-se à timina (T) formando 2


ligações hidrogénio e a guanina (G) à citosina (C)
com 3 pontes de hidrogénio.

• Açúcar- fosfato- açúcar-fosfato


Replicação do DNA

• Material genético é replicado com precisão durante a divisão celular


• Cada cadeia simples serve de molde para uma cadeia nova
• Modelo semi-conservativo
Mecanismos de revisão e reparo do DNA
3 mecanismos de reparo:

• Revisão: corrige os erros da DNA polymerase durante a


replicação,

• Incompatibilidade: scan o DNA imediatamente apos a


replicação e corrige pares de bases mal emparelhados,

• Excisão: mecanimo que remove bases anormais que se


formraram devido a alterações quimicas e substitui por
bases funcionais.
RNA – Molécula intermediária entre DNA e as
proteínas.

Ø Cadeia simples

Ø A molécula de açucar é a ribose

Ø Uracilo (U)
Proteína – conjunto de 80 aminoácidos (mínimo), sendo os conjuntos menores
denominados polipeptídos.
• Código genético universal

• Conjunto de 3 letras = Codão

• Complementar com o tripleto


DNA

• 64 codões diferentes (43)

• 20 a.a.
Dogma central da genética molecular
Transcrição
• Sequência de RNA formada a partir de uma sequência de DNA.

• A sequência de DNA é “lida” por uma RNA polimerase que produz uma cadeia
complementar e antiparalela de RNA.

• Primeiro passo para a expressão génica.

• RNA mensageiro (RNAm)


Tradução
• Último passo na biosíntese de proteínas,

• RNAm é descodificado pelos ribossomas dando origem a uma cadeia,


específica de a.a. que por sua vez dá origem à proteína activa,

• A tradução é feita no citoplasma da célula onde o ribossoma se liga ao RNAm

• Cada característica fenotípica é controlada pelos genes do organismo, que


são as unidades básicas da hereditariedade.

• Cada gene codifica para uma sequência de a.a. específica que por sua vez
origina uma proteína específica (enzima ou proteína estrutural).

https://www.youtube.com/watch?v=gG7uCskUOrA
• Genes agrupados em cromossomas( A,T,G,C)

• Palavras de 3 letras (codões)

• Organizados em cromossomas

• 2001 Genoma humano sequenciado


• 3 biliões de pares de bases
• Localização dos genes nos cromossomas são conhecidas
• 1/3 das proteínas são apenas expressas no cérebro

Genoma único de Genética do


cada individuo comportamento
Cromossomas

HD: 4p16

• 23 pares de cromossomas
• Mapeamento dos genes