You are on page 1of 22

https://questoes.grancursosonline.com.

br

Simulado
Criado em 21/02/2019 às 10:36:54

Matéria(s)/Assunto(s): Princípios Gerais do Direito, Conceitos de Estado,


Povo, Território e Governo, Classificação das Constituições, Nova
Constituição e o Direito Anterior, Poder Constituinte, Classificação e
Aplicabilidade das Normas Constitucionais, Constituição Federal

No que se refere a princípios gerais do direito, julgue o item a seguir.

1.Comumente, para a investigação dos princípios gerais do direito, parte-se de disposições particulares
da lei que são elevadas, por gene ralização crescente, até se localizar o princípio em que se enquadre o
caso concreto não previsto pela norma legal.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2004 / ANATEL / Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações - Área Jurídica / Questão:51

2.Em relação ao Direito Objetivo, é CORRETO afirmar que

A) trata-se da faculdade que toda pessoa tem de postular seu direito, visando à realização de seus
interesses.
B) corresponde a toda sanção que visa reger as relações jurídicas para a convivência entre as pessoas.
C) diz respeito ao complexo de normas, que são impostas às pessoas, com caráter de universalidade,
para regular suas relações.
D) caracteriza-se como toda e qualquer decisão proferida pelo magistrado, no exercício de suas
funções jurisdicionais, de forma a regrar a conduta dos indivíduos.
Fonte: ACADEPOL - MG / 2011 / / Escrivão de Polícia Civil / Questão:16

3.São fontes do Direito:

A) a ética, a moral, a religião, a lei e a analogia.


B) a lei, a jurisprudência, a sanção, a coação e a coerção.
C) a política, os costumes, os fatos, os atos normativos e administrativos.
D) a lei, os costumes, a analogia, a doutrina e a jurisprudência.
Fonte: ACADEPOL - MG / 2011 / / Escrivão de Polícia Civil / Questão:17

4.O Direito se classifica em “Direito Natural” e “Direito Positivo”, sendo o segundo subdividido em:

A) Direito Nacional e Direito Internacional, ambos subdivididos em Direito Público e Direito Privado.
B) Direito Público, Direito Privado, Direito Processual e Direito Constitucional.
C) Direito Penal e Direito Civil, sendo que o Direito Penal trata dos crimes contra a vida e o Direito Civil
das relações entre as pessoas.
D) Direito Civil, Direito Penal, Direito Comercial, Direito do Trabalho e Direito Constitucional.
Fonte: ACADEPOL - MG / 2011 / / Escrivão de Polícia Civil / Questão:18

Acerca dos conceitos de Estado, nação e povo, julgue os itens que se seguem.

5.O conceito de Estado possui basicamente quatro elementos: nação, território, governo e soberania.
Assim, não é possível que haja mais de uma nação em um determinado Estado, ou mais de um Estado
para a mesma nação.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2008 / SERPRO / Analista - Área Advocacia / Questão:55

6.Assinale a opção correta, acerca das normas constitucionais e da teoria geral da Constituição.

A) São constitucionais as normas que dizem respeito aos limites, e atribuições respectivas dos poderes
1 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
políticos, e aos direitos fundamentais. As demais disposições que estejam na Constituição podem ser
alteradas pelo quórum exigido para a aprovação das leis ordinárias.
B) A Constituição contém normas fundamentais da ordenação estatal que servem para regular os
princípios básicos relativos ao território, à população, ao governo, à finalidade do Estado e suas
relações recíprocas.
C) A constituição material é o peculiar modo de existir do Estado, reduzido, sob a forma escrita, a um
documento solenemente estabelecido pelo poder constituinte e somente modificável por processos e
formalidades especiais nela própria estabelecidos.
D) A constituição formal designa as normas escritas ou costumeiras, inseridas ou não num documento
escrito, que regulam a estrutura do Estado, a organização dos seus órgãos e os direitos fundamentais.
E) São classificadas como dogmáticas, escritas e outorgadas as constituições que se originam de um
órgão constituinte composto por representantes do povo eleitos para o fim de as elaborar e
estabelecer, das quais são exemplos as Constituições brasileiras de 1891, 1934, 1946 e 1988.
Fonte: ESAF / 2009 / MPOG / Especialista em Políticas Públicas / Questão:51

A respeito da redefinição do papel do Estado e da reforma do serviço civil, julgue os itens de 91 a 94.

7.No entendimento de Fernando Rezende, a reforma do Estado deve ter como referencial a urgente
necessidade de fortalecê-lo, e não de promover o seu aniquilamento, o que significa aumentar o seu
tamanho e ampliar sua ação direta, concomitantemente com a publicização do setor privado.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2010 / MPS/MPAS / Administrador / Questão:93

8.Analise as 2(duas) afirmativas abaixo, e em seguida, marque a única resposta correta: I. Cidadão é o
indivíduo consciente do seu papel na sociedade; II. A vida em sociedade é formada de direitos e
deveres.

A) As duas afirmativas estão erradas;


B) A primeira afirmativa está certa e a segunda está errada;
C) As duas afirmativas estão corretas;
D) Somente a segunda afirmativa está correta.
Fonte: FUNVAPI / 2012 / / Operador de Máquinas / Questão:11

9.A evolução histórica do Estado, em determinado momento introduziu a ideia de que o indivíduo
precede o Estado, de tal forma que mesmo indivíduos singulares detêm direitos naturais e por lei que
podem, inclusive, fazer valer contra o Estado. Estamos falando do Estado:

A) estamental;
B) representativo;
C) social;
D) do bem-estar;
E) complexo
Fonte: Dom Cintra Fundação / 2012 / / Agente de Processamento de Dados / Questão:26

Acerca dos elementos do Estado e da abrangência de seus Poderes, julgue os itens a seguir.

10.O Estado é formado por três elementos: o povo, o território e o governo soberano, constituindo este
último o elemento condutor que detém e exerce o poder absoluto de autodeterminação e auto-
organização emanado do povo.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2012 / TJRR / Administrador / Questão:52

11.Por forma de Estado podemos entender o seguinte.

A) A quem é atribuído e como deve ser exercido o poder político do Estado.


B) A relação de confiança entre o Poder Legislativo e o Poder Executivo, com vistas a manter a
estabilidade política, jurídica e social.
C) De que maneira ocorre a organização político-administrativa do Estado, estabelecendo o grau de
descentralização do poder central e a autonomia dos poderes locais.
D) De que maneira é exercido o poder político do Estado em determinado momento histórico,
demonstrando, assim, a relação entre governantes e governados.
Fonte: FUNDEP / UFMG / 2008 / / Delegado de Polícia / Questão:6

A respeito das noções de Estado, governo e administração pública, julgue os itens a seguir.

2 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
12.Povo, território e governo compõem os três elementos constitutivos do conceito de Estado.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2015 / MPOG / Administrador / Questão:109

13.A respeito dos elementos do Estado, assinale a opção correta.

A) Povo, território e governo soberano são elementos indissociáveis do Estado.


B) O Estado é um ente despersonalizado.
C) São elementos do Estado o Poder Legislativo, o Poder Judiciário e o Poder Executivo.
D) Os elementos do Estado podem se dividir em presidencialista ou parlamentarista.
E) A União, o estado, os municípios e o Distrito Federal são elementos do Estado brasileiro.
Fonte: CESPE / 2016 / TRT 8ª / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:5

14.Visto que as palavras Constituição e governo significam a mesma coisa, visto que o governo é
autoridade suprema nos Estados e que forçosamente esta autoridade suprema deve repousar nas mãos
de um só, ou de vários, ou de uma multidão, segue-se que desde que um só, ou vários, ou a multidão
usem da autoridade com vistas ao interesse geral, a Constituição é pura e sã forçosamente; ao
contrário, se se governa com vistas ao interesse particular, isto é, ao interesse de um só, ou de vários,
ou da multidão, a Constituição é viciada e corrompida; porque de duas coisas uma: é preciso declarar
que os cidadãos não participam do interesse geral, ou dele participam. O excerto acima transcrito
contempla aspectos essenciais dos critérios adotados para classificação das formas de governo por

A) Rousseau.
B) Maquiavel.
C) Montesquieu.
D) Aristóteles.
E) Locke.
Fonte: FCC / 2015 / TJGO / Juiz Substituto / Questão:65

15.Acerca da forma e sistema de governo, chefia de estado e chefia de governo, assinale a alternativa
CORRETA.

A) Atualmente, o Brasil adota a República como sistema de governo.


B) No Parlamentarismo, as funções de Chefe de Estado e de Chefe de Governo não são exercidas por
uma única pessoa.
C) No Presidencialismo, as funções de Chefe de Estado e Chefe de Governo encontram-se nas mãos de
uma única pessoa, qual seja, o Presidente da República; esta forma de governo é a prevista na
Constituição Brasileira.
D) O Brasil é uma República Presidencialista, e seus governantes são eleitos indiretamente pelo povo.
E) A Monarquia é uma forma de governo em que há uma participação direta do povo na escolha dos
governantes.
Fonte: NUCEPE / 2018 / / Médico Legista / Questão:27

16.De acordo com o pensador Norberto Bobbio, entre a forma extrema de democracia representativa e
a forma extrema de democracia direta existe um continuum de formas intermediárias [...]
perfeitamente compatíveis entre si posto que apropriadas a diversas situações e a diversas exigências.
[...] não são dois sistemas alternativos. (BOBBIO, Norberto. O futuro da democracia, p. 52). Do trecho
transcrito, se dessumi:

A) Trata-se de uma censura às constituições que, assim como a brasileira, preveem que todo poder
emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente [...].
B) Na atualidade, é possível se admitir um sistema de democracia direta se instrumentos
intermediários forem incorporados de modo a mitigar as restrições da democracia representativa
tradicional.
C) A democracia representativa encontra-se sob questionamentos em todos os países e a sua
obsolescência exige novos instrumentos de participação dos cidadãos por meio da democracia digital.
D) Os instrumentos de democracia direta, entre os quais o plebiscito, o referendo e a iniciativa popular,
são prescindíveis nas democracias maduras ocidentais que prestigiam a democracia liberal tradicional,
sendo mais adequados aos países de menor tradição democrática.
E) O direito de participação dos cidadãos nas decisões estatais contemporaneamente não se resume
aos processos eleitorais, de sorte que a democracia participativa, tal como a brasileira, contempla a
ação popular, o direito à informação e a iniciativa popular das leis, entre outros.
Fonte: FCC / 2018 / CLDF / Procurador Legislativo / Questão:17

17.Quais são os elementos constitutivos de um Estado?


3 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) Clima, geografia e localização.
B) Povo, território e soberania.
C) Voto, democracia e cidadania.
D) Nação, cultura e idioma.
Fonte: UEG / 2018 / / Assessor Técnico Legislativo - Área Assessor Geral / Questão:27

18.O que é um Estado Federativo?

A) É um Estado governado politicamente e administrativamente por um governo central exclusivo.


B) É um Estado com unidades subnacionais autônomas política e administrativamente naquilo que lhe
compete.
C) É um Estado que, em determinado momento, dá autonomia administrativa para as unidades
subnacionais, podendo revogá-la a qualquer momento.
D) É um Estado que, em determinado momento, dá autonomia política para as unidades subnacionais,
podendo revogá-la a qualquer momento.
Fonte: UEG / 2018 / / Assessor Técnico Legislativo - Área Assessor Geral / Questão:28

Com relação à organização do Estado, julgue os itens seguintes.

19.No federalismo, a soberania é atributo do Estado Federal como um todo, ao passo que os Estados‐
membros dispõem de autonomia.

C) Certo E) Errado
Fonte: Instituto Quadrix / 2018 / CODHAB / Analista - Área Direito / Questão:91

20.Dispunha a Constituição brasileira de 1824, em seu artigo 178: "É só Constitucional o que diz
respeito aos limites e atribuições respectivas dos Poderes Políticos e aos Direitos Políticos e individuais
dos Cidadãos. Tudo o que não é Constitucional pode ser alterado sem as formalidades referidas [em
procedimento descrito nos artigos 174 a 177 da Constituição], pelas Legislaturas ordinárias." (grafia
atualizada). O dispositivo acima transcrito evidencia que a Constituição do Império, quanto à
estabilidade de suas normas, era

a) outorgada, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é democrática.


b) semi-rígida, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é rígida.
c) histórica, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é dogmática.
d) sintética, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é analítica.
e) flexível, ao passo que a Constituição brasileira de 1988 é super-rígida.
Fonte: FCC / 2006 / ARCE / Analista de Regulação - Área Direito / Questão:61

21.A supremacia constitucional é atributo típico das Constituições

A) escritas, quando forem rígidas.


B) dogmáticas, mesmo quando forem não-escritas.
C) históricas, quando forem dogmáticas.
D) dirigentes, mesmo quando forem flexíveis.
E) rígidas, mesmo quando forem históricas.
Fonte: FCC / 2005 / TRT 3ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:21

22.A União, os Municípios legalmente constituídos e os Partidos Políticos são, respectivamente, pessoas
jurídicas de direito

a) público externo, público interno e público interno.


b) público interno, público interno e privado.
c) público interno, privado e público interno.
d) público externo, público interno e privado.
e) público interno, público interno e público interno.
Fonte: FCC / 2002 / TCE / Auditor / Questão:22

23.Uma Constituição em que predominam, como seus elementos constitutivos, o princípio da


subsidiariedade, o princípio do Estado mínimo e o princípio da nãointervenção ou da neutralidade,
caracteriza, segundo a doutrina, a Constituição do Estado

a) socialista.
b) social
c) liberal.

4 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
d) federal.
e) unitário.
Fonte: FCC / 2002 / TCE / Assessor Jurídico / Questão:23

24.No que diz respeito à classificação das constituições, considerando- se a origem, observa-se que
umas derivam do trabalho de uma Assembléia Nacional Constituinte, composta de representantes do
povo, eleitos com a finalidade de sua elaboração, sendo que outras são elaboradas e estabelecidas sem
a participação popular, através de imposição do poder na época. Nesses casos, tais constituições são
denominadas, respectivamente,

a) analíticas e sintéticas.
b) outorgadas e históricas.
c) históricas e dogmáticas.
d) promulgadas e outorgadas.
e) dogmáticas e promulgadas.
Fonte: ESAF / 2004 / TRF 4ª / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:43

25.Em tema de controle de constitucionalidade, a chamada supremacia formal é atributo das


Constituições classificadas como

A) analíticas.
B) sintéticas.
C) dogmáticas.
D) históricas.
E) rígidas.
Fonte: FCC / 2007 / TRE PB / Analista Judiciário - Área Direito / Questão:23

26.Afirmando que o Estado é um ente jurídico dotado de soberania, possuindo, no caso brasileiro, a
forma federativa e três poderes harmônicos e independentes, é CORRETO afirmar, segundo a
Constituição da República Federativa do Brasil, que:

A) o poder executivo da União, por representar o órgão máximo da administração, é dotado de


soberania.
B) o Estado do Ceará, sendo um ente da Federação, é dotado de soberania.
C) o Estado Federal sempre pressupõe mais de uma esfera de governo num mesmo território.
D) a soberania constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil.
Fonte: ACEP / 2004 / SECON / Auditor de Controle Interno / Questão:41

27.A Constituição Brasileira de 1988, quanto à sua origem, é classificada pela doutrina como:

A) não escrita.
B) costumeira.
C) popular
D) outorgada.
E) flexível.
Fonte: CESGRANRIO / 2004 / / Analista Técnico - Área Jurídica / Questão:27

28.Marque a alternativa CORRETA a respeito do objeto do direito constitucional, da classificação das


constituições, da aplicabilidade das normas constitucionais, da interpretação das normas constitucionais
e do poder constituinte.

A) O Direito Constitucional é um ramo do Direito Público que tem por objeto a constituição política do
Estado, no sentido amplo de estabelecer sua estrutura, a organização de suas instituições e órgãos, o
modo de aquisição e de limitação do poder.
B) As normas de eficácia contida são aquelas que apresentam aplicabilidade indireta, mediata e ampla,
porque somente incidem totalmente sobre os interesses que regulam, após uma normatividade
posterior que lhes desenvolva a aplicabilidade.
C) Segundo o Supremo Tribunal Federal, a técnica da denominada interpretação conforme a
Constituição só é utilizável quando a norma impugnada admite somente uma interpretação, que a
compatibilize com a Carta Magna. A finalidade dessa regra interpretativa é permitir a manutenção no
ordenamento jurídico das leis e atos normativos editados pelo poder competente que guardem valor
interpretativo compatível com o texto constitucional.
D) A Constituição Federal brasileira de 1988 é formal, analítica e flexível. É formal por se
consubstanciar de forma escrita, por meio de um documento solene estabelecido pelo Poder
Constituinte originário. É analítica por regulamentar todos os assuntos que entende relevantes à
formação, destinação e ao funcionamento do Estado. É flexível por permitir alterações promovidas pelo
Poder Constituinte derivado, tal como acontece com as normas infraconstitucionais.
5 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
E) O Poder Constituinte derivado não conhece limitações constitucionais implícitas, não sendo passível
de controle de constitucionalidade.
Fonte: ACEP / 2006 / BNB / Advogado / Questão:68

29.Sobre Teoria Geral da Constituição, Poderes do Estado e suas respectivas funções e Supremacia da
Constituição, assinale a única opção correta.

A) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa, executiva e judicial e tem por
características essenciais a unicidade, a indivisibilidade e a indelegabilidade.
B) Uma constituição rígida não pode ser objeto de emenda.
C) A distinção de conteúdo entre uma norma constitucional em sentido formal e uma norma
constitucional em sentido material tem reflexos sobre a aplicabilidade das normas constitucionais.
D) Nem toda constituição classificada como dogmática foi elaborada por um órgão constituinte.
E) Segundo a doutrina, não há relação entre a rigidez constitucional e o princípio da supremacia da
constituição.
Fonte: ESAF / 2006 / CGU / Analista de Finanças e Controle AFC - Área Tecnologia da Informação / Questão:1

30.Sobre Teoria Geral da Constituição, Poderes do Estado e suas respectivas funções e Supremacia da
Constituição, assinale a única opção correta.

A) Nem toda constituição classificada como dogmática foi elaborada por um órgão constituinte.
B) Uma constituição rígida não pode ser objeto de emenda.
C) A distinção de conteúdo entre uma norma constitucional em sentido formal e uma norma
constitucional em sentido material tem reflexos sobre a aplicabilidade das normas constitucionais.
D) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa, executiva e judicial e tem por
características essenciais a unicidade, a indivisibilidade e a indelegabilidade.
E) Segundo a doutrina, não há relação entre a rigidez constitucional e o princípio da supremacia da
constituição.
Fonte: ESAF / 2006 / CGU / Analista de Finanças e Controle AFC - Área Auditoria e Fiscalização / Questão:1

31.Em tema de classificação das constituições, pode-se afirmar que, quanto ao modo de elaboração,
elas se classificam em

A) dogmáticas e históricas.
B) rígidas, semi-rígidas e flexíveis.
C) escritas e não escritas.
D) materiais e formais.
E) democráticas e outorgadas.
Fonte: FCC / 2003 / TRE AM / Analista Judiciário - Área Administrativa / Questão:21

32.A Constituição brasileira é

A) flexível, porque pode ser livremente modificada pelo legislador segundo o mesmo processo de
elaboração das leis ordinárias.
B) histórica, porque resulta da lenta formação histórica, dos fatos sociopolíticos, que se cristalizam
como normas fundamentais da organização do Estado.
C) democrática, porque a sua reforma depende sempre de plebiscito.
D) rígida, porque somente é alterável mediante processos, solenidades e exigências formais especiais,
diferentes e mais difíceis que os de formação das leis ordinárias.
E) pluralista, porque reparte competências entre a União, Estados e Municípios.
Fonte: VUNESP / 2002 / TRF 3ª / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:45

33.Tomando-se como critério de classificação das Constituições a estabilidade, a Constituição brasileira


caracteriza-se como

A) flexível.
B) rígida.
C) semi-rígida.
D) escrita.
E) dogmática.
Fonte: FCC / 2003 / TRF 5ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:31

34.Assinale a alternativa correta.

A) As Constituições podem ser classificadas quanto ao seu conteúdo em analíticas ou sintéticas.


B) A atual constituição brasileira é classificada como, promulgada, semi-rígida e material.

6 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
C) Segundo o Supremo Tribunal Federal, na Constituição Federal de 1988 existem normas de hierarquia
diferenciada.
D) É dogmática a constituição que se apresenta fruto de lenta e contínua síntese histórica.
E) Segundo o professor Alexandre de Moraes, Constituição formal é aquela consubstanciada de forma
escrita, por meio de um documento solene estabelecido pelo poder constituinte originário.
Fonte: FUNIVERSA / 2006 / APEX Brasil / Analista - Área Organizacional Jurídica / Questão:31

35.A Constituição Federal vigente classifica-se como:

A) formal, rígida, dirigente, dogmática e popular.


B) material, rígida, analítica, histórica e democrática.
C) material, rígida, dirigente, sintética e outorgada.
D) formal, democrática, analítica, histórica e promulgada.
E) formal, semi-rígida, programática e dogmática.
Fonte: UNEMAT / 2004 / MPE / Analista - Área Jurídica / Questão:1

36.A Constituição que se origina de um órgão constituinte composto de representantes do povo, eleitos
para o fim de elaborála e estabelecêla, é classificada como:

A) outorgada.
B) histórica.
C) democrática.
D) flexível.
Fonte: FUMARC / 2002 / / Advogado / Questão:9

37.A Constituição brasileira de 1988 pode ser classificada como:

A) Constituição democrática, histórica, programática e analítica


B) Constituição semi-rígida, promulgada, programática e dogmática
C) Constituição flexível, sintética, promulgada e democrática.
D) Constituição rígida, promulgada, escrita e programática.
E) Constituição rígida, dogmática, analítica e histórica.
Fonte: ESAF / 2002 / MPOG / Especialista em Políticas Públicas / Questão:3

38.Os direitos fundamentais são também classificados em três gerações. Os de primeira, segunda e
terceira gerações correspondem, respectivamente, aos direitos

A) à democracia ou ao pluralismo; de fraternidade ou de solidariedade; e de liberdade ou de defesa.


B) de liberdade ou de defesa; de prestação por parte do Estado ou sociais; e de fraternidade ou de
solidariedade.
C) de prestação por parte do Estado ou sociais; à democracia ou à informação; e de liberdade ou de
defesa.
D) de fraternidade ou de solidariedade; de liberdade ou de defesa; e à igualdade material ou à
isonomia.
E) à informação ou ao pluralismo; de fraternidade ou de solidariedade; e de prestação por parte do
Estado ou econômicos.
Fonte: FCC / 2004 / TRT 9ª / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:58

39.A Constituição Brasileira de 1988, quanto à sua origem, é classificada pela doutrina como:

A) não escrita.
B) costumeira.
C) popular.
D) outorgada.
E) flexível.
Fonte: CESGRANRIO / 2004 / / Assistente Técnico Jurídico / Questão:27

40.Tendo em vista a classificação das constituições considere: I. A Constituição formada por um


plebiscito popular sobre um projeto elaborado por uma junta Governamentiva ou por um Ditador. II. A
Constituição como sendo o peculiar modo de existir do Estado, reduzido, sob forma escrita, a um
documento solenemente estabelecido pelo poder constituinte e somente modificável por processos
especiais e normas de conduta especiais nela própria estabelecidos. Essas afirmações, dizem respeito,
respectivamente, às constituições

A) cesarista e formal.
B) outorgada e material.

7 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
C) rígida e flexível.
D) rígida e semi-rígida.
E) não escrita e escrita.
Fonte: FCC / 2004 / TRT 23ª / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:30

41.A Constituição da República Federativa do Brasil é

A) dogmática e outorgada.
B) rígida e histórica.
C) analítica e promulgada.
D) outorgada e escrita.
E) escrita e flexível.
Fonte: UPE / UPENET / IAUPE / 2006 / / Guarda Municipal / Questão:36

42.De acordo com a doutrina, assinale o item correto quanto à classificação das constituições.

A) Rígidas: aquelas que somente podem ser modificadas mediante plebiscito ou por Assembléia
Constituinte eleita para tal fim.
B) Flexíveis: as que podem ser reformadas mediante processo de emenda à Constituição exercido pelo
Poder Constituinte derivado.
C) Rígidas: aquelas que somente podem ser modificadas por meio de processo distinto do de
elaboração de leis ordinárias, realizado pelo Poder Constituinte derivado com as limitações
estabelecidas no próprio texto da Constituição.
D) Flexíveis: as que permitem alteração pelo intérprete de suas normas, por não terem caráter
dogmático, sendo desnecessária ruptura constitucional.
E) Flexíveis: aquelas que não podem ser alteradas por Assembléia Constituinte específica.
Fonte: UPE / UPENET / IAUPE / 2006 / / Agente Fazendário / Questão:21

43.Constituição rígida é a que:

A) não admite qualquer tipo de alteração.


B) possui regras que podem ser alteradas pelo processo legislativo ordinário e outras regras que
apenas podem ser modificadas através de processo legislativo especial.
C) pode ser alterada por um processo legislativo mais solene e complexo do que aquele exigido para a
edição das outras espécies normativas.
D) tem um núcleo imodificável e outro núcleo que pode ser alterado da mesma forma exigida para a
elaboração das outras espécies normativas.
Fonte: UECE / 2006 / PM / Policial Militar PM / Soldado / Questão:46

44.Da constituição que resulta do trabalho de uma Assembléia Nacional Constituinte, composta por
representantes do povo, eleitos com a finalidade de elaborar o texto constitucional, diz-se que se trata
de uma constituição:

A) Outorgada
B) Histórica
C) Imutável
D) Promulgada
E) Dirigente
Fonte: ESAF / 2002 / SFC / Analista de Finanças e Controle AFC / Questão:2

45.Assinale a opção correta.

A) A garantia constitucional do direito adquirido não pode ser invocada para se obstar a incidência de
norma constitucional editada pelo Poder Constituinte Originário.
B) De acordo com a jurisprudência pacífica do STF, é inconstitucional a lei que diverge de norma
constante de tratado sobre direitos humanos de que o Brasil seja parte.
C) As emendas à Constituição têm status hierárquico inferior às normas da Constituição elaboradas
pelo próprio poder constituinte originário.
D) Normas que constituem cláusulas pétreas têm status hierárquico superior ao das demais normas
constantes do texto constitucional.
E) Normas constitucionais que não sejam autoexecutáveis não possuem valor jurídico, exprimindo, tão-
somente, um programa político de governo.
Fonte: ESAF / 2002 / SFC / Analista de Finanças e Controle AFC / Questão:3

46.Sobre princípios constitucionais, princípios constitucionais do trabalho, hermenêutica constitucional,


classificação das normas constitucionais e tipos de constituição, assinale a única opção correta.

8 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) Segundo a doutrina, os princípios político-constitucionais são materializados sob a forma de normas-
princípio, as quais, freqüentemente, são desdobramentos dos denominados princípios fundamentais.
B) Por ser um direito fundamental do trabalhador, o princípio da irredutibilidade salarial não admite
exceções.
C) Segundo a doutrina, na interpretação restritiva de uma norma constitucional, o intérprete deve
restringir o domínio normativo atingido pela efetividade da norma para adequá-lo ao programa
normativo.
D) Uma norma constitucional classificada quanto à sua aplicabilidade como uma norma constitucional
de efi cácia contida não possui como característica a aplicabilidade imediata.
E) Uma constituição é classificada como popular, quanto à origem, quando se origina de um órgão
constituinte composto de representantes do povo.
Fonte: ESAF / 2006 / IRB / Advogado / Questão:1

47.Sobre conceito, funções, classificações e eficácia das normas constitucionais, assinale a assertiva
correta.

A) Segundo a doutrina, são características associadas às normas constitucionais, entre outras, a


superioridade hierárquica e o caráter político.
B) As normas constitucionais, ao institucionalizarem o sistema de direitos fundamentais, estão
exercendo, primordialmente, uma função de ordem ou de ordenação.
C) Quanto à natureza jurídica, a doutrina mais moderna considera que certas disposições de uma
Constituição, por não possuírem eficácia positiva direta e imediata, não devem ser classificadas como
normas jurídicas, mas como normas meramente diretivas, de caráter não obrigatório.
D) No caso de normas constitucionais, sempre há identidade entre sua vigência e sua eficácia.
E) Uma norma constitucional que possua em seu texto a expressão "na forma da lei", até a
promulgação e publicação dessa lei, é classificada por José Afonso da Silva, quanto à sua aplicabilidade,
como norma constitucional de eficácia contida.
Fonte: ESAF / 2005 / MPOG / Analista de Planejamento e Orçamento APO / Questão:41

48.Considerando os vários critérios utilizados para classificar as constituições, elas podem ser
classificadas quanto I. à forma, em escritas e não escritas; II. ao conteúdo, em materiais e formais; III. à
origem, em promulgadas e outorgadas; IV. à estabilidade, em imutáveis, rígidas, flexíveis e semi-
rígidas; V. à finalidade, em dirigentes e garantias. É correto o que se afirma em

A) I, II, III, IV e V.
B) I e II, somente.
C) I, III, V, somente.
D) II, III e IV, somente.
E) III, IV e V, somente.
Fonte: FCC / 2007 / TCE / Auditor / Questão:11

49.Entre suas opções políticas fundamentais, o Estado brasileiro adota como forma de Estado, sistema
de governo e tipo de democracia, respectivamente:

A) República, presidencialismo, direta.


B) República, federalismo, indireta.
C) Federalismo, presidencialismo, semidireta.
D) Federalismo, república, direta.
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Oficial Judiciário - Área Comissão da Infância e Juventude / Questão:36

50.Entre suas opções políticas fundamentais, o Estado brasileiro adota como forma de Estado, sistema
de governo e tipo de democracia, respectivamente:

A) República, presidencialismo, direta.


B) República, federalismo, indireta.
C) Federalismo, presidencialismo, semidireta.
D) Federalismo, república, direta.
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Oficial de Justiça / Questão:36

51.Sobre conceito de Constituição e suas classificações e sobre a aplicabilidade e interpretação de


normas constitucionais, marque a única opção correta.

A) Segundo a doutrina do conceito de constituição, decorrente do movimento constitucional do início do


século XIX, deve ser afastado qualquer conteúdo que se relacione com o princípio de divisão ou
separação de poderes, uma vez que tal matéria não se enquadra entre aquelas que se referem de
forma direta à estrutura do Estado.
9 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
B) Uma constituição não-escrita é aquela cujas normas decorrem de costumes e convenções, não
havendo documentos escritos aos quais seja reconhecida a condição de textos constitucionais.
C) De acordo com o princípio da máxima efetividade ou da eficiência, princípio de interpretação
constitucional, a interpretação de uma norma constitucional exige a coordenação e combinação dos
bens jurídicos em conflito, de forma a evitar o sacrifício total de uns em relação a outros
D) O art. 5º, inciso XXII, da Constituição Federal de 1988, que estabelece "Art. 5º [...] inciso XXII – é
garantido o direito de propriedade", é uma norma constitucional de efi cácia contida ou restringível.
E) O princípio de interpretação conforme a constituição não pode ser aplicado na avaliação da
constitucionalidade de artigo de uma Emenda à Constituição promulgada pelas Mesas da Câmara dos
Deputados e do Senado Federal.
Fonte: ESAF / 2005 / RFB / Auditor Fiscal da Receita Federal AFRF - Área Tributária e Aduaneira / Questão:41

52.Entre suas opções políticas fundamentais, o Estado brasileiro adota como forma de Estado, sistema
de governo e tipo de democracia, respectivamente:

A) República, presidencialismo, direta.


B) República, federalismo, indireta.
C) Federalismo, presidencialismo, semidireta.
D) Federalismo, república, direta.
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Técnico Judiciário - Área Assistente Social Judicial / Questão:31

53.A legislação infraconstitucional editada anteriormente à Constituição de 1988

a) perdeu eficácia 180 dias após a sua promulgação.


b) foi implicitamente revogada e, na seqüência, repristinada.
c) continua integralmente válida.
d) foi republicada a fim de ter validade formal.
e) foi recepcionada nos aspectos que não contrariam as novas normas constitucionais.
Fonte: FCC / 2005 / TCE / Auditor / Questão:2

54.Suponha que a Lei nº 100, de 1999, contenha o seguinte dispositivo: "Art. 20 - Ficam revogados os
arts. 5º e 6º da Lei nº 86, de 06 de agosto de 1987". Tem-se na hipótese:

A) derrogação expressa
B) ab-rogação tácita
C) derrogação tácita
D) ab-rogação expressa
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Oficial Judiciário - Área Assistente de Controle Financeiro / Questão:24

55.No Brasil, a assistência jurídica às pessoas carentes teve sua origem em 1603, com as Ordenações
Filipinas e leis posteriores, até ser introduzida como garantia na Constituição de:

A) 1934
B) 1937
C) 1938
D) 1916
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Técnico Judiciário - Área Serviço Social / Questão:41

56.A aplicabilidade imediata dos direitos fundamentais na Constituição de 1988

A) impõe ao Congresso Nacional a regulamentação imediata dos direitos fundamentais.


B) restringe-se aos direitos e garantias individuais, excetuando aqueles que devem ser exercidos na
forma da lei.
C) possibilita o exercício dos direitos fundamentais, independentemente de sua regulamentação pelo
Congresso Nacional.
D) fundamenta o ajuizamento de ação direta de inconstitucionalidade por omissão contra o Congresso
Nacional.
E) fundamenta o ajuizamento de mandado de injunção em caso de ausência de norma
regulamentadora dos direitos e liberdades constitucionais.
Fonte: NCE / 2004 / MPE / Advogado / Questão:8

57.Pela teoria da recepção:

A) uma lei anterior à Constituição continua válida desde que com ela seja compatível.
B) todas as leis promulgadas antes de uma Constituição só serão consideradas válidas se forem
expressamente ratificadas pelo Poder Constituinte originário.

10 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
C) uma Emenda Constitucional poderá dar validade a leis consideradas anteriormente inconstitucionais.
D) só as leis anteriores à Constituição, que forem expressamente repristinadas, terão validade.
Fonte: UECE / 2006 / PM / Policial Militar PM / Soldado / Questão:47

58.Editada determinada lei ordinária sob a vigência de certa Constituição, sobrevindo nova
Constituição, a lei ordinária em questão

A) perderá sua validade imediatamente, ainda que seja compatível com a nova Constituição.
B) não perderá sua validade se for compatível com a nova Constituição.
C) perderá sua validade apenas se a nova Constituição expressamente assim determinar.
D) não perderá a validade, ainda que seja incompatível com a nova Constituição.
E) não perderá sua validade apenas se a nova Constituição expressamente assim determinar.
Fonte: FCC / 2007 / TCE / Auditor / Questão:14

59.Analise as assertivas a seguir, relativas à eficácia das normas constitucionais e às concepções de


constituição, e marque com V as verdadeiras e com F as falsas; em seguida, marque a opção correta

A) V, F, V, F, V
B) V, F, F, V, V
C) F, V, V, V, F
D) F, F, F, V, V
E) V, V, F, V, V
Fonte: ESAF / 2003 / MTE / Auditor Fiscal do Trabalho / Questão:2

60.Assinale a opção correta.

A) No conflito entre um direito fundamental individual e um interesse público protegido


constitucionalmente, este deve sempre preponderar.
B) Os direitos individuais, no Brasil, somente podem ser invocados em juízo, depois de serem
disciplinados pelo legislador infraconstitucional.
C) Não há direito coletivo auto-aplicável.
D) A garantia do direito adquirido não é mais considerada entre nós um direito fundamental, podendo,
por isso, ser superada por meio de emenda à Constituição.
11 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
E) Em tempos de paz, é absoluta a incompatibilidade com a Constituição em vigor da instituição da
pena de morte, mesmo que para crimes graves.
Fonte: ESAF / 2004 / ANEEL / Analista Administrativo / Questão:11

61.Assinale a opção correta.

A) No conflito entre um direito fundamental individual e um interesse público protegido


constitucionalmente, este deve sempre preponderar.
B) Os direitos individuais, no Brasil, somente podem ser invocados em juízo, depois de serem
disciplinados pelo legislador infraconstitucional.
C) Não há direito coletivo auto-aplicável.
D) A garantia do direito adquirido não é mais considerada entre nós um direito fundamental, podendo,
por isso, ser superada por meio de emenda à Constituição.
E) Em tempos de paz, é absoluta a incompatibilidade com a Constituição em vigor da instituição da
pena de morte, mesmo que para crimes graves.
Fonte: ESAF / 2004 / ANEEL / Especialista em Regulação / Questão:11

62.Sabe-se que a Constituição em vigor não prevê a figura do Decreto-Lei. Sobre um Decreto-Lei,
editado antes da Constituição em vigor, cujo conteúdo é compatível com esta, é possível afirmar:

A) Deve ser considerado revogado com o advento da nova Constituição.


B) Deve ser considerado formalmente inconstitucional e, por isso, insuscetível de produzir efeitos, pelo
menos a partir da Constituição de 1988.
C) Continua a produzir efeitos na vigência da nova Carta, por força do mecanismo da recepção.
D) Deve ser considerado repristinado, podendo produzir efeitos parciais.
E) Passa a valer como decreto autônomo, perdendo a sua eficácia com relação às matérias submetidas
ao princípio da legalidade.
Fonte: ESAF / 2000 / RFB / Auditor Fiscal da Receita Federal AFRF / Questão:48

Tronco com vários ramos, na conhecida expressão do jurista Miguel Reale, o Direito é um amplo
conjunto de estudos discriminados. Com relação a aspectos conceituais, áreas e terminologia do Direito,
julgue os itens a seguir, considerando o texto III.

63.Abrangendo um extenso conjunto de disciplinas, o Direito apresenta uma divisão primária em duas
grandes classes, o Direito Privado e o Direito Público, da qual derivam diversas subdivisões.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / SF / Consultor Legislativo - Área Pronunciamentos / Questão:1

64.Pertencem ao campo do Direito Público as relações referentes ao Estado e nas quais há


predominância do interesse coletivo.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / SF / Consultor Legislativo - Área Pronunciamentos / Questão:2

No que concerne ao controle de constitucionalidade das leis e à hierarquia das normas jurídicas, julgue
os itens que se seguem.

65.Ação direta de inconstitucionalidade contra lei editada em 1979 somente é admissível se proposta
pelo procurador-geral da República.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2008 / / Agente Administrativo / Questão:63

À luz do direito constitucional, julgue os itens que se seguem.

66.Concebido por Ferdinand Lassale, o princípio da força normativa da CF é aquele segundo o qual os
aplicadores e intérpretes da Carta, na solução das questões jurídicoconstitucionais, devem procurar a
máxima eficácia do texto constitucional.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2009 / ANATEL / Analista Administrativo - Área Direito / Questão:97

Acerca da Constituição Federal e de suas normas, julgue os itens subseqüentes.

67.A vigência e a eficácia de uma nova constituição implicam a supressão da existência, a perda de
12 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
validade e a cessação de eficácia da anterior constituição por ela revogada, salvo das normas
constantes do texto anterior que permaneçam materialmente harmônicas com a ordem constitucional
superveniente. Nessa hipótese, ocorre o fenômeno da recepção.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2008 / TJDFT / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:55

Acerca da história constitucional do Estado brasileiro, julgue os itens abaixo

68.A Constituição de 1937 promoveu a redemocratização do país após a vigência do Estado Novo,
período em que se deu a ditadura de Getúlio Vargas, iniciada com a Revolução Constitucionalista de
1930, durante a qual foi suprimido o bicameralismo brasileiro

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / TCDF / Auditor / Questão:2

69.Após o golpe militar de 1964, que se intitulou movimento revolucionário vitorioso, foi mantida em
vigor a Constituição de 1946, embora modificada por sucessivos atos institucionais baixados pelo
comando militar no poder, em vez de emendas promulgadas pelo Congresso Nacional, até a elaboração
da Constituição de 1967.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / TCDF / Auditor / Questão:4

70.Segundo a concepção positivista, o poder constituinte originário é um poder

a) precedente à Constituição e limitado juridicamente.


b) de fato e limitado juridicamente.
c) de direito, ilimitado jurídica e sociologicamente.
d) supraconstitucional e limitado unicamente pelo direito natural.
e) de fato ou de direito, dependendo da maneira como se manifesta e limitado apenas pela norma
fundamental hipotética.
Fonte: FCC / 2002 / TCE / Assessor Jurídico / Questão:22

71.O poder constituinte derivado possui, como características essenciais, ser:

A) inicial e autônomo.
B) incondicional e subordinado.
C) ilimitado e incondicional.
D) ilimitado e dependente.
E) subordinado e condicionado.
Fonte: NUCEPE / 2007 / CGE / Auditor Governamental - Área Tecnologia da Informação / Questão:36

72.Está CORRETA a seguinte afirmativa sobre a LEI como fonte de Direito:

A) Não prevalece contra o costume, dada a maior legitimidade desta última fonte.
B) Trata-se de fonte subsidiária do Direito.
C) Trata-se de fonte material do Direito.
D) Traduz o grau mais desenvolvido e aprimorado da formação do Direito.
Fonte: FUNDEC / 2002 / TJMG / Oficial Judiciário - Área Assistente de Controle Financeiro / Questão:23

73.No tocante ao Poder Constituinte, assinale a opção incorreta.

A) As Assembléias Constituintes são também conhecidas como Assembléias Legislativas.


B) A Assembléia Constituinte exerce o poder soberano na sua plenitude e em regra tem poder
ilimitado.
C) O Poder Constituído tanto pode ser exercido para a organização originária de um agrupamento
nacional ou popular quanto para constituir, reconstituir ou reformular a ordem jurídica deum Estado já
formado.
D) Entende-se por Poder Constituinte o poder de constituir e reformular a ordem jurídica estatal, o qual
é representado pela Assembléia Constituinte, onde representantes eleitos reúnem-se e a exercem em
determinados momentos.
E) Nenhuma das alternativas.
Fonte: FAPEC / 2006 / / Policial Civil / Delegado / Questão:68

AS QUESTÕES DE NÚMEROS 28 A 40 BASEIAM-SE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL.


13 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
74.O exercício do poder pelo povo se dá:

A) apenas por meio de representantes eleitos.


B) apenas diretamente, nos termos da Constituição.
C) por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos da Constituição.
D) por meio de representantes eleitos apenas em relação a cargos do Poder Executivo.
Fonte: FUMARC / 2002 / PGJ / Médico - Área Psiquiatria / Psiquiatra / Questão:28

75.Ao poder, conferido pela Constituição da República, aos Estados Federados de se autoorganizarem
pelas Constituições que adotarem dá-se o nome de poder constituinte:

A) decorrente
B) instituidor
C) originário
D) reformador
Fonte: FUMARC / 2004 / / Agente Legislativo / Questão:43

76.O Poder Constituinte Originário, em tese:

A) Deriva da Constituição Federal.


B) Deve obedecer às cláusulas pétreas
C) Não pode ser exercido na vigência de estado de sítio.
D) Não pode ser exercido na vigência de estado de defesa.
E) Poderá estabelecer a pena de morte.
Fonte: CONSULPLAN / 2006 / CEAGESP / Advogado / Questão:1

77.Dispunham o artigo 217, caput, e seus parágrafos 1o, 5o e 6o, da Constituição brasileira de 1946, a

seguir transcritos: Comparativamente à disciplina estabelecida


para alteração da Constituição da República atualmente vigente, é correto afirmar que, nesta,

A) a legitimidade para propositura de emenda à Constituição é mais restrita, embora sejam mais
flexíveis os limites circunstanciais do poder de reforma constitucional
B) são maiores as limitações circunstanciais e materiais a que se submete o poder de reforma
constitucional.
C) os limites materiais ao poder de reforma da Constituição são mais flexíveis, assim como a iniciativa
para proposta de emenda, relativamente às Assembléias Legislativas.
D) há mais legitimados para a proposição de emendas à Constituição, sendo ainda menos exigente o
quorum estabelecido para as propostas de Deputados Federais e Senadores.
E) somente é dispensado o mesmo tratamento à matéria no que tange à legitimidade para
apresentação de propostas de emenda à Constituição.
Fonte: FCC / 2007 / TCE / Técnico de Controle Externo - Área Direito / Questão:60

78.O Poder Constituinte geralmente é entendido como o órgão que tem a competência de elaborar ou
reformar a Constituição. Assinale a alternativa que indica quem exerceu o Poder Constituinte quando da
elaboração da Constituição de 1988.

A) Os três poderes constituídos - o Legislativo, o Executivo e o Judiciário - , fazendo com que fossem
abrangidas todas as áreas do setor público do país.
B) O Senado Federal, pois ele é composto de três representantes de cada Estado da Federação,
garantindo o equilíbrio nas decisões.
C) A Assembléia Nacional Constituinte, composta pelos membros do Senado Federal e da Câmara dos
Deputados.
D) A Assembléia Nacional Constituinte, eleita unicamente para essa finalidade, composta por

14 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
representantes cujo número foi proporcional à população de cada Estado.
Fonte: ACEP / 2001 / / Policial Civil / Escrivão / Questão:21

Acerca do conceito e da classificação de constituição, do poder constituinte e de emendas


constitucionais, julgue os itens que se seguem.

79.A Constituição da República foi outorgada pela Assembléia Nacional Constituinte, composta de
representantes do povo, eleitos para a sua elaboração.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / TJAC / Auxiliar Judiciário / Questão:1

80.O poder constituinte derivado está inserido na própria Constituição da República e é passível de
controle de constitucionalidade.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / TJAC / Auxiliar Judiciário / Questão:3

Acerca do poder constituinte originário e derivado, julgue os itens subseqüentes.

81.O poder constituinte derivado decorrente caracteriza-se pela elaboração por parte do estado-
membro de sua própria constituição, conforme doutrina majoritária.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:3

Acerca do poder constituinte originário e derivado, julgue os itens subseqüentes.

82.O poder constituinte derivado é subordinado do poder constituinte originário e tem como
característica a revisão e a reforma do texto constitucional.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:1

83.Segundo doutrina majoritária, o poder constituinte originário é o que elabora uma nova constituição,
ou seja, estabelece uma nova ordem jurídica fundamental para o Estado em substituição à
anteriormente existente.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:2

84.Segundo a doutrina do direito constitucional, a emenda à Constituição da República e a revisão


constitucional não fazem parte do poder constituinte derivado.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:4

85.Não há limites ao poder constituinte originário e ao poder constituinte derivado.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:5

Acerca do poder constituinte originário e derivado, julgue os itens subseqüentes.

86.O poder constituinte derivado é subordinado do poder constituinte originário e tem como
característica a revisão e a reforma do texto constitucional.

C) Certo E) Errado
Fonte: CESPE / 2002 / / Advogado / Questão:1

87.A norma constitucional que dispõe que o Estado promoverá e incentivará o desenvolvimento
científico, a pesquisa e a capacitação tecnológicas é, quanto à aplicabilidade, uma norma

a) auto-executável.
b) incondicionada.
c) programática.
15 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
d) condicionada.
e) de eficácia contida.
Fonte: FCC / 2005 / TCE / Auditor / Questão:4

88.O direito fundamental da igualdade, na perspectiva do Estado Social estabelecido pela Constituição
brasileira de 1988, assume caráter

a) formal.
b) conjetural.
c) orientativo.
d) retórico.
e) material.
Fonte: FCC / 2004 / SAEB / Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental - Área Políticas Sociais / Questão:94

89.Para os que dividem as normas constitucionais, quanto à sua aplicabilidade, em normas de eficácia
plena, contida e limitada, as deste último grupo são aquelas que

a) apresentam aplicabilidade imediata e geram todos os efeitos essenciais a partir da vontade do seu
aplicador, único limitador de sua abrangência.
b) produzem, ou têm possibilidade de produzir, todos os efeitos essenciais, relativamente aos
interesses, comportamentos e situações, que o legislador, direta e normativamente, quis regular.
c) regulam suficientemente os interesses relativos a determinada matéria, conforme previsão do
legislador, mas deixam margem à atuação restritiva por parte da competência discricionária do poder
público.
d) produzem diretamente todos os seus efeitos essenciais regulados pelo legislador, mas têm, ou
podem ter, sua atuação limitada pela atuação discricionária do poder público.
e) apresentam aplicabilidade indireta, mediata e reduzida, porque somente incidem totalmente sobre
esses interesses, após uma normatividade ulterior que lhes desenvolva a aplicabilidade.
Fonte: FCC / 2004 / TRE PE / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:46

90.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena.
D) condicionada à sua função social.
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Análise de Sistemas / Programação / Questão:21

91."É assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares
de internação coletiva". Esse comando constitucional é uma norma:

A) De eficácia plena.
B) De eficácia contida.
C) De eficácia limitada.
D) Norma Programática.
Fonte: MOURA MELO Consultoria em Recursos Humanos LTDA. / 2004 / / Auditor Fiscal de Renda Municipal / Questão:34

92.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena.
D) condicionada à sua função social.
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Biblioteconomia / Questão:21

93.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena
D) condicionada à sua função social.

16 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Jornalismo / Questão:21

94.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena.
D) condicionada à sua função social.
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Engenharia Sanitária e Ambiental / Questão:21

95.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena
D) condicionada à sua função social.
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Contábil / Questão:21

96.Sobre Constituição, Poder Constituinte e normas constitucionais é correto afirmar:

A) Quando exercido originariamente, o Poder Constituinte não tem limites formais e materiais,
devendo, no entanto, respeitar o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada.
B) As cláusulas pétreas podem ser invocadas inclusive para sustentação da tese da
inconstitucionalidade de normas constitucionais inferiores em face de normas constitucionais
superiores, já que, diante da importância que têm na Constituição, são verdadeiros limites excepcionais
ao próprio Poder Constituinte.
C) Uma Emenda Constitucional, emanada, portanto, de Poder Constituinte derivado, quando comparada
ao texto originário da Constituição, não pode ser declarada inconstitucional.
D) Normas constitucionais de eficácia contida, na classificação de José Afonso da Silva, regulam
suficientemente uma matéria, mas deixam margem à restrição por parte do Poder Público.
E) Apenas as normas materialmente constitucionais do texto da Constituição são consideradas
superiores à legislação ordinária.
Fonte: IPAD / 2006 / COMPESA / Advogado / Questão:16

97.As normas definidoras dos direitos e deveres individuais e coletivos, por determinação
constitucional, são autoaplicáveis. Deduz-se, por conseguinte, que tais normas têm eficácia jurídica

A) limitada pela legislação infraconstitucional.


B) contida, nos termos da lei.
C) plena
D) condicionada à sua função social.
E) progressiva, na medida de sua regulamentação.
Fonte: COMPERVE / 2007 / MPE / Técnico de Promotoria - Área Administração de Empresas / Questão:21

98.As normas constitucionais que não necessitam de qualquer integração legislativa infraconstitucional,
porque produzem todos os seus efeitos de imediato, são classificadas como normas:

A) de eficácia contida.
B) de eficácia plena.
C) de eficácia limitada.
D) de princípio programático.
Fonte: FUMARC / 2002 / / Advogado / Questão:11

99.A norma constitucional a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa
julgada é considerada como

A) de eficácia absoluta.
B) de eficácia plena.
C) programática relativa.
D) de eficácia relativa restringível.
E) direito coletivo dependente de complementação legislativa.
Fonte: FCC / 2004 / TRT 23ª / Analista Judiciário - Área Execução de Mandados / Questão:34
17 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
100.No que diz respeito à estrutura das constituições, considere como componentes, dentre outros: I.
os consagrados nas normas destinadas a assegurar a solução dos conflitos constitucionais, a defesa da
constituição, do Estado e das instituições democráticas, premunindo os meios e técnicas contra sua
alteração e infringência. II. os que se manifestam nas normas que consubstanciam o elenco dos direitos
e garantias fundamentais, com exceção dos Direitos Sociais, que se enquadram em outra categoria.
Esses componentes são conhecidos, respectivamente, como elementos

A) limitativos e orgânicos.
B) de estabilização constitucional e limitativos.
C) formais de aplicabilidade e sócio-ideológicos.
D) orgânicos e formais de aplicabilidade.
E) sócio-ideológicos e de estabilização constitucional.
Fonte: FCC / 2004 / TRT 23ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:30

101.O enunciado é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações
profissionais que a lei estabelecer é considerado como norma constitucional

A) de eficácia contida.
B) de eficácia plena.
C) meramente programática.
D) de eficácia limitada.
E) de direito coletivo absoluto.
Fonte: FCC / 2004 / TRT 23ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:33

102.Acerca da eficácia das normas constitucionais, é correto afirmar

A) As normas constitucionais programáticas, cuja natureza é sua duração temporalmente limitada,


estão exclusivamente previstas na Constituição na parte das disposições constitucionais transitórias.
B) As normas constitucionais programáticas não produzem qualquer efeito, a menos que sejam
posteriormente desenvolvidas pelo legislador ordinário
C) Não existem normas constitucionais com eficácia plena, eis que todas ficam condicionadas ao seu
desenvolvimento, total ou parcial, pelo legislador ordinário.
D) Na sua maioria, as normas programáticas são auto-aplicáveis.
E) Pode haver restrição, por meio de uma lei ordinária, da previsão de um direito consubstanciado
numa norma de eficácia contida
Fonte: UFPR / 2006 / TCE / Técnico de Controle - Área Administrativa / Questão:23

103.A norma que dispõe que "aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação e
reprodução de suas obras, transmissíveis aos herdeiros pelo tempo que a Lei fixar" é norma
constitucional:

A) De aplicabilidade plena, mas com eficácia redutível.


B) Programática.
C) De eficácia limitada.
D) De aplicabilidade e eficácia plenas.
E) De eficácia absoluta.
Fonte: CONSULPLAN / 2006 / CEAGESP / Advogado / Questão:2

104.O princípio da independência e harmonia entre os Poderes figura entre os princípios constitucionais
fundamentais, tendo merecido um tratamento segundo o qual

A) nenhum dos Poderes poderá exercer funções típicas dos demais.


B) a separação dos Poderes goza da garantia reforçada de integrar o núcleo imutável da Constituição.
C) quem for membro de um dos Poderes deverá sempre renunciar ao respectivo cargo para ocupar
cargo em outro Poder.
D) não será obrigatório que nenhum Poder preste contas de seus atos a outro dos Poderes.
E) a nomeação de membros de um dos Poderes não poderá depender da aprovação de outro Poder.
Fonte: FCC / 2005 / TRT 3ª / Analista Judiciário - Área Judiciária / Questão:24

105.O princípio da separação de Poderes assegurado pela Constituição brasileira tem como cláusula
parâmetro a independência entre os Poderes, que significa, inclusive na sua interpretação e aplicação,
que

a) os órgãos do governo atuam de modo inteiramente discricionário.


b) todos os membros do Poder Judiciário são nomeados pelo próprio Poder, em razão de sua autonomia
administrativa.
18 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
c) os Poderes não sofrem qualquer tipo de controle uns pelo outros.
d) a permanência nos órgãos de um dos Poderes políticos não depende da confiança nem da vontade
dos outros.
e) um Poder não pode atuar sem a concordância, autorização ou colaboração do outro.
Fonte: FCC / 2002 / TCE / Assessor Jurídico / Questão:24

106.Do ponto de vista histórico, o denominado conceito de Constituição liberal foi expresso pela

a) Carta Magna, de 1215.


b) Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 1789.
c) Constituição mexicana revolucionária, de 1917.
d) Constituição de Weimar, de 1919.
e) Lei Fundamental de Bonn, de 1949.
Fonte: FCC / 2005 / TCE / Auditor / Questão:1

107.A legislação infraconstitucional editada anteriormente à Constituição de 1988

a) perdeu eficácia 180 dias após a sua promulgação.


b) foi implicitamente revogada e, na seqüência, repristinada.
c) continua integralmente válida.
d) foi republicada a fim de ter validade formal.
e) foi recepcionada nos aspectos que não contrariam as novas normas constitucionais.
Fonte: FCC / 2005 / TCE / Auditor / Questão:2

108.Considere as afirmações sobre as principais mudanças na Constituição de 1988 em relação ao


campo da proteção social. I. Descentralização das ações, com maior responsabilidade dos municípios na
formulação e implementação de políticas sociais. II. Possibilidade do aumento do grau de participação
da sociedade na formulação e na implementação das ações, com a criação de conselhos locais e
setoriais. III. Garantia do pagamento da renda mínima a toda a população economicamente ativa que
prove estar desempregada a mais de três meses. IV. Centralização e administração de todas as verbas
públicas na esfera federal para suprir as demandas sociais da população pobre. Está correto o que se
afirma APENAS em

A) I e II.
B) I e III.
C) I e IV.
D) II e III.
E) III e IV.
Fonte: FCC / 2005 / / Assistente Social / Questão:42

109.No Brasil, o Governo de Fernando Henrique Cardoso, a partir de meados dos anos 90, implementou
a reforma do Estado. Com ares neoliberais, a reforma atingiu as políticas sociais, promovendo uma
inflexão no dever do Estado, constitucionalmente assegurado, de garantir a proteção social no Brasil,
apresentando características como:

A) abertura de espaço para que organizações privadas de interesse público, como as organizações
sociais, assumissem a formulação de políticas e diretrizes nacionais na educação, saúde, cultura,
preservação do meio ambiente.
B) valorização do voluntariado, apontando para uma lógica de participação em que cada indivíduo deve
contribuir na diminuição das desigualdades sociais.
C) incremento do terceiro setor, constituído pela família, organizações sem fins lucrativos, organizações
não-governamentais, organizações filantrópicas e multinacionais.
D) estatização de serviços privados, em áreas estratégicas da economia, garantindo o acesso universal
aos serviços sociais.
E) mercantilização de serviços, como saúde e educação, áreas consideradas exclusivas do Estado.
Fonte: COVEST / 2003 / / Assistente Social / Questão:14

110.Sobre Teoria Geral da Constituição, Poderes do Estado e suas respectivas funções e Supremacia da
Constituição, assinale a única opção correta.

A) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa, executiva e judicial e tem por
características essenciais a unicidade, a indivisibilidade e a indelegabilidade.
B) Uma constituição rígida não pode ser objeto de emenda.
C) A distinção de conteúdo entre uma norma constitucional em sentido formal e uma norma
constitucional em sentido material tem reflexos sobre a aplicabilidade das normas constitucionais.
D) Nem toda constituição classificada como dogmática foi elaborada por um órgão constituinte.
E) Segundo a doutrina, não há relação entre a rigidez constitucional e o princípio da supremacia da
19 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
constituição.
Fonte: ESAF / 2006 / CGU / Analista de Finanças e Controle AFC - Área Tecnologia da Informação / Questão:1

111.Sobre Teoria Geral da Constituição, Poderes do Estado e suas respectivas funções e Supremacia da
Constituição, assinale a única opção correta.

A) Nem toda constituição classificada como dogmática foi elaborada por um órgão constituinte.
B) Uma constituição rígida não pode ser objeto de emenda.
C) A distinção de conteúdo entre uma norma constitucional em sentido formal e uma norma
constitucional em sentido material tem reflexos sobre a aplicabilidade das normas constitucionais.
D) O poder político de um Estado é composto pelas funções legislativa, executiva e judicial e tem por
características essenciais a unicidade, a indivisibilidade e a indelegabilidade.
E) Segundo a doutrina, não há relação entre a rigidez constitucional e o princípio da supremacia da
constituição.
Fonte: ESAF / 2006 / CGU / Analista de Finanças e Controle AFC - Área Auditoria e Fiscalização / Questão:1

112.A imunidade constitucional concedida aos entes da Federação não exclui:

A) a atribuição legal de responsável pelos tributos que lhes caiba reter na fonte
B) a obrigação do pagamento de impostos incidentes sobre as suas propriedades
C) O direito de a União cobrar impostos sobre as operações realizadas pelos Estados e Municípios
D) a faculdade de os Estados cobrarem da União e dos municípios o ICMS incidente sobre as operações
realizadas pelas autarquias federais e municipais
Fonte: FJG / 2002 / / Fiscal de Rendas / Questão:22

113.A Constituição aprovada em 1988 é a mais democrática Constituição brasileira e a de maior


preocupação com os chamados direitos sociais. (F. C. Teixeira) Assinale a alternativa errada a respeito
da Constituição vigente.

A) A Constituinte de 1987, além dos projetos elaborados pelos constituintes, aceitava emendas
encaminhadas por organizações da sociedade civil, desde que com 30 mil assinaturas.
B) Os direitos de greve e de sindicalização foram ampliados, contemplando inclusive os funcionários
públicos.
C) A terceirização de mão-de-obra e a cobrança de juros superiores a 12% foram proibidas.
D) Na legislação trabalhista, a Constituinte incluiu a licença- -paternidade e aumentou para 40% a
multa por demissão imotivada.
E) Os crimes de tortura e racismo são considerados inafiançáveis.
Fonte: ACCESS Seleção / 2005 / / Professor - Área Historia / Questão:31

114.A Constituição de 1988 adotou como forma de Estado no Brasil:

A) o parlamentarismo
B) o presidencialismo
C) o federalismo
D) a forma unitária do Estado
E) a democracia direta
Fonte: ESAF / 2001 / / Agente Fiscal de Tributos Municipais / Questão:6

115.Assinale a alternativa correta.

A) A respeito da estabilidade das Constituições, é consenso doutrinário no sentido de que sempre que a
Constituição de um país for expressa na forma escrita, será, necessariamente, flexível.
B) A rigidez de uma Constituição se demonstra pelo conteúdo de suas normas e pela impossibilidade de
sua alteração por meio de qualquer processo legislativo.
C) Conforme expresso na Constituição Federal de 1988, a República Federativa do Brasil, formada pela
união indissolúvel dos estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático
de Direito e tem como fundamentos a soberania, a dignidade da pessoa humana, a independência, o
pluralismo político e os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
D) A Constituição Federal vigente prevê expressamente, como forma de princípio regente do Brasil na
suas relações internacionais, entre ou outros, a construção de uma sociedade livre, justa e solidária.
E) O Supremo Tribunal Federal já se manifestou no sentido da ausência de normatividade do Preâmbulo
da Constituição Federal, apresentando-se desvestido de força cogente.
Fonte: FUNIVERSA / 2006 / APEX Brasil / Consultor Pleno - Área Organizacional Licitações / Questão:11

116.De acordo com a Constituição Federal, são instrumentos para o exercício da soberania popular o

20 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
A) referendo, a iniciativa popular, o sufrágio universal, mas não o plebiscito.
B) plebiscito, o referendo, o sufrágio universal, mas não a iniciativa popular.
C) plebiscito, o referendo, a iniciativa popular, mas não o sufrágio universal.
D) plebiscito, a iniciativa popular, o sufrágio universal, mas não o referendo.
E) plebiscito, o referendo, a iniciativa popular e o sufrágio universal.
Fonte: FCC / 2002 / TRE CE / Técnico Judiciário - Área Programação de Sistemas / Questão:33

117.De acordo com a Constituição Federal, são instrumentos para o exercício da soberania popular o

A) plebiscito, o referendo, a iniciativa popular e o sufrágio universal.


B) referendo, a iniciativa popular, o sufrágio universal, mas não o plebiscito.
C) plebiscito, o referendo, o sufrágio universal, mas não a iniciativa popular.
D) plebiscito, o referendo, a iniciativa popular, mas não o sufrágio universal.
E) plebiscito, a iniciativa popular, o sufrágio universal, mas não o referendo.
Fonte: FCC / 2002 / TRE CE / Técnico Judiciário - Área Operação de Computador / Questão:34

118.Sobre evolução político-constitucional, sistema de repartição de competência na organização do


Estado brasileiro, Estado-membro e Intervenção no Estado e nos Municípios, assinale a única opção
correta.

A) Sob a ordem constitucional de 1824, o Poder Judiciário era composto por juízes nomeados pelo
Imperador, que podiam ser suspensos mediante processo e audiência do Conselho do Estado; sob a
Constituição de 1891, os juízes tinham garantia de irredutibilidade de vencimentos, mas não eram
vitalícios.
B) A constituição de 1937 rompeu com o bicameralismo, ficando a atividade legislativa a cargo,
exclusivamente, da Câmara dos Deputados.
C) Em razão do sistema de repartição de competências adotado na Constituição de 1988, regra geral,
tem-se que as atribuições e competências dos municípios são definidas indicativamente.
D) A intervenção da União no Estado, para prover a execução de decisão judicial, far-se-á, tão-somente,
por meio de requisição do Supremo Tribunal Federal.
E) Como o controle político do ato de intervenção cabe ao Congresso Nacional, todo decreto de
intervenção será submetido à apreciação do Congresso Nacional, no prazo constitucionalmente
estabelecido.
Fonte: ESAF / 2006 / IRB / Advogado / Questão:3

119.Sobre Poderes do Estado e respectivas funções, formas de Estado e formas e sistemas de governo,
marque a única opção correta.

A) A adoção do princípio de separação de poderes, inspirado nas lições de Montesquieu e materializado


na atribuição das diferentes funções do poder estatal a órgãos diferentes, afastou a concepção clássica
de que a unidade seria uma das características fundamentais do poder político.
B) O Estado unitário distingue-se do Estado federal em razão da inexistência de repartição regional de
poderes autônomos, o que não impede a existência, no Estado unitário, de uma descentralização
administrativa do tipo autárquico.
C) Em um Estado federal temos sempre presente uma entidade denominada União, que possui
personalidade jurídica de direito público internacional, cabendo a ela a representação do Estado federal
no plano internacional.
D) O presidencialismo é a forma de governo que tem por característica reunir, em uma única
autoridade, o Presidente da República, a Chefia do Estado e a Chefia do Governo.
E) Sistema de governo pode ser definido como a maneira pela qual se dá a instituição do poder na
sociedade e como se dá a relação entre governantes e governados.
Fonte: ESAF / 2005 / SET / Auditor Fiscal do Tesouro Estadual AFTE / Questão:21

120.Dentre as características do Estado brasileiro, está presente

A) a organização sob a forma de Estado unitário.


B) a supremacia do Poder Legislativo sobre os demais Poderes da República.
C) o acolhimento de mecanismos de democracia direta.
D) a vedação da intervenção da União nos Estados-membros e destes nos Municípios.
E) a supremacia das leis federais sobre as leis estaduais.
Fonte: FCC / 2007 / TCE / Auditor / Questão:21

Gabarito
21 de 22
https://questoes.grancursosonline.com.br
1-c 2-c 3-d 4-a 5-e 6-b 7-e 8-c 9-b 10-c 11-c 12-c 13-a 14-d 15-b 16-e 17-b 18-b 19-c 20-b 21-a 22-b 23-c
24-d 25-e 26-c 27-c 28-a 29-a 30-d 31-a 32-d 33-b 34-e 35-a 36-c 37-d 38-b 39-c 40-a 41-c 42-c 43-c 44-
d 45-a 46-e 47-a 48-a 49-d 50-c 51-d 52-c 53-e 54-a 55-a 56-c 57-a 58-b 59-e 60-e 61-e 62-c 63-c 64-c
65-e 66-e 67-e 68-e 69-c 70- 71-e 72-d 73- 74-c 75-a 76- 77-b 78-c 79-e 80-c 81-c 82-c 83-c 84-e 85-e
86-c 87-c 88-e 89-e 90-c 91-c 92-c 93-c 94-c 95-c 96-d 97-c 98-b 99-a 100-b 101-a 102-e 103-a 104-b
105-d 106-b 107-e 108-a 109-b 110-a 111-d 112-a 113-c 114-c 115-e 116-e 117-a 118-c 119-b 120-c
Atenção: Não deixe de lançar suas resposta no sistema. Só assim você conseguirá controlar as questões que já resolveu, mantendo o
seu histórico, e atualizar suas estatísticas, permitindo que você acompanhe sua evolução nos gráficos de desempenho.

22 de 22