You are on page 1of 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

INSTITUTO DE QUÍMICA

DEPARTAMENTO DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA

QUI-029 / QUI-003: QUÍMICA GERAL


AULA PRÁTICA: Sólidos: estrutura e propriedades

SALVADOR – Bahia
2009
Sólidos: entendendo suas estruturas e propriedades!

Objetivos:
a. Entender como átomos, íons e moléculas se arrumam para formar os sólidos;
b. Relacionar as propriedades dos sólidos com os tipos de partículas formadoras.

Como átomos, íons e moléculas podem se arrumar para formar os sólidos?

Uma das grandes realizações da química foi a síntese de novos materiais, tais como
plásticos e ligas. Muitos desses novos materiais podem ser projetados para ter propriedades
específicas, mas, para isso, é necessário saber como a estrutura pode afetar essas propriedades.
Portanto, não é surpresa dizer que um dos aspectos mais importantes da química é a investigação
das estruturas dos materiais e das ligações que mantêm as partículas juntas.

1. Quais são os três diferentes tipos de partículas que formam os materiais?

Os sólidos consistem de arranjos regulares de átomos, moléculas ou íons. Essas partículas,


chamadas “blocos de construção”, quando arrumadas de modo regularmente repetido, formam o
que se chama de estrutura cristalina do sólido. Os blocos de construção podem ser representados
por pontos ou pequenas esferas. A FIGURA 1 apresenta uma camada de partículas iguais
(representadas por bolas) arrumadas de modo compacto.

2. Analise a FIGURA 1 e responda:


 O que as esferas representam?
 Qual é o arranjo geométrico formado pelas esferas marcadas com x em torno da
esfera a?
 Quantas esferas x existem em torno da esfera a?

2
FIGURA 1 – UMA CAMADA DE ESFERAS EMPACOTADAS COMPACTAMENTE

As camadas de partículas são arrumadas umas sobre as outras de modo a formar uma
estrutura tridimensional. A FIGURA 2 mostra a primeira e uma segunda camada de partículas
iguais arrumadas de modo compacto.

FIGURA 2 – DUAS CAMADAS DE ESFERAS ARRUMADAS COMPACTAMENTE

3. Compare as FIGURAS 1 e 2 e diga em qual tipo de cavidade, b ou c, foram colocadas


as esferas da segunda camada.

4. E agora analise a FIGURA 3, a seguir, e discuta:


 A diferença entre os dois empacotamentos.
 Porque estes empacotamentos são chamados de compactos.

3
c

Arranjo tipo ababab... Arranjo tipo abcabcabc...

FIGURA 3 – DOIS MODOS DE ARRUMAR TRÊS CAMADAS DE ESFERAS IGUAIS DE


MODO COMPACTO

A terceira camada de esferas pode ser idêntica a primeira e esse arranjo, ababab..., ao ser
repetido infinitamente, forma um tipo de empacotamento compacto chamado hexagonal
compacto. Um outro modo de arrumar as esferas da 3a camada, de modo compacto, é colocá-las
sobre as cavidades c da primeira camada, formando um arranjo abcabcabc.... Esse arranjo é
chamado cúbico compacto. Essas são as duas maneiras de arrumar partículas de modo compacto.
As partículas não se arrumam apenas de modo compacto para formar os sólidos. Outros
arranjos, não compactos, como por exemplo, o cúbico de corpo centrado, são encontrados. A
FIGURA 4 mostra um arranjo cúbico de corpo centrado.

FIGURA 4 – MODELO DO ARRANJO CÚBICO DE CORPO CENTRADO

4
Utilizando esferas de isopor, você vai estudar os dois tipos de empacotamento
compacto e também o não compacto. Para isso siga as orientações do
professor.

Os sólidos são classificados de acordo com as partículas presentes em seu retículo


cristalino; essas partículas podem ser átomos, moléculas ou íons. De acordo com o tipo de
partícula presente nos pontos do retículo, podemos classificar os sólidos em: covalentes,
metálicos, moleculares e iônicos.

5. Discuta com seus colegas o que as esferas de isopor representam, em cada um dos
seguintes tipos de sólidos:
(a) Covalente, por exemplo, a sílica (SiO2)n.
(b) Metálico, por exemplo, o ferro (Fe)n.
(c) Molecular, por exemplo, o gelo H2O(s).
(d) Iônico, por exemplo, cloreto de sódio (Na+Cl−)n.

6. De acordo com o que foi estudado sobre estruturas e tipos de sólidos, discuta com
seus colegas diferença(s) entre sólidos covalentes e metálicos.

Propriedades dos sólidos e suas partículas formadoras!

As propriedades dos sólidos dependem não somente de suas partículas formadoras, mas
também do tipo de ligação entre elas e do modo como elas estão arrumadas para formar a
substância. Uma propriedade que contribui para diferenciar alguns tipos de sólidos é a
condutividade elétrica. Através do EXPERIMENTO 1 a seguir, o professor vai usar um dispositivo
para testar a condutividade elétrica de diferentes materiais. Durante cada teste, anote suas
observações e, a seguir, descreva-as.

5
EXPERIMENTO 1

1. Colocar um pouco de cada um dos materiais apresentados no QUADRO em um vidro de


relógio;
2. Tocar os terminais do dispositivo a ser usado para testar a condutividade, em dois pontos
distintos do material;
3. Verificar se a lâmpada acende.
 Para cada caso, descreva o que você observou.

QUADRO 1
MATERIAL DESCRIÇÃO DA OBSERVAÇÃO
Água destilada
Cu2+SO42−.5H2O(s)
Cu2+SO42−.5H2O(aq)
I2(s)
I2(aq)
Cu(s)
(SiO2)n (s)
SiO2 (s) + H2O
Sacarose, C12H22O11(s)
C12H22O11(aq)

7. Quais são as partículas formadoras de cada um dos materiais listados no QUADRO 1?

8. Com base no entendimento de que as propriedades de um dado material estão


relacionadas com as suas partículas formadoras e com o modo como elas estão ligadas
umas às outras, explique os resultados obtidos no experimento.
ATENÇÃO: Lembre que a condutividade elétrica ocorre se tem partículas carregadas em
movimento!

6
BIBLIOGRAFIA consultada

ATKINS, P.W. e BERAN, J.A. General Chemistry. New York: Scientific American Books, 1989.

CHANG, R. Chemistry. USA, Mc Graw - Hill Inc, 1994.

RUSSELL, J.B. Química Geral. São Paulo, Makron Books do Brasil Editora Ltda, vol 11, 1994.

VIVEIROS, A. M. V., MARTINS, C. R., ALVES, F. M., CEDRAZ, J. P. L., LÔBO, S. F., “Vamos
entender as estruturas dos sólidos?” Manual de aulas práticas da disciplina Química Geral I,
Salvador – BA, UFBA, Instituto de Química, Departamento de Química Geral e Inorgânica,
1998.