You are on page 1of 18

ÁREAS CORTICAIS

ESPECÍFICAS
QUARTOS LOBOS:

LOBO OCCIPITAL

LOBO TEMPORAL

LOBO PARIETAL

LOBO FRONTAL

Cada um dos lobos integra áreas corticais com funções


diferentes

Estas áreas actuam de forma coordenada e complementar


LOBO OCCIPITAL

 Localiza-se na parte inferior do cérebro

 Coberta pelo córtex cerebral/córtex visual, esta área processa os


estímulos visuais

 Esta área é constituída por várias subáreas que processam os dados


visuais recebidos do exterior
SUBÁREAS
Área Visual Primária Área visual secundária

o Esta zona irá receber a o Aqui a informação recebida é


informação comparada com os dados
anteriores
o A área visual comunica com
o Zona especializada em outras áreas do cérebro que
processar a visão da cor, do dão significado ao que vemos
movimento, de profundidade, tendo em conta a nossa
da distância experiência passada
LESÕES

 Uma lesão nesta área provoca a agnosia

 Agnosia é a impossibilidade de reconhecer objectos, palavras, a


cara de pessoas conhecidas ou de familiares.
LOBO TEMPORAL
 Situa-se acima das orelhas

 Tem como principal função processar os estímulos auditivos

 Conseguimos reconhecer um som quando a área auditiva


primária é estimulada

 Área secundária auditiva recebe os dados e, em interacção com


outras zonas do cérebro, atribui-lhe um significado permitindo-
nos reconhecer o que ouvimos
ÁREA DE WERNICKE
 Zona onde convergem os
lobos occipital, temporal e
parietal

 Desempenha um papel
importante na produção do
discurso

 Esta área permite-nos perceber


o que os outros dizem

 Faculta-nos a possibilidade de
organizarmos as palavras em
frases sinteticamente correctas
LOBO PARIETAL
 Localizado na parte superior do cérebro

 Divide-se em duas zonas:

Zona Anterior

Zona Posterior
ZONA ANTERIOR
 Também conhecida por Córtex somatossensorial

 Tem por função possibilitar a recepção de sensações, como o


tacto, a dor a temperatura do corpo

 Esta área é responsável por receber os estímulos que têm origem


no ambiente, que estão representados em todas as áreas do corpo

 As zonas mais sensíveis ocupam maior espaço nesta área, já que


têm mais dados para interpretar, como a língua, a garganta ou os
lábios
ZONA POSTERIOR
 Esta área secundária analisa, interpreta e integra as
informações recebidas pela área anterior

 Assim, permite-nos a localização do nosso corpo no


espaço, e o reconhecimento dos objectos através do
tacto.
LOBO FRONTAL
 Situados na parte da frente do cérebro correspondendo a cerca de 1/3 do
seu volume total
 Responsáveis por :
 pelas actividades cognitivas que requerem concentração
 Pelos comportamentos de antecipação
 Planificação de actividades
 Pensamento abstracto
 Memória de trabalho
 Raciocínio complexo
 Intervêm na regulação das emoções

 Alexander luria disse que os lobos frontais seriam “ a sede da


humanidade”

 O Lobos Frontais são constituídos por diferentes partes


1. CÓRTEX MOTOR

 Responsável pelos movimentos da responsabilidade dos


músculos

 As diferentes partes do corpo têm uma representação que é


proporcional ao tipo de movimento que têm de processar

 Tanto a linguagem como o polegar ocupam uma área


muito significativa
2.ÁREA DE BROCA

 Situada atrás do córtex motor

 Responsável pela linguagem


falada, pela produção do
discurso
ÁREAS PRÉ-FRONTAIS
 Responsáveis pelas principais funções nervosas mais que distinguem a
espécie humana de todas as outras
 Esta relacionado com:
 Memória de trabalho
 Pensamento reflexivo
 Imaginação
 Permite-nos tomar consciência destas funções
 Têm relações complexas com as emoções
 Gerem a capacidade de crítica

 Caso de Phineas Gage e Elliot


OS CASOS DE PHINEAS GAGE E DE ELLIOT
Phineas  Irritava-se com Elliot
Gage muita
facilidade
 Grosseiro o Devido a um tumor teve de
 Antes do retirar uma parte do córtex
acidente:  colérico
o A sua personalidade sofreu
grandes transformações
 Calmo o Manifestaram-se numa grande
 Simpático indiferença afectiva
 Educado o Não demonstrava:
 Trabalhador Amor
Tristeza
 Depois do Alegria
acidente: Ansiedade
o Incapaz de gerir a sua actividade
CONCLUSÕES

 Se ocorre uma ruptura entre o sistema límbico e o córtex frontal,


e se a informação não se estabelece entre as duas áreas, ocorre
uma indiferença afectiva

 Nos casos de Phineas Gage e de Elliot, não há controlo sobre as


emoções, decorrendo um comportamento impulsivo e
descontrolado
INTEGRAÇÃO SISTÉMICA

 Actualmente é aceite uma concepção que constata que o cérebro


funciona como uma todo. Como uma rede funcional regendo-se
por princípios holísticos.

 A linguagem, a memória, a aprendizagem, ente outras, dependem


do funcionamento integrado de várias áreas cerebrais

 Função Vicariante: recuperação de uma função através de uma


área vizinha da zona lesionada
CONCLUSÃO
 O cérebro funciona de uma
forma sistémica

 É um conjunto complexo de
elementos em que as
componentes especializadas
que o constituem são
interdependentes

 É uma sistema unitário que


trabalha como um todo de
forma interactiva com uma
dinâmica própria