You are on page 1of 22

Elementos de Máquinas

Transmissões por Correias

Transmissão de potência de um eixo à outro a uma distância tal que o


emprego de engrenagens não seja viável, usam-se muitas vezes transmissões
por correias. Considerar também que normalmente é uma transmissão mais
barata e tem capacidade elástica para absorver choques.
Elementos de Máquinas

Correias são elementos de máquinas que transmitem movimento de rotação


entre dois eixos (motor e movido) por intermédio de polias.
Polia que transmite movimento é a polia motora.
Polia que recebe movimento é polia movida.

Tipos de Correias

a) Correia plana, b) correia trapezoidal ou em V , c) dentada


Elementos de Máquinas

Tipos de Correias

d) Trapezoidal múltipla

Exemplos de polias para as transmissões por correias


Elementos de Máquinas
Elementos de Máquinas

Características das transmissões por correias

1.Grandes distâncias entre - eixos;


2.Possibilidade de escorregamento da correia, com exceção das
correias dentadas;
3.Funcionamento silencioso;
4.Elevado rendimento para elevadas velocidades;
5.Mais baratas que a maioria das transmissões, embora com vida útil
inferior.
Elementos de Máquinas

Geometria, nomenclatura e rendimento


Elementos de Máquinas

Geometria, nomenclatura e rendimento

D1 –diâmetro da polia motora [mm]


D2 –diâmetro da polia movida [mm]
C – distância entre eixos [mm]
L – comprimento da correia [mm]
θ1- ângulo de contato da polia motora [rad]
θ2- ângulo de contacto da polia movida [rad]
v – velocidade linear da correia [m/s]
n1 –velocidade angular da polia motora [rpm]
n2 –velocidade angular da polia movida [rpm]
α– ângulo formado entre os ramos da correia e a linha de eixos [rad]

O escorregamento nas transmissões é de 3%-5% para correias planas e


trapezoidais e 0% para correias dentadas).
Rendimento aproximado de 90% para correias planas, de 90 a 95% para correias
trapezoidais e 97% para correias dentadas.
Elementos de Máquinas

Exercício

Na transmissão por correias trapezoidais da figura do próximo slide,


considerando que o acoplamento somente transmite o torque do motor
elétrico e que os mancais somente vão suportar forças radiais ao eixo,
calcular e verificar:

1)Sentidos das rotações

2) Diâmetros Ф1 e Ф2 das polias

3) Momentos de torção nos trechos do eixo

Obs. Considerar todos os diâmetros nominais, desprezar escorregamento e os


rendimentos.
Elementos de Máquinas

Exercício
Elementos de Máquinas

Exercício

Tabela 1
Elementos de Máquinas

Exercício

Tabela 2

OBS.: A velocidade linear das correias em “V” não deve ultrapassar a 1.500
metros por minuto, o desgaste das correias e polias é muito acentuado. Da
mesma forma, não se deve usar diâmetros de polias muito pequenos, para
evitar que estas patinem por falta de aderência, com conseqüente desgaste
prematuro e perda de rendimento.
Deve-se atender os limites da Tabela 1 expressa a seguir:
Elementos de Máquinas

Correias de transmissão: Exemplos


Elementos de Máquinas

Correias de transmissão: Exemplos


Elementos de Máquinas

Correias de transmissão: Exemplos


Elementos de Máquinas

Correias de transmissão: Exemplos


Elementos de Máquinas

Correias de transmissão
Elementos de Máquinas
Correias de transmissão
Elementos de Máquinas
Correntes de transmissão
Elementos de Máquinas

Correntes de transmissão
Elementos de Máquinas

Correntes de transmissão
Elementos de Máquinas

Correntes de transmissão
Elementos de Máquinas

Correntes de transmissão

FIM