You are on page 1of 9

Dimensionamento para

climatização correta de um
ambiente
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
JAGUARUANA
Disciplina: Matemática Elementar Semestre: 2019.1
Professor: Marcos Rodrigues Pinto
1.0 Carga Térmica
Potência térmica de um determinado ambiente
É a quantidade de calor por unidade de tempo que entra ou é
gerada no ambiente.
Classificada conforme:
1. Modo (radiação, transmissão, geração interna, etc);
2. Tipo: (Calor sensível e calor latente);
Exemplos:
 Calor solar, calor gerador de aparelhos
eletrônicos;
 Calor sensível: é a quantidade de calor necessária
para que uma unidade de massa de uma substância
altere sua temperatura. Calor latente: O calor
latente é aquele calor onde ocorre mudança de fase,
sem mudança de temperatura.
2
1.0 Potência Térmica
• A potência térmica resulta de:
• Radiação solar através de superfícies transparentes;
• Condução de calor do exterior para o ambiente através das
paredes ou telhados
• Condução de calor através de paredes, divisórias, tetos, pisos
internos;
• Calor gerado no ambiente por ocupantes, animais, luzes e
equipamentos;
• Transferência de calor devido à ventilação, renovação e
infiltração de ar externo;
• Outros.

3
2.0 Carga térmica – remoção
• Para calcular a carga térmica de
resfriamento é necessário:
• Obter características físicas do prédio, dimensões,
materiais, etc;
• Determinar a localização do prédio, orientação e
sombreamento;
• Obter informações sobre o clima no local, e
especificar os dados de projeto de acordo com
normas;
• Obter informação sobre iluminação, ocupantes, tipo
de ocupação, equipamentos, etc, tudo que possa
contribuir para a carga térmica interna;
• Especificar o dia típico de cada mês para fazer os
gerar os valores de carga térmica;
• E vários outros...

4
2.0 Condicionamento térmico
❑ Sala 05 do Campus IFCE Jaguaruana

✓ Pé direito 2,71m
✓ 3 entradas de ar
✓ Janelas de vidro no poente
✓ 41 ocupantes
✓ 18 lâmpadas
✓ 8m de comprimento
✓ 6m de largura

5
2.0 Metodologia
Primeiramente, colhemos os dados do
ambiente em questão, como as dimensões do
recinto e suas estruturas, como portas, janelas,
quantidade de aparelhos eletrônicos, lâmpadas,
número de pessoas e a exposição das paredes ao
sol, para que se possa calcular a carga térmica do
ambiente e a quantidade de BTU que o mesmo
necessita, usando alguns valores ou variáveis
consideráveis para nossa região.

6
2.1 Variáveis a serem aplicadas
 OBS: Região de clima tropical, para o
nordeste as maiores empresas
especialistas em refrigeração recomendam
600 BTUs. Utilizamos como método para
esse trabalho.
1. Número de pessoas no ambiente;
2. Número de aparelhos eletrônicos;
3. Número de entradas de ar;
4. Maior incidência do sol:
✓Manhã: 600 BTUs
✓Tarde: 800 BTUs

7
2.1 Calculando a carga térmica

❑ Podemos utilizar e que é mais preciso: multiplica-se por


600 BTU cada metro quadrado da área do ambiente, cada
pessoa adicional soma-se 600 BTU (Não consideramos a
primeira pessoa). Cada equipamento eletrônico soma-se
300 BTU. Se a maior incidência de sol for pela manhã,
soma-se mais 600, se for a tarde, 600 BTU também.

8
2.2 Montado a equação

48x600 + 24000 + 600


𝐵𝑇𝑈𝑥 =
1
X = 53400 BTU
❑ Alguns especialistas e empresas recomendam
fecharem sempre acima do cálculo
recomendado, assim pode-se ter um controle de
melhor refrigeração do local. No caso, usaríamos
um ar condicionado de 60.000 BTUs na sala.