You are on page 1of 30

c  


 
 
    
      
      c
     
     
     
    
   
       
        
  
   
   

     
         
 
    
         
 
      
  

 !   
 "       #   
 
#
 $
     
    
 
 
 
   
 
   
     
 $  

 %  
     
  #
!   
 

  & 
     
 #  ‘

c   


  
         
 
  
%
  
     
 '       
(  
   ) 
 
     
    *
   +
          
  
,   

   
  
 
  
     

     

   
 
    

     
      
 ‘

 -  
   
   
    

 


      
     
.    
   
  
 
         
     
  
 
   
   
    
  
               /    
       &   (   ) 

  %

 
  
   &   . 


#                      
  
 
 
  
     
    
     $ 0
          
 
 
   1 23

      
  
  
  
 
        ‘

,   
     
    $ ,  
    
     
 
     ,  *4556+ 
 
    

/ ‘

(7         


 
 
     


  

!        ,
 
  
 
  8 0     
# 9        
  ,  
 2   (

 
)     

%   :        
  #   "
    "    
       
 
 
        "          
 
 
     
    
     

c          
     0
  
 ; 
    
 
       


 
 $ 
         
 
   "
      
 9         
# 0
 ,         $     ,
# ; 
<   
 
    , 

 8 

   
      
 
      
 ,
 
   

 =   ,   ;     
    ;  



 ) * 5>!5?+‘
c    

    
 
     
      
           
 &


  %   %    
   
   
     
 
    $  
 @    


 #    
 
  %        .  

       #        
   
# . 
    

  
  
 

           
   # 



 
  %      
    

 ; 
   (% )  
      
  
(
 ) *
 #   
 &      

    
A       + 9

 
 
     
   
       #

   
               

 ,   %         1      BC 
BC      

 <  #   

 

 
&  
   
  2

 *45DD+  

    
 @
 *   ( -   )+      

       
      &   
  
  
     
&   
 # 
 ‘

c 
     
              
            

    
     
 
 
  
    (# 0

% )   #   
 0!   
   
@
  
A 

  
  
      
   
 

#     
  
.  
    
  
<    
   #  
   # 0
 %  

    
   
   ‘

"    

 
 
 
 !   
   
#    
 
   
  
 
 
  

   @  ‘

‘‘

=   
 


   
 
 ‘

c      
  0 & #         
E
 
 
    =
     
   
 &   

 
     <   
  

&         .   


 
 

       ‘

$        BB     


   
 
# 
 
 
 
   
     

         
 
             

    ; 
   *2  3 "
 $  <
 1  
+     
   

         ;
      
 
 
      
  

0
      
            
 

E   

        ,   
   
      
  0    &/ &   
&  !     &  
  c 0
    


      ! :
          
   -        :        

,

             
 
            
      ,    
     %    0
      *   
      
 
     +     
 0

         -    ‘

;      

       
 !  

  
 
          % 

   "   C 
     , F
   

&  0   
 
  
 c 
0
 # 

     
    
   
   
 
    
   2 
 *  <     

  < 1 +   0
   
 
  *  2 
 45G5+ c
        
          

      &   %       0
 
  
      

  (     *  
+
 ) *23

 456H+ $      2 


 *45G5+ ( 0

   
%
   &           
  
 ) * II?+    ( 
   & 
 & -          
   0
 $  
           # 0
       
 

      
  ) * II? !IID+‘

$           
 *

   
  
 -   
 +   %        
     -    

      
  
. 
 

   #
   
A 
  

 
   
A 
 (% )  
     # 0
 
   
       %   ,  
      0
   
0
    
  
     
 
        
A 
 
 
%     1E
 
          

       "  
     c 
 

 

 
         
      
 
      
%
  
     $ 
          23

    
  456H
*23

 456H+      


        $
    -         23

    
0

 
       (    -    
    
 
        : 
@
 
  
     
          )
*23

 456H  I5G+  23

 
      
 
 

 
 :   -   
  #     
 
  0
    
 c !  
     


        
A 
 ( 
 ) 


    
   
&  G 
 
    :
  -  c  
    
  
  

   
 .    
    23


        
  
  %     
 

  
A 
 
  #      
       
  
     
 ‘

J 
              
A 
  

 
  
 
 *   
   ( 
  )+
  
       
   
   
       
 
  
    


 
     
A 
 9! 
   
       
 
           


      ‘

c &               0       


  
   
 23

   
      
  *  23

 45G4K45>4+  
      
   & 

  
  
       ! 
  
.    
  0
     
    #   
A 
 
    
 


 *    
  
 
 : 
0
 !  2 
ILL4+   

 :     & 

  ,  
    0
          23

  
   #  ,
 8         4DGD  454>  %
   23

    

   BB *8  4DDGK4565+ ‘

8       




  
 
 M
 ,

   
 
         :  
  
  
     &    
    

  
 (
&)  
    
& 

 # 0
    

 
     

   8 &     

  
  
 
 ( )
(  )  (! 
 )   
 
 
  
   -  

        (
    
 ) '    

             # 0
  
  

        c   0

  0     

-    # 0
  
  
      
; !   
   8   
   
 
   
  

 
  
  
   
A 
 

 
    
          
# 
      ‘

"     8 


    0
      (     )
    $ 

  %   
       

 

      
0
       
% .    
   
 ( # 0
  
  
 
 
    
  ) *8   NE 45?D  56+ "  

 O3M3 *45?I+    
        8 (

 
 

           0
  
  & 
 ) *46I+ $ 
#  (    
       
         

 

) *2   45D5  I?I+.   
     # 
    
      P   Q  c      
 8 % 
               (  )
    
   
 
 
  
 
    

 
   
 ‘

,        ,
 8 


  
 
  23




     
      
 
     
 0
    
 c  0
  23

  8  
 

    
            

   0
    
 c 
   
 
23

 
    1   
          0

         
  
 "  
 
 
     
      
 

  

 
   
 
       

 
     
  
  0
  

   % 

.  
  23

    ! 


             
  456H     
                      ,
    &       3

 
       
     
  
  
 
   

            R 
  
      
          
 0
 
    #     
   
   3

 

   
     
.         
  


     2 
   #   
  
  
               !  
 
&  
 
      23

   
  #   pragmatismo       
   

  BB  BB ,      ‘

"
   23

   !          


        
 

       
    
   
 
     *   
  
E0
        
   +
c   
   
 
         
 
 
 
&   
        
     &.

    0


  
 
  ;  
 
 : ( 

)    
   
‘

; 
 
 
!        

    
    
 
  
         

  c -    
    


  % 
  
     
  %       


 ,

   
  
 
 
   
   
  
  
    
    
  

0

       
  
  , 

0
 
  

0
  
   
        
  
  
   
   
.     
 
  
 
 
           
23

  
          
     
 *
-
  # +. 

      
   
 #  

0
   *  23

 45?6+‘

2  
 
 
     
   
  

0

   * 

0
       
  
 + 
 
*          
 
+ 
 
 
(  ) 

 
     23

 *45?6+ (    


S  T 
 
   %  
 
     

      ) * IGH+. 
 (  )    
   
                

   ‘

F  0
    
 
       
  

 
      
   &   
          &  & 

  
   
 
     
 
   
   
E0
     

  

  
 
        & 
   
          
A 
   
 
R             
&  
 
   
 ‘
P   Q     :       (     

  ) *Q  45L?K4565  ??+ 2
   

   
( 
 )     

 
      
  
     (   
 %         

        
 
 
 
 
 &   %    
   
   
  
  
 
  
     ,   
  ) *Q  45L5K4565  GL6 !GLH+‘

c #  
 
&  23

       


P   Q     
     * 'U 455I 8
 Q
45?H 9
 4556 455> V  45DL+ 9  


    
   
   
   
& 
  
   
 
&   
   0

*
 
 #     (
   &)+      

     
 
  (
) P 

*   45D?
" 45DL 'U 45>5 P 45??+ $ 
    &     

 @
           
   
 

 
     J  JU *  N  45DG 45D6 N 
 4555+
  %   
        Q  
     JU
  
  M 


  
   

 
   
  
 
  1      
 
  
 

         c
 # & 
          *
  &
  
 
   +    
       
 

0
    
     

 
 %   %  
  
 
   
  
  
 @    

     
           
    


‘

,    

 
   
  
 
    

     
     #
      
 
     

       
   
 

 
    ‘

‘‘

c
 
   
 c
 
     
  

‘

<     


           
 

                  
9
           
 
     
  
     c     
   
         
  *
   


+   
%
      
 
 
9   
 * 1   4554+         
   
 
 
 
  &   # 



 

 & 
  
       
   c  0
        
   
 
  '   
   

     # 0
  

          #         


 
      !  
    A
  c  
!           
   
 
# 
 
    &   
   
 ! 
E
 
       
     c     
     %
    
   
    
    
 
 
 
     
- 0  

    

   
        & c
               
   
 
/ +
  #   
  
     
         
  
   *   

      +. +  
  
   
  
  
      
A 
    *   


 
  # 0
      

 
 
     ! 
    
 0
+. +      %
        
 ; %       

    
   1     0
      
 
     %
    
  
 
 
   &   
  
      

 
  
   ‘

9
   0
            

    @
 %   
 : 0  *  9

4555+ c           
   
   
    
 :    =        
     
        
 # 
     
   &
    
      
  


  @
 & 
  
        !  
  
 

     &     &K

   
     #  !          
*         &     + R
   #  
       
               
   
      
 
 

 

 
        #  
  %  
   
 
      #    
 
 
   
  
       
    

 
   
     
 

   
   9       
   

      


  
       
 
   
   
     :   
 '   
& 
  
     &    
 

 
    
 
   
 
 
 
   
  #     
 
 
  

     
    
       
 - 
&      #        
 
        ! 
   
  K  


       
 
 

   
  
 2 
        
 
 &      
% / +      


  & #  
 @
. +      

  # 0
   ! 
    

 K  

   &
  
 . +         

         
 "       
# 0
         
     

         
 !       

   
      # & ( ) *   
  (   
 )+   
 
 

  
     
  
   
 
   
1        
        
   
    
  
 
         
  
     ‘
$      
     
  
   sistema
psicológico !         0
 # 
  


      "         
     
 
    

       
-   
      $ 
     
          
   &    #   
      23


*45>5+   !           (      0
  
   %         ) * II4  
  
+ ;     
   
   
   E
 
     
  # 
    

      
@
  
    
 
 
 

             # 
 $  
 &   

!  
       
 ;

 
  
    
 !   
   
   
     
 
   

  
      :    
     
   
      
 ;    % # 
   
 

       
       
  
     
,   8   
 
    ! 
 
    
   
 !   
   
 
       
 
          
 *    


 
  
#
  
 + ,        
  
 
 
    
   #  
 


   
      
     
 
# 
  
   
  0       
 
             
     ‘

c 

  (      )   
-       
 
    
    
 
 %
    ( )  

    
&
  

  *'  45DD+ %    & 3

 
    
    : 
 

 0
 *<U W <U 455I+
c
  
        #&   (    

 ) *'  45DD+  (     
# ) *<U W <U 455I+
$ -         
    
  K 
   
     
    

 
  
       
  
 
 
   
   
#  *  "  
 4555+‘

c
      
 
     
  
  . -
          
     

   
        
    

' 
   !        
     
  
     
    : 0   
  #   
            *# 
+  
       
     
    

   
 
&     :      
 (  

)  (  #) c    

 
  
  
  
           
  
       
 
   
  
 &    

   (     )       
 *9

4555+ 
  
   
  
 
  
  
   
    0
 
     
         
  
     
   
      
    0
  
  
  
      ‘
" 
 0
   
      
 
  
  
    
       
   
   ,    
   23

 *  9
 4555+  

      
 
      %     
   '   !   
   
    

  
 
 
   
      
     
 
 
     $   
 
      #        
    
 

 
 


   : .      
 

  

 
   
    '   0
 
 
   
    


 $
     
   /‘

(' 
            
  
   
 
     !# 
    $ 

 
             
    

               


0
    
  
  ) *9
 4555  ?!
D+‘

"
 
   
     
 
     
        !      
 0  

       
    
 
  

 
  
 !   
 
  
  

A 
    ‘

‘‘

   c


    ‘

<             


     

      
 
 c 
 &    
 

                     
          
 
    
  
 ‘

c 
     
 
          


 
A 
     
A 
   
  ; 
  
  
       
     
 
 & ,
  
    
       

 
    
 :      :  !  
&   
  c      
  
A 

     
A 
  
      
A 
 
    : &  
       
     
*  
    
  
     
  
+‘

R
 P

          &   
 
      

  # c
    
  
  
   & #   @
 
  

 
       0
    
    

!
 
   
   #   
A 

  
 c 

 
     
     

 
 

 
 
 
   &
  
  
!   J& 
  & 

      

    
E0
  & #  
    
  
 
 &   $ &

 
 & 
 

    *  
 #+.
  
   
&   
       
 !
 
#   &  
E0
 "  
  

 # 
   & 
 & 
   
  
     
    
E0
  
  
  "   0
 
 
  
      
  

     
  
    (   
 ) *
(  )+     
     
 &

   
      
 
  
E
 : 
&  %     
    & 

  ‘

c       


    
    

 
   
 * 45G?+  %  
    
   
     
 

 
   # ;  
 
3

 
   !           
       
    
   


    23

    
  
     @
  0

    
/   0
 *  
     
 !
      ! #

 
 !  
    :

E0
     
     
    
   
 +.
 
0
 *
         

        
  
 +    *    
    
         

  
   
#  : 

0
   
 
      
+
;       
     
   !   

 & 
   
0
   
  
 
 
 

$   
  
  

  
  *


  (  
  # )   
   !  "  
$ W 9
 4555+      
   @
   
     0
       * 

  
  
  
           
 

   +.   
  
     
    

 

  

 #
         &


       

  *     
 
    
 
    
 
 @
 

 + ‘

;  
 
   
    
 *   
 
 
  


  

 +    
     
 
    
       
       
             
  
. 
    
       ! 
  
        
   
 
 
!      
  
  
    
  
         
  
          
 -
   
    
        
         
    
 
           
 
   
  
 
    
 
    
       
0  @
  

 K 

   
  
 * #  
  
   
     
      + ‘

$    
  
A 
      
A 

 
     
 

 
     
 
  
      & "  
  
  &        
  
 0  @
  
  c    K           

  
 #    
       
   
  
6 ‘

' 
  
    
 & 
 !  
 
 # 
         
  
 !
  
.                
    
     
  ;   #
  
   
            :  <   
          # 

   -
    

     
 8    0     #  
 

    :
  # 
 c     
@


             $ 
#  
  
  
 E
 
    :       
  
  :
     
A 
   
  ;

      
 
  
     
 

-   
    *    &  
  +
    # 
    
  
 
   
  c         :   # 
 

     
         
  
       
 
  
 "  
  N

*ILL4+ (     
 
 
  

     
 
   
 !
     
  % 

 
  % ) *46>+‘

;  
       
     
    

   
A 
   
 %
     % 
 &     
  

 *  "  
 4555. 8  455?+
"
     
        
  
 





  
    
   

 
  
     
 2    0
 
    
  "  
 *4555+        
  
    
 2
 "  
  
  

 
 /
¢a) selecionismo como modelo causal e funcionalismo como princípio de análise´ *
6L+/  
  
   
 
  ¢complexidade dos processos
de determinação dos comportamentos humanos´ * 6L+  
 
¢funções do comportamento na produção de conseqüências ambientais´ * 6L+. ¢b)
externalismo como recorte de análise´ * 6L+/    0
 
  

A 
   
    
       
  
  
 #  
 &  ¢eventos privados´  & 


 
#  &. ¢c) complexidade, variabilidade e
caráter idiossincrático das relações comportamentais´ * 64+/
  !
  
 
          
      
 
  


   
    . ¢d) critério pragmático
na definição do nível de intervenção´ * 64+/

 
 ¢a análise funcional
desenvolve-se dentro de limites que atendem ao interesse pela solução de
problemas comportamentais concretos´ * 64+.  -  ¢e) distinção entre
alcance da avaliação e alcance da intervenção´ * 6I+/        
  #    
 

 : &   
  


 

   
   K
    
 
  
  
      
 
 :     ‘

‘‘

 
  !


R   
      &    &  
  
  
    
   ,   
     
(
 )    
   *
+    #  
  
   N
 *45DD+    
    

  ( 
 )

  2
    
    


     
 (&)  
       *
  
   +    (  ) ;  
  N
     
    

              
 
             

 
 
c    
      
  
  

#  !    ,    

 ! *
  


+        
        
     0
        
 
 
     *N
 45DD  ?4+ ‘

c (   )            



  
    
        
 
#
     
  
A 
 
 $   
         
      (
) 
(  
)  
 
   
 
  
A 
 
 
  $    N
 *45DD+/‘

(; 
              
# 
  
 
 
 
     =      
 
         
      
  
 
 
    
    

 &   
  #  =    
  ) * ?6+ ‘

; 
    
       
  
 
 
 ( )    
     
         
A 

  .   
    (
   ) "  
   
     
          

    
  
  
   
   
  
    
  
         
    ;   
             
   
 c 
       ‘

; %      


  

  ,  *4556+

 
    
 @
  
.     

 -    ;    


     

   
  "

  
  
     
 *
%  
+   
   
 
  &
c
     @
 
 &   
  

      
 
     
&         

   

 
&
   c 
     
        
 

 
  : & "      ! 
    
    ‘

‘‘

‘‘ ‘‘
‘ ‘ ‘‘ ‘‘‘‘ ‘‘
  ‘ ‘‘‘ ‘‘‘
ö‘ ð‘ ‘‘‘ ‘ ‘m m ‘ ‘ ‘‘ ‘‘‘‘‘
‘ ‘ ‘‘ ‘‘‘ ‘
‘‘ ‘ ‘
  ‘ ‘‘‘‘!‘"‘ ‘ ‘‘ ‘‘
‘ ‘‘‘‘‘ ‘‘
‘‘‘‘
‘‘‘ ‘‘
‘  ‘‘‘‘‘#‘
 ‘‘ ‘‘‘
‘ ‘‘‘
‘‘$!‘
ö‘ r   ‘ ‘‘‘#‘‘‘  ‘ ‘% ‘‘
 ‘ ‘ ‘ ‘‘&'‘‘‘‘ ‘!‘
ö‘ ð‘ ‘‘   ‘ ‘‘ ‘#‘‘ ‘‘‘ ‘‘
‘‘‘ ‘ ‘‘  ‘ ‘‘ ‘‘ &'‘(‘‘
 #‘‘%‘‘‘ ‘ ‘‘‘‘ ‘
 !‘
ö‘ ‘ m  ‘'‘‘ ‘‘‘ ‘  ‘  ‘(‘ ‘
  ‘‘  )‘ ‘‘ !‘‘ ‘  ‘ '‘
‘‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘‘ ‘ #‘
‘‘'‘‘ ‘!‘

*‘‘‘
‘‘‘‘‘ ‘‘m  ‘‘ m ‘‘  ‘‘‘
m  ‘‘  ‘‘ ‘ ‘‘ !‘*‘‘‘ ‘ '‘
‘‘‘‘ ‘ ‘ (‘‘ ‘‘‘ ‘
‘&'‘%&'‘‘'‘‘‘ ‘  ‘ ‘‘
 
‘ ‘‘ ‘‘   ‘‘ ‘ '‘‘‘
 &'‘‘‘ ‘‘ ‘‘ ‘m   
 m ‘ ‘
 ‘ ‘ ‘ ‘ ‘ ‘  ‘‘‘ ‘‘ !‘
m‘‘ ‘‘ ‘  ‘ ‘‘‘ ‘‘
  ‘‘ ‘‘&'‘‘ #‘ ‘ ‘‘‘‘
 ‘‘‘ ‘‘ &'‘‘ ‘‘‘  ‘‘‘
 #!‘ ‘&'‘‘‘ #‘‘ ‘‘‘‘ ‘
‘(‘‘%‘)‘‘ ‘‘‘ ‘ ‘‘
‘&'‘‘ ‘‘‘ ‘ ‘ ‘ ‘ !‘ ‘ &'‘ ‘ ‘‘
‘‘&'‘‘‘%‘o estruturalismo!‘ ‘‘ ‘ ‘‘
‘‘+‘ ‘ m‘‘‘ !‘ ‘‘‘
‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘ ‘ ‘‘‘ ‘
#‘, ‘&'‘ ‘‘!‘ ‘
 ‘ 
‘&'‘!‘‘  ‘ 
‘‘‘
 ‘‘  ‘‘ ‘‘ ‘‘‘‘‘!!‘ ‘ ‘‘
‘ ‘%‘‘‘ ‘%&)‘ ‘‘‘
‘ ‘ ‘ ‘‘‘ ‘#‘ ‘ '!‘*‘‘ ‘
‘‘%&)‘‘‘‘ ‘  ‘‘ ‘‘
 ‘‘ ‘!‘r  ‘‘ ‘ ‘ ‘‘‘‘
   #(‘‘‘ ‘  ‘ !‘-‘ ‘‘‘#‘‘
‘ ‘‘%‘ ‘ ‘#‘ ‘!‘

"‘‘+‘  !‘.!‘/ ‘ ‘‘ ‘‘  ‘‘


‘‘‘‘ (‘‘ #‘‘‘%‘‘ &'‘
‘‘ ‘‘  ‘‘ ‘‘+‘‘‘‘'‘‘‘
 ‘  ‘   ‘‘‘  ‘‘‘  ‘‘  (
‘‘ ‘‘‘+‘ ‘‘‘‘‘ ‘(‘‘ ‘
&'‘%!‘0 ‘‘ ‘ ‘‘‘‘‘‘ &'‘‘
&'‘  ‘ &'‘‘‘‘ &'‘&'‘‘ ‘
‘1 ‘ ‘ #‘‘  ‘+‘&'‘‘ ‘%‘‘
‘ ‘ ‘‘ 2 ‘‘ ‘‘+‘‘
 ‘‘‘‘‘‘&'‘‘„ m
‘‘1 ‘‘
‘%‘34+‘‘"3‘‘‘‘&)‘‘ ‘ , ‘‘
‘  +‘‘‘ &)‘+(  ‘‘‘‘
   ‘‘ ‘ , ‘567!8‘

erspectivas históricas

3 ‘‘ ‘ ‘ ‘‘‘ ‘+‘ 3!9‘*‘‘‘


 ‘4 ‘-  ‘ ‘‘‘+‘% ‘‘
 &'‘‘‘(‘ ‘‘:;<=‘  ‘‘‘ ‘‘ ‘‘‘
 ‘ ‘+‘‘+‘‘#‘)‘‘  ‘(‘‘
)‘‘>‘  ‘  ‘(‘‘&'‘‘ 
‘‘  !‘ ‘‘
‘3+3‘‘‘‘ ‘&)‘ ‘‘‘  ‘

‘‘ ‘‘‘ ‘+‘‘‘+‘‘ ‘‘‘ ‘
 ‘‘  ‘?@?!‘

‘‘+‘+‘‘ ‘‘+‘'‘1‘1 ‘


‘:=A;‘‘/‘ ‘  !‘0 ‘ ‘‘‘ ‘‘   ‘
‘‘  ‘‘‘‘‘ ‘‘&'‘‘‘‘‘
‘ ‘‘!‘‘ ‘+‘ ‘‘‘&'‘‘
+!‘  ‘‘1 ‘‘‘ ‘
‘‘ ‘#‘+‘
‘‘- ‘‘‘-‘B !‘-C‘D ‘‘ ‘ ‘
 ‘‘‘‘1 ‘ ‘-‘B !‘E‘ ‘ ‘‘‘
 ‘‘ ‘‘+‘ ‘1‘F‘2‘‘ ‘‘]

 m  
m
‘:=;<‘(‘‘ ‘‘‘‘ ‘‘ ‘
+‘(‘ ‘ ‘‘‘ ‘ ‘ &'‘‘ ‘  ‘‘ ‘ ‘
 ‘  !‘G‘ ‘‘‘‘ #‘ ‘
‘‘‘ ‘:;<<‘ #‘
 ‘‘‘‘8<‘+‘ ‘  ‘‘G ‘

ieditar] O estruturalismo

-‘ ‘+‘1 ‘ (‘‘‘ ‘‘ ‘ ‘‘


‘ ‘
!‘ ‘‘% ‘‘ ‘‘#‘‘
 ‘ ‘‘‘‘‘ ‘ !‘"‘‘ ‘
‘‘ ‘‘ ‘1 ‘‘ ‘  ‘‘ ‘‘&)‘
‘‘ ‘‘‘ &)‘ !‘0 ‘ ‘‘‘‘
‘‘  ‘‘-C‘D ‘ ‘‘  ‘ ‘-‘B !‘
0 ‘ ‘‘ ‘‘‘  ‘  ‘‘ ‘‘‘ ‘
 ‘‘ &)!‘B‘‘ ‘ ‘‘D ‘‘‘ &'‘ ‘
‘  ‘%‘ ‘ ‘+‘  ‘‘ &)‘‘‘‘
 ‘ &)‘‘ ‘%
‘ !‘ ‘2 ‘‘‘
‘‘ ‘ ‘‘ ‘ ‘‘ ‘‘‘‘‘
‘‘ ‘
   !‘ ‘ ‘‘ ‘ ‘‘-  ‘‘

ö‘ ‘‘‘reducionista‘ ‘ ‘ ‘ ‘‘%‘‘%


‘
  ‘‘‘ &)H‘
ö‘ O ser ee VlV Vi , ou se , ded r-se ao esudo de pares ou eemenos ao
nvés de esudar esruuras mas compexas, como as que são pcas para o
comporameno humano e
ö‘ O ser ee Vli , ou se a, basear-se somene em rea ros verbas,
excundo ndvduos ncapazes de nrospecção, como cranças e anmas, do
seu esudo. Aém dsso a nrospecção fo avo de muos aaques por não ser um
verdadero méodo cenfco ob evo[3].

Vi  i li 

„       

Wam James concordava com Tchener quano ao ob eo da pscooga- os processos


conscenes. Para ee, no enano, o esudo desses processos não se mava a uma
descrção de eemenos, coneúdos e esruuras. A mene conscene é, para ee, um
consane fuxo, uma caracersca da mene em consane neração com o meo
ambene. Por sso sua aenção esava mas voada para a Ô   dos processos menas
conscenes. Na pscooga, a seu enender, devera haver espaço para as emoções, a
vonade, os vaores, as exper ncas regosas e mscas - enfm, udo o que faz cada ser
humano ser únco. As déas de James foram desenvovdas por John Dewey, que
dedcou-se sobreudo ao rabaho práco na educação[3].

ViVli l iÔ  

„       

Uma mporane reação ao funconasmo e ao comporamensmo nascene (ver abaxo)


fo a pscooga da   ou da forma, represenada por Eax Werhemer, Kur Koffka
e Wofgang Köher. Prncpamene dedcada ao esudo dos processos de percepção,
essa correne da pscooga defende que os fenômenos psqucos só podem ser
compreenddos, se forem vsos como um odo e não aravés da dvsão em smpes
eemenos percepuas. A paavra   sgnfca 3forma3, 3formao3, 3confguração3
ou anda 3odo3, 3cerne3. O gesasmo assume assm o ema 3O odo é mas que a
soma das suas pares3[3].

Dsna da pscooga da  , escoa de pesqusa de sgnfcado bascamene


hsórco fora da pscooga da percepção, é a gesa-erapa, fundada por Frederc S.
Pers (Frz Pers).

iVilV  i i 

Apesar de serem perspecvas á urapassadas, ano o esruurasmo como o


funconasmo e a gesa a udaram a deermnar o rumo que a pscooga poseror vra
a omar. Ho e em da os pscóogos procuram compreender ano as esruuras como a
função do comporameno e dos processos menas.

iVi VV i  i


Segue uma descrção sucna das prncpas correnes de pensameno que nfuencam a
moderna pscooga. Para maores nformações ver os argos prncpas ndcados e
anda pscoerapa.

iViVV i i li 

A base do pensameno da perspecva boógca é a busca das causas do comporameno


no funconameno dos genes, do cérebro e dos ssemas nervoso e endócrno. O
comporameno e os processos menas são assm compreenddos com base nas
esruuras corporas e nos processos boqumcos no corpo humano, de forma que esa
correne de pensameno se enconra muo próxma das áreas dagenéca, da
neuroc nca e da neurooga e por sso esá nmamene gada ao mporane debae
sobre o pape da predsposção genéca e do meo ambene na formação da pessoa.
Essa perspecva drge a aenção do pesqusador à base corpora de odo processo
psquco e conrbu com conhecmeno básco a respeo do funconameno das funções
psqucas como pensameno, memóra e percepção[3].

iViVV i i i i 



„          

Segundo a perspecva pscodnâmca o comporameno é movdo e movado por uma


sére de forças nernas, que buscam dssover a ensão exsene enre os nsnos, as
pusões e as necessdades nernas de um ado e as exgêncas socas de ouro. O
ob evo do comporameno é assm a dmnução dessa ensão nerna.

A perspecva pscodnâmca eve sua orgem nos rabahos do médco


venenseSgmund Freud (1856-1939) com pacenes psquárcos, mas ee acredava
serem esses prncpos vádos ambém para o comporameno norma. O modeo
freudano fo o prmero a afrmar que a naureza humana não é sempre racona e que as
ações podem ser movadas por faores não acessves à conscênca. Aém dsso Freud
dava mua mporânca à nfânca, como uma fase mporanssma na formação da
personadade. A eora orgna de Freud, que fo poserormene ampada por város
auores mas recenes e nfuencou foremene muas áreas da pscooga, em sua
orgem não em expermenos cenfcos, mas na capacdade de observação de um
homem cravo, nfamado pea déa de descobrr os mséros mas profundos do ser
humano.[3].

iViVV i    Vi

„     
  

A perspecva comporamensa (ou comporamenasa) procura expcar o


comporameno em reação aos esmuos do meo ambene que o nfuencam. A
aenção do pesqusador é assm drgda para as condções ambenas em que
deermnado ndvduo se enconra, para a reação desse ndvduo a essas condções
(comporameno) e para as consequêncas que essa reação raz para ee (ver ambém
condconameno). O comporamensmo basea-se sobreudo em expermenos feos
com anmas, mas evou ao descobrmeno de muos prncpos vádos para o ser
humano e fo uma das mas fores nfuêncas ano para a pesqusa como para a práca
pscoógca poseror[3].

iViVV i  i

„         

Em reação às mações das correnes comporamensa e pscodnâmca surgu nos


anos 50 do sécuo XX a perspecva humansa, que vê o homem não como um ser
conroado ano por pusões nerores quano peo ambene, mas anda assm como um
ser avo, que busca seu própro crescmeno e desenvovmeno. A prncpa fone de
conhecmeno do humansmo pscoógco é o esudobográfco, com o fm de descobrr
como essa pessoa vvenca sua exsênca, ao conráro do comporamensmo, que dava
mas vaor à observação exerna. A perspecva humansa procura assm um acesso
hosco para o ser humano, esá nmamene reaconada à fenomenooga e exerceu
grande nfuênca sobre a pscoerapa[3].

iViVV i  ii 

„       r   

A 3vrada cognva3 fo uma reação às mações do comporamensmo, que afrmava


ser mpossve esudar os processos menas e se concenrava somene no
comporameno. O foco cenra desa perspecva é o pensar humano e odos os
processos baseados no conhecmeno - aenção, memóra, compreensão, recordação,
omada de decsão, nguagem ec. A perspecva cognva se dedca assm à
compreensão dos processos cognvos que nfuencam o comporameno- a capacdade
do ndvduo de magnar aernavas anes de se omar uma decsão, de descobrr novos
camnhos a parr de experêncas passadas, de crar magens menas do mundo que o
cerca - e à nfuênca do comporameno sobre os processos cognvos- como o modo
de pensar se modfca de acordo com o comporameno e suas consequêncas. Tpco
desa perspecva é o uso ssemáco de expermenos cenfcos e sua proxmdade
com as cêncas da nformação e da compuação[3].

iViVV i V l i i

A perspecva evouconsa procura, nsprada pea eora da evoução, expcar o


desenvovmeno do comporameno e das capacdades menas como pare da
adapação humana ao meo ambene. Por recorrer a aconecmenos ocorrdos há
mhões de anos, os pscóogos evouconsas não podem reazar expermenos para
comprovar suas eoras, mas conam somene com sua capacdade de observação e com
o conhecmeno adqurdo por ouras dscpnas como aanropooga e a arqueooga[3].

iViVV i i l l

Já em 1927 o anropóogo Bronsaw Eanowsk crcava a pscooga - na época a


pscanáse de Freud - por ser cenrada na cuura ocdena. Essa preocupação de
expandr sua compreensão do homem aém dos horzones de uma deermnada cuura é
o cerne da perspecva sococuura. A perguna cenra aqu é em que se assemeham
pessoas de dferenes cuuras quano ao comporameno e aos processos menas, em
‘‘ I‘0'‘#‘‘  ‘+‘‘ ‘  I‘
-‘‘ ‘‘‘‘‘‘ &‘ ‘   ‘‘
‘‘#‘  ‘‘  ‘‘, ‘‘  ‘ ‘&'‘‘
 !‘

ieditar] A perspectiva biopsicossocial e a


multidisciplinaridade
‘ ‘  ‘‘‘‘‘‘‘ ‘+‘
 ‘>‘ ‘%‘‘‘  !‘‘‘‘ ‘‘
%‘‘‘‘   ‘ ‘ ‘‘‘‘‘‘‘
 ‘‘ ‘‘ ‘!‘-‘‘‘‘
‘‘‘ ‘‘‘‘‘‘‘‘+‘‘‘
 ‘‘#‘ ‘‘#‘
!‘-‘‘‘ ‘‘
 ‘‘‘‘ ‘  ‘'‘‘‘   ‘‘

 ‘‘‘

ö‘ (atores biológicos‘(‘‘‘&'‘ ‘‘‘‘‘ &'‘


‘ ‘‘  ‘‘‘‘‘‘‘ ‘‘
 ‘!H‘
ö‘ (atores psicológicos‘(‘‘
‘%‘‘‘&)‘
 ‘‘ ‘‘ &'‘‘&)‘!H‘
ö‘ (atores socioculturais‘(‘‘‘ &‘‘ ‘‘%‘‘
‘‘‘‘  ‘ 
‘‘ ‘‘‘‘!‘
‘‘ ‘‘!J‘

"‘‘‘‘‘‘‘‘ ‘‘'‘ ‘‘‘‘‘


‘ ‘
‘‘ ‘ ‘  ‘‘‘‘‘ ‘
‘‘#‘
‘  !‘ ‘ ‘‘‘ ‘+‘‘‘‘  ‘ ‘
‘‘  ‘‘  ‘ ‘‘‘‘‘‘‘‘‘
 ‘‘>‘  
‘‘‘‘+‘‘>‘ ‘>‘
‘>‘ ‘>‘+‘>‘ ‘>‘‘>‘‘>‘  ‘>‘
 #‘>‘‘‘ ‘ ‘‘‘‘  !‘

G‘‘#‘‘ ‘‘  ‘ '‘ ‘ !‘‘+‘‘


‘‘‘#‘‘‘‘‘‘ ‘‘‘‘ ‘
 ‘ ‘ ‘‘‘ ‘  H‘  #‘‘
‘ H‘ ‘ ‘‘ ‘ ‘‘$H‘H‘
 ‘  +‘‘ ‘ ‘(‘‘ ‘‘‘ ‘#‘
‘>‘ ‘ ‘‘‘‘ !‘B‘ ‘%‘‘
‘  ‘'‘‘
‘‘B ‘‘‘ ‘
 ‘(‘+‘ ‘ ‘‘ ‘‘
+‘‘
‘  ‘ ‘  ‘‘‘‘
 ‘ ‘‘
‘#‘ ‘‘ ‘
‘‘ &'‘‘‘
 ‘‘ ‘‘ ‘ ‘+‘ ‘ !‘

ieditar] Crítica
ieditar] O O  O científico
‘‘ ‘   ‘‘‘ ‘#‘3  3‘ ‘3#3!‘‘
+‘D‘K  ‘ ‘‘:;JL‘ ‘‘‘‘‘‘‘ ‘
#‘3 (#3‘‘‘‘ ‘‘‘‘   ‘‘
‘ ‘‘‘‘ ‘
‘‘ ‘‘‘‘‘‘ !‘

"‘ ‘‘‘ ‘+‘‘‘‘ ‘‘  #‘‘


 ‘ ‘‘‘ ‘#‘‘ ‘ '‘‘%&)‘ ‘
 ‘‘‘ ‘‘ '‘‘ !‘  ‘‘ ‘‘ 2 ‘
 ‘‘‘‘ ‘  ‘‘&'‘ '‘‘‘
‘ ‘‘‘‘ ‘‘‘ %‘‘+‘  ‘‘
‘‘‘#‘‘ ‘ ‘‘‘+!‘

-‘‘ ‘‘‘‘‘ ‘ ‘‘‘‘


+‘‘ ‘  ‘ ‘‘‘% ‘‘‘
!‘E ‘+‘  ‘ , ‘‘ ‘ ‘ ‘
‘‘‘ ‘;9M‘‘‘ ‘‘ '‘‘ ‘‘‘‘
 ‘>‘‘‘‘, ‘#!‘G‘  ‘‘ &'‘‘
 ‘ ‘  ‘‘ ‘#‘ ‘ ‘ ‘ 2 ‘
 ‘‘ ‘  ‘ ‘ ‘ $‘‘! A‘-‘‘ ‘
 ‘&‘‘‘ ‘‘3 ‘‘3‘‘

m ‘
‘‘‘‘‘, ‘#!‘

E ‘‘‘‘‘‘ ‘‘+‘‘‘%‘
 ‘‘+‘% ‘‘‘ !‘ð‘#‘ ‘ ‘‘
  ‘‘ '‘‘‘‘   ‘‘ ‘  ‘

‘‘‘, ‘‘‘  ‘‘‘‘ ‘
 !=‘  ‘  ‘
‘'‘ ‘‘‘‘‘‘
‘  ‘!‘"‘ ‘‘ ‘‘‘ ‘ ‘$‘ ‘ ‘
&'‘‘  ‘
‘‘ ‘ ‘‘‘ ‘‘
‘ ‘‘+‘‘ ‘‘‘‘‘
+‘ ‘ ‘‘ ‘‘‘  ‘‘‘
‘‘'‘‘ ‘ ‘‘  ‘ !‘

ieditar] Terapias "alternativas" não psicológicas

B‘‘‘‘ ‘>‘, ‘ ‘‘‘‘ ‘‘


‘‘ ‘#‘
‘ ‘‘ &'‘  ‘‘ $‘‘
3‘ 3‘ ‘‘
‘  ‘ ‘‘ ‘‘‘ ‘‘
‘ ‘‘ '‘ !‘E ‘ ;‘ #‘‘ ‘‘ ‘
 ‘ ‘ $‘‘ ‘‘‘‘‘  ‘ ‘
‘‘ ‘&'‘ ‘ !‘/ ‘L<<L‘ ‘‘ &'‘ ‘
3 ‘ ‘‘‘ ‘
‘‘   ‘ ‘‘‘
‘‘ ‘(‘   ‘3 &'‘3‘‘‘ ‘  ‘
  ‘ ‘‘ &'‘‘+‘%!‘'‘#‘ +‘
‘‘‘ &'‘‘  ‘‘‘ ‘‘‘‘‘
‘%!‘ 
 ‘  ‘'‘‘‘‘‘‘‘
 ‘&'‘    ‘‘‘ &'‘  ‘ ‘ ‘
 ‘ ‘ ‘ ‘$‘ !3:<‘  ‘G  ‘:;=8‘‘
‘ ‘ ‘‘ #‘% ‘‘ !:: ‘
=
"
‘
‘‘

c
 0
            
 

  
   
 
   
 ;  
 0
 
 0
 
 / 
    

  
   ‘

c
        
&    
  ,   
          
      
  ;  
 
   
#&
      
‘

c

          
  
 
        ;

        

  
       ‘

c
        
  
&
  
   c 
 
 
         
 
     
&    ; 
   
 
        
  
 
 
   
 &        , # 
 

 
       
 ‘

4   #
   
   $  ‘

; 
      
       0 
  
     
        
 c      
       
  
 *2$"+ 
 -     
     *2$+ =
   
  
 
  
     
   
 
   
 
 
   $   
        
   
  

-   
 
    
  
   
  
 ‘

;
  * 
%
 
A
+      
    

    2$" 
    
   2$" ;    
    
   -     
 c   


 
     *   
    
 

    
  -   &+   2$" c   


 
   2$"   -    @
 ‘

;
A
     0 /     #A
  

  c  
      
 
-   !
       

-   
 
   
 !
-     
    
  =    
 
 
A
   
 &  

    
A
  
   ; 

-  
A
  -   
     
      
     
 & 
 2
 
     #     
   
  
   
!  

%   
   
   #A
 "
A
   -

#A
       
 & 
     :  
    
 ‘
c    
 
  
   
    
   
 *    
   #A
+    
   !

  
         
 
     
 

     
  $ 

    
   
           
  

   N
   
   
  
    

  
   ‘

c 
  
         $ 
   

 A
    
  %
&  

 *  
#  
  +     c 
   !
  %   
    

       $

    
   
    
 
  *  
#  
        %
&  

+   
  

  c 
     #   

    

      
A
  !
  
  

     
    

A
  !
  2 

 &    
  
  
    
  
 
           
 
 ‘

F     
     
0
 

 

 
   
  
    %    0 
      

    

 ‘



 ‘

         


    

 
 
          

   
‘

,        


 

  

 
  
&      
 
  

      
A
  
    
&
 
   
A
       
  
 
#   
A
 
  
         
         
  
     
      ;
      
  
&
  
  
A
    

  
& ‘

$ 


        c       
  
‘

Ö 
      ‘

F  
    
      
 
   
   
  F      
  
    
       
      
 
   
   
  
   *
  + 


   
   
     
 c    
    
     
       
 
     
  F       
  
  
     

-   
 
     

          
 
  
   
  
 ,               
 
         
 ‘
8    "  *8"+/ "   

 & 
         
      
  
  ‘

8    N
  *8N+/ "   
 & 

      
   

 
 ‘

>
   #  $ ‘

c        P


3‘

, 4D>4
  
0    
     
  
  

    
   
  
    
 
 
   # 0
   
  

  8 
    
    
          
&
  
      c  0
      
   4D>6   #  
  
  
 
        ,  
   
  
  P
        
  $   
   
       
        
 c    
  

    
     

            
       *,cJ
ILLI+ ‘

, 4D?6 
  O P
3 
    &
  
      
  #        
  

    
  ,     
 

  
P
3 9
        

   
 P
3            
 


    
     
 
#& 
 #
      P
3        -      ‘

X; 

E   P
3 
        

         %       


    #  


   A!       
c   P
3    
       
   &
      
   
X *N,$9 ILLI  >G?+ c   
   
  
        
 
         ‘

c 
    P
3        
   
  
  &    :        
  *   P
3+ 
 
     
E  

         


 c   P
3   


   
      
   
  
 
 ‘

ð
 % 
#   ‘

'  
      
   -   
 
   
    
    ,



   -   
        2   
  
   
  &  
 
   
  
  
 
  -          


      
 % 
    c 
  
 
 
 
         
    
     
    
   
 
 

 
    ‘

2
 N
 *ILLI+            # 
 
   
      
    
   
   
  ‘

c               


!
 % 
  0          

  

             0       
  
         *
 + c     
            
     

 
    
- *
   % +  

   
      
  *   + =
    &     
    
  ‘

c     
     P
3 
      
   
  
      2U     ;
 

 
  
        ,    
 
    
 
  
  
   
 c       
   
  
   

 
         ,


        
    
 
 
    P
3   

    
   ‘

c    
         #   # 

           P
3 ;  
    
 

 
            
 
   ‘

 
 % 

c   
    
    &  
$    

-   
 c #    

      / ‘

ö‘ c# /
        
  
    ‘
ö‘ c /
         
     

  
       
   

  ‘
ö‘ c# /
      
       


  
&    #   

  ‘
ö‘ c
  /        
   
    

 % 
 
&   
  F   
    
        
 
   
 
   ‘
ö‘ 2
  
 0
/  
0
  
  
   
    

   
  
  
   

     
      

    
  
 0
 
 
 

 &  

             
                ‘

c

  
#
 ‘

c 
          
 #   

@
 
   
      
%
   
 !
  &   
   
        

  A!  


 ; 
     
    

      *  
&  

 
    
  +      *   
 
  + ‘

2
 N
 *ILLI+      
       5HY
   
   
        
   

              
 : 

  

     

 ;       

     
         
 
      
       Q          

    
    
  
 
      


        ;         
 
 
               
  
 
     '               
 
 
        %        
        ;         
   
&      
  &   
     
  -   
   

 
 ;    

 #     
    
  
 
  &
         1
 
      
 
         
             
        
  *
     + C% 
1  II/‘

‘
1  II/ ,       *N,$9 ILLI+ ‘


! 
 
"
 

$ ‘

,#  
@
 
   
   
  c # 0
 
  
     
   

 0
    !  
%
          #     
 
 

      ;         

 
               
 
   
 &   $ -  
  
 ! 
     
  
      
  
  
 # 
!       
 ‘

,    
   
 0
  %  0


  c    
         

     
 
%
  
 
  

  ,   %
      
  
    
       
 ‘

=
"
‘
‘‘

c
 0
            
 

  
   
 
   
 ;  
 0
 
 0
 
 / 
    

  
   ‘

c
        
&    
  ,   
          
      
  ;  
 
   
#&
      
‘

c

          
  
 
        ;

        

  
       ‘

c
        
  
&
  
   c 
 
 
         
 
     
&    ; 
   
 
        
  
 
 
   
 &        , # 
 

 
       
 ‘

4   #
   
   $  ‘

; 
      
       0 
  
     
        
 c      
       
  
 *2$"+ 
 -     
     *2$+ =
   
  
 
  
     
   
 
   
 
 
   $   
        
   
  

-   
 
    
  
   
  
 ‘

;
  * 
%
 
A
+      
    

    2$" 
    
   2$" ;    
    
   -     
 c   


 
     *   
    
 

    
  -   &+   2$" c   


 
   2$"   -    @
 ‘

;
A
     0 /     #A
  

  c  
      
 
-   !
       

-   
 
   
 !
-     
    
  =    
 
 
A
   
 &  

    
A
  
   ; 

-  
A
  -   
     
      
     
 & 
 2
 
     #     
   
  
   
!  

%   
   
   #A
 "
A
   -

#A
       
 & 
     :  
    
 ‘

c    
 
  
   
    
   
 *    
   #A
+    
   !

  
         
 
     
 

     
  $ 

    
   
           
  

   N
   
   
  
    

  
   ‘

c 
  
         $ 
   

 A
    
  %
&  

 *  
#  
  +     c 
   !
  %   
    

       $

    
   
    
 
  *  
#  
        %
&  

+   
  

  c 
     #   

    

      
A
  !
  
  

     
    

A
  !
  2 

 &    
  
  
    
  
 
           
 
 ‘

F     
     
0
 

 

 
   
  
    %    0 
      

    

 ‘



 ‘

         


    

 
 
          

   
‘

,        


 

  

 
  
&      
 
  

      
A
  
    
&
 
   
A
       
  
 
#   
A
 
  
         
         
  
     
      ;
      
  
&
  
  
A
    

  
& ‘

$ 


        c       
  
‘

Ö 
      ‘

F  
    
      
 
   
   
  F      
  
    
       
      
 
   
   
  
   *
  + 


   
   
     
 c    
    
     
       
 
     
  F       
  
  
     

-   
 
     

          
 
  
   
  
 ,               
 
         
 ‘

8    "  *8"+/ "   



 & 
         
      
  
  ‘

8    N
  *8N+/ "   
 & 

      
   

 
 ‘

>
   #  $ ‘

c        P


3‘

, 4D>4
  
0    
     
   
  

    
   
  
    
 
 
   # 0
   
  

  8 
    
    
          
&
  
      c  0
      
   4D>6   #  
  
  
 
        ,  
   
  
  P
        
  $   
   
       
        
 c    
  

    
     

            
       *,cJ
ILLI+ ‘

, 4D?6 
  O P
3 
    &
  
      
  #        
  

    
  ,     
 

  
P
3 9
        

   
 P
3            
 


    
     
 
#& 
 #
      P
3        -      ‘

X; 

E   P
3 
        

         %       


    #  


   A!       
c   P
3    
       
   &
      
   
X *N,$9 ILLI  >G?+ c   
   
  
        
 
         ‘

c 
    P
3        
   
  
  &    :        
  *   P
3+ 
 
     
E  

         


 c   P
3   


   
      
   
  
 
 ‘

ð
 % 
#   ‘

'  
      
   -   
 
   
    
    ,



   -   
        2   
  
   
  &  
 
   
  
  
 
  -          


      
 % 
    c 
  
 
 
 
         
    
     
    
   
 
 

 
    ‘

2
 N
 *ILLI+            # 
 
   
      
    
   
   
  ‘

c               


!
 % 
  0          

  

             0       
  
         *
 + c     
            
     

 
    
- *
   % +  

   
      
  *   + =
    &     
    
  ‘

c     
     P
3 
      
   
  
      2U     ;
 

 
  
        ,    
 
    
 
  
  
   
 c       
   
  
   

 
         ,


        
    
 
 
    P
3   

    
   ‘

c    
         #   # 

           P
3 ;  
    
 

 
            
 
   ‘

 
 % 

c   
    
    &  
$    

-   
 c #    

      / ‘
ö‘ c# /
        
  
    ‘
ö‘ c /
         
     

  
       
   

  ‘
ö‘ c# /
      
       


  
&    #   

  ‘
ö‘ c
  /        
   
    

 % 
 
&   
  F   
    
        
 
   
 
   ‘
ö‘ 2
  
 0
/  
0
  
  
   
    

   
  
  
   

     
      

    
  
 0
 
 
 

 &  

            
                ‘

c

  
#
 ‘

c 
          
 #   

@
 
   
      
%
   
!
  &   
   
        

  A!  


 ; 
     
    

      *  
&  

 
    
  +      *   
 
  + ‘

2
 N
 *ILLI+      
       5HY
   
   
        
   

              
 : 

  

     

 ;       

     
         
 
      
       Q          

    
    
  
 
      


        ;         
 
 
               
  
 
     '               
 
 
        %        
        ;         
   
&      
  &   
     
  -   
   

 
 ;    

 #     
    
  
 
  &
         1
 
      
 
         
             
        
  *
     + C% 
1  II/‘
‘
1  II/ ,       *N,$9 ILLI+ ‘

! 
 
"
 

$ ‘

,#  
@
 
   
   
  c # 0
 
  
     
   

 0
    !  
%
          #     
 
 

      ;         

 
               
 
   
 &   $ -  
  
 ! 
     
  
      
  
  
 # 
!       
 ‘

,    
   
 0
  %  0


  c    
         

     
 
%
  
 
  

  ,   %
      
  
    
       
 ‘