You are on page 1of 2

CAMPUS SUZANO

Curso: Tecnologia de Processos Industriais Químicos
Disciplina: Transferência de Calor e Massa (TCMP4)
Docente: Alana Melo dos Santos
Aluno:
3ª Lista de Exercícios

1) O óleo de um motor a 80°C escoa sobre uma placa plana de 12 m de comprimento a uma temperatura de 30°C,
com velocidade de 2,5 m/s. Determine a taxa de transferência de calor ao longo da placa por unidade de largura.
-4
Dados para óleo de motor: a 40°C, ρ = 876,0 kg/m³; k = 0,1444 W/mK; υ = 2,485x10 m²/s; Pr = 2962 e a 60°C, ρ =
-5
863,9 kg/m³; k = 0,1404 W/mK; υ = 8,565x10 m²/s; Pr = 1080. 26,5 kW

2) Ar a 1 atm e 20°C está escoando sobre a superfície superior de uma placa plana fina de 0,5 m de comprimento. A
velocidade do escoamento de ar é 50 m/s, e a superfície da placa é mantida a uma temperatura constante de 180°C.
Determine o coeficiente médio de transferência de calor e a taxa de transferência de calor por unidade de largura. As
propriedades do fluido foram avaliadas em qual temperatura? Dados: ρ = 0,9458 kg/m³; k = 0,03095 W/mK; υ =
-5
2,306x10 m²/s; Pr = 0,7111. 89,05 W/m².K, 7124,2 W, 100°C

3) Uma bola de aço inoxidável (ρ = 8055 kg/m³, cp = 480 J/kg.K) de diâmetro D = 15 cm é retirada do forno a uma
temperatura uniforme de 350 °C. A bola é então submetida ao escoamento de ar a 1 atm de pressão e 30°C com
velocidade de 6 m/s. A temperatura da superfície da bola finalmente cai para 250 °C. Determine o coeficiente médio
de transferência de calor por convecção durante o processo de resfriamento e estime quanto tempo durou. Dados
-5 -5
para o ar: Dados para o ar a 30°C: k = 0,02588 W/mK; υ = 1,608x10 m²/s; μ∞ = 1,872x10 kg/ms; Pr = 0,7282; μs
-5
(300°C) = 2,934x10 kg/ms. 25,12 W/m².K e 1425,2 s

4) Uma pessoa estende os braços descobertos no ar com vento a 10°C e 50 km/h. Inicialmente, a temperatura da
pele do braço é 30°C. Trate o braço como um cilindro de 0,6 m de comprimento e 7,5 cm de diâmetro e determine
-5
sua taxa de perda de calor. Dados para o ar a 20°C: k = 0,02514 W/mK; υ = 1,516x10 m²/s; e Pr = 0,7309. 161,33 W

5) Ar a 25°c escoa sobre um tubo de 4 cm de diâmetro e 1,7 m de comprimento na velocidade de 4 m/s. Um fluido
refrigerante a -15°C escoa no interior do tubo, e a temperatura da superfície do tubo é essencialmente a mesma que
a temperatura do refrigerante no interior. As propriedades do ar são k = 0,024 W/mK, Pr = 0,735, υ = 1,382 x10-5
m²/s. Calcule a taxa de transferência de calor para o tubo. 302,3 W

6) Ar entra em um duto submarino de 18 cm de diâmetro e 12 m de comprimento a 50°C e 1 atm a uma velocidade
média de 7 m/s e é resfriado por água. Considerando que o coeficiente médio de transferência de calor é 65 W/m²K e
a temperatura do tubo é quase igual à temperatura da água a 10°C, determine a temperatura de saída do ar e a taxa
-5
de transferência de calor. Dados: ρ = 1,164 kg/m³; cp = 1007 J/kgK; k = 0,02588 W/mK; υ = 1,608x10 m²/s; Pr =
0,7282. 14,8°C e -7322,68 W
7) Ar quente à pressão atmosférica e a 75°C entra em um duto não isolado de 10 m de comprimento e de seção
transversal quadrada de 0,15 m x 0,15 m, que passa através do sótão de uma casa a 0,2 m³/s. O duto é quase
isotérmico a 70°C. Determine a temperatura do ar na saída e a taxa de perda de calor a partir do duto para o espaço
-5
de ar no sótão. Dados: ρ = 1,011 kg/m³; cp = 1007,5 J/kgK; k = 0,02917 W/mK; υ = 2,046x10 m²/s; Pr = 0,7166.
72,,1°C e -581,5W

8) Em uma fábrica de produtos cosméticos, glicerina está sendo aquecida no escoamento através de um tubo de
diâmetro de 25 mm e 10 m de comprimento. Com vazão mássica de 0,5 kg/s, o fluxo de glicerina entra no tubo a
25°C. A superfície do tubo é mantida a uma temperatura de superfície constante de 140°C. Determine a temperatura
média de saída e a taxa total de transferência de calor para o tubo. As propriedades de glicerina a 30°C serão
avaliadas a 30°C: ρ = 1258 kg/m³; cp = 2447 J/kgK; k = 0,2860 W/mK; μ = 0,6582 kg/ms; Pr = 5631. 35,7°C e 13105,5
W

9) Ar a 50°C entra em um duto de 7 m de comprimento e seção transversal retangular de 15 cm x 20 cm. A
velocidade do escoamento do ar é de 7 m/s. O duto é quase isotérmico a 10°C. Determine a temperatura do ar na
saída, a taxa de transferência de calor. Dados: ρ = 1,127 kg/m³; cp = 1007 J/kgK; k = 0,02662 W/mK; υ = 1,702x10-5
m²/s; Pr = 0,7255. 34,13°C e -3783,3 W

10) Considere um escoamento de óleo a 10°C em um oleoduto de 40 cm de diâmetro a uma velocidade média de 0,5
m/s. A seção horizontal de 300m de comprimento do oleoduto passa por um lago de água gelada a 0°C. As medições
indicam que a temperatura da superfície do tubo está próxima de 0°C. Desconsiderando a resistência térmica do
material do tubo, determine (a) a temperatura do óleo quando o tubo sai do lago e (b) a taxa de transferência de calor
a partir do óleo. Dados: ρ = 893,5 kg/m³; k = 0,146 W/mK; υ = 2591 x 10-6 m²/s; cp = 1838 J/kgK; μ = 2,325 kg/ms; Pr
= 28750. (a) 9,68°C (b) -33127,4 W