You are on page 1of 48
_—____JATURAS : BS ‘+ 0 Armamentismo @ © Brasil: A Guerra Deles — Ricardo Amt (org.) «= Carajés — Desatio Politico, Ecologia e Desenvolvimento ~ Diversos Autores ‘A“"Coneliagao” © Outras Estratégias — Michel M. Debrun 0 Estado Nuclear no Brasil — Carlos A. Girotti Exterminismo © Guerra Fria ~ Diversos Autores + 0 Extremo Oeste — Sérgio Buerque de Holanda + Guerra em Surdina — Hist6ria do Brasil na Segunda Grande Guerra — Boris Schoaiderman + 0 Ocidente Diante da Revolucso Soviética — Marc Ferro * Sociedade @ Estado na Filosofia Politica Moderna — Norberto Bobbio/Michelangelo Bovero Colegio Primeiros Passos # Oque ¢ Diteito Internacional — José Monserrat Fiho © O que & Geografia — Ruy Moreira 1 O que ¢ Ideologia — Marilena’Chaui © © que 6 Imperalismo — Afranio Mendes Catan’ "+ O que ¢ Poder — Gérard Lebrun + O quo é Politica — Wolfgang Leo Moar #0 quo 6 Propaganda Ideolégica — Nelson Jahr Garcia Marlene Suano O QUEE MUSEU 44342 ) 994101 tan 37585 =|brasiliense Coxiyright © Marlene Suano Copa: Carlos Matuck Reviséo: Carlos T. Kurata C.M. dos Santos Esteves 01228 — Séo Paulo — SP Fone (011) 231-1422 = Introducao ...... = Origens da Instituigéo = 0 Museu como Instit = As primeiras transformagées do Museu Pa- blico: museu, pesquisa e educagZo no século XIX... c = As transformagées do século XX =A situagao atual dos Museus: caréncia e pers: pectivas .. = Indicagées para leitura . . INTRODUGAO Sempre houve preocupacio, por parte dos segmentos mais variados de nossa sociedade, com 2 compreensio de nosso passado © sua preservagdo. No se deve confundir ‘essa “/preservaco do passado" com a manutencio de ‘caracteristicas de uma época, Trata-se de manter e preservar ‘estemunhos materials dessa época que nos sirvam como pontos constantes de partida para reflexdo ¢ andlise. E reservar tais testemunhos do passado 6, substancialmente, dar-lhes condicées de continuarem a’ ser utilizados no presente om toda sua potencialidade. Contudo, a vida moderna — ou, melhor dizendo, 3 tecnologia moderna — vem tornando cbsoletos, inoperantes fu economicamente invidvel uma variedade muito grande de tais testemunhos, De pequenos objetos a edificios Inteiros, pasando por:-méquinas das mais diversas, nosso. Universo se renova com espantosa velocidade e tudo é trocado em nome da “rentabilidade”, da “facilidade”, da “implicidada’. Esses testemunhos passam, entJo, por fase de completo abandono, quando sfo esquecidos, escondidos ‘ou simplesmente destrufdos, fase a qual se segue, quase