You are on page 1of 9

Índice

Introdução ....................................................................................................................................... 2

Estrutura sectorial da população ..................................................................................................... 3

Estrutura etária ................................................................................................................................ 4

Países subdesenvolvidos ................................................................................................................. 5

Países de população envelhecida .................................................................................................... 5

Estrutura profissional e sectorial da população moçambicana ....................................................... 5

Importância do estudo da população............................................................................................... 6

Principais indicadores demográficos da população moçambicana ................................................. 6

Países em fase de envelhecimento .................................................................................................. 7

Conclusão........................................................................................................................................ 8

Bibliografia ..................................................................................................................................... 9
Introdução
No presente trabalho de Investigação da disciplina de Geografia, tem se como objectivo a
pesquisa sobre A Estrutura Sectorial da População, onde A Estrutura da população Avalia-se a
estrutura da população através da sua distribuição etária, condição socioeconômica e sua posição
no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

Página 2
Estrutura sectorial da população
Estrutura sectorial da população – refere-se a maneira como a população activa se encontra
dividida em diferentes sectores ocupacionais ou profissionais.

A população moçambicana é dividida em três sectores a saber:

1. Sector primário – ocupa cerca de 80% da população moçambicanos e abrange actividade que
coloca o homem a natureza (agricultura, pesca, pecuária, etc).

2. Sector secundário – ocupa cerca de 13% da população moçambicana e está ligada a indústria
transformadora, indústria de obras públicas e habitação, etc).

3. Sector terciário – ocupa cerca de 7% da população moçambicana que está ligada a distribuição
de bens e serviços (bancas, escolas, comércio, transporte e comunicações, etc).

A Estrutura da população Avalia-se a estrutura da população através da sua distribuição etária,


condição socioeconômica e sua posição no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

Em relação aos critérios de avaliação dos países, desde 1950 até o final da década de 1980, a
classificação comum era aquela que enquadrava os países da seguinte forma:

1º mundo: países capitalistas desenvolvidos;

2º mundo: países socialistas de economia planificada;

3º mundo: países subdesenvolvidos.

Acontecimentos na geopolítica internacional, como a queda do Muro de Berlim, fim da Guerra


Fria, ressurgimento da Europa como potência econômica e o fim da experiência socialista
soviética, marcam uma nova disposição da ordem mundial, em que se menciona
o mundo multipolar e a globalização da economia.

A partir daí, tornou-se necessário um novo entendimento para classificar os países. A ONU
passou a utilizar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que tem por objetivo avaliar a
qualidade de vida através de alguns critérios:

Expectativa de vida;

Página 3
Renda per capita;

Grau de instrução.

O IDH avalia e aplica uma nota que varia de 0 a 1. Quanto mais próximo do 1, melhor o IDH de
uma país, ou de uma região. Veremos mais informações sobre o IDH nos próximos tópicos.

IDH no mundo

Estrutura etária
A estrutura etária de uma população costuma ser dividida em três faixas:

Jovens, que são do nascimento até 19 anos;

Adultos, dos 20 anos até 59 anos;

Idosos, que vai dos 60 anos em diante.

A estrutura etária de uma população não se divide apenas nas três faixas (jovens, adultos,
idosos), pode-se também dividir a população através de um gráfico denominado pirâmide etária.
Esse gráfico não informa apenas sobre a faixa etária, mas também sobre a proporção dos sexos
em cada idade.

Ilustração modelo de pirâmide etária

Página 4
Países subdesenvolvidos
A pirâmide apresenta uma base larga em função da alta densidade de natalidade. O estreitamento
é rápido em decorrência da mortalidade. A altura da pirâmide e a largura da extremidade superior
indica que poucas pessoas chegam à velhice (o que é explicado pelo baixo padrão de vida).

O contorno nos mostra ainda que há predominância de jovens. A explosão demográfica é um


fenômeno comum aos países cujas estruturas etárias podem ser representadas pela figura deste
modelo. Exemplos: Indonésia, Etiópia, etc.

Exemplo de pirâmide para países subdesenvolvidos

Países de população envelhecida


A base bem mais estreita, comparada com outras figuras, indica um crescimento reduzido ou
negativo há muito tempo (países da evolução industrial antiga). A extremidade oposta a base
indica a percentagem bastante alta de idosos (indicativo de excelente padrão de vida). Exemplos:
europeus, japoneses, etc.

Exemplo de pirâmide para países de população envelhecida

Estrutura profissional e sectorial da população moçambicana


 Estrutura profissional – é divisão de uma determinada região ou pais em população
activa e
 população inativa ou passiva.

Página 5
 População activa – refere-se a parte da população com idade de trabalhar, normalmente
esta
 população exerce uma actividade remunerável. Ainda que individualmente se possa
encontrar
 desempregada.
 População inativa ou passiva – refere-se a parte da população que não exerce
actividade
 remunerável. Inclui aqui os reformados, donas de casa, estudantes e alunos, crianças,
adolescentes e idosos.

Importância do estudo da população


O estudo da população e suas actividades económicas é de extrema importância porque satisfaz
questões tais como: quem somos nós? De onde vimos? Quantos somos? O que fazemos? Como
fazemos? Riquezas que temos são suficientes? Pessoas e mais pessoas que problemas originam?
O que fazer para que as mesma darem para sempre?

Ao estudar a população estabelecemos uma relação entre fenómenos, razão pela qual inter-
relaccionamos os dados numéricos e os aspectos naturais, históricos e socio-culturais, para
verificar em que medida cada um destes dados interfere na dimensão, na distribuição, na
estrutura e no crescimento da população.

Principais indicadores demográficos da população moçambicana


Indicadores demográficos – são elementos que indica a percentagem e dinâmica da população.

Indicadores demográficos – são importantes para o estudo da população quer de um pais, quer do
mundo em geral, pós é de comportamento desses indicadores que depende o crescimento natural
e o crescimento efeitivo de uma população. Assim, os principais indicadores da população
moçambicana são:

. Natalidade – refere-se ao número de nascimento ocorrido numa dada região e período


determinado.

2. Taxa de natalidade – é o número de nascimento concorda em cada 1000 habitantes numa dada
região e

período determinado.

Moçambique apresenta uma elevada taxa de natalidade devido aos seguintes factores:

 Alto-índice de analfabetismo;

Página 6
 Casamentos prematuros;
 População humana: Importância,
 estrutura e Principais indicadores
 demográficos da população
 moçambicana

Países em fase de envelhecimento


Pode-se apresentar a estrutura etária dos países que realizaram industrialização após os europeus.
Predominam os adultos, portanto, os ativos. Em alguns países, embora o aumento do padrão de
vida não tenha sido significativo para a maioria da população, a classe média, por questões
econômicas, tem optado por uma menor quantidade de filhos para tentar manter a qualidade de
vida.

Exemplo de pirâmide para países em fase de envelhecimento

A pirâmide etária do Brasil tem sua base larga e vai estreitando-se até atingir o topo. Isso
significa que o numero de idosos é relativamente pequeno. O gráfico do Brasil demonstra que,
mesmo com todo o crescimento, continuamos a ser um país jovem, pois no caso dos países mais
desenvolvidos, a base da pirâmide costuma ser menos larga e o topo mais amplo.

Pirâmide etária do Brasil – dados do censo IBGE 2010

Página 7
Conclusão
Apos a pesquisa do presente concluiu-se que Estrutura sectorial da população – refere-se a
maneira como a população activa se encontra dividida em diferentes sectores ocupacionais ou
profissionais.

A estrutura etária de uma população não se divide apenas nas três faixas (jovens, adultos,
idosos), pode-se também dividir a população através de um gráfico denominado pirâmide etária.

Página 8
Bibliografia
http://www.sogeografia.com.br/Conteudos/GeografiaHumana/Populacao/populacao6.php

Amorim, M.N.S.B., 1973, Rebordãos e a Sua População nos Séculos XVII e XVIII, Lisboa.

Amorim, M. Norberta, 1980, Método de Exploração dos Livros de Registo Paroquiais; e


Cardanha e Sua População de 1573 a 1800, Lisboa.

Página 9