You are on page 1of 4

Capital Social

Capital Social: a Nova Estrela do


Crescimento Econômico
Fernando Curi Peres

A cola invisível que mantém a coesão social, ou o próprio tecido social, é um grande facilitador das
transações econômicas. A importância deste capital social no crescimento econômico é maior do que
nossa intuição pode indicar.

A martya Sen define desenvol-


vimento como o crescimento das
sociedades no sentido de aumento de
Até recentemente eles incluíam os
capitais físico, financeiro, natural e
humano (Figura 1). O trabalho seminal
invisível que mantém a coesão das
sociedades, e está baseado na confiança
entre as pessoas e na rede de
liberdades fundamentais onde o de Putnam (1993)1 , já considerado um relacionamentos entre elas e os grupos
crescimento econômico é só uma parte, clássico da literatura econômica, sociais que formam as comunidades. As
em geral imprescindível, do processo. apresenta estudos onde o quinto estoque redes de relacionamento são do tipo eu
Nas palavras do autor, que recentemente - capital social - mostra ser de conheço e confio em você, que conhece
teve sua importante obra reconhecida importância fundamental para o fulano, que conhece ciclano em quem
com o Prêmio Nobel de Economia: crescimento. O capital social devo confiar por transitividade do nosso
corresponde ao tecido social, ou à cola relacionamento. O capital social é,
“O desenvolvimento requer que se portanto, um facilitador ou lubrificador
removam as principais fontes de de transações nos mercados. Como
privação de liberdade: pobreza e estoque, depende de investimentos
tirania, carência de oportu- Com o novo conceito de anteriores e pode e precisa ser aumen-
nidades econômicas e destituição capital social pode-se tado para ser mantido e crescer. Ao
social sistemática, negligência dos contrário dos outros capitais, o capital
serviços públicos e intolerância explicar, como fez social tem, na maioria das vezes,
ou interferência excessiva de Putnam, por que as características de um bem público, ou
Estados repressivos.” (Sen, 1999 regiões do Norte da Itália seja, seu uso por um membro da
p.18) comunidade não diminui a disponi-
estão mostrando bilidade ou estoque para uso por outros.
Existem, portanto, muitos outros crescimento O capital social é uma forma de
aspectos no desenvolvimento. Os sensívelmente superiores capital que as pessoas ou grupos
economistas tratam de explicar o possuem, assim com qualquer das outras
crescimento econômico. Outros
às do Sul formas de capital mencionadas. O
profissionais precisam ser chamados conceito amplia e está totalmente de
para explicar as outras fontes de acordo com a teoria neoclássica que
privação de liberdades nos predomina nas análises
diferentes países. Assim, Figura 1
econômicas contempo-
estaremos tratando adiante Pentágono do Desenvolvimento râneas. De fato, ele é
somente de condicionantes totalmente compatível com
do crescimento. CAPITAL CAPITAL a “racionalidade do
Recentemente foi intro- FÍSICO FINANCEIRO comportamento individual”
duzida na literatura econô- Construções, Crédito, Poupanças, que caracteriza as análises
mica o conceito de um novo Tecnologia, Títulos, etc. econômicas neoclássicas.
equipamentos,
tipo de capital que tem etc. Coleman ilustra esta
ajudado a explicar melhor a compatibilidade com a su-
performance econômica de CAPITAL CAPITAL gestão de que um indivíduo
nações, regiões ou grupos. NATURAL HUMANO pode fazer um favor a
Trata-se do chamado capital Solo, Subsolo, Educação, outrem de sua comunidade
social. Os economistas Clima, etc. Saúde, etc. na hora em que o ato pode
costumavam indicar um lhe ser pouco custoso, na
conjunto de estoques de esperança de receber uma
capitais que condicionam o CAPITAL Confiança, Grupos, compensação equivalente
crescimento das economias. Fonte: Elaboração do autor SOCIAL Civilidade, etc. em tempos em que possa

6 Preços Agrícolas
Maio de 2000
Capital Social
estar mais necessitado. Desta forma sua fundações ou órgãos destinados à à participação das pessoas em clubes de
utilidade ou satisfação estará sendo promoção de vida das populações, têm serviços, ligas esportivas, grêmios,
maximizada.2 tentado medir e aumentar os estoques clubes sociais e esportivos, direção de
Com o novo conceito de capital de capital social nas diversas instâncias museus e bibliotecas e participação em
social pode-se explicar, como fez das economias: pequenas comunidades, conselhos curadores são também formas
Putnam, porque as regiões do Norte da municípios, estados ou países. Em geral, de aumentar os seus estoques.4 Através
Itália estão mostrando, nas últimas mede-se o grau de participação das de investimentos em educação pode-se
décadas, taxas de crescimento pessoas nas instituições comunitárias estimular o aumento dos estoques de
sensivelmente superiores às do Sul. Elas (clubes, associações, cooperativas, capital social. O capital social é,
contam, fundamentalmente, com o grêmios, corais, entidades filantrópicas, portanto, uma forma de capital que
mesmo tipo de capital humano – os etc.) ou se pesquisam a opinião, atitude exige investimentos e cujo estoque pode
investimentos educacionais e em saúde e normas de comportamento cívico com ser aumentado.
pública, por exemplo, têm sido feitos relação à postura das pessoas frente a Trabalhos recentes têm mostrado que
com igual intensidade tanto nas regiões situações do tipo: (a) reivindicações de os efeitos de maiores estoques de capital
do Norte como no Sul do País – a benefícios governamentais indevidos social no crescimento das economias é
disponibilidade de capitais físicos e para a pessoa; (b) uso de transporte muito maior que a intuição nos leva a
financeiros são semelhantes para ambas público sem pagamento; (c) uso de perceber. Em artigo publicado na revista
e existe uma pequena vantagem para as meios escusos para evitar o pagamento The American Prospect Online de
regiões do Norte em termos de estoques de impostos e taxas devidas; (d) novembro/dezembro de 1997, intitulado
de capital natural. No entanto, ao longo disposição das pessoas em manter um “Long Live Community: Social Capital
da história, as regiões do Sul têm tido dinheiro “achado”; e (e) deixar de as Public Health” importantes
mais períodos de grande crescimento do comunicar ao dono de um veículo a associações causais são apresentadas.
que as do Norte, mostrando que as Primeiro, são reapresentadas evidências,
vantagens de melhores recursos naturais conhecidas na literatura desde muitas
não são suficientes para explicar as décadas atrás, de que laços sociais
diferenças atuais. Ele notou, no entanto, (coesão) diminuem as taxas de
uma grande diferença nos estoques de No Sul da Itália, as mortalidade aumentando, desta forma,
capital social entre as regiões. No Norte, pessoas acham que vale os estoques de capital humano.
as pessoas lêem mais jornais locais, Segundo, os autores mostram relações
participam mais de associações
mais a pena ser “amigo causais entre estoques de capital social
esportivas, culturais e cívicas em geral do rei”, ou seja, ter um e taxas de mortalidade das populações.
e têm muito maior envolvimento político influente como Quanto menor a confiança entre as
político nos assuntos de suas protetor e tentar pessoas, medida pelas respostas
comunidades. A confiança entre as concordantes à afirmativa “a maioria
pessoas permite a criação e participação conseguir privilégios das pessoas não merece confiança”,
ativa de grupos horizontais, formada por especiais mais alta a taxa de mortalidade nas
pares, que são importantes instituições diversas faixas etárias da população.
que ajudam no funcionamento da Ainda uma forte relação inversa foi
economia. Nas regiões do Sul, ao encontrada para as variáveis
contrário, predominam formas autoria de danos que provoquei “mortalidade” e participação per cápita
clientelísticas de relacionamento acidentalmente.3 em associações voluntárias. Por último,
político. As regiões do Norte têm, ainda, Nas tentativas de aumentar o estoque os autores encontraram forte correlação
muito mais instituições cooperativas. de capital social das comunidades negativa entre a medida descrita de
Economicamente muitas externalidades trabalha-se na criação e aumento de confiança e as respostas à pesquisa do
ou economias de escala são conseguidas participação em instituições horizontais Centro Nacional de Prevenção de
pelas vantagens deste relacionamento de desenvolvimento comunitário. A Doenças Crônicas e de Promoção de
cooperativo. No sul da Itália, as pessoas organização das comunidades tem sido Saúde sobre a qualidade da saúde das
acham que vale mais a pena ser “amigo utilizada como estratégia de pessoas. Eles concluem que a coesão
do rei” ou seja, ter um político influente desenvolvimento através de social - uma forma de capital social -
como protetor e tentar conseguir investimentos na criação de capital tem efeitos marcantes nos estoques de
privilégios especiais para o indivíduo. social. Estes investimentos podem capital humano e na própria qualidade
Nos modelos estatísticos testados, tomar as mais diferentes formas: criação de vida das populações.
Putnam encontrou evidências de que de associações de produtores, Regimes totalitários, ou menos
estas diferenças ajudam a explicar as consumidores, pais e mestres, de democráticos, tendem a inibir o
diferenças nas taxas de crescimento vizinhança ou de bairros, de voluntários crescimento de seus estoques de capital
entre as regiões daquele país. para ação social, de mulheres de social. A dificuldade tem a ver com a
Depois dos trabalhos de Putnam, negócios, de juventude, de combate a característica de “confiança” que
diversos autores, pesquisadores e vícios e de suporte a famílias atingidas permeia esse tipo de recurso. O
ativistas do desenvolvimento, tais como por determinadas doenças. O estímulo problema pode ser melhor entendido
Preços Agrícolas 7
Maio de 2000
Capital Social

Regimes Autoritários Dificultam os Investimentos


em Capital Social
No início dos anos noventa um colega do Departamento de dos estoques de capital humano de algumas das antigas
Economia, Administração e Sociologia da ESALQ, interessado economias comunistas; uma redução de sua capacidade de
em desenvolvimento econômico, afirmava que, apesar dos seus consumo em geral; grande crescimento nos problemas de
altos custos, a experiência comunista poderia ter valido a pena segurança internas e externas; grandes instabilidades
se ela tivesse assentado as bases para o grande institucionais e, acima de tudo, um descrédito na capacidade
desenvolvimento que se esperava para os países recém-saídos do poder dos novos regimes promoverem a melhoria na
do âmbito da União Soviética e de seus satélites. Estudos qualidade de vida de suas populações. De fato, em diversos
recentes têm mostrado que aqueles custos somam a, no países as respectivas expectativas de vida caíram
mínimo, 100 milhões de pessoas mortas na categoria dos significativamente mostrando a deterioração deste importante
chamados crimes contra a humanidade. O legado da indicador de qualidade de vida.6 Um fenômeno que muito me
experiência é igualmente assustador quando se consideram impressionou no início da década foi o fato de o presidente
também os chamados crimes contra a paz e os crimes de dos Estados Unidos da América solicitar ao Congresso
guerra.5 É muito difícil fazer juízo sobre o balanço de uma autorização para permitir a entrada de 45.000 imigrantes (além
experiência quando os custos envolvem mortes, perseguições, do número que legalmente pode entrar no País todo ano) que
eliminação da dignidade de indivíduos ou grupos, torturas e seriam formados exclusivamente por cientistas dos países da
etc. Este julgamento vai ficar para a história, sendo que ex-cortina de ferro que desejavam emigrar. A autorização foi
deveríamos aprender a lição mais óbvia de que as idealizações conseguida e aqueles países perderam uma valiosíssima parte
de alguns iluminados não podem ou devem ser implementadas de seu estoque de capital humano. Por que não aconteceu o
com o sacrifício dos avanços éticos já conquistados pela crescimento econômico esperado? Por que os altos erros de
humanidade. O que nos interessa, agora, é a questão ligada previsão dos economistas, na maioria daqueles casos?
ao que se esperava daquelas economias quando ocorreu a Uma parte da explicação para a grande frustração das
mudança para o “novo regime”. principais expectativas sobre o desempenho das economias ex-
No início da década passada, acreditava-se que a socialistas pode estar no baixo nível de capital social daquelas
quantidade dos estoques de capital natural e, acima de tudo, economias. No socialismo real o estado é o “todo poderoso” que
de capital humano existentes nas economias da antiga cortina provê as necessidades da população. Ele é dono de todos os
de ferro poderiam ser complementados com capitais físicos e bens e instituições que produzem os serviços de que a população
financeiros externos, criando as condições para o grande ciclo necessita. Neste sentido, os grupos ou comunidades são pouco
de crescimento que deveria acontecer naquelas sociedades. estimulados a procurarem soluções particulares para seus
O estoque de capital natural, ou de recursos naturais, é grande problemas. As soluções têm que ser gerais para toda a população
na antiga Rússia e em muitas das economias de seus satélites. e somente o Estado pode provê-las
Não há casos em que se possa dizer que exista superpopulação É lógico que não pretendemos explicar todos os problemas
ou restrições de solo, clima ou deficiências hídricas tão severas atuais das economias recém-convertidas à economia de
que limitariam o crescimento das respectivas economias. mercado somente com as diferenças relativas nos estoques
Quanto aos estoques de capitais humanos parece não haver de capital social. O trabalho de Aslund 7 , por exemplo,
dúvidas que são altos naqueles países, devido às políticas de argumenta que a Rússia teve uma péssima performance devido
saúde e educação dos países do socialismo real. Ora, ao processo excessivamente tímido de liberalização de sua
acreditava-se que faltava aumentar dois tipos de estoques de economia. De fato ele sugere que alguns grupos se apoderaram
capital para que as economias pudessem crescer a altas taxas: das empresas e usaram o poder da burocracia para se
capitais financeiros, ou poupanças, que são extremamente enriquecer às custas do empobrecimento geral da população.
móveis e capitais físicos, que trazem embutidas as novas Por outro lado, o título do trabalho de Putnam – Making
tecnologias, que também podem ser atraídos. Essas poupanças Democracy Work – é muito ilustrativo do papel que as
e tecnologias estavam disponíveis, em abundância, nos países organizações civis podem ter nesses regimes, aprimorando seu
industrializados do mundo livre. Os países do segundo mundo, funcionamento e dificultando a apropriação indevida do Estado
como eram conhecidas as economias socialistas, deveriam por determinados grupos. Neste sentido, a Polônia, por exemplo,
receber, preferencialmente, as poupanças e investimentos com um período de dominação comunista sensivelmente mais
internacionais. Com isso, seu crescimento deveria ser curto que o da Rússia, pode ter mantido um maior estoque de
impressionante. seu capital social o que justificaria seu crescimento econômico
Passada a década, o que se viu foi uma perda importante superior.

8 Preços Agrícolas
Maio de 2000
Capital Social
entre elas. Nas regiões mais ao sul, o País ficou no último lugar, abaixo da
cooperativismo tem florescido com Turquia e México. Certamente os
muito mais pujança que no Nordeste. valores encontrados seriam muito
Evidências conhecidas Uma outra distinção está associada ao diferentes se fossem feitas medições por
na literatura desde grau de clientelismo prevalecente entre regiões no País. Esta é uma área de
as regiões. pesquisa que deverá ser muito
muitas décadas mostram O Nordeste parece profundamente expandida no Brasil, como pré-requisito
que laços sociais marcado por relações clientelísticas para entendermos melhor o
(coesão) diminuem as entre os detentores do poder público e funcionamento de nossa economia.
a população em geral. A forte presença
taxas de mortalidade do Estado, de longe o maior empregador Notas
aumentando os estoques na região e o principal provedor de
de capital humano serviços, parece estar ajudando a reduzir 1
Putnam, Robert, 1993, Making Democracy
os estoques de capital social nos estados Work: Civic Traditions in Modern Italy. Princeton,
NJ: Princeton University Press, 258 p.
nordestinos. De fato, este fenômeno
acontece em todo o País mas deve ser 2
James S. Coleman discute exaustivamente esta
com um exemplo da década de setenta mais importante naquela região pela compatibilidade no Capítulo 12 de seu
Foundations of Social Theory, Cambridge: The
que me marcou muito. Eu assisti, então, importância relativa do Estado na Belknap Press of Harvard University Press, 993
uma entrevista dada a uma rede de economia. Isto pode ser ilustrado pelo p.
televisão americana, pelo Shah Reza fenômeno que ocorreu com as Santas 3
Pahlavi do Irã (Pérsia) em que ele dizia Estes itens foram tirados do trabalho de Knack,
Casas de Misericórdia ao longo das S. & Keefer, P. “Does Social Capital Have an
ter muitas polícias secretas quatro ou cinco últimas décadas. Quase Economic Payoff? A Cross-Countr y
independentes, cujas cúpulas se toda cidade brasileira tinha uma Santa Investigation”. Quarterly Journal of Economics,
reportavam somente a ele e, portanto, Casa, da qual, participar do Conselho Vol. CXII (4):1251-1288, November of 1997.
seria pouco provável que movimentos Curador, era uma atitude que se 4
Ver, por exemplo, Gittell, R. & Vidal, A.
hostis ao seu governo pudessem estar esperava de pessoas da comunidade que Community Organizing: Building Social Capital
se formando no seio das Forças Armadas gozavam do mais alto prestígio. Os as a Development Strategy. London: SAGE
Publications, Inc. 1998, 196 p.
do País. Como os assuntos de segurança indivíduos mais bem dotados de bens
são muito sensíveis nos regimes pouco materiais e conhecimentos se sentiam 5
Courtois, Stéphane, 1997, “Les Crimes du
democráticos, os relacionamentos e obrigados a doar tempo e recursos para Communisme” In Courtois, S. et alii Le Livre Noir
du Communisme: crimes, terreur, répression.
iniciativas baseados em confiança o bom funcionamento daquelas Paris: Éditions Robert Laffont, S.A. 923 p. (Este
mútua são dificultados já que os instituições filantrópicas. O sistema de livro já foi traduzido para o Português)
indivíduos nunca sabem exatamente saúde pública trouxe para o Estado a 6
com quem estão falando. Além disso, a Sen, Amartya, 1999, Desenvolvimento Como
obrigação de prover os serviços para Liberdade. São Paulo: Editora Schwarcz Ltda,
característica clientelista que tende a se toda a população, desobrigando aquela 409 p.
formar entre a população e os detentores classe de cidadãos privilegiados deste
7
do poder desestimula a formação de Aslund, A. “Russia’s Collapse” Foreign Affairs
encargo. Hoje, em muitas das Santas Vol.78(5):64-77, September/October 1999.
grupos, instituições e outras iniciativas Casas do País, especialmente nas
cívicas cuja base organizacional se regiões onde o Estado está mais
assenta na confiança mútua e em redes presente, esta importante forma de
de relacionamento. capital social teve seus estoques
Finalmente, o leitor deve estar se extremamente reduzidos.
perguntando qual é o estoque de capital Quando comparamos o Brasil com
social do Brasil? Algumas diferenças outros países verificamos evidências de
entre grupos populacionais parecem sérios problemas nos nossos estoques de
óbvias, embora necessitem de capital social. Em um artigo publicado
comprovação científica. Nas regiões no Quarterly Journal of Economics de
Sul, Sudeste e, pelo menos em parte do novembro de 1997, Knack e Keefer
Centro-Oeste, os estoques de capital investigam os impactos dos estoques de
devem ser mais altos que no Nordeste, capital social em um conjunto de cerca
FERNANDO CURI PERES
por exemplo. As iniciativas cívicas de de 30 países, que inclui a maioria dos
formação de grupos de preservação de desenvolvidos. As medições utilizadas Ph.D pela The Ohio State University e
folclore, a participação da população em indicam muito baixos valores para nosso Professor Titular do DEAS, ESALQ/USP.
grupos de arte, clubes de serviços e País. Estas variáveis foram: trust Peres é Coordenar da NACE-DRI e do
associações esportivas e filantrópicas (confiança); civic (civismo ou projeto UNIR, financiado
parecem ser maiores naquelas que nesta cooperação com anônimos); e groups pela Fundação W. K. Kellogg.
região. Uma evidência marcante desta (participação grupal ou densidade desta
possível diferença de estoques está no participação). No caso da variável usada
vigor do movimento cooperativista para medir confiança, por exemplo, o
Preços Agrícolas 9
Maio de 2000