Teoria da Criação do Conhecimento Organizacional

Capítulo 3 Nonaka & Takeuchi

Alunos André e Antônio Disciplina Gestão do Conhecimento DEProdução FENG/PUCRS 2006/02

Teoria da Criação do Conhecimento Organizacional

Inovação nas organizações Criação de novos conhecimentos e informações Redefinir problemas e soluções Recria seu meio

1

Teoria da Criação do Conhecimento Organizacional
Possui 2 dimensões Epistemológica (distinção do conhecimento tácito e explícito) Ontológica ( referente aos níveis de entidades criadoras do conhecimento) A espiral da criação do conhecimento surge quando a interação entre conhecimento tácito e conhecimento explícito eleva-se dinamicamente de um nivel ontológico inferior até niveís mais altos.

Teoria da Criação do Conhecimento Organizacional

4 modos de conversão do conhecimento, através da interação do conhecimento tácito e explícito Socialização Externalização Combinação Internalização

2

Conhecimento e Informação
O conhecimento está ligado a crenças e compromissos, e está ligado também a ação. Conhecimento e informação, dizem respeito ao significado, são especificos ao contexto e relacional. Bateson: “A informação consiste em diferenças que fazem a diferença”

Conhecimento e Informação
A informação pode ser vista de duas perspectivas Informação sintática( volume de informações Informação semântica ( significado) Qualquer preocupação com a definição formal da informação levará a uma ênfase desproporcional no papel do processamento da informação, que é insensível à criação de novos conhecimentos a partir do mar caótico e equivoco de informações

3

DUAS DIMENSÕES DA CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO

Dimensão ontológica, o conhecimento é criada por indivíduos Dimensão epistemológica, baseada na distinção entre conhecimento tácito e conhecimento explícito Conhecimento tácito é pessoal, específico, dificultando a comunicação Conhecimento explícito é o conhecimento transmissível em linguagem formal e sitemática

Duas Dimensões do Conhecimento
Conhecimento Tácito (Subjetivo) Conhecimento da Experiência (corpo) Conhecimento Simultâneo ( aqui e agora) Conhecimento Análogo ( Prática) Conhecimento Explícito (Objetivo) Conhecimento da racionalidade (mente) Conhecimento Sequencial ( lá e então) Conhecimento Digital ( teoria)

4

Conversão do Conhecimento
Conhecimento tácito e explícito são complementares O conhecimento humano é criado e expandido através da interação social entre o conhecimento tácito e o explícito Modelo ACT (Singley e Anderson, 1989): transformação do conhecimento explícito em conhecimento tácito ( ao longo do tempo e gradual)

Quatro Modos de Conversão do Conhecimento
Existem 4 modos de conversão do conhecimento: Conhecimento tácito em conhecimento tácito (socialização) Conhecimento tácito em conhecimento explícito (externalização) Conhecimento explícito em conhecimento explícito (combinação) Conhecimento explícito para conhecimento tácito ( internalização)

5

Socialização
Processo de compartilhamento de experiências Baseado na experiência A transferência de informção não fará sentido se for feita fora de um contexto específico Sessões de brainstorming

EXTERNALIZAÇÃO: do conhecimento tácito em explícito
Processo de criação do conhecimento perfeito Utilização de metáforas, analogias, conceitos, hipóteses ou modelos

6

METÁFORA e ANALOGIA
Uma metáfora consiste em dois pensamentos de coisas diferentes apoiados por uma única expressão gerando um significado A analogia destaca o caráter comum de duas coisas diferentes

DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS
Produto (empresa) City (Honda) Metáfora/ Analogia Evolução do Automóvel
Influência na criação do conceito Alusão à maximização do espaço interno Semelhanças entre lata de alumínio e o cilindro fotossensível “Tensão e rotação” da massa

Minicopiadora Lata de cerveja (Canon) Home Bakery Pão do hotel (Matsushita)

7

COMBINAÇÃO: do explícito em explícito
Processo de sistematização de conceitos Combinação de diferentes conhecimentos explícitos Redes de informações Conhecimentos codificados

INTERNALIZAÇÃO: do explícito em tácito
Know-how técnico e modelos mentais compartilhados Aprender fazendo Documentação, verbalização, diagramação

8

ESPIRAL DO CONHECIMENTO
Ciclo infinito de geração de conhecimento através da utilização da conversão de conhecimento em suas quatro diferentes formas

ESPIRAL DO CONHECIMENTO

9

CONTEÚDO DO CONHECIMENTO
O conteúdo gerado por cada modo de conversão é diferente Socialização gera “conhecimento compartilhado” Externalização gera “conhecimento conceitual”

CONTEÚDO DO CONHECIMENTO
Combinação gera “conhecimento sistêmico” Internalização produz “conhecimento operacional

10

Função da Organização
A função da organização é fornecer o contexto apropriado para facilitação das atividades em grupo e para criação e acúmulo de conhecimento em nível individual

11