You are on page 1of 57

MORFOLOGIA DO

SISTEMA MUSCULAR
Profº Dante Simionato
Médico Patologista
SVOC – HC – Faculdade de Medicina da USP
Departamento de Anatomia Patológica - Hospital Heliópolis
Departamento de Anatomia Patológica – Hospital Guilherme Álvaro
Serviço de verificação de Óbitos de Santos
Professor da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho
Antigo aluno Singular-Anglo
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
ANATOMIA HUMANA: ramo das ciências biológicas que estuda
a forma do corpo humano (morfologia)

Biologia do Desenvolvimento Anatomia Microscópica Anatomia Macroscópica


Anatomia dos tecidos
Anatomia do embrião e do maduros do corpo Anatomia dos órgãos do
desenvolvimento embrionário humano corpo humano
(Embriologia) (Histologia) (Anatomia)
CONCEITOS FUNDAMENTAIS

“A forma é a imagem plástica da função.”

Angelo Ruffini, embriologista italiano


CONCEITOS FUNDAMENTAIS

Níveis de organização biológica


CONCEITOS FUNDAMENTAIS
TECIDOS Promovem o revestimento do
1 EPITELIAIS corpo humano, interno e externo

TECIDOS Garantem sustentação para


2 CONJUNTIVOS todas as estruturas do corpo
TECIDOS
CORPORAIS
MADUROS TECIDOS Garantem movimentação, no
3 MUSCULARES espaço e visceral

TECIDO Estabelece controle e modulação


4 NERVOSO das mais diversas funções corporais
NOÇÕES SOBRE O DESENVOLVIMENTO
EMBRIONÁRIO HUMANO INICIAL

DA FERTILIZAÇÃO ATÉ A
HISTOGÊNESE E ORGANOGÊNESE
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO HUMANO
NOÇÕES SOBRE OS ASPECTOS
HISTOLÓGICOS DOS TECIDOS
MUSCULARES E SEU
FUNCIONAMENTO BÁSICO
OS TECIDOS MUSCULARES ESTRIADOS
ESQUELÉTICO, CARDÍACO E TECIDO
MUSCULAR LISO
HISTOLOGIA DOS TECIDOS MUSCULARES
HISTOLOGIA DOS TECIDOS MUSCULARES

TIPO DE TECIDO CARACTERÍSTICAS


MUSCULAR MORFOLÓGICAS

FIBRAS LONGAS, CILÍNDRICAS


ESTRIADO MULTINUCLEADAS
ESQUELÉTICO NÚCLEOS SINSICIAIS E PERIFÉRICOS
FIBRILAS ORGANIZADAS EM ESTRIAS
FIBRAS CURTAS, DICOTOMIZADAS
UNI OU BINUCLEADAS
ESTRIADO CARDÍACO
NÚCLEOS CENTRAIS
FIBRILAS ORGANIZADAS EM ESTRIAS
FIBRAS CURTAS, FUSIFORMES
UNINUCLEADAS
LISO
NÚCLEOS CENTRAIS
FIBRILAS NÃO SE ORGANIZAM EM ESTRIAS
HISTOLOGIA DOS TECIDOS MUSCULARES

TIPO DE TECIDO CARACTERÍSTICAS


MUSCULAR FUNCIONAIS

CONTROLE VOLUNTÁRIO
ESTRIADO
CONTRAÇÃO RÁPIDA E DESCONTÍNUA E
ESQUELÉTICO
FORTE

CONTROLE INVOLUNTÁRIO
ESTRIADO CARDÍACO
CONTRAÇÃO RÁPIDA E CONTÍNUA E FORTE

CONTROLE INVOLUNTÁRIO
LISO
CONTRAÇÃO LENTA E CONTÍNUA E FRACA
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
• Fibras de contração RÁPIDA – maior metabolismo ANAERÓBICO

• Fibras de contração LENTA – maior metabolismo AERÓBICO

• MIOGLOBINA – molécula semelhante à hemoglobina – armazenamento de


oxigênio (coloração avermelhada)
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO

SARCÔMERO = UNIDADE FUNCIONAL DE UM MÚSCULO (ESQUELÉTICO)


O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO

TÚBULOS TRANVERSAIS (T)

TRAMA RETICULAR (RETÍCULO


SARCOPLASMÁTICO)
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
O MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
CONTROLE MUSCULAR – A CONTRAÇÃO
CONTROLE MUSCULAR – A CONTRAÇÃO

PLACA MOTORA X UNIDADE MOTORA


ANATOMIA DO SISTEMA
MUSCULAR
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
GENERALIDADES

• Músculo esquelético:

• Definição: órgão carnoso,


componente ativo do movimento
corporal

• Número de músculos:
• 327 pares e 5 músculos ímpares
medianos (orbicular da boca,
longitudinal superior da língua,
aritenóideo transverso, esfíncter da
uretra e esfíncter externo do ânus)

• Varia de acordo com critérios de


contagem* 35
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
GENERALIDADES
• Partes de um músculo:
• Ventre muscular – parte carnosa,
vermelho-escura, responsável pela
contração, constituída por fibras
musculares (músculos tônicos – postura,
axiais, contração lenta, contínua – e
músculos fásicos – movimento,
apendiculares, fibras de contração
rápida, efêmera)

• Tendão/aponeurose: parte inextensível,


rígida, com predomínio de tecido
conjuntivo denso, responsável por
transmitir a contração para o elemento
que se moverá (osso, pele ou
articulação) 36
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
GENERALIDADES

• Diferenças entre tendões e aponeuroses:


• Tendões: cilíndricos ou em fita.
• Aponeuroses: laminares. 37
ORIGEM E
INSERÇÃO
MUSCULAR

38
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
ORIGEM E INSERÇÃO MUSCULAR

• Origem: ponto de fixação de um músculo na


peça óssea que não se movimenta (axial e
apendicular*)

• Inserção: ponto de fixação de um músculo na


estrutura que se movimenta (osso, pele e
cápsula articular)

• São permutáveis de acordo com o movimento*

39
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
ORIGEM E INSERÇÃO MUSCULAR

40
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
ORIGEM E INSERÇÃO MUSCULAR

PELE

OSSO ARTICULAÇÃO 41
CLASSIFICAÇÃO DOS
MÚSCULOS

42
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
CLASSIFICAÇÃO
• Critérios de classificação:
1. Forma e direção de fibras

2. Número de tendões de origem

3. Número de tendões de inserção

4. Número de ventres

5. Ação

6. Função
43
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
CLASSIFICAÇÃO
• Critérios de classificação:
1. Forma e direção de fibras

2. Número de tendões de origem

3. Número de tendões de inserção

4. Número de ventres

5. Ação

6. Função
44
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
FORMA E ARRANJO DAS FIBRAS
• Fibras paralelas: • Fibras oblíquas:
• Músculos longos
• Cilíndricos
• Fusiformes
• Unipenados
• Cônicos
• Bipenados
• Músculos largos
• Rombóides • Multipenados
• Quadrangulares
• Triangulares

• Músculos breves ou
curtos

• Músculos circulares

45
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
FIBRAS PARALELAS

cilíndrico Fusiforme Triangular Rombóide

Quadrangular Curto 46
Circular
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
FIBRAS OBLÍQUAS

Unipenado Bipenado Multipenado

* Ângulo de inserção da fibra - órgão ou tendão 47


ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
CLASSIFICAÇÃO
• Critérios de classificação:
1. Forma e direção de fibras

2. Número de tendões de origem

3. Número de tendões de inserção

4. Número de ventres

5. Ação

6. Função
48
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
NÚMERO DE ORIGENS

Bíceps Tríceps Quadríceps

49
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
NÚMERO DE INSERÇÕES

Unicaudado Bicaudado Policaudado

50
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
CLASSIFICAÇÃO
• Critérios de classificação:
1. Forma e direção de fibras

2. Número de tendões de origem

3. Número de tendões de inserção

4. Número de ventres

5. Ação

6. Função
51
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
NÚMERO DE VENTRES

Digástrico Poligástrico
52
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
CLASSIFICAÇÃO
• Critérios de classificação:
1. Forma e direção de fibras

2. Número de tendões de origem

3. Número de tendões de inserção

4. Número de ventres

5. Ação

6. Função
53
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
AÇÃO MUSCULAR
• Depende do movimento principal realizado:
• Flexor
• Extensor
• Abdutor
• Adutor
• Levantador
• Depressor
• Pronador
• Supinador

54
ANATOMIA DO SISTEMA MUSCULAR
FUNÇÃO
• Agonista
- é o agente principal de um movimento.

• Antagonista
- opõe-se à ação do agonista para regular a rapidez e
potência do mesmo.

• Sinergista
- elimina movimentos indesejados produzidos pelo
agonista.

• Fixadores ou Posturais
- músculos que não estão diretamente relacionados
com o movimento principal  possibilitam
estabilidade. 55
VAMOS TRABALHAR!!!

56
OBRIGADO!
CONTATOS: profdanteuninove@gmail.com; FACE: Dante Simionato

57