You are on page 1of 7

MERCADO DE FOREX

Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
Elas irão nos dar um norte de operações, irão guiar nossas entradas e saídas durante
toda a semana pois se referem ao nosso posicionamento no mercado.
As marcações Para day trade: O início da semana (domingo) é o dia mais importante para
Semanais iniciarmos nosso posicionamento, nossas marcações.
Para scalper: Podemos fazer nossas marcações durante a abertura do mercado
naquele dia já que se tratam de operações rápidas.
Todo ensinamento feito no Day Trade pode ser aplicado as outras modalidades
de operação.
-> É preciso iniciar a semana sabendo onde serão feitas as negociações:
Iniciar sem saber onde se negociar pode resultar em uma semana com más negociações, com
dificuldades no trader.

Fig-1 -> Marcações feitas no domingo, do


gráfico maior para o menor e visando as
marcações day trade.

As marcações foram feitas com base no


ponto de referência.

-> Pontos de referência ou de negociação:


O canal de referência será o primeiro ponto que iremos marcar, o qual irá iniciar nossa análise,
porém, ele será encontrado após definirmos a tendência em que o preço se encontra (Iremos procurar os
canais dentro de uma tendência).
Toda tendência possui canais que vão se formando à medida que a tendência vai continuando.

-> Critérios de escolha do canal:


O canal não pode ser nem muito largo e nem muito estreito.
Fig-2:

10
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
Não existe um número específico de pontos para se definir um canal ideal, o que devemos fazer é
pegar um canal que não se encaixe nas características mencionadas na Fig-2, ou seja, ele deve ficar no meio
termo.
Identificamos a tendência e marcamos o último topo e o último fundo:
Fig-3:

Marcando É interessante saber que os canais geralmente possuem os mesmos níveis de expansão,
o canal ou seja, o nível do canal na região “A” pode server para o canal que está na região “B” por
exemplo.

-> Marcar no corpo ou na sombra da vela?


A marcação do nosso canal de referência tanto pode ser feita no corpo como na sombra
da vela. Também podemos marcar sombra e corpo. Essa definição depende do tamanho que
nosso canal irá ficar. Se ficar muito largo marcamos no corpo, se ficar muito estreito
marcamos na sombra.

-> O tamanho do canal:


1 – Muito estreito: teremos muitas entradas erradas.
2 – Muito largo: iremos demorar mais para fazemos uma entrada.
Após a localização da tendência:
1 – Marcaremos o canal de referência;
2 – Marcaremos a zona neutra;
Fig-4 -> Zona neutra é uma região
Canal de onde não iremos operar. Se a
referência tendência for de alta ela ficará
abaixo do canal de referência, se for
tendência de baixa ficará acima do
canal. Iremos projetar a expansão do
nosso canal de referência.

11
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
Sobre a fig-4:
Feitas nossas marcações teremos nossas regras de negociação, onde entrar e sair.
Toda a base da Fimathe é definida nessas 3 linhas que formam o canal de referência e
a zona neutra.
Canal de Fig-5
referência
Com essas marcações
localizaremos nossos pontos de negociação,
onde iremos comprar ou vender.

-> Exemplos feitos em tendência de alta:


1 - Verificar a tendência;
2 – Verificar se o ultimo candle do canal de referência está abaixo ou acima da região dos
50% desse canal.
Fig-6

Regras de
negociação Quando o preço está abaixo dos 50% começando a entrar na zona neutra:

Fig-7 -> Ele pode ir de 50% a 100% dessa


zona e voltar a subir.

-> Onde irei comprar dentro do quadro da fig-4?


Apenas quando o preço voltar e romper os 50% do canal de referência.

Fig-8 -> O que estamos esperando é que o preço


retorne rompendo os 50% do canal. Esse será
nosso primeiro ponto de compra nesse quadro de
tendência. Por isso da identificação de onde o
preço se encontra – Fig-6.
Isso se aplica a qualquer tendência de alta.

12
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
No exemplo da Fig-8: nós só iremos efeturar uma venda quando o preço perder 100%
da zona neutra.

-> Tendência de alta: Quando o preço está no canal de referência mas acima dos 50%
Fig-9

Nesse quadro nosso ponto de compra


será justamente quando ele perder os
Regras de 100% do canal. Se ele cair e ficar
negociação abaixo dos 50% então a compra será
rompendo esse nível novamente.

3 – Não vender na tendência de alta e não comprar na tendência de baixa;

4 – Esquece LTA/LTB para definir reversão de tendência:


O preço perdendo o último topo ou fundo indica apenas que o mercado está perdendo
força.
Lembre-se: No time maior faremos toda nossa análise. No time menor faremos nossa
execução.
-> Na tendência de alta:
Montando o posicionamento no rompimento da zona neutra entrando na zona de
reversão.
Fig-10

Venda após a
zona neutra

Quando o preço entra na zona neutra ele pode ir nos 100% desse canal, voltar nos
50% e depois corrigir para continuar a tendência, caso vá reverter.
Nossa venda será apenas quando o preço sair da zona neutra e entrar na zona de
reversão, ponto no qual perde os dois níveis já mencionados.
Ele deve ser sempre técnico. É o mercado quem escolhe onde seu stop irá. É muito
importante saber lhe dar com as correções do preço para não sair da ordem em qualquer
Sobre movimento.
o stop O mercado sempre irá fazer correções para seguir continuar a tendência.
O stop deve ser posicionado no ponto de reversão

13
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
Quando colocamos o stop no ponto de reversão a única forma de sairmos da operação
é se o preço reverter, poir isso ele será posicionado na reversão.
Através dos subciclos de proteção nós iremos administrando a movimentação do stop.
Fig-11

Sobre o Observando nosso ponto de venda e oposicionamento do stop na reversão, à medida


stop que o preço vai perdendo 50% do canal nós iremos movendo o stop. Quando ele perde os
primeiros 50% eu travo meu stop no 0x0 e já não perco mais a ordem. Perdendo mais 50%
desço meu stop mais um ponto e assim vou surfando a tendência.
Fig-12

Compra
no canal
De referência

Comprando após o rompimento dos 50% do canal de referência.


Seguindo a regra do stop, iremos posicioná-lo dois níveis abaixo,
local onde sabemos que o mercado tende a reverter.
*Não existe uma quantidade de pontos para o stop. Ele deve ser na
reversão.
Se o stop foi tomado em observância a todas as regras e correta execução da
técnica então ele não foi um erro, foi uma previsão.
É um stop aceitável e que já estáveamos esperando. Não há motivos para procurar
mudar a forma de operação ou procurar correções na técnica.

14
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03
MAPEANDO PONTOS DE NEGOCIAÇÃO
Fig-13

Como
posicionar um
Take

Analisando a partir do ponto da nossa venda: Efetuando a venda nós iremos pegar
os dois níveis anteriores e projetá-los para baixo, a partir da nossa entrada. Essa projeção
nos dará o nível do take, local onde iremos nos posicionar.
Mais importante que o take é o Stop.
A getão se resume em: ou take ou stop. Perdendo o mercado os primeiros 50%
ou 100% no subcilco nós iremos traver o stop no 0x0.
Se travarmos o stop no 0x0 e pusermos um take significa que
Gestão de nossa gestão será: sair quando o preço bater no stop ou no take. Não
Gestão da Take ou Stop iremos mais mover, não iremos seguir com stop a cada 50% perdidos.
operação Ou será take ou será stop.
Gestão de Se formor trabalhar movimentando o stop a cada 50% ou 100%
movimentação perdidos pelo preço então não precisaremos por um take. Nossa saída
de stop será apenas quando o preço bater no stop.

15
MERCADO DE FOREX
Resumo: José Aparecido Atenção: Material gratuito não podendo ser vendido.

FIMATHE 4.0
MARCELO FERREIRA AULA-03

Uma operação realizada pelo Marcelo


A título de exemplo.
A análise foi feita em H1 e a entrada em M15.
Fig-13

Mercado em tendência de alta: O preço se encontrava acima dos 50% do canal de referência H1.
Quando rompeu a resistência do canal, ou os seus 100%, a compra foi realizada. Foi marcado o subciclo de
proteção e em seguida feita sua projeção a partir da linha da compra. O stop estava sendo movido a cada
100% que o preço perdia desse subciclo em M15. Perdeu os primeiros 100% o stop foi para o 0x0. A linha
do stop está em um ponto em que a operação só termina quando o preço reverter.

Se estamos comprados ou vendidos só sairemos quando o mercado reverter.

16