You are on page 1of 7

EXERCÍCIOS DE REFORÇO.

– BLOCO IV

DISTRIBUIÇÃO NORMAL E DISTRIBUIÇÃO NORMAL PADRONIZADA.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sugiro que façam estes exercícios como reforço. Não vou recolher nem avaliá-los por que penso que
devem fazer por que desejam aprender. Na próxima aula, dia 4 de maio, posso tirar dúvidas para
quem apresentar algum início de solução. Creio que resolver os exercícios apenas satisfaz a curiosidade
sobre a resposta e não contribui para a aprendizagem.

Para o MARLON peço desculpas por não ter entregue, estes exercícios, até as 13 horas como
combinei. Segunda-feira eu explico. Vocês podem deixar uma mensagem ou comentário.

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS-
EXEMPLO 1: Determine a área sob a curva normal em função do valor de z.

1- P ( 0  z  1,2 )

Procure na tabela dos percentis z os valores


das áreas de caudas e associe com a figura ao
lado.
Para z  0 = 0,500 e para z  1,2 = 0,1151

2- P ( 0  z  - 0,68)

Para z  - 0,68 = z  + 0,68 = 0,2483

0,500 - 0,2483 = 0,251

3- P ( -0,46  z  2,21 )
A área procurada é dada pela soma das áreas:
(área de cauda de z  0,46 ) + ( área de cauda z  2,21)

( 0,500 – 0,362 ) + (0,500 – 0,0136) = ...............

0,138 + 0,4864 = 0,6244

ou você soma as duas área de cauda e diminua da


1 área total
1.
1 – ( 0,3620 + 0,0136) = 0,6244
4- P( 0,81  z  1,94)

Área desejada =
( área 0,81 z ) – ( área  1,94 )

(0,500 – 0,2090) – ( 0,500 – 0,0262) =

0,2910 – 0,4738 = 0,1828

5- Área a esquerda de z = - 0,6 .

A área a esquerda de z negativo é a própria área de cauda.


 = 0,2743

6- Área a direita de z = -1,28 ( o mesmo seria informar z  1,28 )

Para z= 1,28 a área de cauda  =0,1003


A área procurada será toda a área situada a direita =
1- 0,1003 = 0,8997

7- Área entre os valores de z ( -1,44 a 2,05)

2
EXEMPLO 2 - Determine o valor da variável para as seguintes áreas.

1) Área entre 0 e z é 0,3770

2) A área de 0,8621 que está a esquerda de z.

A área entre ( 0 e z) = 0,4332 – 0,0217= 0,4115


Se a área a direita de z é 0,4115 a área de cauda
correspondente será 0,500 – 0,4115 = 0,0885.
Precisamos determinar o valor de z para esta área.
Z = 1,35

3) Uma área está entre os limites de z= -1,5 e outro valor de z. Qual o outro valor de z se a
área for 0,0217?

Como o valor da área é menor do que 0,5 este


exercício pode ter duas soluções; o valor de z
0,0668 procurado pode estar a esquerda ou a direita de z
com valor -1,5.

Considerando que z esteja a direita de -1,5


Área entre ( 0 e -1,5 ) = (0,5 – 0,0668 ) = 0,4332

Considerando que z esteja a esquerda de -1,5. A solução está sob forma gráfica
 = 0,0668
a=0,4332 onde 0,4332 = 0,5 – 0,0668
0,0668 é a área de cauda para z- 1,5
? 0,0217
------------------------------------
 z 1,5 0

3
0,5 = (?) + 0,0217 + 0,4332  0,5 =  + 0,4549   = 0,4549 – 0,5 =

 = 0,0451 Para esta área de alfa z= 1,694 por extrapolação ou 1,69 por aproximação

4) P( -a1  z  a2) = 0,668

Diminua da unidade a área indicada para determinar a área de cauda. 1- 0,668 = 0,332
0,332 é a soma das duas área de cauda ou .Cada área de cauda vale /2 = 0,1660.
A tabela mostra um valor de 0,97 para /2 = 0,1660

EXEMPLO 3- Aplicação da variável reduzida.

1) A média dos diâmetros internos de uma amostra de 200 arruelas produzidas por certa
máquina é de 1,300 cm e desvio padrão 0,002 cm. A finalidade para qual estas arruelas são
fabricadas permite a tolerância máxima de 1,298 a 1,302 cm; se isto não se verificar as arruelas
serão consideradas defeituosas. Determine o percentual de arruelas defeituosas que serão
produzidas pela máquina, admitindo-se que os diâmetros são distribuídos normalmente.

Tirando os dados do problema:


N= 200 arruelas
 = 1,300 cm área de área de área
 = 0,002 cm rejeição () aproveitamento de rejeição ()

-----------------------------------0 ------------------------------------------
1,298 1,303

Precisamos determinar o número de desvios padrão entre a média das arruelas e os limites de
tolerância. O número de desvios padrão é obtido pelos percentis z.

1,300 – 1,298 Os scores z substituem os valores limites.


Z(1,298) = ------------------------ = 1
0,002 área de aproveitamento
 =0,1587 0,6826 =0,1587
------------------- 0 ----------------------------
1,300 – 1,302 -1 1.300 -1
Z( 1,303) = ----------------------- = -1
Área de rejeição (0,1587 + 0,1587) = 0,3174

Área de aproveitamento. 1 -0,3174 = 0,6826


Quantidade de arruelas fora da especificação: 0,3174 . 200 =63,48. Como as arruelas são sempre
peças inteiras haverá um número de 64 peças fora da especificação.
4
2) Um exame de estatística mostra uma média de 78 com desvio padrão de 10. (a) determine os
escores reduzidos de 2 estudantes cujos notas foram 93 e 62 respectivamente e interprete o
valor do score z.
(b) Determine a nota de 2 estudantes cujos escores reduzidos foram, respectivamente, -0,6 e
1,2 .

a) Determinando os scores z. A nota 93 fica distante da média de 1,5 desvio padrão.


93 - 78
Z( 93) = --------- = 1,5 A nota 62 fica, com score negativo, a esquerda da média
10 por 1,6 desvios padrão.

62 – 78
Z( 62) = ------------- = -1,6
10

b) Determinando as notas.
X - 78
Para o estudante com score -0,6 = ------------  x = 72
10
X – 78
Para o estudante com score 1,2 = --------------  x = 90
10

3) Se as alturas de 300 estudantes são normalmente distribuídos, com média 171,72 cm e


desvio padrão 7,62 cm, quantos estudantes tem alturas ( a) superior a 182,88 cm.

Área alfa contendo os


182,88 – 171,72 estudantes mais altas
Z = -------------- = 1,46 a=0,721 ou 72,1%
7,62 ---------- 0 ---------------------
1,46

EXEMPLO 4- Dois estudantes, em um concurso alcançaram os seguintes scores 0,8 e -0,4


respectivamente.Se sua notas foram 88 e 64, respectivamente, determine a média e o desvio
padrão das notas deste concurso. ( média 72 e desvio padrão 20 )

Este exercício deve ser resolvido sabendo-se que cada valor observado dista da média por um certo
número de desvio padrão. Se cada observação for representada por y e a média por, cada valor de y
será obtido por: y = ȳ + z.s.

Estudante A : 88 = ȳ + 0,8 s Estudante B : 64 = ȳ - 0,4 s


5
Como a média das notas é o valor representativo de todas as notas:

88 = ȳ + 0,8 s  88 – 0,8 s = ȳ e 64 = ȳ - 0,4 s  64 + 0,4s = ȳ

ȳ = 88 – 0,8 s = 64 + 0,4s  88 – 64 = 0,4 s + 0,8 s  24 = 1,2 s  s = 24/1,2 = 20

Obtido o valor de s, a média poderá ser obtida substituindo s em qualquer uma das equações A ou B.

Pelo estudante A :

Resolvendo este sistema : 88 = ȳ + 0,8 ȳ = 88 – 0,8. 20 = 72

O mesmo valor será encontrado se você usar a relação para o estudante B

FAÇA VOCÊ MESMA.

EXERCÍCIO 1 -Certas válvulas fabricadas por uma companhia tem uma vida média de 800 horas
e desvio padrão de 60 horas. Determinar a probabilidade de uma amostra aleatória de 16
válvulas, retirada do grupo, ter a média de : (a) entre 790 e 810 horas (0,4972). (b) inferior a 785
horas,(0,1587). (c) superior a 820 horas (0,0918). (d) entre 770 e 830 horas (0,9544).

EXERCÍCIO 2 - As massa dos fardos recebidas por um depósito tem média de 150 kg e um
desvio padrão de 25 kg. Qual é a probabilidade de 25 fardos, recebidos ao acaso e carregados
em um elevador, não exceder o limite específico de segurança destes último, que é de 4100 kg?
(0,0026)

EXERCÍCIO 3 - O tempo em que um motorista leva para reagir às luzes de freio em um veículo
em desaceleração é crucial para evitar colisões traseiras. O artigo “Fast- Rise Brake Lamp as a
Collision-Prevention Device “ (ergonomics, 1993, p.391-395) sugere que o tempo de reação de
uma resposta no trânsito a um sinal de frenagem com luzes de freio convencionais pode ser
modelado por uma distribuição normal de média 1,25 segundo com um desvio padrão de 0,46
segundos. Qual a probabilidade de que um tempo de reação esteja entre 1,00 e 1,75 segundos ?
( 56,75%)

EXERCÍCIO 4 - Suponha que a força que age sobre uma coluna que ajuda suportar um edifício
tenha distribuição normal com média 15,0 kips e desvio padrão 1,25 kips. Qual é a
probabilidade de a força
a) ser no máximo 18 kips? (0,9918 )
b) estar entre 10 e 12 kips? (0,0082)
c) diferir de 15,0 kips no máximo por dois desvio padrão? ( 0,9544 )

EXERCÍCIO 5 - Suponha que o diâmetro de certo tipo de árvore na altura do tronco tenha uma
distribuição normal com  = 8,8 e  = 2,8, conforme sugerido pelo artigo “Simulation a
Harvester – Forwarder Softwood Thinning” ( Forest Products J., May, 1997, p. 36-41.

6
a) Qual a probabilidade de uma árvore selecionada aleatoriamente ter um diâmetro de no
mínimo 10 polegadas? Exceder 10 polegadas?
b) Qual a probabilidade de o diâmetro de uma árvore selecionada aleatóriamente de
exceder 20 polegadas?