You are on page 1of 23

CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO

Técnico de Apoio à Infância

PROGRAMA
Componente de Formação Técnica

Disciplina de

Expressão Plástica

Escolas Proponentes/Autores

Escola Profissional D. Francisco Gomes Fátima Neto


D’ Avelar de Faro
Fátima Silvestre

Escola Profissional de Moura Elisabete Cristina Costa


Leonisa de Lacerda Henriques

Escola Profissional Região Alentejo António Manuel Redondo


António Maria Laranjo
Henrique José Mendes

ANQ – Agência Nacional para a Qualificação

2008
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Parte I

Orgânica Geral

Índice:
Página

1. Caracterização da Disciplina ……. ……. … 2

2. Visão Geral do Programa …………. …...... 2

3. Competências a Desenvolver. ………. …. 2

4. Orientações Metodológicas / Avaliação …. 3

5. Elenco Modular …….....………………........ 4

6. Bibliografia …………………. …………. …. 4

1
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

1. Caracterização da Disciplina
A disciplina de Expressão Plástica integra o plano curricular do Curso Profissional de Apoio à
Infância, com uma carga horária de 360 horas, a desenvolver ao longo dos três anos de formação.

É uma disciplina de teor prático, proporcionando aos alunos um leque de actividades que podem e
devem ser utilizadas junto das crianças em idade pré-escolar e 1º ciclo. Contempla a elaboração de
recursos passíveis de serem utilizados no âmbito da sua futura actividade, contribuindo para o
desenvolvimento global da criança. Permite a descoberta e o desenvolvimento da criatividade do
futuro profissional, bem como o conhecimento de diversas formas de expressão plástica, através da
exploração de inúmeras técnicas e materiais possíveis de utilizar.

2. Visão Geral do Programa


O programa da disciplina de Expressão Plástica está dividido em 12 módulos, que se distribuem ao
longo de três anos lectivos.

Os conteúdos programáticos foram seleccionados tendo em conta as finalidades definidas e a sua


adequação ao público-alvo.

De um modo geral, o programa apresenta algumas estratégias que podem conduzir a uma
abordagem criativa e lúdica dos conteúdos, tendo em vista a aquisição de um leque de técnicas
passíveis de serem aplicadas no âmbito da profissão.

No primeiro ano da disciplina, serão leccionados os módulos que permitem aos alunos o
conhecimento de diversos tipos de materiais e suportes, e que serão utilizados nos restantes
módulos.

3. Competências a Desenvolver
Nesta disciplina pretende-se que o aluno desenvolva as seguintes competências:

ƒ Reconhecer a importância das artes visuais como valor cultural indispensável ao


desenvolvimento do ser humano;
ƒ Relacionar as diferentes manifestações das artes visuais e o seu contexto histórico e sócio
cultural de âmbito nacional e internacional;
ƒ Reconhecer e valorizar as diferentes formas artísticas;
ƒ Utilizar diferentes meios expressivos de representação;
ƒ Realizar produções plásticas utilizando os elementos da comunicação e da forma visual;
ƒ Utilizar diferentes tecnologias da imagem na realização plástica;

2
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA


ƒ Interpretar os significados expressivos e comunicativos das artes visuais e os processos
subjacentes à sua criação;
ƒ Reconhecer a permanente necessidade de desenvolver a criatividade de modo a integrar novos
saberes;
ƒ Desenvolver o sentido de apreciação estática e artística do mundo recorrendo a referências e a
experiências no âmbito da expressão plástica;
ƒ Compreender mensagens visuais expressas em diversos códigos;
ƒ Desenvolver as capacidades de observação, interrogação e interpretação;
ƒ Desenvolver as capacidades de representação, de expressão e de comunicação;
ƒ Promover métodos de trabalho individual e colaborativo, observando princípios de convivência
e cidadania;
ƒ Desenvolver a consciência histórica e cultural e cultivar a sua disseminação;
ƒ Desenvolver o espírito crítico face a imagens e conteúdos mediatizados e adquirir, com
autonomia, capacidades de resposta superadoras de estereótipos e preconceitos face ao meio
envolvente.

4. Orientações Metodológicas / Avaliação


As sugestões metodológicas que se apresentam pretendem contribuir para que o processo de
ensino/ aprendizagem potencie a construção e apropriação dos diferentes sentidos inerentes às
práticas artísticas. Por este motivo, as aulas deverão ter um cariz teórico-prático, privilegiando os
trabalhos práticos realizados pelo aluno na sala de aula, onde são aplicados os conhecimentos
teóricos anteriormente adquiridos. Será conveniente propor trabalhos, tanto individuais como de
grupo, podendo os trabalhos ser elaborados por pequenos grupos ou grande grupo em que toda a
turma participe.

O professor deverá provocar o questionamento das situações que apresenta, dando espaço para a
indução ou para a construção dedutiva por parte do aluno.

A avaliação deverá ser feita de forma contínua: através de trabalhos realizados nas actividades
desenvolvidas em sala de aula; observação directa das operações realizadas durante a execução
dos trabalhos; e intervenções orais.

Deve ser uma constante na avaliação, isto é, transversal a todos os módulos, a criatividade e
originalidade dos trabalhos apresentados.

3
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

5. Elenco Modular

Duração de
Número Designação referência
(horas)

1 Linguagem Plástica / Elementos Estruturais 30

2 Expressão e Práticas de Representação Livre 30

3 Recursos e Materiais Alternativos 30

4 Património Cultural, Artístico e Artesanal 30

5 Expressão Plástica Bidimensional 36

6 Expressão Plástica Tridimensional 36

7 Práticas de Representação Aplicada I 24

8 Oficina – O Processo Criativo I 24

9 Tecnologia da Imagem e Comunicação Visual 36

10 Artes do Espectáculo 36

11 Práticas de Representação Aplicada II 24

12 Oficina – O Processo Criativo II 24

6. Bibliografia
Livros:

. A A.V V. (2004). Actividades para todo o ano, Col. ABC. Maia: Edições Nova Gaia.

. AA.VV. (1997). Enciclopédia de Educação Infantil: Recursos para o Desenvolvimento do Currículo


Escolar. Vol V. Rio de Mouro, Nova Presença.

. Arnheim, R. (1995). Arte e Percepção Visual. São Paulo: Livraria Pioneira Editora.
. Arnhein, R. (1998). O Poder do Centro: um Estudo da Composição nas Artes Visuais. Lisboa:
Edições 70.

. Barrett, M.(1979). Educação em Arte: uma Estratégia para a Estruturação de um Curso. Lisboa:
Colecção Dimensões.

4
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA


. Doerner, M. (1946). Los Materiales de Pintura y su Empleo en la Arte. Barcelona: Gustavo Gil.

. Empain, L. (1972). Un module parcourt l’espace: l’art et la geometrie. Paris: Dessain et Tolra

. Kandinsky, W. (1996). Ponto, linha, plano. Lisboa: Edições 70.

. Knapic, M. e Gandara, M. (1998). Educação Visual: 7º ano. Lisboa: Texto Editora.

. Lamas, I. (1998). O Livro das Festas. Sintra: Impala.

. Luquet, G (1979). O Desenho Infantil. Porto: Civilização Editora.

. Mantero, A. (1999). O Traço da Infância: Diálogos com Paul Klee. Lisboa: Faculdade de Letras da
Universidade de Lisboa.

. Martí, Monica. e Sanz, Isabel.( 2001.). Sombras chinesas e máscaras. Col. O Teatro Infantil.
Setúbal: Marina Editores.

. Munari, B. (1968). A Arte como Ofício. Barcelona: Vueva Coleccion labon.

. Munari, B. (1982). Design e Comunicação Visual. Lisboa: Edições 70.

. Onativia, Oscar. V. (1963). Dimensiones de la Percepción. Tucuman: Ediciones de la Universidad


Nacional de Tucumán

. Papalia, D. et al (2004). O Mundo da Criança. 8ª Ed. Lisboa: Mc Graw Hill.

. Smith R. (1990). Le Manuel de l’Artiste. Paris: Bordas.

. Sousa, C. (2002). Educação Visual: Ver, entender, criar – 7, 8, 9º anos. Lisboa: Plátano Editora.

Endereços Electrónicos:

Actividades de infância – http://www.infantil.ipt.com.pt/


Base de Conhecimento (assuntos diversos para crianças) – http://www.tecnet.pt/portugal/24231.html
Imaginarium – www.imaginarium.pt
O Mundo da Criança – http://www.mundodacrianca.pt

5
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Parte II

Módulos
Índice:
Página

Módulo 1 Linguagem Plástica / Elementos Estruturais 7

Módulo 2 Expressão e Práticas de Representação Livre 8

Módulo 3 Recursos e Materiais Alternativos 10

Módulo 4 Património Cultural, Artístico e Artesanal 12

Módulo 5 Expressão Plástica Bidimensional 13

Módulo 6 Expressão Plástica Tridimensional 14

Módulo 7 Práticas de Representação Aplicada I 15

Módulo 8 Oficina – O Processo Criativo I 16

Módulo 9 Tecnologia da Imagem e Comunicação Visual 17

Módulo 10 Artes do Espectáculo 19

Módulo 11 Práticas de Representação Aplicada II 21

Módulo 12 Oficina – O Processo Criativo II 22

6
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 1

Linguagem Plástica / Elementos Estruturais


Duração de Referência: 30 horas

1. Apresentação
Este módulo do programa compreende o estudo dos elementos estruturais da linguagem plástica.
Constitui assim uma abordagem da evolução do desenho e pintura na criança assim como a sua
espontaneidade.

Serão também apresentadas as noções de símbolo e signo visuais.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Reconhecer a evolução do registo na criança.
ƒ Utilizar os diversos elementos estruturais da linguagem plástica.
ƒ Reconhecer signos e símbolos visuais.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Aspecto evolutivo da pintura e desenho na criança
2. Formação espontânea do registo da criança
3. A dimensão expressiva do traço
4. Elementos estruturais da linguagem plástica:
4.1. O ponto;
4.2. A linha;
4.3. O plano;
4.4. A textura;
4.5. A estrutura;
4.6. O volume;
4.7. O claro/escuro;
4.8. A cor.

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Arnheim, R. (1995). Arte e Percepção Visual. São Paulo: Livraria Pioneira Editora.
. Kandinsky, W. (1996). Ponto, linha, plano. Lisboa: Edições 70.

. Mantero, A. (1999). O Traço da Infância: Diálogos com Paul Klee. Lisboa: Faculdade de Letras da
Universidade de Lisboa.

7
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 2

Expressão e Práticas de Representação Livre


Duração de Referência: 30 horas

1. Apresentação
O presente módulo compreende a experimentação e exploração de múltiplas técnicas e suportes
de pintura e técnicas de representação.

Neste contexto inclui-se a representação de desenho figurativo e não figurativo, visando o


desenvolvimento da criatividade.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Utilizar novos materiais de desenho.
ƒ Representar desenho figurativo e não figurativo.
ƒ Revelar criatividade.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Experimentação e exploração das múltiplas técnicas de pintura e desenho
1.1. Adequação utensílio / suporte
1.2. Exploração de diversos suportes de pintura e desenho
1.3. Exploração e manejo de diferentes suportes
2. Desenho não figurativo
2.1. Reprodução de formas geométricas com ou sem modelo
2.2. Ritmos ornamentais
3. Desenho figurativo
3.1. Representação de formas da natureza com ou sem modelo
3.2. Representação da figura humana
3.3. Representação de vivências, sentimentos
3.4. Representação de sequências temporais
4. Desenvolvimento da criatividade
4.1. Criação de seres ou situações fantásticas
4.2. Criação a partir de uma forma
4.3. Criação a partir de imagens sensoriais

8
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Módulo 2: Expressão e Práticas de Representação Livre

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Arnhein, R. (1998). O Poder do Centro: um Estudo da Composição nas Artes Visuais. Lisboa:
Edições 70.
. Knapic, M. e Gandara, M. (1998). Educação Visual: 7º ano. Lisboa: Texto Editora.
. Luquet, G. (1979). O Desenho Infantil. Porto: Civilização Editora.

9
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 3

Recursos e Materiais Alternativos


Duração de Referência: 30 horas

1. Apresentação
O terceiro módulo deste programa compreende o estudo de novos materiais e técnicas pictóricas.
Vão ser exploradas técnicas como a colagem, mosaicos e vitrais.

O presente módulo compreende ainda a identificação da cor, sua experimentação e exploração.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Reconhecer o desenvolvimento da cor.
ƒ Experimentar novas técnicas de pintura.
ƒ Explorar e aplicar técnicas e materiais alternativos.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Experimentação com cor
1.1. Manipulação de materiais corantes
1.2. Percepção da riqueza cromática
1.3. Identificação das cores primárias e secundárias
1.4. Expressividade e simbologia da cor
2. Expressão através da cor
2.1. Composições figurativas
2.2. Composições não figurativas
3. Exploração e aplicação de diferentes técnicas pictóricas

3.1. Pintura sobre diferentes texturas e com diferentes utensílios (pincel, esponja, rolo, vegetais, e
outros)

3.2. Pintura liquida (jacto, gota a gota, impressão, salpicada, e outros)

3.3. Estampagem (dedos, mãos, cortiça, corda, vegetais)

4. Outras Técnicas

4.1. Colagem (papel e outros materiais)

4.2. Mosaicos (tecidos, elementos de reciclagem e outros materiais)

4.3. Vitrais (papel transparente e outros materiais)

10
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Módulo 3: Recursos e Materiais Alternativos

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Munari, B. (1982). Design e Comunicação Visual. Lisboa: Edições 70.
. Sousa, C. (2002). Educação Visual: Ver, entender, criar – 7, 8, 9º anos. Lisboa: Plátano Editora.

11
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 4

Património Cultural, Artístico e Artesanal


Duração de Referência: 30 horas

1. Apresentação
O presente módulo compreende o estudo do património cultural artístico e artesanal. Nesta unidade
modular serão então apresentadas diversas noções básicas de arte em geral, de arte portuguesa
em particular e de artesanato.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Reconhecer os conceitos de património cultural, artístico e artesanal.
ƒ Elaborar fantoches, marionetas e máscaras.
ƒ Construir acessórios para teatros e festas populares.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Conceito de património cultural, artístico e artesanal

2. Hierarquia das artes

3. Arte popular (o teatro e as máscaras)

4. Fantoches e marionetas

5. Objectos artesanais articulados

6. Festas populares

7. Arte portuguesa (azulejaria)

8. Interpretação da obra de um artista contemporâneo

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Arnheim, R. (1995). Arte e Percepção Visual. São Paulo: Livraria Pioneira Editora.
. Sousa, C. (2002). Educação Visual: Ver, entender, criar – 7, 8, 9º anos. Lisboa: Plátano Editora.

12
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 5

Expressão Plástica Bidimensional


Duração de Referência: 36 horas

1. Apresentação
No módulo Expressão Plástica Bidimensional pretende-se que os alunos conheçam e explorem
materiais, técnicas e suportes diversificados, estreitamente relacionados com os aspectos
inerentes ao macro tema da expressão plástica na sua vertente bidimensional.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Distinguir diferentes materiais e suportes.
ƒ Aplicar diferentes técnicas de expressão plástica.
ƒ Reconhecer as noções básicas de Geometria plana.
ƒ Reconhecer as noções básicas de composição visual.
ƒ Desenvolver a sensibilidade estética e a capacidade criadora.
ƒ Aplicar as tecnologias da arte bidimensional.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Características dos materiais e suportes
1.1. Materiais: aguarela, tinta de óleo, acrílica, têmperas, guache, papéis recortados, vidro
colorido, tecidos, entre outros
1.2. Suportes: vários tipos de papel, cartolinas, telas, placas de madeira, azulejo, ou qualquer
outra superfície adequada para desenhar, riscar, grafitar , colar ...)
2. Manipulação de materiais e suportes
3. Composição global

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Doerner, M. (1946). Los Materiales de Pintura y su Empleo en la Arte. Barcelona: Gustavo Gil.
. Munari, B. (1968). A Arte como Ofício. Barcelona: Vueva Coleccion labon.

13
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 6

Expressão Plástica Tridimensional


Duração de Referência: 36 horas

1. Apresentação

Neste módulo pretende-se que os alunos desenvolvam a capacidade de realização técnica e


habilidades manipulativas várias no domínio da expressão plástica tridimensional. Deste modo,
não só haverá lugar para o aperfeiçoamento da técnica nesta área, como o aluno poderá
desenvolver as suas capacidades criativas.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Modelar diferentes técnicas em função dos materiais aplicados.
ƒ Construir figuras animadas através de conjuntos de figuras tridimensionais simples: cone,
esfera, cubo, prisma, cilindro, troncos cónicos, entre outros.
ƒ Aplicar a tridimensionalidade recorrendo essencialmente a três recursos técnicos: talhe
directo, modelação ou construção de volumes.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Materiais e suportes
1.1. Materiais naturais: barro, conchas ou areia
1.2. Materiais sintéticos: fibra de vidro, telas plásticas
1.3. Materiais recuperados: fios metálicos, caricas, latas panos, embalagens, cacos de loiça
2. Manipulação dos materiais

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:

. Empain, L. (1972). Un module parcourt l’espace: l’art et la geometrie. Paris: Dessain et Tolra

. Onativia, Oscar. V. (1963). Dimensiones de la Percepción. Tucuman: Ediciones de la Universidad


Nacional de Tucumán

. Smith R. (1990). Le Manuel de l’Artiste. Paris: Bordas.

14
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 7

Práticas de Representação Aplicada I


Duração de Referência: 24 horas

1. Apresentação
Com este módulo, pretende-se que os alunos desenvolvam construções com diferentes materiais.
Neste sentido, será focada a qualidade inerente aos mesmos sobretudo através da correcta
utilização de possíveis materiais excedentes, vulgo desperdícios. Ao aluno será proposto o desafio
da recuperação desses produtos a priori inutilizáveis, sendo que este processo constitui
verdadeiramente um campo rico em exploração.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Construir vários tipos de fantoches, aplicando diferentes técnicas.
ƒ Realizar enfiado de peças: colares, pulseiras, grinaldas, espanta espíritos, mobile, entre
outros (com possibilidade de movimento).
ƒ Construir e montar vários tipos de embalagens em diversos tipos de materiais.
ƒ Solucionar problemas que possam surgir no processo construtivo.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Correlação de instrumentos e materiais

2. Embalagens: utilização de papeis vários - banana, algodão, canson, musgami, entre outros

3. Técnicas, materiais e suportes vários para realização de fantoches

4. Máscaras: gesso, pasta de papel, cartão, papeis diversos, entre outros)

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Barrett, M.(1979). Educação em Arte: uma Estratégia para a Estruturação de um Curso. Lisboa:
Colecção Dimensões.
. Doerner, M. (1946). Los Materiales de Pintura y su Empleo en la Arte. Barcelona: Gustavo Gil.
. Martí, Monica. e Sanz, Isabel.( 2001.). Sombras chinesas e máscaras. Col. O Teatro Infantil.
Setúbal: Marina Editores.
. Munari, B. (1968). A Arte como Ofício. Barcelona: Vueva Coleccion labon.

15
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 8

Oficina – O Processo Criativo I


Duração de Referência: 24 horas

1. Apresentação
Neste módulo pretende-se que os alunos desenvolvam um projecto individual ou de grupo,
aplicando os conhecimentos adquiridos noutros módulos desta disciplina bem como
conhecimentos adquiridos na disciplina de Expressão Corporal, Dramática e Musical.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Elaborar um trabalho a partir de um projecto.
ƒ Planificar uma actividade de expressão plástica.
ƒ Aplicar as técnicas adquiridas ao longo da formação.
ƒ Promover a interdisciplinaridade.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Manipulação dos materiais

2. Apresentação de um projecto

3. Aplicação correcta das várias técnicas adquiridas

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. Barrett, M.(1979). Educação em Arte: uma Estratégia para a Estruturação de um Curso. Lisboa:
Colecção Dimensões.
. Malrieu, P. (1994). A Construção do Imaginário. Lisboa: Instituto Piaget.
. Mayer, R. (1993) Materiales y Técnicas del Arte. Madrid: Hermann Blume.

16
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 9

Tecnologia da Imagem e Comunicação Visual

Duração de Referência: 36 horas

1. Apresentação
Neste módulo é feita uma abordagem inicial ao programa Photoshop. Os alunos vão dedicar-se ao
tratamento da imagem e comunicar visualmente através de cartazes. O programa utilizado será
mais uma ferramenta, sendo que poderão recorrer à utilização de outros recursos

O que será de facto importante é que o aluno saiba de que modo em particular vai trabalhar a sua
imagem e que motivos o levam a escolher essa forma específica (em detrimento de outras).

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Tratar uma imagem, dimensionando-as e identificando as suas propriedades físicas.

ƒ Identificar os principais formatos de imagem.

ƒ Reconhecer as cores e os modelos da sua utilização quer em monitor quer em impressão.

ƒ Reconhecer a qualidade da imagem impressa.

ƒ Utilizar menus de tratamento das características da imagem ou da sua composição, como


saturação, brilho, tonalidades, entre outras.

ƒ Transformar as características de composição da imagem.

ƒ Organizar os diferentes níveis ou camadas de imagem, como constituintes autónomos,


capazes de autonomamente serem trabalhados de imagens.

ƒ Transmitir ideias e/ou informação através da imagem.

ƒ Comunicar visualmente.

ƒ Conceber cartazes.

17
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Módulo 9: Tecnologia da Imagem e Comunicação Visual

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Noções básicas sobre edição gráfica e tratamento de imagem

2. Abordagem do programa Photoshop

3. Introdução ao tratamento da cor

4. Ferramentas e ambiente de trabalho

5. Trabalho com selecções

6. Trabalho com camadas

7. Adição de efeitos, deformações e molduras

8. Edição de imagens

9. A comunicação visual

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. AA.VV. (1997). Enciclopédia de Educação Infantil: Recursos para o Desenvolvimento do Currículo
Escolar. Vol V. Rio de Mouro, Nova Presença.
. Arnheim, R. (1995). Arte e Percepção Visual. São Paulo: Livraria Pioneira Editora.

18
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 10

Artes do Espectáculo
Duração de Referência: 36 horas

1. Apresentação
As Artes do Espectáculo incluem técnicas e modalidades de representação que podem conduzir
ao jogo dramático e à dramatização. Neste módulo proceder-se-á à construção de um vasto leque
de adereços necessários à representação. Privilegiar-se-á, por um lado, a criatividade dos
adereços, tendo em conta os materiais utilizados na sua elaboração e, por outro lado, a sua
adequação às idades das crianças e às histórias que servem de acessórios.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Revelar sentimentos, desejos e ideias através do corpo.

ƒ Utilizar as personagens como elemento facilitador da expressão de sentimentos e desejos.

ƒ Elaborar representações de teatro de sombras usando para isso o próprio corpo e elementos
do quotidiano.

ƒ Reproduzir dramaticamente situações quotidianas e relatos literários.

ƒ Valorizar a personagem através da criação e construção de máscaras.

ƒ Criar e recriar o vestuário e a maquilhagem.

ƒ Construir cenários para as representações.

ƒ Adaptar as luzes e as músicas a cada representação específica.

19
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

Módulo 10: Artes do Espectáculo

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Pantomimas com um personagem e com vários personagens

2. Teatro de sombras feitas com o corpo (mãos e com silhueta)

3. O espectáculo das sombras

4. O teatro infantil a partir de situações quotidianas e a partir de obras literárias

5. Cenários para as representações

6. O vestuário e a maquilhagem.

7. As personagens através da criação e construção de máscaras

8. Adaptação de luzes e música a cada representação

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. AA.VV. (1997). Enciclopédia de Educação Infantil: Recursos para o Desenvolvimento do Currículo
Escolar. Vol V. Rio de Mouro, Nova Presença.
. Lamas, I. (1998). O Livro das Festas. Sintra: Impala.
. Papalia, D. et al (2004). O Mundo da Criança. 8ª Ed. Lisboa: Mc Graw Hill.

20
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 11

Práticas de Representação Aplicada II


Duração de Referência: 24 horas

1. Apresentação
Este módulo pretende ser integrador de muitos saberes apreendidos noutros módulos desta
disciplina e noutros módulos de outras disciplinas, nomeadamente, Expressão Corporal, Dramática
e Musical. É importante que o desempenho do aluno tenda para a autonomia ao nível quer da
acção quer da criatividade, de modo a aplicar esses conhecimentos em efectivas práticas de
representação aplicada.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Aplicar os saberes adquiridos no domínio das expressões.

ƒ Reconhecer a criatividade do projecto individual, valorizando a sua originalidade.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Selecção e utilização correcta dos materiais nas áreas de:

1.1. Desenho

1.2. Pintura e Estampagem

1.3. Colagens

1.4. Modelagem

1.5. Construções

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. AA.VV. (1997). Enciclopédia de Educação Infantil: Recursos para o Desenvolvimento do Currículo
Escolar. Vol V. Rio de Mouro, Nova Presença.
. Doerner, M. (1946). Los Materiales de Pintura y su Empleo en la Arte. Barcelona: Gustavo Gil.
. Munari, B. (1968). A Arte como Ofício. Barcelona: Vueva Coleccion labon.

21
Programa de Expressão Plástica Cursos Profissionais

TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA

MÓDULO 12

Oficina – O Processo Criativo II


Duração de Referência: 24 horas

1. Apresentação
Este módulo deve proporcionar, à semelhança do anterior, a integração de muitos saberes
apreendidos noutros módulos desta disciplina e noutros de outras disciplinas, nomeadamente,
Expressão Corporal, Dramática e Musical.

Trata-se de um módulo terminal onde se pretende uma apreciação crítica por parte do aluno na
apresentação do seu projecto individual.

2. Objectivos de Aprendizagem
ƒ Aplicar saberes diversos.

ƒ Elaborar trabalho em grupo e em cooperação conjunta.

ƒ Reconhecer a importância da personalização do trabalho individual.

3. Âmbito dos Conteúdos


1. Selecção e utilização correcta dos materiais nas áreas de:

1.1. Desenho

1.2. Pintura e Estampagem

1.3. Colagens

1.4. Modelagem

1.5. Construções

4. Bibliografia / Outros Recursos


Livros:
. A A.V V. (2004). Actividades para todo o ano, Col. ABC. Maia: Edições Nova Gaia.
. AA.VV. (1997). Enciclopédia de Educação Infantil: Recursos para o Desenvolvimento do Currículo
Escolar. Vol V. Rio de Mouro, Nova Presença.
. Lamas, I. (1998). O Livro das Festas. Sintra: Impala.
. Munari, B. (1968). A Arte como Ofício. Barcelona: Vueva Coleccion labon.
. Papalia, D. et al (2004). O Mundo da Criança. 8ª Ed. Lisboa: Mc Graw Hill.

22