You are on page 1of 23

OPTATIVA II

BARRAGENS E ESTRUTURAS CIVIS


ANEXAS
ENGENHARIA CIVIL – 10° PERÍODO (TURMA 2)
AULA 03 – GENERALIDADES E TIPOS DE
BARRAGENS (1ª PARTE)
Prof. Daniel Miranda
Belo Horizonte, 06 de agosto de 2014
NA AULA DE HOJE...

• FINALIDADES DE CONSTRUÇÃO;

• IMPACTO AO MEIO AMBIENTE;

• DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS:


– Barragens de concreto:
• Barragem-gravidade;
• Barragens de CCR (Concreto Compactado com Rolo);
• Barragem de contrafortes;
• Barragens em arco;
– Barragens de aterro:
• Barragem de terra ;
• Barragem de enrocamento;
– Barragens não convencionais (gabião, madeira e alvenaria de pedra)
GENERALIDADES
FINALIDADES DE CONSTRUÇÃO
Devido à construção de barragens, o homem influencia de maneira preponderante o
escoamento natural das águas superficiais. Há três razões principais para justificar esta
intervenção:

• Criação de um reservatório:

Conforme o volume útil do reservatório e as vazões afluentes, o regime de acumulação


será definido como diário, semanal, sazonal (anual) ou inter-sazonal (plurianual);

• Regularização de vazões:

Na maior parte do mundo, as precipitações são concentradas em poucos meses do ano.


Além disso, as vazões afluentes são bastante irregulares de um ano a outro. A demanda
de água é distribuída de forma muito mais homogênea ao longo do ano. Sendo assim, a
única forma de compensar uma sucessão de períodos de estiagem extrema ou de fortes
cheias é através da criação de um reservatório;
GENERALIDADES
FINALIDADES DE CONSTRUÇÃO
Devido à construção de barragens, o homem influencia de maneira preponderante o
escoamento natural das águas superficiais. Há três razões principais para justificar esta
intervenção:

• Sobrelevação do nível d’água de um rio:

A construção de uma barragem transversalmente a um curso de água resulta em


elevação do NA a montante. Este efeito é evidentemente utilizado para a produção
hidrelétrica, além de possibilitar o desvio das águas fluviais rumo a estruturas de tomada
d’água e em seguida para um canal de aproximação destinado à irrigação ou ao
abastecimento humano.
GENERALIDADES
FINALIDADES DE CONSTRUÇÃO
• A finalidade de construção de um barramento pode ser condicionada ao regime
pluviométrico da região onde o maciço será construído;

• Em determinados países subtropicais e áridos, as chuvas são concentradas em


períodos extremamente curtos. A construção de uma barragem para formação de um
reservatório nessas regiões consiste geralmente no único meio de desenvolvimento da
irrigação e, consequentemente, da agricultura.

Precipitação (em mm)


Localidade
Média anual Mês mais seco Mês mais úmido
Marrakech (Marrocos) 253 5 40
Beirute (Líbano) 893 0 190
Zanzibar (Tanzânia) 1.486 35 335
Calecute (Índia) 3.085 10 830
Cherrapanji (Índia) 10.824 10 2560
GENERALIDADES
FINALIDADES DE CONSTRUÇÃO
Constituem objetivos para os quais são construídas barragens:

• Produção de energia elétrica;

• Captação de água para abastecimento humano ou para a indústria;

• Irrigação;

• Proteção contra cheias (inundação, erosão);

• Garantia de uma vazão mínima (período de estiagem);

• Pesca e piscicultura (elemento econômico essencial em certos países ou regiões);

• Navegação fluvial (garantia de uma lâmina d’água mínima);

• Lazer e turismo.

Na maior parte dos casos, esses objetivos combinam-se. Por esta razão, adota-se o
termo Aproveitamentos de Finalidades Múltiplas.
GENERALIDADES
IMPACTO AO MEIO AMBIENTE
Apesar dos aproveitamentos hidráulicos serem concebidos para promover melhorias na
qualidade de vida e/ou para proteção da população local, tais obras causam,
indiscutivelmente, grande impacto ao meio ambiente.

Alguns desses efeitos podem ser listados:

• Inundação de grandes áreas e deslocamento da população;

• Modificação do regime de escoamento a jusante do barramento;

• Criação de obstáculo ao transporte de sedimentos (possíveis problemas de erosão


a jusante);

• Alterações climáticas;

• Alteração na qualidade das águas (aceleração do fenômeno de eutrofização);


GENERALIDADES
IMPACTO AO MEIO AMBIENTE
Alguns desses efeitos podem ser listados:

• Consequências na saúde pública (grandes epidemias parasitárias);

• Alteração na migração dos peixes;

• Sismicidade induzida pelo reservatório;

• Risco de escorregamento de taludes ou instabilidade do solo devido a oscilações


dinâmicas e saturação do terreno (Exemplo do acidente com a Barragem de Vajont,
na Itália, em 1963, onde uma massa de cerca de 250 milhões de m³ desestabilizou-
se, sendo lançada em seu reservatório, a qual provocou a morte de mais de 2.000
pessoas).

Estes fatores devem ser meticulosamente avaliados pelos engenheiros nas etapas
de estudos de viabilidade do empreendimento (relação custo x benefício, vantagens
x desvantagens).
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS

Conforme a natureza do material de construção utilizado, as barragens são classificadas


nos seguintes grupos:

• Barragens de concreto;

• Barragens de aterro (‘barragens de terra’);

• Barragens não convencionais (gabião, madeira e alvenaria de pedra).

Existem ainda outras barragens, de maior porte, que podem ser formadas por seções de
concreto e seções de aterro, que se interagem lado a lado (barragens mistas).
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO
• As barragens de concreto são sempre assentes em fundação e ombreiras rochosas,
cujo módulo de elasticidade é elevado;

• Há três tipos de barragem de concreto que se distinguem pela forma, pela natureza do
sistema estático e pelo seu comportamento em relação ao empuxo exercido pela água do
reservatório:

• Barragem-gravidade;

• Barragem de contrafortes;

• Barragem em arco.
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO
Barragem de
Barragem-gravidade Barragem em arco
contrafortes
Barragem-gravidade Barragem de Barragem em
maciça contrafortes com arco espesso
cabeça alargada
Barragem-gravidade Barragem em
aliviada Barragem de arco delgado
contrafortes com
Barragem-gravidade lajes planas Barragem em
em arco arco cilíndrico
Barragem de
Barragem-gravidade contrafortes com Barragem em
encurvada arcos múltiplos arco de dupla
curvatura
Barragem de CCR
(concreto
compactado com
rolo)
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade

• São barragens que resistem ao


empuxo da água por conta de seu peso
próprio;
• A maior parte das barragens-
gravidade são maciças, com elementos
justapostos e sem vazios significativos;
• O paramento de montante é vertical
ou ligeiramente inclinado (menos de
5%);
• O paramento de jusante possui
inclinação entre 1H:0,75V e 1H:0,80V
(75 a 80%).
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

• A geometria das barragens-gravidade as permite


Barragem-gravidade
resistir por conta de seu peso próprio ao
tombamento e ao escorregamento.
Barragem-gravidade
maciça •Em alguns casos, visando economizar concreto
na construção do barramento, as barragens-
Barragem-gravidade
gravidade comportam vazios em sua estrutura.
aliviada
Fala-se então de barragens-gravidade aliviada;
Barragem-gravidade
• Para compensar o peso do concreto eliminado
em arco
em relação à estrutura completamente maciça, o
Barragem-gravidade paramento de montante é inclinado para jusante
encurvada (até 10%) com o objetivo de criar uma
componente vertical do empuxo da água;
Barragem de CCR
(concreto • Não há limitações de comprimento do maciço e
compactado com sua disposição pode ser retilínea, poligonal ou
rolo) ligeiramente encurvada, conforme aspectos
topográficos e geológicos locais;
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade
• Quando a curvatura do maciço é significativa,
Barragem-gravidade deve-se considerar um efeito tridimensional na
maciça análise estática da estrutura. Neste caso, podem
Barragem-gravidade ser adotados os termos barragem-gravidade em
aliviada arco ou barragem-gravidade encurvada;

Barragem-gravidade • As barragens-gravidade são constituídas de


em arco blocos de 12 a 19 m de largura. Estes blocos são
separados por juntas de dilatação (1 a 3 mm) e
Barragem-gravidade possuem liberdade de expansão/contração. Tais
encurvada juntas são munidas de um sistema instalado a
Barragem de CCR montante dos blocos visando à garantia de
(concreto estanqueidade da estrutura.
compactado com
rolo)
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Grande Dixence (Suíça)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Grande Dixence (Suíça)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Três Gargantas (China)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Três Gargantas (China)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Três Gargantas (China)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Três Gargantas (China)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade Exemplo: Três Gargantas (China)


DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade
• Desde o fim da década de 70, uma nova
tecnologia desenvolveu-se com o objetivo
Barragem de CCR de otimizar a construção de barragens-
(concreto gravidade: as barragens de concreto
compactado com rolado ou de CCR;
rolo)
• Este tipo de barragem tem a vantagem
de ser construído utilizando-se concreto
bastante seco e com traço bastante fraco
em cimento (da ordem de 100 a 150 kg
por m³);
• Apesar de serem obtidas resistências
relativamente baixas, estas são
compatíveis com os requisitos mínimos
de estabilidade.
DIFERENTES TIPOS DE BARRAGENS
BARRAGENS DE CONCRETO

Barragem-gravidade

Barragem de CCR
(concreto
compactado com
rolo)