You are on page 1of 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

ESCOLA DE MÚSICA

MATEUS ANDRÉ MARTINS PENA

A PRÁTICA DE ENSINO NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES DE


MÚSICA:
ASPECTOS DA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA

SÍNTESE

Goiânia
2011
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS

MATEUS ANDRÉ MARTINS PENA

SÍNTESE

Esta síntese atende a uma das


exigências da disciplina estágio
supervisionado I, ministrada pela
Profa. Priscilla.

Goiânia
2011
A Prática de Ensino na Formação dos Professores de Música: Aspectos
da Legislação Brasileira

Na literatura autores da área de educação se referem ao estágio como uma atividade


essencial na prática docente: prática pedagógica, prática de ensino e observações são
características básicas no estágio que trabalha à experiência prática como necessária a
formação do profissional.
Não existe um consenso a respeito dos conceitos que envolvem o estágio,
muitas são as definições ou propósitos atribuídos aos programas de formação de
profissionais sejam eles: professores, médicos, psicólogos, ou engenheiros e etc. vários são
os modelos de estágio conforme o curso organização e pela natureza do trabalho a ser
realizado.
“O estágio, portanto é considerado como um espaço que possibilita ao estudante,
futuro professor, observar, analisar, atuar e refletir sobre as tarefas características de sua
profissão” (Mateiro, p.17).

Orientações curriculares a partir de 1996

“A Lei 9.394 de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), aprovada em


dezembro de 1996, dá ênfase aos processos de avaliação para o ensino superior incluindo
como recursos a melhoria da qualidade de ensino e a acreditação de instituições cursos e
habilitações” (Mateiro, p.17).
A educação superior está de baixo de várias orientações da LDB que supervisiona
grades curriculares disciplinas fixas seriadas ou obrigatórias, e também o perfil do novo
profissional que se fundamenta no desenvolvimento de competências características com
que a formação necessita. uma mudança significativa foi o aumento de horas destinadas as
práticas pedagógicas para os cursos de licenciatura, essa exigência nos fazem refletir sobre
a formação de professores e as diretrizes traçadas pra essa formação profissional.

Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Graduação de


Música

No que diz respeito às diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação de


musica, é interessante observar que depois de mais de 5 anos as diretrizes ganharam sua
oficialidade através da resolução CNE/CES 2/2004. Nessas diretrizes se encontram os
elementos estruturais do projeto pedagógico do curso, os competentes co currículo que
asseguram o perfil do profissional almejado estão no Art. 5º (incisos I, II e III).
Reflexões e considerações

O debate a respeito dos aspectos relevantes a prática pedagógica ainda continua,


uma das grandes questões diz respeito à combinação entre teoria e prática, o estágio visa à
preparação teórica prática e os requisitos básicos para a atuação do profissional no
mercado de trabalho, concerteza são muitas as dificuldades em pensar e produzir alterações
que atendam a todas as concepções a respeito da educação seja elas de ordem política,
social ou educacional. É muito importante a reflexão por parte do governo universidades
professores e alunos a cerca da formação docente onde o conhecimento prático prevalece
sobre o conhecimento teórico. As dificuldades são muitas em relação à prática do estágio,
condições curriculares e organizacionais, independente das barreiras e dificuldades e
consenso entre os profissionais na educação de que o estágio e um dos componentes mais
valiosos dentro dos programas de formação do docente.