You are on page 1of 1

Biografia de James Watt

James Watt (1736-1819) foi um engenheiro mecânico e matemático


escocês. Aperfeiçoou a máquina a vapor inaugurando “a era do vapor
na Revolução Industrial na Inglaterra”.

Com 18 anos, ao decidir seguir a carreira de fabricante de


instrumentos científicos, foi para Londres como aprendiz de mecânica
especializado na construção de instrumentos.

Em 1763, James Watt abriu seu escritório e começou a observar as


falhas da máquina a vapor criada por Thomas Newcomen. Associou-
se a John Roebuck, construiu um protótipo e Introduziu então alguns
aperfeiçoamentos fundamentais para a fabricação dessa máquina:
inventou o condensador e empregou o vapor para mover os pistões, o
que contribuiria para elevar o aumento da produtividade.
Depois de registrar a patente de sua invenção associou-se a Matehew
Boulton, um industrial de Birmingham e deu início à construção das
máquinas projetadas por Watt. A descoberta de James Watt inaugurou
o que os historiadores chamaram de “a era do vapor na Revolução
Industrial da Inglaterra”.

Entre 1776 e 1781, James Watt viajou pelo Reino Unido instalando
suas máquinas em diversas fábricas. Em pouco tempo a máquina a
vapor aperfeiçoada por Watt é adotada em minas, fábricas de fiação,
de tecelagem e de papel, moinhos e alguns meios de transporte.

James Watt escreveu um artigo para a Royal Society de Londres,


sugerindo que a água seria a combinação de dois gases, estudo que
viria a ser confirmado pelo cientista francês Antoine Lavoisier. Em
1785 tornou-se membro da Royal Society de Edimburgo e de Londres.
Foi mundialmente reconhecido e em sua homenagem seu nome foi
dado à unidade de potência de energia – o Watt.