You are on page 1of 6

Adjetivo

Curso: Engenharia Geometria Analitca ( entregar em agosto) Professor: Genaldo


CETEP Data: 14/07/2017 referente as faltas acumuladas no semestre

Nome: RAFAEL NATIVIDADE DE CASTRO Curso: Eng. De Minas

1 - DADOS OS VETORES U = (2,1), V = (-1,2) E W = (3,2), CALCULE O QUE SE PEDE:

A) O MÓDULO DE U B) O MÓDULO DE V C) O MÓDULO DE W D) U.V

E) O ÂNGULO ENTRE OS VETORES U E V F) O ÂNGULO ENTRE OS VETORES U E W

2 - CALCULE O VALOR DA LETRA X EM CADA CASO, DE FORMA QUE O PAR DE VETORES SEJA ORTOGONAL:

A) U = (3, 5) E V = (X, 4) B) W = (3, -4) E U = (2, X) C) W = (X, 4) E V = (2, -7)

1 - O TRIÂNGULO COM VÉRTICES A(1,5), B(4,2) E C(5,6) É ISÓSCELES?

2 - O TRIÂNGULO COM VÉRTICES A(-5,6), B(2,3) E C(5,10) É UM TRIÂNGULO RETÂNGULO?

3 - ENCONTRE A DISTÂNCIA ENTRE OS SEGUINTES PARES DE PONTOS:

A) (3,4) E (3,6) B) (2,5) E (2,-2) C) (3,1) E (2,1)

D) (2,3) E (5,7) E) (-2,4) E (3,0) F) (1,0) E (2,5)

4 - ENCONTRE O PONTO P(X,Y) TAL QUE (2,4) É O PONTO MÉDIO DO SEGMENTO DE RETA QUE LIGA

(X,Y) A (1,5). (SUGESTÃO: PONTO MÉDIO = PM = MÉDIA ARITMÉTICA DAS COORDENADAS.)

5 - UM VETOR U = (1,3) TAMBÉM PODE SER REPRESENTADO DA FORMA 1I + 3J, ONDE I E J SÃO
INDICADORES UNITÁRIOS DAS COMPONENTES X E Y DOS EIXOS COORDENADOS.

SE U = 3I + 4J E V = 2I - J, ENCONTRE A MAGNITUDE (MÓDULO OU COMPRIMENTO) DE U, V, U + V E U


- V.

 UTILIZANDO OS MESMOS DADOS DO EXERCÍCIO ACIMA, CALCULE OS PRODUTOS ESCALARES


ENTRE U E V.

 ESTES VETORES SÃO ORTOGONAIS? SE A RESPOSTA FOR NEGATIVA, CALCULE O ÂNGULO ENTRE
U E V.

1. CALCULAR O ÂNGULO ENTRE OS VETORES u = (1, 1, 4) E v (-1, 2, 2)

2. DETERMINE O ÂNGULO INTERNO B̂ DO TRIÂNGULO ABC ONDE, A (3, -3,3), B (2, -1, 2) E
C(1, 0, 2).
3. VERIFIQUE SE O TRIÂNGULO DE VÉRTICES A (2, 3, 1) , B (2, 1, -1) E C (2, 2, -2) É RETÂNGULO.

6-DETERMINE SE OS SEGUINTES PARES DE RETAS SÃO PARALELAS, PERPENDICULARES OU NEM UM CASO

NEM OUTRO.

A) Y = 3X + 2 E Y = 3X - 2

B) Y = 2X -4 E Y = 3X + 5

C) 3X - 2Y = 5 E 2X + 3Y = 4

D) 6X + 3Y = 1 E 4X + 2Y = 3

E) X = 3 E Y = -4

F) 5X + 4Y = 1 E 4X + 5Y = 2

G) X = -2 E X = 7

1 - ENCONTRE O COEFICIENTE ANGULAR DA RETA QUE TEM EQUAÇÃO 3X - 4Y = 8. DESENHE A RETA.

OS PONTOS (6,12) E (12,7) PERTENCEM À RETA?

2 - VERIFIQUE SE OS PONTOS A(1,-1), B(3,2) E C(7,8) SÃO COLINEARES, ISTO É, VERIFIQUE SE A RETA

AB É A MESMA RETA AC.

3 - ENCONTRE A EQUAÇÃO REDUZIDA DE CADA RETA:

A) PASSA PELOS PONTOS (4,2) E (1,7)

B) PASSA PELOS PONTOS (-1,0) E (0,3)


C) PASSA PELO PONTO (3,-4) E É PARALELA À RETA DE EQUAÇÃO 5X - 2Y = 4

D) PASSA PELO PONTO (-2,5) E É PERPENDICULAR À RETA COM EQUAÇÃO 4X + 8Y = 3

E) PASSA PELA ORIGEM E É PERPENDICULAR À RETA COM EQUAÇÃO 3X - 2Y = 1

4 - ENCONTRE O COEFICIENTE ANGULAR DE CADA RETA ABAIXO:

A) Y = 3X - 2

B) 2X - 5Y = 3

C) Y = 4X - 3

5 - SE O PONTO (3,K) PERTENCE À RETA COM COEFICIENTE ANGULAR M = -2 E PASSA PELO PONTO (2,5),

ENCONTRE K.

6 - O PONTO (3,-2) PERTENCE À RETA QUE PASSA PELOS PONTOS (8,0) E (-7,-6)?

7 - SABENDO QUE A DISTÂNCIA ENTRE UM PONTO P(X1,Y1) À RETA COM EQUAÇÃO

1 - DADOS OS PONTOS A (3, 1, -2), B (1, 3, 4), C (2, 0, 1) E D (1, 3, 5), DEFINA

U = AB = B – A; V = AC = C - A, W = BC = C - B, T = CD = D - C E CALCULE:

A) 3U - 2V

B) U + V + W

C) U X V D) ÂNGULO ENTRE U E V E) ÂNGULO ENTRE U E W F) ÂNGULO ENTRE V E W


1) DADOS OS VETORES OS VETORES u = (1, 2, -1) E v = (0, -1, 3). CALCULE A ÁREA DO

PARALELOGRAMO DETERMINADO PELOS VETORES 3 uEv -u.

2) CALCULE A ÁREA DO TRIÂNGULO DE VÉRTICES A (1, -2, 1), B (2, -1, 4) E C (-1, -3, 3).
 
3) DETERMINE A DE MODO QUE OS VETORES u = (3, 1, -1) E v = (A, 0, 2) GEREM UM

PARALELOGRAMO DE ÁREA 2 6.
  
u = (3, -1, 4), v = (1, 0, -1).E w = (2, -1, 0) SÃO COPLANARES.
4) VERIFIQUE SE OS VETORES
  
5) DETERMINE M DE MODO QUE OS VETORES u = (N, 2, -1), v = (1, -1, 3) E w = (0, -2, 4)
SEJAM COPLANARES.

6) VERIFICAR SE OS PONTOS A (1, 2, 4), B (-1, 0, -2), C (0, 2, 2) E D (-2, 1, -3) ESTÃO NO MESMO
PLANO.

Circunferência
1) Verifique se as equações dadas representam uma circunferência:

a) x 2  y 2  4x  8 y  0
b) 3x 2  y 2  x  y  0
c) 4 x 2  4 y 2  8x  8 y  28  0
d) x 2  y 2  10 x  4 y  30  0
e) x 2  y 2  2 x  12 y  37  0

2) Em cada caso, obter as coordenadas do centro e a medida do raio da circunferência:

2 y 23
a) x2  y2  x  
3 36
b) 16 x 2  16 y 2  8x  31  0
c) x 2  y 2  10 x  4 y  7  0
d) 4 x 2  4 y 2  4 x  4 y  1  0

3) Determine a equação da circunferência que passa pelos pontos A(0, 0), B(4, 1) e C(1,
4).

4) Determine a equação da circunferência com centro no ponto C (2, 5) e raio r = 3.


5) Uma circunferência de raio r = 4 tem o centro no ponto Q (0, -2). Determine a equação
dessa circunferência.

Dada a circunferência de equação x  2   y  1  9 , determine as coordenadas


2 2
6)
do centro C (a, b) e o raio r.

7) Verifique entre os pontos A (0, 3), B (7, 2) e C (-1, 3), quais pertencem à circunferência
de equação x  3   y  1  25 .
2 2

8) Determine a equação da circunferência com centro no ponto Q (-1, 2) e que passa pelo
ponto M (2, 0).

E QU AÇÃO DA E L IPS E

x2 y2 x2 y2
1) Graficar as elipses de equações  1 e   1 , e determinar as
9 4 4 25
coordenadas dos Focos e dos Vértices.
2) Seja a elipse de equação 7 x 2  16 y 2  28x  128 y  172  0 , determinar:
a) A equação na forma reduzida;
b) O esboço do gráfico;
c) As coordenadas dos vértices.

3) Identificar o lugar geométrico (ou a figura geométrica) a partir de sua representação


analítica e fazer a representação geométrica (ou representação gráfica).
a) A(2, 3)
b) 3x  2 y  6  0
x y1
c) 4 01 0
031
d) x=2
e) y = -4
f) 25x 2  16 y 2  50 x  64 y  311  0
g) x  12   y  32  9
x2 y 2
h)  1
4 25
i) x 2  y 2  16