You are on page 1of 2

Em terceiro lugar, as tempestades da vida são inadiministráveis.

Elas5 ATIVIDADE SEMANAL DA IGREJA


são maiores do que nossas forças. Os discípulos se esforçaram para
contornar o problema, para saírem ilesos da tempestade. Mas eles Fidelidade às Escrituras, Simplicidade no Culto, Santidade na Vida
DOMINGO – 09h:30m – Escola Dominical
nada puderam fazer para enfrentar a fúria do vento. Seus esforços não Fundada em 05 de Junho de 2006
DOMINGO – 19:00h – Culto Noturno
puderam vencer o problema. Eles precisaram clamar a Jesus. O pro- QUARTA – 19h:15m – Oração e Doutrina Rua João Mateus de Souza 319 –a Açudinho
blema era maior do que a capacidade deles de resolver. Há problemas Sábado – 16:00h – Oração do “Projeto Ana”

que nos deixam com uma profunda sensação de impotência. Não Shabbath Cristão, 10 de março de 2019
temos força para resistir a fúria dos ventos e a força das ondas. Certa ANO Iv- BOLETIM - 226
feita, Josafá, rei de Judá, foi encurralado por três inimigos que se Aniversariante do Mês Marcos 4.35-41
armaram até os dentes para atacar Jerusalém. Mandaram-lhe um
“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos cora- INTRODUÇÃO Conselho da Igreja
recado insolente, dizendo que o rei não podia escapar de suas mãos.
ções sábios” (Sl 90.12). Deus é bom, sempre bom. Às vezes, porém, não conseguimos
Josafá teve medo, pôs-se a buscar a Deus e decretou um jejum em Rev. João França
ver a bondade de Deus nas circunstâncias da vida, mas, mes-
toda a nação. Então, Josafá orou e disse: “Ó Deus não há em nós for- mo assim, Deus continua sendo sempre bom. Havia um
súdito que dizia sempre para o rei que Deus é bom. Um dia
Presb. Luis Lima
ça para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós e não saíram para caçar e um animal feroz atacou o rei e ele perdeu
Presb. José Adelino
o dedo mínimo. O súdito ainda lhe disse: Deus é bom. O rei
sabemos o que fazer, mas os nossos olhos estão postos em ti” (2 Cr mandou prendê-lo. Noutra caçada o rei foi capturado por
índios antropófagos. Na hora do sacrifício o cacique percebeu Junta Diaconal
20:12). Quando o problema é maior do que a nossa força, quando que ele era imperfeito, porque lhe faltava um dedo. O rei foi
não temos capacidade nem estratégia, precisamos olhar para Deus e solto e chegou para o súdito e disse-lhe: é verdade, Deus é Diác. Antônio Oliveira
bom. Mas por que então, eu lhe mandei para a prisão? O
depender dele, pois quando a tempestade está fora do nosso controle, súdito, respondeu: porque se estivesse contigo eu seria sacrifi- Diác. Antônio Souza.
cado. As tempestades da vida não anulam a bondade de Deus.
certamente não está fora do controle de Deus. Não haveria o arco-íris sem a tempestade, nem o dom das Congregação
Viste o site da IPB de Riachão: lágrimas sem a dor. Só conseguimos enxergar a majestade dos
Em quarto lugar, as tempestades da vida são surpreendentes. Elas www.ipbderiachao.blogspot.com.br montes quando estamos no vale. Só enxergamos o brilho das Sandro Rocha
estrelas quando a noite está trevosa É das profundezas da
podem transformar cenários domésticos em lugares ameaçadores. O nossa angústia que nos erguemos para as maiores conquistas
Heldade Pinto
Visite o nosso canal no site da igreja. da vida. Jesus passara todo o dia ensinando à beira-mar sobre
Mar da Galiléia era um lugar muito conhecido daqueles discípulos. o Reino de Deus. Ao final da tarde, ele deu uma ordem para
os discípulos para entrarem no barco e passarem para a outra Presb. Joaquim
Alguns deles eram pescadores profissionais e conheciam cada palmo margem, para a região de Gadara, onde havia um homem
daquele lago. Muitas vezes eles cruzaram aquele mar lançando suas possesso. Enquanto atravessam o mar, Jesus cansado da faina, Programação:
dormiu e uma tempestade terrível os surpreendeu, enchendo
redes. Ali era o lugar do seu ganha pão. Mas agora, estão em apuros. Dízimos e ofertas dágua o barco. Os discípulos apavorados clamaram a Jesus. Domingo: 9h 30min
Ele repreendeu o vento, o mar e os discípulos e aqueles
O comum tornou-se um monstro indomável. Aquilo que parecia ser “Devolva ao Senhor os dízimos e as ofertas para que haja mantimento homens apavorados com a fúria dos ventos ficaram maravi- Culto Solene
lhados diante do seu milagre.
administrável torna-se uma força incontrolável. Muitas vezes, as tem- na casa do Senhor” Escola Dominical
pestades mais borrascosas que enfrentamos na vida não vêm de hori- I. COMO SÃO AS TEMPESTADES DA VIDA

zontes distantes nem trazem coisas novas, mas apanham aquilo que Domingo: 19h
Motivos de oração Aprendemos aqui algumas lições importantes:
Em primeiro lugar, as tempestades da vida são inesperadas.
era ordinário e comum em nossa vida e bota tudo de cabeça para William Barclay diz que o Mar da Galiléia era famoso por suas
Culto Solene
baixo. Muitas vezes, é o cônjuge que foi fiel tantos anos que dá uma 1. pelos enfermos de nossa congregação tempestades. É um lago de águas doces, de 21 quilômetros de
comprimento por 14 de largura, há 220 metros a baixo do Quarta-feira: 19h
guinada e se transforma numa pessoa amarga, agressiva e abandona o 2. por nossa cidade nível do Mar Mediterrâneo e é cercado de montanhas por três
lados, que têm até 300 metros de altura. Os ventos gelados do Oração e Doutrina
casamento para viver uma aventura com outra pessoa. Outras vezes, Monte Hermon (2.790m), coberto de neve durante todo o
3. por nosso país. ano, algumas vezes, descem com fúria dessa região alcantilada
é o filho obediente que resvala os pés e transforma-se numa pessoa e sopram com violência, encurralados pelos montes, caindo
agressiva, irreverente, dissimulada e insolente com os pais. Ainda 4. Pelas famílias de nossa congregação.
sobre o lago, encrespando as ondas e provocando terríveis
tempestades. A palavra usada é seismós terremoto (Mt 24:7).
hoje, há momentos em que as crises maiores que enfrentamos nos As tempestades da vida são também inesperadas: é um aciden-
te, uma enfermidade, uma crise no casamento, um desempre-
vêm daqueles lugares onde sentíamo-nos mais seguros. go. As tempestades não mandam telegrama. Elas chegam em
Uma publicação da Igreja Presbiteriana de Conceição do Coité —BA nossa vida sem mandar recado e sem pedir licença.

Supervisão Final: Rev .João Ricardo Ferreira de França


www.ipbderiachao.blgospot.com.br
2 www.ipbderiachao.blogspot.com.br 4

Culto 9:30hs Culto 19:00h. IGREJA PRESBITERIANA DE CONCEIÇÃO DO COITÉ - BA


Domingo de manhã (Domino ) Em segundo lugar, as tempestades da vida são perigo-
I - Senhor a ti Adoramos I - Senhor a ti Adoramos sas. Mateus diz que o barco era varrido pelas ondas
# - Oração Invocação # - Oração Invocação (Mt 8:24). Marcos diz que se levantou grande tempo-
# - Leitura Bíblica Alternada: - # - Leitura Bíblica Alternada:
ral de vento, e as ondas se arremessavam contra o
# Salmos 101 barco, de modo que o mesmo já estava a encher-se de
# Mateus 6.9-13 água (Mc 4:37). Lucas diz que sobreveio uma tempes-

DISCIPULADO REFORADO
# HNC - 26 - Ao Deus Grandioso # - HNC - 17 - Deus seja Louvado tade de vento no lago, correndo eles o perigo de soço-
II - Senhor a ti Confessamos II - Senhor a ti Confessamos brar (Lc 8:23). As tempestades da vida também são
* [liturgo] Leitura de Contrição: * [liturgo] Leitura de Contrição: ameaçadoras. Elas são perigosas. São verdadeiros aba-
* Salmos 32.1-7 * Romanos 3.23-26
los sísmicos e terremotos na nossa vida.
* Oração em silêncio confessante Eu morei nos Estados Unidos com minha família no
* Oração em silêncio confessante ano 2000 e 2001. Estava no meu ano sabático, fazendo
*Oração audível de confissão e gratidão pelo perdão. *Oração audível de confissão e gratidão pelo perdão. doutorado em ministério na área de pregação no Se-
* Novo Cântico - 71– Perdão. * Novo Cântico - 136 – Rocha Eterna. minário Reformado de Jackson, Mississippi. Durante
III - Senhor a ti Louvamos III - Senhor a ti Louvamos todo o tempo que lá vivemos, ficamos encantados com
# - Leitura Bíblica Alternada: João 1.1-14 # - Leitura Bíblica Alternada: Jeremias 3.1-18
a pujança da nação e a segurança que seus cidadãos
# - Oração de Louvor gozavam. Findo o nosso tempo na América, era hora
# - Oração de Louvor de voltar ao Brasil. Nossas malas já estavam prontas.
# - Cânticos de Louvor: # - Cânticos de Louvor: Nossas passagens já estavam marcadas para regressar-
IV - Senhor tu que falas à Tua Igreja. IV - Senhor tu que falas à Tua Igreja. mos ao Brasil no dia 12 de setembro de 2001. No dia
* Oração. * Pregação da Palavra 11 de setembro, fui ao seminário para entregar minha
*Escola Dominical. tese e concluir todos os meus compromissos acadêmi-
 Santa ceia.
cos. De repente comecei assistir uma cena cinemato-
V - Senhor a ti Dedicamos: 1ª Co 16.1-2. gráfica. As torres gêmeas do World Trade Center
# Exortação. estavam em chamas. Pensei que fosse um filme de
# Cântico: 177 - Firmes nas Promessas. (ofertório) ficção. Quando cheguei em casa, minha esposa estava
# Oração final alarmada. Não era um filme, mas uma cena real e
dramática de um atentado terrorista. O símbolo maior
da pujança econômica da nação estava entrando em
colapso. Jamais podia imaginar que o país mais pode-
roso do mundo pudesse ser tão vulnerável. A tempes-
tade havia chegado repentinamente e de forma avassa-
ladora.