You are on page 1of 25

Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Administração e Contabilidade


ADM 100 – Teoria Geral da Administração (Turma 5)

A EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO EM
ADMINISTRAÇÃO

Professoras: Fernanda Cristina da Silva


Nina Rosa da Silveira Cunha

2019
TEORIAS EM ADMINISTRAÇÃO

 As teorias podem ser definidas como conjuntos coerentes de


suposições elaboradas para explicar a relação entre dois ou mais
fatos observáveis e proporcionar uma base sólida para prever
eventos futuros.
 As teorias são afirmações que predizem quais ações vão levar a
quais resultados e por quê;

 As teorias organizacionais são aquelas que têm como objetivo


compreender as organizações como um fenômeno social e
desenvolver modelos explicativos ou descritivos de práticas
organizacionais.

2
TEORIAS EM ADMINISTRAÇÃO

 Mas, o que justifica a análise das principais teorias administrativas?

 As teorias influenciam a prática, servindo como guia para as


decisões da administração;

 As teorias influenciam a forma como enxergamos as pessoas, as


organizações e o meio em que elas estão inseridas;

 As teorias servem como fonte de compreensão e/ou previsão de


práticas observadas nas organizações.
PERSPECTIVA TEMPORAL DAS TEORIAS DE
ADMINISTRAÇÃO

Fonte: Peci e Sobral (2008; 2013)

4
“ORGANIZAR” E “ADMINISTRAR” COMO
PRÁTICAS SECULARES
 É possível encontrar vários exemplos históricos que demonstram
como a administração vem sendo praticada há milhares de anos:
 Registros de atividades comerciais e governamentais já eram utilizados pelos
sumérios por volta de 5000 a.C;
 As pirâmides egípcias e a Grande Muralha da China são exemplos de
projetos de grande escopo e amplitude, que envolveram milhares de pessoas
e que contaram com o uso de práticas administrativas desde 4.000 a.C;
 Técnicas e conceitos administrativos estavam presentes em organizações
militares desde 3.500 a.C;
 A organização e a comunicação marcaram a governança do extenso Império
Romano entre VII a.C. e IV a.D;
 A invenção da contabilidade como prática administrativa se deu no século
XVI;
 A constituição da primeira empresa multinacional global, a Companhia das
Índias Orientais, foi responsável pelo comércio entre países de vários
continentes no decorrer do século XVII.
5
“ORGANIZAR” E “ADMINISTRAR” COMO
PRÁTICAS SECULARES

 A palavra “administração” vem do latim ad (direção, tendência


para) e minister (subordinação ou obediência), o que significa
que administrar consiste em dirigir as atividades de um
grupo de subordinados.

6
ESCOLAS DA AMINISTRAÇÃO

 A evolução do pensamento administrativo pode ser entendido por meio


da apresentação das Escolas da Administração;

 Progressivamente, por meio dos diversos estudos e pesquisas empíricas,


as concepções sobre o homem, a organização e o meio ambiente
foram evoluindo e tornando-se mais complexas mediante o aprendizado
heurístico, com base em pesquisas empíricas;

 Considera-se, que as Escolas da Administração não são antagônicas:


elas são complementares.
PERSPECTIVA TEMPORAL DAS TEORIAS DE
ADMINISTRAÇÃO

Fonte: Peci e Sobral (2008; 2013)

8
ESCOLA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

 Foi apenas no final do século XIX que surgem as primeiras tentativas


de constituição de um campo de conhecimento independente, nas
quais se destaca a Escola Clássica da Administração.

“A Escola Clássica de administração pode ser definida


como o conjunto de contribuições teóricas que
buscaram identificar princípios racionais e universais
de gestão que tornariam a organização mais
eficiente”.
ESCOLA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

 Os trabalhos pioneiros a respeito da administração foram


desenvolvidos por dois engenheiros, no início do século XX:

 O norte-americano Frederick Winslow Taylor – iniciou a chamada


“Administração Científica”, que buscava aumentar a eficiência da
indústria por meio da racionalização do trabalho do operário;

 O europeu Henry Fayol – desenvolveu a chamada “Teoria Clássica”,


que buscava aumentar a eficiência da empresa por meio de sua
organização e da aplicação de princípios gerais da administração
em bases científicas.

Nota: Robert Owen foi um dos mais influentes precursores do estudo de administração. Charles Babbage
defensor da divisão do trabalho e a repetição constante da mesma com aumento da expertise e eficiência dos
trabalhadores.
ESCOLA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

 A escola clássica da administração pode ser dividida em duas


grandes correntes:

 Administração Científica

 Teoria clássica (Gestão Administrativa)


ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

A Administração Científica foi a escola pioneira de


pensamento administrativo que busca sintetizar um
conjunto de princípios de gestão eficiente dos
processos operacionais de trabalho, tendo por
base a crença de que existe uma única maneira
certa de desempenhar cada tarefa.
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

• Frederick Winslow Taylor (1856-1915)

O principal representante da
Administração Científica foi Taylor,
engenheiro nascido nos EUA;

Taylor revolucionou os processos


tradicionais dos métodos de trabalho por
meio da aplicação de métodos
científicos em várias empresas norte-
americanas

Sua obra “Princípios de Administração


Científica”, de 1911, sintetiza um Fonte: imagem Wikipédia

conjunto de preceitos em busca da


gestão eficiente do trabalho.
SOBRAL e PECI (2013); SILVA (2008)
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

 Para Taylor, as indústrias de sua época padeciam de três males:

 Vadiagem sistemática dos operários, que reduziam a produção a


cerca de 1/3 da que seria normal, para evitar a redução das tarifas
de salários pela gerência;

 Desconhecimento, pela gerência, das rotinas de trabalho e do


tempo necessário para a sua realização;

 Falta de uniformidade das técnicas e métodos de trabalho.


ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
• A ênfase da Administração Científica é a “divisão do
trabalho em tarefas elementares e praticamente
indivisíveis e a especialização das pessoas na
execução dessas tarefas, visando a obter ganhos de
produtividade” (LACOMBE, 2009, p. 102).

• Os princípios desta teoria são:

Fonte: Silva (2008, p. 114)


ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

 Pressupostos de sua teoria:

 Homo Economicus – crença de que o ser humano é egoísta e


racional, orientado exclusivamente por motivações econômicas.

 A organização é considerada um sistema fechado, com foco nos


processos internos;

 Existe uma ciência da administração capaz de ser


universalizada.
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
 Em 1903, quando foi fundada a Ford Motor
Company, os automóveis fabricados seguiam os
métodos de produção artesanais.

 Buscando a eficiência da produção, a fim de


produzir um carro acessível a qualquer pessoa,
Henry Ford (1863-1947), seguindo os princípios
da administração científica, mecanizou tudo que
fosse possível e dividiu as tarefas em menores
componentes.

 Em 1908, a Ford lança o Modelo T. Seu primeiro


modelo levou cerca de 12 horas para ser
produzido, mas em 1925, saia um a cada 15
segundos. Fonte: imagem Wikipédia

 O modelo de produção fordista iniciou a era da


produção em massa, em série e em cadeia
contínua e da sociedade do consumo em massa.
SOBRAL e PECI (2013); SILVA (2008)
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
 Para Taylor, há uma única maneira certa para
desempenhar cada tarefa, visando maximizar sua eficiência
e assegurando o máximo rendimento ou produtividade;

 Essa maneira certa é identificada por meio da análise detalhada


do trabalho, em suas diferentes fases, e do estudo dos
movimentos necessários para a sua execução, a fim de
simplificá-los e reduzi-los ao mínimo.

 O foco da análise eram os processos operacionais de


trabalho;

 A separação do processo do planejamento do trabalho e da


execução era outra premissa defendida por Taylor.
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
 Outro importante teórico que contribuiu para a administração
científica foi Frank Gilbreth, que complementou os estudos do
tempo de Taylor, dando origem ao “estudo dos tempos e
movimentos”.

 O estudo dos tempos e movimentos – é um esforço


sistemático para analisar e cronometrar todos os movimentos
necessários para a realização de uma tarefa, eliminando aqueles
que, por serem desnecessários causam fadiga no decorrer da
atividade laboral.

 Enquanto Taylor cronometrava o tempo de execução de cada


tarefa, Gilbreth analisava os movimentos executados pelos
trabalhadores, a fim de eliminar os movimentos que considerava
desnecessários.
CONTRIBUIÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO
CIENTÍFICA

Contribuições:

Melhoria acentuada da produtividade e da eficiência nas


fábricas;

Introduz uma forma diferenciada de remuneração, relacionada


à produtividade;

Criação da base para o desenvolvimento da linha de


montagem que propicia a produção em série (Ford Motor
Company).
CRÍTICAS À ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

 Críticas:
Enxerga o trabalhador como uma peça de uma máquina,
ignorando suas necessidades sociais e psicológicas;
Baseia-se em pressupostos motivacionais materiais e
simplistas;
Não considera a possibilidade de existência de conflitos ente
objetivos dos trabalhadores e gerenciais;
Concebe as organizações como um sistema fechado, não
considerando as influências das formas externas na
administração;
Cria condições propícias para a alienação do trabalhador, por
causa da superespecialização e divisão do trabalho.
PARA REFLETIR...

Os princípios e pressupostos da
administração científica, propostos por
Taylor, ainda são válidos nas
organizações de hoje?
PARA REFLETIR...

“O processo operacional do McDonald´s tem como objetivo alcançar a


consistência e a uniformidade em todas as lojas. Os tempos e
movimentos de todas as tarefas executadas na cadeia de fast-food são
rigorosamente cumpridos pelos funcionários. A forma como se colocam
os dois hambúrgueres na chapa, a temperatura ideal que ela alcança, a
quantidade adequada de alface, queijo, molho especial, cebola, picles e
o pão com gergelim são rigorosamente controlados para que o
sanduíche esteja pronto dentro daquela caixinha, exatamente como
aparece na foto, em qualquer lugar do mundo, salvo pequenas
alterações regionais que, recentemente, a rede vem implementando. Até
mesmo a quantidade de gelo que deve conter um copo de refrigerante, o
tempo que a batata permanece fritando no óleo à determinada
temperatura, a quantidade de sal que é colocada, enfim, todos os
detalhes são rigorosamente estudados.
Fonte: (SOBRAL e PECI, 2013).
PARA REFLETIR...
“A forma de atendimento, inclusive, é também rigorosamente controlada:
“Bom dia, senhor, qual é o seu pedido?” – sempre com um sorriso no
rosto – “Gostaria de um McSunday para a sobremesa”; “Uma torta?”;
“Obrigado! Tenha um bom apetite e até a próxima!”. Assim, o cliente que
faz seu pedido em um caixa do McDonald´s em São Paulo vai encontrar
o mesmo produto, caracterizado pela mesma qualidade, com rapidez no
serviço e preços baixos que outro cliente em Lisboa, Moscou ou Nova
York. O aperfeiçoamento do sistema operacional do McDonald´s só foi
possível graças à restrição do menu em dez itens, fato que possibilitou a
especialização e a uniformização padronizada. Todos os procedimentos
foram formalizados em um manual de operações, em um total de 750
páginas, que descreve como os operadores devem fazer milk shakes,
hambúrgueres grelhados e batatas fritas, especificando detalhes de
forma e tempo de preparo. Um dos resultados dessa uniformização é a
rapidez exemplar com que os atendimentos são realizados e qualidade
do serviço e dos produtos oferecidos, que são um dos motivos de
orgulho da empresa e que a diferencia de seus concorrentes”
Fonte: (SOBRAL e PECI, 2013).
REFERÊNCIAS:
LACOMBE, F. J. M.; HEILBORN, G. L. J. Administração: Princípios e
tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.

SILVA, Reinaldo O. da. Teorias da administração. São Paulo: Pearson


Prentice Hall, 2008.

SOBRAL, Filipe; PECI, Alketa. Administração: teoria e prática no


contexto brasileiro. 2 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2013.

SOBRAL, Filipe; PECI, Alketa. Administração: teoria e prática no


contexto brasileiro. 1 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008.

Related Interests