You are on page 1of 45

CNE - Corpo Nacional de Escutas

Caderno
de Descobertas
Exploradores e Moços
2
Caderno de Descobertas
II Secção
Exploradores/Moços
O Caderno de Descobertas divide-se em 7 partes
às quais podes acrescentar fichas técnicas,
informativas e outras que tu mesmo cries.

FICHA TÉCNICA

Título: Caderno de Descobertas - Exploradores e Moços
Autor: CNE – Secretaria Nacional Pedagógica
Revisão: CNE – Secretaria Nacional Pedagógica
Ilustrações: Nósnalinha - Miguel Gabriel
Capa e Paginação: Nósnalinha
Impressão: Tal simplicidade! - Publicidade, Lda.
Ano: 2010

Depósito Legal:
ISBN: 978-972-740-164-2

Edição:
Corpo Nacional de Escutas
Escutismo Católico Português

Apoio:

2
Tabela de conteúdos
Introdução ao Caderno de Descobertas
O que é ser Explorador/Moço... ............................................... p. 7
Como funciona? ..................................................................... p. 9

Apelo
Introdução
O que se espera de ti na fase do Apelo? ................................ p. 13 ao
O que é isto de Escutismo? ................................................... p. 14
Corpo Nacional de Escutas - A Associação . ........................... p. 16
Como se organizam os Exploradores? ................................... p. 17
O que é uma Patrulha? ......................................................... p. 18
Caderno de Descobertas
Em que acreditam? ............................................................... p. 22
Como viver uma Aventura/Expedição? . ................................. p. 27
A minha vivência nos Exploradores . ...................................... p. 31
Estou pronto para o meu compromisso? . .............................. p. 34

Promessa
O dia da minha Promessa ..................................................... p. 37

Progresso
O meu percurso .................................................................... p. 43
Objectivos Educativos da II Secção ........................................ p. 49

Reconhecimento
Acabei o meu percurso ......................................................... p. 57

Adesão Informal
Estou no meu último ano dos Exploradores/Moços.
E agora? . ............................................................................. p. 61

Passagem
O dia da minha passagem ............................................ p. 65

4 5
O que é ser Explorador/Moço...

Ola ! Bem-vindo!

Parabéns! Estás nos Escuteiros, nos Exploradores/Moços.
Antes de mais explicar-te porque temos dois nomes para os Escuteiros
da mesma idade. É que existem alguns Escuteiros que vivem as suas
actividades sobretudo na água. Por esse facto usam nomes diferentes,
que estão mais de acordo com o meio aquático. São os Escuteiros
Marítimos!1
No Escutismo vais encontrar outros rapazes e raparigas que, como tu,
também um dia vieram para os Escuteiros, os Exploradores.
Vais ainda ter alguém que estará ao teu lado para tudo o que precisares
e que te vai ajudar em todas as situações. Os Dirigentes.

1
Ao longo deste Caderno de Descobertas, sempre que se ler a palavra Explorador deve
subentender-se dizer respeito, também, e relativamente aos Escuteiros Marítimos, aos
Moços. Do mesmo modo, relativamente a Patrulha/Tripulação, Guia/Timoneiro, Sub-
Guia/Sota-Timoneiro, Expedição/Flotilha, Aventura/Expedição, Pioneiro/Marinheiro,
Comunidade/Frota, Equipa/Equipagem e Empreendimento/Cruzeiro.

6 7
Terás a oportunidade de descobrir um mundo fantástico! Como funciona?
Terás amigos e companheiros de inúmeras aventuras que vais poder
preparar e viver.
Sim, isso mesmo! Vais ajudar a preparar tudo o que vais fazer porque aqui
a tua opinião conta e é importante!
Nessas aventuras terás oportunidade de descobrir locais diferentes, de
aprender a fazer coisas por ti próprio (já pensaste em comer numa
mesa feita por ti?), de jogar muitos jogos divertidos (que não só o
futebol ou jogos de computador), de partilhar uma fogueira à noite
com os teus amigos, de “caçar tesouros” incríveis e muito, muito
mais...
Para que tudo isto funcione há algumas regras que é preciso que todos
cumpram (tem lógica, não achas?).
Vais ver que estas regras não são um conjunto de coisas chatas e difíceis
O escutismo
de cumprir. Pelo contrário, já existem há muito, muito tempo e são é um

”jogo”
cumpridas por todos os Escuteiros do Mundo, e facilmente as vais
saber, entender e depois pôr em prática.
Nos Exploradores nunca vais estar sozinho!
Vais começar por pertencer a um grupo mais pequeno: a tua Patrulha/
Tripulação. É com ela que vais ter a maior parte das
A vantagem de seres Escuteiro é que vais jogar em conjunto com rapazes
aventuras.
e raparigas da tua idade. Tu sabes que qualquer jogo tem regras
Será com os amigos que vais criar na Patrulha que próprias, pois estas servem para te ajudar a ti e aos outros a “jogar”
vais viver inúmeros momentos de alegria e de de forma leal.
partilha que vão ficar bem gravados na tua
O esquema que se segue retrata o percurso natural que cada Escuteiro
memória e recordarás pela tua vida fora.
percorre na secção em que acabas de entrar. Cada um destes passos
será explicado nos capítulos seguintes, mas antes vê o esquema que te
apresentamos para perceberes como é que todo este ”jogo” funciona.

8 9
Consegues identificar em que fase do percurso te encontras?

Apelo Nesta fase vais perceber o que se espera de um Explorador
e o que tens de fazer até que te sintas preparado para o teu
compromisso. A tua Promessa.

Promessa Já reflectiste e sentes-te preparado para assumir o compro-
misso de seres Escuteiro, Explorador do CNE? Usar um lenço
ao pescoço ou mudar de lenço é para nós, Escuteiros, um
marco importante na nossa vida!

Etapas de Agora vais encontrar um sistema de progresso com três eta-
progresso pas. Em cada uma delas, o Explorador deve crescer em seis
áreas de desenvolvimento, as FACEIS. És tu que escolhes o
teu percurso, com o apoio do teu Guia/Timoneiro e da equipa de animação.

Reconhecimento
Concluiste o teu progresso? Então estás de parabéns.
Mereces um prémio de mérito. Sabes qual é?

Adesão Informal Chegou a altura de começares a perceber o que te espera no
final desta tua passagem nos Exploradores.
Os Pioneiros/Marinheiros têm muitas propostas interessantes para ti.

Passagem Acabaste o teu percurso nos Exploradores! Estás preparado para
dar um passo em frente na tua caminhada escutista? Dentro de
pouco tempo vais passar para os Pioneiros, uma secção onde
vais ter novos desafios e novas vivências que te farão crescer ainda mais!
Apelo
10 11
O que se espera de ti na fase do APELO?

Quando chegas a um novo sítio, deves primeiro conhecer a sua história,
quem lá esteve, como funciona... No fundo, o que se espera de ti,
depois de estares integrado algum tempo nesta secção, é preciso que
saibas responder às seguintes perguntas:

O que tens de saber responder na fase do Apelo ... Cumprido?

Quando e como surgiu o Escutismo e o CNE?
Como se organiza o CNE?
Quem foi Baden-Powell?
Conheces a Lei, os Princípios e a Oração do Escuta?
Como se organizam os Exploradores?
Quais são os Cargos existentes nas Patrulhas
dos Exploradores?
Qual o Imaginário e Mística dos Exploradores?
Conheces o Patrono dos Exploradores (São Tiago)?
E o da tua Expedição/Flotilha?
Já sabes trabalhar e viver em Patrulha?
Já conheces as Áreas de Desenvolvimento e os Trilhos que terás
de escolher para a tua 1ª etapa - Aliança?
Já participaste numa Aventura/Expedição?

Aqui a tua equipa de animação pode (não é obrigatório) acrescentar algumas
perguntas ou tarefas específicas à realidade local do teu agrupamento.

12 13
O que é isto do Escutismo?

O Escutismo é uma viagem de descoberta e, sem dúvida nenhuma,
um dos períodos mais fantásticos da tua vida. E é pelo jogo que, no
Escutismo, vais conseguir viver aventuras em reinos imaginários e vais
adquirir novos conhecimentos e uma nova forma de olhares para as
coisas.
Robert Baden-Powell of Gilwell (B.-P.)
(1857 – 1941) Como escuteiro, vais aprender a conhecer-te melhor e a amar o mundo,
Fundador do Movimento Escutista, em 1907
brincando, aprendendo, explorando, descobrindo, etc. E o Escutismo
vai-te ajudar a tornares-te mais responsável e capaz de te ajudares a
ti, à tua família e à tua comunidade.
”O Escutismo é um alegre divertimento ao ar livre, onde homens, rapazes
e raparigas podem, em conjunto, entregar-se à aventura como irmãos
mais velhos e mais novos, colhendo saúde e felicidade, habilidade
manual e espírito de auxiliar o próximo.”

O Escutismo - Movimento Mundial
O Escutismo é uma fraternidade mundial, um organismo que, na prática,
não olha a diferenças de classe, crença, país ou etnia. Talvez por causa
disto, nunca parou de crescer desde que foi fundado em 1907 e agora
abrange mais de 216 países e territórios.
É coordenado pela Organização Mundial do Movimento Escutista
(OMME ou WOSM, em inglês). É por causa desta dimensão à escala
mundial que há uma enorme possibilidade de fazeres actividades
internacionais e conheceres outros jovens, outros países e outras
culturas. Aí vais ter a possibilidade de sentires a magia única de
pertenceres a este grande movimento, de estares em comunhão
com milhões de outras pessoas, de partilhares os mesmos ideais, os
mesmos símbolos,...
Vê mais em www.scout.org

14 15
Corpo Nacional de Escutas - A Associação? Como se organizam os Exploradores?

O CNE – Corpo Nacional de Escutas é a maior organização de A Expedição é constituída por um conjunto de rapazes e raparigas
juventude de Portugal, é um movimento da Igreja Católica e está divididos em Patrulhas, com idade entre os 10 e os 14 anos, e pela
implantado em mais de 1000 Agrupamentos, distribuídos por todas equipa de animação.
as regiões do país, que são geridos por Juntas Regionais e Juntas de
Para poder funcionar de forma correcta, esta unidade tem várias reuniões,
Núcleo. Há também uma Junta Central, sediada em Lisboa, onde se
que tratam diferentes assuntos e onde estão presentes diversas
concentram todas as informações e se gere tudo o que diz respeito à
pessoas. Confuso?... Vais ver que é fácil de entender!
Associação.
Tu agora fazes parte desta Associação!
Vê mais em www.cne-escutismo.pt

16 17
O que é uma Patrulha?
Começa
Assim que entras na Expedição, vais ser integrado numa Patrulha! Ora,
o que é uma Patrulha?
ja hoje!
• Uma Patrulha é um grupo de rapazes e raparigas, entre 4 e 8 pessoas,
de diferentes idades, que constituem um pequeno grupo dentro da
Expedição. Cada Expedição deve ter no máximo 5 Patrulhas e no
mínimo 2. A tua Expedição não tem 2 Patrulhas? A tua equipa de
• Na Base (local de encontro da Expedição), a Patrulha deve ter o seu
animação deve estar preocupada com isso... É importante esse número
Canto de Patrulha, decorado pelos seus elementos, onde se reúnem e
para poderem jogar ”uns contra os outros”.
onde estão guardados os seus materiais e troféus.
• A Patrulha tem o nome de um animal, designado por Totem de Patrulha,
Dentro da tua Patrulha vais ver que todos têm um cargo a desempenhar:
que é escolhido pelas suas características e com as quais todos os
há quem seja o secretário, o tesoureiro, o responsável de material,
elementos da Patrulha se identificam. No caso das Tripulações o
o socorrista ou o animador. Nas Tripulações os cargos têm nomes
animal escolhido deve ser um animal ligado ao meio aquático. Esse
diferentes: o escrivão, o moço do detalhe, o moço do paiol, o
animal aparece na Bandeirola da Patrulha, o seu som é usado pelos
cozinheiro ou o botica. Também tu vais ser chamado a desempenhar
elementos em jogos, reuniões e para se chamarem uns aos outros
um cargo dentro da tua Patrulha e deves fazer o possível por aprender
(Grito de Patrulha) e as suas características servem ainda de inspiração
a desempenhá-lo bem, pois os outros elementos contam contigo para
para se criar um Lema ou Divisa de Patrulha (Ex: Patrulha Cão - Sempre
ajudares sempre que for preciso. Não precisas de ter receio de não
Fiéis).
saber fazer. Todos te devem dar uma ajuda, desde os elementos da tua
• Cada Patrulha deve ainda possuir o seu Livro de Ouro/Livro de Bordo, Patrulha aos mais velhos da equipa de animação.
onde vai guardando a sua história ao longo dos anos. Dá-lhe uma
Dentro da tua Patrulha há ainda dois elementos que têm uma grande
vista de olhos... Vais ver que alguns elementos mais velhos do teu
obrigação de te ajudar em tudo o que precisares: o Guia de Patrulha/
Agrupamento já passaram pela Patrulha em que estás agora!! O quê?
Timoneiro e o Sub-Guia de Patrulha/Sota-Timoneiro.
Ainda não existe? Então está na altura de serem vocês a iniciar este
Livro. Normalmente são Exploradores já mais velhos e mais experientes. O Guia
deve dirigir e animar a Patrulha e o Sub-Guia ajuda-o em todas as
tarefas necessárias ou substitui-o quando o Guia não está.

18 19
Para ter todos estes grupos a funcionar correctamente há várias reuniões directamente ligados ao caso que se vai analisar. Estes últimos apenas
que acontecem: estão presentes numa fase inicial do Conselho da Lei para apresentar
a sua versão da história ou a sua “defesa”.
• Conselho de Guias - é uma reunião que acontece pelo menos de
15 em 15 dias, onde estão presentes o Guia de Expedição, os Guias O Conselho da Lei pode chamar outras pessoas (para ajudar à tomada
de Patrulha, os Sub-Guias e o Chefe de Unidade e seu Adjunto, bem de decisão sobre o caso) e estas podem ser tão diversas como: pais,
como o Assistente de Agrupamento. O Conselho de Guias decide sobre encarregados de educação, Chefe de Agrupamento, testemunhas do
todos os assuntos gerais da Unidade. caso, entre outros que se considerem importantes para se tomar uma
decisão justa.
É aqui que se tomam as decisões sobre a vida da Unidade e onde os
Guias de Patrulha transmitem a opinião e as ideias da sua Patrulha aos • Conselho de Expedição - é uma reunião, onde estão presentes todos
restantes Guias e ao Chefe. os elementos que pertencem à Expedição. É o local onde se tomam
as grandes decisões em conjunto, onde se votam os projectos de
O Conselho de Guias é dirigido pelo Guia de Expedição/Flotilha (um Guia
actividades que a Expedição vai desenvolver (cada elemento presente
escolhido de entre os Guias pelo Chefe) ou por um Guia/Timoneiro
tem direito a votar, menos os Chefes!), onde se dão sugestões para
escolhido para a ocasião. Esta tarefa deve rodar entre os elementos do
melhoria de alguma actividade que foi escolhida e onde se discutem
Conselho de vez em quando.
as necessidades que a Unidade tem como um todo para poder levar a
Durante o Conselho de Guias deve haver um Guia que faça a função de cabo alguma tarefa.
secretário do Conselho para que todas as decisões fiquem registadas,
de forma a não haver esquecimentos. Esta também deve ser uma
função rotativa entre todos os membros do Conselho de Guias.
O Chefe de Unidade está presente para ajudar na tomada de decisão, para
aconselhar, mas a decisão é sempre dos Guias. O Chefe de Unidade
não tem voto!
• Conselho da Lei - nos Casos em que alguém na Expedição desrespeita
a Lei do Escuta, o Conselho de Guias assume outras funções: em
situações disciplinares graves o Conselho de Guias assume-se
como Conselho da Lei para tomar uma decisão sobre o caso. Nesta
reunião estão presentes o Chefe de Expedição, os Guias de Patrulha,
o Assistente de Agrupamento e também os elementos que estão

20 21
Em que acreditam?

Para te ajudar neste caminho de descoberta,
terás o exemplo de São Tiago, patrono
dos Exploradores. Tiago foi chamado por
Jesus para ser um dos seus Apóstolos e
foi um Apóstolo especial, pois esteve
presente em alguns dos momentos
Os Exploradores não fazem actividades por fazer. mais importantes da vida de Jesus.
Nasceu na Galileia e era irmão de
Por trás delas há sempre um objectivo: atingir a Felicidade! um outro Apóstolo, João. Segundo a
tradição, foi um dos Apóstolos que mais
E, para isso, podem contar com a ajuda de Deus, que,
divulgou os ensinamentos de Jesus,
como sabes, está sempre presente!
principalmente após ter testemunhado
No caso dos Exploradores, deves ter em conta especialmente a parte a sua Ressurreição. Pensa-se mesmo
da história do Povo de Deus que fala sobre a descoberta da Terra que São Tiago terá chegado a viajar
Prometida. até à Península Ibérica, para divulgar o
exemplo de Jesus.
Deus criou tudo o que existe e, sabendo que apesar disso nos afastaríamos
d’Ele, deu-nos a oportunidade de fazer parte da grande família do Assim, São Tiago foi um autêntico explorador, pois aceitou pôr-se a
Povo de Deus, através de uma aliança. caminho, guiado pela estrela da fé que o animava e fortalecido
pelo desejo insaciável de a dar a conhecer. Mesmo sem saber que
Este pacto de Deus com os homens aconteceu no passado e continua a dificuldades iria encontrar, São Tiago partiu com o intuito de apontar,
acontecer no presente. De novo hoje, como outrora, Deus continua a também aos outros, o caminho para a Terra Prometida.
desafiar-nos: queres fazer parte do meu Povo? Queres saber como
lá chegar e conhecer a Terra Prometida? Este é o desafio que te é Para além da Estrela que o guiava, com ele levava algumas coisas que
colocado... pertencem sempre a um autêntico explorador: uma Vara , o Chapéu e
um Cantil
Temos uma Aliança com Ele e vamos tentar descobrir a Terra Prometida
que Ele prometeu, no Antigo Testamento, ao seu Povo. Com Fé, Estes três objectos, juntamente com a Estrela, são os símbolos da tua
Coragem e Audácia, vamos vencer um caminho, descobrir aquilo que secção. Falta apenas um - a Flor-de-lis - que é o símbolo mais forte da
significa a promessa de Deus e encontrar aqui mesmo ao lado a Sua tua secção e é aquele que só por si consegue identificar os Exploradores:
Terra Prometida. nos antigos mapas de exploração era esta flor que indicava o Norte.

22 23
Como São Tiago, também outros procuraram percorrer o caminho rumo à
Terra Prometida e divulgar os ensinamentos de Jesus. Há também muitos exploradores cujo exemplo podes seguir:

Imagem O que conheço Imagem O que conheço

Fernão de
Abraão Magalhães

Ernest
Moisés Shackleton

Neil
David Armstrong

Santo Gago
António Coutinho

Santa Isabel Sacadura
de Portugal Cabral

Jacques
Cousteau

24 25
Como viver uma Aventura/Expedição ?
Imagem O que conheço

Escolha
• Motivação em Conselho de Guias
Dian Fossey • Concepção de propostas de projecto em Patrulha
• Apresentação e Escolha em Conselho de Expedição
• Reunião de Patrulha para sugestões de enriquecimento,
funções e progresso
• Enriquecimento em Conselho de Guias

Vasco
da Gama
• Apresentação em Conselho de Expedição do Plano
Preparação da Aventura
• Reuniões de preparação
• Oficinas
Infante • Palestras
D. Henrique

• Chegou a altura de fazer todas as actividades que escolheste
Rosie Stancer Realização e preparaste

Avaliação
• Avaliação em Patrulha
• Conselho de Guias para finalizar a Avaliação
• Conselho de Expedição para apresentação da Avaliação
Avaliação e Celebração

Que tal se procurasses saber quem foram?
Conheces mais exemplos? Usa as linhas em branco.

26 27
Após a Escolha da Aventura, as Patrulhas devem reunir para que os Guias
ouçam dos elementos da sua Patrulha as sugestões de enriquecimento
a levar ao Conselho de Guias e também, muito importante, que funções
gostariam de assumir por forma a cumprirem o seu progresso. Assim
o Guia irá bem preparado com sugestões de enriquecimento e com a
proposta de progresso da sua Patrulha.
O Enriquecimento do Projecto eleito é feito pelo Conselho de Guias.
Este poderá optar por alterar algumas actividades ou datas, aproveitar
boas ideias de outros projectos e definir as funções específicas que
cada elemento deverá ter na Preparação da Aventura.
O primeiro passo da Preparação da Aventura é a apresentação do Plano
da Aventura a todos em Conselho de Expedição.
Ao longo de um ano escutista vais viver algumas Aventuras, que é Neste momento começa o trabalho de todos os elementos, na preparação
o nome dado aos projectos dos Exploradores. Uma Aventura é um das Grandes Actividades: oficinas, angariações de fundos, jogos e
conjunto de momentos e actividades que se desenvolvem ao longo dinâmicas... Preparação e vivência de tudo quanto tenha sido definido
de vários fins-de-semana de actividades (reuniões, jogos, oficinas,..). no Plano de Aventura.
No início de cada Aventura, o Conselho de Guias define as datas de início A Realização das Grandes Actividades são sempre os momentos mais
e fim dessa mesma Aventura e algumas ideias comuns, que devem aguardados, pois foi para viver esses momentos que todos os elementos
estar presentes nos projectos de Aventura das Patrulhas. Também trabalharam e desempenharam as suas funções.
define a data do Conselho de Expedição para a Escolha da Aventura.
No final da Aventura, é feita a sua Avaliação, primeiro em Patrulha e
Nesta altura, a tua Patrulha irá planear uma proposta de Aventura
depois em Conselho de Guias, para que não hajam os mesmo erros nas
para apresentar ao Conselho de Expedição. Este Conselho é uma
próximas Aventuras e para que estas sejam sempre melhor preparadas
reunião onde todos os Exploradores debatem e tomam decisões sobre
que as anteriores.
um assunto que seja importante para todos. No caso da Escolha da
Aventura, o Conselho de Expedição reúne para que sejam apresentadas Para a avaliação em Conselho de Guias os Guias devem, depois da
as propostas das Patrulhas e para que seja eleito, por votação individual Avaliação em Patrulha, levar o seu Caderno de Descobertas completo
de todos os Exploradores, o melhor Plano de Aventura apresentado. que servirá de base para o relatório da actividade, bem como o

28 29
A minha vivência nos Exploradores

progresso cumprido pelos elementos da sua Patrulha. No final da
A minha Patrulha
avaliação cada Patrulha deverá acrescentar um resumo da avaliação Elementos da Patrulha:
ao seu Caderno de Descobertas. Guia:_ ____________________________________
Totem: ____________________________________
Para dar como terminada a Aventura é vivido um momento de Expedição Telefone: __________________________________
de celebração, cujo principal objectivo é marcar o Encerramento da Email: _ ___________________________________
mesma e fazer a entrega das insígnias conquistadas.
Sub-Guia: ____________________________________________________
É muito importante que exista um Painel bem visível na tua Base para que Totem: ______________________________________________________
todos percebam como está a Aventura. Telefone: _____________________________________________________
Email _______________________________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

Cargo: _ _____________________________________________________
Totem:__________________ Nome: ________________________________
Telefone: ________________ Email: ________________________________

30 31
Fotografias da Patrulha

32 33
Estou pronto para o meu Compromisso?

Chegaste
Promessa
a uma altura em que vais ter que tomar uma decisão.
Deves perguntar a ti próprio se queres aderir sem reservas a este grande
Movimento e se queres ser Escuteiro de alma e coração.
Já estiveste uns meses integrado na tua Patrulha e numa Expedição e já
participaste em actividades típicas de Exploradores. Já sabes responder
a um conjunto de questões sobre isto de ser Escuteiro.
Por isso, já tens uma ideia de como podes divertir-te, partilhar e crescer.
Agora tens que tomar uma decisão. Essa deve ser uma decisão tua,
pensada por ti, sem interferências de ninguém. A Promessa é um acto
individual, um momento único, que nunca vais esquecer ao longo da
tua vida. Analisa-te bem e vê se estás pronto para viver um momento
inesquecível...
O compromisso que vais assumir, a tua Promessa de Escuteiro, liga-te
aos Escuteiros de todo o Mundo e de todos os tempos. Por isso, esta
deve ser uma decisão bem pensada da tua parte.
Relembra aquilo por que já passaste... Relembra bem todos os artigos
da Lei do Escuta e os Princípios do Escuta que vais prometer cumprir
daqui para a frente e todos os dias da tua vida. Sim, porque uma vez
Escuteiro... sempre Escuteiro!

34 35
O dia da minha Promessa
Chegou o dia da tua Promessa...

Recebeste um lenço novo, comprometeste-te a cumprir os teus deveres, a
auxiliar os outros, a obedecer à Lei. Tens aqui espaço para registares
as tuas impressões e guardares as tuas memórias.

Fiz a minha Promessa no dia ___/___/___

em _______________________________ (local).

O meu padrinho/madrinha foi _____________________________
_________________________________________________

Fizeram Promessa comigo os seguintes escuteiros:
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

O que mais gostei:
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

36 37
Mensagens:
Progresso

38 39
Progresso! O que tens de fazer?

Estas a começar um novo percurso, onde és tu que escolhes o teu caminho.
Deves, com a ajuda do teu Guia e da tua equipa de animação, compreender
o sistema de progresso que te permitirá cumprir os objectivos a que te
propões. Depois, escolhes o teu percurso, segundo aquilo que tu mais
queres aprender e onde achas que deves apostar para crescer mais e
melhor.
Não te esqueças que deves cumprir o teu percurso honrando a tua
Palavra de Escuteiro e nunca esquecendo a Lei e os Princípios a
que te comprometeste na Promessa!

40 41
Como escolho o meu percurso?

Como tens seis áreas de desenvolvimento, em cada etapa de progresso
terás que escolher seis trilhos.
A primeira coisa a fazer será reunir com o teu Guia e a tua equipa de
animação para te esclarecerem e ajudarem nas tuas escolhas.

Estas nos escuteiros para
cresceres
para seres mais
Durante o tempo que vais estar nos Exploradores, tens de crescer em seis
e melhor!.
áreas de desenvolvimento que são FACEIS
Física, Afectiva, Carácter, Espiritual, Intelectual e Social...
Para avançares no sistema de progresso, és tu que escolhes o teu percurso,
com apoio do teu Guia, da tua Patrulha e da tua equipa de animação.
Em três etapas, terás de cumprir todo o sistema de progresso.
Em cada etapa tens de escolher um trilho de cada área de desenvolvimento
em que sintas que é importante tu cresceres.

42 43
O meu Percurso

Sempre que iniciares uma etapa do teu progresso, depois da Promessa, em cada
Intelectual
uma destas áreas de desenvolvimento terás de escolher um trilho. Se tiveres
• Procuro saber sempre mais.
dúvidas pede ajuda ao teu Guia.
• Procuro soluções quando identifico problemas.
• Sou criativo quando apresento aquilo que penso
e imagino.

Físico Social
• Gosto de desenvolver as minhas capacidades. • Gosto de ser bom cidadão.
• Conheço-me e aceito as mudanças que ocorrem • Sou tolerante e solidário.
em mim. • Sei viver em grupo.
• Vivo de forma saudável.

Afectivo
• Relaciono-me com os outros respeitando as diferenças.
• Sei gerir as minhas emoções.
• Conheço-me e quero ser melhor.

Carácter
• Faço escolhas para abrir caminhos.
• Assumo as minhas escolhas.
• Vivo de acordo com as minhas ideias.

Espiritual
• Procuro conhecer a Igreja de Cristo.
• Vivo a Fé Cristã.
• Trabalho para a paz na Boa Acção.

44 45
Registo de Progresso - etapa Aliança Registo de Progresso – etapa Rumo

Área Aliança Área Rumo
Físico Trilho Físico Trilho
Como? Como?

Validação Validação
Afectivo Trilho Afectivo Trilho
Como? Como?

Validação Validação
Carácter Trilho Carácter Trilho
Como? Como?

Validação Validação
Espiritual Trilho Espiritual Trilho
Como? Como?

Validação Validação
Intelectual Trilho Intelectual Trilho
Como? Como?

Validação Validação
Social Trilho Social Trilho
Como? Como?

Validação Validação

46 47
Registo de Progresso – etapa Descoberta Objectivos Educativos da II Secção

Área Descoberta
Físico Trilho
Como? Área Trillho Objectivos
Gosto de desen- F1. Pratico actividades físicas em que testo as mi-
volver as minhas nhas capacidades e torno-me mais ágil, flexível
Validação
Físico capacidades e desembaraçado.
Afectivo Trilho F2. Aceito que o meu corpo está a mudar e respeito
Como? Conheço-me os diferentes ritmos de desenvolvimento quan-
e aceito as do me comparo com os outros.
mudanças que F3. Conheço o diferente ritmo de crescimento dos
Validação
ocorrem em mim rapazes e raparigas e respeito o espaço próprio
Carácter Trilho
de cada um.
Como?
F4. Sei equilibrar as minhas actividades físicas com
Validação o descanso e uma alimentação saudável.
Vivo de forma F5. Esforço-me por ter bom-aspecto e tenho hábi-
Espiritual Trilho
saudável tos regulares de higiene que contribuem para a
Como? minha saúde.
F6. Identifico e evito comportamentos e substâncias
Validação prejudiciais à saúde.
Intelectual Trilho
Como?

Validação
Social Trilho
Como?

Validação

48 49
Área Trillho Objectivos Área Trillho Objectivos
A1. Comprometo-me com o bem-estar e crescimen- C1. Conheço e compreendo a Lei do Escuta e os
to do grupo, mantendo uma relação amigável Princípios.
Afectivo com os outros elementos. Carácter Faço escolhas C2. Assumo as minhas opiniões, participando, acti-
Relaciono-me A2. Valorizo a minha família e assumo o meu papel para abrir vamente, nas decisões que me dizem respeito.
com os outros no seio da mesma. caminhos C3. Escolho e participo em actividades que me aju-
respeitando as A3. Expresso interesse e espírito crítico por uma dam a crescer.
diferenças forma de arte.
A4. Aceito as diferentes formas de demonstrar sen- C4. Desempenho o papel que me é atribuído dentro
timentos, nos rapazes e nas raparigas. dos grupos a que pertenço com responsabilida-
de e empenho.
Sei gerir as A5. Reconheço e exprimo as minhas emoções com Assumo as C5. Não desanimo perante as dificuldades e procu-
minhas emoções naturalidade e sem magoar os outros. minhas escolhas ro sempre aprender com elas.
C6. Prevejo as consequências que as minhas acções/
A6. Assumo as minhas qualidades e defeitos. decisões têm na vida dos grupos de que faço
Conheço-me e A7. Reconheço os meus erros e procuro corrigi-los. parte.
quero ser melhor A8. Empenho-me em ultrapassar as minhas dificul-
dades e melhorar tudo o que tenho de bom.
C7. Defendo as ideias e comportamentos que me
Vivo de acordo parecem correctos.
com as minhas C8. Demonstro que os meus comportamentos diá-
ideias rios estão de acordo com a Lei do Escuta e os
Princípios.

50 51
Área Trillho Objectivos Área Trillho Objectivos
E1. Conheço e compreendo a história dos heróis I1. Procuro descobrir o mundo que me rodeia, a
que procuraram alcançar a Terra Prometida, a partir das minhas experiências.
Espiritual partir da Aliança. Intelectual I2. Conheço e utilizo diferentes meios de recolha
Procuro conhecer E2. Conheço e percebo a mensagem contida nas Procuro saber da informação.
a Igreja de Cristo parábolas e milagres de Jesus Cristo. sempre mais I3. Descubro as minhas aptidões e aprofundo os
E3. Descubro que somos Igreja e que nela todos assuntos que me interessam e podem ser úteis
temos um papel a desempenhar. no futuro.

E4. Sei que me relaciono com Deus sempre que I4. Enfrento situações novas usando o que
faço oração pessoal e participo na oração co- Procuro soluções aprendi.
munitária. quando identifico I5. Consigo identificar, de forma organizada, as
E5. Integro-me cada vez mais na minha comunida- problemas causas de um problema e propor soluções.
Vivo a Fé Cristã de paroquial, através da catequese, celebrando
os sacramentos que a Igreja me propõe. Sou criativo I6. Aceito desafios que me fazem imaginar e criar
E6. Identifico as principais diferenças e semelhan- quando apre- coisas diferentes.
ças entre as religiões. sento aquilo que I7. Utilizo de modo criativo diferentes formas de
penso e imagino expressar ideias e emoções.

E7. Cuido e protejo a natureza consciente de que
Trabalho para isso é importante para a vida das pessoas.
a paz na Boa E8. Falo da minha vivência em comunidade e convi-
Acção do outros a participar.

52 53
Reconhecimento
Área Trillho Objectivos
S1. Dou exemplo de cumprimento das regras de
boa convivência na comunidade.
Social Gosto de ser S2. Descubro a necessidade de participar nos vários
bom cidadão grupos onde me integro .
S3. Cuido do que é de todos.
S4. Aceito as derrotas em todas as situações, com
respeito e sem desanimar

S5. Sou sensível às situações de necessidade no
meio que me rodeia e procuro ser útil na sua
Sou tolerante resolução.
e solidário S6. Sei manter um diálogo, apresentando os meus
argumentos com entusiasmo e ouvindo os dos
outros.

S7. Reconheço as vantagens de trabalhar em grupo
e contribuo com os meus conhecimentos e o
Sei viver meu trabalho.
em grupo S8. Demonstro que sei orientar respeitando as suas
opiniões.

54 55
Acabei o meu Percurso

Conseguiste terminar a etapa da Descoberta (isto é, completaste todos
os 18 trilhos). Agora deves receber a Anilha de Mérito da II secção,
assim todos saberão que completaste o Sistema de Progresso proposto
para os Exploradores do CNE.
Poderás usá-la até à tua Promessa de Pioneiro.

Acabaste o teu progresso...
Tens aqui espaço para registares as tuas impressões e guardares as tuas
memórias.

Acabei no dia ___/___/___
em _______________________________ (local).

Acabaram o progresso comigo os seguintes escuteiros:
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

56 57
O que mais me marcou? Que recordações levo?
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

Três coisas que aprendi e que considero mais importantes:

1 - __________________________________________________
2 - __________________________________________________
3 - __________________________________________________

Mensagens:____________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

Adesão informal
58 59
Estou no último ano dos Exploradores! E agora?

Estas na recta final nesta secção.
Ao longo do tempo que aqui estiveste, de certeza que aprendeste imensas
coisas novas e viveste momentos e aventuras que vais recordar para
sempre...
Já notaste o quanto cresceste?
Chegou a altura de te preparares para desafios maiores, para poderes
crescer ainda mais.
Tens essa oportunidade já ao virar da esquina, na próxima secção do teu

Ja notaste Agrupamento: os Pioneiros!
Vais ainda reencontrar amigos teus dos Exploradores que passaram para
o quanto os Pioneiros antes de ti.

cresceste?

Para te preparares para a mudança aqui tens algumas informações sobre
a secção seguinte: a Comunidade/Frota
• A Comunidade é constituída por rapazes e raparigas dos 14 aos 18
anos, os Pioneiros;
• Nos Pioneiros, as Patrulhas/Tripulações tem o nome de Equipas/
Equipagens;

60 61
• Cada Comunidade tem de duas a cinco Equipas e cada uma tem de 4
a 8 elementos;
• Cada Equipa designa-se por um Santo da Igreja, um Pioneiro da
Humanidade ou um Herói Nacional, cuja imagem figura na bandeirola
e no distintivo da Equipa;
• A cor representativa desta secção é o Azul, pelo que o lenço de Pioneiro
é azul, debruado a branco; os Marinheiros usam lenço azul-escuro
debruado a branco;
• Os Pioneiros têm como ”símbolo-força” da Secção uma Rosa-dos-
ventos;
Outros símbolos da Secção são: a Machada, a Gota de Água e o Icthus.
• O seu Patrono é São Pedro;
• A Mística dos Pioneiros gira em volta da ”Igreja em Construção”, do
construir de comunidades e o seu imaginário baseia-se no ideal do
”Pioneiro”, aquele que se liberta do que não precisa e põe mãos à
obra para concretizar os seus sonhos;
• As actividades dos Pioneiros organizam-se em Empreendimentos/
Cruzeiros;
• A sala dos Pioneiros chama-se Abrigo.

Passagem
62 63
O dia da minha passagem

Como Explorador, foste descobrindo, ao longo destes anos, mundos novos.
Foram muitas as tuas aventuras, muito aquilo que aprendeste.
Agora é hora de experimentares coisas novas na tua vida.
Depois da descoberta de um território, és chamado, como os primeiros
Pioneiros, a ajudares a criar a tua comunidade, estudando-a, inventando
soluções, construindo novos caminhos.
Lembra-te que todos os Chefes estão a teu lado para te ajudarem: os que
deixaste e os que agora te vão propor novos desafios.
Vais reencontrar velhos amigos e fazer novos.

Lembra-te
qe a tua Unidade sera melhor
se tu fores melhor!

Vamos em frente!
64 65
Regista aqui as tuas recordações Fotografias

Passei para os Pioneiros no dia ___/___/___
em _______________________________ (local).
Passaram comigo os seguintes Exploradores:
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________

O que mais gostei:
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________

Mensagens:
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________

66 67
E agora? O que levas?

____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

68 69
70 71
72 73
74 75
76 77
78 79
80 81
82 83
84 85
86 87
88 89