You are on page 1of 4

IESPlan Instituto de Ensino Superior Planalto

FacPlan Faculdades Planalto


SEPS AV. W5 SUL – EQ 708/907 – Brasília - DF – CEP: 70390-070 - Fone: 443-2769 –
Fax: 443-2933

PLANO DE ENSINO
1. IDENTIFICAÇÃO
INSTITUIÇÃO: IESPLAN – Instituto de Ensino Superior Planalto
CURSO: ENGENHARIA CIVIL
DISCIPLINA: Sistemas de Transportes
PROFESSOR: Édison de Oliveira Vianna Jr.
SEMESTRE: 2º/2011 CARGA HORÁRIA: 76 horas

2. EMENTA
A engenharia de Transportes: Aspectos tecnológicos, econômicos e ambientais dos
sistemas de transportes intra-regionais e inter-regionais, os diversos modos e seu
inter-relacionamento. Aspectos ambientais relacionados à engenharia de transportes
e metodologia de modelagem matemática de redes de transportes.

3. CONTRIBUIÇÃO PARA OS OBJETIVOS DO CURSO

Dar ao aluno a capacidade de compreensão e análise dos sistemas de transportes


nos diversos modos, a relação entre estes, sob o ponto de vista da engenharia de
transportes, permitindo a avaliação quantitativa e qualitativa dos serviços oferecidos,
ou a serem oferecidos em sistemas projetados. O dimensionamento de suas partes e
componentes, sob o ponto de vista da capacidade e adequação.

4. OBJETIVO GERAL
Capacitar o aluno a realizar análise de sistemas de transportes, sejam estes
terrestres, aquaviários aéreos ou dutoviários, em sistemas implantados ou a construir.

5. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Permitir que o aluno possa avaliar o nível de serviço em sistemas de transportes, sob
o ponto de vista da capacidade, segurança e adequação às boas técnicas de projeto,
operação e gestão de sistemas de transportes. A Disciplina de sistemas de
Transportes apresenta ao futuro engenheiro os aspectos tecnológicos, econômicos,
sociais e ambientais da engenharia de transportes. Trata-se de uma disciplina de
fundamental importância na formação do engenheiro civil em um país que detêm
características que necessitam da integração de diversos modos de transportes. São
abordados nesta disciplina tópicos relacionados a: conceituação dos diversos modos
de transportes, a teoria básica de tráfego, capacidades dos sistemas, noções de
planejamento, gerenciamento de sistemas de transportes, estimativa de geração de
IESPlan Instituto de Ensino Superior Planalto
FacPlan Faculdades Planalto
SEPS AV. W5 SUL – EQ 708/907 – Brasília - DF – CEP: 70390-070 - Fone: 443-2769 –
Fax: 443-2933

viagens, coleta e análise de dados.

6. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

6.1 Conceitos básicos de sistemas de transportes.


6.2 A profissão do engenheiro de transportes e a organização dos sistemas de
transportes no Brasil;
6.3. Estudos de engenharia de tráfego, definição do número n características do
condutor, pedestre, do veículo e via, segurança em vias urbanas e rurais princípios
fundamentais do fluxo de tráfego;
6.4 Planejamento de transportes, o processo de planejamento dos transportes
Estimação e predição de demanda de viagens. Oferta e demanda de serviços de
transportes e relação entre oferta e emanda;
6.5 Transportes urbanos, mobilidade urbana, pólos geradores de tráfego, automação
urbana, ciclovias e pedestres, pessoas portadoras de deficiências e Bus Rapid
Transit;
6.6 Drenagem em estradas, cálculo da bacia de contribuição, pluviosidade,
dimensionamento de galerias e bueiros;
6. Economia, meio ambiente e transportes, economia e os transportes, consumo de
energia e emissões, estudos de viabilidade técnico-econômica e ambiental,
licenciamento de obras de transportes;
6.9 Logística, Sistemas logísticos,
7.0 Tecnologia embarcada, automação e os transportes e segurança dos transportes.
7. METODOLOGIA DE ENSINO
A metodologia adotada é baseada em aulas expositivas sobre o conteúdo
programático e de exercícios feitos em sala de aula e para fixação e avaliação, ou
fora das aulas.

8. AVALIAÇÃO
IESPlan Instituto de Ensino Superior Planalto
FacPlan Faculdades Planalto
SEPS AV. W5 SUL – EQ 708/907 – Brasília - DF – CEP: 70390-070 - Fone: 443-2769 –
Fax: 443-2933

Serão considerados os seguintes itens para a Menção Final (MF) do aluno:


As avaliações por bimestre distribuídas da seguinte forma:
1a avaliação (prova P1) do 10 bimestre – 1,0 ponto
Exercício de pesquisa origem-destino (exercício E 1)– 1,0
2a avaliação (prova P2) do 10 bimestre – 2,0 pontos

1a avaliação (prova P1) do 20 bimestre – 1,5 pontos


Exercício de projeto de garagens e acessos (exercício E 1) – 1,0
2 avaliação (prova P2) do 20 bimestre – 2,5 pontos
a

Exercício de superelevação (exercício E2)– 1,0

Cálculo da média do bimestre (MB).


MB1=Nota do 1a bimestre. MB1=P1+2P2+E1; 0< M1<4
MB2=Nota do 2a bimestre. MB2=1,5P1+2,5P2+E1; 0< M2<6
Cálculo da média final (MF).
Soma das médias dos bimestres MF = MB1 + MB2 ; 0< MB<10
Será aprovado o aluno que obtiver média final maior ou igual a 5,0 (cinco) e 75% de
freqüência.
Data das avaliações do 10 Bimestre
1a Avaliação do bimestral – __/__/2011
2a Avaliação do bimestral – __/__/2011
3a Avaliação do bimestral – __/__/2011
Data das avaliações do 20 Bimestre
1a Avaliação do bimestral – __/__/2011
2a Avaliação do bimestral – __/__/2011
3a Avaliação do bimestral – __/__/2011
4a Avaliação do bimestral – __/__/2011

9. FREQUÊNCIA

É exigida a presença contínua do aluno durante toda aula. A verificação da freqüência


será rigorosa e será atribuída falta ao aluno que sair da sala de aula sem justificativa.
O aluno que faltar a mais que 25% das aulas receberá a nota zero.

10. ATIVIDADES DISCENTES

Listas de exercícios para a prova, e trabalhos didáticos.

11. BIBLIOGRAFIA BÁSICA


IESPlan Instituto de Ensino Superior Planalto
FacPlan Faculdades Planalto
SEPS AV. W5 SUL – EQ 708/907 – Brasília - DF – CEP: 70390-070 - Fone: 443-2769 –
Fax: 443-2933

Novaes, Antonio Galvão – Sistemas de Transportes – Volume 1: Análise da demanda /


São Paulo : Edgard Blücher, 1986.
Novaes, Antonio Galvão – Sistemas de Transportes – Volume 2: Análise da oferta /
São Paulo : Edgard Blücher, 1986.
Novaes, Antonio Galvão – Sistemas de Transportes – Volume 3: Análise da relação
entre demanda e oferta / São Paulo : Edgard Blücher, 1986.
ITDP – Institute for Transportation & Development Policy – Manual de BRT – Guia
de Planejamento – Tradução do Ministério das Cidades – Brasília, 2008.
Vasconcelos, Eduardo de Alcântara de. – A cidade o transporte e o trânsito. São
Paulo : Prolivros, 2005.
BRUTON, M.J. Introdução ao planejamento dos transportes. Interciência. São
Paulo.1978.
12. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
Garber & Hoel – Nicholas j. Garber and Lester A. Hoel - Traffic and Highway
Engineering – CENGAGE Learning – University of Virginia - 4ª Edição - 2009
Portugal & Goldner – Licínio da Silva Portugal e Lenise Grando Goldner – Estudo de
pólos geradores de tráfego e de seus impactos nos sistemas viários e de transportes.
Editora Blücher LTDA. São Paulo. 2003.
Lee, Schu Han – Introdução ao projeto geométrico de rodovias. – Florianópolis :
Editora da Universidade Federal de Santa Catarina – 2002.
DUARTE P. G. Morales. Planejamento Cicloviário: Contribuição para uma melhoria na
qualidade de vida na cidade de Campos dos Goytacazes. Relatório técnico 03/2002.
CANALES P. G. Morales. Uma previsão da demanda de viagens na cidade de campos
dos Goytacazes. 1 o Encontro Norte Fluminense de engenharia de produção.
Campos, RJ, 2001.