You are on page 1of 240

Solar 470LC-V

Manual de Instruções de Operação e


Manutenção
022-00022PT
Número de Série 1001 e Superior
Setembro 2001

A Daewoo reserva-se ao direito de melhorar os seus produtos no âmbito de um processo contínuo com
vista a oferecer o melhor produto possível ao mercado alvo. Estes melhoramentos podem ser
implementados em qualquer altura, não tendo a empresa nenhuma obrigação no que respeita à
substituição dos materiais nos produtos anteriormente vendidos. Recomenda-se que os consumidores
contactem periodicamente os seus distribuidores locais no sentido de obterem documentação mais
actualizada relativamente aos equipamentos adquiridos.
Esta documentação poderá incluir informação relativa a acessórios e equipamentos opcionais que não se
encontram disponíveis na versão da sua máquina. Contacte por favor o seu distribuidor local sempre que
pretender adquirir quaisquer artigos adicionais.
As ilustrações utilizadas ao longo deste manual de instruções são utilizadas apenas como um exemplo da
versão do equipamento adquirido, podendo diferir do artigo mais recente.

022-00022PT Copyright Daewoo 2001


INDICE
Segurança........................................................................................... 1-1
Para o Operador de uma Escavadora Daewoo ........................................... 1-1
Localização dos Autocolantes de Segurança ............................................. 1-4
Resumo das Precauções de Segurança a respeitar durante a
Elevação em Modo de Escavação ............................................................ 1-12
Modificações não autorizadas................................................................... 1-13
Informação geral de Perigo ....................................................................... 1-13
Antes de fazer o arranque do motor.......................................................... 1-21
Funcionamento da máquina...................................................................... 1-24
Manutenção............................................................................................... 1-29
Bateria ....................................................................................................... 1-37
Reboque.................................................................................................... 1-39
Expedição e Transporte ............................................................................ 1-40
Tabelas da Capacidade de Elevação Nominal da Escavadora .................1-41

Comandos de Operação.................................................................... 2-1


Localização dos Componentes ................................................................... 2-2
Área do operador ........................................................................................ 2-4
Painéis e Comandos Operacionais .............................................................2-5
Painel de Instrumentos.............................................................................. 2-14
Manómetro multifunções e Informação Gráfica ........................................2-19
Selectores de Modo ..................................................................................2-23
Método de programação para Menu Principal .......................................... 2-26
Painel de comando do aquecimento e ar condicionado............................ 2-30
Auto-rádio.................................................................................................. 2-35
Caixa de Fusíveis...................................................................................... 2-42
Dispositivos Eléctricos Diversos................................................................ 2-43
Ajustamento do Assento ........................................................................... 2-45
Cinto de Segurança................................................................................... 2-47
Capota....................................................................................................... 2-48

022-00022PT Indice I
Janelas da Frente...................................................................................... 2-49
Trinco Lateral da Porta .............................................................................. 2-52
Portas e Tampas de Acesso Diversas....................................................... 2-53
Compartimentos para Arrumações na Cabine.......................................... 2-54
Cinzeiro .....................................................................................................2-54
Ferramenta para Quebrar o Vidro da Janela em caso de Emergência..... 2-55

Operação ............................................................................................ 3-1


A Operação de uma Escavadora Nova ....................................................... 3-1
Arranque e Paragem do Motor .................................................................... 3-2
Alavanca de Segurança ............................................................................ 3-14
Deslocação................................................................................................3-15
Instruções de Operação ............................................................................ 3-20
Precauções a Ter Durante a Operação da Máquina ................................. 3-25
Estacionar a Escavadora........................................................................... 3-30
Procedimentos de Reboque...................................................................... 3-31
Britadeira Hidráulica ..................................................................................3-32
Tecnicas operativas ................................................................................... 3-36
Operação sob condições fora do normal .................................................. 3-38

Inspecção, Manutenção e Ajustamento........................................... 4-1


Trabalhos Preliminares de Preparação da Máquina para Manutenção....... 4-3
Tabela de Lubrificantes Recomendados ..................................................... 4-5
Capacidade de Líquidos.............................................................................. 4-7
Tabela de lubrificação e manutenção.......................................................... 4-7
Intervalos de Manutenção .........................................................................4-10
Cada 10 Horas de Operação / Diariamente .............................................. 4-12
Cada 50 Horas de Operação / Semanalmente ......................................... 4-22
Cada 250 Horas de Operação / Mensalmente.......................................... 4-26
Cada 500 Horas de Operação / Trimestralmente...................................... 4-31
Cada 1000 Horas de Operação / Trimestralmente.................................... 4-39
Cada 2000 Horas de Operação / Anualmente .......................................... 4-45
Cada 4000 Horas de Operação / De dois em Dois Anos..........................4-48

II Indice 022-00022PT
Ventilação e Ferragem do Sistema Hidráulico .......................................... 4-49
Funcionamento do Acumulador ................................................................ 4-51
Bomba de Trasfega de Combustível (Opção) ........................................... 4-52
Sistema Eléctrico ...................................................................................... 4-54
Sistema de ar condicionado ...................................................................... 4-58
Balde ......................................................................................................... 4-59
Procedimentos para Fixação do Balde Através de Cunhas ...................... 4-62
Tensão das Lagartas................................................................................. 4-63
Inspecção das porcas e dos parafusos..................................................... 4-65
Manutenção em Condições Especiais ......................................................4-66
Paragem de Longa Duração ..................................................................... 4-67

Transporte .......................................................................................... 5-1


Extensão e retracção das estruturas do carril............................................. 5-1
Carregamento e Descarga .......................................................................... 5-5
Elevação com Estropos............................................................................... 5-8

Resolução de problemas................................................................... 6-1


Motor ........................................................................................................... 6-1
Sistema Hidráulico ...................................................................................... 6-2
Sistema de Rotação ....................................................................................6-3
Sistema de Deslocação............................................................................... 6-4
Sistema Eléctrico ........................................................................................ 6-4

Especificações ................................................................................... 7-1


Especificações Padrão ................................................................................ 7-1
Dimensões Globais ..................................................................................... 7-2
Amplitude de Trabalho................................................................................. 7-3
Peso Aproximado dos Materiais da Carga de Trabalho .............................. 7-4

Index.................................................................................................... 8-1

022-00022PT Indice III


1SEGURANÇA

PARA O OPERADOR DE UMA ESCAVADORA


DAEWOO

PERIGO!
A utilização da escavadora sem respeitar as instruções de segurança poderá conduzir a lesões
graves ou à morte. A utilização de procedimentos de operação, práticas de instalação e manu-
tenção ou métodos de transporte ou expedição que não cumpram as linhas de orientação de
segurança que são descritas nas páginas que se seguem, poderão provocar lesões graves
potencialmente fatais, ou danos profundos na própria máquina ou no meio envolvente.

Por favor tome consciência da importância que tem o facto de assumir a inteira responsabilidade pela sua
própria segurança, e pela de outras pessoas que podem ser afectadas pelas suas acàões.
A informação de segurança constante nas páginas seguintes encontra-se organizada nas seguintes sec-
ções:
1. “Localização dos Autocolantes de Segurança” na página 1-4
2. “Resumo das Precauções de Segurança a respeitar durante a Elevação em Modo de Escavação” na
página 1-12
3. “Informação geral de Perigo” na página 1-13
4. “Antes de fazer o arranque do motor” na página 1-21
5. “Funcionamento da máquina” na página 1-24
6. “Manutenção” na página 1-29
7. “Bateria” na página 1-37
8. “Reboque” na página 1-39
9. “Expedição e Transporte” na página 1-40
10. “Tabelas da Capacidade de Elevação Nominal da Escavadora” na página 1-41

022-00022PT Segurança 1-1


AVISO!
O mau manuseamento e manutenção desta máquina pode ser perigoso e ocasionar graves feri-
mentos ou morte
O operador e pessoal de manutenção devem ler este manual na integra antes de iniciar a sua
operação ou manutenção.
Mantenha este manual na bolsa situada na parte de trás do banco do operador, e assegure-se
que o pessoal que tem de trabalhar na máquina o leia periodicamente.
Algumas das acções necessárias à operação e manutenção da máquina podem dar origem a
acidentes graves, caso não sejam efectuadas tal como descrito neste manual.
Algumas das acções necessárias à operação e manutenção da máquina podem dar origem a
acidentes graves, caso não sejam efectuadas tal como descrito neste manual.
Os procedimentos e normas de segurança indicados neste manual só se destinam ao serviço
desta máquina. Ao utilizar a máquina para qualquer fim diferente daquele para que ela foi conce-
bida, e que não esteja especificamente proibido, deve certificar-se de que não há perigo para os
outros. A máquina não deve ser utilizada em nenhuma circunstância que esteja proibida neste
manual.
A Daewoo fornece máquinas que estão em conformidade com todas as normas e standards apli-
cáveis no país a que se destina. Se esta máquina tiver sido comprada noutro país ou adquirida
em segunda mão noutro país, pode acontecer que não possua certos dispositivos e especifica-
ções de segurança necessários à utilização no seu país. Em caso de dúvida sobre se o seu pro-
duto está em conformidade com as especificações e standards aplicáveis no seu país, consulte
a Daewoo ou o seu distribuidor Daewoo antes de começar a trabalhar com a máquina.

1-2 Segurança 022-00022PT


SÍMBOLO DE ALERTA DE SEGURANÇA
Esteja Preparado - Familiarize-se com Todas as Instruções de Segurança e de Operação.
Este é o Símbolo de Alerta de Segurança. Sempre que ao longo deste manual ou nos sinais de
segurança da máquina seja exibido este sinal, deverá ficar atento dado existir um enorme poten-
cial para ocorrerem lesões ou acidentes. Cumpra sempre as precauções de segurança e res-
peite os procedimentos recomendados.

APRENDA E CONHEÇA AS PALAVRAS DE AVISO UTILIZADAS COM O SÍMBOLO DE ALERTA DE


SEGURANÇA
As palavras "ATENÇÃO", "AVISO", e "PERIGO" utilizadas ao longo deste manual e nos autocolantes
existentes na máquina indicam o grau de risco dos perigos ou das práticas pouco seguras. Todos os três
graus de risco indicam que a segurança está em causa. Respeite todas as medidas de precaução indica-
das sempre que observar o "Triângulo" de Alerta de Segurança, independentemente da palavra de aviso
que surgir escrita junto ao símbolo de "Ponto de Exclamação".

ATENÇÃO!
Esta palavra nas mensagens de segurança e avisos de segurança indica a possibilidade de
ocorrência de uma situação perigosa, que, caso não seja evitada, poderá originar ferimentos
menores ou moderados Poderá igualmente ser utilizado para alertar o operador relativamente a
um procedimento pouco seguro na grande maioria dos casos.

AVISO!
Esta palavra é utilizada em mensagens de segurança e avisos de segurança e indica possibili-
dade de ocorrência de uma situação perigosa, que, caso não seja evitada, poderá originar feri-
mentos graves ou a morte. Poderá igualmente ser utilizado para alertar o operador
relativamente a um procedimento altamente perigoso e pouco seguro.

PERIGO!
Esta palavra é utilizada em mensagens de segurança e avisos de segurança e indica perigo emi-
nente no caso de ocorrência de uma situação, que caso não seja evitada, poderá originar feri-
mento extremamente sério ou a morte. Poderá igualmente ser utilizado para alertar o operador
relativamente a um equipamento que poderá explodir ou detonar caso seja tratado ou manuse-
ado sem as necessárias medidas de precaução.

As normas de segurança encontram-se descritas no título SEGURANÇA a partir de página 1-4.


A Daewoo não pode prever todas as circunstâncias que possam envolver potencial perigo no serviço e
manutenção. Assim as mensagens de segurança contidas neste manual e na máquina podem não incluir
todas as possiveis precauções de segurança. Caso faça uso de qualquer procedimento ou acção não
especificamente recomendado ou permitido neste manual deve certificar-se que não põe em risco a sua
segurança nem a dos outros e que não está a danificar a máquina. Caso não tenha a certeza sobre a
segurança de qualquer eventual procedimento, contacte um distribuidor Daewoo.

022-00022PT Segurança 1-3


LOCALIZAÇÃO DOS AUTOCOLANTES DE SEGURANÇA

3 6 5 1 2

9 11 14

12 15

13 8

16

10 4 7

ASO0450L

Figura 1

Existem diversos avisos especificos de segurança nesta máquina. A localização exacta dos perigos e a
descrição dos perigos estão tratados nesta secção.
É favor familiarizarem-se com todos os sinais de aviso.
Certifica-se de que todos os avisos de segurança estão legíveis. Limpe ou substitua os avisos de segu-
rança caso as palavras não estejam bem legiveis. Substitua as ilustrações se estas não estiverem visiveis.
Para limpar os avisos de segurança, use um pano, água e sabão. Não use dissolventes, gasolina, ou
outros quimicos abrasivos, que poderiam descolar o adesivo que segura a placa de aviso. Dissolventes,
gasolina ou outros produtos químicos abrasivos podem soltar o adesivo que segura a placa de aviso. Uma
placa com o adesivo solto corre o risco de cair.
Substitua os avisos de segurança que se encontrem estragados ou que tenham desaparecido. Caso
exista um aviso de segurança agarrado a uma peça que vai ser substituida, coloque um aviso de segu-
rança na peça de substituição.

1-4 Segurança 022-00022PT


1. AVISOS DE SERVIÇO, INSPECÇÃO E MANUTENÇÃO (190-00688, 190-00092).

AVISO
EVITE A MORTE OU FERIMENTOS GRAVES. LEIA E COMPREENDA BEM O
MANUAL DE SERVIÇO E OS AVISOS DE SEGURANÇA antes de começar a
trabalhar com esta máquina.

Nunca se coloque por debaixo da máquina enquanto esta estiver a ser levanta-
da através de um braço e de uma lança.

Accione a buzina de alarme para avisar as pessoas que se encontrem proximo


antes de operar com a máquina e assegure-se de que todos se afastem da area.

Os elementos de comando podem ser substituídos por ligações ou qualquer ou- 190-00092
tra solução da preferência do operador. Experimente o padrão de comando an-
tes de operar com a máquina.
190-00688
ARO1080L

2. AVISOS DE ALTA TENSÃO (190-00689, 190-00096)

PERIGO
Podem ocorrer FERIMENTOS GRAVES OU
MORTE POR ELECTROCUSSÃO caso a
máquina ou as ligações não se encontrarem
a distância conveniente das linhas de cor-
rente electrica.

Voltagem de linha Distância de segurança


6.6 kv Minimo 3m(10ft)
66.6 kv Minimo 5m(16ft) 190-00096
275.0 kv Minimo 10m(33ft)
190-00689
ARO1090L

3. AVISOS QUANDO SE ABRE UMA PORTA DA FRENTE (190-00690, 190-00093).

AVISO
A queda de uma janela mal pre-
sa poderá provocar lesões.
Ao levantar a janela, tranque-a
nessa posição com a cavilha si-
tuada no lado esquerdo.

190-00690
190-00093
ARO1100L

022-00022PT Segurança 1-5


4. AVISOS PARA UM CILINDRO DE ALTA
PRESSÃO (190-00122).

190-00122

ARO1110L

5. AVISOS PARA AJUSTE DA TENSÃO DA LAGARTA (2190-3386A, 190-00521).

AVISO
O ajustador da lagarta – ajuste e manuseamento

A mola existente no ajustador da lagarta está instalada sob pressão e a pressão


no cilindro é muito elevada. Por esta razão é possivel ocorrer qualquer acidente
que ocasione ferimentos no pessoal. É muito perigoso enganar-se ao executar
este ajuste ou desmontagem.

Não se esqueça de ler cuidadosamente os procedimentos descritos no Manual


de Instruções de Operação o Manutenção, antes de ajustar a tensão das lagar-
tas.

2190-3386A
190-00521
ARO1120L

1-6 Segurança 022-00022PT


6. AVISOS PARA ABANDONAR O BANCO DO OPERADOR (190-00693, 190-00094).

AVISO
Qualquer movimento súbito ou involuntário da máquina
pode causar ferimento grave ou morte

Quando abandonar o lugar do operador proceda sempre


da seguinte forma:

Desça o equipamento para o chão


Mova a alavanca de segurança para a posição de
TRANCADO
DESLIGUE o interruptor. Tire a chave da ligação

190-00693

190-00094
ARO1140L

7. AVISOS PARA MANUTENÇÃO DAS BATERIAS (2190-2533A, 190-00100).

PERIGO
Os gases libertados pela bateria podem explodir. Mantenha as faíscas e as
chamas a descoberto afastadas das baterias.

Evite sempre armazenar metais tais como ferramentas ou matetriais inflamá-


veis na proximidade ou sobre as baterias. Pode ocorrer uma explosão ou fogo
devido a curto circuito nas baterias.

O ácido sulfurico abre buracos na roupa e causa cegueira caso salte para os
olhos.
Caso entorne ácido em cima de si ,

1. Lava a pele em água corrente


2. Aplique soda caustica ou limão para ajudar a neutralizar o ácido.
3. Lave os olhos em água corrente durante 10-15 minutos. Consulte imediata-
mente um médico.

2190-2533A 190-00100
ARO1150L

022-00022PT Segurança 1-7


8. AVISOS REFERENTES A ÓLEO HIDRAULICO A ALTA TEMPERATURA (190-00691, 190-00097)

AVISO
ÓLEO HIDRÁULICO
O OLEO QUENTE PODE CAUSAR FERIMENTOS
OU CEGUEIRA

Para evitar que o óleo quente jorre para fora:

Desligue o motor.

Deixe o oleo arrefecer


190-00097
Desaperte lentamente a tampa para libertar a pres-
são

190-00691
ARO1160L

9. AVISOS RESPEITANTES A REFRIGERANTE DE ÓLEO (190-00692, 190-00097)

AVISO
O REFRIGERANTE DE OLEO PODE CAUSAR FERIMEN-
TOS OU CEGUEIRA.

Nunca desaperte ou abra a tampa do radiador quando o refri-


gerante estiver quente e sob pressão.

Para abrir a tampa, páre o motor, espere até que o radiador es-
teja frio. Depois desaperte lentamente a tampa para libertar a
pressão.

190-00097

190-00692
ARO1170L

10. AVISOS PARA MANUSEAMENTO DE UM ACUMULADOR (190-00703, 190-00099).

Mantenha-se afastado das

AVISO chamas a descoberto.


Não proceda a trabalhos de sol-
dagem ou perfuração no acumu-
PERIGO DE EXPLOSÃO lador.
190-00703
190-00099

ARO1180L

1-8 Segurança 022-00022PT


11. AVISOS RESPEITANTES A PEÇAS ROTATIVAS (190-00694, 190-00095, 190-00557).

AVISO

190-00095

As peças rotativas podem causar ferimentos


pessoais.
Mantenha-se afastado da ventoinha e da cinta
quando o motor está a trabalhar. Páre o motor
antes de efectuar qualquer serviço.

190-00694 190-00557

ARO1190L

12. ETIQUETA DE AVISO - UTILIZADA ENQUANTO DECORRE SERVIÇO DE MANUTENÇÃO OU


INSPECÇÃO (190-00695, 190-00098).

AVISO
NÃO OPERAR
Enquanto está a decorrer a
inspecção ou manutenção

190-00695
190-00098

ARO1200L

022-00022PT Segurança 1-9


13. AVISO RESPEITANTE A UMA SUPER-
FICIE QUENTE (190-00648).

190-00648
ARO1210L

14. CUIDADO COM A COBERTURA DO


MOTOR (190-00522).

190-00522

ARO1220L

15. MANTENHA-SE FORA DA AREA DE MOVIMENTAÇÃO (2190-3379, 190-00090).

PERIGO
MANTENHA-SE FORA DA
AREA DE MOVIMENTAÇÃO
2190-3379

190-00090
ARO1240L

1-10 Segurança 022-00022PT


16. AVISOS RESPEITANTES ÀS LIGA-
ÇÕES FRONTAIS (190-00652).

190-00652
ARO1230L

022-00022PT Segurança 1-11


RESUMO DAS PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA A RES-
PEITAR DURANTE A ELEVAÇÃO EM MODO DE ESCA-
VAÇÃO

PERIGO!
A utilização da escavadora sem respeitar as instruções de segurança enquanto se efectuam as
elevações previstas poderá provocar lesões graves, potencialmente causadoras de morte, ou
danos profundos na própria máquina ou no meio envolvente. Não permitir que ninguém trabalhe
com a máquina a menos que tenha sido devidamente treinado e esteja na correcta compreensão
da informação existente neste Manual de Serviço e Manutenção.

Para fazer a elevação enquanto se está no MODO ESCAVADORA , o operador e a equipe de serviço
devem analisar os seguintes pontos.
• Condição do apoio no solo.
• Configuração da escavadora e das ligações.
• Peso, altura de elevação e raio de elevação.
• A carga deve estar atada com segurança.
• A carga suspensa deve ser manuseada com cuidado.
A utilização de cabos de fixação presos em lados opostos da carga poderá ser bastante útil para manter a
carga suspensa segura, caso os cabos se encontrem firmemente fixos a pontos de controlo existentes no
solo.

AVISO!
NUNCA passe um cabo de fixação à volta das mãos ou do corpo.
NUNCA deixe cabos soltos ou faça trabalhos de elevação de carga quando as rajadas de vento
forem superiores a 48,3 km/hr (30 mi/h). Prepare-se para qualquer tipo de rajadas de vento
quando trabalhar com cargas que possuam uma área de superfície de dimensões apreciáveis.

Accione sempre o comando de "Modo de Escavação" existente no Painel de Instrumentos antes de utili-
zar a escavadora em trabalhos de elevação.

AVISO!
Se necessitar de mais informações, ou se tiver algumas questões ou dúvidas relativamente aos
procedimentos de operação em segurança, ou sobre a forma de operar correctamente a escava-
dora para uma aplicação em particular, ou nas condições do seu próprio ambiente de trabalho,
não hesite em consultar o seu distribuidor Daewoo local.

1-12 Segurança 022-00022PT


MODIFICAÇÕES NÃO AUTORIZADAS
Todas as modificações efectuadas sem a devida autorização ou aprovação por escrito por parte da
Daewoo podem colocar em risco a segurança da máquina, situação que é da inteira responsabilidade do
proprietário da máquina.
Por razões de segurança, substitua todas as peças OEM por peças originais ou devidamente autorizadas
pela Daewoo. Por exemplo, não reservar um tempo para substituir os esticadores, parafusos ou porcas
pelos componentes de substituição adequados poderá conduzir a uma situação em que a segurança das
instalações mais importantes fique seriamente comprometida.

INFORMAÇÃO GERAL DE PERIGO


NORMAS DE SEGURANÇA
A operação e manutenção da máquina só podem ser efectuadas por pessoal treinado e autorizado.
Cumpra todas as normas, precauções e instruções de segurança quando estiver a operar ou a fazer a
manutenção da máquina.
Não trabalhe com a máquina se não estiver a sentir-se bem, se andar a tomar medicamentação que lhe
faça sono, se tiver bebido ou se sofre de problemas emocionais. Estes problemas podem interferir com o
seu sentido de avaliação em emergência e ocasionar acidentes.
Quando estiver a trabalhar com outro operador ou com uma pessoa presente para dirigir o trânsito no
local de serviço, assegure-se que todos conhecem a natureza do trabalho e percebem todos os sinais de
mão utilizados.
Cumpra sempre com rigor toda e qualquer norma relacionada com a segurança.

ELEMENTOS DE SEGURANÇA
Assegure-se de que todas as guardas e coberturas se encontram instaladas nas suas respectivas posi-
ções. Proceda de imediato à reparação de guardas e coberturas que se encontrem danificadas.
Certifique-se que percebe como se trabalha com elementos de segurança ,tais como a alavanca do fecho
de segurança e o cinto do banco, e use-os devidamente.
Nunca retire do lugar qualquer elemento de segurança. Mantenha-os sempre em boas condições de uso.
A não utilização dos elementos de segurança de acordo com as instruções do Manual de manutenção
pode levar a ferimentos corporais graves.

022-00022PT Segurança 1-13


INTERIOR DA CABINA DO OPERADOR
Quando entrar para a cabina do operador limpe os sapatos de quaisquer vestígios de lama ou óleo. Se
tiver de accionar o pedal de avanço com lama ou óleo nas solas dos sapatos, o seu pé poderá escorregar
e provocar um acidente grave.
Ao utilizar o cinzeiro, assegure-se que todas as beatas e fósforos estão bem apagados e verifique que o
cinzeiro fique fechado. Se este ficar aberto pode correr-se o perigo de incêndio.
Não cole ventosas aos vidros da janela, pois as ventosas actuam como lentes e podem causar incêndio.
Não deixe isqueiros abandonados na cabine do operador. Se a temperatura no interior da cabine do ope-
rador se tornar elevada, o isqueiro corre o risco de explodir.
Não use telemóveis no interior da cabine do operador quando estiver a conduzir ou a operar com a
máquina. Isto pode levar a desatenção e provocar acidentes.
Nunca leve consigo para o interior da cabine objectos perigosos, como por exemplo items inflamáveis ou
explosivos.
Para maior segurança não use auscultadores de musica ou rádio enquanto estiver a operar com a
máquina. Isto poderá levar à ocorrência de acidente sério.
Enquanto está a operar com a máquina, não coloque as mãos ou a cabeça fora da janela.
Ao levantar-se do banco do operador, coloque sempre a alavanca do fecho de segurança na posição de
TRANCA. Caso toque acidentalmente nas alavancas de serviço e estas não estejam trancadas, a
máquina pode colocar-se inesperadamente em movimento e provocar ferimentos ou danos graves.
Ao abandonar a máquina, desça o equipamento de elevação completamente até ao solo, coloque a ala-
vanca de segurança na posição TRANCA e desligue o motor. Use a chave para fechar todo o equipa-
mento. Retire-a sempre da ligação e leve-a consigo.

VESTUÁRIO E ARTIGOS DE PROTECÇÃO


PESSOAL.
Prenda o cabelo comprido e evite usar vestuário
solto e joias. Podem prender-se nos comandos
ou nas peças salientes e causar graves ferimen-
tos ou morte.
Não use roupas de oleado, que são altamente
inflamáveis.
No local de trabalho podem ser necessários o
uso de protecção completa da vista, capacete,
sapatos e luvas de protecção. HAOA020L
Figura 2
Enquanto trabalha na máquina, nunca utilize as
ferramentas inadequadas. Estas poderão partir-
se ou escorregar provocando lesões, ou então
poderão não executar correctamente as fun-
ções pretendidas.
Não se esqueça que alguns dos riscos para a
sua saúde poderão não ser imediatamente visí-
veis. Os gases de descarga e a poluição sonora
podem não ser visíveis, mas estes perigos
podem provocar incapacidade ou lesões irrever-
síveis.

1-14 Segurança 022-00022PT


PODERÃO SER NECESSÁRIAS MÁSCARAS DE RESPIRAÇÃO E PROTECÇÃO AURICULAR
Não se esqueça que alguns dos riscos para a sua saúde poderão não ser imediatamente visíveis. Os
gases de descarga e a poluição sonora podem não ser visíveis, mas estes perigos podem provocar inca-
pacidade ou lesões irreversíveis.
NOTA: O nível sonoro com a cabine do operador fechada é de 72 dB(A). Para mais informações
acerca dos níveis de vibração e de ruído da máquina, consulte o Manual do Fabricante.

SUBIR E DESCER DA MÁQUINA


Antes de subir ou descer da máquina, verifique se há lama ou quaisquer vestigios de oleo ou lubrificante
nos manipulos, nos degraus ou nas lagartas e limpe-os de imediato. Mantenha sempre estas peças lim-
pas. Proceda à reparação de qualquer estrago e aperte todos os parafusos soltos.
Nunca salte para o interior ou para fora da máquina. Especialmente não suba nem desça da máquina com
esta em movimento. Estes actos podem ocasionar ferimento grave.
Ao subir ou descer, faça-o sempre de frente para a máquina e mantenha três pontos de contacto (ambos
os pés e uma mão ou um pé e ambas as mãos) com os manipulos, degraus e lagartas para assegurar que
está bem apoiado.
Nunca se segure às alavancas de controlo para descer ou subir para a máquina.
Accione a tranca de fecho da porta. Se se agarrar ao manipulo do interior da porta para subir para cima
das lagartas e a porta não se encontrar bem trancada, esta pode mover-se e provocar a sua queda.
Use os pontos marcados com setas no diagrama para subir e descer da máquina.

Figura 3

022-00022PT Segurança 1-15


PERIGOS DE DEFLAGRAÇÃO DE INCÊN-
DIOS DE LÍQUIDOS HIDRÁULICOS,
ÓLEO E COMBUSTÍVEL
O combustível, oleo e liquido hidraulico podem
pegar fogo em proximidade com a chama. O
combustivel é particularmente inflamável e
pode ser perigoso.
Observe sempre o estrito cumprimento do
seguinte.
Ateste a máquina com combustivel, óleo ou
liquido hidraulico só numa zona bem ventilada.
A máquina deve estar estacionada com todos
os comandos, luzes e interruptores DESLIGA-
DOS. O motor tem de estar DESLIGADO e
quaisquer chamas, brasas acesas, unidades
auxiliares de aquecimento ou equipamento que
possa produzir faísca deve ser retirado, desli-
gado e/ou mantido bem longe da máquina. Figura 4
A electricidade estática poderá originar faíscas
perigosas na mangueira de abastecimento de
combustível. Com tempo muito frio e seco ou noutras condições que possam originar uma descarga está-
tica, mantenha a extremidade do bocal de enchimento de combustível em contacto permanente com o
colo da mangueira de abastecimento de combustível, para garantir a ligação à massa.
Mantenha os tampões do tanque de combustível e dos reservatórios de outros líquidos firmemente aper-
tados e não coloque o motor em marcha enquanto os tampões não forem devidamente apertados.

PRECAUÇÕES A TOMAR QUANDO SE


MANUSEIA FLUIDOS A ALTA TEMPE-
RATURA
Imediatamente após a conclusão das opera-
ções, o refrigerante, óleo do motor e óleo
hidraulico encontram-se a elevadas temperatu-
ras e o radiador e tanque hidraulico encontram-
se ainda sob pressão. Por isso,acções como
tentar retirar a tampa, despejar o refrigerante ou
o óleo, ou substituir os filtros podem provocar
graves queimaduras. Espere sempre até que a
temperatura desça e siga os procedimentos
especificados para a execução deste tipo de HAOA050L
operações. Figura 5
Para evitar que o refrigerante quente espilre,
pare o motor, espere que o refrigerante arrefeça
e depois abra o tampão lentamente para libertar
a pressão.
Para evitar que o óleo quente espilre, páre o
motor, espere até que o óleo arrefeça, e depois
abra o tampão lentamente para libertar a pres-
são.

HAOA060L
Figura 6

1-16 Segurança 022-00022PT


PREVENÇÃO DO PERIGO DE PÓS DE
ASBESTO
O pó de asbesto poderá constituir um perigo
para a sua saúde, se for inalado.
Se lidar com materiais que contêm fibras de
asbesto, siga estas linhas de orientação que se
seguem:
• Utilize um respirador aprovado.
• Nunca utilize ar comprimido na lim-
peza. ARO1770L
• Utilize água para limpezas a fim de Figura 7
manter o pó em baixo.
• Trabalhe na máquina ou no compo-
nente com o vento nas costas, sem-
pre que for possível.
• Cumpra sempre todas as normas e
regras relacionadas com o local de
trabalho e o ambiente circundante.

FERIMENTOS PROVOCADOS PELO EQUI-


PAMENTO DE SERVIÇO
Não coloque a si ou às suas mãos ou qualquer
parte do seu corpo entre peças móveis, tais
como entre o equipamento de serviço e cilin-
dros, ou entre a máquina e o equipamento de
serviço.
Se as alavancas de comando forem acciona-
das, o espaço existente entre o equipamento de
serviço e a máquina altera-se e poderá dar ori-
gem a danos sérios ou ferimentos pessoais. HDO1010L
Se for necessário ir a um local situado entre Figura 8
peças móveis, posicione sempre e fixe o equi-
pamento de serviço de modo a que não se
mova.

022-00022PT Segurança 1-17


EXTINTOR DE INCÊNDIOS E KIT DE PRIMEI-
ROS SOCORROS
Como precaução de ocorrência de qualquer
ferimento ou incêndios proceda sempre do
seguinte modo.
• Certifique-se que existem extintores
na máquina e leia os rótulos para ter
a certeza de que os sabe usar.
Recomenda-se a instalação de um
extintor de tamanho adequado (2.27
kg [5 lb] ou maior) multifunções "A/B/ HDO1009L
C". Verifique e experimente o extintor
Figura 9
regularmente e assegure-se de que
todo o pessoal da equipe está devi-
damente treinado no seu uso.
• Coloque um kit de primeiros socorros no compartimento de arrumos e mantenha outro no local
de trabalho. Verifique periodicamente o kit e acrescente o que achar necessário.
• Saiba o que fazer em caso de ferimento provocado por fogo.
• Mantenha os numeros de telefone de emergência médica, serviço de ambulância, hospital e
bombeiros perto do telefone.
Caso a máquina se incendiar, podem ocorrer ferimentos graves ou morte. Caso ocorra um incêndio
durante o serviço, fuja da máquina como segue.
• DESLIGUE o interruptor de arranque e pare o motor.
• Se houver tempo, use o extintor de fogo para extinguir o fogo tanto quanto possível.
• Use os manipulos e degraus para fugir da máquina.
O acima indicado é o método base para fugir da máquina, mas pode ser necessário alterar o método de
acordo com as circunstâncias. Assim é conveniente fazer testes de ensaio no local de serviço.

PROTECÇÃO CONTRA QUEDA DE OBJECTOS OU OBJECTOS SUSPENSOS


Nos locais de serviço onde há perigo de os objectos cairem ou se deslocarem no ar atingindo a cabina do
operador, é necessário nomear um guarda para controlar as condições de trabalho e proteger o operador.
No trabalho em minas, túneis, covas de grande
profundidade ou em superfícies húmidas ou
pouco firmes poderá existir o perigo da queda
de pedras, de a máquina se virar ou de existi-
rem objectos suspensos perigosos. Será neces-
sária protecção suplementar para a cabine do
operador através de uma estrutura de protec-
ção contra objectos suspensos ou protecções
na janela.

HAOA110L
Figura 10

1-18 Segurança 022-00022PT


Nunca tente alterar ou modificar nenhum tipo de
sistema de reforço de estruturas de protecção,
seja através de furos de berbequim, soldagem e
reposicionamento ou remontagem de fixadores.
Qualquer impacto ou dano grave no sistema
requer uma completa reavaliação da integri-
dade do mesmo. Neste caso, poderá eventual-
mente ser necessário voltar a instalar, certificar
e/ou substituir o sistema.
Contacte o seu distribuidor autorizado Daewoo
para verificar quais as protecções de segurança
e/ou as recomendações existentes no caso de
existir o risco de ser atingido por objectos que HAOA100L
poderão colidir com a cabine do operador. Certi- Figura 11
fique-se que todos os restantes membros da
equipe se mantêm longe da escavadora e a
salvo de qualquer perigo.
Numa operação de britagem, instale uma protecção frontal e monte uma folha laminada de revestimento
no vidro da frente. Contacte o seu distribuidor DAEWOO para solicitar recomendações.
Numa operação de demolição ou corte, instale uma protecção na parte da frente e no topo da cabine e
monte uma folha laminada de revestimento no vidro da frente.
Numa operação em minas ou pedreiras, onde há perigo de queda de pedras, instale uma estrutura de pro-
tecção contra objectos em queda e monte uma folha laminada de revestimento no vidro da frente.
Caso se parta um vidro na máquina, substitua-o de imediato por um novo.

PRECAUÇÕES A TER COM OS ACESSÓRIOS


No seu vendedor poderá adquirir kits opcionais. Contacte o seu distribuidor autorizado Daewoo para obter
mais informações acerca dos kits de controlo auxiliares/válvulas/tubagens de uma via (de acção simples)
e de duas vias (de dupla acção) disponíveis. Dado não ser possível à Daewoo antecipar, identificar ou tes-
tar todos os acessórios que os proprietários podem pretender instalar nas suas máquinas, contacte por
favor a Daewoo para que lhe seja concedida a devida autorização e aprovação dos acessórios, bem como
para se informar acerca da sua compatibilidade com os "kits” opcionais.

ACUMULADOR
O sistema de controlo piloto encontra-se equipado com um acumulador. Durante um breve periodo de
tempo depois do motor ter sido desligado, o acumulador manterá uma carga de pressão que permitirá a
activação dos comandos hidraulicos. A activação de quaisquer comandos poderá permitir o funciona-
mento da função seleccionada por força de gravidade.
Ao proceder à manutenção do sistema piloto de comando, a pressão hidraulica no sistema pode ser liber-
tada como descrito em “Funcionamento do Acumulador” na página 4-51.
O acumulador está carregado de gás nitrogénio a alta pressão, por isso o seu manuseamento inadequado
é extremamente perigoso. Observem-se sempre as seguintes precauções;
• Não trabalhe com o berbequim ou faça quaisquer furos no acumulador nem o exponha a qual-
quer tipo de chama, fogo ou fonte de calor.
• Não proceda a trabalhos de soldagem no acumulador nem tente montar nada na sua superfi-
cie.
• Ao desmontar ou proceder a manutenção no acumulador, ou quando se pretende pô-lo de
lado, deve-se despejar totalmente o gás de carga. Contacte o seu distribuidor Daewoo.
• Quando trabalhar num acumulador, use sempre óculos protectores e luvas de protecção. O
óleo hidráulico sob pressão poderá penetrar na pele e provocar lesões graves.

022-00022PT Segurança 1-19


VENTILAÇÃO INTERNA
Os gases de exaustão do motor podem causar
acidentes fatais e perda de consciência, de raci-
ocinio, reacção e controlo motor e ferimentos
graves.
Verifique que haja uma perfeita ventilação antes
de ligar o motor numa area fechada.
Deverá ter igualmente presente quais as jane-
las, portas e tubagens abertas através das
quais os gases de escape podem ser transpor-
tados ou arrastados pelo vento, que expõem as ARO1770L
outras pessoas a eventuais perigos. Figura 12

SAÍDA DE EMERGÊNCIA
Esta máquina está equipada com um acessório
para partir vidro. Está localizado atrás do banco
do operador no canto superior direito da cabine.
Este acessório pode ser usado em caso de
emergência que exija a quebra do vidro para
sair da cabine do operador. Agarre firmemente
o cabo e utilize a ponta afiada para quebrar o
vidro.

AVISO! Figura 13
Proteja os seus olhos ao partir o vidro.

1-20 Segurança 022-00022PT


ANTES DE FAZER O ARRANQUE DO MOTOR
PRECAUÇÕES NO LOCAL DE SERVIÇO
Antes de iniciar as operações, verifique com cuidado a area para detectar qualquer situação fora do nor-
mal que possa ser perigosa.
erifique o terreno e as condições do solo no local de trabalho, e determine o método melhor e mais seguro
de serviço.
Torne a superficie do solo o mais rija e horizontal possível antes de iniciar as operações. Caso haja muito
pó e areia no local de trabalho, pulverize a zona com água antes de iniciar as operações.
Caso necessite de trabalhar numa rua, proteja
os peões e carros, designando uma pessoa
para orientar o tráfico no local de trabalho ou
levantando vedações e colocando avisos com
”Proibida a entrada” à volta do local.
Levante vedações, coloque avisos com ”Proi-
bida a entrada” e tome outras medidas para evi-
tar que as pessoas se aproximem ou entrem no
local de trabalho. Se as pessoas se aproxima-
rem de uma máquina em movimento, podem DAN
GER
No En
try
ser atingidas pela máquina e sofrer graves feri-
mentos pessoais ou a morte. ARO1250L
Figura 14
Canalizações de água, de gás, instalações tele-
fónicas e linhas electricas de alta voltagem
podem estar enterradas debaixo do local de tra-
balho. Contacte cada serviço e identifique as
suas localizações. Tenha cuidado para não
danificar ou cortar nenhuma destas instalações.
Verifique as condições do leito do rio, e a pro-
fundidade e corrente da água antes de proceder
a trabalhos na água ou atravessar um rio.
NUNCA trabalhe em água que exceda a profun-
didade permitida.
Qualquer tipo de objecto nas proximidades da
lança poderá representar um perigo potencial,
ou fazer com que o operador reaja repentina-
mente e provoque um acidente. Utilize um sina-
lizador ou uma pessoa para a sinalização nos
trabalhos a realizar junto a pontes, linhas telefó-
nicas, andaimes no local de trabalho, ou outras
obstruções. Figura 15

022-00022PT Segurança 1-21


As autoridades governamentais podem exigir
niveis minimos de cobertura de segurança,
licenças de trabalho, barreiras físicas à volta do
local de trabalho ou horas restrictas de labora-
ção no equipamento. Podem também ter de ser
cumpridas certas normas, regras, restricções
ou standards no equipamento de acordo com a
legislação local. Poderá haver também legisla-
ção relacionada com a execução de certos tipos
de trabalho. Em caso de qualquer dúvida sobre
se a sua máquina e local de trabalho estão em
conformidade com os standards e regulamen-
tos aplicáveis, contacte as autoridades e agen-
Figura 16
tes locais.
Evite trabalhos em terrenos demasiado moles
para que a máquina não se atole.
Evite trabalhar com a máquina muito próximo da beira de declives, ribanceiras e valas fundas. O solo
pode ser fraco nestas areas. Caso o solo desmoronasse a máquina poderia cair ou voltar-se e ocasionar
ferimentos graves ou morte.
Tenha em atenção que o solo depois de grandes chuvadas, rebentamentos ou tremores de terra fica mais
fraca nestas zonas.
A terra colocada no chão e o solo perto de valas são soltos. Podem desmoronar sob o peso da vibração
da máquina e ocasionar que a máquina se volte.
Instale a estrutura principal de protecção caso esteja a trabalhar em areas onde há perigo de queda de
pedregulhos.

VERIFICAÇÕES A FAZER ANTES DE PROCEDER AO ARRANQUE DO MOTOR


Todos os dias antes de ligar o motor pela primeira vez, faça as seguintes verificações. Caso estas verifica-
ções não sejam efectuadas com cuidado, corre-se o risco de ferimentos graves.
Retire completamente todos os bocados de madeira, folhas, erva, papel ou outros materiais inflamáveis
acumulados no compartimento do motor e à volta da bateria. Podem ocasionar incêndio. Retire qualquer
lixo depositado no vidro da janela, espelhos, manipulos e degraus.
Não deixe ferramentas ou peças de reserva abandonadas no compartimento do operador. A vibração da
máquina a andar ou durante as operações de serviço pode fazer que estas peças caiam e estraguem ou
danifiquem as alavancas ou interruptores de comando. Podem também ficar presas entre as alavancas de
comando e provocar mau funcionamento ou movimentação perigosa do equipamento de serviço. Isto
pode ocasionar acidentes inesperados.
Verifique os níveis do refrigerante, do combustivel e do tanque de oleo hidraulico e verifique se o purifica-
dor de ar está entupido e se a instalação electrica está em boas condições.
Ajuste a posição do banco do operador, para melhor operação da máquina e verifique se o cinto e outros
acessórios do banco estão em perfeitas condições.
Verifique se os manómetros e o ângulo dos espelhos estão bem e se a alavanca de segurança está na
posição TRANCA.
Caso encontre quaisquer anomalias nas verificações acima, proceda de imediato às respectivas repara-
ções.

1-22 Segurança 022-00022PT


LIGAR O MOTOR
Dê uma volta em torno da máquina antes de entrar para a cabine do operador. Verifique se existem vestí-
gios de derrames de líquidos, fixadores soltos, componentes mal alinhados ou quaisquer outras indica-
ções de possíveis anomalias nos equipamentos.
Todas as tampas e protecções de segurança da máquina devem encontrar-se nas respectivas posições,
de modo a proteger o operador contra eventuais lesões enquanto a máquina se encontra em funciona-
mento.
Dê uma vista de olhos pelo local de trabalho para ver se encontra quaisquer potenciais perigos, pessoas
ou propriedade que possa correr perigo durante a operação.
NUNCA coloque o motor em funcionamento se existir algum indício de que estão a decorrer trabalhos de
reparação ou manutenção, ou se existir algum sinal de aviso colocado nos comandos existentes na
cabine.
Uma máquina que já não trabalhe há algum tempo ou tenha estado a trabalhar sob temperaturas muito
baixas, pode necessitar de um aquecimento ou serviço de manutenção antes do arranque.
Verifique os manómetros e monitores para confirmar se estão a trabalhar bem, antes de ligar o motor.
Verifique se existem ruídos estranhos e fique atento a quaisquer situações potencialmente perigosas que
possam ocorrer aquando do início do período de trabalho.
Não faça o arranque do motor através de ligação em curto circuito do motor arranque. Isto não é só peri-
goso como também pode provocar estragos na máquina.
Ao proceder ao arranque do motor, faça soar a buzina como aviso.
Ligue a máquina e trabalhe com ela só quando se encontrar sentado.

ANTES DE COMEÇAR A TRABALHAR COM A MÁQUINA


Caso não tenha procedido às verificações indicadas, após o arranque do motor podem surgir anomalias
que causarão atraso na laboração e eventualmente provocar ferimentos pessoais ou estragos na
máquina.
Proceda às verificações numa area aberta onde não haja obstrucções. Não permita a presença de nin-
guém perto da máquina enquanto está a proceder a estas verificações.
• Verifique as condições de funcionamento do equipamento e a actuação do balde, braço, barra-
gem, lagarta e sistemas de oscilação.
• Verifique se existem ruídos, vibrações, calor ou cheiro estranhos ou qualquer anomalia com os
manómetros. Verifique também se existem fugas de ar, óleo ou combustível.
• Caso detecte qualquer anomalia, proceda de imediato à reparação do problema. A utilização
da máquina sem a devida reparação de problemas pode provocar ferimentos pessoais ou ava-
ria da máquina.
• Afaste todo o pessoal da proximidade imediata da máquina e de toda a area.
• Retire todos os obstáculos do caminho da máquina. Cuidado com o perigo.
• Verifique que todas as janelas estejam limpas. Prenda as portas e janelas na posição de aber-
tas ou fechadas.
• Ajuste os espelhos retrovisores para obter a melhor visão perto da máquina. Verifique se a
buzina, o alarme de avanço (se montado) e todos os outros dispositivos de aviso estão a traba-
lhar nas devidas condições.
• Aperte bem o cinto do banco.
• Aqueça o motor e o óleo hidraulico antes de trabalhar com a máquina.
• Antes de mover a máquina, verifique a posição do carro inferior. A posição normal de desloca-
ção é com as rodas intermediárias para a frente debaixo da cabine e as engrenagens de accio-
namento para trás. Quando o carro inferior está na posição contrária, os comandos de avanço
têm de ser accionados nas direcções opostas.

022-00022PT Segurança 1-23


FUNCIONAMENTO DA MÁQUINA
QUANDO RODAR OU MUDAR A DIRECÇÃO
DE DESLOCAÇÃO
Antes de trabalhar com a máquina ou com o
equipamento, observe sempre as seguintes
precauções para evitar ferimentos graves ou
morte.
• Quando mudar a direcção de deslo-
cação da frente para trás ou de trás
para a frente, reduza antes a veloci-
dade e pare a máquina antes de
mudar a direcção do avanço.
HAOA190L
• Accione a buzina para avisar toda a Figura 17
gente no local.
• Verifique que não se encontre ninguém na area circundante da máquina. Há locais de impossi-
vel visibilidade atrás da máquina, por isso se necessário, faça rodar a estrutura superior para
verificar que não se encontra ninguém atrás da máquina antes de fazer marcha atrás.
• Quando tiver de trabalhar em areas que possam ser perigosas ou tenham uma visi bilidade
deficiente, destaque alguém para dirigir o transito no local de trabalho.
• Assegure-se que nenhuma pessoa entra sem autorização no raio de volteio ou na direcção de
deslocação.
Não deixe nunca de cumprir as precauções acima indicadas mesmo que tenha instalado alarme de
avanço ou espelhos.

PRECAUÇÕES A TER DURANTE A DESLOCAÇÃO


Nunca volte a chave de arranque para a posição "O" (OFF = Desligado) quando estiver a deslocar-se. É
perigoso se o motor pára quando a máquina se está a deslocar. Será impossível accionar o volante.
As alavancas de comando do acessório frontal não devem ser accionadas enquanto a máquina se encon-
trar em movimento.
Não altere o modo de deslocação seleccionado (RÁPIDO/LENTO) durante a deslocação da máquina.
Dobre o equipamento de trabalho de modo a que a extremidade exterior da barragem fique tão próxima
quanto possível da máquina, e 40-50 cm (16 - 20 pol.) acima do solo.
Nunca desloque a máquina por cima de obstáculos ou declives dado que poderá inclinar excessivamente
a máquina. Rodeie qualquer lomba ou obstáculo que possa originar uma inclinação da máquina de 10
graus ou mais para a direita ou para a esquerda, ou 30 graus ou mais da frente para trás.
Não mova o volante com movimentos subitos. O equipamento de trabalho pode bater no solo e causar o
desiquilibrio da máquina, o que pode danificar a máquina ou estruturas na area.
Quando se deslocar em terreno irregulares, faça-o a baixa velocidade e evite mudanças subitas de direc-
ção.
Cumpra sempre a profundidade de água permitida. A profundidade de água permitida é até à linha central
dos rolamentos superiores da lagarta.
Quando se deslocar por cima de pontes ou estruturas em terreno particular, verifique primeiro que as pon-
tes e estruturas possam suportar o peso da máquina. Quando se deslocar em estradas publicas, aconse-
lhe-se com as autoridades locais e siga as suas instruções.

1-24 Segurança 022-00022PT


POSTURA DE DESLOCAÇÃO INCORRETO

40 ~ 50 cm (16 ~ 20 in.)

ARO1280L
Figura 18

DESLOCAÇÃO EM LOMBAS
Nunca salte para uma máquina que está a andar sem governo, para a parar. Corre graves riscos de feri-
mentos.
Deslocar-se por cima de lombas pode provocar que a máquina se incline ou resvale.
Nos montes, bancos ou declives, levante a pá aproximadamente 20 - 30 cm acima do solo. Em caso de
emergência, baixe rapidamente a pá até ao solo para ajudar a parar a máquina.

HAOB610L HAOB620L
Figura 19 Figura 20
N
ão se desloque sobre relva, folhas caídas, ou
placas metálicas molhadas. Mesmo um
pequeno declive pode causar a inclinação da
máquina para o lado, por isso desloque-se a
baixa velocidade e certifique-se que a máquina
está a avançar direita pelo declive acima ou
pelo declive abaixo.
Evite mudar a direcção de deslocação num
declive. Isto poderia provocar que a máquina se
inclinasse ou resvalasse para o lado.
Quando possivel conduza a máquina pelos
declives acima ou por eles abaixo. Evite,
Figura 21
quando possível, conduzir a máquina atraves-
sando o declive na transversal.

022-00022PT Segurança 1-25


OPERAÇÕES PROIBIDAS
Não escave a superficie de trabalho por baixo
de uma parte saliente. A saliência pode desabar
e cair em cima da máquina.

Figura 22
Não faça escavações muito profundas debaixo
da frente da máquina. O solo debaixo da
máquina pode desabar e provocar a queda da
máquina.
O trabalho com cargas pesadas em solos soltos
ou pouco firmes ou em terrenos desnivelados
ou irregulares, poderá provocar condições de
estabilidade lateral da carga perigosas e a pos-
sível viragem da máquina e ocorrência de
lesões. Deslocar-se sem carga ou com uma
carga em desiquilibrio pode também ser peri-
goso. ARO0950L
Figura 23
Nunca se fie em ganchos de elevação ou outros
suportes inadequados quando estiver a traba-
lhar. Bloqueie as lagartas à frente e atrás para
evitar qualquer movimento da máquina.
Ao utilizar a máquina, para evitar acidentes provocados por danos ocasionados ao equipamento de ser-
viço ou que a máquina se vire devido a excesso de carga, não abuse das possibilidades da máquina (em
termos de carga máxima e estabilidade determinados pelo estrutura da máquina.

PRECAUÇÕES PARA A OPERAÇÃO


Tenha cuidado de não se aproximar da beira de
um precipicio por descuido.
Use a máquina só para os fins para que foi con-
cebida. A sua utilização para outros fins pode
causar avarias.
Para conseguir uma vista ampla, proceda do
seguinte modo.
• Quando trabalhar em locais escu-
ros, instale luzes de serviço e faróis
na máquina. Se necessário, instale
Figura 24
iluminação no local de serviço.
• Interrompa as operações quando a
visibilidade for má. Como por exemplo nevoeiro, neblina, neve ou chuva. Espere até que as
condições de visibilidade melhorem de forma a permitir uma operação sem problemas.

1-26 Segurança 022-00022PT


Para evitar bater com o equipamento de serviço, proceda sempre como segue:
• Quando trabalhar em túneis, sobre pontes, debaixo de fios electricos ou quando tiver de estaci-
onar a máquina ou fazer outros serviços em locais pouco altos, tenha o maior cuidado para não
bater com a pá ou outras partes da máquina.
• Para evitar colisões, opera a máquina a uma velocidade cautelosa sempre que trabalhar em
espaços confinados, em interiores ou em areas superlotadas.
• Não passe a pá por cima das cabeças dos trabalhadores ou por cima da cabine do operador da
escavadora.

EVITE OS CABOS DE ALTA TENSÃO


O contacto ou a proximidade excessiva às
linhas de alta tensão poderá provocar lesões
graves ou a morte. Não é necessário que o
balde fique fisicamente em contacto com as
linhas de energia eléctrica para que seja trans-
mitida corrente.
Utilize um sinalizador e sinais manuais para per-
manecer afastado das linhas de alta tensão que
não sejam facilmente visíveis pelo operador.
VOLTAGEM DISTÂNCIA MÍNIMA DE
SEGURANÇA HAOA230L
6,6 kV 3 m (9’ 10'') Figura 25
33,0 kV 4 m (13’ 1'')
66,0 kV 5 m (16’ 5'')
154,0 kV 8 m (26’ 3'')
275,0 kV 10 m (32’ 10'')

Utilize estas distâncias mínimas apenas como uma linha de orientação. Dependendo da voltagem da linha
de alta tensão e das condições atmosféricas, poderão ocorrer choques eléctricos de grande intensidade
com a lança ou o balde afastados das linhas de alta tensão até uma distância de cerca de 4 a 6 m. As ten-
sões muito elevadas e o tempo chuvoso poderão diminuir ainda mais essa margem de segurança.
NOTA: Antes de iniciar qualquer tipo de operação junto a linhas de alta tensão (quer sejam cabos
acima do solo ou cabos subterrâneos), deverá sempre contactar directamente a entidade
responsável pelo abastecimento de energia e elaborar um plano de segurança em con-
junto com essa entidade.

OPERE CUIDADOSAMENTE A MÁQUINA QUANDO SE DESLOCAR SOBRE NEVE, GELO E EM


TEMPERATURAS MUITO FRIAS
Com tempo frio e gelado evite os movimentos de deslocação bruscos e mantenha-se afastado mesmo
dos declives mais pequenos. A máquina poderá resvalar para um dos lados com muita facilidade.
A acumulação de neve poderá esconder ou dissimular possíveis perigos. Tenha muito cuidado enquanto
opera a máquina ou enquanto a utiliza para limpar a neve.
Poderá ser necessário efectuar o aquecimento da máquina durante um breve período de tempo, de modo
a evitar o funcionamento vagaroso ou com uma capacidade de trabalho reduzida. Os choques bruscos e
as cargas de impacto provocadas pelo amortecimento ou assentamento da lança ou acessório têm uma
maior probabilidade de provocar esforços excessivos com temperaturas muito frias. Assim sendo, poderá
ser necessário reduzir a intensidade e a carga de trabalho.
Quando a temperatura sobe, as superficies da estradas geladas torna-se escorregadia e a deslocação da
máquina torna-se instavel.
Em tempo frio não toque nas superficies metálicas com as mãos sem protecção. Se tocar numa superficie
metálica em tempo extremamente frio, a sua pele pode ficar colada à superficie metálica por congelamento.

022-00022PT Segurança 1-27


OPERAÇÕES EM DECLIVES
Quando trabalhar em declives há o perigo de a
máquina perder o seu equilibrio e se voltar, ao
balançar, ou quando se trabalhar no equipa-
mento de serviço. Proceda sempre a estas ope-
rações com cuidado.
Não oscile com o equipamento de trabalho pelo
declive abaixo quando o balde está carregado.
Esta operação é perigosa.
Se a máquina tiver de ser usada num declive,
faça um monte de terra para formar uma plata- HAOB600L
forma que mantenha a máquina tão horizontal Figura 26
quanto possível.
Além disso baixe o balde tanto quanto possível,
mantenha-o puxado para a frente e mantenha a
velocidade de rotação o mais baixo possível.

ESTACIONAR A MÁQUINA
Evite as paragens bruscas, ou estacionar a máquina no local onde esta se encontre no final do dia de tra-
balho. Planeie antecipadamente o local de estacionamento de modo a garantir que a máquina fique numa
superfície nivelada e resistente, afastada do tráfego e afastada de paredes altas, orlas de falésias e de
qualquer área onde exista a possibilidade de acumulação e escoamento de águas. No caso de ser mesmo
necessário estacionar a máquina num plano inclinado, coloque calços nas lagartas de tracção para evitar
o movimento da máquina. Arreie o balde ou outro acessório de trabalho totalmente até ao chão, ou até um
descanso de apoio nocturno. Não deverá existir qualquer possibilidade de ocorrerem movimentos impre-
vistos ou acidentais.
Ao estacionar em estradas públicas, arranje barreiras, sinais, bandeiras ou luzes e coloque quaisquer
outros sinais necessários para assegurar que o trânsito de passagem veja bem a máquina, e estacione a
máquina de forma a que as bandeiras e barreiras não obstruam o trânsito.
Depois de ter baixado a amarração da frente para a posição nocturna e de ter desligado todos os interrup-
tores e comandos de operação, colocando-os na posição ”OFF” (desligado), a alavanca do fecho de segu-
rança deve ser colocado também na posição ”TRANCADO”. Isto desligará todas as funções de comando
do circuito piloto.
Feche sempre a porta do compartimento do operador.

NUNCA DEIXE NINGUÉM VIAJAR MONTADO


NA AMARRAÇÃO
Nunca deixe ninguém viajar montado em qual-
quer amarração de serviço, tal como balde,
esmagador, lança ou balde de retenção. Corre-
se o risco de a pessoa cair e se ferir com gravi-
dade.

ARO1310L
Figura 27

1-28 Segurança 022-00022PT


MANUTENÇÃO
ETIQUETA DE AVISO
Avise as outras pessoas de que estão em curso
trabalhos de reparação ou manutenção através
da colocação de etiquetas de aviso nas alavan-
cas de comando na cabine do operador - ou AVISO
noutras áreas da máquina caso seja necessá-
NÃO OPERAR enquanto está a
rio. A sinalização da proibição de operação nas decorrer a inspecção ou manu-
alavancas de comando tal como preconiza a tenção
OSHA, poderá ser efectuada com qualquer dis-
positivo de proibição certificado pela OSHA e
com uma corrente ou cabo de um comprimento
que permita manter a consola de comando do 190-00695

lado esquerdo totalmente elevada na posição


ARO1320L
de inactiva.
Figura 28
As etiquetas de aviso para os comandos encon-
tram-se disponíveis junto dos distribuidores
autorizados Daewoo.

FAÇA UMA LIMPEZA ANTES DE PROCEDER A INSPECÇÃO OU MANUTENÇÃO


Limpe a máquina antes de proceder a inspecção e manutenção. Isto evita que o lixo entre na máquina e
assegura também segurança durante a manutenção.
Se a inspecção e manutenção forem efectuadas com a máquina suja, será mais dificil localizar os proble-
mas, e haverá também perigo de o lixo ou lama entrar nos seus olhos ou de escorregar e ferir-se.
Quando lavar a máquina, proceda como segue;
• Use sapatos com solas aderentes para evitar escorregar e cair nos locais molhados.
• Use óculos de protecção e vestuário de protecção quando estiver a lavar a máquina com vapor
a alta pressão.
• Tome as medidas necessárias para evitar tocar em água a alta pressão, cortar-se ou apanhar
com lama nos olhos.
• Não deite água directamente nos componentes electricos (sensores, ligações, etc.) (1, Figura
29). Se a água entrar no sistema electrico corre-se o risco de provocar avarias ou funciona-
mento deficiente.

Figura 29

Apanhe do chão todas as ferramentas ou martelos que possam estar caídos, limpe quaisquer vestigios de
lubrificante ou óleo ou de quaisquer outras substâncias escorregadias, e limpe a area para permitir que a ope-
ração se realize em segurança. Se o local de trabalho estiver sujo, pode tropeçar ou escorregar e ferir-se.

022-00022PT Segurança 1-29


FERRAMENTAS ADEQUADAS
Use só ferramentas adequadas para a tarefa a
efectuar. O uso de ferramentas estragadas, de
baixa qualidade, defeituosas, ou de recurso
pode causar ferimentos pessoais. Corre-se o
risco de nos saltar para os olhos bocados de
escopros ou martelos com cabeças partidas,
provocando cegueira.

HDO1037L
Figura 30
USO DE ILUMINAÇÃO
Ao fazer a verificação do combustivel, óleo,
electrolito da bateria, ou do detergente da
janela, utilize sempre iluminação com especifi-
cação anti-explosiva. Se não for usado um equi-
pamento de iluminação deste tipo corre-se o
risco de provocar uma explosão.
Se se trabalhar em locais escuros sem usar ilu-
minação pode ferir-se, por isso utilize sempre
iluminação.
Mesmo que o local seja escuro, nunca use HDO1040L
isqueiros ou chama em vez de iluminação. Figura 31
Corre-se o risco de incêndio. Há também perigo
que o gás da bateria se incendeie e provoque
explosão.

PREVENÇÃO DE FOGO E DE EXPLOSÃO


Todos os combustiveis, a maioria dos lubrificantes e algumas misturas refrigerantes são inflamáveis.
Fugas de de combustivel ou derrame de combustivel sobre superficies quentes ou sobre componentes
electricos podem causar fogo.
Armazene todos os combustiveis e lubrificantes em contentores devidamente marcados e longe de pes-
soas estranhas ao serviço.
Armazene os trapos sujos de óleo e outro material inflamável num contentor de protecção.
Não fume enquanto estiver a encher a máquina com combustivel ou enquanto se encontre numa area de
abastecimento de combustivel.
Não fume em areas de carregamento de baterias ou em áreas que contenham materiais inflamáveis.
Limpe todas as ligações electricas e aperte todas as conexões electricas. Verifique os fios electricos diari-
amente para detectar fios soltos ou com desgaste. Aperte todos os fios electricos soltos antes de operar
com a máquina. Proceda à reparação de todos os fios que apresentem desgaste antes de operar a
máquina.
Remova todos os materiais inflamáveis antes que estes se acumulem na máquina.
Não proceda a trabalhos de soldagem nas tubagens ou canalizações que contenham fluidos inflamáveis.
Não faça cortes com maçarico de chama em tubos ou canalizações que contenham fluidos inflamáveis.
Antes de proceder à soldagem sobre tubos ou canalizações ou antes de fazer corte com maçarico por
chama em tubos ou canalizações, limpe bem os tubos e canalizações com um dissolvente não inflamável.

1-30 Segurança 022-00022PT


PREVENÇÃO DE QUEIMADURAS
Quando estiver a verificar o nivel de referigerante do radiador, páre o motor deixe o motor e o radiador
arrefecer, depois verifique o tanque de recuperação de refrigerante. Se o nivel de refrigerante no tanque
de recuperação de refrigerante estiver perto do limite maximo, é porque há suficiente refrigerante no radi-
ador.
Abra a tampa do radiador gradualmente para libertar a pressão interna antes de retirar a tampa do radia-
dor.

ARO1360L
Figura 32

Se o nível de refrigerante no tanque de recuperação de refrigerante estiver abaixo do limite minimo, adici-
one refrigerante.
O condicionador do sistema de arrefecimento contém alcali. O alcali pode causar ferimentos. Não deixe
que o alcali entre em contacto com os olhos, pele ou boca.
Deixe que os componentes do sistema de arrefecimento arrefeçam antes de despejar o sistema de arrefe-
cimento.
O óleo quente e os componentes quentes podem causar ferimentos pessoais. Não deixe que o óleo
quente ou os componentes quentes lhe toquem na pele.
Remova o bujão do filtro do tanque hidraulico só depois de ter desligado o motor. Certifique-se que o
bujão do filtro do tanque hidraulico está frio antes de o retirar com as mãos sem protecção. Retire o bujão
do filtro do tanque hidraulico lentamente para libertar a pressão.
Liberte toda a pressão existente no sistema de óleo hidraulico, no sistema de combustivel, ou no sistema
de arrefecimento antes de desligar quaisquer linhas, fittings ou elementos relacionados com eles.
As baterias libertam fumos inflamáveis que podem explodir.
Não fume enquanto está a verificar os níveis de electrolito da bateria.
O electrolito é um ácido. O electrolito pode causar ferimentos pessoais. Não deixe que o electrólito entre
em contacto com a sua pele ou olhos.
Use sempre óculos de protecção quando estiver a trabalhar nas baterias.

022-00022PT Segurança 1-31


REPARAÇÕES POR MEIO DE SOLDAGEM
Quando estiver a fazer reparações por meio de soldagem, faça a soldagem num local devidamente equi-
pado. A soldagem deve ser realizada por um trabalhador qualificado. Durante as operações de soldagem
existe perigo de produção de gás, fogo ou choque electrico, por isso nunca autorize que estes trabalhos
de soldagem sejam feitos por trabalhadores não qualificados.
O soldador qualificado tem de fazer o seguinte;
• Para evitar a explosão da bateria, desligue os terminais da bateria e remova as baterias.
• Para evitar a produção de gás, remova toda a tinta do ponto a soldar.
• Se o equipamento hidraulico, tubagens ou pontos perto deles estiverem quentes, formar-se-á
um gás ou névoa inflamável e corre-se o perigo de que este pegue fogo. Para evitar isto, nunca
sujeite estes locais a aquecimento.
• Não proceda a trabalhos de soldagem nas tubagens ou canalizações que contenham fluidos
inflamáveis. Não faça cortes com maçarico de chama em tubos ou canalizações que conte-
nham fluidos inflamáveis. Antes de proceder à soldagem sobre tubos ou canalizações ou antes
de fazer corte com maçarico por chama em tubos ou canalizações, limpe bem os tubos e cana-
lizações com um dissolvente não inflamável.
• Se se aplicar calor directamente sobre mangas de borracha ou canalizações sobre pressão,
estas podem partir subitamente, por isso cubra-as com uma cobertura à prova de fogo.
• Use vestuário de protecção.
• Certifique-se que existe uma boa ventilação.
• Remova todos os objectos inflamáveis e tenha à mão um extintor de fogo.

AVISO DE REMOÇÃO DE CONTRAPESO E AMARRAÇÕES FRONTAIS

PERIGO!
A Daewoo avisa todos os utilizadores, que
a remoção de contrapeso da máquina,
amarrações na frente ou em qualquer outro
X
ponto, podem afectar a estabilidade da
máquina. Isto pode causar movimentação
inesperada, resultando em ferimentos
sérios ou morte. A Daewoo não é respon-
sável por qualquer má utilização.
Nunca retire o contrapeso ou as amarra- X
ções da frente a menos que a estrutura
superior esteja em -linha com a estrutura
inferior.
Nunca rode a estrutura superior depois de
ter retirado o contrapeso ou a amarração HAAD4060
da frente.
Figura 33

1-32 Segurança 022-00022PT


PRECAUÇÕES PARA REMOÇÃO, INSTALA-
ÇÃO E ARMAZENAGEM DE ACESSÓ-
RIOS
Antes de iniciar a remoção e instalação das
amarrações, nomeie um chefe de equipe.
Não autorize que ninguém, excepto os trabalha-
dores autorizados, permaneça perto da
máquina ou amarração.
Coloque as amarrações que foram retiradas da
máquina num local seguro de modo a que não
corram o risco de cair. Coloque uma barreira à HDO1041L
volta das amarrações e tome outras medidas Figura 34
para evitar a entrada de pessoas não autoriza-
das.

PRECAUÇÕES A TOMAR DURANTE O SER-


VIÇO NA MÁQUINA
Quando proceder a operações de manutenção
na máquina, mantenha a área em volta do seus
pés limpa e arrumada para evitar quedas. Pro-
ceda sempre como segue;
• Não entorne óleo ou lubrificante.
• Não abandone ferramentas pelo
chão.
• Tenha cuidado onde põe os pés ao ARO1380L
andar.
Figura 35
Nunca salte da máquina. Quando entrar ou sair
da máquina, use os degraus e corrimão e man-
tenha um apoio em três pontos (ambos os pés e
uma mão ou ambas as mãos e um pé) para se
apoiar com segurança.
Caso o trabalho o exigir, use vestuário protector.
Para evitar ferimentos originados por quedas ou escorregamento, quando trabalhar na capota ou cobertu-
ras nunca use outro ponto de passagem que a concebida para a inspecção, equipada com aplicações
anti-derrapantes.

FECHE AS COBERTURAS DE INSPECÇÃO


Quando estiver a fazer a manutenção com a cobertura de inspecção aberta, tranque a cobertura na posi-
ção pretendida com a respectiva barra de fecho.
Se se efectuar trabalhos de manutenção com a cobertura de inspecção aberta mas não trancada, corre-
se o risco de que esta se feche de repente caso haja um golpe de vento e cause ferimentos.

PREVENÇÃO CONTRA ESMAGAMENTO E PREVENÇÃO CONTRA CORTES


Deverá ter sempre pelo menos duas pessoas a trabalhar em conjunto, para o caso de ser necessário colo-
car o motor em funcionamento durante os trabalhos de reparação. É necessário que fique uma pessoa no
banco do operador, pronta para operar os comandos ou fazer parar a máquina e desligar o motor.

022-00022PT Segurança 1-33


Excepto em caso de instruções em contrário, nunca tente fazer ajustes enquanto a máquina se está a
movimentar ou enquanto o motor estiver a trabalhar.
Mantenha-se afastado de todas as peças móveis e peças rotativas.
Mantenha todos os objectos afastados das pás da ventoinha em movimento. Os objectos serão atirados e
cortados pelas pás da ventoinha.
Não utilize cabos feitos de corda de roupa que esteja retorcida ou esfiada. Use luvas quando mexer num
cabo de corda de roupa.
Quando se bate num pino de retenção, este pode saltar. O pino de retenção solto pode ferir o pessoal.
Certifique-se que não haja ninguém na área quando bater num pino de retenção. Para evitar ferimentos
nos olhos, use óculos de protecção quando bater num pino de retenção.

O AJUSTAMENTO DA TENSÃO DAS LAGAR-


TAS REQUER MUITO CUIDADO
Nunca desaperte a porca do dispositivo de
lubrificação da tensão das lagartas. Para leber-
tar a pressão do conjunto tensor da lagarta, não
se deve NUNCA tentar desmontar o ajustador
da sapata ou tentar remover o pino de lubrifica-
ção ou o conjunto da válvula.
Mantenha a face e o corpo afastados da vál-
vula. Consulte o Manual de Serviço e Manuten-
ção ou o Manual da Loja para se identificar com
HAOA110L
os procedimentos de ajuste do curso.
Figura 36

SUPORTES E BLOQUEIOS DO EQUIPA-


MENTO DE SERVIÇO
Não permita que as cargas dos pesos e do
equipamento permaneçam suspensas. Arreire
todos os equipamentos/pesos até ao chão
antes de abandonar o assento do operador.
Não utilize suportes de pesos instáveis, pouco
firmes, com furos ou rachas. Não trabalhe por
debaixo de nenhum equipamento que se
encontre apoiado apenas por um macaco
hidráulico.
HDO1042L
Figura 37

1-34 Segurança 022-00022PT


ACTUAÇÃO A TER QUANDO SE ENCONTRA UMA ANOMALIA DURANTE A INSPECÇÃO
Caso se encontre uma anomalia durante a inspecção, proceda sempre às respectivas reparações. Se a
máquina for utilizada quando ainda há problemas por resolver, especialmente no travão ou nos sistemas
do equipamento de serviço, corre-se o risco de ferimentos graves.
Se necessário e dependendo do tipo de avaria, queiram contactar o v/ distribuidor Daewoo para proceder
às reparações.

PRECAUÇÕES A TER COM A LINHA DE ALTA PRESSÃO, TUBOS E MANGAS


Quando se proceder à inspecção ou substituição dos tubos e mangas de alta pressão, verifique que a
pressão tenha sido libertada do circuito. A não libertação da pressão pode originar ferimentos graves. Pro-
ceda sempre como segue;
• Use óculos de protecção e luvas de cabedal.
• As fugas de óleo das mangueiras hidráulicas ou dos componentes sob pressão podem ser
muito difíceis de detectar mas o óleo pressurizado tem a força suficiente para penetrar na pele
e provocar lesões graves. Utilize sempre um bocado de madeira ou um pedaço de cartão para
inspeccionar eventuais fugas de óleo hidráulico. Nunca utilize as mãos ou exponha os seus
dedos.
• Não dobre as linhas de alta pressão. Não bata nas linhas de alta pressão. Não instale linhas,
tubagens ou mangas dobradas ou danificadas.
• Certifique-se que todos os grampos, protecções e protectores de calor estão montados correc-
tamente para evitar vibrações, o roçar contra outras peças e excesso de calor durante a opera-
ção.
– Caso qualquer uma as seguintes situações ocorrer, substitua a peça em questão.
– Estrago ou fuga na ponta da mangueira.
– Desgaste, estrago, corte da cobertura, ou exposição do arame interno de endurecimento.
– A parte da cobertura está dilatada em alguns pontos.
– As peças móveis da mangueira abanam ou estão amolgadas.
– Existe material estranho metido na cobertura.
– O terminal da mangueira está deformado.

X X O

HAOA420L
Figura 38

022-00022PT Segurança 1-35


DESPERDICIOMATERIAIS
O contacto físico com óleo de motor usado X
poderá constituir um risco para a saúde. Limpe
imediatamente o óleo das suas mãos e lave-as
para eliminar quaisquer resíduos ainda existen-
tes.
O óleo de motor utilizado é uma substância con-
taminadora do ambiente e apenas pode ser eli-
minado em instalações de recolha devidamente
aprovadas. Para evitar a poluição do meio ambi-
ente, proceda sempre como segue; HAOA470L
• Nunca deite restos de óleo num sis- Figura 39
tema de esgoto, rios, etc.
• Coloque sempre o óleo retirado das
suas máquinas em contentores.
Nunca despeje óleo directamente no
solo.
• Obedeça às leis e regulamentações
proprias quando tiver de eliminar
materiais nocivos, tais como óleo,
dissolventes, filtros e baterias.

1-36 Segurança 022-00022PT


BATERIA
PREVENÇÃO DE PERIGO COM BATERIAS
O electrolito das baterias contém acido sulfurico diluido e as baterias produzem gás hidrogénio. O gás
hidrogénio é altamente explosivo e erros no seu manuseio podem ocasionar ferimentos ou fogo. Para evi-
tar problemas, proceda sempre como segue;
• Não fume ou traga chama para a proximidade da bateria.
• Quando estiver a trabalhar com baterias,use SEMPRE óculos de protecção e luvas de borra-
cha.
• Caso entorne electrolito sobre si mesmo ou nas roupas, passe de imediato a zona com água
corrente.
• Caso lhe salte electrolito para os olhos, lave-os de imediato com água abundante e consulte
logo o médico.
• Caso por acidente ingerir electrolito da bateria, beba uma grande quantidade de água ou leite,
ovo cru ou óleo vegetal. Chame o médico ou o serviço de prevenção de envenenamentos de
imediato.
• Quando estiver a limpar a superficie da bateria, limpe-a com um pano limpo e húmido. Nunca
use gasolina, diluente ou qualquer outro dissolvente ou detergente.
• Aperte as tampas da bateria com segurança.
• Caso o electrolito da bateria congele, não carregue a bateria ou ligue o motor com corrente de
outra fonte. Corre o risco de pegar fogo à bateria.
• Quando estiver a carregar a bateria ou a fazer o arranque de outra fonte, deixe primeiro o elec-
trolito da bateria liquefazer-se e verifique que não haja fugas de electrolito antes de iniciar a
operação.
• Retire sempre a bateria da máquina antes de a carregar.

Figura 40

022-00022PT Segurança 1-37


BATERIAS DE ARRANQUE AUXILIAR OU DE
CARGA DO MOTOR
Caso se cometa qualquer erro no método de
ligar os cabos auxiliares, pode-se originar uma
explosão ou fogo. Proceda sempre como segue;
• Desligue todos os equipamentos
eléctricos antes de ligar os cabos à
bateria. Isto inclui os interruptores
eléctricos do carregador da bateria
ou o equipamento de arranque auxi-
liar.
HAOA310L
• Quando efectuar o arranque auxiliar Figura 41
com a ajuda de outra máquina ou
veículo não permita que as duas
máquinas entrem em contacto. Use
óculos de protecção enquanto tiver a
fazer as ligações da bateria.
• As unidades de baterias de 24 volt compostas por duas baterias de doze volt ligadas em série
possuem um cabo que liga um terminal positivo de uma das baterias de 12 volt ao terminal
negativo da outra bateria. As ligações do cabo do carregador ou do cabo de reforço devem ser
efectuadas entre os terminais positivos não ligados em série e entre o terminal negativo da
bateria de reforço e a estrutura metálica da máquina que está a ser posta em funcionamento ou
a ser carregada. Consulte os procedimentos e as ilustrações contidas na secção “Proceda ao
arranque do motor com um Cabo auxiliar” na página 3-8 deste manual de instruções.
• Quando estiver a instalar os cabos ligue em primeiro lugar o cabo positivo e quando os retirar,
desligue o cabo negativo em primeiro lugar. A ligação final dos cabos, na estrutura de metal da
máquina que está a ser carregada ou colocada em funcionamento, deverá ficar o mais afastada
possível das baterias.

1-38 Segurança 022-00022PT


REBOQUE
PRECAUÇÕES A TER NO REBOQUE
Caso se fizer qualquer erro no método de selec-
cionar ou inspeccionar o arame de reboque ou
no método de reboque, podem ocorrer ferimen-
O
tos pessoais. Proceda sempre como segue;
• Use sempre o método de reboque
indicado no seu Manual de Instru-
ções. Não utilize qualquer outro
método.
• Use luvas de cabedal quando estiver
a manusear o cabo.
• Quando estiver a preparar a opera-
ção de reboque com dois ou mais
trabalhadores, determine os sinais a
X
usar e siga-os correctamente.
• Aperte sempre o cabo de reboque
aos ganchos da esquerda e da
direita e firme-os na respectiva posi-
ção.
• Se o motor da máquina em avaria
não arrancar ou se houver uma ava- HAOC910L
ria no sistema de travagem, contacte
Figura 42
sempre o seu distribuidor Daewoo.
• Durante a operação nunca se meta
entre a máquina de reboque e a
máquina a rebocar.
• É perigoso fazer trabalhos de reboque em declives, por isso escolha um lugar onde a inclina-
ção seja gradual. Se não houver nenhum sítio com inclinação gradual, tome as medidas neces-
sárias para reduzir a inclinação antes de iniciar a operação de reboque.
• Quando estiver a rebocar uma máquina avariada, use sempre cabo com uma potência de rebo-
que suficiente.
• Não use um cabo desfiado, torcido ou já com pouca espessura.
• Não use o gancho para pesos leves para rebocar outra máquina.

022-00022PT Segurança 1-39


EXPEDIÇÃO E TRANSPORTE
OBEDEÇA AOS REGULAMENTOS RODOVIÁRIOS LOCAIS E ESTATAIS
Confirme os regulamentos locais e estatais respeitantes a peso, largura e comprimento da carga antes de
fazer qualquer outro preparativo de transporte.
O veículo ou o atrelado de reboque e a carga devem estar em conformidade com os regulamentos locais
que se aplicam ao percurso de transporte previsto.
Poderá ser necessário desmontar ou desmanchar a escavadora para cumprir as normas de deslocação
ou condições especiais no local de trabalho. Para mais informações acerca da desmontagem parcial da
máquina, consulte o Manual de Instruções do Fabricante.
Para obter informações acerca do carregamento, descarga e reboque, consulte a secção Transporte e
Expedição deste Manual de Instruções de Manutenção e Operação.

1-40 Segurança 022-00022PT


TABELAS DA CAPACIDADE DE ELEVAÇÃO NOMINAL
DA ESCAVADORA

AVISO!
Todas as capacidades de elevação nominais são baseadas na máquina e na carga, garantindo
que ambas fiquem sempre equilibradas. NÃO EXCEDA A CAPACIDADE DE ELEVAÇÃO NOMI-
NAL. A elevação de cargas com um peso superior ao exibido nas tabelas de capacidade nominal
poderá provocar avarias gravíssimas no equipamento e/ou o colapso estrutural da máquina.

Para operar em condições de segurança, a escavadora deverá encontrar-se numa superfície firme, nive-
lada e que proporcione um apoio uniforme. Do operador espera-se que avalie todas as condições especí-
ficas do local de trabalho e as condições relacionadas com a elevação de cargas, bem como que reaja
prontamente a eventuais alterações nessas condições que possam representar um perigo. As condições
que se seguem poderão originar situações perigosas e acidentes ou lesões:
• Superfície pouco firme e irregular.
• Terreno desnivelado.
• Cargas laterais.
• Modificações ou uma manutenção ineficaz da escavadora.
• A elevação sobre a extremidade ou sobre a parte lateral da máquina não é feita a direito.
Quando a carga se encontra suspensa no ar, o operador deverá permanecer atento.
• Evite as cargas laterais que podem ser provocadas por estropos irregulares, movimento com a
carga ou rotação demasiado rápida.
• A carga poderá ficar desequilibrada se o cabo de suspensão estiver torcido e começar a rodar.
Se a área de superfície da carga for demasiado grande, as rajadas de vento poderão originar
cargas laterais.
• Mantenha o ponto de ligação do balde directamente sobre a carga. A colocação de cabos de
fixação nos lados opostos da carga poderá ajudar a obter uma maior estabilidade face às car-
gas laterais e às rajadas de vento.
Evite deslocar a escavadora com a carga suspensa. Antes de rodar (ou se necessário, deslocar a
máquina) desloque a carga até uma posição do braço (raio e altura) em que este possua um valor da
capacidade de carga mais segura e um intervalo de movimento adequado. O operador e o pessoal pre-
sente no local de trabalho deverão estar suficientemente familiarizados com os procedimentos e instru-
ções de segurança que figuram neste Manual de Instruções de Manutenção e Operação.
As seguintes cargas de peso encontram-se em conformidade com a SAE (J1097) e com a norma ISO
aplicável, bem como com as normas recomendadas relativamente a escavadoras hidráulicas que execu-
tam op!erações de elevação numa superfície de apoio firme. Um asterisco (*) junto ao valor da elevação
indica que a carga nominal não excede 87% da capacidade hidráulica. Todos os outros valores foram
determinados por forma a não exceder 75% da capacidade de viragem.
NÃO tente suspender ou segurar uma carga que exceda a capacidade de carga monimal às distâncias
especificadas (a partir da altura e do eixo de rotação da máquina - ver ”raio de elecvação” e ”altura de ele-
vação” no desenho de referência Figura 43).

022-00022PT Segurança 1-41


Eixo de Rotação Raio de Elevação

Ponto de Elevação

Altura do
Ponto de
Elevação

Linha de Terra (Superfície de Apoio da Máquina)

0076A

Figura 43
O peso dos estropos e de qualquer dispositivo de elevação auxiliar (e/ou a diferença de peso de qualquer
acessório mais pesado que a configuração padrão) deverá ser deduzido da capacidade de elevação nomi-
nal por forma a determinar a carga de elevação líquida admissível. O ponto de elevação deve ficar na
parte de trás do balde, como indicado em Figura 43.

IMPORTANTE
Seleccione o comutador de Modo de Escavação situado no Painel de Instrumentos antes de uti-
lizar a escavadora para trabalhos de elevação. O óleo hidráulico e o motor já devem estar ambos
aquecidos à temperatura de operação adequada antes de iniciar a elevação.

1-42 Segurança 022-00022PT


LARGURA DA LAGARTA : 3.9 m (12' 10") LAGARTA STANDARD
LANÇA : 7.1 m (23' 3")
BRAÇO: 3.35 m (11')
3
BALDE : PCSA 2.15 m3 (CECE 1.9 m )
SAPATA: 600 mm (24")
: VALOR NOMINAL À FRENTE
: VALOR NOMINAL DOS LADOS OU A 360 GRAUS

UNIDADE : 1,000 kg (1,000 Ib)


METRICA
A(m) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ALCANCE MÁXIMO

A(m)
B(m)
9 *6.51 *6.51 8.08

8 *6.51 *6.51 8.81

7 *9.08 *9.08 *8.68 8.03 *6.61 *6.61 9.37

6 *9.54 *9.54 *9.11 7.93 *6.79 6.73 *9.80

5 *11.10 *11.10 *10.16 9.58 *9.49 7.78 *7.92 6.40 *7.05 6.26 10.11

4 *22.29 *22.29 *16.99 *16.99 *14.02 *14.02 *12.14 11.66 *10.86 9.33 *9.95 7.61 8.95 6.29 *7.40 5.94 10.31

3 *20.23 *20.23 *19.37 *19.37 *15.57 14.44 *13.19 11.27 *11.58 9.07 *10.43 7.44 8.83 6.18 *7.86 5.74 10.41

2 *14.18 *14.18 *21.20 18.63 *16.88 13.93 *14.12 10.92 *12.23 8.82 10.39 7.27 8.72 6.07 8.13 5.65 10.42

1 *14.32 *14.32 *22.29 18.14 *17.81 13.55 *14.83 10.64 12.40 8.62 10.24 7.13 8.62 5.98 8.18 5.66 10.32
0 (TERRA) *9.62 *9.62 *16.68 *16.68 *22.68 17.86 *18.32 13.29 15.19 10.44 12.23 8.47 10.12 7.02 8.55 5.91 8.38 5.79 10.13

-1 *11.12 *11.12 *13.78 *13.78 *20.14 *20.14 *22.51 17.74 *18.39 13.15 15.06 10.31 12.12 8.37 10.05 6.95 8.76 6.05 9.82

-2 *15.00 *15.00 *17.99 *17.99 *24.46 *24.46 *21.83 17.74 *18.04 13.11 15.00 10.26 12.08 8.33 10.04 6.94 9.38 6.49 9.40

-3 *18.99 *18.99 *22.57 *22.57 *25.15 *25.15 *20.66 17.83 *17.22 13.15 *14.52 10.29 12.11 8.36 10.36 7.17 8.85

-4 *23.33 *23.33 *27.78 *27.78 *22.76 *22.76 *18.91 18.02 *15.85 13.28 *13.33 10.39 *11.06 8.47 *10.76 8.27 8.13

-5 *23.52 *23.52 *19.53 *19.53 *16.38 *16.38 *13.71 13.52 *11.26 10.61 *10.76 10.17 7.20

-6 *15.05 *15.05 *12.64 *12.64 *10.32 *10.32 5.95

PÉS
A(ft) 10' 15' 20' 25' 30' ALCANCE MÁXIMO

A(ft)
B(ft)
25' *14.40 *14.40 29'8"

20' *21.36 *21.36 *19.91 16.99 *14.92 *14.92 32'0"

15' *28.51 *28.51 *23.86 22.70 *21.13 16.53 *15.85 13.46 33'6"

10' *47.70 *47.70 *33.57 31.09 *26.64 21.68 *22.63 15.97 *17.27 12.67 34'2"

5' *52.00 46.93 *37.58 29.53 *29.05 20.78 22.16 15.46 17.94 12.44 34'1"

0 (TERRA) *21.75 *21.75 *51.74 45.85 *39.64 28.58 29.17 20.15 21.75 15.08 18.47 12.77 33'3"

-5' *35.65 *35.65 *53.60 45.67 *39.55 28.20 28.83 19.84 21.58 14.92 19.95 13.79 31'7"

-10' *50.81 *50.81 *49.28 46.05 *37.22 28.27 *28.81 19.87 22.98 15.91 28'11"

-15' *55.74 *55.74 *41.81 *41.81 *31.97 28.80 *23.83 20.35 *23.79 20.32 25'0"

-20' *29.06 *29.06 *22.54 *22.54 19'1"

1. OS VALORES NOMINAIS SÃO BASEADOS NA SAE J1097.


2. O PONTO DE CARGA CORRESPONDE AO GANCHO EXISTENTE NA PARTE DETRÁS DO BALDE.
3. * AS CARGAS NOMINAIS SÃO BASEADAS NA CAPACIDADE HIDRÁULICA.
4. AS CARGAS NOMINAIS NÃO EXCEDEM 87% DA CAPACIDADE HIDRÁULICA OU 75% DA CAPACIDADE DE VIRAGEM.

ASO0470L

022-00022PT Segurança 1-43


LARGURA DA LAGARTA : 4.05 m (13' 3") LAGARTA STANDARD
LANÇA : 7.1 m (23' 3")
BRAÇO : 3.35 m (11')
BALDE : PCSA 2.15 m 3 (CECE 1.9 m 3 )
SAPATA : 750 mm (30")

: VALOR NOMINAL À FRENTE


: VALOR NOMINAL DOS LADOS OU A 360 GRAUS
UNIDADE : 1,000 kg (1,000 Ib)
METRICA
A(m) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ALCANCE MÁXIMO

A(m)
B(m)
9 *6.51 *6.51 8.08

8 *6.51 *6.51 8.81

7 *9.08 *9.08 *8.68 8.15 *6.61 *6.61 9.37

6 *9.54 *9.54 *9.11 8.05 *6.79 *6.79 9.80

5 *11.10 *11.10 *10.16 9.73 *9.49 7.91 *7.92 6.51 *7.05 6.37 10.11

4 *22.29 *22.29 *16.99 *16.99 *14.02 *14.02 *12.14 11.83 *10.86 9.47 *9.95 7.74 9.11 6.41 *7.40 6.04 10.31

3 *20.23 *20.23 *19.37 *19.37 *15.57 14.66 *13.19 11.45 *11.58 9.21 *10.43 7.56 8.99 6.29 *7.86 5.84 10.41

2 *14.18 *14.18 *21.20 18.92 *16.88 14.15 *14.12 11.10 *12.23 8.97 10.57 7.40 8.87 6.18 8.28 5.75 10.42

1 *14.32 *14.32 *22.29 18.42 *17.81 13.77 *14.83 10.82 12.61 8.77 10.42 7.25 8.77 6.09 8.33 5.77 10.32

0 (TERRA) *9.62 *9.62 *16.68 *16.68 *22.68 18.14 *18.32 13.51 *15.28 10.61 12.44 8.61 10.30 7.14 8.70 6.02 8.53 5.90 10.13

-1 *11.12 *11.12 *13.78 *13.78 *20.14 *20.14 *22.51 18.02 *18.39 13.37 15.31 10.49 12.33 8.51 10.23 7.08 8.92 6.17 9.82

-2 *15.00 *15.00 *17.99 *17.99 *24.46 *24.46 *21.83 18.02 *18.04 13.33 *15.17 10.44 12.29 8.48 10.21 7.06 9.55 6.61 9.40

-3 *18.99 *18.99 *22.57 *22.57 *25.15 *25.15 *20.66 18.12 *17.22 13.37 *14.52 10.46 *12.31 8.51 10.54 7.30 8.85

-4 *23.33 *23.33 *27.78 *27.78 *22.76 *22.76 *18.91 18.31 *15.85 13.50 *13.33 10.57 *11.06 8.62 *10.76 8.42 8.13

-5 *23.52 *23.52 *19.53 *19.53 *16.38 *16.38 *13.71 *13.71 *11.26 10.78 *10.76 10.34 7.20

-6 *15.05 *15.05 *12.64 *12.64 *10.32 *10.32 5.95

PÉS
A(ft) 10' 15' 20' 25' 30' ALCANCE MÁXIMO

A(ft)
B(ft)
25' *14.40 *14.40 29'8"

20' *21.36 *21.36 *19.91 17.27 *14.92 *14.92 32'0"

15' *28.51 *28.51 *23.86 23.04 *21.13 16.80 *15.85 13.70 33'6"

10' *47.70 *47.70 *33.57 31.56 *26.64 22.03 *22.63 16.25 *17.27 12.90 24'2"

5' *52.00 47.65 *37.58 30.00 *29.05 21.13 22.54 15.73 18.26 12.67 34'1"

0 (TERRA) *21.75 *21.75 *51.74 46.56 *39.64 29.05 29.66 20.49 22.14 15.35 18.80 13.01 33'3"

-5' *35.65 *35.65 *53.60 46.39 *39.55 28.66 29.32 20.18 21.96 15.19 20.31 14.05 31'7"

-10' *50.81 *50.81 *49.28 46.76 *37.22 28.74 *28.81 20.22 23.38 16.19 28'11"

-15' *55.74 *55.74 *41.81 *41.81 *31.97 29.26 *23.83 20.70 *23.79 20.67 25'0"

-20' *29.06 *29.06 *22.54 *22.54 19'1"

1. OS VALORES NOMINAIS SÃO BASEADOS NA SAE J1097.


2. O PONTO DE CARGA CORRESPONDE AO GANCHO EXISTENTE NA PARTE DETRÁS DO BALDE.
3. * AS CARGAS NOMINAIS SÃO BASEADAS NA CAPACIDADE HIDRÁULICA.
4. AS CARGAS NOMINAIS NÃO EXCEDEM 87% DA CAPACIDADE HIDRÁULICA OU 75% DA CAPACIDADE DE VIRAGEM.

ASO0480L

1-44 Segurança 022-00022PT


LARGURA DA LAGARTA : 4.1 m (13' 5") LAGARTA STANDARD
LANÇA : 7.1 m (23' 3")
BRAÇO : 3.98 m (13')
BALDE : PCSA 1.8 m 3 (CECE 1.6 m 3 )
SAPATA : 800 mm (32")
: VALOR NOMINAL À FRENTE
: VALOR NOMINAL DOS LADOS OU A 360 GRAUS
UNIDADE : 1,000 kg (1,000 Ib)
METRICA
A(m) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ALCANCE MÁXIMO
A(m)
B(m)
9 *5.76 *5.76 8.66

8 *7.15 *7.15 *5.75 *5.75 9.34

7 *8.40 *8.40 *5.83 *5.83 9.87

6 *9.05 *9.05 *8.70 8.36 *7.43 6.88 *5.98 *5.98 10.28

5 *9.71 *9.71 *9.14 8.21 *8.73 6.79 *6.20 6.11 10.58

4 *15.74 *15.74 *13.24 *13.24 *11.61 *11.61 *10.47 9.80 *9.66 8.03 *9.06 6.67 *5.49 5.82 10.77

3 *24.38 *24.38 *18.33 *18.33 *14.91 *14.91 *12.74 11.84 *11.26 9.53 *10.20 7.84 9.26 6.54 *6.86 5.64 10.87

2 *19.64 *19.64 *20.50 19.62 *16.41 14.64 *13.80 11.48 *12.01 9.28 *10.72 7.66 9.13 6.42 *7.33 5.55 10.87

1 *7.58 *7.58 *16.94 *16.94 *21.99 19.03 *17.57 14.22 *14.66 11.17 *12.64 9.06 10.69 7.51 9.01 6.31 *7.94 5.56 10.78

0 (TERRA) *7.02 *7.02 *10.36 *10.36 *17.72 *17.72 *22.78 18.66 *18.32 13.91 *15.27 10.94 12.74 8.88 10.55 7.38 8.92 6.22 8.14 5.67 10.59

-1 *10.41 *10.41 *13.48 *13.48 *20.04 *20.04 *22.95 18.46 *18.63 13.72 *15.57 10.78 12.60 8.76 10.45 7.29 8.86 6.17 8.46 5.89 10.30

-2 *13.70 *13.70 *16.90 *16.90 *23.34 *23.34 *22.59 18.39 *18.52 13.63 15.54 10.69 12.53 8.69 10.41 7.24 8.98 6.25 9.90

-3 *17.13 *17.13 *20.70 *20.70 *26.85 *26.85 *21.71 18.42 *17.96 13.62 *15.12 10.67 12.51 8.68 10.42 7.25 9.79 6.82 9.38

-4 *20.85 *20.85 *25.05 *25.05 *24.79 *24.79 *20.28 18.53 *16.90 13.69 *14.23 10.73 *12.01 8.74 *10.55 7.70 8.70

-5 *25.00 *25.00 *27.26 *27.26 *21.98 *21.98 *18.17 *18.17 *15.18 13.85 *12.68 10.86 *10.72 9.15 7.84

-6 *22.02 *22.02 *18.12 *18.12 *15.09 *15.09 *12.49 *12.49 *10.69 *10.69 6.72

-7 *10.35 *10.35 *9.96 *9.96 5.16

PÉS
A(ft) 10' 15' 20' 25' 30' ALCANCE MÁXIMO
A(ft)
B(ft)
30' *12.71 *12.71 28'0"

25' *16.50 *16.50 *12.73 *12.73 31'4"

20' *19.03 17.94 *13.15 *13.15 33'7"

15' *22.81 *22.81 *20.44 17.43 *13.91 13.16 35'0"

10' *44.79 *44.79 *32.16 *32.16 *25.85 22.78 *22.15 16.85 *15.08 12.44 35'8"

5' *14.97 *14.97 *52.68 49.37 *36.80 31.02 *28.61 21.84 23.15 16.29 *16.77 12.22 35'7"

0 (TERRA) *23.40 *23.40 *55.10 47.84 *39.63 29.92 30.36 21.13 22.68 15.86 17.94 12.49 34'9"

-5' *34.06 *34.06 *55.39 47.35 *40.33 29.37 29.92 20.72 22.41 15.61 19.18 13.35 33'2"

-10' *46.60 *46.60 *52.12 47.46 *38.84 29.28 29.81 20.63 22.42 15.61 21.68 15.10 30'8"

-15' *62.12 *62.12 *45.83 *45.83 *34.71 29.60 *26.53 20.89 *23.51 18.59 27'0"

-20' *46.78 *46.78 *35.10 *35.10 *26.27 *26.27 *23.51 *23.51 21'8"

1. OS VALORES NOMINAIS SÃO BASEADOS NA SAE J1097.


2. O PONTO DE CARGA CORRESPONDE AO GANCHO EXISTENTE NA PARTE DETRÁS DO BALDE.
3. * AS CARGAS NOMINAIS SÃO BASEADAS NA CAPACIDADE HIDRÁULICA.
4. AS CARGAS NOMINAIS NÃO EXCEDEM 87% DA CAPACIDADE HIDRÁULICA OU 75% DA CAPACIDADE DE VIRAGEM.

ASO0490L

022-00022PT Segurança 1-45


2COMANDOS DE OPERAÇÃO
A secção "Comandos de Operação" aqui apresentada é composta pelos seguintes grupos:
1. “Localização dos Componentes” na página 2-2
2. “Área do operador” na página 2-4
3. “Painéis e Comandos Operacionais” na página 2-5
4. “Painel de Instrumentos” na página 2-14
5. “Manómetro multifunções e Informação Gráfica” na página 2-19
6. “Selectores de Modo” na página 2-23
7. “Método de programação para Menu Principal” na página 2-26
8. “Painel de comando do aquecimento e ar condicionado” na página 2-30
9. “Auto-rádio” na página 2-35
10. “Caixa de Fusíveis” na página 2-42
11. “Dispositivos Eléctricos Diversos” na página 2-43
12. “Ajustamento do Assento” na página 2-45
13. “Cinto de Segurança” na página 2-47
14. “Capota” na página 2-48
15. “Janelas da Frente” na página 2-49
16. “Trinco Lateral da Porta” na página 2-52
17. “Portas e Tampas de Acesso Diversas” na página 2-53
18. “Compartimentos para Arrumações na Cabine” na página 2-54
19. “Cinzeiro” na página 2-54
21. “Ferramenta para Quebrar o Vidro da Janela em caso de Emergência” na página 2-55

Cada um dos grupos é explicado através de um desenho ou uma fotografia com a respectiva localização e
uma breve descrição de cada um dos comandos, interruptores, manómetros ou vàlvulas.
As luzes indicadoras funcionam como complemento aos manómetros existentes no painel de instrumen-
tos. O operador deve controlar a pressão da máquina no painel de instrumentos juntamente com as luzes
avisadoras. Estas luzes apenas fornecem ao operador uma indicação de que existe um problema

AVISO!
Luzes avisadoras. Quando uma ou mais destas luzes de avisos se acende no painel de
comando, páre de imediato e desligue a unidade. Investigue e solucione o problema antes de
continuar a operar a máquina.

022-00022PT Comandos de Operação 2-1


LOCALIZAÇÃO DOS COMPONENTES

1 2 3 4 5 6

9
35

11 10
12

13

34
29
33
30 14

15
16
32 17
28 18 19
31
27

26

25 24 23 22 21 20
ASO0010L
Figura 1

2-2 Comandos de Operação 022-00022PT


1. BATERIA 19. PRÉ-PURIFICADOR
2. TAMPA DO DEPOSITO DE COMBUSTI- 20. MOTOR DE DESLOCAÇÃO
VEL 21. ROLETE INFERIOR
3. TANQUE DE COMBUSTÍVEL 22. ROLETE SUPERIOR
4. TANQUE DE ÓLEO HIDRÁULICO 23. GUIA DAS LAGARTAS
5. BOMBAS 24. REGULADOR DAS LAGARTAS
6. AMORTECEDOR 25. RODA DE TRANSMISSÃO
7. CONTRAPESO 26. SAPATA E ELO DE LIGAÇÃO DA
8. MOTOR LAGARTA
9. REFRIGERADOR DE ÓLEO E RADIADOR 27. ALAVANCA DE DESLOCAÇÃO
10. FILTRO DE AR 28. COMANDOS DA ALAVANCA DE TRABA-
11. VÁLVULA DE CONTROLO LHO (JOYSTICK)
12. CILINDRO HIDRÁULICO DO BRAÇO 29. PONTO DENTADO
13. LANÇA 30. CORTADOR LATERAL
14. CILINDRO HIDRÁULICO DA LANÇA 31. BALDE
15. CABINE 32. ELO DE PRESSÃO
16. ASSENTO 33. ELO DE GUIA
17. JUNTA CENTRAL 34. CILINDRO HIDRÁULICO DO BALDE
18. MOTOR DE ROTAÇÃO 35. BRAÇO

022-00022PT Comandos de Operação 2-3


ÁREA DO OPERADOR

10

9 11
8 12
7
6
5
4
3
2
1

13
14

15

16
17

18
ARO0681L
Figura 2

1. PAINEL DE INSTRUMENTOS 10. ASSENTO


2. ISQUEIRO 11. COMPARTIMENTO DE ARMAZENAGEM
3. CINZEIRO 12. ALTIFALANTES
4. ALAVANCAS DE DESLOCAÇÃO 13. AQUECIMENTO E UNIDADE DE AR CON-
5. ALAVANCA DIREITA DE SERVIÇO (JOYS- DICIONADO
TICK) 14. AUTO-RÁDIO
6. PAINEL DE DISTRIBUIÇÃO 15. CAIXA DOS FUSÍVEIS
7. BOTÃO DE CONTROLO DA VELOCI- 16. ALAVANCA ESQUERDA DE SERVIÇO
DADE DO MOTOR (JOYSTICK)
8. PAINEL DE CONTROLO DO AQUECI- 17. ALAVANCA DE SEGURANÇA
MENTO E DO AR CONDICIONADO 18. CAIXA ELECTRICA
9. CHAVE DE IGNIÇÃO

2-4 Comandos de Operação 022-00022PT


PAINÉIS E COMANDOS OPERACIONAIS

19
18

15 17 16

13

2 4
8
5
9
6
10 12
7
11
14 1

ARO0020L

Figura 3

1. CHAVE DE IGNIÇÃO 11. INTERRUPTOR DE AVISO DE SOBRE-


2. BOTÃO DE CONTROLO DA VELOCI- CARGA (OPCIONAL)
DADE DO MOTOR 12. PAINEL DE CONTROLO DO AQUECI-
3. INTERRUPTOR DAS LUZES MENTO E DO AR CONDICIONADO (Ver
4. BOTÃO DE CONTROLO DOS LIMPA página 2-30)
PÁRA-BRISAS 13. ISQUEIRO
5. INTERRUPTOR DO LIMPA PARA-BRISAS 14. TOMADA DE CORRENTE PARA 12
(OPCIONAL) VOLTS
6. COMUTADOR DE SELECÇÃO DA VELO- 15. BOTÃO DA BUZINA
CIDADE DE DESLOCAÇÃO 16. INTERRUPTOR AUXILIAR
7. COMUTADOR DO STEREO 17. DISJUNTOR
8. COMUTADOR DE LUZ DE SERVIÇO DA 18. PAINEL DE INSTRUMENTOS (Ver página
CABINE (OPCIONAL) 2-14)
9. INTERRUPTOR DAS LUZES DE AVISO 19. ALAVANCA DE SEGURANÇA (Ver página
(FACULTATIVO) 3-14)
10. BOTÃO DO ALARME DE DESLOCAÇÃO/
ROTAÇÃO (OPCIONAL)

022-00022PT Comandos de Operação 2-5


1. CHAVE DE IGNIÇÃO
Usa-se uma chave de ignição de 4 posi-
ções para ligar ou parar o motor do equi-
pamento.
O. Ao rodar a chave para esta posição,
desliga-se o motor juntamente com o
seu sistema electrico. Nesta posição
o motor encontra-se DESLIGADO
mas a luz interior da cabine e a
bomba de transferência do tanque de
combustível (se instalada) encon-
tram-se em funcionamento.
HAOC340L
I. Ao rodara chave para esta posição, Figura 4
liga-se o sistema electrico do motor.
A luz indicadora de carga da bateria
e a luz indicadora de pressão do óleo deverão encontrar-se acesas nesta altura.

. Ao deslocar a chave de ignição para esta posição, o motor começará a funcionar. Assim que o
motor arrancar, liberte a chave e deixe que este regresse à posição I (ON=ligado). Não accione
a ignição durante mais de 15 segundos seguidos. Isto ajudará a evitar danos na ignição.

AVISO!
NÃO USE FLUIDOS AUXILIARES DE ARRANQUE. O sistema de pré-aquecimento
poderá provocar a inflamação do liquido auxiliar de arranque.

. Posição de Pré-Aquecimento. Utilize esta posição para ajudar o motor a arrancar com tempo
frio. Quando a chave de ignição é colocada nesta posição, o pré-aquecedor do motor é colo-
cado em funcionamento. Quando a luz indicadora de ciclo de pre-aquecimento do ciclo acende,
o ciclo de pre-aquecimento do motor está completo. Dê de imediato volta à chave para accionar
a posição e arrancar o motor.

2. BOTÃO DE CONTROLO DA VELOCI-


DADE DO MOTOR
A velocidade do motor é controlada por
intermédio do botão. Rodando-o no sen-
tido dos ponteiros do relógio aumenta a
velocidade do motor (rpm) e no sentido
contrário ao dos ponteiros do relógio dimi-
nui a velocidade do motor.
A Marcha lenta (Velocidade do motor
mais baixa)
B Marcha rápida (Velocidade do motor
mais elevada) HAOA690L
Figura 5
NOTA: O sistema automático de mar-
cha em vazio reduzirá de imedi-
ato a velocidade do motor para a velocidade de marcha em vazio aproximadamente 4
segundos depois de todas as alavancas de controlo estarem na posição neutra. Este sis-
tema foi concebido para reduzir o consumo de combustivel e o ruído. Ver “3. Selector
automático de marcha em vazio” na página 2-24.

2-6 Comandos de Operação 022-00022PT


3. INTERRUPTOR DAS LUZES
Este interruptor é usado para acender as
luzes.
O. Nesta posição todas as luzes estão
apagadas. O
I. Nesta posição, todas as luzes de ilu-
I
minação do painel de instrumentos e II
os interruptores de controlo estão
ligados.
II. Nesta posição, todas as luzes de ilu-
AQO0080L
minação, luzes de serviço e letreiros
estão acesos. Figura 6

ATENÇÃO!
Não deixe o painel de instrumentos
ou os letreiros ligados quando o
motor não está a funcionar. Deixar as
luzes ligadas com o motor desligado
descarrega as baterias.

4. BOTÃO DE CONTROLO DOS LIMPA


PÁRA-BRISAS
O. Nesta posição, o limpa pára-brisas
está desligado.
I. Nesta posição, o limpa pára-brisas
O
funciona a uma velocidade cons- I
tante.
II
II. Nesta posição, o limpa pára-brisas
funciona por ciclos intermitentes de
aproximadamente 5 segundos.
HAOA730L
NOTA: Se se ligar o limpa pára-brisas
sem que este tenha detergente Figura 7
ou quando há areia ou lixo no
vidro, danifica a janela e/ou o
limpa-pára-brisas.

022-00022PT Comandos de Operação 2-7


5. BOTÃO DE CONTROLO DO ESGUICHO
DOS LIMPA PÁRA-BRISAS
Enquanto o limpa pára-brisas estiver a
funcionar, carregue no interruptor do
esguicho para fazer esguichar detergente O
no para-brisas. Utilize no sistema apenas
o liquido de lavagem dos pára-brisas ade-
quado. I
O. Nesta posição, o esguicho está desli-
gado.
I. Nesta posição, o esguicho do limpa HAOA740L
pára-brisas ejecta fluido. O comuta- Figura 8
dor quando é libertado, regressa à
posição inicial ”O” (OFF = desligado).
NOTA: Não accione o botão de controlo do esguicho do limpa pára-brisas quando já não existe
qualquer líquido. Caso accione o botão, mesmo depois de o líquido já se ter acabado, o
motor do esguicho do limpa pára-brisas poderá danificar-se. Verifique o nível do líquido
de lavagem no reservatório respectivo, e adicione líquido se for caso disso.
NOTA: Se utilizar água com sabão ou um detergente sintético em vez do liquido de lavagem das
janelas, a lâmina dos limpa pára-brisas ou as superfícies pintadas poderão sofrer danos.
Utilize o liquido de lavagem de janelas padrão: SSK703.

6. COMUTADOR DE SELECÇÃO DA
VELOCIDADE DE DESLOCAÇÃO

AVISO! O
Não accione o botão de velocidade I
de deslocação quando a unidade
está em movimento. Caso contrário,
II
poderá ocorrer uma perda de con-
trolo temporária.
ARO0030L
Este botão permite definir a amplitude da Figura 9
velocidade automática durante a desloca-
ção da unidade.
O. Nesta posição, selecciona-se a des-
locação a BAIXA velocidade.
I. Nesta posição, selecciona-se a des-
locação a ALTA velocidade.
II. Nesta posição, selecciona-se uma
velocidade AUTOMÁTICA de deslo-
cação. A velocidade de deslocação
muda automaticamente de baixa
para alta conforme a velocidade do
motor e a carga do motor de deslo-
cação.

2-8 Comandos de Operação 022-00022PT


7. COMUTADOR DE STEREO
Este interruptor é usado para ligar ou des-
ligar o abastecimento da corrente principal
desde a caixa de fusíveis até ao stereo.
A corrente principal para o stereo só será O
ligada quando a chave de ignição tiver
sido colocada na posição ”I” (ligado) e o
interruptor stereo estiver na posição ”I” I
(Ligado). Quando isto tiver sido feito, o ste-
reo “1. Botão de comando da corrente /
volume” na página 2-36 pode ser usado ARO0040L
para controlar o stereo.
Figura 10
Se ou a chave de ignição ou o comutador
do (Figura 10) estiverem desligados, o ste-
reo desligar-se-á apesar da “1. Botão de
comando da corrente / volume” na
página 2-36 do momento.

8. INTERRUPTOR DA LUZ DE SERVIÇO


DA CABINE (OPCIONAL)
Este interruptor é utilizado para controlar
as luzes de serviço da cabine, se a uni-
dade estiver equipada com elas.
O
O. Nesta posição, todas as luzes de
serviço da cabine estão desligadas.
I
I. Nesta posição, as luzes de serviço II
no topo da parte da frente da cabine
acendem-se.
ARO0050L
II. Nesta posição as luzes de serviço no
Figura 11
topo da parte da frente e da parte de
trás da cabine acendem-se.

9. INTERRUPTOR DAS LUZES DE AVISO


(OPCIONAL)
Se a unidade se encontrar equipada com
uma luz de aviso, accione este interruptor
para a activar. O
O. Nesta posição, a luz de aviso está
desligada.
I
I. Nesta posição, a luz de aviso acende
e começa a piscar.

HAOA750L
Figura 12

022-00022PT Comandos de Operação 2-9


10. BOTÃO DO ALARME DE ROTAÇÃO/
DESLOCAÇÃO (OPCIONAL)
No caso da unidade se encontrar equi-
pada com uma sirene de alarme para o
alarme de deslocação/rotação, pressione O
este botão para activar o alarme sempre
que pretender deslocar ou rodar a uni- I
dade. II
O. Nesta posição, o sistema de alarme
de deslocação/rotação está desli-
gado.
ARO0060L
I. Nesta posição a sirene de alarme de Figura 13
deslocação só soará se a máquina
estiver em movimento.
II. Nesta posição, o alarme soará enquanto a máquina estiver a rodar e a deslocar-se, caso este
dispositivo de alarme de rotação esteja montado.
NOTA: Se a máquina só estiver equipada com um dispositivo de alarme de deslocação, o alarme
não soará enquanto a máquina estiver a fazer rotação, apesar de estar na posição ”II”.

11. INTERRUPTOR DE AVISO DE SOBRE-


CARGA (OPCIONAL)
Se a unidade estiver equipada com um
dispositivo de alarme de sobrecarga, car-
regue neste interruptor para o activar.
O
O. Nesta posição, o dispositivo de
alarme de sobrecarga está desli-
gado. I
I. Nesta posição, quando a carga que
está a ser laventada, tiver atingido o
limite, a luz de aviso no painel de ins- ARO0070L
trumentos acende e ouve-se uma Figura 14
buzina de aviso.

AVISO!
Para evitar ferimentos, não ultra-
passe a capacidade nominal de
carga da máquina. Se a máquina não
se encontrar em solo nivelado, as
capacidades de carga variam.
Poderá haver regulamentos estatais
sobre o uso de escavadoras para
levantar objectos pesados.
Queiram cumprir esses regulamen-
tos.

2-10 Comandos de Operação 022-00022PT


12. PAINEL DE COMANDO DO AQUECI-
MENTO E AR CONDICIONADO
Utilizado para controlar o aparelho do ar
condicionado e o aquecedor no comparti-
mento dooperador. Veja “Painel de
comando do aquecimento e ar condicio-
nado” na página 2-30 para saber mais por-
menores.

ARO0080L
Figura 15
13. ISQUEIRO
Pressione o isqueiro até ao fim de curso
na respectiva tomada e liberte-o. Depois
de o ter pressionado, o isqueiro saltará
para fora assim que tiver aquecido. Caso o
isqueiro não salte passado pouco tempo,
puxe-o para fora e solicite a sua repara-
ção.
NOTA: Este isqueiro é apenas para 24
V. Nunca ligue um dispositivo
eléctrico alimentado a 12 V à
HAOA780L
tomada do isqueiro.
Figura 16

14. TOMADA DE CORRENTE PARA 12


VOLT
Esta é uma tomada de corrente só para
dispositivos de 12V DC.
Esta tomada de corrente pode ser usada
para carregar um telemóvel ou carregar
um pequeno dispositivo electrico de 12 V 12 V
DC.
Abra a tampa quando a estiver a usar.
NOTA: Esta tomada foi concebida para ARO0090L
dispositivos electricos de baixa
Figura 17
potência. Não a use para dispo-
sitivos electricos de grande
poptência. Desta forma evitam-
se avarias.

022-00022PT Comandos de Operação 2-11


15. BOTÃO DA BUZINA (ALAVANCA
ESQUERDA DE SERVIÇO (JOYSTICK))
Carregue no botão situado à esquerda no
cimo da alavanca esquerda de serviço
(joystick) para fazer soar a buzina.

ARO0100L
Figura 18
16. INTERRUPTOR AUXILIAR (ALAVANCA
DIREITA DE SERVIÇO (JOYSTICK))
Carregue no botão do lado direito no cimo
da alavanca direita de serviço (joystick)
para elevar a pressão hidraulica. Consulte
a “Modo de Sobrealimentação” na
página 3-24.

ARO0110L
Figura 19
17. DISJUNTOR (ALAVANCA DIREITA DE
SERVIÇO (JOYSTICK))
Carregue no botão do lado esquerdo situ-
ado no topo da alavanca direita de serviço
(joystick) para activar o disjuntor hidrau-
lico.
Solte o botão do lado esquerdo situado no
topo da alavanca direita de serviço (joys-
tick) para desactivar o disjuntor hidraulico.

ARO0120L
Figura 20
18. PAINEL DE INSTRUMENTOS
Ver “Painel de Instrumentos” na
página 2-14.

ARO0130L
Figura 21

2-12 Comandos de Operação 022-00022PT


19. ALAVANCA DE SEGURANÇA
Ver “Alavanca de Segurança” na
página 3-14.

HAAD3770
Figura 22

022-00022PT Comandos de Operação 2-13


PAINEL DE INSTRUMENTOS

6 7 8 9 10 11

1 2

02/05 [MO] 11:30A 4


ENG SPEED

3
2059 RPM

POWER DISPLAY
AUTO

ESC

12 13 14 15
ARO0010L
Figura 23

1. MANÓMETRO DA TEMPERATURA DO 9. LUZ AVISADORA DE PRÉ-AQUECI-


LÍQUIDO DE REFRIGERAÇÃO DO MENTO COMPLETO
MOTOR 10. LUZES INDICADORAS DO MODO DE
2. MANÓMETRO DO NÍVEL DE COMBUSTÍ- TRABALHO
VEL 11. LUZ DE AVISO DE SOBRECARGA (OPCI-
3. MANÓMETRO MULTIFUNÇÕES E AREA ONAL)
DE INFORMAÇÃO GRAFICA (Ver página 12. SELECTOR DO MODO CORRENTE (Ver
2-19) página 2-23)
4. RELOGIO DIGITAL 13. SELECTOR MODO ESCAVAÇÃO (Ver
5. CONTADOR DE HORAS página 2-24)
6. LUZ AVISADORA DE CARGA DA BATE- 14. SELECTOR AUTOMATICO DE MARCHA
RIA EM VAZIO (Ver página 2-24)
7. LUZ AVISADORA DA PRESSÃO DO 15. SELECTOR DE JANELA INFORMATIVA
ÓLEO DO MOTOR (Ver página 2-25)
8. LUZ AVISADORA DA TEMPERATURA DO
LÍQUIDO DE REFRIGERAÇÃO

2-14 Comandos de Operação 022-00022PT


VERIFICAÇÃO FUNCIONAL
Quando se roda a chave de ignição do motor para a posição ”I” (ligado), todos os manómetros, luzes indi-
cadoras de interruptores/botões e luzes de aviso/indicaçãoSE acendem e a buzina de alarme soará
durante 2 segundos.
Durante este tempo, aparecerá uma escavadora em movimento no relógio digital e na area de informação
gráfica (3 e 4, Figura 23).

1. MANÓMETRO DA TEMPERATURA DO
LIQUIDO DE REFRIGERAÇÃO DO
VERMELHO
MOTOR
As cintas coloridas indicam a temperatura H VERDE
do liquido de refrigeração do motor.
ZONA BRANCA - Indica que a tempera- BRANCO
tura é inferior à temperatura de operação
normal.
ZONA VERDE - Indica que a temperatura C
se encontra dentro do intervalo das tem-
peraturas de operação normal. ARO0140L
Figura 24
ZONA VERMELHA - Indica que a tempe-
ratura é demasiado alta.
Durante a operação, as cintas devem estar na zona verde.
Se a cinta na zona vermelha começa a piscar, ouvir-se-á uma buzina de aviso e a velocidade do
motor reduzir-se-á automaticamente. Nessa altura, deixe o motor trabalhar em marcha lenta em
vazio até que o manómetro da temperatura registe novamente na zona verde. Quando atingir a zona
verde, pare o motor. Verifique o nível do liquido de refrigeração, veja se a cinta da ventoinha está
solta, procure detritos à volta do radiador, etc
Quando a temperatura atingir o nível normal, a velocidade do motor recuperará automaticamente.

2. MANÓMETRO DO NÍVEL DE COMBUS-


TÍVEL
VERDE
Mostra a quantidade de combustivel res- F
tante no tanque.
ZONA VERDE - Indica uma quantidade de VERMELHO
combustível normal.
ZONA VERMELHA - Indica que o nível do
combustível está demasiado baixo. E
Se a cinta na zona vermelha começar a
piscar, adicione de imediato combustível. ARO0150L
Verifique o nível de combustível num solo Figura 25
nivelado.

022-00022PT Comandos de Operação 2-15


3. MANÓMETRO DE MULTIFUNÇÕES E
ÁREA DE INFORMAÇÃO GRÁFICA
Ver “Manómetro multifunções e Informa-
ção Gráfica” na página 2-19.

1.Fuel Filter
Hrs: 0232 Reset:

POWER DISPLAY
AUTO

ESC

HAAD3781
Figura 26
4. RELÓGIO DIGITAL
Como relógio digital, indica o tempo cor-
rente. Os elementos apresentados no
mostrador são os seguintes.

Mostrador Descrição
MM/DD [W] HH:mm A
MM Mês
DD Data

W Dia
ARO0350L
HH Hora Figura 27
mm Minuto

A (P) AM (PM)

Veja detalhes em “Método de programa-


ção para Menu Principal” na página 2-26
para regulação do tempo.

5. CONTADOR DE HORAS
O contador de horas é utilizado para indi-
car o número total de horas de funciona-
mento do motor. O contador pisca de 4 em
4 segundos quando o motor está a traba-
lhar para indicar que está a funcionar cor-
rectamente.

HAOA600L
Figura 28

2-16 Comandos de Operação 022-00022PT


6. LUZ AVISADORA DE CARGA DA BATE-
RIA
Esta luz indicadora acender-se-á assim
que se rodar a chave de ignição para a
posição de ”LIGADO” e deverá apagar-se
assim que o motor arrancar. No caso de a
luz não se apagar, pare imediatamente o
motor e verifique qual a causa do suce-
dido.

HAOA610L
Figura 29
7. LUZ AVISADORA DA PRESSÃO DO
ÓLEO DO MOTOR
Esta luz indicadora acender-se-á assim
que se rodar a chave de ignição para a
posição de ”LIGADO” e deverá apagar-se
assim que o motor arrancar. Por exemplo,
se a pressão do óleo do motor se tornar
demasiado baixa, a luz acender-se-á e
soará uma sirene de aviso. Se isto aconte-
cer, desligue imediatamente o motor e
verifique qual a causa do problema. Se
continuar a trabalhar mesmo quando esta HAOA620L
luz se encontra acesa, irá provocar danos Figura 30
graves no motor.

8. LUZ AVISADORA DA TEMPERATURA


DO LÍQUIDO DE REFRIGERAÇÃO
Se a temperatura do líquido de refrigera-
ção do motor atingir um valor excessivo,
esta luz avisadora irá acender-se e fazer
soar um alarme. Se a luz se acender,
reduza a velocidade do motor até que a
temperatura do liquido de refrigeração
desça. Não desligue o motor, pois esta
situação poderá provocar um aumento da
temperatura do líquido de refrigeração e
fazer com que o motor seja submetido a HAOD350L
esforços excessivos resultante do Figura 31
aumento súbito da temperatura.
NOTA: Verifique o manómetro de temperatura do liquido de refrigeração. Se a cinta na zona ver-
melha começa a piscar, ouvir-se-á uma buzina de aviso e a velocidade do motor reduzir-
se-á automaticamente. Nessa altura, deixe o motor trabalhar em marcha lenta em vazio
até que o manómetro da temperatura registe novamente na zona verde. Quando atingir a
zona verde, pare o motor. Verifique o nível do liquido de refrigeração, veja se a cinta da
ventoinha está solta, procure detritos à volta do radiador, etc
Quando a temperatura atingir o nível normal, a velocidade do motor recuperará automati-
camente.

022-00022PT Comandos de Operação 2-17


9. LUZ AVISADORA DE PRÉ-AQUECI-
MENTO COMPLETO
Esta luz indica que a função de pré-aque-
cimento do motor se encontra terminada.

HAOA639L
Figura 32
10. LUZ INDICADORA DA LUZ DE TRABA-
LHO
A luz indicadora informa que as luzes de
serviço estão ligadas.

Figura 33
11. LUZ AVISADORA DE SOBRECARGA
(OPCIONAL)
Na máquina equipada com um dispositivo
de aviso de sobrecarga, esta luz indica-
dora acende e a buzina de aviso toca
quando o limite de carga for atingido.

AVISO!
Se esta luz indicadora acender
ARO0220L
durante a operação de elevação,
Figura 34
reduza de imediato a carga.
Se continuar a trabalhar quando esta
luz se acende, a máquina pode virar
ou ocorrerem danos nos componen-
tes hidraulicos ou nas partes estrutu-
rais.

2-18 Comandos de Operação 022-00022PT


MANÓMETRO MULTIFUNÇÕES E INFORMAÇÃO GRÁ-
FICA
Quando a chave de ignição do motor está na
posição ”I” (ligado), aparece uma escavadora
em movimento no ecran durante cerca de 2
segundos.
Quando a escavadora em movimento desapa-
rece, aparecerá um ecran de multifunções e
seguidamente um relógio digital.

ARO0670L
Figura 35
A velocidade do motor, voltagem da bateria e
pressão da bomba hidraulica são indicadas com
digitos numericos. Na parte superior do ecran
surge um relógio digital. 02/05 [MO] 11:30A
Cada vez que o botão selector do ecran (15,
Figura 23) é pressionado, altera-se a leitura ENG SPEED
digital na sequência seguinte ; velocidade do

1950 RPM
motor (RPM) -> Voltagem da bateria (VOLT) ->
Pressão da bomba da frente (BAR) -> Pressão
da bomba traseira (BAR).
NOTA: Veja Figura 39 e Figura 42. ARO0160L
Usando uma combinação dos botões selectores Figura 36
de modo, também se pode obter no ecran infor-
mação sobre filtros e óleos.
A janela de informação monitor pode ser regulado para a lingua pretendida.
Veja detalhes em “Método de programação para Menu Principal” na página 2-26 respeitante à selecção
do idioma e método de apresentação de informação.

COMUNICAÇÃOINDICADOR
Indica a condição da comunicação entre o con-
trolador principal e o painel de instrumentos.
1. Condição normal :
O simbolo muda sequencialmente como
relâmpago.
NOTA: Veja Figura 39 e Figura 42.
2. Condição fora do normal:
Se o simbolo não surgir no ecran, isso
ARO0090L
quer dizer que há um erro de comunica-
ção. Figura 37

NOTA: Ver Figura 38.

022-00022PT Comandos de Operação 2-19


COMUNICAÇÃO DE AVISO DE ERRO
Se um erro de comunicação se formar entre -o
controlador EPOS e o painel de instrumentos, 02/05 [MO] 11:30A
este ecran aparecerá.
Quando surgir este ecran, contacte um distribui-
dor DAEWOO ou uma agência de vendas.
NOTA: Se um erro de comunicação COMM.
ocorrer durante a operação,
volta-se a configurar o último Error!!
modo de regulação. Isto quer
dizerque o modo de potência, ARO0610L
modo de serviço e marcha em Figura 38
vazio automática são memori-
zados durante a avaria.
NOTA: Quando a chave de ignição estiver na posição ”I” (LIGADO) durante um estado de comu-
nicação de avaria, o controlador e-EPOS falha nos modos seguintes.
Modo de potência: Modo standard
Modo de serviço: Modo escavação
Marcha em vazio automático: ”LIGADO” (estado de selecção)

1. VELOCIDADE DO MOTOR
A velocidade do motor é indicada no ecran
com digitos numéricos.
02/05 [MO] 11:30A

ENG SPEED

1950 RPM
ARO0160L
Figura 39
2. VOLTAGEM DA BATERIA
A voltagem da bateria é indicada em digi-
tos numéricos. Com o motor a trabalhar, a
02/05 [MO] 11:30A
leitura deveria ser entre 26V - 30V.
Quando a chave de ignição está ocupada BATTERY
ou o sistema de pre-aquecimento está a
ser usado, a voltagem pode cair temporari-
amente abaixo de 24 Volts, mas isso é
normal. 28.5 VOLT
ARO0180L
Figura 40

2-20 Comandos de Operação 022-00022PT


3. PRESSÃO DA BOMBA HIDRAULICA
DIANTEIRA
A pressão da bomba hidraulica dianteira é
02/05 [MO] 11:30A
indicada em digitos numéricos.
NOTA: Esta bomba é a que fica mais FRONT PUMP
próximo da carcaça da hélice
do motor ou é a que fica na
parte superior da bomba
hidraulica.
Indica a leitura em BARs.
320 BAR
ARO0190L
Figura 41
4. PRESSÃO DA BOMBA HIDRAULICA
TRASEIRA
A pressão da bomba traseira é indicada
02/05 [MO] 11:30A
em digitos numéricos.
NOTA: Esta bomba é a que fica mais REAR PUMP
afastada da carcaça da hélice
do motor ou é a que fica na
parte inferior da bomba hidrau-
lica.
Indica a leitura em BARs.
313 BAR
ARO0200L
Figura 42

022-00022PT Comandos de Operação 2-21


5. ESTADO DE ANOMALIA AVISO DE FILTROS
NOTA: Veja Figura 43 e Figura 45.
Esta janela indica estados de anomalia nos filtros.
Filtro purificador de ar e filtro de retorno (opcional) e Filtro piloto (opcional).
Se o estado de anomalia nos filtros surgir simultaneamente em mais que dois, aparecerá a janela de
aviso ”Filtro Purificador do Ar”, ”Filtro de Retorno” e ”Filtro Piloto” conforme a ordem e cada janela de
aviso reaparece depois de 3 segundos.
A. Aviso de Filtro Purificador de Ar entu-
pido
Esta janela indica quando o purifica-
dor de ar está entupido. Quando esta 02/05 [MO] 11:30A
janela aparece, o simbolo de purifi-
cador de ar começa a piscar no 2059 RPM
ecran.
Se esta janela aparecer, páre de
imediato a operação e substitua ou
Air Cleaner
limpe o elemento de filtração. CLOGGED!!
Depois de ter sido feita a manuten-
ção ao filtro de ar, aparecerá de novo ARO0210L
indicada a velocidade do motor e um Figura 43
simbolo de estado de comunicação.
B. Aviso de filtro de retorno entupido
(opcional)
Esta janela indica quando o filtro de
retorno está entupido. Quando esta 02/05 [MO] 11:30A
janela aparece, o simbolo de filtro de
retorno começa a piscar no ecran. 2059 RPM
Se esta janela aparecer, páre de
imediato a operação e substitua o Return Filter
elemento de filtração do filtro de
retorno. CLOGGED!!
Depois de ter procedido à manuten-
ção do filtro, voltará a aparecer ARO0230L
representada a velocidade do motor Figura 44
e o simbolo de estado de comunica-
ção.
C. Aviso de Filtro Piloto entupido (opcio-
nal)
Esta janela indica quando o filtro
piloto está entupido. Quando esta 02/05 [MO] 11:30A
janela aparece, o simbolo do filtro
piloto começa a piscar no ecran. 2059 RPM
Se esta janela aparecer, páre de
imediato a operação e substitua o Pilot Filter
elemento do filtro piloto.
Depois de ter procedido à manuten- CLOGGED!!
ção do filtro piloto, surgirá nova-
mente indicada no ecran a ARO0240L
velocidade do motor e o simbolo de Figura 45
estado comunicação.

2-22 Comandos de Operação 022-00022PT


SELECTORES DE MODO

1 2 3 4

ARO0250L
Figura 46

1. SELECTORES DE MODO DE COR-


RENTE
Este modo de corrente é utilizado para tra-
balho pesado que exige uma velocidade
de operação elevada. Carregue neste
botão para ligar ou desligar o modo de
corrente.
Quando o botão de modo de corrente esti-
ver accionado na posição ”ON” (ligado),
acende-se uma luz de aviso por cima dele.
Quando se volta a carregar no botão de ARO0260L
corrente, este desliga e o modo de cor- Figura 47
rente fica desactivado e volta ao modo de
operação normal.
Quando se liga a ignição ”I” (LIGADO), o
modo potência é automáticamente regu-
lado para o ”Modo Standard”.
NOTA: Quando se regula o menu prin-
cipal, este botão é usado para
funcionar como permutador
(UP: ). Para mais detalhes,
veja ”Modo selecção”.

022-00022PT Comandos de Operação 2-23


2. SELECTOR DE MODO ESCAVAÇÃO
Este modo de serviço é utilizado para
escavações leves ou para fossos leves.
Carregue neste botão para ligar ou desli-
gar o modo escavadora.
Quando o botão de modo escavadora está
na posição ”ON” (ligado), acende-se uma
luz de aviso por cima dele.
Quando se carrega novamente no botão
de modo escavadora, este desliga e o
modo escavadora é desactivado e volta ao ARO0270L
modo de escavação normal. Figura 48
Quando se liga a ignição ”I” (LIGADO), o
modo de trabalho é automáticamente
regulado para o ”Modo Escavação”.
NOTA: Quando se regula o menu prin-
cipal, este botão é usado para
funcionar como permutador
(DOWN: ). Para mais deta-
lhes, veja ”Modo selecção”.

3. SELECTOR AUTOMÁTICO DE MARCHA


EM VAZIO
Quando está activado o sistema automá-
tico de marcha em vazio, o motor reduz
automaticamente a velocidade para
”VAZIO” aproximadamente 4 segundos
depois de todas as alavancas de comando
se encontrarem na posição neutra. Este
sistema foi concebido para reduzir o con-
sumo de combustivel e o ruído.
Quando o botão automático de marcha em ARO0280L
vazio se encontra na posição ”ON”
Figura 49
(Ligado), acende-se uma luz de aviso por
cima dele.
Quando se volta a carregar no botão auto-
mático de marcha em vazio, este desliga e
a velocidade do motor volta à velocidade
normal regulada no comando e manter-se-
á assim, seja qual for a posição da ala-
vanca de comando, até que se altere a
regulação no comando de velocidade do
motor.
NOTA: Quando se programa o menu
principal, este botão é utilizado
para funcionar como selector
(ENTER: ). Para mais deta-
lhes, veja ”Modo selecção”.

2-24 Comandos de Operação 022-00022PT


4. SELECTOR DE INFORMAÇÃO
Este botão é utilizado para mudar a infor-
mação apresentada no ecran. De cada
vez que se carregar no botão de informa-
ção, a leitura digital muda.
NOTA: Ao programar-se o menu princi-
pal, este botão é utilizado como
botão de menu / saída (ESC).

ARO0290L
Figura 50

022-00022PT Comandos de Operação 2-25


MÉTODO DE PROGRAMAÇÃO PARA MENU PRINCIPAL
Combinando os selectores de modo, pode-se verificar as programações de informação sobre lingua,
tempo e filtro/óleo. Se necessáio pode-se introduzir alguma informação.

1 2 3 4

ARO0250L
Figura 51

• Botão com seta ascendente ( , 1 em Figura 51): Utilizado para mover um item do menu para
”Cima” ou para a ”Esquerda”.
• Botão seta descendente ( , 2 em Figura 51): Utilizado para mover um item do menu para
”Baixo” ou para a ”Direita”.
• Botão Enter ( , 3 em Figura 51): Utilizado para introduzir um menu ou apagar as horas de
serviço do filtro/óleo.
• Botão de Menu / Saída (ESC, 4 em Figura 51): Utilizado para aceder ao menu principal ou
regressar ao ecran anterior a partir de cada sub-menu.

MENU PRINCIPAL
Quando se carrega no botão ”ESC” mais do que
3 segundos, o ecran do menu principal aparece.
Nele aparecerão 3 items do menu principal. São
MAIN MENU
eles;
Language 1
1. “Lingua” na página 2-27.
2. “Programar Relógio” na página 2-27. Set Clock
3. “Informação
página 2-28.
sobre Filtro/Óleo” na Filter / Oil Info
O ecran regressará à configuração normal, ARO0330L
quando se volta a pressionar a tecla ”ESC” Figura 52
durante mais de 1 segundo.
Caso se demorar mais do que 20 segundos em qualquer menu, sem mudar de ecran, este regressará à
configuração normal.
A selecção do menu pode ser alterada carregando nas teclas "ASCENDENTE" ( ) ou "DESCENDENTE"
( ). O item seleccionado do menu aparecerá destacado e surgirá um cursor ao pé do item do menu.
Quando o item do menu estiver destacado, carregue em ”ENTER” ( ) para entrar no submenu seguinte.

2-26 Comandos de Operação 022-00022PT


LINGUA
Quando o cursor se encontrar na programação
da língua, carregue em ”ENTER” ( ) e depois L A N G UA G E
aparecerá o submenu de regulação da língua.
A língua desejada pode ser seleccionada utili- Francais
zando as teclas ”ASCENDENTE” ( ) e ”DES-
CENDENTE” ( ). Deutsch 4
A janela de informação monitor pode ser regu-
lado para a lingua pretendida.
Set : English
Carregue em "ENTER" ( ) para programar a ARO0340L
lingua pretendida. Figura 53
Caso se demore mais do que 20 segundos no
menu, sem mudar o ecran, este regressa à con-
figuração normal.

PROGRAMAR RELÓGIO
Quando o cursor se encontrar em ”Programa-
ção do relógio”, carregue em ”ENTER” ( ) e
aparecerá de seguida o submenu de programa-
S E T C LO C K
ção do relógio.
Caso se demore mais do que 20 segundos no
02 : 30 P
menu, sem mudar o ecran, este regressa à con- 2001 02 / 15
figuração normal.
:+ : :MOVE
Método de programação
ARO0380L
1. Mova o cursor para a parte desejada com Figura 54
a tecla ”ENTER” ( ).
2. Regule o tempo com a tecla ”ASCENDE-
ENTE” ( ) ou ”DESCENDENTE” ( ).

3. +( ), - ( ): Aumente ou diminua o número.


4. MOVE ( ): Confirme e mova o cursor para a parte seguinte.
5. ESC: Vá para o menu principal carregando mais do que 1 segundo.

Regulação de minutos a ”00”

1. Carregue simultaneamente a tecla ”ENTER” ( ) e a ”ASCENDENTE” ( ).


2. Se o tempo indicado for de 30 minutos ou menos o relógio apresentará a hora anterior.
3. Se o tempo indicado for de 30 minutos ou mais, o relógio apresentará a hora seguinte.
4. Quando a hora antecedente for mais que 23, o dia passará para o seguinte.

022-00022PT Comandos de Operação 2-27


INFORMAÇÃO SOBRE FILTRO/ÓLEO
Quando o cursor estiver na informação de filtro
e óleo, carregue na tecla ”ENTER” ( ) e de MAIN MENU
seguida o submenu de informação de filtro /
óleo aparece
Language
Set Clock
Filter / Oil Info 3
ARO0390L
Figura 55
Cada modo pode ser alterado carregando na
tecla ”ASCENDENTE” ( ) ou ”DESCEN-
DENTE” ( ). Este ecran indica as horas de
serviço (hrs) do filtro e dos óleos.

1.Fuel Filter
Hrs: 0232 Reset:
ARO0400L
Figura 56

Disposição dos Menus e Explicação sobre os Icones

1 2 3 4 5 6 7 8

1. Filtro de 2. Purificador 3. Filtro do óleo


Combustível do ar do motor 4. Filtro de retorno

8. Água de 7. Óleo hidráulico 5. Filtro Piloto 6. Óleo do motor


refrigeração
ARO0410L
Figura 57

2-28 Comandos de Operação 022-00022PT


Reset das horas de serviço de filtro / óleos
Após ter substituido um filtro ou óleo, volte a
regular a hora de serviço para zero (Hrs: 0000).
O periodo seguinte de substituição pode ser
facilmente controlado. As horas de serviço são
só contadas enquanto o motor está a trabalha.
No ecran de informação sobre o filtro e o óleo,
carregue em ”ENTER” ( ) e de seguida apa-
1.Fuel Filter
rece o ecran para proceder ao reset. Hrs: 0232 Reset:
ARO0400L
Figura 58
No ecran de reset, a hora de serviço pode ser
alterada para zero (Hrs: 0000) carregando em
"ENTER" ( ).

Se se carregar na tecla "ENTER" ( ), o reset


1.Fuel Filter
ficará concluído. Ao mesmo tempo, o ecran vol-
tará ao menu anterior. RESET?
Se se seleccionar a tecla "ESC", o ecran YES: NO:ESC
regressa ao menu anterior sem fazer o reset.
O ecran passa para o menu anterior carregando Hrs: 0232 Reset:
em ”ESC”.
ARO0490L
Caso se demore mais do que 20 segundos no Figura 59
menu, sem mudar o ecran, este regressa à con-
figuração normal.

022-00022PT Comandos de Operação 2-29


PAINEL DE COMANDO DO AQUECIMENTO E AR CON-
DICIONADO
LOCALIZAÇÃO DOS COMANDOS E ABERTURAS DE VENTILAÇÃO

ARO0550L
Figura 60

O aquecimento e ar condicionado estão combinados numa só unidade na cobertura traseira atrás do


assento do operador. Se necessário, o operador pode controlar a temperatura interna usando o painel de
comando instalado no suporte de comando do lado direiro.

2-30 Comandos de Operação 022-00022PT


PAINEL DE OPERAÇÃO

LED
1 4 5

2 3
ARO0500L
Figura 61

1. INTERRUPTOR DO AR CONDICIONADO 3. INTERRUPTOR DE CONTROLO DA TEM-


E DAS VENTOINHAS PERATURA
2. SELECTORES DE VELOCIDADE DA 4. SELECTOR DE SAÍDA DE AR
VENTOINHA 5. SELECTOR DE ENTRADA DE AR

Quando se selecciona um interruptor, o indicador LED deste interruptor acende-se para indicar que
o interruptor está a funcionar e emite um sinal sonoro de activação.
Quando o interuptor de luz está na posição "I" ou "II", o LED respeitante à iluminação no painel de
comando acende.

1. INTERRUPTOR DE VENTOINHA E AR
CONDICIONADO
A. Interruptor de desligar ”OFF” – Este
interruptor é utilizado para comandar
a função de desligar o aquecimento
e o ar condicionado quando a ventoi-
nha pára.
B. Interruptor ”A/C" – Este interruptor é
utilizado para comandar a função de
ligar e desligar o ar condicionado. Se
não se seleccionar uma velocidade ARO0510L
de ventoinha, o ar condicionado não
Figura 62
trabalha. Quando o ar condicionado
começa a trabalhar, o indicador LED
acende.

022-00022PT Comandos de Operação 2-31


2. SELECTORES DE VELOCIDADE DA
VENTOINHA
Estes interruptores são utilizados para
controlar a velocidade da ventoinha de
ventilação.
A. Interruptor "LO" - Usado para baixa
velocidade
B. Interruptor "MID" - Usado para velo-
cidade intermedia
C. Interruptor "HI" - Usado para alta ARO0520L
velocidade
Figura 63
NOTA: Se não seleccionar uma veloci-
dade de ventilação, o aqueci-
mento e o ar condicionado não funcionarão.

3. INTERRUPTOR DE CONTROLO DA
TEMPERATURA
O controlo da temperatura consiste em 24
etapas. Em cada 3 etapas acende--se um
LED. Sempre que for carregado, ele
mudará as etapas. Se pressionar o inter-
ruptor continuamente, o controlo altera-se
continuamente.
A. Posição “FRIO” - Baixa a tempera-
tura.
B. Posição “QUENTE” - Aumenta a tem- ARO0530L
peratura. Figura 64
LED COLORIDO INDICADOR DE SITUA-
ÇÃO
LED verde - Ar condicionado. Todo a verde, ar condicionado a funcionar no máximo.
LED vermelho - Aquecimento. Todo a vermelho, aquecimento a funcionar no máximo.
Quando usar a unidade só para Ar Condicionado, carregue em ”A/C” e mude os LEDs para total-
mente verde, carregando no interruptor ”FRIO”.
Quando usar a unidade só para aquecer, mude os LEDs para totalmente vermelho, carregando no
interruptor ”QUENTE”. O interruptor "A⁄C" tem de estar desligado.
Para regular a temperatura desejada de ar vindo das saídas de ar, ligue o interruptor ”A/C” e com-
bine LEDs verde e vermelhos, carregando no selector de temperatura. Quanto maior for a quanti-
dade de LEDs verdes, mais fria será a temperatura. Quanto mais LEDS vermelhos se acenderem,
mais quente será a temperatura.

2-32 Comandos de Operação 022-00022PT


4. SELECTOR DE SAÍDA DE AR
Estes interruptores são utilizados para
seleccionar a posição de cada uma das
saídas de ar.

ARO0540L
Figura 65
A. Utilizado para direccionar o fluxo de
ar para a parte superior da cabine do
operador tanto desde a parte da
frente como da de trás. Dirigirá tam-
bém o ar para a janela da frente e os
pés.
O injector de descongelamento pode
ser aberto e fechado manualmente.
Se necessário o operador pode
fechar este injector para evitar que a
corrente de ar frio destinada à parte
superior da cabine vá directo à sua ARO0570L
cara. Figura 66
B. Utilizado para direccionar o fluxo de
ar para a parte inferior da cabine do
operador e os pés.
Este modo é sobretudo usado para o
aquecimento.

ARO0580L
Figura 67
C. Utilizado para direccionar o fluxo de
ar para a parte superior da cabine do
operador e janela da frente.
O injector frontal no painel de instru-
mentos pode ser fechado ou aberto
manualmente. Se este injector esti-
ver fechado, o efeito de descongela-
mento ficará impedido. Se
necessário, o operador pode fechar o
injector de descongelamento para
impedir que o frio vá directo à sua
cara. ARO0590L
Figura 68

022-00022PT Comandos de Operação 2-33


5. INTERRUPTOR DE SELECÇÃO DA
VENTILAÇÃO
A B
A. Interruptor ”A” - Atira o ar fresco para
o compartimento do operador. Utili-
zado para eliminar a condensação
ou gelo das janelas (Inverno / Esta-
ção chuvosa).
B. Posição "B" - Recircula o ar no inte-
rior do compartimento do operador.
Utilizado para aquecer ou arrefecer
rapidamente a cabine do operador.
ARO0560L
Figura 69
FUNÇÃO DE MEMÓRIA DE MODO UTILI-
ZADO
O painel de controlo do ar condicionado possui uma função de memória. Assim que se roda a chave de
ignição para a posição “DESLIGADO”, os ajustamentos do painel de controlo serão armazenados em
memória. Sempre que se coloca uma escavadora em funcionamento, é activada a última configuração uti-
lizada.

INSTRUÇÕES SUPLEMENTARES DE SERVIÇO


Uma temperatura interior adequada no Verão é de cerca de 5 - 6°C a menos que a temperatura verificada
no exterior.
Coloque o ar condicionado em funcionamento durante um período de cerca de 20 a 30 minutos por
semana para fazer circular o liquido de refrigeração no sistema.
NOTA: O interruptor da ventilação deverá encontrar-se comutado para a velocidade “LO”.
Limpe o filtro de 500 em 500 horas de serviço ou quando necessário de acordo com as condições de ser-
viço. Substitua o filtro sempre que necessário.
Se operar o aquecimento ou o ar condicionado durante um período de tempo prolongado, accione o inter-
ruptor de ventilação e quando fumar, ventile o ar para o exterior de modo a evitar eventuais irritações nos
olhos.

2-34 Comandos de Operação 022-00022PT


AUTO-RÁDIO
PROGRAMAÇÃO DE CÓDIGO DE AREA E SEGURANÇA.
1. Programar código de area e segurança
• Quando instalar a unidade.
• Quando substituir ou carregar a BATERIA.
2. Código de segurança
• Uma combinação de quatro números.
3. Codigo de area
• Area de código para regular a frequência

Codigo Area

1 AMERICA NORTE

2 EUROPA
3 AMERICA DO SUL/CENTRAL

4 COREIA, ASIA

4. O código de segurança e area é indicado num cartão de identidade, aquando da compra da


máquina. Guarde este cartão em lugar seguro, como por exemplo o ficheiro da máquina. Não guarde
o cartão na máquina.

ORDEM PARA PROGRAMAR CÓDIGO DE SEGURANÇA E AREA


1. Ligue o interruptor de arranque.
2. Carregue no botão de accionamento (1, Figura 70).
3. surge o sinal (AF: --) no mostrador.
4. Programar de código de area (Use o botão pre-programador de estação 6, Figura 70).
NOTA: Nos EUA: (AF: ---) -> (AF: 1) (Carregue no botão pre-programador de estação #1).
5. (AF: 1) piscará duas vezes e (codigo: ---) surge intermitente.
6. Programe o código de segurança "1156" (Use a memória pre-programadora de estação 6, Figura
70).
7. Se o sinal FM 87.5 surgir no mostrador, a programação está concluída.
NOTA: Caso não programe o código de area e segurança, o stereo não trabalha.
NOTA: Se o interruptor stereo montado no painel de interruptores da cabine não estiver ligado, o
stereo não funciona. Veja o capítulo “7. Comutador de Stereo” na página 2-9 para saber
mais detalhes.

022-00022PT Comandos de Operação 2-35


PAINEL FRONTAL

3 11 8 7 9 5 10

EJECT PROGRAM

AM/FM SCAN PS/AS

SOUND

U
SH
ON-OFF
VOL BAS TRE FAD BAL MTL 1 2 RPT 3
VO

ST SCAN
P

FM1
AMFM2 AST 4 5 6

1 2 4 12 6
ARO0600L

Figura 70

1. BOTÃO DE CORRENTE / VOLUME 7. ABERTURA PARA A CASSETE


2. SELECTOR DE MODO DE SOM 8. BOTÃO DE EJECÇÃO DA CASSETE
3. SELECTOR DE BANDAS 9. BOTÃO DE CASSETE E PROGRAMA
4. BAIXAR / SUBIR O VOLUME 10. LED AVISADOR DE SEGURANÇA
5. MEMORIA AUTOMATICA (AME) E BOTÃO 11. BUSCA
DE BUSCA 12. MOSTRADOR
6. BOTÃO PRESELECTOR DE ESTAÇÃO

1. BOTÃO DE COMANDO DA CORRENTE / VOLUME


Corrente ligada: Carregue neste botão para ligar o sistema de audio.
Corrente desligada: carregue neste botão novamente para desligar o sistema de audio. Todos os
indicativos desaparecem do mostrador.
Quando o botão de comando se roda no sentido dos ponteiros do relógio (ou no sentido contrário)
durante a operação normal, o volume aumenta (ou diminui), o nível de volume aparece indicado no
mostrador sob a forma de valor numérico. Após a regulação, o mostrador volta ao seu aspecto inicial
decorridos 5 segundos.
NOTA: O sistema audio funcionará no mesmo modo com que funcionou da última vez que esteve
ligado.

2. BOTÃO SELECTOR DE MODO SOM


Para seleccionar o modo audio pretendido, carregue no selector de modo som. Aparecerão no mos-
trador o indicador de modo som e o seu valor numérico.
De cada vez que pressionar o botão, o modo som muda na sequência seguinte :
VOL -> BAS -> TRE -> FAD -> BAL.
Quando acabar de seleccionar o modo pretendido, regule o volume, rodando o botão de comando da
corrente / volume (1).

2-36 Comandos de Operação 022-00022PT


Comando Baixo (bas)
O comando baixo serve para regular a qualidade do som baixo (baixa frequência).
1) Seleccione o modo de comando baixo através do selector de modo som (2).
2) Quando o indicador ”BAS” aparecer no mostrador, rode o botão de volume (1) no sentido dos
ponteiros do relógio para aumentar o tom baixo e no sentido contrário para o diminuir. O nível
do tom baixo aparecerá indicado no mostrador sob a forma de valor numérico.

Comando de agudos (TRE)


O comando de agudos é utilizado para regular a qualidade dos sons agudos (alta frequência).
1) Seleccione o modo de comando de agudos através do selector de modo som (2)
2) Quando o indicador ”TRE” aparecer no mostrador, rode o botão de volume (1) no sentido dos
ponteiros do relógio para aumentar os agudos e no sentido contrário para diminui-los. O nível
dos agudos aparecerá indicado no mostrador sob a forma de valor numérico.

Comando do balanço (BAL)


O comando do balanço é utilizado para regular o volume dos altifalantes da esquerda e da direita.
1) Seleccione o modo controlo do balanço através do selector de modo som (2).
2) Quando aparecer o indicador ”BAL” no mostrador, rode o botão do volume (1) no sentido dos
ponteiros do relógio para aumentar o volume do altifalante esquerdo.
3) Para diminuir o volume do altifalante da direita, rode o botão do volume (1) no sentido contrário
aos ponteiros do relógio.
4) Quando aparecer o indicador numérico ”0” no mostrador, o volume dos altifalantes da esquerda
e da direita está igual.

Potenciometro (FAD)
Este modo não é utilizado nesta máquina como um modo de controlo.

3. SELECTOR DE BANDAS
Carregue no selector de bandas (3) para seleccionar a banda desejada. As bandas mudam na
seguinte sequência:
FM1 -> FM2 -> AM -> LW.

4. SUBIR / DESCER A BANDA

Procure a sintonia:
Para uma busca rápida da próxima estação mais baixa, carregue no sintonizador descendente (4)
(9, Figura 70) durante mais que 0.5 segundos. Para uma busca rápida da próxima estação acima,
carregue no sintonizador ascendente (4) (9, Figura 70) durante mais de 0.5 segundos.

Sintonia manual:
Carregue no sintonizador (4) para baixo ou para cima (9, Figura 70) durante menos de 0,5 segundos
para aumentar ou diminuir a frequência. A frequência da banda AM muda 9 kHz de cada vez, a fre-
quência da banda LW muda 1 kHz de cada vez e a frequência da banda FM muda 50 kHz de cada
vez.

022-00022PT Comandos de Operação 2-37


5 & 6.MEMÓRIA AUTOMÁTICA E BOTÃO DE BUSCA EM MEMORIA / MEMORIA DE ESTAÇÕES
PRE- REGULADAS

Busca em memória:
Para ouvir a estação previamente sintonizada e colocada em memória nos botões de pre sintonia,
carregue no botão de busca em memória (5) durante menos de 2 segundos.
Na banda FM (FM1ou FM2), todas as estações pre-sintonizadas e colocadas em memória nos
botões de 1 a 6 na banda FM1 ou FM2 serão ouvidas durante cerca de 5 segundos cada e uma após
a outra. Na banda AM ou LW, todas as estações pre-sintonizadas e memorizadas nos botões de 1 a
6 da banda AM ou LW serão ouvidas durante cerca de 5 segundos cada e uma após a outra.
Enquanto estiver a operar com esta função, a frequência e botão de pre- -sintonia em questão apa-
recerão no mostrador a piscar.
Depois de percorrer todas as estações pre-sintonizadas, esta função cancela automaticamente e
sintoniza a estação que se estava a ouvir inicialmente antes de ter accionado esta função. Quando
tiver sintonizado a estação pretendida, carregue neste botão novamente ou no pre-sintonizador cor-
respondente para parar a função de busca.

Memória automática:
1) Seleccione a banda desejada com o selector de bandas (3).
2) Carregue na memória automática (5) durante mais que 2 segundos. Depois, as estações mais
fortes que estiverem mais próximas são automáticamente colocadas por ordem em memória
nos botões de pre-sintonia de 1 a 6.
3) Depois da memorização, todas as estações pre-sintonizadas passam pela busca em sequên-
cia e durante 5 segundos cada. Após isto volta a sintonizar a estação que se estava a ouvir
antes desta operação.

Memória manual:
1) Seleccione a banda desejada com o selector de bandas (3).
2) Sintonize a estação desejada com o sintonizador ascendente/descendente (4).
3) Carregue num dos 6 sintonizadores de pre-sintonia (6) durante mais que 2 segundos. Aparece
no mostrador o número do sintonizador e em seguida a estação ficará memorizada.
Da mesma forma podem-se memorizar as estações desejadas nos 6 sintonizadores (6).

7. RANHURA DA CASSETE
Carregue no botão de corrente (1) para ligar o sistema audio. Insira completamente uma cassete na
ranhura respectiva com o lado pretendido virado para a direita. Depois o o gravador começa a repro-
duzir a cassete e aparece no mostrador o sinal ”PLAY”.

8. EJECTOR DA CASSETE
Para ejectar a cassete, carregue no botão ejector (8). Depois disso, o modo passa automaticamente
para o radio.

2-38 Comandos de Operação 022-00022PT


9. BOTÕES DE CASSETE E PROGRAMA

Avanço rápido
Para fazer avançar rapidamente a cassete, carregue no botão de avanço rápido (9, Figura 70). O
indicador de direcção de curso da fita aparece a piscar no mostrador. Quando a fita chega ao fim, é
automaticamente rebobinada e volta a tocar desde o inicio do lado oposto. Para parar o avanço
rápido, carregue no botão de retrocesso (9, Figura 70).

Retrocesso
Para rebobinar a fita, carregue no botão de retrocesso (9, Figura 70). O indicador de direcção de
curso da fita aparece a piscar no mostrador. Quando a fita estiver completamente rebobinada, toca
desde o inicio desse lado. Para parar o movimento de retrocesso, carregue no botão de avanço
rápido. (9, Figura 70).

Programa
Para tocar o lado contrário da fita enquanto o outro está a tocar, carregue no avanço rápido, carre-
gue simultaneamente no botão de avanço rápido (9, Figura 70) e de retrocesso (9, Figura 70).
NOTA: Quando a fita chega ao fim de um dos lados, vira automaticamente e toca o outro lado da
fita.
NOTA: Carregue no botão 'MTL" (metal tape button = botão de fita metálica) quando estiver a
tocar uma fita de alta composição, como por exemplo uma fita de metal, de crómio, etc. O
indicador de fita metalica ”MTL” aparecerá iluminado no mostrador. Desligue esta função
quando for tocar uma fita normal.

10. LED AVISADOR DE SEGURANÇA


O LED avisador de segurança pisca quando se retira a chave da ignição e desaparece quando se
liga a ignição.

11. BUSCA
Para ouvir sequencialmente cada uma das estações existentes no menu de bandas normal durante
5 segundos cada uma.

022-00022PT Comandos de Operação 2-39


12. MOSTRADOR
A. Indicador de direcção de curso da M L K J I HG
fita
B. Indicador de banda FM/AM
VOL BAS TRE FAD BAL MTL F
C. Indicador de que o FM Stereo está ST SCAN
ligado FM1
AMFM2 AST E
D. Indicador de condição de frequencia
/ sinal de fita / Nível de audio
E. Indicador de memória automática A B C D
ARO0660L
F. Indicador de Fita Metálica
Figura 71
G. Indicador de número pre-sintonizado
H. Indicador de Estação FM fraca
I. Indicador de balanço
J. Indicador de potência
K. Indicador de agudos
L. Indicador de baixos
M. Indicador de volume

CUIDADOS A TER COM O AUTO-RÁDIO


Não utilize uma cassete com um tempo de
reprodução superior a C-90 (90 minutos). Evite
a utilização de cassetes C-120 dado que as
fitas são feitas de um material mais fino que
poderá partir ou ficar enredada dentro do grava-
dor do auto-rádio.

Figura 72
Certifique-se que as fitas se encontram devida-
mente enroladas e apertadas. Se utilizar uma
fita solta, poderá vir a causar problemas no gra-
vador. No caso de a fita se encontrar solta e
folgada, utilize um lápis ou um dispositivo seme-
lhante para enrolar a fita e eliminar a folga.
Não utilize cassetes de fraca qualidade.

Figura 73

2-40 Comandos de Operação 022-00022PT


Não guarde as cassetes nos locais abaixo indi-
cados, nem nas condições apresentadas. O
não cumprimento desta recomendação poderá
provocar danos na cassete ou no próprio auto-
rádio.
• Exposição directa aos raios solares.
• Locais húmidos.
• Locais poeirentos.
• Junto ao aquecedor ou às tomadas
de ventilação do aquecimento que HIB2001I
emitem calor.
Figura 74
• Junto aos altifalantes ou outros dis-
positivos com electroímanes que
produzem um campo magnético de
grande intensidade (válvulas solenói-
des).
Limpe periodicamente a cabeça de reprodução
e o rolete de compressão. Estes dispositivos
encontram-se permanentemente em contacto
com a fita. Caso não sejam mantidos sempre
bem limpos, o auto-rádio e a cassete poderão
vir a sofrer danos. Mantenha-os sempre limpos
para obter um óptimo rendimento e qualidade
acústicos.

Figura 75
Se a cabeça de reprodução ficar suja, limpe-a
com a ajuda de um algodão macio através da
abertura da cassete.
Recomenda-se a utilização de uma cassete de
limpeza adequada para uma limpeza mais fácil
e eficiente da cabeça de reprodução, perno e
rolete de compressão.
Sempre que desligar o auto-rádio, não se
esqueça de retirar a cassete pressionando para
o efeito o botão de ejecção da cassete
Quando não estiver a utilizar uma cassete,
mantenha-a guardada dentro da respectiva Figura 76
caixa de plástico.

022-00022PT Comandos de Operação 2-41


CAIXA DE FUSÍVEIS
Existem duas caixas de fusíveis (1 e 2, Figura
77) do lado esquerdo da caixa de aquecimento.
Os fusíveis evitam que os dispositivos eléctricos
possam sofrer eventuais sobrecargas ou curto-
circuitos.
Um autocolante colado no interior da tampa de 1
caixa de fusíveis indica a função e a ampera-
gem de cada fusíve.
NOTA: Para mais explicações veja 2
“Caixas de fusíveis” na
página 4-56.
No interior da caixa de fusiveis estão montados
fusiveis sobressalentes.
Mude um fusível se o elemento se separar. Se o
elemento de um fusível novo se separar, verifi-
que o circuito e repare-o.
ARO0620L
Figura 77

ATENÇÃO!
Substitua sempre os fusiveis por outros
do mesmo tipo e capacidade do que foi
retirado. Caso contrário poderá ocorrer
avaria electrica.

2-42 Comandos de Operação 022-00022PT


DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DIVERSOS
1. LUZ DA CABINE
No compartimento do operador encon-
trase instalada uma luz na parte posterior
do lado direito.
Pressione o botão de pressão para acen-
der a luz. Pressione o botão de novo para
a desligar. A luz funciona qualquer que
seja a posição da ignição.
NOTA: Se se deixar a luz acesa
durante um período de tempo
prolongado sem que o motor se HAOB060L
encontre em funcionamento, a Figura 78
bateria irá descarregar.

2. INTERRUPTOR DE CORTE PILOTO


O interruptor piloto de corte está instalado
junto das dobradiças do suporte esquerdo.
Quando a alavanca de segurança se
levanta, o interruptor desactiva o meca-
nismo e as alavancas de deslocação. Com
o mecanismo e as alavancas de desloca-
ção desactivadas não se pode efectuar
qualquer trabalho de escavação.

ARO0650L
Figura 79
3. DISJUNTOR DO CIRCUITO
Existe um disjuntor do circuito principal na
caixa da bateria. Este disjuntor dispara
automaticamente no caso da ocorrência
de um curto circuito ou de sobrecarga no
circuito. Desta forma consegue-se evitar
que as cablagens e os componentes eléc-
tricos fiquem queimados ou sofram danos.
Se o disjuntor disparar, verifique todos os
circuitos relacionados, já que existe
alguma anomalia no circuito eléctrico. HAOB090L
Depois de efectuados os trabalhos de Figura 80
manutenção, pressione o botão vermelho
para que o disjuntor do circuito volte a fun-
cionar normalmente.

022-00022PT Comandos de Operação 2-43


4. FUSÍVEL
Na caixa da bateria existe um elemento
fusível.
No caso do motor não arrancar, verifique A
em primeiro lugar se a chave de ignição se
encontra na posição "LIGADO" e se não
existe alimentação (Nenhuma das luzes
indicadoras está acesa.). Verifique se a
parte "A" (Figura 81) do fusível não se
encontra partida ou queimada. Substitua o
fusível caso se encontre danificado e HAOB100L
investigue a causa do sucedido.
Figura 81

2-44 Comandos de Operação 022-00022PT


AJUSTAMENTO DO ASSENTO

AVISO!
Sempre que o operador ou as condições
de operação mudarem, confirme se a posi-
ção do assento é adequada para as condi-
ções actuais em que se encontra. Aperte
sempre o cinto de segurança enquanto
opera o veículo. Ajuste o apoio das costas
por forma a que o operador possa alcan-
çar completamente e operar os pedais. ARO0690L
Quando deslocar a alavanca de segurança
Figura 82
para a posição de “BLOQUEADA”, certifi-
que-se em primeiro lugar de que o apoio
do braço esquerdo se encontra completa-
mente levantado até à posição vertical.

1. AJUSTE PARA A FRENTE / PARA TRÁS


(FIGURA 83)
Alavanca de retenção (1, Figura 83), 2
levante-a, enquanto empurra ou puxa o
assento para a posição desejada. Assim 4
que for alcançada a posição do assento
pretendida, liberte a alavanca. O intervalo 3
de ajustamento é de 160 mm (6.3 polega-
das)
5
1
2. AJUSTE DA INCLINAÇÃO E ALTURA ARO0700L
DO ASSENTO (FIGURA 83)
Figura 83

Inclinação para a frente


Empurre a alavanca (2, Figura 83) para baixo para ajustar o ângulo da parte da frente do assento.

Inclinação para trás


Puxe a alavanca (2, Figura 83) para cima para ajustar o ângulo da parte de trás do assento.

Altura do assento
É possível mover o assento para cima ou para baixo combinando ajustes para a frente e inclinação
para trás. Ajuste o assento de acordo com a dimensão do operador e com as condições de trabalho.
O ajuste da altura é de 60 mm (2.4 pol.).

3. AJUSTE DE PESO (FIGURA 83)


Rodando o botão (3, Figura 83) para a direita a suspensão fica mais dura. Se rodar o botão para a
esquerda, tornará a suspensão mais macia. Ajuste a suspensão de acordo com o peso do operador,
verificando para o efeito o mostrador do indicador de peso. Amplitude de ajuste é de 50 - 120 kg (110
- 265 lb).

022-00022PT Comandos de Operação 2-45


4. AJUSTE DA RECLINAÇÃO (FIGURA 83)
Puxando a alavanca direita para cima (4,Figura 83) as costas do assento movem-se para a frente ou
para trás.

5. DESLOCAR TODO O CONJUNTO DO ASSENTO PARA A FRENTE OU PARA TRÁS (FIGURA


83)
Rodando a alavanca para a direita permite mover todo o assento (assento, alavanca de serviço, ala-
vanca de segurança) para a frente e para trás. A amplitude de ajuste é de 140 mm (5.51 polegadas).

6. ANGULO DE AJUSTE DO APOIO DO


BRAÇO (FIGURA 84)
Para ajustar o ângulo do apoio esquerdo e
direito do braço roda-se um disco (6,
Figura 84) situado no fundo do apoio do
braço. Sempre que ajustar a inclinação,
levante o apoio do braço manualmente
antes de rodar o botão.

7. APOIO DA CABEÇA (FIGURA 84)


O apoio da cabeça (7, Figura 84) pode ser HAOB130L
ajustado para a frente/para trás e para Figura 84
cima/para baixo. Desloque o apoio segu-
rando em ambos os lados ao mesmo
tempo.

2-46 Comandos de Operação 022-00022PT


CINTO DE SEGURANÇA

AVISO!
O cinto de segurança destina-se a garantir a segurança do operador pelo que deverá ser sempre
utilizado. Antes de conduzir a máquina, ajuste o assento para a posição pretendida de modo a
garantir o máximo conforto e um perfeito controlo da máquina e de seguida aperte o cinto de
segurança. Os cintos de segurança deverão ser usados ao longo da região pélvica e ajustados
para uma posição confortável e aconchegada de modo a minorar a possibilidade e gravidade
das lesões em caso de acidente. Nunca aperte um cinto de segurança com a fita a passar pelo
abdómen.
Em circunstância alguma o operador deverá permanecer em pé na cabine enquanto opera a
escavadora.
Não ajuste a posição do assento enquanto o veículo se encontrar em movimento dado que
desta situação poderá resultar uma perda do controlo da máquina. Pare a máquina, accione o
travão de estacionamento e só então ajuste o assento.
Verifique sempre as condições do cinto de segurança e da fivela da fita antes de apertar o cinto.
Não aperte o cinto caso este se encontre torcido. Substitua a cinta ou a fivela caso estas se
encontrem danificadas ou gastas.

APERTAR E DESAPERTAR O CINTO DE


SEGURANÇA
Introduza a extremidade da fita do cinto (1,
Figura 85) na ranhura da fivela (2). Puxe o cinto
para confirmar se a extremidade da fita se
encontra bem encaixada na fivela.
Ajuste o comprimento da fita do cinto de modo a
que esta aperte confortavelmente a região pél-
vica do operador (osso da anca).

HAOB140L
Figura 85
Carregue no botão (3, Figura 86) situado no
centro da fivela (2) e puxe o cinto para fora (1)
para desapertar.

HAOB150L
Figura 86

022-00022PT Comandos de Operação 2-47


CAPOTA

AVISO!
Quando abandonar o assento do opera-
dor, coloque a alavanca de segurança na
posição ”BLOQUEADA” (Figura 87), caso
contrário pode ocorrer algum acidente
grave se mover acidentalmente as alavan-
cas de serviço.

HAOA390L
Figura 87
ABRIR A CAPOTA
1. Arreie o balde até ao solo.
2. Desloque a alavanca de segurança
(Figura 87) para a posição "BLOQUE-
ADA".
3. Destrave o fecho (1, Figura 88) situado na
parte frontal ao meio da capota e
empurre-a para cima com a ajuda do
manípulo (2)!.

HAOB160L
FECHAR A CAPOTA
Figura 88
1. Arreie o balde até ao solo.
2. Desloque a alavanca de segurança
(Figura 87) para a posição "BLOQUE-
ADA".
3. Puxe a capota para baixo com a manivela
(2, Figura 88) de modo que a tranca (1)
possa ser introduzida no gancho existente
na estrutura do tecto.

2-48 Comandos de Operação 022-00022PT


JANELAS DA FRENTE

AVISO!
Quando abandonar o assento do opera-
dor, coloque a alavanca de segurança na
posição ”BLOQUEADA” (Figura 89), caso
contrário pode ocorrer algum acidente
grave se mover acidentalmente as alavan-
cas de serviço.

HAOA390L
JANELA SUPERIOR DA FRENTE
Figura 89
Estas janelas podem ser incorporadas na
capota da cabine

Abertura da Janela

AVISO!
Quando abrir a janela da frente, segure-
acontra o tecto da cabine com a alavanca
do fecho esquerdo (1, Figura 90) para que
não caia.

1. Arreie o balde até ao solo. 1


ARO0771L
2. Desloque a alavanca de segurança Figura 90
(Figura 89) para a posição "BLOQUE-
ADA".
3. Coloque o controlo da velocidade do motor na posição ”MARCHA LENTA SEM CARGA”. Deixe que
o motor funcione em marcha lenta sem carga durante 3 - 5 minutos.
4. Páre o motor rodando a chave para a posição "O" (OFF) e retire a chave da ignição.
5. Desligue a ficha do limpa pára-brisas (1,
Figura 91) do lado direito superior da parte
da frente da cabine.

ARO0790L
Figura 91

022-00022PT Comandos de Operação 2-49


6. Empurre as alavancas de desengate (1,
Figura 92) de ambos os lados da janela da
frente. Desta forma conseguirà deslocar a
janela da frente.

ARO0780L
Figura 92
7. Segurando os manípulos da janela (um no
cimo e o outro no fundo da janela) puxe a
janela para cima e depois volte a puxá-la
para baixo. Certifique-se que a janela se
encontra fixa com o trinco (1, Figura 93).

HAOB200L
Figura 93
8. Puxe a alavanca do trinco (1, Figura 94)
para baixo até que o pino da alavanca
entre no buraco da cabine.

1
ARO0771L
Figura 94

2-50 Comandos de Operação 022-00022PT


Fechar a Janela

AVISO!
Tenha cuidado para não ficar com as
mãos presas na estrutura da janela.

1. Arreie o balde até ao solo.


2. Desloque a alavanca de segurança (Figura
89) para a posição "BLOQUEADA". 1
3. Abra-a puxando a alavanca (1, Figura 95) ARO0770L
para cima (na direcção da seta). Figura 95
4. Agarrando no manípulo superior da janela
da frente com a mão direita, empurre a 2
alavanca de desengate (1, Figura 96) (na
direcção da seta) para destravar o trinco
(2).
5. Baixe lentamente a janela da frente para a
respectiva posição.

HAOB220L
Figura 96
6. Empurre a janela da frente para a segurar
com as linguetas do trinco (1, Figura 97).
7. Ligue a ficha do limpa pára-brisas 1,
Figura 91) do lado direito superior da parte
da frente da cabine.

1 1

ARO0760L
Figura 97
JANELA INFERIOR DA FRENTE
A janela inferior da frente pode ser retirada e
guardada na parte de trás da cabine.
1. Depois de ter encostado a janela superior
da frente contra o tecto da cabine, retire a
janela inferior da cabine na direcção da
seta. (Figura 98).

ARO0730L
Figura 98

022-00022PT Comandos de Operação 2-51


2. Coloque a janela inferior em suportes de
borracha (1, Figura 99) atrás do assento
do operador. Segure a janela à cabine
com os botões esquerdo e direito (2).

ARO0740L
Figura 99
TRINCO LATERAL DA
PORTA
1. O trinco lateral da porta (1, Figura 100) é
utilizado para prender a porta à parte late-
ral da cabine quando a porta se encontra
aberta.
NOTA: Quando a máquina não se
encontrar a ser utilizada, man-
tenha a porta fechada e devida-
mente trancada. HAOB240L
Figura 100
2. Para libertar a porta da parte lateral da
cabine, empurre a alavanca do trinco
(Figura 101) para baixo. A alavanca trinco
está à esquerda do assento do operador.

HAOB250L
Figura 101

2-52 Comandos de Operação 022-00022PT


PORTAS E TAMPAS DE ACESSO DIVERSAS
PORTA LATERAL
Puxe o tirante da hélice (1, Figura 102) para fora
da posição de encaixe e insira-o no buraco (2)
para segurar a porta lateral de acesso.

Figura 102
PORTA DA CAIXA DA BATERIA
Abra a porta e desloque a vareta de suporte (1,
Figura 103) ao longo da ranhura (2) até esta
prender no entalhe existente na extremidade da
ranhura.

Figura 103
CAPOTA DO MOTOR
Abra a capota e empurre a lingueta da hélice (1,
Figura 104) para a ranhura (2) para segurar a
capota.

Figura 104

022-00022PT Comandos de Operação 2-53


COMPARTIMENTOS
PARA ARRUMAÇÕES 1

NA CABINE
2
Encontram-se dois compartimentos de arruma-
ções por trás do assento do operador.
O compartimento maior (1, Figura 105) possui
uma tampa. Mantenha o manual de instruções
de manutenção e operação guardado neste
compartimento por forma a que possa ser con- ARO0750L
sultado durante a operação da máquina ou rea- Figura 105
lização de trabalhos de manutenção.
Mantenha os objectos de pequenas dimensões
como cassetes áudio, etc., na caixa pequena
para objectos pessoais (2, Figura 105).
Há um cacifo separado (1, Figura 106) no lado
direito do assento do operador.
1

ARO0710L
Figura 106
CINZEIRO
Existe um cinzeiro (1, Figura 107) do lado
direito do assento do operador ao lado da
cabine. Se pressionar a extremidade do cin-
zeiro, este irá rodar e abrir. Feche sempre o cin-
zeiro depois de apagar um cigarro.

ARO0720L
Figura 107

2-54 Comandos de Operação 022-00022PT


FERRAMENTA PARA
QUEBRAR O VIDRO DA
JANELA EM CASO DE
EMERGÊNCIA
Esta escavadora encontra-se equipada com
uma ferramenta para quebrar o vidro da janela.
Está localizado atrás do banco do operador no
canto superior direito da cabine. Esta ferra-
menta poderá ser utilizada numa situação de Figura 108
emergência que requeira a quebra do vidro
afim de poder sair da cabine do operador.
Agarre firmemente o cabo e utilize a ponta afi-
ada para quebrar o vidro.

AVISO!
Proteja os seus olhos ao partir o vidro.

022-00022PT Comandos de Operação 2-55


3OPERAÇÃO

A OPERAÇÃO DE UMA ESCAVADORA NOVA


Todas as escavadoras Daewoo são inspeccionadas e afinadas antes de deixar a fábrica. Não obstante tal
facto, é necessário que o operador siga estes passos durante o período inicial de utilização (rodagem da
escavadora). O não cumprimento destes passos poderá resultar em danos no equipamento ou numa per-
formance reduzida.

HORA CARGA

Para as primeiras 50 horas Mantenha uma carga de cerca de 80% da capacidade máxima (RPM
de funcionamento. do Motor: 80% das RPM nominais)

Depois das primeiras 50 Carga máxima


horas de operação.

Se a máquina for utilizada à carga máxima antes de ter efectuado a rodagem, isso poderá afectar o ciclo
de vida e a realização de operações em condições de segurança. Esta situação poderá conduzir mais
tarde ao aparecimento de alguns problemas.
NOTA: 1. Verifique diariamente se existem fugas de liquido de refrigeração, combustivel, óleo
do motor e óleo hidraulico.
2. Inspeccione todos os líquidos de refrigeração diariamente e se for necessário, adici-
one os líquidos de refrigeração adequados.
3. Durante a operação, controle todos os instrumentos e manómetros de tempos em
tempos.
4. Evite submeter o motor a cargas extremas.
5. Opere a unidade a 80% da carga até que o motor e os outros componentes se
encontrem à temperatura de operação.
6. Verifique se o equipamento de trabalho funciona normalmente durante a operação
da máquina.
7. Verifique se a máquina apresenta quaisquer peças soltas ou se sofreu eventuais
danos durante o transporte.
8. Verifique se existem terminais ou cablagens soltas, verifique as condições de funcio-
namento dos manómetros e o nível do líquido da bateria.

LUBRIFICAÇÃO E FILTROS
1. Mude o óleo do motor e substitua o elemento do filtro de óleo após decorridas as primeiras 50 horas
de operação.
2. Limpe o filtro de linha hidráulico após decorridas as primeiras 250 horas de operação.
3. Mude o filtro de linha hidraulico após as primeiras 250 horas de serviço.
4. Mude o óleo da engrenagem de redução e de deslocação após decorridas as primeiras 250 horas de
operação.
NOTA: Relativamente ao reabastecimento de óleo ou massa lubrificante, consulte a secção “Ins-
pecção, Manutenção e Ajustamento” na página 4-1 deste manual de instruções.

022-00022PT Operação 3-1


ARRANQUE E PARAGEM DO MOTOR
INSPECÇÃO ANTES DE COLOCAR O MOTOR EM FUNCIONAMENTO

AVISO!
Se permitir a acumulação de detritos inflamáveis como folhas de arvore, papel, etc. em volta de
componentes de alta temperatura como o silenciador e o turbo do motor, pode deflagrar um
incêndio. As fugas de combustível, líquidos de lubrificação e os óleos hidráulicos também
poderão originar a deflagração de um incêndio. No caso de existir algum problema, execute a
acção correctiva adequada.

Antes de colocar o motor em funcionamento, inspeccione os seguintes itens;


1. Sistema eléctrico - Verifique se existem cabos eléctricos danificados e dispositivos de ligação soltos
ou em falta.
2. Sistema de combustível - Escorra a água e sedimentos do tanque de combustivel e do separador de
água.
3. Sistema de abastecimento de combustível - Drene a água e os sedimentos do tanque de combustí-
vel.
4. Lubrificação - Execute todos os trabalhos de manutenção periódica e diária. Realize os trabalhos de
acordo com as leituras observadas no contador de horas.
5. Segurança - Dê uma volta em redor da máquina. Antes de colocar o motor em marcha, certifique-se
de que não existe ninguém por debaixo da máquina ou a efectuar algum trabalho de manutenção.
6. Depois de colocar a máquina em funcionamento - Verifique se todos os componentes e controlos de
operação se encontram nas condições de operação adequadas e a funcionar correctamente. Inter-
rompa a operação da máquina e solucione qualquer avaria que surja antes de continuar os traba-
lhos.

VERIFICAÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE


COLOCAR O MOTOR EM FUNCIONA-
MENTO

AVISO!
Quando abandonar o assento do
operador, coloque a alavanca de segura
na posição ”BLOQUEADA” (Figura 1),
caso contrário pode ocorrer algum
acidente se inadvertidamente se mexer
HAOA390L
nas alavancas de serviço e deslocação.
Figura 1
1. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção "BLOQUEADA" (Figura 1).
2. Aperte o cinto de segurança. Verifique se o cinto se encontra nas condições de funcionamento e
operação adequadas
3. Coloque todas as alavancas na posição de ”PONTO MORTO”.
NOTA: Tenha cuidado para não tocar em nenhum interruptor quando colocar o motor em marcha.

3-2 Operação 022-00022PT


4. Rode a chave de ignição para a posição
"ARRANQUE"- "I" (Figura 2). Verifique
todas as luzes indicadoras. Passados
cerca de 2 segundos, todas as luzes deve-
rão apagar-se excepto as seguintes.
• Manómetro da temperatura do
liquido de refrigeração
• Luz avisadora de descarga da bate-
ria
• Manómetro Indicador do Nível de
Combustível HAOB320L
Figura 2
• Luz avisadora da pressão do óleo do
motor
• Rotação do motor (0 rpm)
NOTA: Se todas as luzes indicadoras
não se acenderem quando se
roda a chave de ignição pela
primeira vez, então existe um
problema.
Uma sirene de aviso soará durante cerca
de 2 segundos.
O som do motor de controlo do motor
poderá ser escutado enquanto roda para a
posição de arranque correcta.

022-00022PT Operação 3-3


ARRANQUE DO MOTOR

AVISO!
Coloque o motor em funcionamento depois de apitar a buzina e de se certificar de que não
existe nenhum pessoa ou obstáculos na área.

1. Execute todos os passos descritos em


“Verificações Operacionais Antes de Colo-
car o Motor em Funcionamento” na
página 3-2.
2. Rode o botão de controlo da velocidade do
motor para uma posição ligeiramente
acima de ”MARCHA LENTA EM VAZIO”
(Figura 3).
3. Apite a buzina.

HAOB34L
Figura 3
" "
4. Rode a chave de ignição para - a
posição “ARRANQUE” (Figura 4). O motor
deverá arrancar em aproximadamente 5
segundos.

AVISO!
Se o motor não arrancar
aproximadamente 15 segundos
depois de ser accionado, solte a HAOB350L
chave de ignição. Aguarde cerca de Figura 4
5 minutos e repita o passo acima
indicado.

5. Depois do motor se encontrar em funcio-


namento, solte a chave. A chave de igni-
ção deverá regressar à posição ”I”
(LIGADO) (Figura 5).
6. Cumpra os procedimentos descritos na
secção “Aquecimento do Sistema Hidráu-
lico” na página 3-10.

HAOB360L
Figura 5

3-4 Operação 022-00022PT


7. Depois de aquecer a unidade, verifique
todos os indicadores de operação para
confirmar se todos os sistemas do motor
(pressão do óleo, liquido de refrigeração,
etc.) se encontram dentro dos valores de
operação normais. No caso de se detecta-
rem eventuais anomalias, pare o motor.
Os indicadores normais são:

ARO0430L
Figura 6

LEITURAS DOS
MANÓMETRO OU LUZ DO PAINEL DE INSTRUMENTOS
INDICADORES

MANÓMETRO DA TEMPERATURA DO LIQUIDO DE REFRIGERAÇÃO ZONA VERDE


DO MOTOR
MANÓMETRO DO NÍVEL DE COMBUSTÍVEL ZONA VERDE

LUZ AVISADORA DE DESCARGA DA BATERIA DESLIGADA

LUZ AVISADORA DA PRESSÃO DO ÓLEO DO MOTOR DESLIGADA

LUZ AVISADORA DE PRÉ-AQUECIMENTO TERMINADO DESLIGADA

LUZ AVISADORA DE FILTRO PILOTO ENTUPIDO DESLIGADA

LUZ AVISADORA DE FILTRO DE RETORNO ENTUPIDO DESLIGADA

LUZ AVISADORA DE FILTRO PURIFICADOR DE AR DESLIGADA

8. Verifique qual a coloração dos gases de escape.


• Incolor ou azul claro - O motor encontra-se a funcionar em boas condições.
• Preto - Combustão incompleta. Verifique qual a causa para o sucedido.
• Branco ou azul escuro - O motor está a queimar óleo do motor. Verifique qual a causa para o
sucedido.
9. Verifique se o motor apresenta vibrações ou ruídos estranhos. Em caso afirmativo, verifique a que se
devem essas anomalias.
NOTA: Se o ponteiro do manómetro da temperatura do líquido de refrigeração do motor se
encontrar na zona vermelha enquanto o motor se encontrar em funcionamento, tome as
seguintes acções: Interrompa os trabalhos e deixe o motor funcionar a marcha lenta sem
carga. Abra a tampa do compartimento do motor para garantir uma boa ventilação do
mesmo. Assim que o ponteiro do manómetro da temperatura regresse à zona verde, pare
o motor. Depois de o motor ter arrefecido, verifique o nível do liquido de refrigeração, exis-
tência de eventuais fugas, lâminas do radiador sujas ou obstruídas (núcleo do radiador) e
a tensão das correias da ventoinha.

022-00022PT Operação 3-5


ARRANQUE COM TEMPO FRIO

AVISO!
NÃO USE FLUIDOS AUXILIARES DE ARRANQUE. O sistema de pré-aquecimento poderá
provocar a inflamação do liquido auxiliar de arranque. Nunca se deverá utilizar líquidos
auxiliares de arranque.

1. Execute todos os passos descritos na sec-


ção “Verificações de Operação Antes de
Colocar o Motor em Marcha”.
2. Rode o botão de controlo da velocidade do
motor para uma posição ligeiramente
acima de ”MARCHA LENTA EM VAZIO”
(Figura 7).
3. Apite a buzina.

HAOB34L
Figura 7
" "
4. Coloque a chave de ignição na posi-
ção de (PRE-AQUECIMENTO) (Figura 8).
Mantenha-a nesta posição durante cerca
de 19 segundos. Quando o ciclo de pre-
aquecimento estiver completo, acender-
se-á a luz indicadora de de ciclo de pre-
aquecimento completo (1, Figura 9).

HAOC020L
Figura 8

ARO0420L
Figura 9

3-6 Operação 022-00022PT


5. Depois de acesa a luz indicadora de que o
ciclo está completo, rode de imediato a

chave de ignição para " " a posição de


ARRANQUE (Figura 10). O motor deverá
arrancar em aproximadamente 5 segun-
dos.

AVISO!
Se o motor não arrancar HAOB350L
aproximadamente 15 segundos Figura 10
depois de ser accionado, solte a
chave de ignição. Aguarde cerca de
5 minutos e repita o passo acima
indicado.

6. Depois do motor se encontrar em funcio-


namento, solte a chave. A chave de igni-
ção deverá regressar à posição ”I”
(LIGADO) (Figura 11).
7. Depois do motor arrancar, verifique todos
os indicadores de operação para confir-
mar se todos os sistemas do motor (pres-
são do óleo, liquido de refrigeração, etc.)
se encontram dentro dos valores de ope-
ração normais. No caso de se detectarem
eventuais anomalias, pare o motor.
HAOB360L
8. Siga as indicações de procedimento
Figura 11
"Aquecimento do Sistema Hidráulico"
nesta secção. (Ver página 3-10)

022-00022PT Operação 3-7


PROCEDA AO ARRANQUE DO MOTOR COM
UM CABO AUXILIAR

AVISO!
1. Produz-se um gás explosivo
enquanto as baterias estão em uso
ou a ser carregadas. Mantenha a area
onde se encontra a bateria afastada
de chamas e faíscas.
2. Carregue as baterias numa area bem HAOA440L
ventilada. Figura 12
3. Use sempre protecção para os olhos
quando estiver a proceder ao arran-
que de uma máquina com cabos de
ligação directa.
4. Uma ligação directa mal efectuada
pode provocar uma explosão, da qual
podem advir ferimentos pessoais.
5. O arranque dos veículos com ligação
em ponte deverá ser efectuado sobre
uma superfície seca ou sobre betão.
Não coloque a máquina em funciona-
mento através de uma ligação em
ponte com esta estacionada sobre
um pavimento metálico, dado que o
pavimento está sempre ligado à
terra.
6. Quando fizer o arranque a partir de
outra máquina, certifique-se de que
as máquinas não se toquem.
7. Ligue sempre primeiro o terminal
positivo (+) da bateria auxiliar à bate-
ria esgotada. Depois ligue o terminal
(-) da bateria auxiliar à estrutura da
máquina com a bateria esgotada.
8. Ligue primeiro o cabo positivo
quando for instalar cabos e desligue
primeiro o cabo negativo quando os
remover.

IMPORTANTE
A máquina tem um sistema electrico de terra negativo de 24V (-). Utilize baterias auxiliares de 24
V com a mesma capacidade quando colocar o motor em marcha através de uma ligação em
ponte.

Se as baterias se descarregarem durante os procedimentos de arranque do motor, coloque o motor em


funcionamento através de uma ligação em ponte com a ajuda de baterias auxiliares ou de reforço de
acordo com os procedimentos que de seguida se apresentam;

3-8 Operação 022-00022PT


Ligação das Baterias Auxiliares
1
1. Páre o motor da máquina em que se VERMELHO
encontram montadas as baterias auxilia-
res.
2. Ligue uma das pontas do cabo vermelho
(1, Figura 13) ao terminal positivo (+) das
baterias da máquina, e a outra ponta ao
terminal positivo (+) das baterias auxilia- 3 4
res. PRETO

3. Ligue uma das pontas do cabo preto (2, 2 5


Figura 13) ao terminal negativo (-) das ARO0440L
baterias auxiliares, e depois faça uma liga- Figura 13
ção de terra à estrutura superior da
máquina a ser arrancada com a outra
ponta do cabo (-) preto (2, Figura 13). Na
ultima ligação à estrutura superior, certifi-
que-se de que liga a ponta do cabo o mais
afastado possível das baterias da
máquina. NÃO LIGUE O CABO DIRECTA-
MENTE AO TERMINAL NEGATIVO DA
BATERIA.
4. Coloque o motor em functionamento

Desligue as baterias auxiliares


1. Desligue primeiro o cabo negativo (-) preto (2, Figura 13) da estrutura da máquina.
2. Desligue a outra ponta do cabo negativo (-) preto (1, Figura 13) das baterias auxiliares.
3. Desligue o cabo positivo (+) vermelho (1, Figura 13) das baterias auxiliares.
4. Desligue o cabo positivo (+) vermelho (1, Figura 13) das baterias da máquina.

022-00022PT Operação 3-9


AQUECIMENTO DO SISTEMA HIDRÁULICO

AVISO!
No caso de surgir algum problema ou operação anormal, pare imediatamente o motor. Deixe que
a escavadora atinja as temperaturas de operação normais antes de reiniciar os trabalhos,
especialmente com tempo frio.

A temperatura de operação correcta do óleo hidráulico é de 50° – 80°C. Não se esqueça de executar
todos os procedimentos abaixo descritos relativamente ao aquecimento do liquido hidráulico.
1. Deixe o motor funcionar durante aproxima-
damente 5 minutos ajustado a uma veloci-
dade intermédia, sem carga.

HAOB410L
Figura 14
2. Coloque a alavanca de segurança (1,
Figura 15) na posição "DESTRAVADA".

ARO0450L
Figura 15
3. Accione lentamente os cilindros hidráuli-
cos da lança, braço e balde durante cerca
de cinco minutos sem carga para fazer
com que o óleo circule através do sistema.
Execute estes procedimentos durante 5
minutos.
4. Verifique o espaço livre existente e eleve
totalmente o acessório frontal. Rode, 3
voltas completas, o acessório no sentido
dos ponteiros do relógio. De seguida rode-
o, 3 voltas completas, no sentido contrário
dos ponteiros do relógio.
ARO0470L
5. Desloque a máquina para a frente e para
trás a uma velocidade baixa até as rodas Figura 16
dentadas motrizes completarem duas vol-
tas.

3-10 Operação 022-00022PT


AQUECIMENTO DO SISTEMA HIDRÁULICO -
TEMPO FRIO
1. Deixe o motor funcionar em ”MARCHA
LENTA” (sem carga) durante 5 minutosFi-
gura 17).

HAOB290L
Figura 17
2. Deixe o motor funcionar durante aproxima-
damente 5 minutos ajustado a uma veloci-
dade intermédia, sem carga (Figura 18).

HAOB410L
Figura 18
3. Coloque a alavanca de segurança (1,
Figura 19) na posição "DESTRAVADA".

ARO0450L
Figura 19
4. Accione lentamente os cilindros hidráuli-
cos da lança, braço e balde durante cerca
de cinco minutos sem carga para fazer
com que o óleo circule através do sistema.
Execute estes procedimentos durante 5
minutos.

ARO0470L
Figura 20

022-00022PT Operação 3-11


5. Regule o botão de controlo da velocidade
do motor para ”MARCHA RÁPIDA” (Figura
21).
6. Repita o passo 4 durante cerca de 5 minu-
tos. Se as velocidades de trabalho conti-
nuarem a ser lentas, continue a operar a
máquina, tendo no entanto muito cuidado
já que o funcionamento da máquina pode
ser muito irregular.
7. Verifique o espaço livre existente e eleve
totalmente o acessório frontal. Rode o
HAOB550L
acessório no sentido dos ponteiros do
Figura 21
relógio 3 voltas completas. De seguida
rode-o no sentido contrário dos ponteiros
do relógio 3 voltas completas.
8. Desloque a máquina para a frente e para
trás a uma velocidade baixa até as rodas
dentadas motrizes completarem duas vol-
tas.

PARAGEM DO MOTOR
NOTA: Deixe que o motor funcione a
uma marcha lenta sem carga
durante cerca de 3 - 5 minutos
antes de parar o motor. Se não
deixar o motor funcionar sem
carga em marcha lenta, poderá
ocorrer um sobreaquecimento
momentâneo que provocará
danos no motor. Ao deixar que
o motor funcione em marcha
lenta sem carga irá permitir que ARO0460L
o calor se dissipe. Figura 22
1. Estacione a escavadora sobre uma super-
fície plana e firme
2. Arreie a extremidade do acessório frontal
até ao chão e certifique-se de que todas
as alavancas de comando de operação se
encontram na posição de "PONTO
MORTO".

HAOB920L
Figura 23

3-12 Operação 022-00022PT


3. Retire a chave do canhão da chave de
ignição (Figura 24).

HAOA390L
Figura 24
4. Coloque o botão de controlo da velocidade
do motor na posição ” MARCHA LENTA
SEM CARGA” (Figura 25). Deixe que o
motor funcione em marcha lenta sem
carga durante 3 - 5 minutos.

HAOB290L
Figura 25
5. Páre o motor voltando a chave para a
posição "O" (DESLIGADO) (Figura 26).
6. Retire a chave da ignição.

VERIFICAÇÕES E CONFIRMAÇÕES APÓS A


PARAGEM DO MOTOR
1. Repare a escavadora, caso existam fugas
de liquido de refrigeração ou óleo.
2. Inspeccione o acessório frontal e a zona
por debaixo da máquina para verificar se
HAOC340L
existem indícios de eventuais anomalias.
Figura 26
Solucione quaisquer problemas que pos-
sam surgir.
3. Ateste o tanque de combustível.
4. Elimine quaisquer materiais inflamáveis
acumulados no compartimento do motor,
tais como folhas e papel, etc.
5. Limpe todos os vestígios de lama, etc. da
substrutura e das lagartas. Certifique-se
que todos os degraus e corrimãos se
encontram limpos e que o compartimento
do operador também está limpo.

022-00022PT Operação 3-13


ALAVANCA DE SEGURANÇA

AVISO!
Ao parar o motor ou ao abandonar o assento do operador, ”TRANQUE” a alavanca de
segurança, caso contrário pode ocorrer um grave acidente se se mexer inadvertidamente nas
alavancas de trabalho e deslocação.
Sempre que abandonar o assento do operador, certifique-se que a alavanca de segurança está
”TRANCADA”.

Tenha cuidado para não deslocar a alavanca de operação quando acciona ou destrava a alavanca de
segurança.
1. Puxe a alavanca de segurança (Figura 27)
para cima de modo a permitir que a con-
sola de controlo do lado esquerdo seja
accionada até à posição de "BLOQUE-
ADA". Certifique-se que a alavanca de
segurança se encontra accionada na posi-
ção elevada – ”BLOQUEADA”. Quando a
alavanca de segurança se encontra na
posição "BLOQUEADA", o movimento de
deslocação e rotação do acessório frontal
será totalmente desactivado mesmo que
se accione uma alavanca de comando. HAOA390L
NOTA: Arreie o balde (acessório fron- Figura 27
tal) até ao chão. Coloque todas
as alavancas na posição de
“PONTO MORTO” e pare o motor.
2. Coloque a alavanca de segurança (1,
Figura 28) na posição ”LIVRE/DESTRA-
VADA”, empurrando-a para baixo antes de
iniciar a trabalhar.
NOTA: Quando o motor não está a tra-
balhar, mas a alavanca de
segurança está ”LIVRE” e a
chave de ignição está virada
1
para ”LIGADO”, mexer nas ala-
vancas de segurança pode
ocasionar movimento. Os acu-
muladores carregados no sis- ARO0450L
tema irão fornecer a pressão Figura 28
piloto que possibilitará o movi-
mento da bobina da válvula de
controlo.

3-14 Operação 022-00022PT


DESLOCAÇÃO

AVISO!
1. Antes de accionar as alavancas de deslocação, certifique-se de que sabe qual é a direcção
para onde a máquina está apontada. Olhe para a extremidade dos conjuntos das lagartas.
No caso de os motores de deslocação estarem visíveis enquanto se mantém sentado no
assento do operador, então está a olhar para a extremidade traseira do conjunto da lagarta
(assim sendo, está a olhar para trás). Neste caso, a resposta das alavancas de deslocação
será a inversa do que acontece na operação normal.
2. Antes de deslocar a máquina, certifique-se de que não existe ninguém no percurso ou na
máquina. Apite a buzina para alertar os trabalhadores de que está prestes a movimentar a
máquina.
3. Certifique-se que o caminho está livre e desimpedido durante a deslocação da máquina.
4. Tenha muito cuidado quando andar em marcha atrás. Certifique-se que existe um caminho
livre e desimpedido atrás da máquina.
5. Tenha o cuidado de operar as alavancas de controlo suavemente de modo a evitar
arranques ou paragens repentinas.
6. Antes de abandonar o assento do operador, não se esqueça de bloquear todos os sistemas
de controlo e parar o motor para evitar o accionamento inadvertido dos comandos.

CONTROLO AUTOMÁTICO DA VELOCIDADE DE DESLOCAÇÃO

AVISO!
Não mude omodo de deslocação enquanto a máquina se encontra em movimento. Use sempre o
modo de velocidade ”O” quando estiver a deslocar-se por um declive abaixo. É muito perigoso
mudar para os modos de velocidade ”I” e ”II” enquanto se desce um declive. Altere o modo de
deslocação apenas quando a máquina se encontrar completamente imobilizada.

Podem seleccionar-se duas velocidades de


deslocação no selector de velocidade existente
no painel de (Figura 29).
"O" (BAIXA) – Nesta posição seleccionam-se
uma velocidade baixa de deslocação e um biná-
rio mais elevado. O
"I" (ALTA) – Nesta posição seleccionam-se uma
velocidade alta de deslocação e um binário
I
mais baixo. II
"II" (AUTOMATICO) – Colocando o comando na
posição "II" permite-se que a máquina mude
automáticamente para uma velocidade dife-
rente. Esta mudança ocorre automáticamente ARO0030L
em conformidade com a pressão do óleo Figura 29
hidraulico no circuito de deslocação. Quando a
pressão do óleo hidraulico aumenta, a veloci-
dade de deslocação é automáticamente regulada para baixa velocidade. Por exemplo, quando a máquina
se desloca sobre uma superfície plana e firme, deverá ser utilizada a opção de velocidade de deslocação
superior. Quando se depara com um declive, a velocidade diminui e a pressão hidráulica no circuito de
deslocação aumenta, fazendo com que circuito de controlo mude para o binário de potência mais elevado
a para uma opção de velocidade de deslocação mais baixa.

022-00022PT Operação 3-15


INSTRUÇÕES GERAIS DE DESLOCAÇÃO
1. Regule o botão de controlo da velocidade
do motor (Figura 30) para a velocidade
desejada.

HAOB550L
Figura 30
2. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção "DESTRAVADA" e manobre o acessó-
rio frontal por forma a posicioná-lo a uma
altura nunca inferior a cerca de 40 - 50 cm
(16 - 20 polegadas) acima do chão. Ver
Figura 31.

HAOB500L
Figura 31
3. Sempre que possível, desloque a máquina
sobre uma superfície plana e firme. Evite
os movimentos repentinos e as mudanças
de direcção bruscas.
4. Quando se deslocar sobre uma superfície
irregular, faça-o utilizando uma velocidade
baixa [1.0 – 1.5 km/hora (0.62 – 0.93
m.p.h.)]. Utilize uma velocidade do motor
reduzida para evitar que o equipamento
seja submetido a cargas de choque exces-
sivas. Tenha atenção para que quando o
equipamento entra em contacto ou passa
por cima de rochas não seja submetido a Figura 32
nenhuma força excessiva adicional.
5. Em terrenos irregulares, gelados ou desni-
velados, desloque-se lentamente.

3-16 Operação 022-00022PT


AVISO!
Quando deslocar a máquina, mantenha o
balde a uma distância de cerca de 20 - 30
cm acima do solo.
Quando se deslocar num declive, nunca o
faça em marcha atrás.
Nunca mude de direcção num declive ou
desloque a máquina perpendicularmente
ao sentido da encosta.
Antes de subir um declive, escolha um HAOB600L
percurso alternativo seguro. Figura 33
Se a escavadora começar a derrapar ou se
tornar instável, baixo o balde até ao solo,
usando-o como travão.
Evite trabalhar em declives, porque corre
perigo de a máquina se voltar devido a
desiquilibrio durante as operações de rota-
ção e de ligação dos acessórios frontais.
É extremamente perigoso rodar o acessó-
rio frontal no sentido da base da encosta
com o balde carregado
Nas situações em que não seja possível evi-
tar a execução dos trabalhos num plano
inclinado, elimine o desnível do terreno utili-
zando terra por forma a que o veículo fique
o mais horizontal possível. Ver Figura 33.
Não desloque a escavadora em declives
com uma inclinação superior a 30° devido
ao perigo de a máquina se virar.

HAOB610L HAOB620L
Figura 34 Figura 35

6. Para subir ou descer um declive faça-o sempre a direito e nunca diagolamente à superficie da
encosta. Ver Figura 34 e Figura 35. Estenda o braço e arreie a lança por forma a manter o balde a
uma altura de cerca de 20 - 30 cm acima do solo. Se a máquina começar a escorregar ou a perder
estabilidade, arreie completamente o balde para recuperar o controlo. Se o motor parar, arreie com-
pletamente o balde, certifique-se de que todos os comandos se encontram na posição de ponto
morto e volte a colocar o motor em funcionamento.
NOTA: Mesmo que o motor pare num declive, não accione a alavanca de controlo da rotação. Os
acumuladores hidráulicos poderão fazer com que a unidade ainda assim rode.
NOTA: Num declive não abra ou feche a porta do compartimento do operador. Certifique-se de
que a porta está devidamente trancada.

022-00022PT Operação 3-17


7. No caso de se acumular sujidade ou lama
na estrutura das lagartas, eleve cada uma
das lagartas, rode e limpe essa lagarta.

ATENÇÃO!
Quando utilizar conjuntamente a
lança e o braço para levantar
qualquer parte da máquina, role o
balde até que a base redonda fique
encostada ao chão. O ângulo entre o
braço e a lança deverá ser de 90º. Figura 36

Certifique-se que o material que se tenha


acumulado na máquina foi limpo. Ver
Figura 36 e Figura 37.
8. A escavadora poderá deslocar-se sobre
água desde que a altura desta não exceda
a parte de cima dos roletes do carreto
superior. Certifique-se que a superfície de
substentação é resistente e de que a
máquina não se afundará. Ver “Trabalhar
na água” na página 3-29.
NOTA: No caso de a máquina ficar
HAOB590L
submersa até um ponto em que
Figura 37
comece a entrar água ou lama
para a chumaceira de rotação
ou para a junta central, pare a operação da máquina. Retire a máquina do local para uma
superfície firme e seca. Não volte a operar a máquina enquanto esta não tiver sido sub-
metida a uma inspecção e aos trabalhos de manutenção adequados. Consulte o Manual
de Instruções do Fabricante ou contacte o seu distribuidor autorizado.

OPERAÇÃO DA ALAVANCA DE COMANDO DE DESLOCAÇÃO


1. Para deslocar a máquina a direito (Figura
38), empurre ambas as alavancas/pedais
de controlo da deslocação totalmente para
a frente ou para trás. Quanto mais se
pressionar as alavancas/pedais, major
será a velocidade de deslocação.
NOTA: "X" corresponde à extremidade
dentada da lagarta.

"X"
ARO0801L
Figura 38

3-18 Operação 022-00022PT


2. A rotação da máquina no mesmo local
(Figura 39) é feita rodando apenas uma
lagarta para a frente ou para trás. A
máquina irá girar em torno da lagarta que
permanece imóvel.
NOTA: "X" corresponde à extremidade
dentada da lagarta.

"X"
ARO0801L
Figura 39
3. A rotação da máquina em torno do seu
eixo (Figura 40) é feita rodando uma
lagarta para a frente e a outra lagarta para
trás. A máquina irá rodar em torno do seu
ponto central, no sentido da lagarta que é
deslocada para a frente.
NOTA: "X" corresponde à extremidade
dentada da lagarta.

"X"
ARO0802L
Figura 40
4. Parar a máquina (Figura 41) – Ao repor
todas as alavancas de deslocação na
posição "PONTO MORTO" irá accionar
automaticamente os travões e parar a
escavadora.
NOTA: "X" corresponde à extremidade
dentada da lagarta.

"X"
ARO0800L
Figura 41

022-00022PT Operação 3-19


INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO
CONTROLO DA VELOCIDADE DO MOTOR
A velocidade do motor poderá ser ajustada
manualmente por intermédio do botão de con-
trolo da velocidade do motor, em que para
aumentar a velocidade do motor basta rodar o
botão de controlo no sentido dos ponteiros do
relógio. Para diminuir a velocidade do motor
rode o botão de controlo no sentido contrário ao
dos ponteiros do relógio.

IMPORTANTE
HAOA690L

O sistema de controlo da velocidade do Figura 42


motor foi ajustado na fábrica e não deverá
necessitar de quaisquer ajustamentos
adicionais para além dos trabalhos de
manutenção de rotina.

Se o sistema de controlo da velocidade do motor apresentar alguma avaria eléctrica, o sistema de acele-
ração do motor poderá ser ajustado para operação manual. Utilize os procedimentos abaixo descritos;

IMPORTANTE
Se as RPM do motor estiverem a ser ajustadas manualmente, o equipamento não irá funcionar à
sua capacidade óptima. Para eventuais reparações, contacte por favor um distribuidor
autorizado DAEWOO ou um centro de assistência técnica.

1. Estacione num terreno firme e nivelado.


2. Arreie o balde até ao solo.
3. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção “BLOQUEADA”.
4. Coloque o controlo da velocidade do
motor na posição ”MARCHA LENTA SEM
CARGA”. Deixe que o motor funcione em
marcha lenta sem carga durante 3 - 5
minutos.
5. Desligue o motor. Retire a chave da igni-
ção.
HAOB920L
6. Coloque uma etiqueta de aviso com ” NÃO Figura 43
LIGAR” na alavanca de trabalho do lado
direito (joystick).
7. Desligue o cabo de comando (1, Figura 44) retirando a porca e a arruela de pressão (2) e soltando
as porcas (3) que seguram o cabo ao suporte.
8. Retire a porca e a arruela de pressão (5, Figura 44) do cabo de controlo do motor (4) e solte as porcas
(10) que seguram o cabo ao suporte. Coloque a junta de esfera do cabo de controlo do motor no buraco
(6) usando a porca e a arruela de pressão (5) e enfie-a na ranhura (11) apertando as porcas (10).
9. Coloque o motor em functionamento
10. Introduza a informação das rotações do motor no painel de instrumentos, carregando no botão ”DISPLAY”.

3-20 Operação 022-00022PT


11. Na parte de trás do suporte esquerdo de comando na cabine existe um controlo de aceleração. O
controlo da aceleração consiste num dispositivo do tipo puxar/empurrar e/ou rosaca. A anilha de
pressão (7, Figura 44) situada na parte inferior do mecanismo deverá ser rodada para a posição de
desengate antes que se possa ajustar a aceleração. Pode-se regular rápidamente a velocidade do
motor, rodando o anel de bloqueio para a posição ”LIVRE” e ”CARREGANDO” no botão (9) (no cen-
tro do manípulo (8)). Empurrando o manípulo PARA FORA aumenta-se as rotações, empurrando-o
PARA DENTRO diminui as rotações. A afinação da velocidade do motor pode ser feita rodando o
manípulo. Rode o manípulo no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio para aumentar a veloci-
dade do motor e no sentido dos ponteiros do relógio para diminuir a velocidade do motor. Uma vez
obtidas as rotações pretendidas, volte a rodar o anel de bloqueio (7) para a posição de trancado.

2 11

3
1
*

5
10
4
4

ASO0460L
Figura 44

022-00022PT Operação 3-21


SELECÇÃO DO MODO
O trabalho poderá ser realizado com uma maior eficiência desde que se escolha a combinação do modo
de trabalho e de potência adequada, tendo em conta as condições e o tipo de trabalho a desenvolver. Uti-
lize a selecção do modo de acordo com as seguintes linhas de orientação.

Modo de Potência
1. Quando se liga ignição do motor potência 5 6 7
é automaticamente regulado para o “Modo
Standard”.
2. Seleccione o modo de potência adequado
usando os botões (Figura 45) antes de ini-
ciar o trabalho.
3. Quando se carrega no botão de modo de
potência (1, Figura 45), ouve-se um sinal. 1 2 3 4
Mudar o modo de potência muda ou para
”LIGADO” ou para ”DESLIGADO”. ARO0480L
Quando o modo de potência está Figura 45
LIGADO, o indicador LED (5, Figura 45)
acende.
Desactive o modo de potência carregando uma segunda vez. Quando o modo de potência está
DESLIGADO, o indicador LED (5, Figura 45) apaga-se e o modo de potência volta ao modo stan-
dard.

Modo Ponto de selecção

Trabalhos gerais.
MODO STANDARD
Minimizar o consumo de combustível.

Necessário para trabalho pesado num curto espaço de tempo.


MODO DE POTÊNCIA Carga de alta velocidade.
Deslocação a alta velocidade.

3-22 Operação 022-00022PT


Modo de Trabalho
1. Quando se liga a ignição o modo de traba- 5 6 7
lho é automaticamente regulado para o
”Modo de Escavação”.
2. Seleccione o modo de trabalho usando o
botão (2, Figura 46) antes de iniciar o tra-
balho.
3. Quando se carrega no botão de modo de
trabalho (2, Figura 46), ouve-se um sinal. 1 2 3 4
Mudar o modo de trabalho ou para ”Modo
escavação” ou para o ”Modo abrir fossos”. ARO0480L
Quando se selecciona o modo abrir fos- Figura 46
sos, o indicador LED (6, Figura 46)
acende. Quando se selecciona o modo
escavação, o indicador LED (6, Figura 46)
apaga-se.
4. Quando se selecciona o modo abrir fossos, a válvula de controlo é regulada para as condições opti-
mas para trabalho de escavação.

Modo Ponto de selecção Futuro do controlo

Trabalhos gerais de escavação. Normas gerais.

MODO Carregamento de camiões de entulho.


ESCAVAÇÃO Elevação e transporte de objectos pesados.
Britadeira.

Abertura de Valas.
A rotação da lança é mais
MODO ABRIR
Escavação de uma parede lateral. rápida e potente que a do
FOSSOS
braço.
Necessário para rotação constante.

Modo de Inactivação Automática


1. O sistema reduz automaticamente a velocidade do motor para marcha lenta aproximadamente 4
segundos depois de todas as alavancas de controlo se encontrarem na posição neutra. Assim que a
função piloto for activada, a velocidade do motor é automaticamente reposta nos valores pré-selecci-
onados.
2. Quando se roda a chave de ignição para a posição “LIGADO”, o modo de trabalho automaticamente
seleccionado por defeito é o modo “INACTIVAÇÃO AUTOMÁTICA”.
3. Quando se acende o indicador LED (7, Figura 46), a função de marcha lenta automática é activada.
Desactiva-se a função de marcha lenta automática carregando novamente no selector de marcha
lenta automática (3, Figura 46). Nesta altura o indicador LED apaga-se.

AVISO!
Desligue a função de marcha lenta automática quando estiver a executar trabalho numa
area fechada, ou seja numa area estreita e a carregar/descarregar um reboque.

022-00022PT Operação 3-23


Modo de Sobrealimentação
1. O interruptor de reforço de potência é utili-
zado para alcançar uma força máxima de
escavação.
2. O reforço de potência activa-se enquanto
o botão da direita estiver a ser pressio-
nado no cimo da alavanca direita de traba-
lho (joystick).
NOTA: O modo de reforço de potência
não afecta o movimento para a
frente e para trás.
ARO0110L
Não use este interruptor
Figura 47ALAVANCA DIREITA DE SERVIÇO
durante mais que 10 segundos.
(JOYSTICK)

ALAVANCAS DE TRABALHO (ESTILO ISO)

AVISO!
Antes de accionar as alavancas, verifique a área circundante. Quando operar uma alavanca com
a função de inactivação automática ligada, faça-o com muito cuidado, dado que a velocidade do
motor irá aumentar muito rapidamente

NOTA: Quando começar a trabalhar, mova as alavancas de trabalho lentamente e verifique o


movimento de rotação e a amarração da frente.
Este equipamento é fabricado de acordo com a
configuração para alavancas descrita nas nor-
mas ISO. Não mude as válvulas, mangueiras,
etc. que podem alterar esta configuração padro- 1 5
nizada. Os movimentos da barragem, braço e
balde e a direcção de rotação das alavancas de 3 4 7 8
trabalho são as seguintes:
2 6

ARO0461L
Figura 48
Alavanca de trabalho do lado esquerdo
(Figura 48 e Figura 49)
1. Estender o braço
2. Retrair o braço
3. Oscilação para a esquerda
4. Oscilação para a direita
NOTA: O travão da oscilação é accio-
nado através de uma mola e
hidraulicamente libertado. É
sempre accionado assim que a
alavanca de trabalho se encon- HAOB640L
tra na posição de “PONTO Figura 49
MORTO”, ou o motor é parado.

3-24 Operação 022-00022PT


NOTA: A seguinte situação que se
descreve não constitui
nenhuma avaria mecânica mas
sim uma característica especí-
fica da própria escavadora.
Quando operar o braço, este
poderá por vezes parar
momentaneamente. Quando o
braço é operado, o peso do
braço poderá fazer com que
este se desloque mais rapida-
mente do que seria natural face
à quantidade de óleo que está
a ser fornecida. HAOB820L
Figura 50
Alavanca de trabalho do lado direito (Figura
48 e Figura 51)
5. Arrear a lança
6. Elevar a lança
7. Estender o balde
8. Retrair o balde
NOTA: Mesmo depois de parar o
motor, a parte da frente pode
ser descida até ao solo com a
alavanca de trabalho (joystick).
Coloque a alavanca de segu-
rança na posição ”DESBLO-
QUEIO” e ligue a ignição. HAOB650L
Figura 51

PRECAUÇÕES A TER DURANTE A OPERAÇÃO DA MÁQUINA

AVISO!
NÃO descanse os pés sobre os pedais de deslocação durante a operação normal da máquina.
Esta situação poderá provocar o movimento inesperado da máquina.

1. Antes de iniciar os trabalhos, investigue as condições do terreno e do solo. No caso de ser necessá-
rio, nivele o solo e drene a área.
2. Quando trabalhar em locais onde exista a
possibilidade da queda de pedras ou de
outros objectos, instale protecções nas
janelas.

Figura 52

022-00022PT Operação 3-25


3. Verifique antecipadamente a resistência
das estruturas apoiadas antes de traba-
lhar nelas. No caso da resistência ser
insuficiente, reforce as estruturas. Se exis-
tir alguma dúvida quanto à resistência
estrutural, não opere a unidade.
4. É possível que a lança, braço ou balde
possam entrar em contacto com a estru-
tura superior ou inferior da máquina. Exis-
tem algumas condições de escavação que
podem levar a que tal aconteça.

Figura 53
5. NÃO accione continuamente os cilindros
hidráulicos até ao fim de curso. Poderão
ocorrer danos na máquina em resultado
dos cilindros hidráulicos se encontrarem
totalmente retraídos ou estendidos, por
exemplo: o cilindro hidráulico do braço
completamente retraído e o cilindro
hidráulico do balde estendido para rodar o
balde para o solo.

HAOB860L
Figura 54
6. NÃO utilize a deslocação ou oscilação da
máquina para conseguir uma força de
impulsão adicional quando o balde se
encontra no chão. Ver Figura 55.

HAOB850L
Figura 55
7. NÃO utilize o peso da máquina para con-
seguir uma força de impulsão adicional.
Ver Figura 56.
8. Quando trabalhar sobre um solo mole ou
lamacento, certifique-se de que a máquina
não se está a afundar.

HAOB890L
Figura 56

3-26 Operação 022-00022PT


9. Quando trabalhar junto à escarpa esca-
vada, certifique-se que a superfície onde a
máquina se encontra é suficientemente
resistente e sólida. Mantenha os motores
de deslocação à retaguarda. Ver Figura
57.
MOTOR DE
DESLOCAÇÃO

ARO0970L
Figura 57
10. NÃO escave a superfície por debaixo da
máquina. Ver Figura 58.

ARO0950L
Figura 58
11. Certifique-se de que existe um espaço
livre de manobra apropriado relativamente
aos cabos de alta tensão suspensos. Ver
Figura 59.

HAOA230L
Figura 59
12. Se a escavação for efectuada num local
subterrâneo ou num edifício, certifique-se
de que existe um espaço livre de manobra
adequado, bem como a ventilação apropri-
ada. Ver Figura 60.

ARO0960L
Figura 60

022-00022PT Operação 3-27


13. NÃO utilize o balde como se de um mar-
telo ou um dispositivo bate-estacas se tra-
tasse. Esta situação é extremamente
perigosa e poderá provocar danos no
acessório frontal. Ver Figura 61.

HAOB870L
Figura 61
14. NÃO escave com as lagartas da escava-
dora elevadas. Caso contrário poderão
ocorrer danos mecânicos e estruturais.

HAOB880L
Figura 62
15. NÃO opere a alavanca de deslocação
rapidamente quando deslocar a máquina
a alta velocidade.
A. Evite os arranques bruscos.
B. Quando se deslocar numa direcção
pare completamente a máquina
antes de efectuar a inversão de mar-
cha. Não balance a escavadora para
a frente e parta trás com as alavan-
cas.
C. Evite as paragens bruscas. Desloque ARO0810L
manualmente as alavancas para a Figura 63
posição de ponto morto. Não deixe
que as alavancas se desloquem por
si próprias para a posição de ponto
morto.
16. No caso de utilizarem os acessórios fron-
tais compridos ou os acessórios das extre-
midades frontais reforçados opcionais, o
equilíbrio da máquina será afectado. Res-
peite as seguintes precauções de opera-
ção adicionais.

3-28 Operação 022-00022PT


AVISO!
NÃO desça os declives com os acessórios da extremidade frontal elevados.
NÃO desloque a máquina perpendicularmente à encosta dos declives; para subir ou descer
um declive desloque-se a direito no sentido do topo ou da base do declive.
Quando a máquina se encontrar posicionada num declive, tenha muito cuidado quando
rodar a estrutura superior.
Guarde um espaço de paragem de rotação adicional. A aceleração adicional gerada pelo
equipamento da extremidade frontal mais pesado ou mais comprido irá prolongar o tempo
necessário para fazer parar o movimento de rotação.
Certifique-se de que todo o equipamento opcional foi devidamente autorizado e
adequadamente instalado.

17. Não afaste sujidade ou objectos oscilando a escavadora na sua direcção. Caso contrário poderão
ocorrer danos mecânicos e estruturais.

TRABALHAR NA ÁGUA

IMPORTANTE
Quando trabalhar na água, não exceda
uma inclinação superior a 15º. Se o
declive for superior a 15º, a parte traseira
da estrutura superior irá ficar imersa em
água, resultando em danos na ventoinha
do radiador.
HAOB830L
Figura 64
Quando trabalhar na água, não opere em locais
onde o nível da água seja superior à altura da
parte central do rolete superior (1, Figura 65).
Se os rolamentos da chumaceira de rotação
ficarem molhados, lubrifique-os imediatamente
com massa lubrificante até que a massa antiga
seja completamente removida dos rolamentos
da chumaceira.
Se a água entrar no cárter das engrenagens de
rotação, drene a água imediatamente, retirando
para o efeito a tampa de inspecção inferior. Apli-
HAOB840L
que uma nova camada de massa lubrificante.
Figura 65
Depois de trabalhar na água, remova a massa
lubrificante antiga dos pinos do balde.

022-00022PT Operação 3-29


ESTACIONAR A ESCAVADORA

AVISO!
Estacione a escavadora numa superfície
firme e plana. Evite estacionar a
escavadora em planos inclinados. Caso
seja absolutamente necessário estacionar
a escavadora num plano inclinado,
bloqueie as lagartas e enterre os dentes
do balde no solo. Ver Figura 66.
HAOB910L
Figura 66
1. Estacione a escavadora numa superfície
firme e plana. Arreie o balde para o solo
tal como se indica na Figura 67.

HAOB920L
Figura 67
2. Coloque o botão de controlo da velocidade
do motor na posição “MARCHA LENTA
EM VAZIO”.

HAOB290L
Figura 68

3-30 Operação 022-00022PT


3. Se tocar na alavanca de operação involun-
tariamente, poderá dar origem a um aci-
dente grave. Sempre que abandonar o
assento do operador, coloque a alavanca
de segurança na posição “BLOQUEADA”.

HAOA390L
Figura 69

PROCEDIMENTOS DE REBOQUE

AVISO!
O
Nunca utilize um cabo metálico ou uma
corrente danificados. Caso contrário
poderão partir-se e provocar um acidente
grave.
Utilize sempre luvas de protecção quando
manusear uma corrente ou um cabo
metálico.
Quando rebocar a escavadora , utilize um
cabo metálico ou uma corrente com uma
resistência suficiente capaz de aguentar a
carga. X
Ligue a corrente ou o cabo metálico à
estrutura da lagarta tal como se indica na
Figura 70
Introduza material de protecção tais como
tecidos grossos entre a estrutura das
lagartas e o cabo metálico de modo a
evitar que o cabo metálico sofra eventuais
HAOC910L
danos.
Figura 70

IMPORTANTE
Utilize um gancho de manilha na estrutura da lagarta apenas para rebocar ou puxar objectos
cujo peso seja inferior a 5 toneladas métricas (5.51 toneladas EUA). Nunca o utilize para rebocar
objectos acima de 5 toneladas métricas (5.51 U.S. Tons).

022-00022PT Operação 3-31


BRITADEIRA HIDRÁULICA

IMPORTANTE
Se a britadeira hidráulica e respectivas tubagens se encontrarem instaladas sem a devida
autorização da DAEWOO, poderá originar uma avaria grave que não será coberta pela garantia
prestada para a escavadora.

SELECÇÃO DA BRITADEIRA HIDRÁULICA.


No caso da britadeira hidráulica se encontrar instalada, tenha em conta a alteração da estabilidade e con-
formidade do equipamento resultante dessa modificação. Tenha igualmente em consideração a quanti-
dade e a pressão do óleo hidráulico. Quando seleccionar uma britadeira hidráulica consulte um
revendedor ou um distribuidor autorizado DAEWOO.

TUBAGENS E MANGUEIRAS HIDRÁULICAS PARA A BRITADEIRA.


1. Quando instalar a britadeira hidráulica, faça a montagem de acordo com os esquemas fornecidos
com o conjunto.
2. Se a britadeira for retirada da escavadora, não se esqueça de colocar bujões em todas as tubagens
e mangueiras de modo a evitar uma eventual contaminação do sistema hidráulico.
3. Coloque bujões e tampas em todos os dispositivos de ligação e acessórios de modo a evitar a conta-
minação.
4. Antes de iniciar as operações, inspeccione todas as ligações hidráulicas para verificar se existem
alguns indícios de fugas ou componentes soltos.

OPERAÇÃO DA BRITADEIRA HIDRÁULICA


NOTA: Poderá ser necessário alterar os ajustamentos do fluxo e da pressão hidráulica. Para
mais informações a este respeito, consulte a Secção de Manutenção contida neste
Manual.
1. Não se esqueça de ler cuidadosamente e compreender o conteúdo do manual do utilizador da brita-
deira.
2. Inspeccione todas as ligações hidráulicas e mecânicas.
3. NÃO utilize a britadeira como se de um
martelo se tratasse. Ver Figura 71.
Não deixe cair a britadeira a partir de uma
altura excessiva.
A britadeira é relativamente pesada e cai a
grande velocidade. Não deixe cair a brita-
deira de uma altura elevada, caso contrá-
rio poderão ocorrer danos na estrutura
superior

HAOB930L
Figura 71

3-32 Operação 022-00022PT


4. NÃO opere a britadeira com o cilindro
hidráulico da lança ou do braço completa-
mente estendido. Ver Figura 72.
Mantenha um intervalo superior a 100 mm
(4 polegadas) entre a extremidade do
tirante do cilindro e a cabeça do cilindro.
Desta forma irá evitar danos nos cilindros
hidráulicos durante a operação da brita-
deira.

HAOB940L
Figura 72
5. NÃO utilize a britadeira no caso de as
mangueiras hidráulicas vibrarem excessi-
vamente. Ver Figura 73. Verifique se o
1
acumulador hidráulico da britadeira (1)
apresenta eventuais danos e, se necessá-
rio, solicite a sua reparação. Se a escava-
dora for operada nesta condições,
poderão ocorrer danos nos componentes
hidráulicos e estruturais.

HAOB950L
Figura 73
6. NÃO permita que o corpo da britadeira
entre dentro de água caso não se encon-
tre preparado para operações subaquáti-
cas. A vedação hidráulica da britadeira
poderá sofrer danos, fazendo com que fer-
rugem, materiais estranhos ou água
entrem no sistema hidráulico e provoquem
danos. Introduza apenas a ferramenta da
britadeira na água. Ver Figura 74.

HAOB970L
Figura 74
7. NÃO efectue qualquer elevação ou rebo-
que através da utilização da britadeira. Ver
Figura 75.

HAOB980L
Figura 75

022-00022PT Operação 3-33


8. Opere a britadeira apenas para a parte da
frente ou para a parte detrás da escava-
dora. NÃO utilize a britadeira em qualquer
um dos lados da escavadora. Quando esti-
ver a operar a britadeira, NÃO a balance
de um lado para o outro. Ver Figura 76
.

AVISO!
A operação da britadeira com o
corpo superior rodado numa HAOB990L
direcção perpendicular à direcção Figura 76
das lagartas poderá provocar a
viragem da máquina ou a redução da
sua vida útil.

9. NÃO enrole a extremidade da ferramenta


da britadeira no braço ou na lança quando
deslocar ou estacionar a escavadora. Ver
Figura 77.

HAOB960L
Figura 77
ACTIVAR A BRITADEIRA;
1. Carregue no botão do lado esquerdo situ-
ado no topo da alavanca direita de serviço
(joystick) para activar o disjuntor hidrau-
lico.
2. Solte o botão do lado esquerdo situado no
topo da alavanca direita de serviço (joys-
tick) para desactivar o disjuntor hidraulico.

ARO0120L
Figura 78

3-34 Operação 022-00022PT


INTERVALOS DE MANUTENÇÃO DO FILTRO E DO ÓLEO HIDRÁULICO
Quando se utiliza uma britadeira hidráulica, a ruptura da viscosidade e a contaminação do óleo hidráulico
acontecem de uma forma muito mais rápida, dado que as condições de trabalho são mais adversas do
que as verificadas durante os trabalhos de escavação normais. Por forma a evitar que os componentes
hidráulicos (em especial a bomba) tenham uma vida útil mais curta, substitua o óleo hidráulico e o filtro do
óleo principal de acordo com a seguinte calendarização.

ACESSÓRIO TEMPO DE OPE- ÓLEO HIDRÁU- FILTRO


RAÇÃO LICO

250 HORAS (Primeira substituição)


TRABALHO COM
100% 2000 HORAS 500 HORAS (Depois da primeira
O BALDE
substituição)
TRABALHO COM
A BRITADEIRA 100% 500 HORAS 100 HORAS
HIDRÁULICA

100

105 551
PERCENTAGEM DE OPERAÇÃO DA BRITADEIRA (%)

80 106 110 614

112 130 692


FILTRO
119 150 (Primeira substituição) 782
60

128 180 893


ÓLEO HIDRÁULICO
137 210 1028
40 FILTRO
250 (Após a primeira substituição) 1196
156

175 300 1400


20

206 370 1658

0
0 500 1000 1500 2000

HORAS DE OPERAÇÃO DA MÁQUINA


ARO0990L
Figura 79

NOTA: Os intervalos de substituição do óleo hidráulico e do filtro dependem do número de horas


de operação da britadeira hidráulica. Estes intervalos devem ser respeitados, sem detri-
mento da necessidade de efectuar regularmente os trabalhos de manutenção planeada.

022-00022PT Operação 3-35


TECNICAS OPERATIVAS
ELEVAÇÃO

IMPORTANTE
É possível que existam regulamentos locais ou governamentais sobre o uso de escavadoras
para a elevação de cargas pesadas. Contacte sempre as agencias locais e governamentais para
se informar sobre estes regulamentos.

Para evitar ferimentos, não ultrapasse a capacidade nominal de carga da máquina. Se a máquina não se
encontrar em solo nivelado, as capacidades de carga variam.
O uso de estropos curtos evitará que uma carga demasiado grande oscile.
Use a alça de elevação do balde para levantar objectos.
Tente sempre manter a alça de elevação (Figura
80) imediatamente debaixo da linha central do
braço e do pino do balde. Deste modo o peso
da carga será seguro principalmente pelo pino e
não pelo cilindro do balde, elo e pinos do elo.
Quando usar a alça de elevação, o dispositivo
de apoio/elevação tem de ser preso à alça de
modo a que não se possa soltar.
A posição mais estável é por cima do canto da
máquina.
Para uma melhor estabilidade, carregue a carga HAAD3830
o mais proximo do solo possível. Figura 80
A capacidade de elevação diminui quando a dis-
tância da linha central de rotação da máquina
aumenta.

3-36 Operação 022-00022PT


Levantamento de pesos desco-
nhecidos
Quando se tem de levantar cargas
que não se conhecem bem, o res-
ZONA FRONTAL DE ELEVAÇÃO
ponsável pelo trabalho deve certifi-
car-se de que o peso da carga não
excede a TABELA DE CARGAS
da máquina no raio em que tem de
ser levantada.
Recomenda-se que se entre deva-
gar em qualquer elevador para evi-
tar que este se vire. Um método é
colocar a barragem a 90° por cima ZONA LATERAL ZONA LATERAL
da parte lateral da máquina. DE ELEVAÇÃO DE ELEVAÇÃO
Levante lentamente a carga até
esta deixar o solo. Um elevador na
parte lateral é o mais instável, e
depois que a carga seja colocada
na zona frontal da escavadora
torna-se mais estável. NÃO
AUMENTA O RAIO DE OSCILA-
ÇÃO APÓS A ELEVAÇÃO DA
CARGA. ZONA TRASEIRA DE ELEVAÇÃO

HAAD3842

Figura 81

PERIGO!
Se se pegar uma carga da zona frontal e a levar para a zona lateral, poderá acontecer que a
carga se vire causando acidente mortal ou fatal.

Levantamento de Peso conhecido


A tabela de carga é o factor orientador quando se levantam pesos conhecidos. Recomenda-se que se
entre devagar em qualquer elevador para evitar que este se vire. Sempre que possível, levante e rode as
cargas úteis entre a area livre da frente.

Pegar e transportar
A máquina tem a possibilidade de pegar e transportar cargas úteis sem auxilio. Recomenda-se que
durante a deslocação com uma carga suspensa, se avalie as condições existentes e se determine as pre-
cauções de segurança necessárias a cada caso. Devem ser considerados os factores seguintes antes de
tentar pegar e transportar a carga.
Alinhe a barragem com a direcção de avanço da máquina. Mantenha esta posição de barragem quando
virar a máquina. Vire só quando necessário, a uma velocidade minima, e num raio largo de viragem.
1. Use a distância de raio de elevação mais curta possível.
2. Mantenha a carga o mais perto que as condições o permitam do solo.
3. Determine pontos de referência para evitar que a carga balance. O balanço pode causar uma
mudança de raio. Uma mudança de raio poderia levar a que a carga excedesse a tabela de carga ou
provocar a viragem da carga.
4. Oriente a velocidade de deslocação para se adequar às condições.
5. Evite arranques e paragens subitas.

022-00022PT Operação 3-37


OPERAÇÃO SOB CONDIÇÕES FORA DO NORMAL
NOTA: Veja “Manutenção em Condições Especiais” na página 4-66 para outras recomendações.

OPERAÇÃO SOB FRIO EXTREMO


Se se tiver de trabalhar com a máquina em condições de frio extremo, devem tomar-se certas precauções
para assegurar uma operação continua normal. Os paragrafos que se seguem descriminam as verifica-
ções a fazer para nos assegurarmos que a máquina pode operar nestas condições de temperatura.
1. Verifique o sistema de arrefecimento para ver se a solução anti-congelante está correcta para a
baixa temperatura que se espera. Inspeccione cuidadosamente o sistema de arrefecimento e corrija
ou faça relatório das eventuais fugas.
2. Mantenha as baterias totalmente carregadas para evitar o congelamento. Se adicionar água às bate-
rias, faça trabalhar o motor pelo menos uma hora para misturar a solução de electrolito.
3. Mantenha o motor nas melhores condições mecânicas possíveis para assegurar um arranque facil e
um bom funcionamento durante condições climatéricas adversas.
4. Use óleo de motor em conformidade com as especificações adequadas às temperaturas esperadas.
Consulte as ”Especificações sobre lubrificação” do manual do motor para saber detalhes.
5. Mantenha sempre o tanque de combustivel cheio. Escorra a condensação do tanque antes e depois
da operação. Escorrega e faça a manutenção do filtro de combustivel. Para eliminar os problemas de
entupimento nos filtros de combustivel, devido à formação de cristais de cera no combustivel, certifi-
que-se que o combustivel usado tem uma especificação de ponto de turvação abaixo da temperatura
minima esperada.
6. Lubrifique toda a máquina conforme indicado na secção 4 ”Tabela de manutenção periódica” neste
manual ou na tabela de lubrificação da máquina.
7. Arranque o motor e deixe-o atingir a temperatura normal de operação antes de meter a carga.
A. Se se acumular e congelar lama e gelo em qualquer peça móvel enquanto a máquina está
parada, utilize calor para derreter o material congelado antes de tentar trabalhar com a
máquina.
B. Trabalhe com cuidado com as unidades hidraulicas até que estas tenham atingido uma tempe-
ratura que lhes permita funcionar normalmente.
C. Verifique todos os comandos da máquina e/ou funções para ter a certeza que estão a funcionar
correctamente.
8. Deve-se manter um elemento filtrante exterior de ar extra na cabine do operador para substituir um
elemento que possa congelar e restringir o fluxo de ar ao motor.
9. Se se tiver de utilizar um auxiliar de arranque para tempo frio, consulte ”Arranque do motor” no capí-
tulo ARRANQUE EM TEMPO FRIO neste manual.
10. Limpe toda a lama, neve e gelo para evitar congelamento. Cubra, se possível, a máquina com uma
lona, mantenha as pontas da lona afastadas do solo para não congelarem.

OPERAÇÃO EM CALOR EXTREMO


O trabalho continuo da máquina sob altas temperaturas pode causar um sobre-aquecimento da máquina.
Controle as temperaturas do motor e da transmissão e páre a máquina durante um tempo para que arre-
feça, sempre que necessário.
1. Faça inspecções e manutenções frequentes na ventoinha e radiador. Verifique o nível de liquido refri-
gerante no radiador. Verifique as grelhas e as aletas do radiador para eliminar a acumulação de lixo,
areia e insectos que ppossam bloquear as passagens de arrefecimento.

3-38 Operação 022-00022PT


A. A formação de escamas e ferrugem no sistema de arrefecimento faz-se mais rapidamente em
temperaturas extremamente elevadas. Substitua o anti-congelante todos os anos para manter
o inibidor de corrosão na sua força máxima.
B. Se necessário pulverize periodicamente o sistema de arrefecimento para manter a passagem
livre. Evite usar água com um elevado teor de alcali, que aumenta a formação de escamas e
ferrugem.
2. Verifique diariamente o nível de electrolito na bateria. Mantenha o electrolito acima das placas evi-
tando danos nas baterias. Use uma solução de electrolito ligeiramente mais baixa em climas quen-
tes. Quando descarregada, dilua electrolito especifico de gravidade 1,280 ao 1,200 quando se
atingirem leituras especificas de gravidade 1,240 em carga plena. Recarregue as baterias sempre
que atinjam uma leitura especifica de gravidade de 1.160. As baterias descarregam mais rapida-
mente se forem deixadas durante longos periodos sob altas temperaturas. Se a máquina tiver de
ficar parada durante diversos dias, retire-lhe as baterias e guarde-as num lugar fresco.

AVISO!
Não guarde baterias ácidas perto de pilhas de pneus; os fumos acidos são nocivos para a
borracha.

3. Faça a manutenção do sistema de combustivel tal como indicado em ”Sistema de combustível do


motor” secção 5 neste manual. Verifique a água antes de atestar o tanque de combustivel. Altas tem-
peraturas e arrefecimento causam condensação nos tambores reservatórios.
4. Proceda à lubrificação como especificado em ”Tabela de Manutenção Periodica” secção 4 neste
manual ou no autocolante de Lubrificação existente na máquina.
5. Não estacione a máquina ao sol durante longos periodos de tempo. Quando possível, estacione a
máquina sob cobertura para protegê-la do sol, lixo e poeira.
A. Cubra a máquina inactiva com lona, caso não haja um abrigo adequado. Proteja o comparti-
mento do motor, transmissão e partes hidraulicas da entrada de poeira.
B. Em climas quentes e humidos a acção corrosiva do clima afectará todas as peças da máquina,
o que será acelerado durante a estação das chuvas. Aparece ferrugem e bolhas na pintura dns
superficies metálicas e fungos em outras superficies.
C. Proteja todas as superficies inacabadas e expostas com um filme de óleo lubrificante de pre-
servação. Proteja cabos e terminais com composto de isolamento para ignição. Aplique tinta ou
preventivo próprio para ferrugem nas superficies danificadas para protegê-las de ferrugem e
corrosão.

OPERAÇÃO EM AREAS POEIRENTAS OU ARENOSAS


A operação da máquina pode produzir poeira em qualquer area. No entanto, quando nos encontrarmos
em areas especialmente poeirentas ou arenosas, devem ser tomadas medidas de precaução adicionais.
1. Mantenha limpas as aletas do sistema de arrefecimento e as areas de arrefecimento. Injecte ar com-
primido, se possível, com a frequência que seja necessária.

AVISO!
Use óculos de protecção quando usar ar comprimido.

022-00022PT Operação 3-39


2. Tome cuidado quando fizer a manutenção do sistema de combustivel para evitar a entrada no tanque
de poeira ou areia.
3. Faça a manutenção do purificador de ar com intervalos frequentes, verifique diariamente o indicador
de restrição de ar e mantenha a taça e válvula de poeira limpas. Evite tanto quanto possível que
poeira e areia entrem nas peças e nos compartimentos do motor.
4. Proceda aos serviços de lubrificação e manutenção indicados na tabela corrente de lubrificação da
máquina e na secção 4 em ”Tabela de Lubrificação”. Limpe todos os acessórios de lubrificação antes
de aplicar o lubrificante. A areia misturada com o lubrificante torna-se muito abrasiva e acelera o
desgaste das peças.
5. Proteja tanto quanto possível a máquina da poeira e areia. Estacione a máquina debaixo de uma
cobertura ou proteja-a com lona para impedir que a poeira e a areia estraguem a máquina.

OPERAÇÃO EM CONDIÇÕES DE CHUVA OU HUMIDADE


Os procedimentos para a operação sob condições de chuva é semelhante à operação sob condições
extremas de calor já detalhados anteriormente.
1. Mantenha todas as superficies expostas revestidas com óleo lubrificante de preservação. Tenha
especial atenção com as superficies danificadas ou sem pintura. Cubra todas as rachas de tinta e
marcas com a brevidade possivel para evitar efeitos corrosivos.

OPERAÇÃO EM AREAS DE AR MARITIMO


O efeito corrosivo do ar maritimo é muito extenso. Quando tiver de trabalhar em zonas maritimas, cumpra
as seguintes precauções.
1. Quando a máquina estiver exposta ao ar maritimo, seque-a completamente e passe-a por água
limpa logo que possível.
2. Mantenha todas as superficies expostas revestidas com óleo lubrificante de preservação. Tome
especial atenção às superficies pintadas danificadas.
3. Mantenha todas as superficies pintadas em bom estado de reparação.
4. Lubrifique a máquina tal como indicado na tabela de lubrificação da máquina ou na secção 4 em
”Tabela de Manutenção Periodica” neste manual de serviço. Encurte os intervalos de lubrificação
das peças sujeitas a exposição ao ar maritimo, caso seja necessário.

OPERAÇÃO EM ALTITUDES ELEVADAS


Normalmente a operação da máquina a altitudes elevadas é igual à já indicada para condições de frio
extremo. Antes de trabalhar em altitudes elevadas, pode ter de ajustar o combustivel do motor e a mistura
de ar de acordo com o manual do motor respectivo.
1. Verifique a temperatura de serviço do motor e confirme se há vestigios de sobre-aquecimento. A
capota de pressão no radiador tem ficar estanque para manter a pressão do liquido refrigerante no
sistema.

3-40 Operação 022-00022PT


4INSPECÇÃO, MANUTENÇÃO E
AJUSTAMENTO
As inspecções e a manutenção de rotina são
necessárias para manter sempre a sua
máquina em boas condições de funcionamento.
Nas páginas seguintes apresentam-se os inter-
valos de inspecção, as verificações dos compo-
nentes ou do sistema e as localizações de
referência.
NOTA: Nas páginas seguintes descre-
vem-se as verificações de
manutenção e os respectivos
intervalos temporais. Poderá
ser necessário encurtar os HAOA600L
intervalos de manutenção Figura 1
tendo em conta as condições
de trabalho. Os locais extrema-
mente poeirentos ou quentes
irão requerer uma manutenção
da máquina com uma maior fre-
quência. As horas de operação
são determinadas pela quanti-
dade de tempo acumulado no
contador horário do motor exis-
tente no painel de controlo na
cabine.
NOTA: Além do contador horário nor-
mal, o manómetro de multifun-
ções pode ser usado para
manter informação das horas
em cada um dos filtro individu-
almente. Ver “Informação sobre
Filtro/Óleo” na página 2-28.
1.Fuel Filter
Hrs: 0232 Reset:

POWER DISPLAY
AUTO

ESC

HAAD3781
Figura 2

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-1


NÚMEROS DE SÉRIE
Existem duas placas com o número de série
colocadas no corpo da escavadora. A placa
com o numero de serie da máquina (Figura 3)
encontra-se do lado direito da cabine no lado de
fora. O numero de serie do motor está gravado
do lado esquerdo do bloco do motor, acima da
ignição. Mais informação suplementar sobre o
motor encontra-se indicada no rótulo (Figura 4)
na cobertura da báscula.
Por favor tome nota destes números e das res-
pectivas localizações. Esta informação ser-lhe-á
Figura 3
pedida sempre que solicitar os serviços de
manutenção ao abrigo da garantia prestada.

PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA
1. Não se esqueça de travar os comandos
hidráulicos e de colocar um aviso (Eti-
queta de Aviso) informando que a
máquina está a ser reparada por forma a
evitar qualquer operação da máquina não
autorizada.
2. Certifique-se de que quaisquer líquidos
derramados são imediatamente limpos,
especialmente na zona em redor do motor.
3. Inspeccione todas as tubagens de com-
bustível por forma a certificar-se de que os Figura 4
acessórios, tubagens, filtros e anilhas, etc.
se encontram devidamente apertados e
que não apresentam quaisquer indícios de
desgaste ou danos.
4. Se as operações de manutenção e inspec-
ção exigirem que o motor esteja a traba-
lhar, certifique-se de que todas as
pessoas estranhas ao serviço se encon-
tram afastadas da máquina, e que são
cumpridas todas as normas de precaução
normais para a industria.

4-2 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


TRABALHOS PRELIMINARES DE PREPARAÇÃO DA
MÁQUINA PARA MANUTENÇÃO
Sempre que executar os trabalhos de manutenção especificados neste manual, estacione sempre a esca-
vadora da seguinte forma.
NOTA: Determinados tipos de manutenção podem requerer que a máquina fique posicionada de
uma forma diferente. Se for este o caso, coloque a máquina na posição requerida.
1. Estacione num terreno firme e nivelado.
2. Arreie o balde até ao solo.

HAOB920L
Figura 5
3. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção “BLOQUEADA”.

HAOA390L
Figura 6
4. Deixe que o motor funcione em marcha
lenta sem carga durante pelo menos 5
minutos de modo a permitir que o motor
arrefeça. O não cumprimento desta reco-
mendação poderá resultar na ocorrência
de um surto térmico.

HAOB290L
Figura 7

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-3


5. Páre o motor voltando a chave para a
posição "O" (DESLIGADO). Retire a chave
da ignição.

AVISO!
No caso de ser necessário colocar o
motor em funcionamento durante os
trabalhos de manutenção, tenha
sempre muito cuidado. Certifique-se
de que existe sempre uma pessoa na HAOA340L
cabine do operador. Nunca Figura 8
abandone a cabine do operador com
o motor em funcionamento.

6. Antes de dar início aos trabalhos de


manutenção, coloque uma etiqueta com a
indicação ”Não Tocar. Quando Decorre-
rem Inspecções ou Trabalhos de Manuten-
ção” na porta da cabine ou na alavanca de
trabalho.

Figura 9

4-4 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


TABELA DE LUBRIFICANTES RECOMENDADOS

IMPORTANTE
Não utilize quaisquer lubrificantes para além dos que são recomendados, sem obter
previamente a aprovação, por escrito, da Daewoo.

NOTA: Para obter informações acerca dos pontos de aplicação, consulte a Tabela dos Intervalos
de Manutenção

FABRICANTE DO ÓLEO HIDRÁU- ÓLEO DO MASSA LUBRI- ÓLEO DAS


LUBRIFICANTE LICO* MOTOR** FICANTE ENGRENAGENS

CALTEX CALTEX HD32 CALTEX RPM ou MULTIFAC EP MULTIPURPOSE


EP90
DELO 300
EXXON/ESSO NUTO (CONTRA - EXXON 15W40 RONEX MP #2 SPARTAN EP220
DESGASTE) ou ou
HD 32 (ABAIXO RONEX MP #1 EXXON GX
DE 0°C (32°F)) ou (TEMPERATU- 80W90
RAS FRIAS)
HD 46 (ACIMA DE
0°C (32°F)) ou
TERESSTIC
(ANTI-FERRU-
GEM)

MOBIL MOBIL DELVAC 1300 ou MOBIL FAW #2 MOBILUBE HD


ou 80W90
DTE 13M (TODAS SUPER 15W40
AS TEMPERATU- MOBIL FAW #1
RAS) ou (TEMPERATU-
RAS FRIAS)
DTE 24 (VERÃO)

SHELL TELLUS 32 ROTELLA ALVANIA EP #2 SPIRAX HD


80W90 ou
T15W40
DONAX TD
(TRANSMISSÃO)
PENNZOIL PENNZBELL LONGA DURA- PENNZOIL 705 PENZOIL MULTI-
ÇÃO EP #2 USOS 4092 ou
AW 32 (ABAIXO
0°C (32°F)) ou SAE15W40 80W90
AW 46 (ACIMA
0°C (32°F))

* O periodo de intervalo para mudança do óleo é de 2.000 horas, só quando se usa óleo original
Daewoo. Caso se usem outras marcas , o periodo de intervalo garantido para a mudança do óleo
é de 1.000 horas.
** O óleo de motor tem de ser tipo ACEA-E2, ACEA-E3 ou API-CH-4 EQUIVALENT e ser SAE
15W40 ou 10W40.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-5


FABRICANTE DO ÓLEO HIDRÁU- ÓLEO DO MASSA LUBRI- ÓLEO DAS
LUBRIFICANTE LICO* MOTOR** FICANTE ENGRENAGENS

DRYDEN PARADENE DIESELALL EP #2 (VERME- AP80W90


PLUS 15W40 LHO)
AW 32 (ABAIXO
0°C (32°F)) ou
AW 46 (ACIMA
0°C (32°F))
CHEVRON AW MV 32 DELO 400 MASSA LUBRI- ÓLEO DE
(ABAIXO 0°C 15W40 FICANTE DELO ENGRENAGENS
(32°F)) ou EP-2 DELO ou
AW MV 46 ENGRENAGEM
(ACIMA 0°C UNIV RPM 80W90
(32°F))

TEXACO RANDO URSA SUPER STAR PLEX 2 MULTI-GEAREP-


PLUS 15W40 ou SAE 80W90
HD32 (ABAIXO STAR PLEX
0°C (32°F)) ou URSA PREMIUM PREMIUM
TDX 15W40
HD46 (ACIMA
0°C (32°F))

IDEMITSU DAPHNE KOSAN APOROIL DAPHNE COR- APOROIL GEAR


KOSAN 46WR MOTIRE S300 RONE #2 HE 90
NIPPON SEIKIYU SUPER MASSA LUBRI- NISEKI SP90 ou
HIGHLAND S26 FICANTE LIPA- EP90
ou 32 NOC

TOTAL TOTAL EQUIVIS TOTAL TOTAL MUTRIS TOTAL DA80W90


ZS46-II EP #2

* O periodo de intervalo para mudança do óleo é de 2.000 horas, só quando se usa óleo original
Daewoo. Caso se usem outras marcas , o periodo de intervalo garantido para a mudança do óleo
é de 1.000 horas.
** O óleo de motor tem de ser tipo ACEA-E2, ACEA-E3 ou API-CH-4 EQUIVALENT e ser SAE
15W40 ou 10W40.

IMPORTANTE
Não misture óleos de diferentes fabricantes. A Daewoo não recomenda nenhuma marca em
específico mas sugere que os proprietários seleccionem óleos de qualidade cujos fornecedores
garantam que os requisitos necessários serão sempre satisfeitos ou mesmo excedidos.
As flutuações acentuadas das temperaturas diárias ou semanais, ou a operação da máquina
com um tempo muito frio e temperaturas abaixo de zero poderão tornar inviável a utilização de
lubrificantes de peso linear. Utilize o bom senso quando seleccionar o tipo de lubrificante
adequado às condições climatéricas em questão.

4-6 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


CAPACIDADE DE LÍQUIDOS
Componente Capacidade

Motor Colector de óleo com Filtro 28 litros


(7,40 Galões EUA)

Sistema de Refrigeração 58 litros


(15,32 Galões EUA)
Tanque de Combustível 620 litros
(164 Galões EUA)

Óleo hidráulico Nível do tanque 265 litros


(70 Galões EUA)

Sistema 500 litros


(132 Galões EUA)
Dispositivo de deslocação (cada) 6 litros
(1,59 Galões EUA)

Dispositivo de rotação (cada) 4 litros


(1,06 Galões EUA)

TABELA DE LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO


A tabela de lubrificação e inspecção encontra-se no interior da tampa da caixa de bateria. Os simbolos
aqui indicados são usados na tabela de lubrificação e manutenção que se encontra na página seguinte.

Simbolo Descrição Simbolo Descrição

Lubrificação Liquido de refrigeração

Óleo de engrenagem (Dispositivo Elemento do Filtro de Ar


de rotação, dispositivo de
deslocação)
Filtro de Combustível
Óleo do motor

Filtro do ar condicionado
Filtro do óleo do motor

Água de drenagem
Óleo hidráulico

Filtro do Óleo Hidráulico

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-7


Descrição da Tabela de lubrificação e manutenção

10 16 17 18 5

19

4
2
3
8
12
14

1
13

11 1

15

6 9 1
ASO0060L
Figura 10

4-8 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


Não. Item para controlo Não. Item para controlo

1 Pino da junta frontal 11 Separador de água

2 Chumaceira de Rotação 12 Filtro hidraulico de circulação total

3 Engrenagem de rotação 13 Filtro Piloto

4 Dispositivo de rotação (lubrificante) 14 Filtro de sucção de óleo hidraulico

5 Dispositivo de rotação (Óleo de 15 Filtro do óleo do motor


engrenagem)
16 Filtro de Combustível
6 Dispositivo de deslocação
17 Elemento do Filtro de Ar
7 Óleo do motor
18 Filtro de ar condicionado
8 Óleo hidráulico
19 Tanque de recuperação de liquido
9 Escoamento da água de de refrigeração
condensação do tanque de
combustivel

10 Radiador (liquido de refrigeração)

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-9


INTERVALOS DE MANUTENÇÃO
CADA 10 HORAS DE OPERAÇÃO / DIARIAMENTE
• Lubrifique a barragem, braço e os pinos da • Verifique se os dentes da pá e os cortadores
amarração frontal (durante as primeiras 100 laterais não se encontram desgastados.
horas) (Ver página 4-12) (Ver página 4-19)
• Verifique o Nível do Óleo do Motor (Ver • Inspeccione as Lâminas da Ventoinha do
página 4-12) Motor (Ver página 4-19)
• Verifique o Nível do Tanque de Óleo Hidráu- • Sistema de Admissão de Ar (Ver página
lico (Ver página 4-13) 4-20)
• Verifique se há fugas de liquido no sistema • Inspeccione a Estrutura para Verificar se
hidraulico. (Ver página 4-14) Existem Fissuras ou Soldagens Defeituosas
• Verifique o Nível de Combustível (Ver (Ver página 4-20)
página 4-15) • Verifique se a estrutura não apresenta
• Verifique se Existem Fugas no Sistema de rachaduras nem soldaduras a abrir. (Ver
Combustível (Ver página 4-15) página 4-20)
• Verifique o separador de água e a água de • Verifique o Funcionamento de Todos os
drenagem como recomendado (Ver página Interruptores (Ver página 4-20)
4-16) • Verifique o Funcionamento de Todas as
• Verifique o Nível do Óleo do Dispositivo Luzes Exteriores, da Buzina, das Luzes de
Redutor de Rotação (Ver página 4-17) Controlo e dos Indicadores da Consola de
• Limpe a rede de pó na parte da frente do Controlo (Ver página 4-20)
refrigerador de óleo (Ver página 4-18) • Coloque o motor em funcionamento, Verifi-
• Verifique o Sistema de Refrigeração e Rea- que a Capacidade de Arranque, e Observe
basteça-o Se Necessário (Ver página 4-18) a Cor dos Gases de Escape durante o
• Verifique o Nível do Líquido de Lavagem Arranque e à Temperatura Normal de Ope-
das Janelas consoante seja necessário (Ver ração. Verifique se Existem Quaisquer Ruí-
página 4-19) dos Estranhos (Ver página 4-21)
• Verifique o Funcionamento de Todos os
Comandos (Ver página 4-21)

CADA 50 HORAS DE OPERAÇÃO / SEMANALMENTE


• Execute Todas as Verificações Previstas na • Verifique se a cinta da ventoinha do motor
Manutenção Diária / cada 10 horas de ope- tem rachaduras, desgaste e uma tensão
ração (Ver página 4-22) correcta (após as primeiras 50 horas) (Ver
• Lubrifique os Pinos da Lança, Braço e Aces- página 4-25)
sório Frontal (Ver página 4-22) • Verifique o óleo do motor e o filtro (após as
• Lubrifique a Chumaceira de Rotação (Ver primeiras 50 horas) (Ver página 4-25)
página 4-24) • Inspecione se os conjuntos da lagarta apre-
• Purgue a Água e os Sedimentos do Filtro de sentam uma tensão correcta e se têm peças
Combustível (Ver página 4-25) soltas, gastas ou danificadas (juntas, sapa-
• Purgue a Água e os Sedimentos do Tanque tas, roletos, polias loucas) (Ver página 4-25)
de Combustível (Ver página 4-25)

CADA 250 HORAS DE OPERAÇÃO / MENSALMENTE


• Proceda a inspecções todas as 10 horas / • Verifique o desgaste da cinta da ventoinha
dia e 50 horas de serviço (Ver página 4-26) do motor (Ver página 4-28)
• Substitua o óleo do dispositivo de redução • Mude o Filtro e o Óleo do Motor (Ver página
de rotação (purgue e reabasteça após as 4-29)
primeiras 250 horas) (Ver página 4-26) • Verifique o nivel de oleo no dispositivo redu-
• Limpe o Elemento Exterior do Filtro de Ar de tor de deslocação (de cada lado da unidade)
Dois Estágios (Ver página 4-26) (Ver página 4-30)
• Verifique a tensão da cinta da ventoinha do • Substitua o óleo nos dispositivo redutor de
motor (Ver página 4-27) deslocação (uma de cada lado da unidade)

4-10 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


(após as primeiras 250 horas) (Ver página • Verifique os niveis de fluido nas baterias e
4-30) os níveis de carga das baterias (Ver página
• Substitua o filtro de oleo hidraulico de circu- 4-30)
lação total (Após as primeiras 250 horas) • Inspeccione para detectar a existência de
(Ver página 4-30) quaisquer porcas ou parafusos soltos ou em
• Mude o Filtro Piloto (Depois das Primeiras falta (Ver página 4-30)
250 Horas de Operação) (Ver página 4-30) • Inspeccione as abraçadeiras da mangueira
• Inspecione os pinos e buchas das amarra- do sistema de combustivel (Ver página 4-30)
ções terminais da frente para verificar a
existência de desgastes. (Ver página 4-30)

CADA 500 HORAS DE OPERAÇÃO / TRIMESTRALMENTE


• Execute Todas as Verificações de Manuten- • Limpe o Filtro de Ar Condicionado (Ver
ção Diária (10 Horas) e de Manutenção a página 4-34)
cada 50 e 250 Horas de Operação (Ver • Limpe o radiador, serpentina de arrefeci-
página 4-31) mento de óleo, arrefecedor intermédio e o
• Lubrifique o Carreto e a Engrenagem de núcleo do condensador de ar (Ver página
Rotação (Ver página 4-31) 4-35)
• Substitua o Filtro do Óleo Hidráulico de • Substitua os elementos exteriores e interio-
Fluxo Completo (Ver página 4-32) res do purificador de ar (Ver página 4-36)
• Mude o Filtro Piloto (Ver página 4-33) • Substitua o Filtro de Combustível (Ver
página 4-37)

CADA 1000 HORAS DE OPERAÇÃO / SEMESTRALMENTE


• Execute Todas as Verificações de Manuten- • Mude o Líquido de Refrigeração do Radia-
ção Diária (10 Horas) e de Manutenção a dor (Ver página 4-41)
cada 50, 250 e 500 Horas de Operação (Ver • Limpe o Ralo de Aspiração da Bomba de
página 4-39) Ferragem de Injecção de Combustível (Ver
• Lubrifique o Dispositivo Redutor de Rotação página 4-42)
(Ver página 4-39) • Verifique o refrigerante do ar condicionado
• Mude o Óleo do Dispositivo de Redução da (Ver página 4-43)
Rotação (Ver página 4-39) • Verifique e regule o motor ** (Ver página
• Mude o óleo do dispositivo redutor de deslo- 4-44)
cação (um de cada lado da unidade) (Ver
página 4-40)

CADA 2000 HORAS DE OPERAÇÃO / ANUALMENTE


• Execute Todas as Verificações de Manuten- • Inspecione a máquina para ver se encontra
ção Diária (cada 10 horas) e de Manutenção rachaduras ou soldaduras estaladas ou
a cada 50, 250, 500 e 1,000 Horas de Ope- outros danos na estrutura (Ver página 4-45)
ração (Ver página 4-45) • Verifique, a folga da válvula de regulação **
• Verifique o Alternador e a Ignição ** (Ver (Ver página 4-45)
página 4-45) • Verifique os binários dos parafusos de
• Verifique todas as guarnições de borracha cabeça (Ver página 4-45)
Anti-vibração e anti-choque (Ver página • Mudança de óleo hidraulico e limpeza do fil-
4-45) tro de sucção (Ver página 4-45)
• Execute e Registe os Resultados dos Testes
da Duração do Ciclo (Ver página 4-45)

CADA 4000 HORAS DE OPERAÇÃO / DE DOIS EM DOIS ANOS


• Peças Maiores - Substituição Periódica (Ver
página 4-48)

** Estas verificações deverão ser efectuadas por um distribuidor.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-11


CADA 10 HORAS DE OPERAÇÃO / DIARIAMENTE
LUBRIFIQUE A BARRAGEM, BRAÇO E OS PINOS DA AMARRAÇÃO FRONTAL (DURANTE AS PRI-
MEIRAS 100 HORAS)
Lubrifique a cada 10 horas durante as primeiras 100 horas de funcionamento e posteriormente a cada 50
horas de operação. (Ver página 4-22)
NOTA: Se a unidade tiver estado a trabalhar ou a funcionar em água a amarração frontal devia
ser lubrificada com uma periocidade de 10 horas / dia.

VERIFIQUE O NÍVEL DO ÓLEO DO MOTOR

AVISO!
Deixe que o motor arrefeça antes de
verificar o nível de óleo para evitar
queimaduras ao tocar nas peças do motor
quente.

1. Pare o motor e aguarde durante cerca de


15 minutos. Desta forma permitirá que
todo o óleo regresse para a panela do Figura 11
óleo.
2. Retire a vareta graduada de medição do
nível de óleo (1, Figura 11) e limpe-a do
óleo com um pano limpo.
3. Introduza a vareta graduada bem até ao
fundo do tubo de óleo e depois volte a
retirá-la para fora.
4. O nível do óleo do motor deverá encontrar-
se entre as marcas "MAX" e "MIN" exis-
tentes na vareta de medição do nível do
óleo.
NOTA: Se o óleo se encontrar acima
da marca "HIGH" na vareta de
medição, parte dele deverá ser
purgado por forma a garantir
que o nível do óleo se situe
dentro dos limites apropriados.
5. Adicione óleo através do bujão de enchi-
HAOC280L
mento do motor (2, Figura 11), se o nível
Figura 12
de óleo estiver abaixo da marca
”MINIMO”.

4-12 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VERIFIQUE O NÍVEL DO TANQUE DE ÓLEO
HIDRÁULICO

AVISO!
O óleo hidráulico encontra-se muito
quente depois da operação normal da
máquina. Aguarde que o sistema arrefeça
antes de tentar reparar qualquer um dos
componentes hidráulicos.
ARO1760L
O tanque hidráulico encontra-se sob
Figura 13
pressão. Rode lentamente a tampa do
respiradouro para deixar sair o ar
pressurizado. Depois de se ter libertado a
pressão, já é seguro retirar o bujão de
enchimento ou as tampas de serviço.

1. Posicione a máquina sobre uma superfície


firme e plana. Arreie a lança e coloque o
balde no chão tal como se indica na Figura
14.
2. Regule a velocidade do motor para mar-
cha lenta sem carga.

HAOC360L
Figura 14
3. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção “BLOQUEADA”.
4. Verifique o manómetro indicador do nível
abrindo a porta de acesso do lado direito.
O nível do óleo deverá encontrar-se entre
as marcas existentes no manómetro indi-
cador do nível.

Figura 15

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-13


5. Se o nível se encontrar abaixo da marca
do ”MINIMO” adicione óleo.
A. Desligue o motor.
B. O tanque hidráulico encontra-se sob
pressão. Rode lentamente a tampa
do respiradouro para deixar sair o ar
pressurizado.
C. Retire a tampa superior do tanque
hidraulico e adicione óleo.

IMPORTANTE Figura 16

Não encha o tanque acima da marca


"H“ existente no manómetro
indicador do nível. O enchimento em
demasia poderá resultar em danos
no equipamento e fugas de óleo do
tanque hidráulico devido à expansão.

6. Se o nível de óleo se encontrar acima da


marca ” H” (MAXIMO), retire algum óleo.
A. Páre o motor e espere até que o óleo
hidraulico arrefeça.
B. Retire o óleo em excesso através do
tampão de drenagem (Figura 17)
situado no fundo do tanque, para um
recipiente adequado.
NOTA: Elimine os fluidos drenados em
conformidade com os regula-
mentos locais.
Figura 17
VERIFIQUE SE HÁ FUGAS DE LIQUIDO NO
SISTEMA HIDRAULICO.
1. Efectue diariamente uma inspecção do
sistema para se certificar de que as man-
gueiras, tubagens, acessórios, cilindros e
motores hidráulicos não apresentam
quaisquer indícios de fugas. No caso de
serem detectadas quaisquer fugas, descu-
bra qual a origem dessas fugas e proceda
à sua reparação.

4-14 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VERIFIQUE O NÍVEL DE COMBUSTÍVEL

AVISO!
Tenha muito cuidado quando reabastecer
a máquina de combustível de modo a
evitar eventuais explosões ou a
deflagração de um incêndio.
Limpe imediatamente todo o combustível
eventualmente derramado.
Figura 18
1. No final de cada dia de trabalho, não se
esqueça de encher o tanque de combustí-
vel. Adicione combustivel através do respectivo tubo de enchimento (1, Figura 18). Quando trabalhar
a uma temperatura igual ou superior a 0°C, use ASTM Nº 2-D ou o seu equivalente. Para temperatu-
ras abaixo de 0°C use ASTM Nº 1-D ou o seu equivalente.
2. Certifique-se de que a mangueira de abastecimento de combustível se encontra devidamente colo-
cada na escavadora antes de iniciar o reabastecimento.
3. Verifique a quantidade de combustivel no tanque, examinando o visor do combustivel (2, Figura 18).
NOTA: Ver “Capacidade de Líquidos” na página 4-7. para capacidade.
4. A escavadora poderá ser equipada com a bomba de enchimento de combustível opcional alimen-
tada por uma bateria. O conjunto da bomba encontra-se no compartimento da bomba hidraulica.
Coloque a mangueira da bomba de sucção no tanque de reabastecimento de combustivel. Ligue o
interruptor da caixa de bateria e o combustivel é bombeado para o tanque de combustivel da escava-
dora.
5. Não encha o tanque em demasia.
6. Depois de terminar o reabastecimento, aperte firmemente o bujão de enchimento.
NOTA: Se as aberturas de respiração
existentes no bujão de enchi-
mento se encontrarem obstruí-
das, poderá formar-se vácuo no
interior do tanque que não per-
mitirá um fluxo de combustível
adequado para o motor. Mante-
nha as aberturas no bujão de
enchimento sempre limpas.

VERIFIQUE SE EXISTEM FUGAS NO SIS-


TEMA DE COMBUSTÍVEL HAOC510L
Figura 19
1. Efectue uma inspecção visual do compar-
timento do motor para verificar se o sis-
tema de combustível não apresenta eventuais fugas. No caso de serem detectadas quaisquer fugas,
descubra qual a origem dessas fugas e proceda à sua reparação.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-15


VERIFIQUE O SEPARADOR DE ÁGUA E A
ÁGUA DE DRENAGEM COMO RECO-
MENDADO
1. Existe um separador de água dentro da
porta de acesso do lado direito.
2. Abra a porta de acesso do lado direito da
máquina.
3. Se o anel vermelho da taça atingir a linha
de nível, desaperte o bujão (Figura 20)
situado no fundo do corpo e escoa a água
para um recipiente adequado.
Figura 20
NOTA: Elimine os fluidos drenados em
conformidade com os regula-
mentos locais.
4. Aperte o bujão (Figura 20) e ferre o sis-
tema de combustivel. (Ver página 4-38)
5. Feche a porta de acesso

4-16 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VERIFIQUE O NÍVEL DO ÓLEO DO DISPOSITIVO REDUTOR DE ROTAÇÃO

AVISO!
O óleo das engrenagens está muito quente depois de a máquina ter sido operada. Desligue
todos os sistemas e aguarde que os mesmos arrefeçam. Antes de retirar completamente
qualquer bujão das aberturas de inspecção, armação do motor, etc., desaperte o bujão
lentamente para permitir que o ar sob pressão saia.

1. Retire a vareta de medição do óleo (1,


Figura 21) e limpe-lhe o óleo com um
pano.
2. Introduza a vareta de medição (1, Figura
21) completamente até ao fundo da guia.

Figura 21
3. Quando se retira a vareta de medição, o
nivel de oleo deve encontrar-se entre as
marcas de ”MAXIMO” e de ”MINIMO” da
vareta de medição. H
NOTA: Se o óleo se encontrar acima L
da marca "MAX" na vareta de
medição do óleo, parte dele
deverá ser purgado por forma a
garantir que o nível do óleo se
situe dentro dos limites apropri-
ados.
HNB5038L
4. Se o óleo não atingir a marca ”MINIMO”
Figura 22
da vareta de medição, adicione óleo atra-
vés do bujão de enchimento (2, Figura 21).
5. Se o nível de óleo ultrapassar a marca
”MAXIMO” da vareta de medição, retire o
bujão de escoamento (Figura 23) e retire o
óleo em excesso para um recipiente ade-
quado.
NOTA: Elimine os fluidos drenados de
acordo com os regulamentos
locais.

Figura 23

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-17


LIMPE A REDE DE PÓ NA PARTE DA
FRENTE DO REFRIGERADOR DE ÓLEO

IMPORTANTE
Se operar a escavadora numa área poeirenta,
inspeccione a rede de poeiras todos os dias
e limpe-a, caso esta se encontre suja.

AVISO! Figura 24

Se utilizar ar comprimido ou água para lim-


par a rede de poeiras, certifique-se que está
a usar protecção adequada para os olhos.

1. Desaperte a(s) porca(s) de asa e retire a rede de poeiras.


2. Limpe a rede com a ajuda de ar comprimido ou água.

VERIFIQUE O SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO E REABASTEÇA-O SE NECESSÁRIO

AVISO!
Deixe que o motor arrefeça antes de retirar o tampão do radiador. Não se esqueça de desapertar
lentamente o tampão para libertar alguma pressão ainda existente.
A limpeza do radiador é executada enquanto o motor se encontra em funcionamento. Tenha
muito cuidado quando trabalhar num motor em funcionamento ou em locais na sua proximi-
dade. Não se esqueça de travar as alavancas de comando e de colocar uma etiqueta nas alavan-
cas para informar todo o pessoal de que estão em curso os trabalhos de manutenção.
Não retire o tampão do radiador excepto quando necessário. Verifique o nível do líquido de refri-
geração no Tanque de Reserva.

1. Quando o motor estiver frio, retire o tam-


pão do radiador e verifique o nível do
líquido de refrigeração no interior do radia-
dor. Não confie no nível de liquido de refri-
geração existente no tanque de
recuperação de liquido de refrigeração.
Reabasteça o radiador se necessário.
Consulte a tabela de concentração do
líquido de refrigeração. (Ver página 4-42)
2. Verifique, para se assegurar que a linha de
trasfega de liquido de refrigeração proveni-
ente do tanque de recuperação de liquido
de refrigeração para o radiador está livre e
não tem obstruções, ou que não está Figura 25
dobrada.
3. Examine o nivel de liquido de refrigeração
no tanque de recuperação. O nível normal do líquido do motor frio deverá situar-se entre as marcas
"CHEIO" e "VAZIO" existentes no tanque.
4. Se o nível do liquido de refrigeração se situar abaixo da marca “VAZIO”, adicione líquido de refrigera-
ção a este tanque.

4-18 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VERIFIQUE O NÍVEL DO LÍQUIDO DE LAVA-
GEM DAS JANELAS CONSOANTE
SEJA NECESSÁRIO
1. Abra a porta frontal do lado esquerdo e
verifique o nível do líquido no tanque do
esguicho dos limpa pára-brisas.
2. Abra o bujão de enchimento e adicione
líquido de lavagem.
NOTA: Utilize um líquido de lavagem
que seja adequado a todas as
estações do ano. Desta forma
evitará que o líquido congele
durante a operação da máquina
com tempo frio. Figura 26

VERIFIQUE SE OS DENTES DA PÁ E OS
CORTADORES LATERAIS NÃO SE
ENCONTRAM DESGASTADOS.
1. Inspeccione os dentes do balde diaria-
mente para se certificar de que não exis-
tem eventuais desgastes ou quaisquer
fissuras.
2. Não deixe que os dentes do balde a subs-
tituir se desgastem até ao ponto em que o
adaptador do balde fique exposto. Ver
Figura 27.
NOTA: Estas instruções apenas se apli-
cam aos baldes OEM da
Daewoo. Caso utilize um balde Figura 271. PONTO, 2. ADAPTADOR E 3. PINO
de um outro fabricante, consulte
as suas instruções específicas.

INSPECCIONE AS LÂMINAS DA VENTOINHA


DO MOTOR

AVISO!
Poderão resultar lesões pessoais de uma
falha nas lâminas da ventoinha. Nunca
puxe ou force a ventoinha. Caso contrá-
rio, poderá provocar danos na(s)
lâmina(s) da ventoinha e conduzir a uma
avaria na ventoinha.

NOTA: Rode manualmente o veio de Figura 28


manivela fazendo uso de uma
chave inglesa na porca da polia
de accionamento auxiliar.
1. É necessário fazer uma inspecção diaria da ventoinha de arrefecimento. Verifique se encontra
rachas, parafusos soltos, aletas dobradas ou soltas e veja se há contacto entre as pontas da aleta e
a blindagem da ventoinha. Inspeccione a ventoinha para se certificar de que esta se encontra firme-
mente montada. Aperte os parafusos se for caso disso. Substitua qualquer ventoinha que se encon-
tre danificada.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-19


SISTEMA DE ADMISSÃO DE AR

ATENÇÃO!
Os componentes quentes do motor pode-
rão provocar queimaduras.
Evite o contacto com os componentes
quentes do motor.

1. Estacione a máquina em terreno nivelado,


baixe a amarração até ao solo, coloque a HAOA050L
alavanca de segurança para a posição Figura 29
”TRANCADA”, e páre o motor.
2. Inspeccione a mangueira de admissão do
motor e as uniões das tubagens para veri-
ficar o seu aperto e se apresentam danos.
3. Se estiverem danificadas, vincadas ou sol-
tas, substitua ou reaperte-as ou contacte o
vendedor Daewoo mais próximo.

IMPORTANTE
Poderão resultar danos graves no
motor caso se opere a máquina com
ar não filtrado.
Não caso de serem detectadas quais- Figura 30
quer fugas ou avarias no sistema de
admissão de ar não coloque o motor
em funcionamento.

INSPECCIONE A ESTRUTURA PARA VERIFICAR SE EXISTEM FISSURAS OU SOLDAGENS DEFEI-


TUOSAS

VERIFIQUE SE A ESTRUTURA NÃO APRESENTA RACHADURAS NEM SOLDADURAS A ABRIR.


1. Durante a inspecção visual diária e quando lubrificar a máquina, verifique se existem quaisquer indí-
cios de danos na máquina. Antes de operar a máquina, repare ou substitua quaisquer partes que
estejam danificadas.

VERIFIQUE O FUNCIONAMENTO DE TODOS OS INTERRUPTORES


1. Antes de colocar o motor em marcha, verifique se todos os interruptores se encontram em boas con-
dições de funcionamento.

VERIFIQUE O FUNCIONAMENTO DE TODAS AS LUZES EXTERIORES, DA BUZINA, DAS LUZES DE


CONTROLO E DOS INDICADORES DA CONSOLA DE CONTROLO
1. Rode a chave de ignição do motor para a posição "LIGADO" e observe todas as luzes indicadoras.
2. Repare ou substitua todas as lâmpadas das luzes indicadoras que não se acendam quando se rodar
a chave de ignição.
3. Apite a buzina. Repare-a ou substitua-a se necessário.

4-20 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


4. Acenda e inspeccione todas as luzes de trabalho exteriores. Substitua todos os interruptores avaria-
dos, lâmpadas fundidas, bolbos ou lentes rachados ou partidos.

COLOQUE O MOTOR EM FUNCIONAMENTO, VERIFIQUE A CAPACIDADE DE ARRANQUE, E


OBSERVE A COR DOS GASES DE ESCAPE DURANTE O ARRANQUE E À TEMPERATURA
NORMAL DE OPERAÇÃO. VERIFIQUE SE EXISTEM QUAISQUER RUÍDOS ESTRANHOS

VERIFIQUE O FUNCIONAMENTO DE TODOS OS COMANDOS

IMPORTANTE
A operação da máquina com tempo frio requer que o operador aqueça completamente o óleo
hidráulico antes de iniciar a operação da máquina. Respeite todas as instruções de
aquecimento descritas na secção das Instruções de Operação deste manual. Não se esqueça de
deixar o óleo circular através de todos os componentes, incluindo todos os cilindros
hidráulicos, ambos os motores de deslocação e o motor de rotação. O óleo hidráulico frio nas
tubagens e componentes do circuito hidráulico necessita de ser aquecido antes de se começar
a operar a máquina em pleno. O não cumprimento desta recomendação poderá resultar na
ocorrência de danos nos cilindros e nos motores hidráulicos.

1. Com o motor à velocidade nominal, accione todos os comandos.


2. Cumpra todos os procedimentos de aquecimento do sistema hidráulico com tempo frio.
3. Tenha atenção a eventuais funcionamentos anómalos ou movimentos estranhos. Detecte a causa
para o sucedido e repare a avaria antes de operar a máquina.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-21


CADA 50 HORAS DE OPERAÇÃO / SEMANALMENTE
EXECUTE TODAS AS VERIFICAÇÕES PREVISTAS NA MANUTENÇÃO DIÁRIA / CADA 10 HORAS
DE OPERAÇÃO

LUBRIFIQUE OS PINOS DA LANÇA, BRAÇO E ACESSÓRIO FRONTAL


Lubrifique a cada 10 horas durante as primeiras 100 horas de funcionamento e posteriormente a cada 50
horas de operação.
NOTA: Se a unidade tiver estado a trabalhar ou a funcionar em água a amarração frontal devia
ser lubrificada com uma periocidade de 10 horas / dia.
• Posicione a máquina tal como se indica na figura abaixo apresentada, arreie o acessório frontal
até ao chão e pare o motor
• Pressione o dispositivo de lubrificação e injecte massa lubrificante com a ajuda da pistola de
lubrificação no ponto assinalado
• Depois de terminar a lubrificação, limpe toda a massa lubrificante antiga que tenha sido pur-
gada.

HAOC150L
Figura 31

A. PINO INFERIOR DO CILINDRO HIDRÁU- G. PINO INFERIOR DO CILINDRO HIDRÁU-


LICO DA LANÇA (2 PONTOS) LICO DO BALDE (1 PONTO)
B. PINO DA BASE DA LANÇA (2 PONTOS) H. PINO DA JUNTA DE LIGAÇÃO DO
C. PINO DO TIRANTE DO CILINDRO BRAÇO (2 PONTOS)
HIDRÁULICO DA LANÇA (2 PONTOS) I. PINO DA JUNTA DE LIGAÇÃO (2 PON-
D. PINO DA BASE DO CILINDRO HIDRÁU- TOS)
LICO DO BRAÇO (1 PONTO) J. PINO DA JUNTA BRAÇO BALDE (2 PON-
E. PINO DA JUNTA BRAÇO LANÇA (2 PON- TOS)
TOS) K. PINO DA JUNTA DE LIGAÇÃO DO BALDE
F. TIRANTE DO CILINDRO HIDRÁULICO DO (2 PONTOS)
BRAÇO (1 PONTO) L. TIRANTE DO CILINDRO HIDRÁULICO DO
BALDE (1 PONTO)

4-22 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


A. Pino inferior do cilindro hidráulico da
Lança (2 pontos)

Figura 32
B. Pino da base da lança (2 pontos)
C. Pino do tirante do cilindro hidráulico da
lança (2 pontos)
D. Pino da base do cilindro hidráulico do
braço (1 ponto)

Figura 33
E. Pino da junta lança braço (2 pontos)

Figura 34
F. Tirante do cilindro hidráulico do braço (1
ponto)

Figura 35

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-23


G. Pino inferior do cilindro hidráulico do balde
(1 ponto)

Figura 36
H. Pino da junta de ligação do braço (2 pon-
tos)
I. Pino da junta de ligação (2 pontos)
J. Pino da junta braço balde (2 pontos)
K. Pino da junta de ligação do balde (2 pon-
tos)

Figura 37
L. Tirante do cilindro hidráulico do balde (1
ponto)

Figura 38
LUBRIFIQUE A CHUMACEIRA DE ROTAÇÃO
1. Baixe a amarração frontal até ao solo.
2. Existem três acessórios de lubrificação
para a chumaceira de rotação. Não lubrifi-
que em demasia. Purgue a massa lubrifi-
cante antiga com a aplicação da nova.
Retire toda a massa lubrificante purgada.

Figura 39

4-24 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


PURGUE A ÁGUA E OS SEDIMENTOS DO
FILTRO DE COMBUSTÍVEL
1. Abra a válvula de drenagem no fundo do
filtro de combustivel e escoe a água e o
sedimento para um recipiente adequado.
NOTA: Elimine os fluidos drenados em
conformidade com os regula-
mentos locais.

Figura 40
PURGUE A ÁGUA E OS SEDIMENTOS DO
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
1. Execute esta operação antes de trabalhar
com a máquina.
2. Purgue a água e o sedimento do fundo do
tanque de combustivel para um recipiente
adequado.
NOTA: Elimine os fluidos drenados de
acordo com os regulamentos
locais.
NOTA: Ateste sempre o tanque de
Figura 41
combustivel até cima ao fim de
cada dia de trabalho para evitar
a formação de condensação
nas paredes internas do tanque.

VERIFIQUE SE A CINTA DA VENTOINHA DO MOTOR TEM RACHADURAS, DESGASTE E UMA


TENSÃO CORRECTA (APÓS AS PRIMEIRAS 50 HORAS)
1. Inspeccione após terem decorrido as primeiras 50 horas de operação e posteriormente a cada 250
horas de funcionamento. Leia mais detalhes, Ver “Verifique a tensão da cinta da ventoinha do motor”
na página 4-27.

VERIFIQUE O ÓLEO DO MOTOR E O FILTRO (APÓS AS PRIMEIRAS 50 HORAS)


1. Mude o Filtro e o Óleo do Motor após decorridas as primeiras 50 horas de operação ou reconstrução
e posteriormente a cada 250 horas de funcionamento. Leia mais detalhes, Ver “Mude o Filtro e o
Óleo do Motor” na página 4-29.

INSPECIONE SE OS CONJUNTOS DA LAGARTA APRESENTAM UMA TENSÃO CORRECTA E SE


TÊM PEÇAS SOLTAS, GASTAS OU DANIFICADAS (JUNTAS, SAPATAS, ROLETOS, POLIAS
LOUCAS)
1. Diariamente, dê uma volta em redor da máquina para inspeccionar todos os componentes, incluindo
a estrutura das lagartas. Verifique se existem peças danificadas, com um desgaste excessivo ou em
falta. Ver “Tensão das Lagartas” na página 4-63.
2. Levante cada uma das lagartas com a ajuda de um macaco hidráulico e execute o teste do motor de
deslocação a duas velocidades.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-25


CADA 250 HORAS DE OPERAÇÃO / MENSALMENTE
PROCEDA A INSPECÇÕES TODAS AS 10 HORAS / DIA E 50 HORAS DE SERVIÇO

SUBSTITUA O ÓLEO DO DISPOSITIVO DE REDUÇÃO DE ROTAÇÃO (PURGUE E REABASTEÇA


APÓS AS PRIMEIRAS 250 HORAS)
NOTA: Substitua o óleo do dispositivo de redução de rotação após as primeiras 250 horas numa
máquina nova e todas as 1000 horas depois disso (Ver página 4-39).

LIMPE O ELEMENTO EXTERIOR DO FILTRO DE


AR DE DOIS ESTÁGIOS

02/05 [MO] 11:30A


AVISO!
2059 RPM
Nunca limpe ou tente retirar o elemento
do filtro de ar se o motor se encontrar em Air Cleaner
funcionamento.
Se utilizar ar comprimido para limpar o
CLOGGED!!
elemento, certifique-se que está equipado
ARO0210L
com protecção adequada para os olhos.
Figura 42
1. Localize o conjunto do filtro de ar. Retire a
tampa de acesso e retire o elemento exte-
rior (1, Figura 43) do conjunto do filtro de
ar.
NOTA: Se a luz avisadora (Figura 42)
acender no painel de instru-
mentos, é sinal de que se tem
de fazer a manutenção ao puri-
ficador de ar.
NOTA: Substitua o elemento exterior
do filtro de ar a cada 500 horas
/ 3 meses de operação.
Figura 43
2. Retire e limpe a válvula de descarga em
borracha (2, Figura 43) situada na parte
inferior do corpo do filtro de ar. Inspecci-
one as virolas de vedação para verificar se
estão gastas ou danificadas. Se necessá-
rio, substitua a válvula.

4-26 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


3. Limpe o filtro exterior aplicando ar compri-
mido na parte interior do filtro em direcção
ao exterior. Não utilize ar comprimido com
uma pressão superior a 205 kPa (30 psi).
4. Limpe o interior do invólucro do filtro de ar
e o interior da tampa do invólucro do filtro
de ar.
5. Volte a instalar adequadamente o filtro de
ar e a tampa. Aperte bem a porca de asa
manualmente. Não utilize quaisquer ferra-
mentas para apertar a porca de asa.
HAOC570L
Figura 44
VERIFIQUE A TENSÃO DA CINTA DA VEN-
TOINHA DO MOTOR
10mm/10kg

IMPORTANTE 10mm/10kg

Uma correia da ventoinha solta poderá


provocar o sobreaquecimento do motor,
um carregamento defeituoso do
alternador e/ou o desgaste prematuro da
correia. Uma correia demasiado esticada
poderá provocar danos na bomba de ASO0230L
água, rolamentos do alternador ou na Figura 45
própria correia.

1. Inspeccione a correia a cada 250 horas de


funcionamento. (Inspeccione após decorri-
das as primeiras 50 horas de operação.)
2. Com o motor desligado, verifique a tensão
da correia da ventoinha, pressionando a
correia para baixo, a meia distância entre
a polia da ventoinha e a polia do alterna-
dor. A correia deverá flectir cerca de 10
mm. Ver Figura 45. Para ajustar a correia,
desaperte os parafusos da placa de ajus-
tamento do alternador, ajuste a tensão da
correia e volte a apertar os parafusos.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-27


VERIFIQUE O DESGASTE DA CINTA DA
VENTOINHA DO MOTOR

AVISO!
Mantenha-se afastado da ventoinha do
motor e das correias accionadoras da
ventoinha enquanto o motor está a funci-
onar. O contacto com a ventoinha e a cor-
reia em rotação poderá provocar lesões.

Figura 46
AVISO!
Sempre que efectuar a verificação, ajusta-
mento ou substituição das correias accio-
nadoras, deverá ter muito cuidado para
evitar a paragem acidental do motor. Cer-
tifique-se que a ignição se encontra na
posição ”TRANCADA” e que os coman-
dos estão marcados com uma etiqueta de
aviso.

1. Substitua de imediato as cintas que estejam muito gastas, oleosas ou com muitas fissuras. Estas
condições impedem um funcionamento adequado da ventoinha. Inspeccione visualmente a correia.
Verifique se existem fissuras que se intersectem. As fissuras transversais (ao longo da largura da
correia) são aceitáveis. As fissuras longitudinais (na direcção do comprimento da correia) que inter-
sectam fissuras transversais não são aceitáveis. Substitua a correia caso esta se encontre desgas-
tada ou se apresentar partes de material em falta.
2. Antes de instalar as novas correias, certifique-se de que os entalhes das polias se encontram bem
limpos e não estão gastos. Substitua a polia, caso esta se encontre danificada, ou caso os entalhes
se encontrem gastos.
3. Todas as braçadeiras, eixos e chumaceiras de apoio da polia deverão encontrar-se em boas condi-
ções de funcionamento.
4. Quando substituir as correias e polias, será necessário verificar o alinhamento das polias com as
correias sob tensão e as braçadeiras firmemente apertadas. Um alinhamento incorrecto que possa
ser detectado a olho nu é bastante prejudicial para a performance da correia.
5. Não esforce as correias nos entalhes da polia forçando a sua instalação com a ajuda de uma chave
de fendas ou de um pé-de-cabra. Caso contrário irá provocar danos nas bordas laterais da correia, o
que fará com que as correias se virem, acabando por conduzir à destruição completa das correias
em operação.
6. As correias nas máquinas novas e as correias de substituição perdem a sua tensão à medida que
vão assentando nos entalhes da polia. Verifique a tensão das novas correias em intervalos de 50
horas até a tensão estabilizar, e posteriormente a cada 250 horas de funcionamento. Se a tensão
cair abaixo do mínimo necessário, a correia escorrega danificando as correias e os entalhes da
polia.
NOTA: Quando operar a máquina em condições abrasivas, verifique a tensão a cada 100 horas
de funcionamento.

4-28 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


MUDE O FILTRO E O ÓLEO DO MOTOR
NOTA: Mude o Filtro e o Óleo do Motor após decorridas as primeiras 50 horas de operação ou
reconstrução e posteriormente a cada 250 horas de funcionamento.

AVISO!
NÃO mude o óleo num motor quente. Deixe o motor arrefecer antes de tentar mudar o óleo do
motor e o filtro para evitar queimaduras ao tocar nas partes quentes do motor.

1. Coloque um recipiente grande por debaixo


do motor. Retire a tampa (1, Figura 47) e
instale uma mangueira (2) para escoar o
óleo do motor. Retire a mangueira (2) e
instale a tampa. (1).
NOTA: Elimine os fluidos drenados em
conformidade com os regula-
mentos locais.

Figura 47
2. Substitua o filtro de oleo do motorcom o
auxilio de uma chave inglesa para filtros.
O filtro do óleo do motor é do tipo de
enroscar. Ver Figura 48. Retire o filtro e
deite-o fora.
3. Instale um filtro novo. Aplique uma
pequena camada de óleo em redor da
junta do filtro. Aperte o filtro à cabeça do
motor até que a junta fique em contacto
com a cabeça do motor e rode o filtro mais
1/2 de volta.

Figura 48
4. Volte a encher o motor com o óleo cor-
recto através da abertura de enchimento
de óleo (Figura 49). Relativamente ao óleo
recomendado para as condições de ope-
ração vigentes, consulte a Tabela de
Lubrificação presente neste Manual de
Instruções.
NOTA: Ver “Capacidade de Líquidos”
na página 4-7. para capaci-
dade.
5. Coloque o motor em funcionamento e veri-
fique a luz indicadora da pressão do óleo
do motor.
Figura 49
6. Pare o motor. Verifique se existem alguns
indícios de fugas no filtro. Volte a verificar
o nível do óleo.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-29


VERIFIQUE O NIVEL DE OLEO NO DISPOSI-
TIVO REDUTOR DE DESLOCAÇÃO (DE
CADA LADO DA UNIDADE)

AVISO!
O óleo das engrenagens está muito
quente depois de a máquina ter sido
operada. Desligue todos os sistemas e
aguarde que os mesmos arrefeçam. Antes
de retirar completamente qualquer bujão
das aberturas de inspecção, armação do
motor, etc., desaperte o bujão lentamente Figura 50
para permitir que o ar sob pressão saia.

1. Certifique-se que a máquina se encontra em solo firme.


2. Rode a lagarta até que as aberturas (1 e 2, Figura 50) fiquem nas suas posições adequadas, tal
como indicado.
3. Retire o bujão de nivel de óleo (1, Figura 50).
4. Verifique o nivel do óleo. O óleo deve estar perto da abertura do bujão de nível.
5. Adicione óleo através da abertura do bujão de nivel, caso necessário.
6. Limpe e instale o bujão de nivel de oleo (1, Figura 50).
7. Repita este procedimento no outro dispositivo de redução da deslocação.

SUBSTITUA O ÓLEO NOS DISPOSITIVO REDUTOR DE DESLOCAÇÃO (UMA DE CADA LADO DA


UNIDADE) (APÓS AS PRIMEIRAS 250 HORAS)
NOTA: Purgue e reabasteça óleo após as primeiras 250 horas de serviço e todas as 1000 horas
depois disso (Ver página 4-40).

SUBSTITUA O FILTRO DE OLEO HIDRAULICO DE CIRCULAÇÃO TOTAL (APÓS AS PRIMEIRAS 250


HORAS)
NOTA: Substitua o filtro de óleo hidraulico de circulação total após as primeiras 250 horas de ser-
viço ou de reinstalação, depois no futuro todas as 500 horas. (Ver página 4-32)

MUDE O FILTRO PILOTO (DEPOIS DAS PRIMEIRAS 250 HORAS DE OPERAÇÃO)


NOTA: Substitua o filtro piloto após as primeiras 250 horas e de futuro todas as 500 horas (Ver
página 4-33).

INSPECIONE OS PINOS E BUCHAS DAS AMARRAÇÕES TERMINAIS DA FRENTE PARA VERIFI-


CAR A EXISTÊNCIA DE DESGASTES.

VERIFIQUE OS NIVEIS DE FLUIDO NAS BATERIAS E OS NÍVEIS DE CARGA DAS BATERIAS

INSPECCIONE PARA DETECTAR A EXISTÊNCIA DE QUAISQUER PORCAS OU PARAFUSOS SOL-


TOS OU EM FALTA

INSPECCIONE AS ABRAÇADEIRAS DA MANGUEIRA DO SISTEMA DE COMBUSTIVEL

4-30 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


CADA 500 HORAS DE OPERAÇÃO / TRIMESTRAL-
MENTE
EXECUTE TODAS AS VERIFICAÇÕES DE MANUTENÇÃO DIÁRIA (10 HORAS) E DE MANUTENÇÃO
A CADA 50 E 250 HORAS DE OPERAÇÃO

LUBRIFIQUE O CARRETO E A ENGRENAGEM DE ROTAÇÃO


1. Retire a tampa de inspecção e verifique o
estado da massa lubrificante. Certifique-
se de que não existe qualquer água ou
outras substâncias contaminantes.
NOTA: A estrutura superior deverá ser
ligeiramente rodada por forma
a que toda a superfície da
engrenagem de Rotação possa
ser lubrificada. Tenha muito cui-
dado quando executar esta
operação.

Figura 51
2. No caso de se detectar água ou outras
substâncias contaminantes, retire a tampa
de acesso inferior por forma a que os den-
tes das engrenagens possam ser cuidado-
samente limpos e lubrificados.
3. Depois de lubrificar os dentes da engrena-
gem volte a instalar as tampas de acesso.

Figura 52

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-31


SUBSTITUA O FILTRO DO ÓLEO HIDRÁULICO DE FLUXO COMPLETO
NOTA: Substitua o filtro de óleo hidraulico de circulação total após as primeiras 250 horas de ser-
viço e todas as 500 horas no futuro.

AVISO!
O óleo hidráulico encontra-se muito quente depois da operação normal da máquina. Aguarde
que o sistema arrefeça antes de tentar reparar qualquer um dos componentes hidráulicos.
O tanque hidráulico encontra-se sob pressão. Abra lentamente a tampa de ventilação do ar
hidraulico para permitir a saída do ar pressurizado. Depois de se ter libertado a pressão, já é
seguro retirar o bujão de enchimento ou as tampas de serviço ou então drenar a água do
tanque.

IMPORTANTE
Não se esqueça de limpar toda a sujidade e água da parte de cima do tanque hidráulico,
especialmente junto ao bujão de enchimento e às aberturas do filtro.

1. Posicione a máquina sobre uma superfície


firme e plana. Baixe a amarração frontal
até ao solo e páre o motor.
2. Abra lentamente a tampa de ventilação
para libertar a pressão interna.
3. Retire os parafusos (1, Figura 53) e a
tampa de serviço (2). Retire a mola (3), a
válvula (4) e a anilha (5) do elemento do
filtro (6).
4. Retire o elemento do filtro e elimine-o da
forma apropriada.
5. Instale um elemento do filtro novo e uma
nova anilha. Instale de novo a válvula e a
mola. Por fim volte a colocar a placa da
tampa de serviço.
6. Deixe o motor funcionar durante cerca de
10 minutos em marcha lenta sem carga de
modo a purgar o ar do sistema.
7. Pare o motor.
8. Verifique o nível no tanque de óleo hidráu- HAOC460P
lico. Se necessário, adicione óleo Figura 53

4-32 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


MUDE O FILTRO PILOTO
NOTA: Substitua o filtro piloto após as
primeiras 250 horas de serviço
e todas as 500 horas no futuro.

AVISO!
O óleo hidráulico encontra-se muito
quente depois da operação normal da
máquina.
Deixe que o sistema arrefeça antes de Figura 54
substituir o filtro piloto.

1. Posicione a máquina sobre uma superfície


firme e plana. Baixe a amarração frontal
até ao solo e páre o motor.
2. Abra lentamente a tampa de ventilação
para libertar a pressão interna.
3. Identifique o conjunto do filtro do sistema
piloto. Ver Figura 54.
4. Desaperte a lata (5, Figura 55) e retire a
anilha (3) e o cartucho do filtro (4).
NOTA: A lata encontra-se cheia de
óleo. Tenha muito cuidado
quando retirar este dispositivo.
5. Introduza um cartucho do filtro e uma ani-
lhas novos. Aplique uma pequena quanti-
dade de óleo em redor de toda a anilha e
volte a instalar o conjunto da lata na
cabeça do filtro (1, Figura 55).
6. Depois de substituir o filtro piloto, injecte ar HAOC480L
a partir da bomba e verifique o nível do Figura 55
tanque de óleo hidraulico.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-33


LIMPE O FILTRO DE AR CONDICIONADO
A unidade encontra-se equipada com um sistema de filtragem do ar que filtra a sujidade e as partículas de
pó do ar que é ventilado para a cabine do operador. Este filtro deve ser bem limpo.
NOTA: No caso de a unidade se encontrar a ser operada num ambiente poeirento, a limpeza e
substituição deste filtro deverão ser levadas a cabo mais frequentemente. Se o elemento
filtrante estiver danificado, substitua o filtro estragado por um novo.

AVISO!
Toda a manutenção e inspecção do sistema de ar condicionado deve ser realizada com a
ignição na posição de ”TRANCADA”.

AVISO!
Se utilizar ar comprimido para limpar o elemento, certifique-se que está equipado com
protecção adequada para os olhos.

NOTA: Todas as indicações prestadas com menção ao lado esquerdo e ao lado direito partem do
pressuposto de que o operador se encontra sentado no assento do operador e voltado
para a frente da máquina.
1. Rode a chave (1, Figura 56) para abrir a
capota (2, Figura 56) atras do assento do
operador.
2. Desligue as ligações do altifalante.
3. Retire a capota (2, Figura 56) da caixa tra-
seira. 1
4. Retire a tampa do filtro (3, Figura 56) da
unidade de ar condicionado. 2 3

HAAD3860
Figura 56
5. Retire o elemento do filtro (1, Figura 57) e
verifique se o mesmo apresenta quaisquer
indícios de danos.
6. Utilize ar comprimido para limpar o ele- 1
mento do filtro. Se o elemento do filtro se
encontrar muito sujo, utilize um sabão
suave ou detergente com água para efec-
tuar a sua limpeza.
NOTA: No caso de ter utilizado água
para limpar o filtro, certifique-se
de que este se encontra com-
pletamente seco antes de o vol-
tar a instalar.
NOTA: Quando voltar a montar o filtro,
instale-o de forma a que a seta
no cimo do filtro fique virada
para o interior da cabine. HAOO790L
Figura 57

4-34 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


LIMPE O RADIADOR, SERPENTINA DE
ARREFECIMENTO DE ÓLEO, ARREFE-
CEDOR INTERMÉDIO E O NÚCLEO DO
CONDENSADOR DE AR

AVISO!
Se for atingido directamente no corpo
com ar comprimido, vapor ou água, pode
ferir-se. Use sempre oculos de protecção,
máscara e sapatos de protecção. E certifi-
que-se que todo o restante pessoal se Figura 58
encontra afastado da área de serviço.

1. Certifique-se de que usa os acessórios de


protecção necessários (mascara, oculos
de protecção, sapatos de protecção, etc. )
durante as operações de limpeza.
2. Desaperte a(s) porcas de asa e retire a
rede do lixo da frente do arrefecedor de
óleo.

Figura 59
3. Retire as porcas de asa e a placa (Figura
60) existente entre o radiador e o arrefece-
dor de óleo.
4. Limpe o exterior do radiador e o arrefece-
dor de óleo e arrefecedor intermédio com
ar comprimido, vapor ou água. Lave a par-
tir do exterior do compartimento do motor
em direcção ao interior. Repita o processo
de limpeza a partir do interior do comparti-
mento do motor em direcção ao exterior,
por forma a remover toda a sujidade e
detritos acumulados.
Figura 60
NOTA: Limpe a rede do lixo e instale-a
depois de ter limpo o radiador,
o arrefecedor de óleo e o arre-
fecedor intermédio.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-35


5. Limpe o nucleo do condensador de ar condi-
cionado com ar comprimido, vapor ou água.

IMPORTANTE
Para evitar danos nos nucleos, apli-
que ar comprimido a uma distância
adequada. O nucleo estragado pode
causar derrame de água ou sobrea-
quecimento. Num local poeirento,
verifique o núcleo diariamente, inde-
pendentemente do periodo de manu-
tenção. Figura 61

SUBSTITUA OS ELEMENTOS EXTERIORES


E INTERIORES DO PURIFICADOR DE
AR

AVISO!
Nunca limpe ou tente retirar o elemento
do filtro de ar se o motor se encontrar em
funcionamento.

NOTA: Substitua o elemento interior


sempre que instalar um ele-
Figura 62
mento exterior novo.
1. Abra a porta de acesso na parte traseira
da cabine.
2. Retire a porca de asa e a tampa do purificador de ar.
3. Retire a porca de asa e o elemento exterior da caixa do purificador de ar.
4. Limpe a tampa do purificador de ar e a parte interna da caixa purificador de ar.
5. Retire a porca de asa e o elemento
interno.
6. Limpe o interior do invólucro do filtro de ar.
NÃO utilize ar comprimido para limpar o
invólucro do filtro.
7. Instale um elemento interior novo e fixe-o
na posição correcta com a ajuda da porca
de asas. NÃO limpe e volte a reutilizar o
elemento interior.
8. Instale um elemento exterior novo e fixe-o
na posição adequada com a ajuda da
porca de asas.
Figura 63
9. Coloque novamente a tampa do filtro de
ar.
NOTA: Certifique-se de que todas juntas nas porcas de asas e vedações se encontram correcta-
mente instaladas e localizadas.

4-36 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


SUBSTITUA O FILTRO DE COMBUSTÍVEL

AVISO!
Substitua o filtro somente depois de deixar que o motor arrefeça. Tenha muito cuidado com os
perigos de deflagração de incêndios. Não fume.

1. Identifique o filtro do combustível no inte-


rior do compartimento do motor.
2. Coloque um pequeno reservatório por
debaixo do filtro de combustível. Despeje
o combustivel, abrindo a válvula de drena-
gem no fundo do filtro.
NOTA: Elimine os fluidos drenados em
conformidade com os regula-
mentos locais.
3. Desaperte o filtro de combustível da
cabeça do motor. Elimine o filtro de com-
bustível. Figura 64
4. Depois de limpar a abertura do filtro na
cabeça do motor instale um filtro novo.
Aperte o filtro à cabeça do motor até que a
junta fique em contacto com a cabeça do
motor e rode o filtro mais 1/3 - 1/2 de volta.
NOTA: Cubra a junta do filtro de com-
bustível com combustível.
NOTA: Encha o filtro de combustível
com combustível limpo. Desta
forma ajudará a reduzir a ferra-
gem do sistema de combustí-
vel.
5. Coloque o motor em marcha. Depois de o
motor funcionar durante alguns minutos,
pare o motor e verifique se existem alguns
indícios de fugas.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-37


Ferre o sistema de combustivel
Se o motor não arrancar poderá ser necessário
ferrar o sistema de combustível. Para ferrar o
sistema de combustível, utilize os seguintes
procedimentos;
1. Desaperte o bujão (Figura 65) situado no
topo da cabeça do filtro de combustivel.

Figura 65
2. Desaperte e bombeie a bomba manual de
ferragem (Figura 66) ao lado da bomba de
injecção de combustivel. Bombeie a
bomba de ferragem até que o combustível
chegue à abertura do bujão na cabeça do
filtro de combustível.
3. Aperte o bujão na cabeça do filtro de com-
bustível.
4. Continue a bombear a bomba de ferragem
até sentir uma forte resistência. Aperte o
botão da bomba de ferragem novamente
até ao cárter.
Figura 66
5. Coloque o motor em marcha e verifique se
existem alguns indícios de fugas.
6. Repita o procedimento descrito caso seja
necessário.

4-38 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


CADA 1000 HORAS DE OPERAÇÃO / TRIMESTRALMENTE
EXECUTE TODAS AS VERIFICAÇÕES DE MANUTENÇÃO DIÁRIA (10 HORAS) E DE MANUTENÇÃO
A CADA 50, 250 E 500 HORAS DE OPERAÇÃO

LUBRIFIQUE O DISPOSITIVO REDUTOR DE


ROTAÇÃO
1. Assente a união da frente no solo.
2. Remova o bujão de saída de ar(Figura 67)
do dispositivo redutor de rotação.

Figura 67
3. Carregue no adaptador de lubrificante e
injecte lubrificante com a respectiva pis-
tola no ponto marcado. (Figura 68)
4. Volte a instalar o bujão de saída de ar no
dispositivo redutor de rotação.

Figura 68
MUDE O ÓLEO DO DISPOSITIVO DE REDU-
ÇÃO DA ROTAÇÃO
NOTA: Substitua o óleo do dispositivo
redutor de rotação após as pri-
meiras 250 horas numa
máquina nova e todas as 1000
horas dali em diante.

AVISO!
O óleo das engrenagens está muito
quente depois de a máquina ter sido Figura 69
operada. Desligue todos os sistemas e
aguarde que os mesmos arrefeçam.

1. Coloque um reservatório por debaixo da escavadora.


2. Abra o bujão de drenagem (Figura 69).
NOTA: Elimine os fluidos drenados em conformidade com os regulamentos locais.
3. Depois de purgar o óleo feche o bujão de drenagem.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-39


4. Remova a tampa de respiração/enchi-
mento (2, Figura 70) e adicione óleo até à
marca ”H” (maximo) da vareta de medição
(1, Figura 70)

Figura 70
MUDE O ÓLEO DO DISPOSITIVO REDUTOR
DE DESLOCAÇÃO (UM DE CADA LADO
DA UNIDADE)

AVISO!
O óleo das engrenagens está muito
quente depois de a máquina ter sido
operada. Desligue todos os sistemas e
aguarde que os mesmos arrefeçam. Antes
de retirar completamente qualquer bujão
das aberturas de inspecção, armação do Figura 71
motor, etc., desaperte o bujão lentamente
para permitir que o ar sob pressão saia.

NOTA: Purgue o óleo após decorridas as primeiras 250 horas de operação e posteriormente a
cada 1000 horas de funcionamento.
1. Certifique-se que a máquina se encontra em solo firme.
2. Rode a lagarta até que as aberturas (1 e 2, Figura 71) fiquem nas suas posições adequadas, tal
como indicado.
3. Coloque um recipiente debaixo do bujão de drenagem (2, Figura 71) e remova os bujões (1 e 2) para
purgar o fluido do motor de deslocação.
NOTA: Elimine os fluidos drenados em conformidade com os regulamentos locais.
4. Instale o bujão de drenagem (2, Figura 71). Ateste de novo com fluido o reservatório do motor de
deslocação através da portinhola de nivel (1) até que o nível do fluido atinja a portinhola (1). Instale o
bujão de nivel (1).
NOTA: Ver “Capacidade de Líquidos” na página 4-7. para capacidade.
5. Repita este procedimento no outro dispositivo de redução de deslocação.

4-40 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


MUDE O LÍQUIDO DE REFRIGERAÇÃO DO
RADIADOR

AVISO!
1. Deixe que o motor arrefeça antes de
retirar o tampão do radiador. Não se
esqueça de desapertar lentamente o
tampão para libertar alguma pres-
são ainda existente.
2. A limpeza do radiador é executada
enquanto o motor se encontra em fun- Figura 72
cionamento. Tenha muito cuidado
quando trabalhar num motor em funci-
onamento ou em locais na sua proxi-
midade. Não se esqueça de travar as
alavancas de comando e de colocar
uma etiqueta nas alavancas para infor-
mar todo o pessoal de que estão em
curso os trabalhos de manutenção.
3. Não retire o tampão do radiador
excepto quando necessário. Verifi-
que o nível do liquido de refrigeração
no tanque de recuperação de liquido
de refrigeração.

1. Desaperte lentamente o tampão do radia-


dor de modo a permitir que qualquer pres-
são ainda existente seja libertada.
1
2. Coloque um reservatório por debaixo do
radiador e abra a válvula de purga (Figura
72).
NOTA: Elimine os fluidos drenados em 2
conformidade com os regula-
mentos locais.
3. Abra as válvulas de corte do aquecedor (1
e 2, Figura 73) de modo a permitir que o
líquido de refrigeração seja purgado do ASO0330L
núcleo do aquecedor. Figura 73
4. Retire o bujão de purga do líquido de refri-
geração (Figura 74) do motor.
5. Instale o bujão de purga e a válvula de
purga depois do líquido de refrigeração ter
sido completamente drenado do sistema.
6. Encha o sistema de refrigeração com uma
solução de lavagem.
7. Deixe o motor funcionar em marcha lenta
sem carga até que o indicador do manó-
metro da temperatura do líquido de refri-
geração alcance a "ZONA VERDE". Deixe
o motor funcionar durante cerca de mais
10 minutos. Figura 74

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-41


8. Pare o motor e aguarde que este arrefeça.
9. Drene o líquido de lavagem e encha o sistema com água.
10. Coloque novamente o motor em funcionamento e deixe que a água circule completamente em todo o
sistema.
11. Drene a água e encha o sistema com uma mistura anticongelante adequada à temperatura ambi-
ente. Consulte a tabela de concentração do líquido de refrigeração. (Ver página 4-42)
12. Coloque o motor em funcionamento sem o tampão do radiador instalado, por forma a que o ar seja
purgado do sistema. Encha o radiador até acima.
13. Purgue e volte a encher o tanque de recuperação de liquido e refrigeração do radiador.

TEMPERATURA AMBIENTE ÁGUA DE REFRIGERAÇÃO ANTICONGELANTE

-10°C 80% 20%


-15°C 73% 27%

-20°C 67% 33%

-25°C 60% 40%

-30°C 56% 44%

-40°C 50% 50%

LIMPE O RALO DE ASPIRAÇÃO DA BOMBA


DE FERRAGEM DE INJECÇÃO DE
COMBUSTÍVEL
1. Remova o encaixe, tubagem de enchi-
mento e o filtro da parte lateral da bomba
de ferragem.
2. Limpe o ralo de aspiração.
3. Coloque o ralo de aspiração na bomba de
ferragem e instale de novo as tubagens de
combustível e o encaixe.

Figura 75

4-42 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VERIFIQUE O REFRIGERANTE DO AR CONDICIONADO

AVISO!
A mistura do fumo do tabaco com o fréon é mortal.
Não fume enquanto repara ou recarrega o sistema de ar condicionado.

1. Faça trabalhar o motor a uma velocidade


aproximada de 1800 rpm. Faça-o trabalhar
durante um tempo minimo de 10 minutos
para estabilizar o sistema.
2. Carregue na velocidade ”MAXIMO” da
ventoinha para regular a admissão
máxima de ar.
3. Coloque o interruptor de comando da tem-
peratura na posição maxima de frio.
4. Carregue no interruptor ”Circulação
interna de ar”.
Figura 76
5. Compare o fluxo de bolhas no visor do
secador receptor com os desenhos da
tabela que se segue.

ATENÇÃO!
Excesso de liquido de refrigeração pode causar uma alta pressão perigosa e prejudicar a acção
de arrefecimento; e um baixo nível de liquido de refrigeração pode causar danos no
compressor.
Mantenha sempre o liquido de refrigeração a um nível apropriado.

Quantidade
de líquido de Aspecto do manómetro indicador de nível Soluções
refrigeração

Quase limpo.
Normal As bolhas desaparecem.

Carregue o sistema com a


quantidade correcta de liquido de
Muitas Não se vê qualquer bolha.
refrigeração HFC-134a ou
elimine-lhe o excedente.

Baixo É visível um fluxo de bolhas.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-43


VERIFIQUE E REGULE O MOTOR **
Contacte o seu revendedor de escavadoras Daewoo mais próximo.
Distribuidor do motor para verificar e ajustar os seguintes itens:
• Pressão de Compressão do Motor.
• Pressão de injecção.
• Temporização da Injecção.

4-44 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


CADA 2000 HORAS DE OPERAÇÃO / ANUALMENTE
EXECUTE TODAS AS VERIFICAÇÕES DE MANUTENÇÃO DIÁRIA (CADA 10 HORAS) E DE MANU-
TENÇÃO A CADA 50, 250, 500 E 1,000 HORAS DE OPERAÇÃO

VERIFIQUE O ALTERNADOR E A IGNIÇÃO **


** Estas verificações deverão ser efectuadas por um distribuidor.

VERIFIQUE TODAS AS GUARNIÇÕES DE BORRACHA ANTI-VIBRAÇÃO E ANTI-CHOQUE

EXECUTE E REGISTE OS RESULTADOS DOS TESTES DA DURAÇÃO DO CICLO

INSPECIONE A MÁQUINA PARA VER SE ENCONTRA RACHADURAS OU SOLDADURAS ESTALA-


DAS OU OUTROS DANOS NA ESTRUTURA

VERIFIQUE, A FOLGA DA VÁLVULA DE REGULAÇÃO **

VERIFIQUE OS BINÁRIOS DOS PARAFUSOS DE CABEÇA

MUDANÇA DE ÓLEO HIDRAULICO E LIM-


PEZA DO FILTRO DE SUCÇÃO

AVISO!
O óleo hidráulico encontra-se muito
quente depois da operação normal da
máquina. Aguarde que o sistema arrefeça
antes de tentar reparar qualquer um dos
componentes hidráulicos.
O tanque hidráulico encontra-se sob pres- ARO1760L
são. Desaperte a tampa de ventilação para Figura 77
permitir a saída do ar pressurizado.
Depois de se ter libertado a pressão, já é
seguro retirar o bujão de enchimento ou
as tampas de serviço.

IMPORTANTE
Não se esqueça de limpar toda a sujidade e água da parte de cima do tanque hidráulico,
especialmente junto ao bujão de enchimento e às aberturas do filtro.
O periodo de intervalo para mudança do óleo é de 2.000 horas, só quando se usa óleo original
Daewoo. Caso se usem outras marcas, o periodo de intervalo garantido para a mudança do óleo
é de 1.000 horas.

NOTA: Dependendo do tipo de escavações que estão a ser executadas, das condições de traba-
lho (extremamente quentes ou poeirentas) e dos acessórios da extremidade frontal adici-
onais que estão a ser utilizados (britadeira hidráulica, etc.), poderá ser necessário mudar
o líquido hidráulico com maior frequência.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-45


1. Posicione a máquina sobre uma superfície
firme e plana. Rode a estrutura superior
por forma a que fique perpendicular (90°)
às lagartas. Arreie a lança e coloque o
balde no chão tal como se indica na Figura
78.
2. Pare o motor depois de colocar a alavanca
de segurança na posição "BLOQUEADA".
3. Liberte o ar sob pressão do tanque hidrau-
lico, rodando a tampa de saída de ar (1,
Figura 81).
HAOC390L
Figura 78
4. Purgue o óleo hidráulico do tanque para
um reservatório com a capacidade sufici-
ente para guardar 500 litros (132 galões
EUA). Depois de purgar o tanque hidráu-
lico, volte a instalar o bujão de purga.

IMPORTANTE
Depois de purgar o tanque hidráu-
lico, volte a instalar o bujão de purga.

NOTA: Deve-se sempre eliminar o filtro Figura 79


usado e o óleo usado em con-
formidade com os regulamen-
tos locais.
5. Retire cuidadosamente os parafusos e a
tampa (2, Figura 81) da parte de cima do
tanque de óleo hidráulico. Há uma mola
(3) debaixo da tampa que a impulsiona
para abrir.
6. Retire a mola (3, Figura 81) e o filtro (5),
puxando a haste (4).
A
7. Limpe a superfície interior e exterior do fil-
tro. Substitua o filtro caso este se encontre
partido.
8. Coloque o filtro (5, Figura 81) na parte
saliente do tubo de aspiração (6).
NOTA: A medida A é de 627,5 mm.

HAOC411L
Figura 80

4-46 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


9. Encha o tanque de óleo hidráulico. Verifi-
que o nível usando o visor na parte lateral 1
do tanque. 2
10. Coloque a mola (3, Figura 81) na haste (4)
e instale a tampa (2).
11. Depois de substituir e limpar o óleo hidráu-
lico, elemento do filtro e filtro de aspiração,
purgue o ar do sistema. Ver “Ventilação e 3
Ferragem do Sistema Hidráulico” na
página 4-49.
4
IMPORTANTE
Sempre que se utilizar a britadeira
hidráulica, devido à maior quanti-
dade de calor que é gerada por esta 5
unidade, deverá usar os intervalos
de substituição recomendados na
secção “Intervalos de Manutenção
6
do Filtro e do Óleo hidráulico” na
página 3-35.

12. Verifique o nível do tanque de óleo hidrau-


lico. (Ver página 4-13)

ARO1720L

Figura 81

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-47


CADA 4000 HORAS DE OPERAÇÃO / DE DOIS EM
DOIS ANOS
PEÇAS MAIORES - SUBSTITUIÇÃO PERIÓDICA
Para assegurar uma boa operação e funcionamento, proceda periodicamente a inspecções. Da mesma
forma, para aumentar a segurança, substitua as peças abaixo indicadas. Estas peças são aquelas que
estão mais sujeitas ao desgaste, calor e fadiga. Substitua estas peças por outras novas dentro dos espa-
ços de tempo indicados, mesmo que as peças velhas pareçam boas.
Substitua sempre todas as peças directamente relacionadas entre si como sejam juntas e anilhas. Utilize
apenas peças genuínas do fabricante do equipamento.

COMPONENTES MAI- DESIGNAÇÃO DAS PEÇAS A SEREM SUBSTI- ALTURA EM QUE


ORES TUÍDAS PERIODICAMENTE DEVEM SER SUBSTI-
TUÍDAS

MOTOR Mangueira do combustivel (do tanque para o 2 anos ou 4.000 horas


separador de água) de operação

Mangueira de combustivel (do separador de água


para a bomba de injecção de combustivel)
Mangueira de combustível (do tanque para a
bomba de injecção de combustível)

Mangueira do Aquecedor (do aquecedor para o


motor)

Mangueira do Aquecedor (do aquecedor para o


radiador)

Mangueira do ar condicionado

SISTEMA CORPO Mangueira de aspiração da bomba


HIDRÁU-
LICO Mangueiras de descarga da bomba
Mangueiras laterais de derivação da bomba

Mangueiras do motor de rotação

Mangueiras do motor de deslocação

DISPO- Mangueiras de linha do cilindro da barragem


SITIVO
DE Mangueiras de linha do cilindro do braço
TRABA- Mangueiras de linha do cilindro do balde
LHO

4-48 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


VENTILAÇÃO E FERRAGEM DO SISTEMA HIDRÁU-
LICO
BOMBA DO SISTEMA HIDRÁULICO
NOTA: Se a bomba estiver a funcionar
sem a quantidade de óleo sufi-
ciente na bomba hidráulica
principal, poderão ocorrer
danos. Depois de drenar o sis-
tema hidráulico, purgue sempre
o ar da bomba.
1. Com o motor parado, retire a válvula de
ventilação (Figura 82) para verificar se tem
óleo.
2. Se não houver óleo, encha a bomba com Figura 82
óleo através da portinhola (Figura 82).
3. Instale primeiro a válvula de ventilação
(Figura 82).
4. Arranque o motor e faça-o trabalhar
durante alguns minutos em ponto morto.
Isto irá pressurizar o o tanque e o sistema
de óleo hidraulico.
5. Desaperte lentamente o ventilador (Figura
82) dando-lhe várias voltas até que o o
óleo hidraulico saia pelo ventilador. Isto é
sinal de que o ar foi libertado.
6. Aperte o bujão (Figura 82).

CILINDROS HIDRÁULICOS

IMPORTANTE
Se os cilindros hidráulicos forem operados à carga máxima depois de o sistema hidráulico ter
sido drenado ou o cilindro ter sido reparado, poderão ocorrer danos nas vedações hidráulicas e
no corpo dos êmbolos. Purgue sempre o ar dos cilindros hidráulicos a uma carga mínima e com
uma velocidade baixa.

1. Deixe o motor funcionar em marcha lenta sem carga. Estenda e retraia 4 ou 5 vezes cada um dos
cilindros hidráulicos até uma distância de 100 mm (4 polegadas) do fim de curso.
2. Accione cada um dos cilindros cerca de 3 ou 4 vezes, estendendo-o ou retraindo-o totalmente até ao
fim de curso.
3. Repita estes procedimentos até que a extensão e retracção dos cilindros hidráulicos se faça de uma
forma suave.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-49


MOTOR DE ROTAÇÃO

IMPORTANTE
Se o ar não for purgado do sistema,
poderão ocorrer danos nos rolamentos da
chumaceira e no motor de Rotação.

NOTA: Execute estes procedimentos


apenas quando já se tiver dre-
nado o óleo do motor de Rota-
ção. Figura 83
1. Pare o motor.
2. Desligue a mangueira de drenagem e encha o cárter do motor de Rotação com óleo hidráulico.
3. Ligue novamente a mangueira de drenagem.
4. Coloque o motor em funcionamento e ajuste a aceleração para "MARCHA LENTA"; rode lentamente
a estrutura superior duas voltas completas para a esquerda e para a direita.

PURGA DO AR DO MOTOR DE DESLOCA-


ÇÃO
NOTA: Execute estes procedimentos
apenas quando já se tiver dre-
nado o óleo do motor de Rota-
ção
1. Pare o motor
2. Desligue a mangueira de drenagem
(Figura 84) e encha o reservatório do
motor com óleo hidraulico.
3. Ligue novamente a mangueira de drena-
Figura 84
gem.
4. Coloque o motor em marcha e ajuste o
botão de controlo da velocidade do motor para ”MARCHA LENTA”. Faça trabalhar o motor um
minuto e faça a escavadora avançar e recuar lentamente.

VENTILAÇÃO GERAL
1. Depois de purgar o ar de todos os componentes, desligue o motor e verifique o nível do óleo hidráu-
lico. Encha o tanque de óleo hidráulico até à marca "H“ existente no manómetro indicador de nível.
2. Coloque o motor em marcha e accione novamente todos os comandos, deixe que o motor funcione
durante cerca de 5 minutos para garantir que todo o sistema adequadamente ventilado e que todo o
ar foi purgado. Desligue o motor e verifique novamente o nível do óleo hidráulico. Adicione óleo caso
seja necessário.
3. Verifique se existem algumas fugas de óleo e limpe todos os locais de enchimento e ventilação.

4-50 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


FUNCIONAMENTO DO ACUMULADOR

AVISO!
Não obstante o motor se encontrar parado, os acumuladores hidráulicos do sistema piloto
ainda se mantêm carregados. Não desligue nenhuma mangueira do sistema piloto até que a
pressão do acumulador tenha sido totalmente libertada do circuito. Para libertar a pressão, rode
a ignição para a posição ”I” (LIGADO) e movimente todas as alavancas de comando hidraulico e
alavancas de deslocação para avanço e recuo. Apesar de o motor se encontrar desligado, os
componentes accionados hidraulicamente podem mover-se enquanto se liberta a pressão do
sistema piloto. Mantenha todo o pessoal afastado da escavadora enquanto executa esta
operação.
• Logo após parar o motor, coloque a alavanca de segurança na posição
"BLOQUEADA".
• NÃO submeta o(s) acumulador(es) a manuseamentos incorrectos. Trata-se de
equipamentos muito perigosos dado que contêm gás azoto a alta pressão.
• NÃO perfure o acumulador nem o submeta a calor excessivo ou a chamas a
descoberto.
• NÃO faça trabalhos de soldadura sobre o acumulador, ou tente prender seja o que for
a este.
• Quando substituir um acumulador, contacte um distribuidor Daewoo ou um
revendedor autorizado para que o gás possa ser adequadamente libertado.
• Quando trabalhar num acumulador, use sempre óculos protectores e luvas de
protecção. O óleo hidráulico sob pressão poderá penetrar na pele e provocar lesões
graves.

Liberte a pressão do acumulador do sistema


piloto usando os seguintes procedimentos;
1. Arreie o acessório frontal (balde) até ao
solo.
2. Pare o motor.
3. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção "DESTRAVADA".
4. Rode a chave de ignição para a posição
"LIGADO".
5. Accione as alavancas de serviço e deslo-
cação até ao fim do seu curso em todas as Figura 85
direcções.
6. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção “BLOQUEADA”.
7. Retire o acumulador desapertando-o
muito lentamente.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-51


BOMBA DE TRASFEGA DE COMBUSTÍVEL (OPÇÃO)

AVISO!
1. Não faça funcionar a bomba de combustível em seco durante mais do que 15 segundos.
• A refrigeração e lubrificação da bomba são obtidas pela passagem do combustível
através da bomba. No caso de a bomba ser operada em seco, o calor produzido pelos
componentes em movimento irá provocar danos nas vedações hidráulicas, palhetas e
rotores da bomba. De modo a evitar o desgaste e/ou danos desnecessários na bomba,
não opere a bomba de combustível em seco durante mais do que 15 segundos.
2. Não opere a bomba durante mais do que 15 minutos de cada vez.
• A continuação da utilização da bomba para além do intervalo de tempo recomendado
irá provocar o sobreaquecimento do motor que poderá conduzir a danos no mesmo.
3. Não utilize a bomba de reabastecimento para outros tipos de combustível ou de líquidos.
(Utilize apenas combustível do tipo gasóleo.)
• Não utilize a bomba de reabastecimento para outros tipos de combustível que pos-
suam um ponto de ignição baixo.
• Não utilize a bomba de reabastecimento para trasfegar combustível contaminado com
água ou com alto teor de humidade. A humidade nos mecanismos da bomba poderá
provocar corrosão e dar origem a avarias na bomba.
4. Opere sempre a bomba com o ralo de aspiração instalado na mangueira de admissão.
Desta forma evitará que quaisquer materiais estranhos possam entrar na bomba. Mantenha
sempre a bomba e todos os seus componentes em boas condições de limpeza.
• No caso de entrar sujidade ou outros materiais estranhos na bomba, estes poderão
ficar entalados entre o rotor e/ou as palhetas e provocar um aumento da temperatura
que poderá conduzir a danos na bomba.
• Não retire o ralo de aspiração ou utilize um ralo de aspiração com uma malha muito
larga para aumentar o fluxo de combustível.
5. Tenha cuidado para não encher o tanque de combustível em demasia ou derramar combus-
tível.
6. Certifique-se de que a direcção de passagem da válvula anti-retorno se encontra em har-
monia com a direcção do fluxo de combustível.
7. No caso de quaisquer peças ou componentes da bomba estarem em falta, danificadas ou
avariadas, substitua-as imediatamente por peças ou componentes novos.

IMPORTANTE
No caso de existirem alguns indícios de fugas durante a operação da bomba de trasfega, ins-
peccione os seguintes componentes por forma a evitar quaisquer incêndios ou derrames de
combustível perigosos.
• Inspeccione todas as mangueiras que ligam e que partem da bomba de trasfega.
• Verifique todas as braçadeiras das mangueiras.
• Verifique a abertura de admissão da bomba de trasfega.

Esta bomba de trasfega é normalmente utilizada para transferir combustível de uma fonte de reabasteci-
mento para o tanque de combustível. É instalada uma válvula de controlo na mangueira de admissão para
evitar que o combustível retroceda do tanque de combustível para a fonte. Na mangueira de admissão
encontra-se igualmente instalado um ralo de aspiração para evitar que materiais estranhos possam entrar
na bomba de trasfega ou no tanque de combustível.
Um limitador térmico, incorporado no motor, irá desligar automaticamente a alimentação caso o motor
fique em sobreaquecimento como forma de o proteger contra eventuais danos.

4-52 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


COMBUSTÍVEL TANQUE DE COMBUSTÍVEL

HAOP551L
Figura 86

1. CORPO 4. TAMPA DO FILTRO


2. VÁLVULA DE VERIFICAÇÃO 5. MANGUEIRA DE ADMISSÃO
3. FILTRO

1. Retire a tampa do filtro (4, Figura 86) do


filtro (3) na extremidade da mangueira de
admissão (5).
NOTA: Mantenha a tampa do filtro (4,
Figura 86) num local seguro
para voltar a vedar o filtro (3)
assim que o reabastecimento
tiver terminado.
2. Introduza a mangueira de admissão (5,
Figura 86) no tanque de reabastecimento.
3. Ligue o interruptor da bomba de combusti-
vel (Figura 87) no interior da caixa de Figura 87
bateria na parte dianteira para a posição
LIGADO.
NOTA: A velocidade de trasfega da bomba é de aprox. 35 litros/minuto. Tenha muito cuidado para
não encher o tanque de combustível em demasia para evitar que o combustível possa
derramar-se.
4. Assim que a trasfega de combustível tenha terminado, desloque imediatamente o interruptor para a
posição ”DESLIGADO” afim de parar a bomba.
5. Levante a mangueira de admissão (5, Figura 86) da fonte de reabastecimento e desloque o interrup-
tor para a posição ”LIGADO” durante cerca de 2~3 segundos para drenar o combustível remanes-
cente da mangueira para o tanque de combustível.
6. Instale a tampa do filtro (4, Figura 86) no filtro de de admissão (3) e volte a colocar a mangueira na
posição de descanso (5).

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-53


SISTEMA ELÉCTRICO
NOTA: Nunca desmonte quaisquer componentes eléctricos ou electrónicos. Antes de efectuar
qualquer intervenção, consulte um distribuidor DAEWOO ou um revendedor autorizado.

BATERIA

AVISO!
O electrolito da bateria contém acido sulfurico que pode queimar a pele ou corroer as roupas. Se
entornar acido em cima de si, passe de imediato a zona atingida com água corrente.
O ácido da bateria pode provocar cegueira se atingir os olhos. Se lhe saltar ácido para os olhos,
lave-os acto contínuo com água abundante e consulte o médico de imediato.
Se acidentalmente ingerir ácido, beba uma grande quantidade de água ou leite, ovos batidos ou
óleo vegetal. Chame o médico ou o serviço de prevenção de envenenamentos de imediato.
Quando se encontrar a trabalhar com baterias, use sempre oculos de protecção.
As baterias produzem gás nitrogénio, havendo assim perigo de explosões. Não traga cigarros
acesos para perto da bateria ou faça qualquer serviço que provoque faíscas.
Antes de trabalhar com baterias, páre o motor e coloque a ignição na posição DESLIGADA.
Evite produzir curtos circuitos nos terminais da bateria, tocando-lhes acidentalmente com
objectos metálicos, tais como ferramentas.
Quando estiver a retirar ou a instalar uma bateria, verifique qual é o terminal positivo (+) e o
negativo (-).
Quando estiver a retirar uma bateria, desligue primeiro o terminal negativo (-). Quando estiver a
instalar uma bateria, ligue primeiro o terminal positivo (+).
Se os terminais estiverem soltos, corre-se o perigo que este contacto deficiente produza faíscas
que podem originar uma explosão. Ao instalar os terminais, aperte-os bem.

Baterias com tempo frio


Com tempo frio é colocado um dreno maior nas baterias sempre que estas são utilizadas para o ciclo de
pré-aquecimento e quando se arranca um motor frio. O rendimento da bateria diminui à medida que as
temperaturas ficam mais baixas.
Com tempo extremamente frio, retire as baterias à noite e desloque-as para um local mais quente. Desta
forma conseguirá manter as baterias a um nível de carga maior.

4-54 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


Inspecção do nível do electrólito da bateria.
Esta máquina tem duas baterias sem manuten-
ção. Nunca é necessário adicionar-lhes água.
Quando o indicador de carga fica transparente,
isso significa que o electrolito está baixo devido
a existência de fugas ou a um erro no sistema
de carga. Descubra a causa do problema e
substitua as baterias de imediato.

Verificação do estado de carga


HAOC660L
Verificação do estado de carga através do indi-
Figura 88
cador de carga.
• VERDE: suficientemente carregada.
• PRETO: insuficientemente carre-
gada.
• TRANSPARENTE: Substitua a bate-
ria.

Verificação dos Terminais da Bateria


Assegure-se de que a bateria está bem fixa no
seu compartimento. Limpe os terminais da
bateria e as ligações do cabo da bateria. Para
neutralizar o ácido na superficie da bateria, ter-
minais e ligações do cabo utilize uma solução
de bicarbonato de sodio e água. Pode-se apli-
car massa ou geleia lubrificante nas conexões
para evitar a corrosão.

Substituição da bateria
Quando o indicador de carga apresenta um Figura 89
estado transparente, substitua a bateria. As
baterias devem ser sempre substituídas aos
pares.
A utilização de uma bateria antiga em conjunto
com uma bateria nova poderá encurtar a vida
útil da bateria nova.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-55


FUSÍVEIS
1. Os fusiveis existentes na caixa de fusíveis
servem para proteger os diversos circuitos
electricos e os seus componentes de
O X
quaisquer danos. Ver Figura 90. Os fusí-
veis utilizados são fusíveis do tipo padrão,
semelhantes aos utilizados nos automó-
veis.
2. A secção sobre “Identificação dos fusiveis”
na página 4-57, apresenta uma lista dos
circuitos e da amperagem dos fusiveis
necessários para cada circuito. Se um HAOC670L
fusível se fundir, tente descobrir qual a
causa para o sucedido e repare quaisquer Figura 90
falhas ou avarias.
3. NÃO coloque um fusível com uma ampe-
ragem superior numa ranhura com uma
amperagem mais baixa. Caso contrário
poderão resultar danos graves nos com-
ponentes eléctricos ou a eventual defla-
gração de um incêndio.

ATENÇÃO!
Antes de substituir o fusível,
certifique-se de colocar a ignição
para a posição DESLIGADO.

Caixas de fusíveis
Existem duas caixas de fusíveis (1 e 2, Figura
91) do lado esquerdo da caixa de aquecimento.
Os fusíveis evitam que os dispositivos eléctricos
possam sofrer eventuais sobrecargas ou curto-
circuitos.
1
Um autocolante colado no interior da tampa de
caixa de fusíveis indica a função e a ampera-
gem de cada fusíve.
2
No interior da caixa de fusiveis estão montados
fusiveis sobressalentes.
Mude um fusível se o elemento se separar. Se o
elemento de um fusível novo se separar, verifi-
que o circuito e repare-o.

ATENÇÃO! ARO0620L
Figura 91
Substitua sempre os fusiveis por outros
do mesmo tipo e capacidade do que foi
retirado. Caso contrário poderá ocorrer
avaria electrica.

4-56 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


Identificação dos fusiveis

Caixa de fusiveis (1) Caixa de fusiveis (2)


Fuse Box (1)

ARO1340L
Figura 92

Caixa de Fusíveis Um Caixa de Fusíveis Dois


Não. Capaci- Não. Capaci-
Designação Designação
dade dade
1 1 Britadeira,
Buzina 10A 10A
Válvula de 2-Vias (opção)
2 Painel de Instrumentos, 2
10A Potência 12V 10A
Sensor de pressão
3 3 Controlo da Velocidade do
Luz de baliza (Opção) 10A 10A
Motor
4 Dispositivo de lavagem das 4
10A Alarme de rotação durante a
janelas 10A
deslocação (Opção)
5 Limpa pára-brisas 10A 5 Vazio 10A
6 Corte de piloto 10A 6 Vazio 10A
7 Paragem do motor 10A 7 Backup da memória 10A
8 Chave de Ignição 10A 8 Luz da sala, contador horário 10A
9 Ar condicionado, aquece- 9
30A Luz da cabine (Opção) 30A
dor
10 e-EPOS, auxiliar, 10
Mudança de velocidade de 20A Luz de Trabalho 20A
deslocação
11 Vazio 15A 11 Luz de Mastro 15A
12 Vazio 15A 12 Isqueiro 15A
13 Vazio 15A 13 Vazio 15A
14 14 Bomba de combustível
Auto-rádio 15A 15A
(Opção)

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-57


SISTEMA DE AR CONDICIONADO
NOTA: Ver “Limpe o Filtro de Ar Condicionado” na página 4-34.

VERIFICAÇÃO DE PAINEL DE COMANDO


Quando um interruptor está ligado, o piloto LED do interruptor accionado deve estar aceso e ouvir-se um
sinal de buzina.
Quando o interruptor de luz está ligado, o indicador LED deve acender.

VERIFICAÇÃO DAS MANGUEIRAS DE AR CONDICIONADO


Verifique se as mangueiras não apresentam fissuras ou danos.

ATENÇÃO!
Quando há uma fuga, o lixo acumula-se na area onde a fuga se encontra. Consulte um
distribuidor ou revendedor DAEWOO.

VERIFICAÇÃO DO CONDENSADOR
Verifique se o condensador não tem lixo ou detritos. Limpe-o se necessário.
NOTA: Ver “Limpe o radiador, serpentina de arrefecimento de óleo, arrefecedor intermédio e o
núcleo do condensador de ar” na página 4-35.

VERIFIQUE A LIGAÇÃO MAGNÉTICA


Verifique se a ligação magnética tem lixo ou apresenta interferências.
Coloque a ignição na posição "I" (LIGADO) e verifique se a embreagem magnética está a funcionar bem.
Caso não se tenha seleccionado uma velocidade de ventoinha, a embreagem magnética não funciona.

VERIFIQUE A TENSÃO DO CINTO


NOTA: Ver “Verifique a tensão da cinta da ventoinha do motor” na página 4-27.

4-58 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


BALDE
SUBSTITUIÇÃO DOS DENTES DO BALDE

AVISO!
Atendendo a que existe a possibilidade de serem projectados objectos metálicos, use sempre
capacete de protecção, luvas protectoras e óculos de protecção quando substituir os dentes do
balde.
Enrole o balde para cima e assente firmemente a superfície posterior curva do balde sobre o
solo. Desligue o motor e bloqueie os comandos hidráulicos antes de efectuar algum trabalho no
balde.

NOTA: Estas instruções apenas se aplicam aos baldes OEM da Daewoo. Caso utilize um balde
de um outro fabricante, consulte as suas instruções específicas.

HAOC680L
Figura 93

1. Inspeccione regularmente os dentes do


balde para confirmar que estes não apre-
sentam qualquer desgaste ou fendas
excessivas. Não deixe que os dentes do
balde a substituir se desgastem até ao
ponto em que o adaptador do balde fique
exposto. Ver Figura 93.
2. Para substituir um dente (1, Figura 94),
bata com um martelo até desencaixar o
pino de fecho (2) e a arruela de fecho (3)
do adaptador do dente (4).
3. Depois de ter removido o dente desgas-
Figura 94
tado, limpe o melhor possível o adaptador
, raspando-o com uma espátula.
4. Introduza o novo dente e insira a arruela de fecho.
5. Insira o pino de fecho no dente e com um martelo faça encaixar o pino até que a arruela de fecho
assente na cavidade do fecho.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-59


SUBSTITUIÇÃO DA ANILHA DO BALDE

AVISO!
Atendendo a que existe a possibilidade de serem projectados objectos metálicos, use sempre
capacete de protecção, luvas protectoras e óculos de protecção quando substituir os pinos.

1. Inspeccione as anilhas do balde com regu-


laridade. Caso apresentem algum des-
gaste ou se encontrem danificadas, então
deverão ser substituídas.

ARO1350L
Figura 95
2. Rode o O-ring usado (1, Figura 96) no
olhal (2) à volta do pino curvo (3). Remova
1 4
o pino curvo e afaste o braço ou a ligação 2
curva (4).

ARO1390L
Figura 96
3. Retire o O-ring usado e instale temporaria-
mente um O-ring novo (1, Figura 97) no 1
olhal curvo (2). Certifique-se de que os
4
2
encaixes do O-ring tanto na ligação curva
(4) como no olhal foram limpos
4. Volte a alinhar o braço ou a ligação no
buraco com o pino curvo e insira o pino (3,
Figura 96).

ARO1391L
Figura 97

4-60 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


5. Role a anilha nova (1, Figura 98) para o
respectivo entalhe de fixação.
1

ARO1392L
Figura 98

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-61


PROCEDIMENTOS PARA FIXAÇÃO DO BALDE ATRA-
VÉS DE CUNHAS
INSTALAÇÃO DE UM BALDE NOVO
1. No caso de pretender instalar um balde novo na escavadora, meça o comprimento interior entre as
orelhas do balde e o comprimento exterior ao longo da saliência onde se encontra instalado o braço.
2. Subtraia a folga de ambos os lados da diferença dos dois e calce-o em conformidade, antes da mon-
tagem.

AVISO!
Para verificar a folga do jogo axial (lado a lado) no ponto de fixação do balde, o balde deverá
poder movimentar-se livremente, mas em quaisquer outras situações arreie sempre o balde até
ao chão ou utilize blocos de apoio para imobilizar este conjunto. Desligue o motor, coloque as
etiquetas de aviso e bloqueie os comandos para evitar quaisquer movimentos durante a
execução deste procedimento.

PROCEDIMENTOS PARA FIXAÇÃO DE BALDES INSTALADOS ATRAVÉS DE CUNHAS


1. Com o balde instalado, enrole o balde e o braço para fora e arreie a lança por forma a que os dentes
do balde fiquem a apontar na direcção oposta onde se encontra a escavadora, a apenas alguns cen-
tímetros acima do solo. Esta posição do balde possibilita um fácil acesso para efeitos do registo das
medições necessárias.
2. Empurre o balde para um dos lados e veri-
fique se existem folgas (lado a lado) no
jogo axial por debaixo das anilhas no
ponto de fixação do balde. O intervalo total "Y" 1
deverá ser de cerca de 1 mm (0.04 pole- "X"
gadas) entre a superfície lateral da saliên-
cia e a aresta interior do casquilho de
orelhas (Y, Figura 99). Um intervalo dema-
siadamente apertado (inferior a 1 mm)
poderá provocar um desgaste excessivo,
enquanto que um intervalo demasiada- 3
mente largo poderá produzir ruídos exces- 2
4
sivos e respostas ao accionamento dos
comandos demasiado lentas que são
potencialmente perigosas.
3. Verifique de novo o jogo axial empurrando
agora o balde para o lado oposto e repe-
tindo os procedimentos de medição das
folgas. ARO1710L
4. No caso de ser necessário efectuar o ajus- Figura 99
tamento, retire as duas porcas de fixação
(1, Figura 99) e o parafuso (2) do pino (3).
Adicione ou retire cunhas (4) consoante seja necessário. Utilize um número igual de cunhas em
ambos os lados. Volte a instalar o parafuso (2) e as duas porcas de fixação (1). As porcas de fixação
deverão ficar afastadas da saliência cerca de 1 a 2 mm no ponto (X).

4-62 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


TENSÃO DAS LAGARTAS

AVISO!
A medição da tensão das lagartas em condições de segurança, requer sempre duas pessoas.
Uma das pessoas deverá permanecer sentada no assento do operador, accionando os
comandos por forma a manter uma das estruturas laterais no ar, enquanto que a outra pessoa
efectua as verificações dimensionais. Tome todas as precauções necessárias para se certificar
de que a máquina não se deslocará ou mudará de posição no decurso das verificações. Aqueça
o motor por forma a evitar que este se vá abaixo, desloque a escavadora para uma zona com
uma superfície de apoio firme e plana e/ou utilize blocos de apoio sempre que necessário.
O mecanismo de ajustamento das lagartas encontra-se sob uma pressão extremamente
elevada. NUNCA liberte a pressão de forma demasiado rápida. A válvula do cilindro hidráulico
de lubrificação nunca deverá ser desapertada mais do que uma volta completa a partir da
posição de totalmente enroscada para beixo. Purgue a pressão lentamente e mantenha sempre
o corpo afastado da válvula.

Os casquilhos e os pinos de ligação das sapatas das lagartas desgastam-se com a utilização normal,
reduzindo a tensão dos lagartas. Assim sendo, tornar-se necessário proceder a um ajustamento periódico
da tensão das lagartas de modo a compensar o desgaste, podendo igualmente ser necessário o ajusta-
mento face às condições de trabalho.
1. A tensão das lagartas é verificada levan-
tando um dos lados da escavadora com a
ajuda de um macaco hidráulico. Ver Figura
100. Coloque blocos de apoio por debaixo
da estrutura enquanto efectua às medi-
ções.

HAOC740L
Figura 100
2. A medição da distância (A, Figura 101) é
efectuada entre a parte inferior da estru-
tura lateral e a parte superior da sapata de
arrastamento mais baixa. A tensão reco-
mendada para a operação na grande mai-
oria dos tipos de terrenos é 380 - 430 mm.
NOTA: Esta medição poderá não ser a
mais correcta se existir demasi-
ada lama, sijudade ou outro
material na estrutura da
lagarta. Antes de verificar a
tensão das lagartas, comece
por limpá-las.
3. Uma deflexão demasiado pequena da Figura 101
lagarta de arrastamento (intervalo inferior
a 380 mm poderá provocar um desgaste
excessivo do componente. O ajustamento recomendado poderá igualmente ser demasiado apertado
provocando esforços acelerados e desgaste, caso o terreno seja húmido, alagadiço ou lamacento,
ou se a superfície do solo for dura e cheia de pedras e cascalho miúdo.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-63


4. O intervalo recomendado para condições de terrenos lamacentos situa-se entre 430 - 460 mm. O
intervalo deverá ser de aproximadamente 460 mm no caso da operação da máquina sobre cascalho
miúdo, terrenos rochosos, ou sobre areia ou neve.

AVISO!
O mecanismo de ajustamento das lagartas encontra-se sob uma pressão extremamente
elevada. NUNCA liberte a pressão de forma demasiado rápida. A válvula do cilindro
hidráulico de lubrificação nunca deverá ser desapertada mais do que uma volta completa a
partir da posição de totalmente enroscada para beixo. Purgue a pressão lentamente e
mantenha sempre o corpo afastado da válvula.

5. O ajustamento da tensão das lagartas é


efectuado através do dispositivo de lubrifi-
cação (1, Figura 102) situado na parte 2
3
central de cada uma das estruturas late-
rais. A adicão de massa lubrificante
aumenta o comprimento de um cilindro
hidráulico de ajustamento (2). Quanto
maior for o comprimento do cilindro de
ajustamento, maior e a pressão sobre a
mola de tensão que empurra a roda de
1
transmissão da lagarta para fora.
6. Se não existir suficiente flexibilidade ou ASO0370L
folga nas lagartas e o ajustamento for Figura 102
demasiado apertado, a polia louca e o
cilindro de regulação podem ser corrigi-
dos, retirando massa lubrificante através
do furo existente no cilindro de regulação
(2, Figura 102) desapertando lentamente
a válvula (3, Figura 102).

AVISO!
Não desaperte ou retire o bico de admissão de massa lubrificante (1, Figura 102) antes da
pressão se ter totalmente esvaído através da válvula, que se vai desapertando lentamente
(3, Figura 102).

4-64 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


INSPECÇÃO DAS PORCAS E DOS PARAFUSOS
Inspeccione TODOS os dispositivos de fixação após decorridas as primeiras 50 horas de operação e pos-
teriormente a cada 250 horas de funcionamento. Se algumas destas peças estiver solta ou em falta,
aperte-a ou instale uma peça nova. Utilize sempre uma chave de torção calibrada.

IMPORTANTE
Limpe sempre os fixadores antes de os apertar.
Se o contrapeso se encontrar solto, contacte um distribuidor ou um revendedor autorizado da
DAEWOO.

. NÃ PONTO A SER INSPECCIONADO PONTO QUAN TAMA- TORÇÃO


O A SER TIDA NHO
kg•m N.m ft lb
INS- DE DA
PECCI- CABEÇ
ONAD A DO
O. MM PARA-
FUSO
Parafuso de união entre lado da bomba 16 8 24 21 205 152
1 o motor e a braçadeira
de fixação do motor lado da ventoinha ----- ----- ----- ----- ----- -----
Parafuso de união & lado da bomba 20 2 30 46 451 333
porca entre o suporte de
2
montagem do motor e a lado da ventoinha 16 2 24 25 245 181
estrutura
3 Parafuso de fixação do radiador 20 4 30 55 539 398
Parafuso de aperto do tanque de óleo
4 16 6 24 27 265 195
hidráulico
Parafuso de aperto do tanque de combustí-
5 16 6 24 27 265 195
vel
6 Parafuso de aperto da bomba 12 12 19 9 88 65
7 Parafuso de aperto da válvula de controlo 20 4 30 55 539 398
Parafuso de aperto do dispositivo de redução
8 20 22 30 55 539 398
da Rot
9 Parafuso de aperto do motor de Rotação 12 32 S 14.4 141 104
10 Parafuso de aperto da bateria 10 2 17 5 49 36
Parafuso de união entre a estrutura e a bor-
10 16 17 6.7 66 48
racha de fixação da cabine
11
Parafuso de união entre a cabine e a borra-
16 4 24 21 206 152
cha de fixação da cabine
Parafuso de união entre a estrutura superior
24 44 36 95 931 687
e a chumaceira de Rotação
12
Parafuso de união entre a estrutura inferior e
24 44 36 95 931 687
a chumaceira de Rotação
Parafuso de aperto do dispositivo de deslo-
20 48 30 60 588 435
13 cação
Parafuso de aperto da engrenagem dentada 20 48 30 60 588 435

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-65


NÃ PONTO A SER INSPECCIONADO PONTO QUAN TAMA- TORÇÃO
O A SER TIDA NHO kg•m N.m ft lb
INS- DE DA
PECCI- CABEÇ
ONAD A DO
O. MM PARA-
FUSO
Parafuso de aperto para o cilindro superior
14 16 8 24 27 265 195
(centro)
15 Parafuso de aperto para o cilindro superior 22 16 32 75 735 542
(lado)
16 Parafuso de aperto do rolete inferior 22 72 32 75 735 542
Cavilha de união com a estrutura central do
17 33 36 50 175 1,715 1,266
carril e com a estrutura lateral
18 Parafuso de aperto das protecções das 22 16 32 75 735 542
lagartas
19 Parafuso das sapatas das lagartas 22 400 32 105 1,029 759
16 9 24 21 205 152
20 Parafuso de fixação do pino frontal
20 6 30 40 392 289

MANUTENÇÃO EM CONDIÇÕES ESPECIAIS


NOTA: Veja “Operação sob condições fora do normal” na página 3-38 para outras recomenda-
ções.

CONDIÇÕES ANUTENÇÃO NECESSÁRIA

Operar na lama, água ou à chuva. 1. Execute uma inspecção visual em redor da máquina a fim
de verificar se existem alguns equipamentos soltos, danos
evidentes na máquina ou eventuais fugas de líquidos.
2. Depois de terminar a operação da máquina, limpe a lama,
pedras ou cascalho miúdo que eventualmente se possa ter
acumulado na máquina. Verifique se existem eventuais
danos, soldas rachadas ou peças soltas.
3. Execute todos os trabalhos diários de lubrificação e
manutenção.
4. Se a máquina foi operada em água salgada ou noutro
material corrosivo, não se esqueça de lavar todo o
equipamento afectado utilizando água doce.

Operação em ambientes 1. Limpe os filtros de admissão do ar com uma maior


extremamente poeirentos ou frequência.
quentes.
2. Limpe as lâminas do radiador e do refrigerador de óleo a fim
de retirar qualquer sujidade ou poeiras acumuladas.
3. Limpe o filtro de aspiração do sistema de combustível e o
filtro de combustível mais frequentemente.
4. Inspeccione e limpe o motor de arranque e o alternador
conforme seja necessário.

4-66 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


CONDIÇÕES ANUTENÇÃO NECESSÁRIA

Operação em terrenos rochosos. 1. Verifique se a substrutura da máquina e as estruturas das


lagartas apresentam quaisquer indícios de danos ou
desgaste excessivo.
2. Verifique se existem quaisquer parafusos ou acessórios
soltos ou danificados.
3. Verifique rodas e pneus em relação a danificações.
4. Verifique se os acessórios da extremidade frontal
apresentam quaisquer indícios de danos ou desgaste
excessivo, com uma maior frequência.
5. Se necessário, instale uma protecção superior e uma
protecção frontal de modo a proteger o operador contra a
queda de pedras.

Operação em condições 1. Utilize o combustível adequado face às condições de


extremamente frias. temperatura.
2. Com a ajuda de um hidrómetro, verifique o líquido
anticongelante para confirmar que este proporciona a
protecção adequada contra a congelação do tempo frio.
3. Verifique o estado das baterias. Com tempo extremamente
frio, retire as baterias à noite e guarde-as num local mais
quente.
4. Retire a lama acumulada o mais depressa possível de modo
a evitar que esta congele ficando presa à substrutura e
provocando danos.

PARAGEM DE LONGA DURAÇÃO


Execute os procedimentos abaixo indicados no caso de não utilizar a escavadora durante mais do que um
mês.

CONDIÇÕES ANUTENÇÃO NECESSÁRIA


1. Limpeza 1. Lave a substrutura e a estrutura das lagartas com água sob
pressão. Verifique se existem peças danificadas, soltas ou
em falta.
2. Lubrificação 1. Execute todos os procedimentos de lubrificação diária.
2. Aplique uma camada protectora de óleo fino em todas as
superfícies metálicas blindadas expostas, como sejam os
tirantes dos cilindros hidráulicos, etc.
3. Aplique uma camada protectora de óleo fino em todas as
juntas de controlo e cilindros de controlo (carreto da válvula
de controlo, etc.).

3. Bateria 1. Retire a bateria da escavadora ou desligue os cabos da


bateria totalmente carregada e guarde-os.

022-00022PT Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-67


CONDIÇÕES ANUTENÇÃO NECESSÁRIA

4. Sistema de Refrigeração 1. Verifique o tanque de recuperação de liquido de refrigeração


para confirmar se o nível de anti-congelante no sistema está
correcto.
2. Todos os 90 dias, use um hidrometro para medir o nível de
protecção do liquido de refrigeração. Consulte o gráfico de
protecção do líquido de refrigeração/anticongelante para
determinar o nível de protecção de que o sistema de
refrigeração necessita. Se necessário, adicione líquido de
refrigeração.

5. Sistema Hidráulico 1. Uma vez por mês, coloque o motor em funcionamento e


cumpra os procedimentos de “Aquecimento do Óleo
Hidráulico” descritos neste manual de instruções.

4-68 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 022-00022PT


5TRANSPORTE
Cumpra todos os regulamentos locais, estatais ou federais relativamente ao transporte de escavadoras.
Se lhe surgirem algumas dúvidas relativamente às disposições constantes dos regulamentos, esclareça-
as junto das autoridades locais.
Verifique a largura da via ao longo do trajecto previsto, espaço livre em altura, restrições de peso e regula-
mentos de controlo do tráfego rodoviário. Poderão ser necessárias autorizações ou guias de trânsito espe-
ciais.

EXTENSÃO E RETRACÇÃO DAS ESTRUTURAS DO


CARRIL

PERIGO!
A Daewoo avisa todos os utilizadores, que
a remoção de contrapeso da máquina,
amarrações na frente ou em qualquer outro X
ponto, podem afectar a estabilidade da
máquina. Isto pode causar movimentação
inesperada, resultando em ferimentos
sérios ou morte. A Daewoo não é
responsável por qualquer má utilização.
Nunca retire o contrapeso ou as
amarrações da frente a menos que a X
estrutura superior esteja em -linha com a
estrutura inferior.
Nunca rode a estrutura superior depois de
ter retirado o contrapeso ou a amarração
da frente.
HAAD4060
Figura 1

ATENÇÃO!
Certifique-se que elimina completamente toda a sujidade e lama da superficie do trilho da
estrutura central e das estruturas laterais; caso contrário pode originar que as cavilhas se
desapertem.
Opere a máquina com as estruturas laterais retraídas só quando estiver a carregar ou a
descarregar a máquina, ou durante a manobra para a carga e a descarga.
Não retraia as estruturas laterais para a escavação ou durante a manobra e operação normais.
Se a máquina for accionada com qualquer das estruturas laterais retraídas, ou mesmo só com
uma delas retraída, durante a operação, a cabine/máquina ficará instável. Este facto pode
causar danos na estrutura central, nas estruturas laterais , cavilhas, etc. Só há seis cavilhas a
segurar a estrutura lateral em cada ponto em vez de nove.
A operação com a estrutura lateral retraída pode mesmo provocar que a máquina se vire,
ferimentos graves ou morte.

022-00022PT Transporte 5-1


DESCRICÇÃO GERAL DOS COMPONENTES

Número de
Descrição
Referência
1 Suporte da estrutura central
(Dois de cada lado)
2 Estrutura lateral
3 Distanciador
4 Arruela de aço temperado
5 Cavilha
6 Cavilhas de guia
(NÃO REMOVER) Figura 2
7 Guia

NOTA: Estrutura lateral esta representada em posição retraída.

RETRACÇÃO DA ESTRUTURA
1. Remova as nove cavilhas, as arruelas de
aço temperado e os distanciadores (1, 2
Figura 3) da estrutura lateral (2) a ser
retraída. 1 5
NOTA: Não desaperte duas cavilhas
(3, Figura 3) na guia (4).
NOTA: Repita o processo no outro
suporte da estrutura central(5,
Figura 3). 4
3 HAAD3920
Número de Figura 3
Descrição
Referência
1 Cavilha
2 Estrutura lateral
3 Cavilha
4 Guia
5 Suporte de estrutura
central

2. Rode a superestrutura de modo a que


esta fique perpendicular à estrutura lateral
a retrair. Levante a estrutura lateral aproxi-
madamente a um ângulo de 15° do solo
com o auxilio de um macaco. A estrutura
lateral deve escorregar por si própria de 90 - 110
acordo com o seu peso e embater no stop.
NOTA: Se a estrutura lateral não
escorregar nestas condições, 15
deixe a estrutura lateral que
não está em contacto com o
solo mover-se para trás e para HAOB591L
a frente lentamente. Ver Figura Figura 4
4.

5-2 Transporte 022-00022PT


ATENÇÃO!
O braço tem de ser regulado para um
ângulo de 90 – 110°. Nunca o regule
para um ângulo inferior a 90°

3. Depois de a estrutura lateral (1, Figura 5)


ter escorregado para o seu lugar, baixe a
superestrutura até ao solo. Instale os seis 2
distanciadores, as arruelas de aço tempe- 1
rado e as cavilhas (2).
NOTA: Aperte as cavilhas para 175
kg•m.
NOTA: Repita o processo no outro
suporte da estrutura central.
4. Depois de as cavilhas pertencentes à
estrutura de um dos lados estarem aperta- HAAD3910
das, repita os passos 1 todos 3 para a Figura 5
outra estrutura lateral.
5. Arrume as cavilhas, distanciadores e
arruelas que restam, com a máquina.

EXTENSÃO DA ESTRUTURA
1. Remova os seis cavilhas, arruelas de aço
temperado e os distanciadores (1, Figura
6) da estrutura lateral (2) a ser extendida.
1
NOTA: Não desaperte duas cavilhas 2
(3, Figura 6) na guia (4).
5
NOTA: Repita o processo no outro
suporte da estrutura central(5,
Figura 6).

Número de
Descrição 3
Referência 4 HAAD3930
1 Cavilha
Figura 6
2 Estrutura lateral
3 Cavilha
4 Guia
5 Suporte de estrutura
central

022-00022PT Transporte 5-3


2. Rode a superestrutura de modo a que
esta fique perpendicular à estrutura lateral
a ser extendida.
NOTA: Não prenda o cabo ao degrau
da estrutura lateral. 2 1
3
3. Prenda uma ponta do cabo (1, Figura 7) (6
x 19 normal Z para ø14 – ø16 tipo A ) no
braço (2) e a outra ponta na estrutura late-
ral (3). Ligue-a a um dispositivo adequado
para o efeito de ambos os lados.
4
4. Levante a estrutura lateral (3, Figura 7) HAOB921L
levemente com macaco e bloco (4). Figura 7
Extenda o braço (2) gradualmente para
fazer deslizar a estrutura lateral para fora
até que esta embata no stop.
5. Depois de a estrutura lateral(1, Figura 8)
ter escorregado para o seu lugar, baixe a
superestrutura até ao solo. Remova o
cabo.
1
6. Instale os nove distanciadores, as arruelas 2
de aço temperado e as cavilhas (2, Figura
8).
NOTA: Aperte as cavilhas para 175
kg•m.
NOTA: Repita o processo no outro
suporte da estrutura do carril. HAAD3940
Figura 8
7. Depois de as cavilhas pertencentes à
estrutura de um dos lados estarem aperta-
das, repita os passos 1 todos 6 para a
outra estrutura lateral.

5-4 Transporte 022-00022PT


CARREGAMENTO E DESCARGA

AVISO!
Quando transportar a máquina tenha sempre presente qual a largura, altura, comprimento e
peso da mesma.
O carregamento ou descarga da máquina poderá ser uma operação bastante perigosa.
Certifique-se de que o motor se encontra a funcionar à velocidade mais baixa e desloque a
máquina à velocidade mais baixa possível.
Certifique-se de que a rampa de carga a ser utilizada possui a resistência suficiente para
suportar o peso da máquina. Se for necessário, coloque blocos de apoio por baixo da rampa de
modo a garantir um apoio adicional.
Certifique-se de que a superfície da rampa não apresenta quaisquer indícios de lama ou massa
lubrificante que poderão fazer com que a máquina escorregue ou resvale.
Certifique-se de que o reboque se encontra estacionado numa superfície firme e plana antes de
tentar efectuar o carregamento/descarga da escavadora.
Se for necessário rodar a máquina enquanto esta se encontra no reboque, certifique-se de que
desloca a máquina com uma aceleração do motor e com uma velocidade de deslocação tanto
quanto possível baixas.
Certifique-se de que a escavadora é devidamente fixa ao reboque, sempre em conformidade
com a legislação local aplicável ao transporte.

PESO TOTAL LARGURA COMPRIMENTO PESO OBSERVAÇÕES


TOTAL TOTAL

3,705 mm 3,300 mm 12,110 mm 46,9 toneladas 7,1 m Lança


métricas 3,35 m Braço
Sapata 600 G

1. Certifique-se de que o reboque se encon-


tra estacionado sobre uma superfície firme
e plana. Ver Figura 9.
2. Certifique-se de que as rampas de carga a
serem utilizadas possuem a resistência
suficiente para suportar o peso da
máquina. Se for necesario, coloque blocos
de apoio por debaixo da rampa de modo a
garantir um apoio adicional.
3. O ângulo da rampa deverá ser igual ou
inferior a 15º. As rampas com uma inclina-
HAOC060L
ção superior a esta poderão originar pro-
Figura 9
blemas durante o carregamento ou
descarga da máquina.

022-00022PT Transporte 5-5


4. A unidade não requer quaisquer trabalhos
de desmontagem aquando do transporte
rodoviário normal. No caso de ser neces-
sário retirar a lança ou o braço, o contra-
peso irá exercer uma força muito maior na
parte traseira da máquina. Certifique-se
de que a escavadora é deslocada para o
reboque em marcha atrás, por forma a que
extremidade do contrapeso da máquina se
posicione em primeiro lugar na rampa. Ver
Figura 10.
HAOC070L
Figura 10
5. Regule o selector de velocidade de deslo-
cação para a posição ”O” (DESLIGADO).
Ver Figura 11.

O
I
II

ARO0030L
Figura 11
6. Coloque o interruptor de inactivação auto-
mática na posição “DESLIGADO” (1,
2
Figura 12). A luz indicadora (2) não estará
acesa.
7. Ajuste a velocidade do motor para “MAR-
CHA LENTA”.

1
ARO0481L
Figura 12
8. Estenda os cilindros hidráulicos do balde e
do braço até ao comprimento máximo e de
seguida arreie lentamente a lança.

HAOC080L
Figura 13

5-6 Transporte 022-00022PT


9. Coloque a alavanca de segurança na posi-
ção “BLOQUEADA”.

HAOA390L
Figura 14
10. Páre o motor voltando a chave para a
posição "O" (DESLIGADO) (Figura 15).
11. Retire a chave da ignição.

HAOC340L
Figura 15
12. Não se esqueça de prender a escavadora
ao reboque antes de iniciar o transporte.
Coloque blocos (1, Figura 16) à frente e
atrás de cada uma das lagartas. Utilize as
correntes ou os cabos de fixação (2)
necessários, ao abrigo dos regulamentos 1
locais aplicáveis ao transporte. 1
13. Relativamente às dimensões da máquina
em termos de altura e largura total, con-
sulte a tabela e os desenhos com as 2
Dimensões para Transporte. Certifique-se
de que a escavadora se encontra posicio- HAOC090L
nada tal como se indica na figura. No caso Figura 16
de não ser transportada nesta posição, os
valores da altura poderão ser diferentes.

022-00022PT Transporte 5-7


ELEVAÇÃO COM
ESTROPOS

AVISO!
A elevação incorrecta da máquina poderá
fazer com que a carga se desloque e
provoque lesões ou danos.

1. Para mais informações acerca do peso e


dimensões da máquina, consulte a secção
“Especificações” na página 7-1 contida
neste manual de instruções.
2. Utilize cabos e estropos com a resistência
adequada para a carga a elevar.
3. Posicione a máquina de modo a garantir Figura 17
uma elevação nivelada.
4. Os cabos de elevação devem possuir um
comprimento suficientemente grande que
permita evitar o contacto com a máquina.
Poderá ser necessário utilizar barras de
extensão.
NOTA: No caso de serem utilizadas
barras de extensão, certifique-
se de que os cabos são ade-
quadamente fixos às barras e
que o ângulo dos cabos
garante a segurança e resistên-
cia da elevação.

5-8 Transporte 022-00022PT


6RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS
Sempre que ocorra uma deficiência no funcionamento, proceda de imediato à sua correcção. Procure e
verifique a causa. Um programa de manutenção calendarizado pode evitar a ocorrência de maus
funcionamentos, através de uma manutenção preventiva. Dever-se-ia ter umas noções sistemáticas sobre
resolução de avarias, uma vez que a sobreposição de alguns maus funcionamentos pode dar a ideia de
um problema que não existe. Caso não se consiga determinar a causa do mau funcionamento, contacte o
seu distribuidor Daewoo. Nunca proceda a ajustamentos ou a desmontagens de componentes hidraulicos,
componentes electricos e electronicos, sem primeiro consultar o seu distribuidor Daewoo.

MOTOR
PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
O motor de arran- Carga da bateria baixa. Carregue a bateria.
que não funciona.
Mau contacto do terminal. Limpe e aperte as ligações.

Falha na chave de ignição. Substitua o comutador de selecção.

Falha no relé do motor de arranque. Substitua o relé.

Falha no controlador da ignição. Substitua o controlador.

Falha no revestimento protector das Substitua o revestimento protector.


cablagens.
Falha no relé da bateria. Substitua o relé.

Fusível fundido. Substitua o fusível.

O motor de arran- Combustível coagulado devido ao tempo Substitua o combustível.


que arranca, mas o frio.
motor não funciona. Filtros de combustível obstruídos. Substitua os filtros.

Água ou sujidade no sistema de combus- Limpe o sistema e reabasteça com


tível. combustível novo.
Ar no sistema de combustível. Purgue o ar do sistema.

Falha no controlo de paragem do motor. Substitua o controlo do motor.

Falha no relé de paragem do motor. Substitua o relé.

Fusível fundido. Substitua o fusível.

O motor arranca, Viscosidade do óleo do motor incorrecta. Mude o óleo.


funciona apenas em
marcha lenta ou vai- Injectores de combustível sujos ou obstru- Limpe os ejectores.
se abaixo. ídos.
Filtros de combustível obstruídos. Substitua os filtros.

Cabo de accionamento da paragem do Reajuste.


motor mal ajustado.
Cabo de controlo da velocidade do motor Reajuste.
mal ajustado.

022-00022PT Resolução de problemas 6-1


PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
O motor faz ruídos Nível do óleo do motor baixo. Reabasteça.
estranhos, trabalha
irregularmente ou Sistema de admissão de ar obstruído. Limpe o sistema e substitua o filtro.
acelera momenta- Bomba de injecção mal ajustada. Contacte o seu distribuidor Daewoo.
neamente.
Filtro de combustível obstruído. Substitua o filtro de combustível.

Água ou sujidade no sistema de combus- Limpe o sistema e reabasteça com


tível. combustível novo.
Injectores de combustível sujos ou obstru- Limpe os ejectores.
ídos.
Motor com uma Sistema de admissão de ar obstruído. Limpe o sistema e substitua o filtro.
fraca potência.
Injectores de combustível sujos ou obstru- Limpe os ejectores.
ídos.
Filtros de combustível obstruídos. Substitua os filtros.

Cabo de controlo da velocidade do motor Reajuste.


mal ajustado.
Bomba de injecção mal ajustada. Contacte o seu distribuidor Daewoo.

Falha no retorno da válvula. Ajuste o retorno.

Motor funciona a Nível do líquido de refrigeração baixo. Adicione líquido de refrigeração.


uma temperatura
elevada. Falha no termóstato. Substitua o termóstato.

Anomalia no tampão do radiador. Substitua o tampão do radiador.

Núcleo do radiador obstruído. Limpe o radiador.

Núcleo do refrigerador de óleo obstruído. Limpe o refrigerador de óleo.

Correia da ventoinha solta ou danificada. Aperte ou substitua consoante seja


necessário.
Falha no sensor da temperatura. Substitua o sensor.

SISTEMA HIDRÁULICO
PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Nenhum dos Falha na bomba hidráulica. Contacte o seu distribuidor Daewoo.
comandos funci-
ona (alto ruído nas Nível do óleo hidráulico baixo. Adicione óleo hidráulico consoante seja
bombas). necessário.
Tubagens de admissão obstruídas ou Limpe ou substitua o carreto se for
danificadas. caso disso.
Nenhum dos Falha na bomba do circuito piloto. Contacte o seu distribuidor Daewoo.
comandos funci-
ona (ausência de Falha na válvula solenóide de corte. Substitua o solenóide.
ruídos nas bom- Interruptor piloto de corte está ligado. Ajuste a folga do interruptor piloto de
bas). corte.

6-2 Resolução de problemas 022-00022PT


PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Todos os comandos Nível do óleo hidráulico baixo. Adicione óleo hidráulico consoante seja
têm uma potência necessário.
baixa. Filtro de admissão obstruído. Limpe o filtro.

Falha nas bombas hidráulicas. Contacte o seu distribuidor Daewoo.

Pressão de descarga principal demasi- Contacte o seu distribuidor Daewoo.


ado baixa.
Bombas hidráulicas desferram. Purgue o ar das bombas hidráulicas.

Apenas uma ou Pressão de descarga de sobrecarga Restabeleça a pressão.


duas acções têm demasiado baixa.
uma potência redu- Fugas na válvula de verificação de com- Limpe ou substitua o carreto se for
zida ou nula. posição. caso disso.
Falha no carreto da válvula de controlo. Substitua o carreto da válvula.

Sujidade no carreto da válvula. Limpe ou substitua o carreto se for


caso disso.
Falha no impulsionador. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Falha na vedação hidráulica do cilindro. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Tirante do cilindro hidráulico danificado. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Falha na válvula de controlo remoto. Substitua a válvula de controlo.

Ligação das tubagens do sistema piloto Ligue novamente as tubagens do sis-


incorrecta. tema piloto.
Temperatura do Falha no refrigerador de óleo. Contacte o seu distribuidor Daewoo.
óleo demasiado
alta. Correia da ventoinha solta. Aperte a correia da ventoinha conso-
ante seja necessário.

SISTEMA DE ROTAÇÃO
PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Ausência de movi- Falha na válvula do travão de rotação. Substitua a válvula do travão.
mento de rotação.
Falha no temporizador hidráulico. Substitua o temporizador.

Pressão de desengate do travão baixa. Ajuste as pressões.

Falha no motor de rotação. Substitua o motor de rotação.

Falha na válvula de controlo remoto. Substitua a válvula de controlo.

Ligação das tubagens do sistema piloto Ligue novamente as tubagens do sis-


incorrecta. tema piloto.

022-00022PT Resolução de problemas 6-3


PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Motor de rotação Engrenagens de rotação gastas. Substitua as engrenagens de rotação.
com funcionamento
irregular. Rolamentos da chumaceira de rotação Substitua os rolamentos da chuma-
danificados. ceira.
Lubrificação inadequada. Adicione massa lubrificante.

SISTEMA DE DESLOCAÇÃO
PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Não se consegue Fugas na junta central. Repare ou substitua consoante seja
obter movimento de necessário.
deslocação. Travão de estacionamento não desen- Repare o travão de estacionamento.
gata.
Falha no motor de deslocação. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Falha na válvula de controlo remoto. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Ligação das tubagens do sistema piloto Ligue novamente as tubagens do sis-
incorrecta. tema piloto.
A velocidade de Tensão das lagartas demasiado alta ou Ajuste a tensão.
deslocação é dema- demasiado baixa.
siado baixa. Roletes ou rodas de transmissão danifica- Repare ou substitua consoante seja
das. necessário.
Estrutura da lagarta danificada. Repare consoante seja necessário.

Travão de estacionamento não desen- Repare o travão de estacionamento.


gata.

SISTEMA ELÉCTRICO
PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
A bateria não retém Carga da bateria baixa. Limpe e aperte de novo os bornes.
uma carga.
Correia do alternador solta ou danificada. Aperte ou substitua a correia.

Terminais soltos ou corroídos. Aperte ou substitua consoante seja


necessário.
Falha no alternador. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
Carga da bateria Curto-circuito interno na bateria. Substitua a bateria.
baixa.
Curto circuito nas cablagens. Repare consoante seja necessário.

6-4 Resolução de problemas 022-00022PT


PROBLEMA CAUSA SOLUÇÃO
Não é possível con- Falha no botão de controlo da velocidade. Substitua o botão de controlo.
trolar a velocidade
do motor. Falha no controlador da aceleração. Substitua o controlador.

Falha no motor de controlo da velocidade. Repare ou substitua consoante seja


necessário.
Fusível fundido. Substitua o fusível.

Revestimento protector das cablagens Repare ou substitua consoante seja


danificado. necessário.
Falha no dispositivo de ligação. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
O comutador de Fusível fundido. Substitua o fusível.
selecção do modo
de potência não fun- Falha no comutador de selecção do modo Substitua o comutador de selecção.
ciona. de potência.
Falha no dispositivo de ligação. Substitua o dispositivo de ligação.

Revestimento protector das cablagens Repare ou substitua consoante seja


danificado. necessário.
Falha no controlador e-EPOS. Repare ou substitua consoante seja
necessário.
O comutador de Fusível fundido. Substitua o fusível.
selecção do modo
de trabalho não fun- Falha no comutador de selecção do modo Substitua o comutador de selecção
ciona. de trabalho. avariado.
Falha no dispositivo de ligação. Substitua o dispositivo de ligação.

Revestimento protector das cablagens Repare ou substitua consoante seja


danificado. necessário.
Falha no controlador e-EPOS. Repare ou substitua consoante seja
necessário.

022-00022PT Resolução de problemas 6-5


7ESPECIFICAÇÕES

ESPECIFICAÇÕES PADRÃO
ESPECIFICAÇÕES
COMPONENTE
METRICA INGLÊS
Capacidade CECE 1,9 m3 2.47 yd3
do balde
PCSA 2,15 m3 2.81 yd3
Peso do equipamento 46,9 toneladas métricas 51,7 tons
Motor Modelo DE12TIS
Tipo Refrigerados a água -6 cilindros
Saída nominal 323 ps @2.000 rpm 319 hp @ 2,000 rpm
Binário máximo 133 kg•m @ 1.400 rpm 962 ft lb @ 1,400 rpm
Capacidade do tanque de com- 620 litros 164 U.S. gal.
bustível
Bomba hidráu- Tipo Pistão axial
lica Pressão de descarga 2 4,978 psi
350 kg/cm
Quantidade de descarga 2 x 359 litros/min 2 x 94.8 U.S. GPM
máxima
Capacidade do tanque de óleo 265 litros 70 U.S. gal.
hidráulico
Rendimento Capacidade de Balde 27.2 toneladas métricas 30 tons
escavação Braço 22,1 toneladas métricas 24.4 tons com um braço
com um braço de 3,35 m de 3.35 m
Velocidade de rotação 10,3 RPM
Velocidade de Velocidade 5,0 km/h 3,11 mph
deslocação rápida
Velocidade 3,1 km/h 1,92 mph
lenta
Força de trac- Velocidade 17,8 toneladas métricas 19,6 tons
ção rápida
Velocidade 33,6 toneladas métricas 37,0 tons
lenta
Deslocação em planos inclina- 35° (inclinação de 70%)
dos
Pressão no solo 0,81 kg/cm2 11,8 psi
Altura do solo à parte inferior do veículo 761 mm 30 in
Largura da sapata da lagarta 600 mm
Quantidade roletos superiores 3 por cada lado
Quantidade de roletos inferiores 9 por cada lado

022-00022PT Especificações 7-1


DIMENSÕES GLOBAIS

H A

B C
I J

G
O

F
N
M
K D
L E

ASO0420L
Figura 1

DIMENSÃO 7,1 M (23,3 FT) BARRAGEM

2,9 M (9,5 FT) 3,35 M (11,0 FT) 4,0 M (13,1 FT)


BARRAGEM BARRAGEM BARRAGEM

A 12,200 mm (40' 0'') 12,110 mm (39' 9'') 10,700 mm (35' 1'')

B 3,660 mm (12' 0'')

C 8,535 mm (28' - 0'') 8,445 mm (27' 8'') 8,510 mm (27' 11'')


D 4,470 mm (14’ 8'')

E 5,465 mm (17' 11'')

F 1,460 mm (4' 9'')


G 3,905 mm (12' - 10'') 3,705 mm (12' 1'') 3,940 mm (12' 11'')

H 2,990 mm (9’ 10'')


Giro CAT 3,278 mm (10' 9'')

I 1,500 mm (4' 11'')


Giro CAT 1,788 mm (5' 10'')

J 1,490 mm (4' 10'')

K 3,300 mm (10' 10'')

L 3,900 mm (12' 10'')


M 600 mm (2' 0'')

N 761 mm (2' 6'')

O 3,350 mm (10' 11'')

7-2 Especificações 022-00022PT


AMPLITUDE DE TRABALHO

12
11
10

7
C
6

4 D

1
G.L
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 0
-1

-2

-3
B
-4

-5

-6

-7

-8

A
ASO0430L
Figura 2

DI 7,1 m (23,3 ft) BARRAGEM


M.
2,9 m (9,5 ft) 3,35 m (11,0 ft) 4,0 m (13,1 ft)
BRAÇO BRAÇO BRAÇO

A Raio máximo de escavação 11,700 mm (38' 5'') 12,100 mm (39' 8'') 12,645 mm (41' 6'')

B Profundidade máxima de 7,340 mm (24' 1'') 7,790 mm (25' 6'') 8,415 mm (27' 7'')
escavação

C Altura máxima de escavação 10,945 mm (35' 11'') 11,080 mm (36' 4'') 11,235 mm (36' 10'')
D Altura de Descarga Máxima 7,760 mm (25' 6'') 7,900 mm (25' 11'') 8,065 mm (26' 6'')

E Raio minimo de escavação 5,195 mm (17' 1'') 5,170 mm (16' 11'') 5,135 mm (16' 10'')

022-00022PT Especificações 7-3


PESO APROXIMADO DOS MATERIAIS DA CARGA DE
TRABALHO
IMPORTANTE
Os pesos indicados correspondem a valores aproximados da massa e do volume médio
estimado. A exposição dos materiais à chuva, neve ou águas subterrâneas, o assentamento ou
compactação em resultado do seu próprio peso, e o processamento industrial ou químico, ou
ainda alterações resultantes de transformações químicas ou térmicas poderão aumentar o valor
dos pesos indicados na tabela.

PESO BAIXO OU PESO MEDIO OU PESO ELEVADO OU


DENSIDADE DENSIDADE DENSIDADE
MATERIAL 1,100 KG/M3 1,600 KG/M3 2,000 KG/M3
(1,850 LB/YD3), OU (2,700 LB/YD3), OU (3,370 LB/YD3), OU
MENOS MENOS MENOS
Carvão 401 kg/m3
--------------------- ---------------------
(695 lb/yd3)
Coque, dimensão para 433 kg/m3
altos-fornos --------------------- ---------------------
(729 lb/yd3)
Coque, dimensão para 449 kg/m3
fundições --------------------- ---------------------
(756 lb/yd3)
Carvão de pedra, escória
801 kg/m3
de hulha betuminosa, --------------------- ---------------------
empilhado (1,350 lb/yd3)

Carvão de pedra, hulha 881 kg/m3


betuminosa, empilhado --------------------- ---------------------
(1,485 lb/yd3)
Carvão de pedra, 897 kg/m3
antracite --------------------- ---------------------
(1,512 lb/yd3)
Argila, SECA, em 1,009 kg/m3
pedaços partidos --------------------- ---------------------
(1,701 lb/yd3)
Argila, HÚMIDA, na forma 1,746 kg/m3
natural --------------------- ---------------------
(2,943 lb/yd3)
Cimento, Portland, SECO, 1,506 kg/m3
granular --------------------- ---------------------
(2,583 lb/yd3)
Cimento, Portland, SECO, 1,362 kg/m3
tijolos --------------------- ---------------------
(2,295 lb/yd3)
Dolomite, esmagada 1,522 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,565 lb/yd3)
Terra, barrenta, SECA, 1,202 kg/m3
solta --------------------- ---------------------
(2,025 lb/yd3)
Terra, SECA, compactada 1,522 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,565 lb/yd3)

7-4 Especificações 022-00022PT


PESO BAIXO OU PESO MEDIO OU PESO ELEVADO OU
DENSIDADE DENSIDADE DENSIDADE
MATERIAL 1,100 KG/M3 1,600 KG/M3 2,000 KG/M3
(1,850 LB/YD3), OU (2,700 LB/YD3), OU (3,370 LB/YD3), OU
MENOS MENOS MENOS
Terra, MOLHADA, 1,762 kg/m3
lamacenta --------------------- ---------------------
(2,970 lb/yd3)
Gesso-de-paris, 961 kg/m3
calcinado (aquecido, pó) --------------------- ---------------------
(1,620 lb/yd3)
Gesso-de-paris,
1,522 kg/m3
esmagado com um --------------------- ---------------------
tamanho de 3 polegadas (2,565 lb/yd3)

Cascalho grosso, SECA, 1,810 kg/m3


fragmentos compactados --------------------- ---------------------
(3,051 lb/yd3)
Cascalho grosso,
1,922 kg/m3
MOLHADO, fragmentos --------------------- ---------------------
compactados (3,240 lb/yd3)

Pedra de cal, com grau 1,282 kg/m3


acima de 2 --------------------- ---------------------
(2,160 lb/yd3)
Pedra de cal , grada 1,362 kg/m3
1-1/2 ou 2 --------------------- ---------------------
(2,295 lb/yd3)
Pedra de cal, esmagada 1,522 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,565 lb/yd3)
Pedra de cal, grão fino 1,602 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,705 lb/yd3)
Fosfato, pedra 1,282 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,160 lb/yd3)
Sal 929 kg/m3
--------------------- ---------------------
(1,566 lb/yd3)
Neve, baixa densidade 529 kg/m3
--------------------- ---------------------
(891 lb/yd3)
Areia, SECA, solta 1,522 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,565 lb/yd3)
Areia, MOLHADA, 1,922 kg/m3
compactada --------------------- ---------------------
(3,240 lb/yd3)
Xisto, partido 1,362 kg/m3
--------------------- ---------------------
(2,295 lb/yd3)
Enxofre, partido 529 kg/m3
--------------------- ---------------------
(1,620 lb/yd3)

022-00022PT Especificações 7-5


1INDEX
A teria Auxiliar 3-8
Abertura da Janela 2-49 Inspecção Antes de Colocar o Motor em Fun-
Abraçadeiras da mangueira 4-30 cionamento 3-2
Ajustamento do Assento Verificações Operacionais Antes de Colocar
Ajustamento do Ângulo de Inclinação do As- o Motor em Funcionamento 3-2
sento 2-45 Arranque com Tempo Frio 3-6
Ajustamento do Assento para a Frente 2-45 Arranque do Motor com a Ajuda de uma Bateria
Ajuste de peso 2-45 Auxiliar 3-8
Angulo de ajuste do apoio do braço 2-46 Assento 2-45
Apoio da cabeça 2-46 Auto-rádio 2-35
Deslocar Todo o Conjunto do Assento para a Cuidados a ter com o Auto-rádio 2-40
Frente 2-46
Alavanca de Comando -- Lado Esquerdo 2-12 B
Alavanca de Comando do Lado Esquerdo (Joys- Balde 4-59
tick) 2-12 Anilha 4-60
Alavanca de Segurança 2-13, 3-14 Dentes 4-59
Alavancas Dentes e Cortadores Laterais 4-19
Ajustamento do Ângulo de Inclinação do As- Instalação 4-62
sento 2-45 Procedimentos para Fixação Através de
Ajustamento do Assento para a Frente 2-45 Cunhas 4-62
Alavanca de Segurança 2-13 Procedimentos para Fixação de Baldes Ins-
Angulo de ajuste do apoio do braço 2-46 talados Através de Cunhas 4-62
Botão de Ajustamento do Peso 2-45 Bateria 4-54
Deslocar Todo o Conjunto do Assento para a Nível de electrolito 4-55
Frente 2-46 Porta da Caixa 2-53
Alavancas de trabalho (Joysticks) (estilo ISO) 3-24 Terminais 4-55
Alternador e ignição 4-45 Voltagem 2-20
Amarrações terminais da frente 4-30 Baterias 4-30
Amplitude de Trabalho 7-3 Binários dos parafusos de cabeça 4-45
Aquecimento do Sistema Hidráulico com Tempo Botão da Buzina 2-12
Frio 3-11 Botão de Controlo do Esguicho dos Limpa Pára-
Aquecimento e Ar Condicionado 2-30 brisas 2-8
Comutador de Selecção da Direcção do Ven- Botão de Controlo dos Limpa Pára-brisas 2-7
to 2-33 Botão do Alarme de Rotação/Deslocação 2-10
Filtro 4-34
Função de Memória de Modo Utilizado 2-34
Instruções de Operação Adicionais 2-34 C
Interruptor da Ventoinha de Ventilação 2-32 Cabo auxiliar 3-8
Interruptor de Controlo da Temperatura 2-32 Cada 10 Horas de Operação / Diariamente 4-12
Interruptor de Selecção da Ventilação 2-34 Cada 1000 Horas de Operação / Semestralmente
Interruptor do Ar Condicionado e das Ventoi- 4-39
nhas 2-31 Cada 2000 Horas de Operação / Anualmente 4-45
Liquido de refrigeração 4-43 Cada 250 Horas de Operação / Mensalmente 4-26
Localização dos Comandos e Aberturas de Cada 4000 Horas de Operação / De dois em Dois
Ventilação 2-30 Anos 4-48
Painel de Operação 2-11, 2-31 Cada 50 Horas de Operação / Semanalmente 4-22
Sistema 4-58 Cada 500 Horas de Operação / Trimestralmente
Área do operador 2-4 4-31
Arranque Capota 2-48
Aquecimento do Sistema Hidráulico 3-10 Carregamento e Descarga 5-5
Aquecimento do Sistema Hidráulico com Chave de Ignição 2-6
Tempo Frio 3-11 Cinta da ventoinha 4-25
Arranque com Tempo Frio 3-6 Cinto de Segurança 2-47, 4-20
Arranque do Motor 3-4 Cinzeiro 2-54
Arranque do Motor com a Ajuda de uma Ba- Comandos de Operação 2-1
Combustivel

022-00022PT Index 8-1


Bomba de Trasfega 4-52 Fusíveis 4-56
Filtro 4-25, 4-37 Fusível 2-44
Filtro da bomba de ferragem e injecção 4-42 Identificação 4-57
Manómetro 2-15
Nivel 4-15 G
Sistema 4-38
Guarnições de borracha antivibração e anti-cho-
Bomba de Trasfega 4-52
que 4-45
Válvula de drenagem do tanque 4-25
Compartimentos para Arrumações na Cabine 2-54
Comunicação I
Aviso de erro 2-20 Indicador
Indicador 2-19 Indicador de comunicação 2-19
Comutador de Selecção do Visor Multifunções 2- Informação sobre Filtro/Óleo 2-28
16 Inspecção Antes de Colocar o Motor em Funcio-
Comutador de Stereo 2-9 namento 3-2
Conjuntos da lagarta 4-25 Inspecção das Porcas e dos Parafusos 4-65
Contador de horas 2-16 Inspecção, Manutenção e Ajustamento 4-1
Contracção da estrutura 5-2 Instruções de Operação 3-20
Interruptor auxiliar 2-12
D Interruptor da Luz de Mastro 2-7
Danos na estrutura 4-45 Interruptor da luz de serviço da cabine 2-9
Interruptor de aviso de sobrecarga 2-10
Descarga e Carregamento 5-5
Interruptor de Corte Piloto 2-43
Descrição da Tabela de lubrificação e manuten-
ção 4-8 Interruptores
Botão da Buzina 2-12
Deslocação 3-15
Botão de Controlo da Velocidade do Motor 2-6
Alavanca de comando da deslocação 3-18
Dispositivo de redução 4-30, 4-40 Botão de Controlo do Esguicho dos Limpa
Pára-brisas 2-8
Instruções 3-16
Botão de Controlo dos Limpa Pára-brisas 2-7
Motor 4-50
Selector de velocidade 2-8 Botão do Alarme de Rotação/Deslocação 2-10
Chave de Ignição 2-6
Sistema 6-4
Comutador de Selecção da direcção do Ven-
Disjuntor 2-12
Disjuntor do Circuito 2-43 to do Aquecimento e do Ar Condicionado
2-33
Comutador de Selecção da Velocidade de
E Deslocação 2-8
Elemento Exterior do Filtro de Ar 4-26, 4-36 Comutador de Selecção do Visor Multifun-
Elevação 3-36 ções 2-16
Elevação com Estropos 5-8 Comutador de Stereo 2-9
Especificações 7-1 Controlo automático da velocidade de deslo-
Especificações Padrão 7-1 cação 3-15
Estacionar a Escavadora 3-30 Controlo da Velocidade do Motor 3-20
Estado do filtro 2-22 Disjuntor 2-12
Extensão da estrutura 5-3 Interruptor auxiliar 2-12
Interruptor da Luz de Mastro 2-7
F Interruptor da luz de serviço da cabine 2-9
Interruptor da Ventoinha de Ventilação 2-32
Ferramenta para Quebrar o Vidro da Janela em
Interruptor da Ventoinha do Ar Condicionado
caso de Emergência 2-55 e do Aquecedor 2-31
Filtro de Aspiração 4-45
Interruptor de aviso de sobrecarga 2-10
Filtro do Óleo Hidráulico 4-30, 4-32
Interruptor de Corte Piloto 2-43
Filtro Piloto 4-30, 4-33 Interruptor de Selecção da Ventilação do
Fissuras e Soldas Defeituosas 4-20
Aquecimento e do Ar Condicionado 2-34
Folga da válvula de regulação 4-45
Isqueiro 2-11
Fugas no Sistema de Combustível 4-15 Luz de Aviso 2-9
Fugas no Sistema Hidráulico 4-14
Selector automático de marcha em vazio 2-24
Funcionamento de Todos os Interruptores 4-20
Selector de informação 2-25
Funcionamento do Acumulador 4-51 Selectores de Modo de Corrente 2-23
Fusiveis
Tomada de corrente 2-11
Caixas 2-42, 4-56
Intervalos de Manutenção 4-10

Index 8-2 022-00022PT


Isqueiro 2-11 Folga da válvula de regulação 4-45
Luz Avisadora da Pressão do Óleo do Motor
J 2-17
Manómetro da Temperatura do Líquido de
Janela Superior da Frente 2-49
Refrigeração 2-15
Janelas Nível de óleo 4-12
Abertura 2-49
Óleo e Filtro 4-25, 4-29
Ferramenta para Quebrar 2-55
Paragem 3-12
Frontais 2-49 Velocidade 2-20
Superiores da Frente 2-49
Verifique e ajuste o motor 4-44
Janelas da Frente 2-49

N
L
Nível do Óleo do Redutor de Deslocação 4-30
Ligação magnética 4-58
Números de Série 4-2
Lingua 2-27
Líquido de Lavagem das Janelas 4-19
Líquido de Refrigeração do Radiador 4-41 O
Localização dos Autocolantes de Segurança 1-4 Operação 3-1
Localização dos Componentes 2-2 Operação em
Lubrificação e filtros 3-1 Altitudes elevadas 3-40
Luz Avisadora da Temperatura do Líquido de Re- Areas de ar maritimo 3-40
frigeração 2-17 Calor extremo 3-38
Luz Avisadora de Carga da Bateria 2-17 Condições de chuva e humidade 3-40
Luz avisadora de sobrecarga 2-18 Extremamente Frios 3-38
Luz de Aviso 2-9 Operação sob condições fora do normal 3-38
Luz do Compartimento do Operador 2-43 Operar uma Escavadora Nova 3-1
Luzes Indicadoras
Luz Avisadora da Pressão do Óleo do Motor P
2-17
Painéis
Luz Avisadora da Temperatura do Líquido de
Refrigeração 2-17 Painel de Controlo do Ar Condicionado 2-11
Painel de Instrumentos 2-14
Luz Avisadora de Carga da Bateria 2-17
Painel de Operação do Ar Condicionado e do
Luz Avisadora de Pré-aquecimento Comple-
to 2-18 Aquecimento 2-31
Painéis e Comandos Operacionais 2-5
Luz avisadora de sobrecarga 2-18
Painel de Instrumentos 2-12, 2-14
Luz de Trabalho 2-18
Paragem
Estacionar a Escavadora 3-30
M Paragem do Motor 3-12
Manómetro Multifunções 2-16, 2-19 Verificações e Confirmações Após a Para-
Manómetros gem do Motor 3-13
Contador de horas 2-16 Paragem de Longa Duração 4-67
Manómetro da Temperatura do Liquido de Peso dos Materiais da Carga 7-4
Refrigeração do Motor 2-15 Pinos da Lança, Braço e Acessório Frontal 4-22
Manómetro do Nível de Combustível 2-15 Pinos e buchas 4-30
Manómetro Multifunções 2-16, 2-19 Porcas e parafusos 4-30
Manutenção em Condições Especiais 4-66 Porta Lateral 2-53
Menu Principal 2-26 Portas de Acesso Diversas 2-53
Modo de Inactivação Automática 3-23 Precauções a Ter Durante a Operação da Máqui-
Modo de Potência 3-22 na 3-25
Modo de Sobrealimentação 3-24 Precauções de Segurança 4-2
Modo de Trabalho 3-23 Pressão da Bomba
Motor 6-1 Bomba traseira 2-21
Arranque 3-4 Pressão da bomba hidraulica dianteira 2-21
Arranque e paragem 3-2 Pressão da bomba hidraulica traseira 2-21
Binários dos parafusos de cabeça 4-45 Procedimentos de Reboque 3-31
Botão de Controlo da Velocidade 2-6 Procedimentos para Fixação de Baldes Instala-
Capota 2-53 dos Através de Cunhas 4-62
Cinta da ventoinha 4-27, 4-28 Programação do relógio 2-27

022-00022PT Index 8-3


R Fugas no Sistema Hidráulico 4-14
Reabasteça o Sistema de Refrigeração 4-18 Motor de Deslocação 4-50
Rede de Poeiras do Refrigerador de Óleo 4-18 Motor de Rotação 4-50
Relógio 2-27 Substituição do Óleo Hidráulico 4-45
Resolução de problemas 6-1 Tanque de Óleo Hidráulico 4-13
Rotação Ventilação Geral 4-50
Chumaceira 4-24 Sistemas de Refrigeração
Dispositivo de redução 4-17, 4-26, 4-39 Limpe o Radiador, o Refrigerador de Óleo e
Engrenagem e pinhão 4-31 a Serpentina do Condensador do Ar
Motor 4-50 Condicionado 4-35
Sistema 6-3 Substituição do Óleo Hidráulico 4-45

S T
Segurança 1-1 Tabela de lubrificação e manutenção 4-7
Selecção do Modo 3-22 Tabela de Lubrificantes Recomendados 4-5
Selector automático de marcha em vazio 2-24 Tabelas da Capacidade de Elevação Nominal da
Selector de informação 2-25 Escavadora 1-41
Selector de modo escavação 2-24 Tanque de Óleo Hidráulico 4-13
Selectores de Modo 2-23 Tecnicas operativas 3-36
Selectores de Modo de Corrente 2-23 Tensão das Lagartas 4-63
Separador de água 4-16 Testes do tempo do ciclo 4-45
Sistema de Admissão de Ar 4-20 Tomada de corrente 2-11
Elemento Exterior do Filtro de Ar 4-26 Trabalhos Preliminares de Preparação da Máqui-
Substitua o Elemento Exterior do Filtro de Ar na para Manutenção 4-3
4-36 Transporte 5-1
Sistema de Refrigeração Trinco Lateral da Porta 2-52
Líquido de Refrigeração do Radiador 4-41
Reabasteça o Sistema de Refrigeração 4-18 V
Rede de Poeiras do Refrigerador de Óleo 4-18 Ventilação e Ferragem do Sistema Hidráulico 4-49
Sistema Eléctrico 4-54, 6-4 Bomba do Sistema Hidráulico 4-49
Sistema Hidráulico 6-2 Cilindros Hidráulicos 4-49
Aquecimento 3-10 Motor de Deslocação 4-50
Bomba do Sistema Hidráulico 4-49 Motor de Rotação 4-50
Britadeira Hidráulica 3-32 Ventilação Geral 4-50
Óleo e Filtro 3-35 Ventilação Geral 4-50
Operação 3-32 Verificações e Confirmações Após a Paragem do
Selecção 3-32 Motor 3-13
Tubagens e Mangueiras Hidráulicas 3-32 Verificações Operacionais Antes de Colocar o
Cilindros Hidráulicos 4-49 Motor em Funcionamento 3-2
Filtro do Óleo Hidráulico 4-32

Index 8-4 022-00022PT