You are on page 1of 7

MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

MATEMÁTICA

CONJUNTOS
Todo elemento ou componente que pode ser agrupado, segundo determinada(s)
característica(s), pode ser chamado de elemento ou componente de um conjunto.
Logo CONJUNTO nada mais é que um GRUPO de componentes ou elementos, ou ainda,
uma área “reservada” para conter elementos.

Todo elemento que faz parte de um conjunto dizemos que pertence ao conjunto.

Pertence ao conjunto A

Conjunto A

Um conjunto pode ter vários subconjuntos.

Subconjunto B
B está contido em A
Os elementos de B
pertencem a A

Conjunto A

Um conjunto pode ser vazio.

Elementos que pertençam a um conjunto podem pertencer a outros simultaneamente


(interseção de conjuntos).
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

Conjunto A Conjunto B

PADRÃO REGIONAL
O formato da representação dos números, datas, moeda e hora de cada país ou grupo de
países devem obedecer regras e modelos específicos. Aqui no Brasil os padrões utilizados são
conforme abaixo:

Número
Separador de casas de milhar ( . ) 1.000 (mil)
Separador de casas decimais: ( , ) 1.250,32 (mil duzentos e cinquenta reais e trinta e dois
centavos)

Data
dia( / )mês( / )ano O separador de datas é a barra ( / ). 30/02/2005 ou 30/02/05 (forma curta para
o ano).

Hora
hora( : )minuto( : )segundo O separador de horas minutos e segundos é dois pontos ( : )

Graus
Grau ( ° ) Minuto ( ´ ) Segundo ( “ ) 10° 32´ 05”

NÚMEROS DECIMAIS
A leitura de números decimais obedece a sequência abaixo, observando a posição da
vírgula.
INTEIROS , FRACIONADOS

Do lado esquerdo da vírgula, temos os números inteiros. Do lado direito os fracionados.


Os inteiros e fracionados obedecem a sequência abaixo.
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

Milhar Centena Dezena Unidade , Décimo Centésimo Milésimo

1000x 100x 10x 1x , 1/10 1/100 1/1000

Milhar = 1000 x Unidade


Centena = 100 x Unidade
Dezena = 10 x Unidade
Décimo = Unidade : 10
Centésimo = Unidade : 100
Milésimo = Unidade : 1000

SOMA / SUBTRAÇÃO
Soma é a operação matemática que utilizamos para acrescentar unidade(s). “+” (mais)
Subtração é a operação matemática que utilizamos para decrescer unidade(s): “-” (menos)
Resultado é o valor obtido nas operações matemáticas.
Para que o resultado da soma e/ou subtração sejam corretos, os números deverão ser
posicionados da direita para esquerda, uns sobre os outros, coincidindo as respectivas vírgulas e
consequentemente as casas decimais. A soma ou subtração é efetuada da direita para esquerda.
Na subtração o número maior deverá subtrair o menor (caso contrário o resultado será um
número negativo).

MULTIPLICAÇÃO
A multiplicação é a operação matemática em que uma determinada unidade é acrescida um
determinado número de vezes da própria unidade. A multiplicação é efetuada da direita para
esquerda, mas a ordem dos fatores não altera o produto.
Símbolo matemático: (x) ou (•)

DIVISÃO
A divisão é a operação matemática em que separamos uma determinada unidade em partes
iguais. A unidade a qual queremos dividir o número inteiro, chamamos de dividendo e a que
determina em quantas partes será dividido chamamos de divisor.
Na divisão podemos ter resto (divisão inexata). Nesse caso só nos interessa partes inteiras do
número, podendo ser desprezado o resto.
Na divisão exata o resultado é um número fracionado.
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

Não há ordem necessária, porém a ordem afetará o resultado.


Símbolo matemático: (:)

FRAÇÕES
Uma fração é uma divisão.
Representação de uma fração: 1/2. (Lê-se um meio)
O número escrito acima ou a esquerda do traço da fração é chamado de numerador. O
numerador é o número que representa quantas partes retiramos de um inteiro.
O número escrito abaixo ou a direita do traço da fração é chamado de denominador. O
denominador é o número que representa em quantas partes dividimos o inteiro.
Ex.:
¾ ( Lê-se três quartos ) - Significa que dividimos um inteiro em 4 partes e utilizamos 3
partes dessas.

OPERAÇÕES COM FRAÇÕES HOMOGÊNEAS


Quando o denominador de frações são iguais, chamamos essas frações de homogêneas. As
operações com frações homogêneas são bastante simples como abaixo:
Soma: Repete-se o denominador e soma-se os numeradores.
Subtração: Repete-se o denominador e subtrai-se os numeradores.
Multiplicação: Multiplica-se numerador x numerador e denominador x denominador.
Divisão: INVERTE a segunda fração faz um processo de multiplicação conforme acima.

OPERAÇÕES COM FRAÇÕES HETEROGÊNEAS


Quando o denominador das frações são diferentes o procedimento muda para SOMA e
SUBTRAÇÃO, permanecendo igual para MULTIPLICAÇÃO e DIVISÃO.
Para soma ou subtração deveremos tornar as frações homogêneas. Para isso teremos que
conhecer o mínimo múltiplo comum (MMC) dos denominadores.

Ex.: ½ + ¾ = 5/4

Denominadores 2-4 2 Divisores primos. Números primos


só podem ser divididos por um ou
1-2 2 ele mesmo
1-1 1
mmc 2x2=4
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

O MMC é meu novo denominador, para todas as frações envolvidas na operação.


Divide-se o valor encontrado por cada denominador e multiplica-se o resultado pelo numerador
de cada fração. Agora nossa fração está homogênea, bastando somar ou subtrair normalmente.

1 3 (4:2)x1 + (4:4)x3 2+3 5


+ = = =
2 4 4 4 4

GEOMETRIA PLANA
RETA
Uma reta é a menor distância entre dois pontos.

ÂNGULOS
Ângulo é a medida do afastamento, em graus, entre duas retas que partem de um mesmo
ponto (vértice).
A unidade de medida de um ângulo é dada em graus e suas subdivisões (minutos e
segundos).
Quando percorremos uma volta completa em um círculo temos 360°.
Cada grau possui 60 minutos.
Cada minuto possui 60 segundos.
A medida de um ângulo pode ser expressa em graus, minutos e segundos ou em graus
decimais.

TRIÂNGULO
Um triângulo é uma figura geométrica que possui 3 lados.
O somatório dos ângulos internos de um triângulo é 180°.

QUADRILÁTERO
Um quadrilátero é uma figura geométrica com quatro lados.
O somatório dos ângulos internos de um quadrilátero é 360°.

POLÍGONO
Polígono é qualquer figura geométrica com mais de quatro lados:
Ex.: Pentágono, Hexágono, Dodecágono, etc...
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

CÍRCULO
Quando descrevemos uma volta completa de uma linha, partindo de uma distância central
fixa, formamos a figura geométrica de um círculo.
Os elementos de um círculo são:
Raio: distância entre centro e borda.
Diâmetro: maior reta a cortar o círculo em duas partes iguais ou duas vezes o raio.
Corda: Um alinha que corta o círculo em duas partes desiguais.
Flecha: Linha perpendicular entre uma corda e a borda do círculo.
Arco: Comprimento de um segmento de círculo.

π (PI):PI):): Unidade fixa para cálculo de área cujo valor é: 3,14159...

PERÍMETRO
O perímetro de uma figura geométrica plana, é o somatório de seus lados.

ÁREA
A área de uma figura plana é todo espaço interno limitado pelo seu contorno.
Abaixo seguem algumas fórmulas para calculo de áreas de figuras planas:
Quadrado: Lado²
Retângulo: Lado menor x Lado maior
Triângulo: (Base x Altura) / 2

Círculo: 2π x r

VOLUME
O volume de um sólido é igual à sua área multiplicada por sua espessura.

TRIGONOMETRIA

EIXOS ORTOGONAIS
Eixos ortogonais são eixos que fazem 90° entre si.
O ponto de encontro dos eixos ortogonais é chamado de “ORIGEM” (0,0)
Ao eixo horizontal chamamos de “ABSCISSA”
Ao eixo vertical chamamos de “ORDENADA”
Partindo da origem para direita e acima do eixo das abscissas temos valores positivos.
MATEMÁTICA, GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA BÁSICA

Partindo da origem para esquerda e acima do eixo das abscissas temos valores positivos.
Partindo da origem para direita e abaixo do eixo das abscissas temos valores negativos.
Partindo da origem para esquerda e abaixo do eixo das abscissas temos valores negativos.

QUADRANTES
Cada área do círculo, formada pelo corte dos eixos ortogonais formam um quadrante. Como
vimos nos eixos ortogonais, o 1° e 2° quadrante possuem valores positivos, enquanto o 3° e 4°
possuem valores negativos. Vamos estudar apenas o seno, o cosseno e a tangente, não estudaremos
os efeitos dos quadrantes nas demais relações trigonométricas (cotangente, secante, cossecante...)

TRIÂNGULO RETÂNGULO

HIPOTENUSA
A hipotenusa é o raio do círculo circunscrito no triângulo.
A hipotenusa é a raiz quadrada da soma dos quadrados dos catetos (Teorema de Pitágoras).

CATETOS
OPOSTO: Cateto do lado oposto ao ângulo de referência.
ADJACENTE: Cateto adjacente (parte do mesmo vértice) do ângulo de referência.

RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS
SENO DO ÂNGULO: CATETO OPOSTO / HIPOTENUSA
COSENO DO ÂNGULO: CATETO ADJACENTE / HIPOTENUSA
TANGENTE DO ÂNGULO: CATETO OPOSTO / CATETO ADJACENTE