You are on page 1of 40

A Força da

Marca Senac
Unidade 1Abertura

Introdução
Marca é mais do que a representação gráfica do nome de uma empresa.
É o conjunto de valores, a identidade e o posicionamento que ela
transmite ao público por meio de seus produtos ou serviços.

A imagem institucional faz que as pessoas queiram ou não se


relacionar com determinada empresa ou, ainda, desejem ou não
determinado produto. A credibilidade e a reputação positiva,
construídas ao longo da história de cada organização, atraem clientes,
simpatizantes, apoiadores e fornecedores.

Neste curso, você alinhará conhecimentos sobre a gestão da marca,


além de aprender por que é importante conhecer suas características, os
cuidados na sua aplicação e como isso contribui para o fortalecimento da
imagem do Senac.

Os objetivos de aprendizagem são:

 conhecer mais sobre a marca Senac, sua importância e abrangência;


 compreender quais são as estratégias para fortalecer e realizar a gestão
da marca;
 identificar o uso correto e a aplicação adequada da marca;
 entender o que é direito autoral e registro de marca.
O vídeo a seguir apresenta o curso e sua importância. Clique
no player para assisti-lo.
Desejamos a você um bom curso!

Unidade 2Branding e sua relação com a marca Senac

O conceito de branding
Você já ouviu o termo branding? Conhece seu significado? Veja a
animação a seguir.

Branding é o conjunto de ações ligadas à administração das


marcas. São ações que, tomadas com conhecimento e
competência, levam as marcas além da sua natureza econômica,
passando a fazer parte da cultura e a influenciar a vida das
pessoas. Ações com a capacidade de simplificar e enriquecer
nossas vidas num mundo cada vez mais confuso e complexo.
(MARTINS, 2006, p. 8)
Mas qual a relação entre branding e marca?

Em português, a palavra brand, do inglês, significa “marca”. A marca


comunica a personalidade da empresa, seus valores, posicionamentos e
a cultura da organização. As citações a seguir trazem mais definições a
respeito:
A força do Senac está representada na sua marca, mas ela vai além do
símbolo gráfico. Está relacionada com a experiência que os alunos e
empregados têm com a instituição. É a percepção do público ao ver o
Senac nos meios de comunicação, por exemplo, ou a imagem mental
criada ao pensar na instituição.

Saiba mais
Se você quiser se aprofundar no conceito de branding, assim
como aprender um pouco sobre criação, gestão e design de
marca, veja estas dicas de livros:

 Branding + design: a estratégia na criação de identidades


de marca
o Sandra Ribeiro Cameira
o Editora Senac São Paulo
 Gestão do valor da marca: como criar e gerenciar marcas
valiosas
o Eduardo Tomiya
o Editora Senac Rio
 Gestão e identidade de marcas
o Vania Dohme
o Editora Senac São Paulo
Unidade 2Branding e sua relação com a marca Senac

Como o Senac faz a gestão


da marca
Com base no conceito de branding, o Senac mantém uma ação
integrada para a gestão de sua marca, com o propósito de garantir
unicidade, ou seja, que todos os Departamentos Regionais (DRs),
vinculados às mais de 600 unidades escolares presentes de norte a sul
do Brasil, a expressem de forma adequada.

A coesão da identidade visual, que comunica a identidade conceitual da


marca, é um dos elementos que contribuem para a manutenção da
imagem institucional.

Seguindo as orientações contidas no Manual da Marca e da Identidade


Visual do Senac, a Assessoria de Comunicação do Departamento
Nacional (DN), junto das equipes de Comunicação dos DRs, atua no
monitoramento mensal dos materiais impressos, dos produtos e do
ambiente virtual, com destaque para as redes sociais. Nesse
monitoramento, verificam-se, entre outras questões:

 as especificidades que distinguem o uso da marca em diferentes mídias


e suportes;
 a adequação do formato da marca ao layout da peça;
 a escolha entre os modelos de marca existentes;
 a utilização de cores com o símbolo;
 o uso apenas do logotipo;
 a aplicação da marca na versão positiva (em preto) ou na versão
negativa (em branco).

Unidade 3A marca Senac

Histórico da marca
Desde a sua criação, em 1946, o Senac oferece cursos voltados para a
formação de pessoas para o mercado de trabalho. Essa atuação é
pautada nos valores institucionais de transparência, inclusão social,
excelência, inovação, atitude empreendedora, educação para a
autonomia e desenvolvimento sustentável.

O processo de construção da marca foi definido gradativamente ao longo


dos anos para refletir a imagem da instituição.

O processo de definição da identidade não é simples, pois envolve


uma série de decisões que devem ser tomadas em nível de alta
gerência devido às fortes consequências concorrenciais; ao fato de
essa identidade ser o esteio de todas as demais decisões
de marketing; e finalmente, à expectativa que essa identidade tenha
uma vida longa, consolidando-se com o passar do tempo. É essa vida
longa, essa repetição constante de elementos de comunicação,
sempre baseados no mesmo foco, que fará com que o consumidor
reserve um espaço para a marca em sua mente, o que significa
lembrá-la na hora da compra e ampliar significativamente sua
preferência.
(DOHME, 2018, p. 41-42)

Conheça a trajetória da marca Senac ao longo


das décadas
A sigla Senac, proveniente de Serviço Nacional de Aprendizagem
Comercial, adquiriu o caráter de nome da instituição por ser fácil de
pronunciar e de assimilar, e é aplicada na marca da instituição desde a
primeira versão.

Veja a seguir as transformações da marca Senac no decorrer dos anos:


Unidade 3A marca Senac

O que a marca Senac


representa
A marca expressa valores e é ela que distingue uma organização, um
produto ou um serviço de outro similar ou concorrente; é um patrimônio
valioso de uma empresa.

No estudo para a renovação da marca, em 2012, o Senac chegou à


transcrição de sua essência:

“O ensino do futuro do mundo: pessoas


inovando pela transformação do Brasil.”

(SENAC, 2017, p. 17)

Por meio de todos os elementos gráficos propostos na identidade visual,


é essa a essência que a marca Senac representa.

São quatro as palavras-chave traduzidas na marca Senac:


 Liberdade – para vir a ser o que você
quiser no futuro;
 Inovação – a força criativa de quem se
transforma via educação;
 Leveza – a forma simples que possibilita
o voo empreendedor;
 Alegria – com o respaldo do Senac, o
sucesso é uma certeza.
(SENAC, 2017, p. 17)

Unidade 3A marca Senac

Como a marca Senac fala


com seu público
Diversidade do público externo
Se considerarmos a abrangência de regiões, modalidades de ensino e
áreas de conhecimento, o público do Senac são todos os brasileiros,
pessoas de várias origens, crenças, graus socioeconômicos e
escolaridade. Essa diversidade deve ser respeitada na hora de
comunicar. Todos têm uma vontade em comum: transformar a vida por
meio da educação.

O Senac dialoga com o público não só de forma visual mas também


textualmente. Os discursos adotados precisam estar alinhados, pois
compõem o diálogo que reforça a identidade da marca. Isso não é uma
tarefa exclusiva da área de publicidade de cada Departamento Regional
(DR), mas sim de todas as ações das equipes de comunicação
e marketing, vinculadas a redes sociais, comunicação interna,
comunicação digital, assessoria de imprensa, relacionamento com o
cliente e relações institucionais. Também se expressa na postura dos
empregados no desempenho de suas funções.
A comunicação deve respeitar a diversidade do público atendido pelo
Senac. Essa tarefa envolve, além das equipes de comunicação
e marketing, a postura dos empregados no desempenho de suas
funções.

O público interno do Senac: postura dos


empregados
Cada empregado também representa a marca Senac, e a postura ética
deve permear todas as suas ações, assim como refletir os valores
institucionais. É fundamental comunicar-se de forma consistente com os
diversos públicos do Senac, assegurando padrões de valores
profissionais como honestidade, dignidade, imparcialidade, disciplina,
entre outros.

Os Códigos de Conduta e Ética dos Departamentos Nacional e


Regionais, geralmente, listam os princípios éticos que devem nortear a
postura dos empregados, servindo de referência para atitudes e
comportamentos individuais e coletivos perante os públicos com os quais
se relacionam, como colegas de trabalho, clientes (alunos e
empresários), sociedade, fornecedores, poder público e órgãos de
controle e fiscalização.
Códigos à parte, somos uma instituição de educação e como tal
precisamos refletir valores típicos de uma educação democrática e
inclusiva.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) (Lei nº


9.394/1996) afirma, no artigo 2º, que a educação deve ser inspirada nos
princípios da liberdade e da solidariedade humana.

Assim, cada empregado do Senac deve refletir em sua conduta valores


como respeitar as diferenças, não discriminar pessoas em razão de seu
gênero, raça ou religião e ter apreço à tolerância. Esses valores serão
percebidos pela sociedade como sendo próprios da marca Senac.

Saiba mais
Clique aqui para conhecer mais sobre a LDB (Lei nº
9.394/1996).

Alguns DRs também têm manuais próprios com o propósito de alinhar a


postura dos empregados aos valores institucionais. O DR São Paulo, por
exemplo, criou o Manual de Conduta nas Redes Sociais, que reúne
princípios gerais de conduta e informações sobre perfis pessoais e uso
corporativo das redes sociais.
Conduta ética na comunicação digital
É vedado o uso indevido, negligente ou imprudente dos recursos e
serviços corporativos de informação e comunicação. Tanto pelas
redes sociais como pelo e-mail, não se deve propagar nenhum
material de natureza discriminatória ou pornográfica, de conteúdo
difamatório, degradante ou ofensivo.

nidade 4Aplicação da marca

Manual da Marca e da
Identidade Visual
O Manual da Marca e da Identidade Visual do Senac foi pensado para
dar coerência e consistência ao conceito que se pretende transmitir pela
marca. Ele contém informações específicas para a aplicação da marca
em projetos de sinalização, impressos, mídia digital, frota de veículos,
uniformes, brindes e bandeiras.
A marca é o elemento central da identidade visual e contribui para que a
empresa, o produto ou o serviço sejam reconhecidos no menor tempo de
leitura e espaço.

Assim, é de extrema importância seguir todas as orientações do Manual


da Marca e da Identidade Visual para aplicação em qualquer suporte de
comunicação.

Importante
Apesar de o Manual da Marca e da Identidade Visual do
Senac ter ampla divulgação, o uso inadequado dos elementos
da marca pode ocorrer, o que impacta na coesão e na unidade
da imagem institucional.
Para que os elementos da marca não sejam usados de forma
inadequada, há duas versões do Manual da Marca e da Identidade Visual
do Senac: a completa e a simplificada. Ambas contemplam informações
sobre o histórico da marca e o conceito de criação. Há ainda detalhes
sobre a marca em si, como desenho, assinaturas, malhas de construção,
dimensionamento, área de proteção e orientações para as editoras e
para os casos de parcerias e programas.

Cores, tipografia e padronagem são detalhadamente explicadas no


Manual, que também apresenta diversos exemplos de usos proibidos.

Saiba mais
Clique aqui e faça o download da versão digital do Manual da
Marca e da Identidade Visual do Senac.

Unidade 4Aplicação da marca

Erros comuns de aplicação e


usos corretos da marca
O Departamento Nacional (DN) empenha-se para que o Manual da
Marca e da Identidade Visual do Senac tenha ampla divulgação, a fim de
garantir a unidade da imagem institucional. No entanto, aplicações
incorretas ainda ocorrem.
Conheça a seguir os erros comuns e, logo em seguida, os usos corretos
da marca.

Erros comuns
Aplicação de logotipo sobre fundo colorido
Paleta de cores
Diagramação e características da marca
Usos corretos
Logotipo colorido somente sobre fundo claro e
homogêneo
O correto é usar o logotipo colorido em um fundo claro e homogêneo,
que tenha até 10% da saturação total da cor.
Logotipo monocromático sobre fundo escuro e
homogêneo
Os fundos mais escuros são permitidos com a versão monocromática da
marca, respeitando critérios de contraste e legibilidade, conforme os
exemplos a seguir.
Cromias institucionais
O correto é usar apenas as cromias institucionais de azul, laranja e
laranja-claro indicadas no Manual:

Área de arejamento
O correto é seguir as especificações da área de proteção objetiva
indicadas no Manual para preservar a visibilidade e a leitura da marca:
Importante
Deve-se utilizar sempre os arquivos eletrônicos contidos no
DVD que acompanha o manual impresso, enviado aos
Departamentos Regionais (DRs) pelo DN, para aplicação ou
reprodução da marca Senac, evitando redesenhá-la ou
digitalizá-la a partir de outros materiais.

Para memorizar todas essas orientações, assista à animação a seguir.

Que tal testar seus conhecimentos


sobre a aplicação da marca?
Como esse tema é muito importante para o fortalecimento da marca
Senac, convidamos você a realizar a atividade a seguir.
1. Um colega vai enviar um ofício em papel
timbrado e pede para você revisar o documento.
O logotipo aplicado é o seguinte:

Essa aplicação está correta?


Não.

Sim.

Confirmar

Resposta
Aplicação não está correta!

Por quê?
As cores estão incorretas.

A proporção está incorreta.

Resposta
A proporção está incorreta.
Próxima

2. Você precisa imprimir um cartaz com o fundo


preto para uma ação de sua unidade.
Qual logotipo você deve escolher?
Resposta
A opção correta é o logotipo monocromático branco.

Por quê?
O logotipo colorido deve ser aplicado somente em fundo claro, com até 10% da
saturação total da cor.

Porque visualmente fica mais agradável.

Resposta
O logotipo colorido deve ser aplicado somente em fundo claro, com até
10% da saturação total da cor.

Unidade 4Aplicação da marca

O papel do DN na
manutenção da marca
O Departamento Nacional (DN) é o órgão executivo da Administração
Nacional do Senac. Entre seus objetivos estratégicos, está o
fortalecimento da imagem institucional. Isso é feito por meio de iniciativas
que garantam unidade e valorização do papel do Senac, promovendo
assim a missão da instituição que é “Educar para o trabalho em
atividades do comércio de bens, serviços e turismo”.

O fortalecimento da marca se expressa em ações, produtos e serviços


que demonstrem afinidade entre identidade e imagem. Essa integração
amplia a percepção da qualidade da marca Senac para a sociedade e
para os stakeholders. É por meio da articulação interna e externa,
integrando, orientando e acompanhando as ações dos Departamentos
Regionais (DRs), que o DN faz a manutenção da marca.

O Manual da Marca e da Identidade Visual do Senac reúne as aplicações


corretas e dá exemplos de usos incorretos da marca. Porém, pode ser
que alguma demanda de utilização não tenha sido contemplada. Nesse
caso, o DN está à disposição para análise e solução dos usos não
previstos no documento.
Como acionar o DN e quais os procedimentos?
É a Assessoria de Comunicação do DN que recebe as solicitações dos
DRs por e-mail ou telefone, esclarecendo as dúvidas sobre as
aplicações em materiais de divulgação, automóveis, uniformes,
sinalização, etc.

As instruções do Manual buscam facilitar as aplicações e economizar


tempo na elaboração de peças que demandem maior execução
criativa, mas não são limitantes. Por isso, a Assessoria de
Comunicação do DN tem como prática debater de forma participativa e
democrática com os DRs sobre as questões omissas no documento e
as possíveis alterações relacionadas à gestão da marca.

Unidade 5Fortalecimento da marca no território nacional

Integração CNC-Sesc-Senac
Em 2012, além do Senac, a Confederação Nacional do Comércio de
Bens, Serviços e Turismo (CNC) e o Serviço Social do Comércio (Sesc)
apresentaram a nova versão de suas marcas. Assim, as três instituições
reforçaram a convergência de suas identidades através de suas marcas,
como mostra a animação a seguir.

Unidade 5Fortalecimento da marca no território nacional

Unicidade que fortalece a


marca Senac
Há orientações para o uso da marca e valores que norteiam a conduta
dos empregados, mas o ponto mais importante para o fortalecimento da
presença do Senac em todo o território nacional é manter uma conexão
na aplicação desses elementos, ou seja, a unicidade.

Toda marca é um organismo vivo, com personalidade própria,


linguagem e atributos. Para se estabelecer, ser reconhecida e
distinguida das demais, é necessário integração, consistência e
uniformidade em suas aplicações, diante do público e mercado de
atuação.
(SENAC, 2017, p. 7)

Zelar pela coesão da identidade visual é um dos elementos que


fortalecem a marca. Isso quer dizer que, seja nas apresentações para os
públicos interno ou externo, seja nas peças de comunicação ou nos
projetos de infraestrutura e patrimônio, a aplicação da marca precisa
estar alinhada, evitando a percepção fragmentada da instituição.

Importante
Técnicos das áreas de marketing e comunicação devem
respeitar a unidade da marca e não desenvolver submarcas
para programas regionais, o que fragiliza a imagem de um
único Senac.

Outro elemento de fortalecimento da marca é a conduta dos


empregados coerente aos valores da instituição, que são: transparência,
inclusão social, excelência, inovação, atitude empreendedora, educação
para autonomia e desenvolvimento sustentável. Assim, no dia a dia de
trabalho, todos devem incorporar esses valores, representando a marca
Senac de modo adequado, independentemente da atividade
desempenhada.

Lembre-se de que tudo comunica. É a experiência integral que a


pessoa tem com o Senac que cria sua imagem sobre a instituição,
seja num anúncio de revista, entrevista no jornal, visita ao Portal
Senac, post nas redes sociais, atendimento telefônico ou presencial,
palestra, visita a estande em feira de negócios ou na própria sala de
aula. Tudo isso tem por trás um profissional que representa a
instituição, e é na execução dessas tarefas que ele coloca em prática
os valores institucionais, fortalecendo a marca.

Unidade 5Fortalecimento da marca no território nacional


Direito autoral e registro de
marcas
A marca Senac é registrada no Instituto Nacional da Propriedade
Industrial (INPI). Por que é importante esse registro? Ele garante ao
proprietário de uma marca o direito de uso exclusivo no território nacional
em seu ramo de atividade econômica. Portanto, tudo o que a marca
representa, incluindo os valores tangíveis e intangíveis, fica protegido por
lei a quem é de direito. Lembre-se de que a marca é um patrimônio da
empresa.

Ao registrar uma marca, a empresa garante seu direito autoral. Para ser
registrada, a marca deve ser lícita, estar disponível e ser distintiva. Há
duas classificações principais: natureza e apresentação. Quanto à
natureza, a marca pode ser de produto, serviço, coletiva ou certificação.
Na forma de apresentação, existem cinco categorias. Clique nos títulos e
conheça cada uma delas.

 Marca nominativa
 Marca figurativa
 Marca mista
 Marca tridimensional
 Marca de alto-renome
Constituída apenas de palavras, letras ou algarismos, desde que os
elementos não se apresentem sob a forma fantasiosa ou figurativa.

 Marca nominativa
 Marca figurativa
 Marca mista
 Marca tridimensional
 Marca de alto-renome
Apresentada sob a forma de desenho, imagem, figura ou qualquer outra
forma fantasiosa de letra e número.
 Marca nominativa
 Marca figurativa
 Marca mista
 Marca tridimensional
 Marca de alto-renome
Formada pela combinação dos elementos nominativo e figurativo ou de
elemento nominativo de forma isolada com grafismo próprio.

 Marca nominativa
 Marca figurativa
 Marca mista
 Marca tridimensional
 Marca de alto-renome
Constituída pelo formato do produto ou da embalagem, cujo modelo
tenha capacidade distintiva em si mesmo e esteja dissociado de efeito
técnico.

 Marca nominativa
 Marca figurativa
 Marca mista
 Marca tridimensional
 Marca de alto-renome

Para os casos em que o sinal, devidamente registrado, goze de renome


que transcenda o segmento de mercado para o qual foi originalmente
destinado. Nesse caso, fica assegurada proteção especial em todos os
ramos de atividades. Exemplo: Coca-Cola.

Os direitos sobre a marca englobam ceder seu registro ou pedido de


registro, licenciar seu uso e zelar por sua integridade material ou
reputação.
Saiba mais
Para obter o registro de uma marca, é necessário apresentar o
pedido ao INPI, que o julgará com base nas normas legais
estabelecidas pela Lei da Propriedade Industrial (Lei nº
9.279/1996) e nas resoluções administrativas.

Como proceder para obter o registro de uma


marca para uma ação regional?
Além da marca Senac, que é a principal, a instituição periodicamente
solicita o registro de marcas vinculadas ao Senac referentes a eventos,
projetos, entre outras.

Quando um Departamento Regional (DR) precisa proceder ao registro de


marca de uma ação regional, ele aciona o Departamento Nacional (DN),
que centraliza essas solicitações e as conduz com um escritório de
advocacia especializado em propriedade industrial, seguindo todas as
etapas necessárias para evitar processos jurídicos posteriormente.
Que tipos de marcas são registrados assim? No DR São Paulo, alguns
exemplos são as marcas: Grande Hotel São Pedro – Hotel-Escola Senac
e Senac Moda Informação.

Unidade 5Fortalecimento da marca no território nacional

Estudo de caso
A importância de seguir os procedimentos e as orientações a respeito da
marca Senac para fortalecer a instituição fica clara no caso da Rede EAD
Senac. Ela é o exemplo do uso integrado da marca em ações práticas
que envolvem vários Departamentos Regionais (DRs). Veja a seguir:

Rede EAD Senac

A modalidade de educação a distância (EAD) está presente na instituição


desde a sua criação. Pela Universidade do Ar, as pessoas faziam cursos
profissionalizantes via rádio. Com o passar das décadas, as tecnologias
educacionais para ensino a distância evoluíram, e o Senac acompanhou
essas mudanças, mas cada DR desenvolvia seus próprios programas e
fazia a gestão de sua oferta.

Unidade 6Encerramento

Glossário
 Branding: conjunto de ações vinculadas à criação e à gestão de
marcas.

 Identidade visual: é uma assinatura institucional, a representação


gráfica de uma marca. Como toda assinatura, o logotipo segue um
padrão visual que o torna reconhecido.

 Marca: mais que o logotipo, é a representação do conjunto de


valores, posicionamento e identidade da empresa, do produto ou
do serviço que o distingue de concorrentes ou similares.

 Slogan: é uma frase que reforça a identidade da marca.

 Stakeholders: são todos os públicos estratégicos com os quais a


empresa se relaciona, como empregados, clientes, fornecedores,
parceiros, acionistas, poder público, ONGs, sociedade, etc.
 1.
 Por que a sigla Senac, proveniente de Serviço
Nacional de Aprendizagem Comercial, tornou-
se a forma mais conhecida de designar a
instituição?
 Por ser fácil de aplicar nas peças de comunicação.
 Por lembrar dos atributos e benefícios da marca.
 Por ser moderno e inovador.
 Por ser fácil de pronunciar e assimilar.
 01 / 10

 Atenção! Resposta incorreta.


 A sigla Senac, proveniente de Serviço Nacional de Aprendizagem
Comercial, adquiriu o caráter de nome da instituição por ser fácil
de pronunciar e assimilar. Para relembrar, leia novamente a
unidade 3 (A marca Senac).

 2.
 Onde estão centralizados os processos de
registros de marcas do Senac?
 No Departamento Nacional (DN).
 Nos Departamentos Regionais (DRs).
 Nas áreas de Comunicação das Unidades.
 Diretamente no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

 02 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Quando um DR precisa proceder ao registro de uma marca de
uma ação regional, ele aciona o DN, que centraliza essas
solicitações e as conduz junto de um escritório de advocacia
especializado em propriedade industrial, seguindo todas as etapas
necessárias para evitar processos jurídicos posteriormente.

 3.
 Em uma campanha sobre o “Outubro Rosa”, é
correto utilizar a marca Senac em qualquer
tom de rosa, desde que seja aplicada no fundo
branco?
 Falso. O correto é usar apenas as cromias institucionais de azul, laranja e
laranja-claro indicadas no Manual da Marca e da Identidade Visual do Senac.
 Falso. Além do fundo branco, é correto, usar o logo colorido em tons claros e
homogêneos.
 Verdadeiro. O correto é usar o logo rosa apenas em fundo branco.
 Falso. O correto é usar apenas os tons de rosa indicados no manual.

 03 / 10

 Parabéns, você acertou!


 É proibido descaracterizar a marca Senac com cores fora da paleta
de cor permitida. O correto é usar apenas as cromias institucionais
de azul, laranja e laranja-claro indicadas no Manual da Marca e da
Identidade Visual do Senac.

 4.
 Que público o Senac atende?
 O público do Senac são todos aqueles que representam as diferenças de
gêneros.
 O público do Senac são todos os brasileiros. Pessoas de várias origens, crenças,
graus socioeconômicos e escolaridade.
 O público do Senac são pessoas de diferentes idades, que buscam uma
oportunidade no mercado de trabalho.
 O público do Senac é muito diverso, mas, especialmente, os jovens que buscam
transformar a vida por meio da educação.

 04 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Se considerarmos a abrangência de regiões, modalidades de
ensino e áreas de conhecimento, o público do Senac são todos os
brasileiros. Pessoas de várias origens, crenças, graus
socioeconômicos e escolaridade. Essa diversidade deve ser
respeitada na hora de se comunicar.

 5.
 Para aplicação ou reprodução da marca
Senac, o correto é:
 evitar redesenhá-la ou digitalizá-la a partir de outros materiais. Deve-se utilizar os
arquivos eletrônicos contidos no DVD que acompanha o manual impresso, enviado
aos DRs pela Gerência de Comunicação do Senac.
 evitar redesenhá-la ou digitalizá-la a partir de materiais externos. Deve-se utilizar
apenas os comandos (CTRL C + CTRL V), na marca Senac, disponível na página
principal da intranet.
 evitar redesenhá-la ou digitalizá-la a partir de outros materiais. Deve-se utilizar
sempre os arquivos eletrônicos contidos no DVD que acompanha o manual impresso,
enviado aos DRs pelo DN.
 evitar redesenhá-la ou digitalizá-la a partir de outros materiais. Deve-se utilizar
sempre os arquivos eletrônicos contidos no pen drive que acompanha o manual
impresso, enviado às Unidades pelos DRs.

 05 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Deve-se utilizar sempre os arquivos eletrônicos contidos no DVD
que acompanha o manual impresso, enviado aos DRs pelo DN,
para aplicação ou reprodução da marca Senac, evitando
redesenhá-la ou digitalizá-la a partir de outros materiais.

 6.
 Em que ano foi lançada a marca atual do
Senac?
 Em 2012.
 Em 2000.
 Em 2014.
 Em 1998.

 06 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Em 2012, foi lançada a atual marca do Senac, reunificando a
identidade visual de toda a instituição. O resultado é fruto de mais
de um ano de planejamento integrado entre DN e DRs, junto de
uma empresa de branding.

 7.
 A partir de 1969, o símbolo do Senac foi
revisto e ganhou uma solução abstrata com
base na ideia de que “qualquer forma
suficientemente particular e simples fica
impregnada do significado que representa”.
Qual foi a proposta de logo e que ideia
transmitia?
 Linhas azuis, que refletiam a ideia de futuro.
 Blocos azuis, que passavam a ideia de solidez.
 Linhas azuis, que refletiam a educação.
 Setas azuis, que passavam a ideia de educação do futuro.

 07 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Em 1969, o logo do Senac ganhou uma solução abstrata com base
na ideia de que “qualquer forma suficientemente particular e
simples fica impregnada do significado que representa”. O logo
trazia blocos azuis, que passavam a ideia de solidez.

 8.
 A marca Senac é registrada no Instituto
Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Por
que é importante esse registro?
 Ele garante ao proprietário o direito de uso exclusivo no território nacional em
diferentes ramos de atividades econômicas.
 Ele garante ao proprietário o direito de uso exclusivo no território regional em seu
ramo de atividade econômica.
 Ele garante ao proprietário o direito de uso exclusivo no território regional em
diferentes ramos de atividades econômicas.
 Ele garante ao proprietário o direito de uso exclusivo no território nacional em
seu ramo de atividade econômica.

 08 / 10

 Parabéns, você acertou!


 Esse registro é importante, pois ele garante ao proprietário o direito
de uso exclusivo no território nacional em seu ramo de atividade
econômica. Portanto, tudo o que a marca representa, incluindo os
valores tangíveis e intangíveis, fica protegido por lei a quem é de
direito.

 9.
 Ao utilizar o logo colorido, o correto é:
 usar o logo colorido em um fundo claro e homogêneo, que tenha até 10% da
saturação total da cor.
 usar o logo colorido apenas em fundo branco.
 o correto é usar o logo colorido em um fundo claro e homogêneo, que tenha até
70% da saturação total da cor.
 usar o logo colorido em um fundo escuro, para criar contraste e legibilidade.

 09 / 10

 Parabéns, você acertou!


 O correto é usar o logo colorido em um fundo claro e homogêneo,
que tenha até 10% da saturação total da cor. Os fundos mais
escuros são permitidos com a versão monocromática da marca,
respeitando critérios de contraste e legibilidade.

 10.
 Como é composta a assinatura da marca
Senac?
 A assinatura da marca é formada pela união de um símbolo (avião), um logotipo
(nome Senac) e um slogan.
 Atualmente é utilizado apenas o símbolo (avião), pois o nome Senac já é
bastante conhecido pelo público-alvo.
 A assinatura da marca é formada pela união de um símbolo (blocos azuis e
laranja) e um logotipo (nome Senac).
 A assinatura da marca é formada pela união de um símbolo (avião) e um logotipo
(nome Senac).

 10 / 10

 Parabéns, você acertou!


 A assinatura da marca é formada pela união de um símbolo (avião)
e um logotipo (nome Senac).