You are on page 1of 1
Tempestade Leslie Tutela indica que, a curto prazo, terao inicio as operacdes de escalada para retirar os ramos pendentes e copas de arvores seccionadas Patricia Isabel Silva A interdigao para 0 acesso a ‘Mata Nacional do Choupal,re- sultado dos avultados estragos ccausados pela tempestade Les- lieal3e14de Outubrode2018, nao devera serlevantada antes do final do mes de Margo, De acordo com informagio do Ministério da Agricultura, Flo- restas e Desenvolvimento Ru- rail Instituto da Conservagao da Natureza ¢ das Florestas (ICNP) esti no terreno «a exe- cutar operagdes de limpeza e de recuperagao» da mata, que foi afectada em cerca de 40% dos 79 hectares. Ao Dido de Coimbra, fonte do gabinete do ministério in- ddica que, «ern meados de De- zembro,tiveram inicio as ope- rages pesadas de exploracao florestal para corte eextraccao de érvores partidas, tombadas ‘eemrisco de queda, num total de 400 exemplares». Seguern- se, «a curto prazon, as opera~ goes de escalada e de cirurgia de reas, com 0 objectivo de «retirarramos pendentes €¢0- pas de drvores seccionadas (que constituem um factor de ‘Mata Nacional do Choupal foi afectada em cerca de 40% da sua area pela tempestade Reabertura do Choupal | so para finais de Marco risco para pessoas eben, ex- plica atutela, responsével pela {esto e manutengao da mata nacional Nas duas principais entradas do Choupal estao colocadas f- tas a vedar 0 acesso, uma vez, que,como o ICNF indicou dias depois da tempestade, nao é seguro circular pela mata, um espaco muito utilizado pela populacio, quer paraa pritica desportiva, quer para lazer. Numa visita de avaliagao dos estragos, realizada.a 16 de Ou- tubro, Rui Rosmaninho, chefe de divistio de gestao operacio- nal do ICNF na zona Centro, chegou a apontarareabertura ‘da mata para dai a tres sema- nas, no entanto, fol-se perce~ endo que o volume de pre- juizos exigia uma intervengaio ‘mais prolongada, Arvores de grande porte caidas, muitas outras em colapso iminente, postes de electricidade derru- bados e infra-estruturas des- truidas, faziam parte do cend rio de destruigio. Recorde-se que a tempes~ tade Leslie afectou varios dis- tritos da regio Centro, dei- xando um rasto de destruigéo de 127 milhdes de euros em prejuizos nasmatasnacionais, ‘segundo olevantamento apre- sentado pelo ICNF,em Novern- bbro, na Serra da Boa Viagem, Num total de 88 quilémetros, da Marinha Grande as dunas de Vagos, entre terrenos lores- tais privados € matas nacio- nals, foram afectados 8 mil hectares, 3500 dos quai pii- Dlicos. Nessa ceriménia, que teve lu- garna mata maisafectada pela tempestade,o secretario de Es- tado das Florestas e do Desen- volvimento Rural MiguelFrei= | tas, anuneiava também o lan- ‘gamento de um apoio de 8 mi- thoes de euros no ambito do Plano de Desenvolvimento Rural 2020 para recuperar as ‘matas,cujas verbas, inham si- dos disponibilizadas para re- ccuperarfloresta ardida. Em Coimbra, a intempérie causou prejuizos na order dos 92 milhoes de euros, segundo informagiio da autarquia.< Casa da Mata esta a funcionar na mata de Vale de Canas Devido a tempestade Leslie, © projecto ‘Limites Invist veis’, desenvolvido, em consércio pelo CASPAE, Es- cola Superior de Educacao de Coimbra e Universidade de Aveiro, esti, temporaria- mente, a funcionar na Mata Nacional de Vale de Canas, em espaco cedido pelo Ins- tituto de Conservaciio da Natureza e das Florestas. Na habitual Casa da Mata, na mata do Choupal, ainda nao esto reunidas as con- digdes de seguranga para a realizagio das actividades de exploragao da natureza, pelo que foi encontrada esta solugdo de recurso, ‘que permite as criangas en- volvidas no projecto conti nnuar as aventuras ao ar li