You are on page 1of 5

AGEPEN 2018

Administração Pública, artigo 37 da CF/88

1. Os princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade,


moralidade, publicidade e eficiência devem ser obedecidos pela
Administração pública
A) direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, mas não dos Estados e
dos Municípios, que poderão dispor sobre a matéria diferentemente.
B) direta e indireta do Poder Executivo da União, dos Estados, Distrito Federal e
dos Municípios, não se aplicando, todavia, aos Poderes Legislativo e Judiciário.
C) direta, mas não pela indireta, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios.
D) direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios.
E) indireta, mas não pela direta, de qualquer dos Poderes da União, Estados,
Distrito Federal e dos Municípios.

2. Segundo a literalidade do caput do art. 37 da Constituição de 1988, a


Administração pública obedecerá, entre outros, ao princípio da
A) proporcionalidade.
B) razoabilidade.
C) igualdade.
D) moralidade.
E) boa-fé.

3. Compõe a Administração pública direta da União


A) o Departamento de Polícia Federal.
B) o Banco Central do Brasil.
C) a Agência Nacional de Aviação Civil.
D) a Caixa Econômica Federal.
E) a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

4. É correto afirmar que a administração pública direta e indireta de


qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, publicidade e eficiência e, também, que
A) a administração fazendária e seus servidores fiscais não terão, dentro de suas
áreas de competência e jurisdição, precedência sobre os demais setores
administrativos.
B) as funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes
de cargo efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores
de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, não se
destinam só às atribuições de direção, chefia e assessoramento.
C) é permitida a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies
remuneratórias para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público.
D) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados
e acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
E) é por lei específica que será criada autarquia e autorizada a instituição de
empresa pública, de sociedade de economia mista e de fundação, cabendo à lei
complementar, neste último caso, definir as áreas de sua atuação.

5. O princípio constitucional que exige da administração pública ação


rápida e precisa para produzir resultados que satisfaçam as necessidades
da população denomina-se princípio da
A) legalidade.
B) eficiência.
C) moralidade.
D) proporcionalidade.
E) razoabilidade.

6. Quanto a Administração Pública, considere:


I. É garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical.
II. Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário não
poderão ser superiores aos pagos pelo
Poder Executivo. III. É permitida a acumulação remunerada de cargos públicos,
salvo quando houver compatibilidade de horários.
IV. As pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de serviços públicos não
responderão pelos danos causados por seus agentes a terceiros.
V. Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados
ou acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
Estão corretas as que se encontram APENAS em
A) I, III e V.
B) II, III e IV.
C) I e II.
D) II e IV.
E) I, IV e V.

7. Considere as assertivas abaixo, relacionadas à Administração Pública.


I. É permitida, desde que estabelecida em lei, a contratação por tempo
determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse
público.
II. O direito à livre associação sindical é irrestritamente garantido ao servidor
público civil e ao militar.
III. A administração fazendária goza, dentro de sua área de competência e
jurisdição, de precedência sobre os demais setores administrativos, na forma da
lei.
IV. Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público civil ou militar
serão computados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
V. Os vencimentos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário não poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Executivo.
Estão corretas APENAS as que se encontram em
A) II e IV.
B) I, II e IV.
C) III, IV e V.
D) I, III e V.
E) III e IV.

8. São princípios da administração pública:


A) a cidadania, a honestidade e a política.
B) a impessoalidade, a publicidade e a eficiência
C) a probidade, a liberdade e a propriedade.
D) a igualdade, a fraternidade e a liberdade.
E) o planejamento, o orçamento e a execução.
9. No que concerne à Administração Pública, é correto afirmar que
A) são princípios da Administração Pública expressamente previstos na
Constituição Federal de 1988 a legalidade, a pessoalidade, a razoabilidade, a
publicidade, a eficiência e a moralidade.
B) as funções de confiança e os cargos em comissão destinam-se apenas às
atribuições de direção, chefia e assessoramento.
C) os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis, em regra, apenas
aos brasileiros natos que preencham os requisitos estabelecidos em lei.
D) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados
e acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
E) a proibição de acumulação de cargos públicos não se estende às fundações
e sociedades de economia mista.

10. No que se refere à Administração Pública é correto afirmar que


A) o prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável
duas vezes, por igual período.
B) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público não serão
computados nem acumulados para fim de concessão de acréscimos ulteriores.
C) é assegurada a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies
remuneratórias para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público.
D) somente por lei específica poderá ser autorizada a instituição de sociedade
de economia mista, mas sua participação em empresa privada independe de
autorização legislativa.
E) a administração fazendária e seus servidores fiscais não terão, dentro de suas
áreas de competência e jurisdição, precedência sobre os demais setores
administrativos, na forma da lei.

11. Nos termos da Constituição Federal, a Administração Pública direta e


indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios da legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, sendo INCORRETO
afirmar que
A) a administração fazendária e seus servidores fiscais terão, dentro de suas
áreas de competência e jurisdição, precedência sobre os demais setores
administrativos, na forma da lei.
B) as funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os
requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei.
C) é vedada a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias
para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público.
D) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados
e acumulados para fim de concessão de acréscimos ulteriores.
e) a lei estabelecerá os prazos de prescrição para ilícitos praticados por qualquer
agente, servidor ou não, que causem prejuízos ao erário, ressalvadas as
respectivas ações de ressarcimento.

12. NÃO constitui um dos princípios da administração pública direta e


indireta expressamente previstos no artigo 37, da Constituição Federal de
1988, a
a) publicidade.
b) eficiência.
c) impessoalidade.
d) moralidade.
e) proporcionalidade.

13. A Administração Pública deve observar certos princípios


constitucionais, dentre eles, o de que
a) a proibição de acumular vencimentos aplica-se tão somente à Administração
direta e às suas autarquias.
B) o servidor público pode integrar qualquer associação, mas não pode assumir
a direção das associações sindicais.
C) a contratação de pessoal por tempo determinado pode ser feita em qualquer
situação, sob critério e responsabilidade do Administrador contratante.
D) será permitida a vinculação dos vencimentos para o efeito de remuneração
de pessoal do serviço público.
E) a participação de uma empresa pública em empresa privada depende de
autorização legislativa.
GABARITO

1D

2D

3A

4E

5B

6C

7D

8B

9B

10B

11D

12E

13E