You are on page 1of 4

Caderno Administrativo

Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO


PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Nº2699/2019 Data da disponibilização: Segunda-feira, 08 de Abril de 2019.

Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região

Avenida da Paz, 2076, Centro, Maceió/AL


Anne Helena Fischer Inojosa
CEP: 57020440
Presidente

Telefone(s) : (82) 2121 8299


José Marcelo Vieira de Araújo
Vice-Presidente

Secretaria de Recursos Humanos


Ato
Ato - Comissão de Trabalho
Adicional de Qualificação no TRT19
ATO Nº. 33/GP/TRT 19ª, DE 08 DE ABRIL DE 2019.

Regulamenta, no âmbito da Justiça do


Trabalho da 19ª Região, o Adicional de
Qualificação instituído pela Lei nº 11.416/2006.

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

CONSIDERANDO o disposto nos artigos 14 e 15 da Lei nº 11.416/2006, com as alterações promovidas pela Lei nº 13.317/2016;

CONSIDERANDO o disposto nas Portarias Conjuntas do STF, CNJ, STJ, TST, TSE, STM, CJF, CSJT e TJ-DFT nº 01/2007, Anexo I, e nº
02/2016, Anexo Único, que regulamentam o Adicional de Qualificação de que tratam as Leis nº 11.416/2006 e nº 13.317/2016;

CONSIDERANDO o disposto na Resolução CSJT nº 196, de 30 de junho de 2017, que regulamenta a concessão do Adicional de Qualificação aos
servidores ocupantes de cargos efetivos dos quadros de pessoal dos Tribunais Regionais do Trabalho;

CONSIDERANDO o disposto no inciso IX do art. 115 da Resolução TRT19 nº 130/2017 (Regulamento Geral de Secretaria do TRT da 19ª Região),
que atribui à Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (EJUD19) a atividade de analisar e averbar as ações de capacitação
para efeitos financeiros de Adicionais de Qualificação;

CONSIDERANDO a necessidade de atualização dos procedimentos de concessão do Adicional de Qualificação no âmbito da Justiça do Trabalho
da 19ª Região, a fim de adequá-los às normas supramencionadas;
RESOLVE:

Art. 1º. A concessão do Adicional de Qualificação (AQ) de que tratam os artigos 14 e 15 da Lei nº 11.416/2006 (AQ-TS, AQ-PG e AQ-AT), no
âmbito da Justiça do Trabalho da 19ª Região, observará os critérios definidos na Resolução CSJT nº 196, de 30 de junho de 2017, bem como as
disposições contidas no presente Ato.

Art. 2º. Os cursos e ações de treinamento aptos a ensejar o pagamento do Adicional de Qualificação por cursos de pós-graduação (AQ-PG) e por
ações de treinamento (AQ-AT) são aqueles vinculados às áreas de interesse de que trata o artigo 6º da Resolução CSJT nº 196/2017, em conjunto
com as atribuições do cargo efetivo ou com as atividades desempenhadas pelo servidor quando do exercício do cargo em comissão ou da função
comissionada, na condição de titular ou substituto.

§1º. A correlação entre as áreas de interesse e as atribuições do cargo efetivo ou as atividades do cargo em comissão ou da função comissionada
observará as tabelas constantes dos Anexos I e II deste Ato.

§2º. Quando o curso não puder ser aproveitado para fins de AQ-AT, mas possuir disciplinas, módulos ou equivalentes que, isoladamente, atendam
ao disposto no §1º do art. 2º, deverá ser segmentado, lançando-se as horas referentes às disciplinas aproveitáveis e glosando-se as demais, salvo
nos casos de cursos de graduação e pós-graduação (art. 26, inciso VII, da Resolução 196/2017 do CSJT).

Art. 3º. Os procedimentos operacionais relativos à análise e averbação de cursos e ações de treinamento nos assentamentos funcionais dos
servidores e à respectiva concessão do Adicional de Qualificação (AQ-TS, AQ-PG e AQ-AT), previstos na Resolução CSJT nº 196/2017 e no
presente Ato, serão realizados pela EJUD19.

Código para aferir autenticidade deste caderno: 132660


2699/2019 Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região 2
Data da Disponibilização: Segunda-feira, 08 de Abril de 2019

§1º. A averbação de cursos de graduação, de pós-graduação e de ações de treinamento não promovidos pelo Tribunal deverá ser requerida pelo
servidor interessado por meio do Proad.

§2°. As ações de treinamento promovidas pelo Tribunal, quando atendidos os requisitos previstos na Resolução CSJT nº 196/2017 e no presente
Ato, serão automaticamente averbadas nos assentamentos funcionais do servidor para efeito de Adicional de Qualificação.

§3º. A apresentação de certificados, diplomas ou declarações em desacordo com as disposições previstas na Resolução CSJT nº 196/2017 e no
presente Ato implicará o indeferimento do pedido de concessão do Adicional de Qualificação (AQ-TS, AQ-PG e AQ-AT).

§4º. Na ocorrência de indeferimento, o interessado poderá promover a correção dos vícios sanáveis e protocolizar novo requerimento,
considerando-se essa nova data como a de averbação para fins de percepção do Adicional de Qualificação.

Art. 4º. Os casos duvidosos quanto à pertinência do curso com áreas de interesse do Tribunal ou atribuições do cargo ou função do servidor serão
submetidos à Presidência do Tribunal.

Parágrafo único. A Secretaria de Gestão de Pessoas também poderá suscitar dúvida quanto à análise da EJUD19, submetendo o caso à
Presidência do Tribunal.

Art. 5º. Denegada a averbação do curso para fins de Adicional de Qualificação, cabe pedido de reconsideração, no prazo de 30 (trinta) dias,
dirigido à própria Secretaria da EJUD19.

§1º. Da decisão que indeferir o pedido de reconsideração, cabe recurso, no prazo de 30 (trinta) dias, à Presidência do Tribunal;

§2º. Se a decisão prevista no § 1º do presente artigo mantiver a invalidação do curso para fins de Adicional de Qualificação, cabe recurso, no
prazo de 30 (trinta) dias, ao Tribunal Pleno;

§3º. Em caso de provimento do recurso ou do pedido de reconsideração, a data de registro será a da protocolização do pedido originário.

Art. 6º. A Escola Judicial disponibilizará, para fins de acompanhamento, a relação individual de ações de treinamento e de cursos de graduação e
pós-graduação registrados nos assentamentos funcionais de cada servidor.

Art. 7º. Os casos omissos serão resolvidos pela Presidência do Tribunal, mediante encaminhamento da EJUD19.

Art. 8º Ficam revogados o ATO TRT 19ª GP Nº 029/2008 e o ATO TRT 19ª Nº. 79/2016, bem como as demais disposições em contrário.

Art. 9º. Este Ato entra em vigor na data de sua publicação.

Publique-se.

ANNE HELENA FISCHER INOJOSA


Desembargadora Presidente do TRT da 19ª Região

Anexos
Anexo 1: Download

ATO GP/TRT 19ª Nº 32, DE 08 DE ABRIL DE 2019

A DESEMBARGADORA PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA NONA REGIÃO, no uso de suas atribuições
legais e regimentais estabelecidas no inciso VII do artigo 24 do Regimento Interno, tendo em vista o contido no Proad nº 1849/2019, de
04.04.2019, e
Considerando o disposto na Resolução do CNJ nº 194, de 26.05.2014, que intitui a Política Nacional de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de
Jurisdição e dá outras providências, em especial o contido em seu artigo 5º,

RESOLVE:

Art. 1º. Alterar a composição do Comitê Gestor Regional da Política de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de Jurisdição, instituído pelo Ato nº.
23/2016 GP/TRT 19ª, que passar a ser composto pelos seguintes membros:

Laerte Neves de Souza


Desembargador do Trabalho, representante do 2º Grau de Jurisdição;

Edson Françoso
Juiz Titular da 3ª Vara do Trabalho de Maceió, membro titular, representante indicado pelo Tribunal;

Ana Cristina Magalhaes Barbosa


Juíza Titular de Vara do Trabalho, membro suplente, indicado pelo Tribunal;

Luiz Carlos Monteiro Coutinho


Juiz Titular de Vara do Trabalho, membro titular, representante escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Código para aferir autenticidade deste caderno: 132660


2699/2019 Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região 3
Data da Disponibilização: Segunda-feira, 08 de Abril de 2019

Bianca Tenório Calaça


Juíza do Trabalho Substituta, membro suplente, representante escolhida pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Nilton Beltrão de Albuquerque Júnior


Juiz do Trabalho Substituto, membro titular, representante eleito;

Valter Souza Pugliesi


Juiz Titular de Vara do Trabalho, membro suplente, representante eleito;

Frederico Guilherme de Oliveira Gomes


Analista Judiciário, membro titular, servidor escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Arnóbio José Reis de Araújo


Técnico Judiciário, membro suplente, servidor escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Diego Chendes Dias Gomes


Analista Judiciário, especialidade Estatística, membro titular, servidor eleito a partir de lista de inscritos;

André Luiz Ferreira Santos


Analista Judiciário, membro suplente, servidor eleito a partir de lista de inscritos;

Victor Resende Dorea


Analista Judiciário, indicado para auxiliar na execução do Plano de Ação;

Lauriston Chaves de Farias Júnior


Técnico Judiciário, indicado pela ASSTRA, sem direito a voto.

Art. 2º. Os efeitos do presente Ato vigoram a partir da publicação.

Dê-se ciência, cumpra-se e


Publique-se.

ANNE HELENA FISHER INOJOSA


Desembargadora Presidente

ATO GP/TRT 19ª Nº 34, DE 08 DE ABRIL DE 2019

A DESEMBARGADORA PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA DÉCIMA NONA REGIÃO, no uso de suas atribuições
legais e regimentais estabelecidas no inciso VII do artigo 24 do Regimento Interno, tendo em vista o contido no Proad nº 1849/2019, de
04.04.2019, e
Considerando o disposto nos Art. 5º e 6º do Ato TRT 19ª GP nº 30, de 03.02.2015, publicado no D.E.J.T. de 09.02.2015, que instituiu no âmbito
deste Tribunal o Comitê Orçamentário de Primeiro Grau,
RESOLVE:
Art. 1º. Alterar a composição do Comitê Orçamentário de Primeiro Grau, constituído pelo Ato GP/TRT 19ª nº. 114/2016, de 06.10.2016, alterado
pelo Ato GP/TRT 19ª nº. 162/2016, de 19.12.2016, que passar a ser composto pelos seguintes membros:

Laerte Neves de Souza


Desembargador do Trabalho, representante do 2º Grau de Jurisdição;

Edson Françoso
Juiz Titular da 3ª Vara do Trabalho de Maceió, membro titular, representante indicado pelo Tribunal;

Ana Cristina Magalhaes Barbosa


Juíza Titular de Vara do Trabalho, membro suplente, indicado pelo Tribunal;

Luiz Carlos Monteiro Coutinho


Juiz Titular de Vara do Trabalho, membro titular, representante escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Bianca Tenório Calaça


Juíza do Trabalho Substituta, membro suplente, representante escolhida pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Nilton Beltrão de Albuquerque Júnior


Juiz do Trabalho Substituto, membro titular, representante eleito;

Valter Souza Pugliesi


Juiz Titular de Vara do Trabalho, membro suplente, representante eleito;

Frederico Guilherme de Oliveira Gomes


Analista Judiciário, membro titular, servidor escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Código para aferir autenticidade deste caderno: 132660


2699/2019 Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região 4
Data da Disponibilização: Segunda-feira, 08 de Abril de 2019

Arnóbio José Reis de Araújo


Técnico Judiciário, membro suplente, servidor escolhido pelo Tribunal a partir de lista de inscritos;

Diego Chendes Dias Gomes


Analista Judiciário, especialidade Estatística, membro titular, servidor eleito a partir de lista de inscritos;

André Luiz Ferreira Santos


Analista Judiciário, membro suplente, servidor eleito a partir de lista de inscritos;

Victor Resende Dorea


Analista Judiciário, indicado para auxiliar na execução do Plano de Ação;

Lauriston Chaves de Farias Júnior


Técnico Judiciário, indicado pela ASSTRA, sem direito a voto.

Art. 2º. Os efeitos do presente Ato vigoram a partir da publicação.

Dê-se ciência, cumpra-se e


Publique-se.

ANNE HELENA FISHER INOJOSA


Desembargadora Presidente

ÍNDICE

Secretaria de Recursos Humanos 1


Ato 1
Ato - Comissão de Trabalho 1

Código para aferir autenticidade deste caderno: 132660