You are on page 1of 4

MAPA – Material de Avaliação Prática da Aprendizagem

R.A.: Acadêmico:
Curso:
Disciplina:

Instruções para Realização da Atividade

1. É obrigatória a utilização deste formulário para a realização do MAPA;

2. Esta é uma atividade individual. Caso identificado cópia de colegas, o trabalho de ambos
será zerado;

3. Utilizando este formulário, realize sua atividade, salve em seu computador e envie em forma
de anexo;

4. Formatação exigida: documento Word, Fonte Arial ou Times New Roman tamanho 12,
Espaçamento entre linhas 1,5, texto justificado;

5. No desenvolvimento de seu texto, argumente de forma clara e objetiva, de acordo com o


conteúdo da disciplina;

6. Ao utilizar quaisquer materiais de pesquisa referencie conforme as normas da ABNT;

7. Critérios de avaliação: Atendimento ao Tema, Constituição dos Argumentos, Organização


das Ideias, Correção Gramatical e Adequação às normas sobre citações e referências,
sempre com base na ABNT.

VALOR DA ATIVIDADE: 1,5 PONTOS

PRAZO PARA POSTAGEM: De 18/02 08h00min até 15/03 23h59min (23h59 – horário oficial
de Brasília/DF)

Em caso de dúvidas, entre em contato com seu Tutor Mediador.

Bons estudos!
Disserte seu MAPA aqui:

Olá. Tudo bem? Pesquisei sobre o seu caso na LDB (Lei de Diretrizes e Base da Educação
Nacional), que são as leis que amparam a educação em todo o país, e acredito que encontrei as
respostas para suas perguntas. Vamos começar pelas primeiras indagações, pode ser?
Primeiramente, sua vizinha está certa sim em recomendar-lhe a matrícula de sua filha em uma
creche, pois não é apenas seu direito, é seu dever como a responsável. Veja bem, o art. 6 da
LDB diz que é um dever dos responsáveis efetuar a matrícula das crianças a partir dos 4 anos
de idade. Sua filha integrará a etapa chamada Educação Infantil. No art. 29 desse mesmo
documento esse estágio é descrito como a primeira etapa da Educação Básica, na qual as
crianças deverão ser zeladas em seus aspectos físicos, psicológicos, intelectual e social,
portanto, você mãe, não estará apenas deixando sua filha com cuidadoras, mas com profissionais
que vão iniciar ela na Educação Básica.
Por sua vez, o art. 4-X, a lei garante sim a vaga na instituição de ensino mais próxima de sua
residência, isso para crianças a partir dos 4 anos. E para finalizar, a justificativa da Secretaria de
Educação realmente não é cabível. No art. 71-V, a lei diz que “não constituirão despesas de
manutenção e desenvolvimento do ensino aquelas realizadas com: Obras de infraestrutura, ainda
que realizadas para beneficiar direta ou indiretamente a rede escolar”, portanto, o município não
pode justificar a falta de vagas utilizando tal argumento.
Agora amparada pela Lei, você pode buscar a Promotoria Pública e garantir a vaga para sua
filha, afinal, é seu direito e dever garantir que ela comece a estudar.