You are on page 1of 3

PLANO DE CURSO

PLANO DE DISCIPLINA

CURSOS DISCIPLINA
LICENCIATURA EM Psicologia da Educação II
COMPUTAÇÃO

C.H. C.H. SEMANAL SÉRIE ANO/EXERCÍCIO


60 HORAS 4 aulas - 2017.1

EMENTA
Dialogar com os estudantes sobre as principais teorias da psicologia da aprendizagem aplicadas à educação escolar. Psicologia da
aprendizagem: aspectos históricos e socioculturais, conceituações, características, fatores e condições de aprendizagem. Teorias da
aprendizagem. Processos psicológicos da aprendizagem e abordagens cognitivas. Reflexão sobre temas contemporâneos do campo
da psicologia da aprendizagem. Estudo das teorias psicológicas sobre o fenômeno da aprendizagem. Análise do processo Ensino-
Aprendizagem: conceituação, obstáculos, dinamismo. Possibilidades e contribuições das diversas abordagens na Psicologia para a
intervenção no universo escolar/educacional. Principais dificuldades de aprendizagem.

OBJETIVO
Geral
 Promover a discussão crítica sobre as principais teorias da psicologia da aprendizagem aplicadas à educação escolar. Possibilitar
que os estudantes se apropriem de princípios teóricos básicos dessa área do conhecimento, a fim de que desenvolvam a capaci-
dade de análise das diferenças e divergências entre as correntes da Psicologia da Educação e de compreensão dos princípios e
pressupostos que fundamentam os modelos de desenvolvimento e de ensino-aprendizagem delas decorrentes. Promover a refle-
xão sobre temas contemporâneos do campo da Educação à luz das teorias da psicologia estudadas.

Específicos
 Conhecer os aspectos históricos e socioculturais que mediatizam a aprendizagem.
 Conhecer as principais teorias sobre a aprendizagem, a fim de proporcionar uma reflexão acerca de suas contribuições ao ensino.
 Possibilitar ao estudante uma a reflexão sobre o fenômeno da aprendizagem.;
 Refletir sobre as concepções psicológicas que embasam as teorias da aprendizagem;
 Conhecer as principais teorias psicológicas relacionadas à aprendizagem visando estabelecer relações às mesmas;
 Conhecer os contextos pedagógicos e as dificuldades de aprendizagem na realidade educacional;
 Diferenciar as perspectivas teóricas da psicologia da aprendizagem;
 Oferecer subsídios teóricos da psicologia da aprendizagem visando um maior desenvolvimento pessoal e profissional;
 Discutir sobre a importância do saber psicológico e das teorias do desenvolvimento e da aprendizagem na formação do aluno,
do educador para a prática profissional.
 Refletir sobre modelos informais e modelos institucionais de aprendizagem.
 Discutir sobre as principais dificuldades de aprendizagem em contexto escolar-educacional.

PROGRAMA
UNIDADE I
 A psicologia aplicada à educação e seu papel na formação do professor.
 A aprendizagem como objeto de estudo.
 Conceito e características da aprendizagem.
 Fatores e condições necessárias à aprendizagem (orgânicos, psicológicos, ambientais, sociais e pedagógicas).
.

1
PLANO DE CURSO

PLANO DE DISCIPLINA

UNIDADE II
 Fundamentação teórica da psicologia da aprendizagem e as controvérsias básicas das teorias.
 Teoria comportamentalista;
 Teoria cognitivista;
 Teoria humanista;
 Teoria psicanalítica:
 Teoria sócio-interacionista

UNIDADE III
 Influencia da interação professor/aluno no processo de aprendizagem;
 Problemas e/ou dificuldades de aprendizagem;
 Distúrbios de aprendizagem.

METODOLOGIA
 Aulas expositivas e dialogadas;
 Atividades individuais: análise de filmes, prática de leitura textos/artigos, dentre outros;
 Atividades em grupo: dinâmicas, seminários temáticos interativos, discussões, pesquisas, atividades de campo, etc.

RECURSOS DIDÁTICOS
 TV
 Notebook

INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO


A avaliação será contínua, da seguinte forma:
 Participação em atividades individuais e de grupo;
 Participação nas discussões em sala de aula;
 Prova.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
ABRAMOWICZ, A. ; MOLL, J. Para além do fracasso Escolar. Papirus, Campinas, SP., 1997.
AQUINO, J. G. (Org.) Erro e Fracasso na Escola: alternativas teóricas e práticas. 2ª Ed. Summus, São Paulo, SP, 1997.
BOCK , A. M. et al. Psicologia: uma introdução ao estudo da psicologia. São Paulo: Saraiva 2009.
CAMPANUDO, M. J. O. Representações dos Professores sobre Dificuldades de Aprendizagem Específicas – Leitura, Escrita e Cál-
culo. Dissertação de Mestrado. Universidade Fernando Pessoa, Porto: 2009, 103 p.
DE OLIVEIRA, C. B. E. A relação família-escola: intersecções e desafios. Estudos de Psicologia (Campinas ), v. 27, n.1, p. 99-108,
2010.
GARCIA, Sônia Maria dos Santos. A construção do conhecimento segundo Jean Piaget. Ensino em Re-vista, 6 (1): 17-28, jul.
97/jun. 98.
GIOIA, Paula Suzana; FONAI, Ana Carolina Vieira. A preparação do professor em análise do comportamento. Revista Psicologia da
Educação, São Paulo, 2007, p. 179-190.
GOULART, I.B. Psicologia da Educação: fundamentos teóricos, aplicações à prática pedagógica. 17ª ed. Revista e ampliada.
Petrópolis RJ: Vozes, 2011.
LANJONQUIERE, L. De Piaget a Freud: para repensar as aprendizagens. Vozes, Petrópolis, RJ, 1992.
2
PLANO DE CURSO

PLANO DE DISCIPLINA

LINHARES, Patricia Vendramin; LORETO, Cíntia de Castro. Aprendizagem centrada na pessoa: contribuições do professor facilita-
dor sob o enfoque rogeriano. 15º Congresso Nacional de Iniciação Científica. Universidade de Ribeirão Preto, Campus
Guarujá.
Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distancia. Cadernos da TV Escola: Múltiplas Inteligências na Prática Escolar. p.
10-30.
OLIVEIRA, Clarissa Tochetto de; DIAS, Ana Cristina Garcia. Repercussões do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade
(TDAH) na Experiência Universitária. Revista Psicologia: Ciência e Profissão, 2015, p. 613-629.
PEREIRA, F. R.; CORREIA, A. A. SILVA, C. C. Psicologia da Educação: Cartografando Aspectos Históricos e Influências na
Educação. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, v.16, n. 2, p. 273-278. 2012.
PWLIZZARI, Adriana; KRIEGL, Maria de Lurdes, BARON, Márcia Pirih; FINCK, Nelcy Teresinha Lubi; DOROCINSKI, Solange Inês.
Teoria da aprendizagem significativa segundo Ausubel. Rev. PEC, Curitiba, v.2, n.1, p.37-42, jul. 2001-jul. 2002.
REIS, Maria das Graças Faustino; CAMARGO, Dulce Maria Pompêo de. Práticas escolares e desempenho acadêmico de alunos
com TDAH: Práticas escolares e TDAH. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Campinas:
2006.
SCORSOLINI-COMIN, F. Psicologia da educação e as tecnologias digitais de informação e comunicação. Rev. Associação
Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, SP, v.18, n. 3, 2014: 447-455.
TASSONI, E.C.M.; S.A.S. Afetividade no processo de ensino-aprendizagem: as contribuições da teoria walloniana. Educação (Porto
Alegre, impresso), v. 36, n. 2, p. 262-271, 2013.
ZITKOSKI, J. J. Paulo Freire e a educação. 2ª Ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2014.

REFERENCIA COMPLEMENTAR
MOREIRA, Marco Antônio. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: EPU, 1999.
PAIN, Sara. Diagnóstico e tratamento dos problemas de aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.