Julho a Outubro de 1940 A Batalha da Inglaterra Tópicos do capítulo: O Fuhrer espera que a Inglaterra peça paz 3 de julho: a tragédia

de Mers el-Kebir A Inglaterra prepara sua defesa. A Home Guard Uma sentinela misteriosa: o radar Churchill e os ingleses acreditam na invasão - A Operação Seelowe 19 de junho: Hitler oferece a Churchill uma paz recusada 13 de agosto: primeiros ataques aéreos à Inglaterra 24 de agosto: Londres bombardeada pela primeira vez 4 e 7 de setembro: Terrorangriff sobre Londres e Liverpool Atraso no desembarque A grande batalha aérea de 15 de setembro Movimentos de tropas alemães para leste Suspense À queda da França, seguiu-se um grande silêncio. Calaram-se os canhões. A guerra paralisou-se. O mundo interrogou-se sobre catástrofe tão imprevista e total. Alguns peritos analisaram as condições técnicas da derrota francesa e mostraram a terrível surpresa que produziu a coordenação do avião e do carro de combate. Mas o público mundial gravou apenas as fugas desvairadas de exércitos inteiros, a ruína vergonhosa de um povo outrora tão bravo e tão orgulhoso. No preâmbulo do armistício o vencedor escrevera o seguinte: “A França, depois de uma resistência heróica, que se manifestou por uma sucessão ininterrupta de batalhas sangrentas, é vencida e destruída. A Alemanha não tenciona, dar às condições de armistício um caráter humilhante em relação a tão bravo adversário...” Mas esse gesto de saudação bélica foi ignorado, e, durante longos anos, permaneceu a idéia de que a França não lutara. De uma verdade parcial criou-se uma verdade absoluta que pesou muito e ainda pesa na consciência da nação.

Segunda Guerra Mundial

2

Quanto a Hitler, este vive seis dias de apoteose. Sua vitória é completa. Primeiro sobre o inimigo execrado, esta França palpitante que tem à sua mercê; depois, sobre seus generais, que, todos, o haviam prevenido contra um adversário terrivelmente forte, uma guerra longa e grande derramamento de sangue. O triunfo enche-o de bom humor, de bondade, quase. Deixou seu sombrio posto de comando e veio instalar-se em um vilarejo, na fronteira franco-belga, Bruly-de-Pesche, junto a Rocroi. Consumada sua vingança, ele se acalma. Visita, com dois velhos companheiros de regimento, os campos de batalha de 1914-1918. Flandres, o campo onde sofreu o martírio de soldado de infantaria. Em seguida abandona Bruly-de-Pesche, cujas paisagens não inspiram seu romantismo, e instala-se na Floresta Negra, perto de Freudenstadt. Está diante da Alsácia reconquistada, visita-a, extasiando-se diante de sua personalidade alemã e compadecendo-se do sofrimento das populações salvas do cativeiro francês, no Perigord. Em Estrasburgo, a Praça Kleber transforma-se em Adolfhitlerplatz (Praça Adolf Hitler) e, em Mulhouse, a mesma honra é concedida, entre sorrisos, à Rua do Selvagem. Vichy protestará contra reanexação, sem tratado, das suas províncias e contra a expulsão das populações lorenenses de língua francesa, mas Hitler não lhe dará ouvidos. Suas metas vão além da recuperação do antigo Reichsland de 1871. Além de Metz e Estrasburgo, pretende retomar “as velhas cidades alemães, Verdun e Toul”. Pretende incorporar ao Reich os “alemães do mar”, os holandeses, e restituir à comunidade germânica a Borgonha, aí instalando colônias alemães constituída pelas populações recuperadas da Transilvânia e do Tirol. Mas seria prematuro revelar estes vastos projetos. É necessário que primeiro a Inglaterra peça a paz. Sobre isso Hitler não põe dúvidas. Os ingleses são realistas, perderam sua espada no continente, o Exército francês, e nada podem esperar da América, que a guerra anterior desgostou de qualquer intervenção na Europa. Não tem, por outro lado, nada a esperar da Rússia - “Ela presencia nossos grandes sucessos com lágrimas nos olhos”. Mas a URSS não tem força para atacar a Alemanha e Molotov se apressa em felicitar o Fuhrer por sua vitória contra a França. A Inglaterra encontra-se, portanto, sozinha, e seria insensato que prosseguisse a luta, já que Hitler não tenciona destruir nem seu comércio, nem seu império. “A Inglaterra - diz ele e Jodl - obterá a paz quando quiser; que a peça e estarei disposto a concedê-la...”Dela, só esperamos uma coisa: deixe à Alemanha, a liberdade de organizar a Europa e expandir-se para leste.

Integram-na os couraçados Bretagne e Provence. os preciosos cruzadores de batalha Dunkerque e Strasbourg. e dá ordens a suas representações diplomáticas no sentido de não refutar as iniciativas dos agentes ingleses. encontra-se em portos britânicos. sobre a Inglaterra não é lançada sequer uma bomba e em julho a atividade aérea se reduz a ataques aos portos. só consegue chegar até Casablanca. ancora em águas de Alexandria. É então que um acontecimento dramático. um couraçado e 4 cruzadores. por seu Almirantado. mas o Jean-Bart. isto é. já equipado com seus canhões de 15 polegadas. O Almirantado desaconselhou-a. 2 couraçados. volta a Dacar. encontra-se no porto de Mers el-Kebir. alcançaria uma linha de batalha e uma equipe de corsários contra a qual seria necessário usar toda a Armada inglesa. um porta-aviões e 2 cruzadores. Churchill a impôs. Todos os seus depoimentos para os íntimos versam sobre o mesmo tema: os ingleses vão negociar. 6 contratorpedeiros da classe do Terrible e. pequeno navio sem armamento. Sete cruzadores fundeiam em Argel e a chamada Força de Combate. enquanto o Richelieu. que justificam a inquietação do ingleses. Essa esquadra francesa. Para livrá-la deste perigo. a Inglaterra só dispunha de duas únicas garantias: o Artigo 7 da Convenção do Armistício e o discurso do Almirante Darlan. através da dissolução de 35 divisões. a resolução britânica de prosseguir a luta por quaisquer meios. Uma fração considerável da frota.A Batalha da Inglaterra 3 Durante todo o mês de junho. Os dois grandes couraçados de 35. Se a Alemanha conseguisse anexá-los ao Scharnhorst e ao Gneuseneau. nas Antilhas. finalmente. permanecem obscuras.000 toneladas em fase final de acabamento fugiram de seus estaleiros no momento da invasão da Bretanha. 8 contratorpedeiros. a destruição de uma parte da Armada francesa. sobretudo. As condições em que foi decidida a Operação Catapult. sob as ordens do Almirante Godfroy. o porta-aviões Commandant-Teste. foi afastada o mais possível. das águas metropolitanas. que se tornou um pesadelo inglês. que pôs fora de combate a esquadra francesa. Outra fração. Hitler anuncia uma desmobilização parcial do Exército alemão. São estes últimos. vem proclamar de maneira retumbante. a campanha do Ocidente terminou. Parece que na decisão influenciaram menos razões de ordem militar que o seu desejo . a esquadra mais poderosa. o enorme submarino Surcouf e cerca de 200 outras embarcações secundárias.

Churchill compara-se a Danton: “Que falta? Audácia. Os navios grandes estavam amarrados ao cais. com tripulação reduzida e sob controle britânico. o Almirante Godfroy concordou em deixar neutralizar seus navios. 2 couraçados e um porta-aviões. a fim de continuar a luta contra a Alemanha e a Itália. o íntegro historiador de Vichy . onde seus navios poderiam ficar sob o controle dos Estados Unidos até o fim da guerra. “Como protestante e anglófilo . 3°. afundar os navios.dirá Gensoul . Em Alexandria. Em Mers el-Kebir. Um prazo de 6 horas foi dado ao almirante francês para escolher. Os seis contratorpedeiros encontravam-se do outro lado da bacia. As luzes estavam apagadas e as tripulações ocupadas em transportar as munições para terra. Sob o comando do Almirante Somerville. no qual propunha uma série de opções: 1°. Na Inglaterra. Se os reis coligados nos ameaçam. No conjunto. um ultimato ao Almirante Gensoul. que se enferrujaram no porto com os tanques vazios e as culatras de seus canhões dispostas em terra... Em suas Memórias. sob a alta colina que domina o porto.. . em seguida enviou.meu impulso pessoal era partir com os ingleses”. recusar todas as opções. De acordo com as cláusulas do armistício. As tripulações francesas foram surpreendidas durante o sono e as perdas restringiram-se a um inglês morto e alguns feridos. Em Dacar. pelo capitão-de-mar-e-guerra Holland. a Força de Combate procedia seu desarmamento. juntar-se à esquadra inglesa. em porto do Reino Unido. Mas.Segunda Guerra Mundial 4 de fazer ver. caso em que o almirante inglês far-lhe-ia ver que dispunha de poderes e meios para destruí-los.dirá Robert Aron. a tragédia atinge seu terrível desenlace. Começou por minar a entrada do porto. as 7 horas da manhã. por um trágico gesto. rumar para as Antilhas.. mas permaneceu utilizável. 5°. a Catapult desenvolveu-se sem dificuldades. respondemos jogando-lhes uma cabeça de rei.”A analogia não é evidente. a Força H apresentou-se em 3 de julho.de queimar os próprios navios imolando os dos outros”. consciente de que assim provocaria a denúncia do armistício e a ocupação da África do Norte. “Maneira bem inglesa . Mas a demonstração de energia que representou conseguiu a repercussão que dela esperava seu autor. 2° ancorar. a vontade inglesa de combater desesperadamente. Era constituída de um cruzador de batalha. 4°. o Richelieu foi avariado. os resultados da Operação Catapult foram detestáveis.

Pouco depois das 5:30 horas. Assim é que. um oficial de cultura e simpatia francesas. voltouse para Somerville. as salvas que os . Gensoul limita-se a fornecer um comunicado em que. entre as minas que os ingleses haviam espalhado.A Batalha da Inglaterra 5 mandou responder a Somerville que repeliria a força com força. Somerville. Tigre e Volta soltaram as amarras e ganharam o alto-mar. Darlan devolvera a Royan o posto de comando modelo que instalara em Maintenon. lembrava que o dever permanente de um comandante era destruir seu navio antes de deixá-lo cair em mãos estrangeiras. e que ele tinha a intenção de resistir pela força. Uma resposta pela qual não esperava chegou-lhe 5 minutos antes do primeiro tiro de canhão: o Almirantado francês aprovava sua atitude e ordenava-lhe rechaçar o ultimato. que não teria mais de alguns minutos de vida. o oficial de serviço. Houve um momento em que Gensoul acreditou que evitaria a tragédia. o comandante Holland deixou o Dunkerque para levar a seu almirante a última recusa dos franceses. que prolongara espontaneamente o prazo do ultimato. prestou-lhe continência. onde sua irmã possuía uma propriedade disponível. às 16:26 minutos. mostraram-se dispostos a aceitar a promessa francesa. O canhoneio começou às 17:54 horas. Dez dias depois do armistício. O Strasbourg e os contratorpedeiros Terrible. podendo oferecer-lhes abrigo provisório. declara que uma poderosa força naval inglesa lhe concedera seis horas para afundar seus navios. Holland. Mas Churchill queria sua cabeça de rei. perto de Paris. as comunicações estavam ainda totalmente desorganizadas. usando pela última vez a possibilidade de utilizar a codificação. Desaparelhados. Estivera disposto a mostrar a Holland as instruções secretas que de toda organização bélica francesa possuía. os navios franceses eram verdadeiros alvos. acreditando estarem retomando o combate contra os alemães. a quem sua missão desgostava. por sua vez. Quando passou defronte do Bretagne. sem referir-se às outras opções. Este apressou-se a informar a Londres que tinha garantia de que os navios franceses não corriam perigo de ser capturados pelo inimigo. Os Lordes do Almirantado. recebeu o seguinte resumo churchilliano: “Os navios franceses devem afundarse ou os senhores devem afundá-los antes do anoitecer”. Quando foi dada a ordem de reacender as luzes. e havia transportado os despojos de seu Almirantado para a pequena cidade pirenaica de Nérac. as tripulações aplaudiram. O Almirante Darlan.

dos quais 977 unicamente do Bretagne . mas. O ministro dos Negócios Estrangeiros. perto de Dover.297 . trouxeram apenas 9 tanques dos 600 que para lá haviam levado e uma dúzia de canhões. seguindo instruções de Londres. entretanto. Finalmente. O Dunkerque tentou a mesma manobra. É decidido o bombardeio aéreo de Gilbratar. Por sua ordem. a agulha do destino hesitou: Com voz embargada de emoção. explodiu. um castigo supérfluo sobre pequenos navios indefesos. De Dunquerque.as perdas de vidas francesas em Mers el-Kebir. cujas avarias eram leves. No dia seguinte. de todo o armamento. Entretanto. em visita de inspeção. Toda a Inglaterra só dispunha de 786 peças de . Paul Baudouin. voltaram 224. dos mil que possuíam.000 soldados. gravemente atingido. Um obus de 15 polegadas pulverizou o contratorpedeiro Mogador. O problema que se apresenta no verão de 1940 é o seguinte: quando e como tentará ele a invasão? Se a houvesse tentado logo após a derrota francesa. lançou-se sobre a praia. os navios suspenderam as operações de desarmamento e um contra-ataque é ordenado com o Strasbourg e os cruzadores de Argel. Sainte Margareth’s Bay. consegue conter essas medidas beligerantes e limitar a vingança à ruptura das relações diplomáticas já realizadas. atingido desde a primeira salva.Segunda Guerra Mundial 6 encurralavam e os aviões que os perseguiam. o Bretagne. o alemão avista a costa inglesa. Foi um acréscimo inútil. três vagas de aviões torpedeiros tentaram em vão exterminar o Dunkerque.000 acabam de ser repatriados depois da batalha da França. e que elevou a 1. o ressentimento da marinha e da nação francesa duraria muito a apagar-se. Churchill. carregados de marinheiros. abrindo fogo com todos os seus canhões. Por um momento. na praia mais ameaçada da Inglaterra. A Inglaterra prepara-se para a invasão De Calais. mas desmantelou-se depois de haver disparado 40 obuses contra o Hood. O fogo cessou quando o Almirante Gensoul assinalou que todos os seus navios estavam fora de combate. os meios terrestres que enfrentaria seriam extremamente frágeis. 144. O Provence. Uma guerra entre a França e Inglaterra poderia ter saído dessa agressão. No meado de julho. eles não acreditaram na minha palavra”. Darlan declarou: “Fui traído por meus irmãos de armas. não encontra senão três peças antitanques em 9 km de costa.

O número de VP (Vulnerable Points) ultrapassava mil. criando o Petroleum Warfare Department. As experiências. Isso dará. a fim de cobrir os Midlands . a apatia do povo inglês: Várias peças de teatro. estendendo-se em seguida até o estuário do Tees. mais de 500 milhas de costa são propícias a um desembarque.desenhou no mapa uma posição de resistência que parte do canal de Bristol. que se lança à tarefa de modernizar o fogogrego. que a proximidade do continente torna especialmente vulnerável.logo depois substituído por Alan Brooke . ser inteiramente quimérico. 167 canhões antitanques. Um dos temores clássicos dos patriotas era a indiferença. Isso obriga a que essa defesa se limite a algumas zonas do Kent e do Sussex. de arame farpado e de argamassa. portanto. Lê-se em Gibson que os bizantinos incendiavam o mar. / Todas as nossas tropas correram. O comandante da Home Force. A idéia seduziu Lorde Hankey. o instinto insular leva à defesa das próprias praias. sobe até Wash. campos de minas e redes verticais. seria necessário quantidade proibitiva de minas. mas é preciso reequipá-las totalmente.A Batalha da Inglaterra 7 artilharia de campanha. Todavia.mas esta posição é tão fictícia quanto o defunto reduto bretão. diversos romances. 178 tanques leves e 81 tanques médios. no entanto. numerosas sátiras versam em torno deste lema: “Jogava golfe no dia / Em que os alemães desembarcaram. nas praias que se acumulam os meios de defesa. o processo é imensamente oneroso. Ironside . as 12 divisões constituídas pelos que escaparam do continente. pois não as . Para fortificar todos. / Todos os nossos navios estavam ancorados / E o sentimento de vergonha inglês / Quase estragou meu jogo”. Nenhuma antecipação foi tão amplamente desmentida. É. porém demonstraram que. Além disso. O resto é vazio. pois as forças móveis eram inteiramente insuficientes para repeli-lo. Deixar o inimigo estabelecer uma cabeça-de-ponte seria suicídio. faz a volta de Londres. Às 12 divisões incompletas e mal instruídas que não deixaram a Inglaterra podem ser somadas. Cerca de 70 milhas do litoral estavam protegidas por redes de arame farpado. Seria excessivo afirmar que a Inglaterra atira-se às armas. no lápis. origem à lenda indestrutível da tentativa de invasão frustrada por torrentes de chamas e às histórias incansavelmente repetidas dos milhares de cadáveres calcinados que cobre as praias e obstruem os portos.

inclusive alguns Enfield da Guerra de Secessão que Drury Lane possuía em sua coleção histórica e que leva ao altar da pátria. Os sinos das igrejas são provisoriamente afastados da publicidade do Senhor para que seu repique possa anunciar a aproximação do inimigo aéreo.000 fuzis heteróclitos. devia participar da defesa das cidades e aldeias. resquício da guerra civil espanhola. em menos de uma semana. tornam-se raríssimas para os milicianos. O papel principal transfere-se então para a RAF. livrar-se-á dessa condição doméstica e terminará a guerra com sua artilharia e seus tanques. O pára-quedista vira bicho-papão. Homens há. Dunquerque e a defesa francesa aceleram o recrutamento. os terrenos de esporte são cobertos de obstáculos e as estradas cobertas de arcos. e por isso a honorável instituição recebe da troça popular o apelido de Broomstick Army.Segunda Guerra Mundial 8 possui.isso porque nenhum avião militar britânico possui tripulação de mais de 5 membros. o efetivo ultrapassa um milhão. os primeiros batalhões começavam a patrulhar as praias e. a não ser que se apresentem em grupo de mais de 6 . O primeiro apelo é lançado em 14 de maio por Anthony Eden. O dinamitero. determina que a Home Gurad se abstenha de qualquer intervenção contra páraquedistas. Raras para o exército regular.000 voluntários assinavam um pedido de alistamento. 250. o qual. a RAF. mas o papel que a Navy (Marinha) pode desempenhar no sentido de reter uma invasão é reduzido pelo poderio aéreo alemão sobre a Mancha e o mar do Norte. faltam armas. Atemorizado com a sorte que ameaça seus aviadores abatidos. Um apelo ao público reúne nos postos de policia uns 20. Contra os planadores. Três dias mais tarde. A fortaleza histórica da Inglaterra é sua muralha de vasos de guerra. Em julho. porém necessário que todos os Home Guards possam empunhar uma arma qualquer. mas o movimento no sentido de se por a serviço da pátria em perigo é universal. É. Outros se dedicam ao fabrico das lanças com paus de vassoura. . torna-se instrutor procurado e os lawyers (advogados) e os teachers (professores) tomam as primeiras lições de coquetel Molotov para incendiar tanques. Ele anunciava a criação de um corpo de Local Defense Volontiers. Mais tarde. Alguns tentam meios menos convencionais. em caso de invasão. quando os Locals mudam o nome para Home Guards. A sorte do último adversário que restou em pé para enfrentar Hitler depende do domínio do ar.

que vai desempenhar o papel decisivo. Os campos de pouso multiplicaram-se e estoques de material foram armazenados. grandes sentinelas misteriosas montam guarda permanente em volta do Reino Unido. liga todos os órgãos que contribuem para a batalha aérea. o Fighter Command (Comando de Caça). Em 1935. O Observer Corps (Corpo de Observação). É indispensável conhecer a existência desse anteparo. o ministro do Ar pediu informações sobre o “raio da morte”. Watson Watt. A Força Aérea também terá a seu serviço uma invenção capital. para compreender-se o desenvolver dos combates que se vão travar no céu britânico. que trocará suas iniciais RDF. terão em terra numa multidão multiplicado sua eficiência. O homem que o dirige.A Batalha da Inglaterra 9 No campo da defesa aérea.reconhecimento. não seria difícil fazê-lo detectar uma aeronave fora do alcance do olho humano. utilizando instalações civis. possuía uma dupla corrente de detecção: CH. Seu apelido “Stuffy” pode ser traduzido por “Empalhado”. Chain Home Low-flying. Dessa resposta nasce a Radio Direction Finding. Munique foi salutar. em compensação. dessa enorme contextura. Trata-se de uma rede de transmissão que. Esses combates não serão o torneio cego de alguns ases do ar. indagando se seria concebível empregá-lo contra os bombardeiros inimigos. do National Physical Laboratory. e CHL. a fim de que viessem possibilitar rápidos reparos dos desgastes produzidos pelos bombardeios. mas. que correspondente ao radar comum. Tendo às suas ordens a parte mais brilhante e mais individualista da aviação.é este último. merece que nos detenhamos a examiná-lo por um momento. revigorou. de que falará Churchill. Para dirigir as batalhas aéreas foi preparada uma poderosa infra-estrutura terrestre. no mundo. o Marechal-do-Ar Sir Hugh Dowding. Os So Few. graças à reflexão das ondas eletromagnéticas sobre a ionosfera. Dowding detesta usar uniforme e veste-se como um . Dos três grandes setores da aviação . contra os aviões que voam baixo. de Chain Home. bombardeio e caça . Em 1940. é deste setor o mais terno e o mais frio dos personagens. a Inglaterra é o único país que. As façanhas da Inglaterra não seriam possíveis sem esses espias. pela admirável sigla Radar. a Inglaterra não voltou a dormir. O System foi equipado com a cooperação secreta do General Post Office (Correio Geral). permitindo sua conduta centralizada. que cochilava durante as ilusões da paz. Despertada brutalmente. Das Shetlands ao País de Gales. respondeu que o tal aparelho não seria utilizável sob esta forma.

o Estado-Maior estupefato soubera que o novo Ministro da Construção Aeronáutica deveria entregar-lhe 325 caças. além disso. conversa com seus pilotos mortos em combate. Toda a RAF se manifestou contra o Ministério e contra o Ministro. e. “Stuffy” pediu com insistência prioridade para os caças na construção aeronáutica. Churchill jogou em sua prodigiosa energia e sua poderosa imaginação. Foi ele quem modelou o Fighter Command e o comandará durante a fase mais penosa da luta. Dedicou-se com todas suas forças a um programa de 57 esquadrilhas. Mas sua capacidade técnica e sua força de vontade fazem-no um chefe sem par. e. ordenou que empregassem todo o esforço industrial em sua construção. Isso constitui o estrito mínimo para a defesa do Reino Unido. mas em seguida bateuse intransigentemente para mantê-las na Inglaterra. surge Beaverbrook.não pode ser escrito senão com uma palavra: mágico”. seu humor irascível.a batalha de Londres começou em setembro de 1939”. Jogou e ganhou. Antes da guerra. Vive solitário. Seu sacrossanto egoísmo permite-lhe atingir o período de grande solidão britânica com 446 aviões de caça. Sir Hugh Dowding dispõe de 704 caças.dirá ele . Foi necessário audácia a Churchill para chamá-lo à direção do Ministério da Construção Aeronáutica. Desse modo. véspera da batalha decisiva. “O efeito produzido pela chegada de Lorde Beaverbrook dirá Dowding . seu orgulho presunçoso faziam prever os piores conflitos com as hierarquias militares e civis. Exigiu a adoção de dois tipos de caças. Hurricane e Spitfire. de nascimento feito Lorde Beaverbrook. recém-criado. Desde o mês de maio.Segunda Guerra Mundial 10 barrister (advogado) conservador do Lincoln’s Inn. Max Aiken. “Para mim . No decorrer dos meses seguintes as entregas manterão a superioridade de um terço sobre os montantes calculados. dos quais 331 Hurricanes e Spitfire operacionais. O Ministério isolava a produção daqueles que a utilizavam e o Ministro atraía sobre si uma avalanche de críticas. Canadense. Propenso ao espiritismo. No começo da guerra. em lugar dos 261 que constavam da previsão. 51 das quais para a Metropolitan Air Force. Ao lado de Dowding. autodidata. dos quais . ele não possuía nenhuma qualificação técnica para tornar-se um construtor de aviões. em seguida. seu temperamento colérico. e em 11 de agosto. da Bélgica e da França estão mais que compensadas. magnata do papel de imprensa e fundador da “Daily Express”. quando este último se revelou melhor. só pode mobilizar 39 esquadrilhas. as perdas da Noruega.

Oxford.“Esperamos os senhores. chega a desejar que ele se encha de cruzes negras e que o desabamento de Canterbury. Seus discursos são desafios. com QG em Nottingham. leva o n° 11. Sua esperança é de que a América não se manterá neutra quando a mãe de sua democracia e o berço de sua civilização forem atacados pela barbárie nazista. “Sairei daqui . Winston visita-o. “A batalha da França terminou. que não há pessimismo nesta casa. sob o edifício do Storey’s Gate. um abrigo para o PrimeiroMinistro. Contemplando o céu puro de julho. manda aumentá-lo. pedindo desesperadamente armas. com QG em Bath. o Fighter Command é dividido em 4 grupos. por favor. . Churchill dedica-se a isso. morto”. muito importante. se Hitler ganhar.. O quarto. Durante sua longa luta solitária. combateremos em nossas colinas. Fora instalado na esquina do Saint James Park. n° 10. e defende Londres e o Sudeste. no momento difícil da guerra dos Boêres: “Entenda-se. O segundo . duas vezes mais que em maio. não nos renderemos jamais”.às vezes épicos . às vezes triviais . a América é a estrela para onde o pensamento de Churchill não cessa de orientar-se Ele próprio se prepara. n° 13. manda fixar na parede as palavras da Rainha Vitória. Em seguida. os Midlands. no Middlesex.“Combateremos em nossas praias. Do ponto de vista tático.. possui QG em Uxbridge. Solicita empréstimo de 50 contratorpedeiros antigos. Escreve todos os dias a Roosevelt. em apartamento para a Senhora Churchill e ele. Seu tema é sempre o mesmo: a Alemanha só ganhará a guerra quando vencer a Inglaterra e isso ela não conseguirá. n° 12. Westminster leve aos Estados Unidos um sinal de alarme irresistível. ou. a batalha da Inglaterra começa”.A Batalha da Inglaterra 11 620 Hurricanes e Spitfires. região que espera a invasão. Os ingleses acreditam na invasão. com QG em Newcastle-on-the-Tyne. e os peixes também!” . acha-o sinistro. enfim. defende o Sudoeste da Inglaterra. combateremos em nossas aldeias e em nossas cidades. O terceiro. elas não existem. O objetivo de Churchill é preparar o povo inglês para a prova que o espera.diz como vencedor. O primeiro.”. defende a Escócia e os condados ingleses do Norte. não estamos interessados nas possibilidades de derrota. aceita a doação feita por 900 anciãos e 75 franceses da Primeira Guerra. defende o coração industrial da nação.

Orgulhava-se de que o problema de uma paz de compromisso jamais tivesse sido inscrito na agenda do Gabinete. as flores do derrotismo não se puderam alastrar e ninguém se levantou. que houve na aristocracia. Em seus battle apartments. escreve o seguinte: “Não deixeis jamais de incutir no espírito do Presidente que. para difundi-la. metido em seu roupão escarlate e ouro. único território britânico conquistado pela Wehrmacht. Hitler começa a desconfiar da qualidade do realismo . ele se apoia no orgulho insular das massas. uma nova paz de Amiens ou uma trégua de recuperação com o novo Boney. sobre esse cimento de invencibilidade que uma longa história fez correr nas veias do povo inglês. seu costumeiro trabalho recostado na cama. mas. Sabe. em algumas horas. um governo Quisling será constituído para fazer a paz. Mas seria a resolução britânica isenta de brechas? Questão difícil. Cada manhã que se passa sem trazer um desembarque é uma trégua abençoada. Exagera sua confiança. para reivindicar-lhe os rebentos fenecidos. Enquanto Churchill se surpreende com a trégua que lhe é concedida. a capitulação da Holanda. pelo menos. recomendada por Winston Churchill aos franceses. mais que ninguém. que alguns milhares de pára-quedistas que saltam sobre aeródromos e abrem caminho para uma invasão aérea podem criar na Inglaterra condições análogas às que permitiram. contudo. ao contrário. dos quais a maioria dos dirigentes foge vergonhosamente. o invasor não foi recebido com a guerrilha desesperada. Da maneira como as coisas foram levadas. com respeito. na alta roda bancária e dos negócios. ele continuará em sua vida abundante. e na Igreja da Inglaterra. a viajar de avião pelos céus infestados de inimigos. a desafiar os perigos físicos da guerra. entretanto.. reduzindo a Inglaterra à condição de um protetorado alemão.. Sabemos. espíritos realistas levados a inclinar-se diante do inevitável e a concluir. está sempre pronto a inspecionar um lugar perigoso. mas a seu embaixador em Washington. Por outro lado. Lorde Lothian. a consumir charutos de sua marca preferida. a desorganização da defesa holandesa e. se este país for invadido e ocupado.Segunda Guerra Mundial 12 Churchill aceita o perigo mas não aceita o desconforto. O próprio Churchill não tinha muitas ilusões. surgido do continente perigoso. com suas refeições generosamente regadas. em alguns dias.” Contra um perigo proveniente de um desencorajamento das elites. Sabemos também que as ilhas Anglo-Normandas. depois do golpe.

e nem está interessado. a palavra “terrestres”. “O Fuhrer . porém. pela primeira vez. mas. e Hitler dedica-lhe apenas uma atenção distraída e caceteada! A verdade é que persiste em esperar uma mensagem inglesa de paz. Esta inconveniência é. A 21 de maio. . verdadeira. finalmente. ele regulou os menores detalhes.. considera.. Hitler não se interessa por elas. Quando se tratou de entrar na Bélgica. mas não pensara que seus soldados pudessem estabelecer-se nas praias de Kent. apesar de sua situação desesperada. a Operação Seelowe (Leão Marinho). Quando se tratou de desembarcar na Noruega. ele deverá obrigá-la a fazê-lo pelas armas. Raeder volta à carga com igual insucesso. Em 2 de julho. “a conquista de uma base satisfatória para as operações navais e aéreas ulteriores contra Inglaterra”: falta porém. um desembarque na Inglaterra poderá ser analisado. A 16 de julho. A 20 de junho. Durante muito tempo ninguém admitira que Hitler chegasse ao Passo de Calais sem ter programado uma invasão à Inglaterra.confia ele a seu chefe do Estado-Maior. Almirante Schniewind .não crê absolutamente nisso. dentro de determinadas condições. Sua Diretiva n° 6 de 9 de outubro de 1939. um plano de desembarque. decidi preparar contra ela uma operação terrestre e. Trata-se agora de uma empresa que César conseguiu levar adiante e que Napoleão perdeu. inclusive a provocação de Nova Guerra de Secessão com as populações americanas de origem alemã. “O Fuhrer decidiu que. Convém notar. cuja principal será o domínio do ar. não mostrou nenhum sinal de compreensão. ele planejou pessoalmente a demolição do Forte de Eben-Emael e o ataque de surpresa ao canal Albert. no entanto. discutiu os movimentos de cada navio e os objetivos de cada companhia. As reuniões de Estado-Maior iniciam-se em seguida. uma nota do OKW.”. a Diretiva n° 16 começa assim: “Como a Inglaterra.”. se necessário. a conquista da Inglaterra.. para qualquer eventualidade. menciona. O homem retirara de sua imaginação os projetos mais extravagantes. Se a Inglaterra não se decide a pedir a paz. coisa singular. Os preparativos devem começar imediatamente.A Batalha da Inglaterra 13 britânico. a 30 km de Calais! Aí nada havia preparado para tal ação. dentre os objetivos da ofensiva contra a França. Isso cria uma situação nova e imprevista.. o Grande-Almirante Raeder dedica sua atenção à necessidade de preparar. dia em que os Panzer atingem Abbeville. que se trata de preparativos teóricos que visam a uma ação hipotética.

Se se obstina é porque conta encontrar um aliado. Dezenove de julho é um dia de apoteose. ilustra bem seu estado de espírito. “Sinto-me obrigado pela consciência a lançar mais um apelo à razão da Inglaterra.. me será possível dominá-la antes do inverno? Keitel é um “Ja-Mann”(pessoa que sempre concorda). contempla longamente a paisagem. List. Witzleben. Pela primeira vez desde 1817. as tropas desfilam sob a Porta de Brandeburgo. No dia seguinte. formam-lhe uma escolta gloriosa. O “se necessário”. Na Ópera Kroll. o discurso que profere é de uma moderação exemplar. mas um vencedor que nada tem a pedir. Nestes termos. Herr Churchill talvez encontre neste apelo uma prova de minha dúvida no desenlace final. que se ataco a Rússia imediatamente.”. A ressonância é prodigiosa. pois não sou um vencido que implora. Marechal. Hitler aparece meio a seu aparato de triunfo. como se lhe pedisse inspiração. Keitel. o povo alemão acredita no milagre: a Inglaterra depondo espontaneamente as armas. Estende à Inglaterra um longo ramo de oliveira. vencida pela generosidade de Hitler. restaurar todas as liberdades que eliminou e der garantias para o futuro”. Berlim é um mar de auriflamas. vindo de um homem de pensamento e palavras tão categóricas. Entretanto. a pergunta é de tal forma inesperada e formidável que lhe faz parar a respiração. predestinado às fileiras inéditas do Reichsmarschall. Bruscamente convoca Keitel: “Acredita. Hitler retira-se de Berlim para Berchtesgaden e torna-se de novo sombrio e preocupado. Kesselring e Sperrle. Brauchitsch.. Não vejo absolutamente razão para continuar esta luta. Milch. Acho que posso fazê-lo.”.. Mas libertei minha consciência. deploro as vítimas por ela causadas e gostaria de poupá-las. Isola-se. Hitler digna-se expor-lhe seu raciocínio: É preciso encontrar explicação para a atitude desconcertante da Inglaterra. Por um momento. medita. está perdida e sabe bem disso. Bock. Leeb. Halifaz responde: “A Alemanha obterá a paz se evacuar todos os território que ocupou. Quem? Os Estados Unidos? Não: os Estados Unidos são incapazes de guerrear. Se ela está sozinha contra a Alemanha. de uma vez: é retirar da Inglaterra o . derrotar a Rússia é resolver tudo. É porque a Inglaterra espera auxílio da Rússia que continua a repelir as propostas generosas da Alemanha. Só pode ser a Rússia.Segunda Guerra Mundial 14 executá-la. 12 marechais novos. Kluge. Reichenau. faz longos passeios com seu cão-lobo.. Além de Goering.

ressaltando que os meses de maio e junho são muito mais favoráveis que o início do outono. o ataque será efetuado na primavera de 1941. Julho está no fim. Dois dias depois de ouvir esta opinião. que desenvolve algumas considerações pessimistas sobre a invasão. finalmente. Por mais fraco que seja o Exército Vermelho. em lugar de dissolver 35. mas. A campanha da Rússia não poderá iniciar-se. melhor. antes da segunda quinzena de setembro. só quer guerras curtas. Recolocado em seu terreno. logo em seguida chegará a Schlammperiode. A chave de tudo é destruir a Rússia. a 31 de julho. Isso quase pôde ser realizado em 1940. sugere adiá-la para 1941. o Lebensraum pelo qual se bate. abandona a Inglaterra e se lança contra a Rússia. como a estação já estava avançada.. Longe de reagir à desanimação de seu primeiro marinheiro. quanto mais cedo. Hitler. A palavra é concedida ao Grande-Almirante Raeder. Hitler declara que os ingleses podem ser vencidos “em um ano ou dois” pela guerra submarina e aérea. as distâncias e os maus caminhos anulariam a esperança de aniquilá-la antes da estação dos grandes frios. Poderá derrotar a Rússia antes do inverno! Somente sobre este ponto é que pede a opinião do chefe do Comando da Wehrmacht. Hitler convoca ao Berghof os comandantes-chefes do Exército e da Marinha.. portanto. enquanto 60 outras guardarão o Ocidente . o Estado soviético será suprimido e a Rússia desmembrada. Keitel recupera o fôlego. em seguida. Ele. o . estação da lama. A indiferença se transforma em paixão. Hitler retoma a tese que desenvolveu para Keitel. Na ofensiva tomarão parte 120 divisões. e.o que leva a criar mais 20 novas. O único problema é uma questão de calendário. Muda o tom. O Exército Vermelho destruído. o Exército encontra-se deslocado para o Oeste e serão necessárias pelo menos três semanas para dirigi-lo para o Leste. Tudo o que precede foi estabelecido através dos testemunhos mais diretos e concordantes: os depoimentos de Keitel em Nuremberg. Os preparativos serão disfarçados pela atividade da Wehrmacht na bacia mediterrânea. assim como pelo prosseguimento ostensivo do projeto de desembarque na Inglaterra.A Batalha da Inglaterra 15 suporte moral que a torna obstinada e é fornecer à Alemanha o espaço vital. fixa para 13 de setembro a data mais próxima possível e.

. Seu pensamento orienta-se de forma inflexível: a seu ver. no que se refere à aviação. em 1° de julho. uma sucessão de ações secundárias. como considerado completamente louco. à mercê de um ataque aéreo e não dispõe. Entre a Inglaterra e a Rússia existe outra ligação: o Mediterrâneo.000 toneladas. em frente ao Egito.000 homens disseminados pelo Sudão. não é senão uma vasta camuflagem ou. segundo a palavra de Hitler. a Itália dispõe. Mas esse quadro grandioso e sangrento. .. Na África do Norte. Brauchitsch dissera a Halder: “Devemos conservar nossa amizade com a Rússia”. Dirá Goering: “Se um general se tivesse levantado para dizer ao Fuhrer que desaprovava algumas de suas idéias. Aí. contra os quais os ingleses mantêm apenas 22. ela estrangula o Mediterrâneo. de repente. a ascendência inglesa afirmou-se desde o início. tanto em terra como no mar. etc. mas calaram-se. contra os 36. Somália e Quênia. no qual os primeiros tiros soaram a 11 de junho. num total de 130. ironicamente batizados de Fé.. A entrada da Itália na guerra transforma-o em teatro de operações. Um e outro estavam presentes ao Berghof. 160. acontecimentos ressonantes vão manter o mundo sob tensão. quando muito.. encontra-se. graças a Rodes.204 soldados metropolitanos e 199. Nenhuma discussão se desenvolveu em um plano que subvertesse os dados da guerra e abrisse à Alemanha um abismo de perigo. Na África Oriental. negligenciada durante longos anos pacíficos.000 homens. Malta. senão de três velhos biplanos Gloucester Gladiator. tudo aquilo que não prepare o aniquilamento da Rússia é acessório. A guerra vai ampliar-se e diversificar-se. quando os velhos carrosmetralhadoras Rolls Royce do coronel Combe capturaram 70 prisioneiros italianos que nem sabiam que seu Duce entrara na torrente sangrenta.Segunda Guerra Mundial 16 diário de Halder. Graças à Sicília. domina-lhe a bacia oriental. 14 divisões.000 do General O’Connor. historiógrafo da OKW. Sir Archibald Wavell. Esperança e Caridade. os relatos de Greiner. Entrementes. as posições estratégicas da Itália são soberbas. o armistício de Roma permite ao marechal Balbo distribuir. No entanto. Quarenta e oito horas antes. O superior deste último. comandante do exército no Nilo.” A reunião de 31 de julho é fundamental para a interpretação dos acontecimentos que se vão seguir. não somente teria sido fuzilado. a esquadra de Alexandria alcançava o mar e capturava navios italianos.273 soldados indígenas. de 91. Já não se discutia com Hitler.

para ajudar os italianos a se apoderarem de Suez. Rye-Hastings. marinheiros e aviadores que trabalham na Seelowe não conseguem entender-se Brauchitsch traçou um plano muito vasto. Essa medida desastrosa não é nem mesmo repelida.Invasão ou não? . O primeiro. a posse das Canárias e das lhas dos Açores. mas possui. em 22 de julho. e uma divisão blindada incompleta. Os soldados. a oeste de Portsmouth. Toma corpo um plano mediterrâneo. reclama-se a arbitragem de Hitler. o envio de elementos blindados à Líbia. os chefes do Estado-Maior estudam a total evacuação das tropas britânicas do Mediterrâneo.700. Folkestone-Dungeness. O primeiro que toma abertamente posição é Jodl. apenas duas divisões de infantaria. lançará suas divisões em três zonas de desembarque.200 km por 2. O Grupo A reservará para si uma base de partida de . em vez disso. que. tomar o Egito. A Alemanha poderá intervir neste contexto para assegurar de maneira decisiva a derrota mediterrânea dos ingleses? Pode. Entretanto. Depois da derrota da França. O Grupo B fornecerá o 6° Exército (Reichenau).no qual demonstra que uma tentativa de desembarque na Inglaterra é empresa extremamente arriscada. decide-se esperar um pouco mais. O outro. a Itália pode. a conquista do Gibraltar. no qual devem colaborar o Grupo de Exércitos A (Rundstedt) e o Grupo de Exércitos B (Von Bock). mas ninguém ignora a fraqueza da fortaleza obsoleta reivindicada e cercada pelo terceiro regime fascista da Europa. conquistar Suez e fechar a saída oriental do Mediterrâneo. e sugere. Ele redige e remete ao Fuhrer um memorando intitulado . dois grupos de brigada independente e um Camel Corps de 500 homens e as respectivas montarias.A Batalha da Inglaterra 17 abarca no Middle East Command (Comando do Oriente Médio) nove países e um setor geográfico de 3. Com um pequeno golpe. que só deve ser efetuada em caso extremo. Rundstedt invadirá a Inglaterra com dois exércitos: o 16° (Busch) e o 9° (Strauss). Os tentáculos da estratégia alemã se fecharão uma vez mais. portanto. que partirá de Cherburg e irá situar-se na baía de Lyme. porta do Mediterrâneo. o Plano Felix. para ver o que acontece. é adiada. Ramsgate-Dover. nesta imensidão e diversidade. a situação é considerada de tal maneira séria. deixará quatro divisões na baía de Brighton e na ilha de Wight. ao mesmo tempo à aventura inglesa e à russa. embarcando no Havre. embarcado entre Texel e Bolonha. contrapondo-se. A saída ocidental tem o nome temível de Gibraltar.

lança-o contra as falésias. Ele deve contar com os ataques desesperados da esquadra inglesa. forças necessárias para cobrilo. É preciso contentar-se em desembarcar em Beachy Head e em Dover. Por todas essas razões. É ainda necessário que esta última. A timidez da marinha vem retirar ao Exército toda possibilidade de manobra. O Grupo B. evitando deixar-se emaranhar na aglomeração londrina. Hitler arbitra e. o que representa apenas a quarta parte do plano do Estado-Maior do Exército. A descida da ilha de Wight. sobre a parte da costa inglesa fronteira a Calais. diz. imperativa. Hitler salienta a condição prévia indispensável. a ocupação total do Reino Unido seja apenas uma formalidade. serão lançados na Mancha e no mar do Norte. Brauchitsch torna a desenrolar seus mapas e defende a causa contrária. obriga-o a comprometer seus carros em terrenos pantanosos do Kent e leva-o a uma batalha frontal que ele quer evitar. A frente da invasão não ultrapassará Brighton. para cobrir o flancos da operação. Espera-se que estas sejam rapidamente destruídas e que. meios de transporte necessários para executá-lo. mas é somente pela audácia que o risco pode ser reduzido.Segunda Guerra Mundial 18 Southampton a Gravesend. A Marinha insurge-se contra este plano. conserve forças suficientes. voltará para a direção leste e tomará. inspiram-lhe muito menos confiança que a soldados que ignoram as regras do mar. provavelmente. na direção de Oxford. da operação: a ordem de execução da Seelowe somente será dada se a RAF for destruída pela Luftwaffe. a conquista de Southampton são abandonadas. . depois de apoderar-se de Bristol. A invasão só terá chance de vitória se a Inglaterra for atingida em larga frente. no sentido da prudência. os prazos exigíveis para prepará-lo. depois. manobrará pela esquerda e procurará a batalha decisiva sobre o Tâmisa médio. propõe considerável redução da frente de invasão. isto é. mantenha-se kampfkraftig. pela retaguarda. A participação do Grupo Von Bock e a manobra giratória do 6° Exército ficam na reserva. a partir daí. Não temos. para apoiar o exército de terra que irá operar em solo inglês. O General Jodl tem razão em sustentar que um desembarque é empresa arriscada. o grosso das forças inimigas. depois de lançar fora de combate sua rival. coisa insólita. Raeder pede 10 dias para transportar o primeiro escalão de 13 divisões e declara-se incapaz de tomar qualquer compromisso em relação aos demais. e os campos de minas que.

Calcula-se em 15 dias o tempo necessário para recuperá-la. PC em Deauville e bases na Bretanha e Normandia. sob o comando do Generalfeldmarschall Sperrle. Me-110. o início oficial da ofensiva aérea contra a Inglaterra é transferido para 13 de agosto. Desde as primeiras experiências o radar se revelou uma das armas essenciais da defesa inglesa. os ardis que . portanto.669 aparelhos: 1. monomotores. monomotores. Drama impressionante! A Luftwaffe contra a RAF Em razão das condições meteorológicas desfavoráveis. Ju-88. Do-172. estacionada na Escandinávia e só intervirá no Norte das Ilhas Britânicas. na ilha de Wight. mas nem por isso o dia 12 deixa de ser o primeiro dia decisivo. A ofensiva aérea geral contra a Inglaterra começará a 5 de agosto. As forças de que a Alemanha dispõe para executar essa tarefa constituem-se de três frotas aéreas: a primeira.015 Kampfflugzeuge (bombardeiros horizontais). os golpes devem ser dirigidos contra ela. São 2. a Luftflotte n° 5. cobre a área de Zuiderzee ao Sena. Esta se encarregará. Graças a isso. Hitler dita sua Diretiva n° 17. O golpe é angustiante. O objetivo é a destruição da aviação inimiga. sob o comando do General Stumpt. com QG em Paris. a Luftflotte n° 3. todos bimotores. comandada pelo Generalfeldmarschall Kesselring. da Inglaterra. atacará os condados do Sudoeste e do Oeste. bimotores. Do-215. é completamente destruída. os ingleses vêem quando os invasores tomam suas formações de vôo e se dirigem para os objetivos.A Batalha da Inglaterra 19 Depois do Conselho de Guerra de 31 de julho. os efetivos ascendem a 2. 933 Jagdflugzeuge (caças). até uma linha Portsmouth-Oxford-Manchester. QG em Bruxelas e PC avançado no cabo GrizNez. Formações de bombardeiros atacam 6 estações de radar no Sul da Inglaterra. 375 Zerstorerflugzeuge (caçasbombardeiros). Ventmoor. Do-17. a Luftflotte n°2. Ju-87. suas instalações no solo.669 máquinas voadoras para fazer com que se curve o império mais vasto e orgulhoso do mundo. 346 Sturzkampfflugzeuge ou Stukas (bombardeiros de mergulho). As manobras que combinam. mais particularmente. Outra. e contra as fábricas que constróem e reparam os aviões Focam proibidos os ataques sistemáticos às cidades e os bombardeios de terror. A última. Hell-1. Me-109. No total.

e apenas 7 pilotos. assim como os estabelecimentos aeronáuticos de Farnborough. Na realidade. se o inimigo começa por atacar o radar. Todas as fraquezas da Luftwaffe. Hawkinge.. por sua lentidão. As vitórias na Polônia e na França deram-lhe a ilusão.Segunda Guerra Mundial 20 tentam são instantaneamente revelados pelo olho mágico. Manston. Como se se tratasse de manobra terrestre. se manifestam a partir de então.5 m de altura? No dia seguinte. Junkers-88 só comportam 500 kg de projéteis e a imperfeição de seus apontadores não lhe permite precisão nos bombardeios. na investida aérea contra a Inglaterra. Os Dornier. O comunicado alemão anuncia resultados impressionantes e promete o prosseguimento da ofensiva até a derrocada do inimigo. na altura do Tâmisa. . Os caças ingleses decolam e avançam antes que o inimigo atinja as falésias de Albion. sobre Amiens. O dia 13 de agosto recebeu o glorioso nome convencional de Adlertag (Dia da Águia). como esconder-lhe objetivos assinalados por torres metálicas de 7. Farnborough nem foi tocado. Os Messerschmitt-109 não podem ficar senão 20 minutos além da mancha.. Todas as tentativas de abater a aviação inglesa fracassam uma após outra . e a outra penetra no espaço aéreo britânico pelo estuário do Solent. as esquadrilhas alemães voltam. Os sítios atacados foram reparados em 10 horas. às 16 horas. Ao meio-dia e. são vulneráveis a uma DCA que economiza seus nervos e ficam entregues. é porque lhe conhece a importância. os ingleses 13. Seus relatórios sobre a operação anunciam que os ataques contra a cadeia de detecção não alcançaram sucesso. e continuam a iludir-se.enquanto na França e na Polônia tais investidas foram coroadas de êxito. Mas. nenhuma estação de radar é atacada. heróis da batalha da França. o ataque se desenvolve em forma de pinça.485 saídas. Uma segunda atravessa a costa sobre Dieppe e uma terceira chega a Cherburg. Os Ju-87. Um posto de RDF é alvo estreito e ingrato. etc. Os alemães perderam 45 aparelhos. de que uma das pontas se acerca da Inglaterra. depois. esse primeiro dia foi um fracasso. Goering ordena que se procurem resultados mais substanciais. Os objetivos são os terrenos avançados de Kent. Mas. Os Me-110 são bem pouco flexíveis para medir-se com os Spitfires. atrapalham-se com as barreiras de balões. a qualquer caça. e totalizando 1. A coordenação dos bombardeiros e dos caças estava defeituosa. seguindo a mesma tática. o inimigo não teve conhecimento da destruição de Ventmoor. A primeira formação alemã é identificada às 5:30 horas. Heinkel.

em uma concentração que os alemães.A Batalha da Inglaterra 21 Goering e seus generais ainda não compreenderam que a surpresa já não surte efeito e que agora atacam um adversário munido de meios de defesa. No dia 15. Hornchurch e Northweald. Kenley. A 24. West Mallings. postos de comando da batalha aérea. Em 17 de agosto. não somente nos comunicados.quando o montante real das perdas da Luftwaffe é de apenas 75 aparelhos. são postos fora de ação. a luta foi mais equilibrada. Os grupos n° 12 e 13 atacam-na ao largo de Newcastle. mais 53 . mas os golpes se concentram sobre as Sectors Stations.o que provoca júbilo popular . Já que os “109” não conseguiam raio de ação necessário. As instalações de Lympne. mas sabe muito bem em que medida seu Fighter Command . mas também. reconhecidamente muito vulneráveis. em suas reuniões de estado-maior. Biggin Hill. o que é mais grave. Hawkinge. os Stukas. ocorre uma batalha violenta. A angústia renasce em Bentley Priory. desconhecendo as possibilidades do radar. Middleeallop. Em 14 de agosto. os alemães superestimam mais ainda as perdas do adversário. A Luftflotte n° 5 não voltará a participar da batalha de Inglaterra à luz do dia. não conseguem explicar. A proporção dos bombardeiros em relação aos caças diminui. são retirados das forças de ataque. Atêm-se às promessas que fizeram a Hitler: A aviação de caça britânica será destruída em duas semanas e em seguida a Luftwaffe transportará seu esforço para a preparação direta da Seelowe. o mau tempo atrasa as operações. No Sul. Dowding verifica com inquietação que os terrenos avançados do Kent deixarão de ser utilizados. o que reduzirá o rendimento do Fighter Command. provavelmente. Martesham e Croydon sofreram baixas consideráveis. as escoltas passam a ser constituídas somente de aparelhos Me-110. Permite anunciar no comunicado oficial que os alemães perderam 180 aviões e. O número de caças que restam aos ingleses é avaliado em 300. Os bombardeiros desfazem-se de suas bombas no mar do Norte e refugiam-se nas nuvens para retomar o caminho da Noruega. Todavia. os alemães mudam de tática. onde Dowding manobra suas reservas e alimenta o combate. a Luftflotte n° 5 participa da luta. cuja deficiência é confirmada. o que significa a metade do total com que Dowding ainda conta. Vinda da Noruega. Ele não sabe em que medida exata desgasta a Luftwaffe. centros nervosos do Fighter Command.

dos quais 42 devem fazer meia-volta antes do objetivo. A incursão é executada por 80 aparelhos. esta afirma seu domínio aéreo sobre a capital do Grande Reich. a aplicação pura e simples do terror passam ao primeiro. dispersa. sem que a Flak nem a caça noturna consigam abater em só deles. . “Quero chamar-me Mayer. É um erro de mira. A noite de 25 de agosto é para os berlinenses uma estrondosa surpresa. à noite uma chuva de bombas cai sobre Londres pela primeira vez. ao norte de Londres. deverá fazer recuar o grupo n° 11. London Wall. Os objetivos visados eram os reservatórios de petróleo de Thameshaven e as fábricas de aeronáutica de Richmond. Se os ataques contra as Sectors Station continuam com a mesma intensidade durante uma semana. Os alemães chegam ao ponto fraco da couraça inglesa. atinge pontos afastados uns dos outros. o Comando de Bombardeiros vingar-se-á sobre Berlim. Mas. o confronto de aviões derrubados de parte a parte tende a reafirmar-se em favor do inimigo. o apetite de vingança. os aviões ingleses voltam ainda. A destruição do Fighter Command. mas o Kinckebein. Churchill vê os incêndios eclodirem em Londres. É só continuar a atacar no mesmo lugar para lançar a RAF em graves dificuldades. é colocado em segundo plano. a radiodireção dos bombardeiros sofrera uma avaria e as tripulações jogaram seus projéteis ao acaso.Segunda Guerra Mundial 22 perde força. como Tottenham. Cerca de 20 pessoas morrem. Constata que a contabilidade da morte. Diz-se que os aparelhos britânicos são revestidos de uma pintura que os torna invisíveis! No momento em que os jornais tocam o halali de caça à Inglaterra. Stepney. se um avião inglês conseguir forçar nossas defesas aéreas ou se uma bomba cair sobre Berlim”. De cima do Imperial Chemical Building. mais uma vez os alemães mudam de tática. várias noites consecutivas. Bethnal Green. Isso quer dizer que os caças ingleses terão um tempo de intervenção sensivelmente mais curto e a desvantagem que representa para a viação inimiga a travessia do canal da Mancha será compensada. Ora. Em 24 de agosto. Entretanto. Sua reação é instantânea: a partir do dia seguinte.dissera Goering. condição indispensável para um desembarque. O efeito moral ultrapassa as perdas materiais. a alguns metros do ouvido de Hitler. Islington. Três ruas são atingidas no bairro de Wilhelmstrasse.

A primeira cidade contra a qual Hitler cumpre sua horrível promessa é Liverpool: é atacada com bombas incendiárias. as fotos aéreas mostram a concentração de uma enorme frota de invasão partindo de Amsterdã para Cherburg: 168 transportes. o que impede que se dê integralmente a esse bombardeio de 7 de setembro a denominação de Terrorangriff (agressão pelo terror). se tomasse parte nos combates. que lhe causam enormes estragos. Escoltado por 500 caças. que. dispersa-se para interceptá-lo. no Sportspalast. abandonando as radiodireções. os alpinos bávaros exercitam-se nas falésias de Gris-Nez para escalar as de Folkestone e de Dungeness.600 embarcações motorizadas. Pacotes de cartazes foram impressos para ameaçar a população civil com as piores represálias. nada mais precisam fazer senão derramar suas cargas sobre o braseiro. uma magnífica abóbada de fogo salta por cima do Tâmisa. uma lista de 2. Essa tocha gigantesca atrai os bombardeiros noturnos. o Standartenfuhrer SS de nome Dix é promovido chefe da Gestapo inglesa. 300 bombardeiros transpõem as frágeis barreiras da DCA londrina. Igreja da . efetua-se a abertura da campanha dos Socorros de Inverno. A vez de Londres chega a 7 de setembro. Por outro lado.A Batalha da Inglaterra 23 Em 4 de setembro. Arrasarei suas cidades até o solo”. vem confirmar as notícias que se multiplicam já alguns dias. eles tomaram a minha humanidade por fraqueza e responderam-me assassinando mulheres e crianças alemães.000 batelões fluviais. O grupo n° 11. escoteiros. A RAF ataca esta armada de improviso e o terror de suas bombas caindo sobre Calais dilata o coração dos ribeirinhos do Kent. 1. A surpresa é total. As tropas alemães avizinham-se da costa. mas os bairros populosos da vizinhança são terrivelmente atingidos. O Comando inglês interpreta este bombardeio como indício de um desembarque imediato. Hitler brama: “Esforcei-me para poupar os ingleses. 2. aos quais foram adaptadas rampas de desembarque. às 5 horas da tarde. lojas maçônicas. Seus tiros são dirigidos sobretudo contra o arsenal de Woolwich e contra as docas. 400 rebocadores. perfilando de maneira fantástica a ponte e a torre e jogando nas ruas do centro da cidade reflexos por ela não conhecidos desde o Big Fire de 1666.000 prisões foi preparada e uma outra lista enumera as instituições. Quando a noite chega. que espera um ataque contra as Sectors Stations. Mas a Flak é excelente e os resultados são proporcionais às perdas.

que reúnem duas divisões blindadas. as previsões meteorológicas são boas. Ela se reúne sob suas lanças e velhos fuzis e espera. o 4° e o 7° corpos. O mar está calmo. constituem a reserva móvel do comandante-chefe Alan Brooke. três das quais blindadas. que devem ser dissolvidas ou submetidas a uma severa vigilância. Treze. são destinadas às batalhas costeiras da Cornuália ao Wash. outras oito. equipamentos considerados satisfatórios. As tropas pegam em armas. Kesselring e Sperrle.Segunda Guerra Mundial 24 Inglaterra. a mudança de objetivo da Luftwaffe. em relação a um corpo de desembarque: é que este só pode entrar em combate progressivamente. o bombardeio de Londres. Tudo é efetivamente pronto e aparelhado para a invasão. Winston Churchill deu a seguinte palavra de ordem: “Cada um faça o que poder”. as marés favoráveis. enquanto os incêndios rugiam enraivecidos. No formigueiro inglês. Tudo se reúne para que o dia 8 de setembro assista à invasão nazista. Os esforços realizados desde julho permitiram por em pé de guerra 30 divisões. Entretanto. Dowding logo o compreende e a compaixão que sente por Londres não o impede de felicitar-se pelo descanso concedido às suas Sectors Stations. Doze guardam o Ulster. etc. Tais forças não pesariam nem em qualidade nem em quantidade diante do Exército alemão em luta. constitui realmente um erro. confundindo o alerta com o toque efetivo do desembarque. Do lado alemão. “Cromwell” desencadeia uma agitação intensa. Muitas localidades põem seus sinos para tocar. Às 20:07 horas. os chefes de estado-maior decidem lançar a palavra de ordem “Cromwell”. . duas divisões inglesas e algumas brigadas independentes. mas tem uma oportunidade. mais que honrosa. divididas em dois exércitos. Ao norte e ao sul de Londres. em Londres. Para a Home Guard. os dois comandantes das frotas aéreas interessadas. a Escócia e os condados do Norte e do Oeste. uma divisão canadense. Algumas aldeias fazem barricadas e algumas autoridades afobadas chegam até a mandar dinamitar pontes. Isto significa “provável invasão em 24 horas”. O momento ideal para uma invasão já passou. embora somente quatro possuam equipamento completo e.

A Batalha da Inglaterra 25 assim também o compreendem. os quais iam dispensar o risco do desembarque. constata que o enfraquecimento da aparelhagem de caça britânica não é suficiente para que seja possível começar o desembarque. não vem a invasão contra a qual a Inglaterra se pusera em pé de guerra. o Conselho de Guerra. A seus dois marechais explica que Hitler teve de novo um toque de gênio ao recorrer aos bombardeios de terror. Espera ser preservado. escolhido como data comemorativa da batalha da Inglaterra. De um momento para outro. Hitler não reage. Porém. A 11. sobretudo. reclama a demissão de Churchill e a paz imediata. que a Inglaterra torne inútil o desembarque. começa com uma manhã gloriosa. É de se esperar que a RAF receba o golpe de misericórdia defendendo a capital. a invasão encontra-se teoricamente adiada para 27. vai pessoalmente receber os relatos das tripulações que voltam de suas missões e faz pelo rádio uma rapsódia neroniana sobre Londres em chamas que choca até os generais alemães. os nervos ingleses podem ceder. Tentam explicar a Goering que estavam quase ganhado a batalha contra a RAF e que lhes tinham destruído a oportunidade. 15 de setembro. tanto mais que a maioria de seus generais também pensa assim. de uma travessia da Mancha. Mas Goering encontra-se em estado de exaltação histérica. Como são necessários 10 dias de preparação.” O dia 15 de setembro. pois logo depois vem o tempo das brumas e tempestades de outono. invade o West End. Todas as . A revolução estoura. Nos dias que se seguiram. no dia seguinte. deve-se esperar. por sua estrela. a população foge do East End. descreve a situação de Londres como trágica. Grandes preparativos foram realizados para a efetivação de um ataque sem precedentes sobre Londres. reunido em Berlim. as notícias são melhores: um boletim de informação. No dia 14. desviando-os de seus objetivos militares para castigar Londres. Hitler decide transferir novamente a decisão para o dia 17. mas as condições da lua e das marés não permitirão tentá-la antes de 8 de outubro. A Marinha insiste em salientar que esta é uma data tardia. que chega através da embaixada alemã em Washington. ao pedir a paz. “Esperarei a primavera. contra a qual seu instinto o previne.

intervêm um outro oficial. Churchill vai como simples curioso a Uxbridge.Segunda Guerra Mundial 26 lembranças recolhidas pelos colaboradores deste livro para reconstruir este dia memorável confirmam a calma da natureza. Usam ancinhos de banqueiro de jogo. disposta como um pequeno teatro. e. vêem-se cintilar os combatentes sobre os campos tranqüilos. O sol nasce sobre um mar sem rugas. os ingleses tomam a dianteira. Do solo. Harcourt-Smith . Churchill ia retirar-se quando um sinal vermelho o detém imóvel. que há de novo. Hythe e Hastings. como escamas ao sol. na direção de Dover.é proibido fumar” O condicionamento de ar não resiste e há risco de incêndio”. sem desconfiar que sua ponta será recolhida e emoldurada para transformar-se. PC do grupo n° 11. . Seis outras esquadrilhas vindas do norte de Londres integram-se a elas. dirigindo-se para Newhaven. Aí está concentrada toda a defesa de Londres. Ele observa com curiosidade a marcha da Operation Room. com palco. os bombardeios repetidos e o amaranhado de arame farpado acabam por criar paisagens que lembram os campos de batalha continentais. Cinco esquadrilhas de Spitfire levantam vôo de Canterbury. comandante do grupo “Excelência . Abandonados. WACs (Corpo Auxiliar Feminino). Vinte e cinco moças. De repente. A batalha de 15 de setembro começou. Toca um telefone. de Dover. empurram patelas sobre um imenso plano diretor.diz ele . Pouco antes das 11 horas. vestidas de azul. suas forças já estão no ar quando o inimigo transpõe a linha costeira. ao terminarem os 20 minutos que lhes são dados para sobrevoar a Inglaterra. de Maidstone e reúnem-se aos caças. Os Me109. senhores?”.hoje é domingo. até o fim da guerra. algumas vezes. De boa vontade Churchill joga seu charuto ao chão e o apaga com o pé. mas os espias do Observer Corps que montam guarda na madrugada se lembrarão especialmente do canto das aves. são especialmente encarregados de espatifá-los. um pára-quedas desce do céu. Uma formação de “40 mais” transpõe a costa francesa na altura de Dieppe. platéia e balcão. Londres recebe algumas bombas. tão freqüente no advento do outono. mas nada comparável ao dilúvio do domingo precedente. como em Waterloo. na mascote do PC. Sobre a Mancha. fazem meia-volta. que mais lentos que os Spitfire. “Ah! . Baterias de lâmpadas multicores indicam a posição e o grau de disponibilidade das esquadrilhas. “No momento nada”respondeu o neozelandês Keith Park. os bombardeiros pagam um tributo forçado aos Hurricanes.

as perdas alemães não ultrapassam 60 aparelhos. para quem isso. Ainda desta vez os dados são falsos. os torna responsáveis pelo massacre dos bombardeiros. espessas nuvens formam-se sobre Kent e Sussex. Mas o Fighter Command não está dominado e. Do lado alemão. o às Galland defende seus companheiros. e. Desta vez as bombas alemães causam desgastes sérios. e é sobre a impressão embriagadora de uma vitória que este dia termina. Imune às críticas. responde audaciosamente: “Aviões Spitfire!”. um sussurro de vitória toma corpo na Inglaterra. Com seu avião danificado pela explosão do Dornier que acaba de derrubar. mas a retificação somente será feita depois da guerra.e tacha seus adversários de poltrões . quando o Reichsmarschall lhe pergunta o que quer que lhe dê. que os perseguem sobre o mar. a reunião de Chancelaria reconhece que o poder combativo da RAF não foi quebrado pela batalha da antevéspera e. graças às suas 40 vitórias e a sua Cruz de Cavaleiro. na rota de regresso. Os alemães voltam e três formações maciças que transpõem a costa entre Dungeness e Dover. A soma das perdas inimigas atinge um total fenomenal.Galland surpreende-se ao ouvir o Fuhrer dar-lhe razão e pronunciar um elogio caloroso aos ingleses. para contentá-lo. Fleet Street. Buckingham são atingidos. conta Artie. a RAF já tinha sido destruída várias vezes e. . termina sua descida em pára-quedas. escore admirável para a peleja dominical. o inimigo é ainda atacado por quatro esquadrilhas de reserva. uma delas toma outro rumo em Cantebury. as edições especiais dos jornais que anunciam haver o inimigo perdido 195 aparelhos. o sargento-piloto Homes. o descontentamento reina entre as tripulações. a impressão é inversa. Mais tarde. atrás da estação de Vitória. São 195 contra 26. Nas ruas incendiadas de Londres são gritadas. é a segunda derrota.A Batalha da Inglaterra 27 À tarde. Segundo as análises dos estados-maiores. ao queixar-se a Hitler de uma propaganda que procura aviltar a Luftwaffe . depois de Dunquerque. À noite. no entanto. No dia 17. formando um espetacular buquê de chamas. o que. acusa-os de falta de combatividade. Um gasômetro de Eastham explode. os aviadores alemães encontram incessantemente novos adversários. Uma central telefônica é destruída. indo cair dentro de uma lata de lixo. cobre de censuras os caças. Westminster. como uma vingança. as duas outras atingem Londres e é mesmo sobre a capital que a peleja aérea se desenrola. Goering.

mas limitada.um grupo de exércitos que participou na primeira versão da Seelowe .que toma a direção do Leste. . Decide-se prosseguir a ofensiva aérea. outra decisão fora tomada. foi transferido para o Leste”. 10 divisões de infantaria e duas divisões blindadas haviam recebido passes para a Polônia meridional. sob o pretexto de proteger contra a ameaça soviética os campos de petróleo romenos. no dia 17 de setembro. não está satisfeita a condição prévia de uma tentativa de invasão. Agora é todo um grupo de exércitos . Na véspera. decisão esta que se traduz por uma única linha no diário das operações do Oberkommando der Wehrmacht: “O Grupo de Exércitos B. Já em 26 de agosto. a princípio a bombardeios noturnos.Segunda Guerra Mundial 28 portanto.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful