You are on page 1of 2

Celebração de Ação de Graças

25 de novembro de 2007

LITURGIA DA PALAVRA

Prelúdio: [A comunidade permanece em oração]


♪ Intróito: A paz seja contigo e em teu espírito

Lições dos profetas, Habacuque 3.17ss


epístolas e evangelhos: Salmo 103 (Responso: Bendize ó minh’alma ao Senhor)
♪ 1 Tessalonicenses 5.14-24
Aleluia
♪ Lucas 17.11-19
Aleluia
[Taizé (2)]

Instruções e exortações Partilha comunitária da Palavra:


baseadas nas lições: “Muitos são os agraciados, mas poucos os agradecidos”

LITURGIA DA MESA

Ofertório: Apresentação dos motivos de ação de graças

Oração de Consagração e Oremos:


Ação de Graças: Obrigado, Senhor, pela grande luz do Universo, Sol dos sóis, Luz de luz.
Obrigado, também, pelas pequenas luzes do cotidiano,
pirilampos que brincam nos bosques, pisca-piscas que enfeitam as matas.
Obrigado, Senhor, pelo grande som da orquestra do Universo,
a Palavra nas palavras, o Sentido dos sentidos.
Obrigado, também, pelo silêncio da alma e pela pausa da noite,
pelo silvo dos pássaros no vento, o coaxar na lagoa e os grilos sob a lua.
Obrigado, Senhor, pelo grande gesto criador,
abraço universal, colo infinitamente materno.
Obrigado, também, pelos pequenos toques recriadores:
a mão amiga, o beijo terno, o afago tímido.
Obrigado, Senhor, pelos grandes.
Obrigado, também, pelos pequenos.
Por toda a eternidade
e por cada instante, obrigado, Senhor.
Amém.
[Luiz Carlos Ramos]

♪ Jubileu: Nossos olhos abertos estão Amanhã, ao nascer do sol,


vendo morte, pobreza e maldade; virá a liberdade, a festa e o perdão,
no entanto nós seguimos crendo descanso para todo o que sofre.
que o futuro está por chegar, Amanhã, ao nascer do sol,
a esperança provoca o andar a terra voltará àquele que a perdeu
pela fé, a justiça e a vida. e o trigo crescerá e haverá abundância.
[Adoniran Ibarra; trad. Luiz Carlos Ramos]

Sursum corda: O Senhor seja com vocês.


E com você também.
Elevemos os nossos corações.
Ao Senhor os elevamos.
Rendamos graças ao Senhor.
Sim, é digno e justo render graças a Deus.
Nós te rendemos graças, ó Deus, pois tu nos assistes todos os dias em nossas carên-
cias e necessidades. Por isso, como teu povo agradecido, cantamos:
Sanctus e Gloria: ♪ Santo, Santo, Santo, Senhor Deus onipotente,
Terra e céu estão cheios da tua glória,
Glória a ti Senhor!
[Liséte Espíndola]

Recordação da Paixão Nós te damos graças, ó Deus, porque o teu Filho, antes de entregar-se à morte e res-
(Anamnese – memorial): suscitar, reuniu-se com os discípulos para a ceia pascal.
Ele veio nos salvar!

Oferta de dons E, enquanto comiam, Jesus tomou um pão e, tendo dado graças, o partiu e deu aos
como oferta de si mesmo: discípulos, e disse: “Isto é o meu corpo dado por vós: fazei isto em minha memória.”
Depois de cear, tomou um cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos e disse:
“Isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado por vós; fazei isto em
memória de mim.”

Invocação do Verbo Lembrando disso, Senhor, nós nos reunimos ao redor desta mesa para, com alegria,
e do Espírito Santo para receber o teu Filho que ressuscitou da morte e, tendo conquistado a vida eterna, der-
que abençoe os dons de rama sobre nós o teu Espírito Santo. Grande é o mistério da fé!
pão e vinho (Epiclese):
♪ Cristo morreu e ressuscitou: breve voltará!
[Liséte Espíndola]

Deus Eterno: derrama o teu Espírito Santo, o Espírito que dá vida e cria comunhão.
♪ Vem, Espírito Criador, e ilumina nossos corações.
[Terra Pax]

Intercessões: Oremos pelos nossos, pelo nosso próximo e por toda a humanidade.
♪ Ouve, Senhor, eu estou clamando. Tem piedade de mim e me responde.
[Simei Monteiro]

Lembra-te, ó Deus, de todas as pessoas que em todos os tempos e lugares anseiam


por ti e carecem da tua graça. Intercedemos por nossos familiares, pelas pessoas ami-
gas, pelos irmãos e irmãs na fé e por toda a humanidade. Reúne-nos à mesa no ban-
quete do Reino prometido, e por Cristo inaugurado, num mesmo Espírito de comunhão
universal. Por Cristo, com Cristo e em Cristo.

Amém da congregação: ♪ Amém. Amém. Amém.


[Terra Pax]

Partilha (fração): (Elevando o pão) O pão pelo qual damos graças é a comunhão do corpo de Cristo.
(Elevando o cálice) O cálice pelo qual damos graças é a comunhão do sangue de Cristo.

Comunhão: Nós, embora muitos, somos um só corpo.


Venham, pois tudo está preparado. Quem convida é o Senhor!
[Distribuição do pão e do vinho]

♪ Come este pão, bebe este vinho, vem a mim e não terás fome.
Come este pão, bebe este vinho, crê e mim e não terás sede.
[Versão, Simei Monteiro]

Partilha da esperança: Perspectivas e compromissos da comunidade para o próximo ano

♪ Repartir a Esperança: Nós vamos sair a repartir / nossa esperança.


De um mundo de luz, / que por Jesus / a gente alcança.
Nunca se acaba a esperança / pois Cristo está vivo
e não sofre mudança. / Ela se cumpre na história,
marcante, concreta / e explode na glória!
Mesmo que o céu se escureça, / o sol já não brilhe,
e desapareça, / a fé em Cristo não cansa,
e espera em contrário / à humana esperança!
Levados pela esperança / do Cristo encarnado
é que a gente avança, / a proclamar santidade,
a pregar o evangelho / e a gritar: liberdade!
[Letra e Música: Sérgio Marcus Pinto Lopes]

Despedida: Oremos.
Graças te damos, ó Deus, porque vieste a nós nesta Ceia e nos fortaleceste. Que esta
comunhão nos ajude a crescer na fé e no amor solidário. Que possamos sair daqui
animados e animadas a viver a vida do teu Reino em nossa vida pessoal, familiar e
comunitária. Por Cristo, teu Filho amado.
Amém

♪ Bênção: Deus esteja com você


até nos vermos outra vez
[Spiritual, EUA]

Vão em paz, orientados pelo Espírito de Deus,


sirvam ao Senhor com alegria e sejam agradecidos.
Damos graças a Deus.

Liturgia preparada pelo Rev. Luiz Carlos Ramos


Pianista: Liséte Espíndola

Recicle