You are on page 1of 19

Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Administração e Contabilidade


ADM 100 – Teoria Geral da Administração (Turma 5)

A EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO EM
ADMINISTRAÇÃO (cont.)

Professoras: Fernanda Cristina da Silva


Nina Rosa da Silveira Cunha

2019

1
GESTÃO ADMINISTRATIVA (TEORIA CLÁSSICA)

 O principal representante desta corrente foi Henry Fayol (1841-


1925), engenheiro de minas, que vivia na Europa.

 Enquanto a administração científica de Taylor buscava leis


universalmente válidas para administrar de forma eficiente os
processos operacionais de trabalho, a gestão administrativa
abordou os princípios gerais da administração.

 Fayol acreditava em princípios gerais e únicos de uma boa


administração e no papel que a previsão científica e os métodos
adequados desempenhariam na melhoria dos resultados
empresariais.
GESTÃO ADMINISTRATIVA (TEORIA CLÁSSICA)
• A corrente Gestão Administrativa também faz
parte da Escola Clássica da Administração.

• O principal representante desta corrente foi


Henry Fayol (1841-1925), engenheiro de minas
que vivia na França. Ele trabalhou a vida inteira
em uma mesma empresa (atividades de
mineração de carvão e fundição), assumindo
diferentes cargos (até diretor geral).

• Fayol acreditava em princípios gerais e únicos Fonte:


de uma boa administração e no papel que a http://www.oeconomia.net/econo
mieentreprise.htm
previsão científica e os métodos adequados
poderiam trazer para as empresas.

SOBRAL e PECI (2013)


FUNÇÕES (OPERAÇÕES) EMPRESARIAIS
• Fayol divide as operações ou atividades empresariais em seis
grupos inter-relacionadas:

1. Operações técnicas – produção, fabricação e transformação de


produtos;
2. Operações comerciais – compras, vendas, permutas de
matéria-prima e produtos;
3. Operações financeiras – capitação e bom uso do capital;
4. Operações de segurança – segurança e proteção da
propriedade dos bens e das pessoas;
5. Operações contábeis – inventários, registros, balanços, custos,
estatísticas etc.;
6. Operações de administração – integração de todas as
operações da organização, fazendo a coordenação e a
sincronização delas.
SOBRAL e PECI (2013); SILVA (2008)
FUNÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO
 Fayol define as funções da administração em:

1. Prever – traçar um plano de ação que permita à organização


atingir seus objetivos;

2. Organizar – estruturar o duplo organismo, material e social


da empresa;

3. Comandar – dirigir o pessoal na direção dos objetivos;

4. Coordenar – ligar, unir e harmonizar todo o fluxo de recursos


e atividades;

5. Controlar – garantir que tudo corra de acordo com as regras


estabelecidas e as ordens dada.
O PROCESSO ADMINISTRATIVO
 As funções de comandar e coordenar foram agregadas
posteriormente e formaram uma nova função - dirigir, a qual está
associada aos processos de gestão de pessoas na organização.

 A função prever não mudou o seu propósito, mas passou a ser


denominada de planejamento.

Controlar

Dirigir Planejar

Organizar
GESTÃO ADMINISTRATIVA (Teoria Clássica)
 Os 14 princípios de administração de Fayol:

1. Divisão do trabalho: especialização das funções e separação


de poderes para aumentar a eficiência

2. Autoridade e responsabilidade – fazer uso do direito de


mandar e do poder de se fazer obedecer (autoridade), e
estabelecer responsabilidades

3. Disciplina: estabelecimento de regras de conduta e de


trabalho válidas para todos os funcionários

4. Unidade de comando: um funcionário deve receber ordens


de apenas um chefe
GESTÃO ADMINISTRATIVA (Teoria Clássica)
 Os 14 princípios de administração de Fayol:

5. Unidade de direção: especificar um só chefe e um só


programa para um conjunto de operações com os mesmos
objetivos

6. Subordinação do interesse individual ao geral: os


interesses gerais da organização devem prevalecer sobre os
interesses individuais

7. Remuneração do pessoal: a remuneração deve ser justa, de


forma a garantir a satisfação dos funcionários e da própria
organização

8. Centralização: as atividades vitais da organização e sua


autoridade devem ser centralizadas
GESTÃO ADMINISTRATIVA
 Os 14 princípios de administração de Fayol:

9. Hierarquia: deve ser estimulado via hierarquia a comunicação e


a unidade de comando

10.Ordem: “um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar”/
“um lugar para cada pessoa e cada pessoa em seu lugar”. É a
ordem material e humana

11.Equidade: tratar o pessoal de forma benevolente e justa

12.Estabilidade de pessoa: as pessoas devem ser mantidas numa


mesma função o tempo necessário para inicia-la e chegar a
desempenhá-la bem
GESTÃO ADMINISTRATIVA
 Os 14 princípios de administração de Fayol:

13.Iniciativa: deve ser entendida como a capacidade de


estabelecer um plano e cumpri-lo

14.Espírito de equipe: o espírito de equipe e a harmonia do


pessoal devem ser incentivadas como fontes de vitalidade para a
empresa
PARA REFLETIR...

OS PRINCÍPIOS PROPOSTOS POR FAYOL, AINDA SÃO


VÁLIDOS NAS ORGANIZAÇÕES DE HOJE?
GESTÃO ADMINISTRATIVA (Teoria Clássica)

 Pressupostos:

 Prevalece o foco interno da análise organizacional;

 Existem princípios gerais da administração possíveis de serem


identificados e analisados;

 Existe a ciência da administração.

 Foco de análise: a organização como um todo.


PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES E CRÍTICAS À
GESTÃO ADMINISTRATIVA (Teoria Clássica)

 Contribuições:
 A administração pode ser vista como uma profissão capaz de ser treinada e
desenvolvida;
 Muitos dos princípios desenvolvidos por Fayol têm validade na atualidade;
 Marca a forma de compreender a administração como processo, composto
de funções-chave, visão que prevalece até hoje.

 Críticas:
 Prevalece a concepção da organização como um sistema fechado, não dando
a devida importância aos fatores externos;

 Foca no sistema formal da organização, como autoridade, hierarquia, entre


outros, não levando em consideração o seu lado informal;

 Os pressupostos motivacionais ainda são de natureza material e simplista.


Comparação das correntes
Administração científica Gestão administrativa
(Teoria Clássica)
Orientação do modelo Prescritiva Prescritiva
teórico
Pressuposto básico Existe uma ciência de Existem princípios gerais
administração, com de administração, com
capacidade de capacidade de
universalização universalização

Foco de análise Processos operacionais de Organização como um


trabalho (tarefas) todo

Principal conclusão Existe uma melhor maneira Existe uma melhor


de administrar e organizar maneira de administrar e
organizar

Principal crítica Foco interno, em Foco interno, em


detrimento da análise do detrimento da análise do
ambiente ambiente
Principais autores Frederick Taylor Henry Fayol
14
OUTRAS ESCOLAS POSTERIORES

Escola Conceito Correntes

Conjunto de a) Movimento das Relações Humanas


contribuições (crença do homem social – motivado
teóricas e por fatores de ordem social e
Escola empíricas que psicológica);
comportamental buscam analisar o
impacto do b) Abordagem comportamental
comportamento (crença do homem complexo - o
humano nas homem tem necessidades relacionadas
organizações. ao desenvolvimento da pessoa, à
autorealização e à autonomia de
pensamento).

15
OUTRAS ESCOLAS POSTERIORES

Escola Conceito Correntes

Corrente de a) Pesquisa operacional (aplicação de


pensamento que modelagem matemática e estatística a
utiliza técnicas problemas complexos, para auxiliar o
Escola matemáticas e processos de tomada de decisões
Quantitativa estatísticas na gerenciais);
análise de
modelos b) Gestão de operações (tem como
complexos, de foco a operação e o controle do
forma a auxiliar a processo de transformação de
resolução de materiais, trabalho e capital em
problemas produtos ou serviços);
organizacionais.
c) Gestão de sistemas de
informações (tem como foco a
aplicação de modelagem matemática e
estatística a problemáticas complexos,
para auxiliar o processo de tomada de
decisões gerenciais). 16
OUTRAS ESCOLAS POSTERIORES

Escola Conceito Correntes

Corrente de a) Teoria dos sistemas (nova forma


pensamento que de interpretar as organizações, que
surge influenciada passam a ser vistas como um
Escola pela crescente sistema aberto em contínua relação
Contingencial conscientização com o ambiente em que ele está
do impacto do inserido. Crença do homem
ambiente externo funcional – como sistemas abertos,
nas organizações em contínua interação com o
ambiente e outras pessoas);

b) Enfoque contingencial (busca


identificar as principais
contingências internas e externas
que podem influenciar a estrutura de
uma organização)

17
 REFERÊNCIAS:
SOBRAL, Filipe; PECI, Alketa. Administração: teoria e prática no contexto
brasileiro. 2 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2013.

SOBRAL, Filipe; PECI, Alketa. Administração: teoria e prática no contexto


brasileiro. 1 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008.

18
VAMOS DISCUTIR E REVER?
 Quais as principais diferenças entre as correntes de pensamento que compõem
a Escola Clássica de Administração?

 Concorda que a administração científica e a gestão administrativa (Teoria


Clássica) sejam estudadas no âmbito da mesma escola?

 Qual foi a contribuição da escola quantitativa em administração? Quais as suas


principais correntes?

 Concorda com a afirmação de que a Teoria dos Sistemas revolucionou o


pensamento administrativo? Em que as contribuições da Teoria dos Sistemas
diferem das contribuições clássicas de administração?

 O que é enfoque Contingencial?

19

Related Interests