You are on page 1of 18

As oportunidades do setor da saúde

para o estado do Rio de Janeiro:


desafios e potenciais para avançar
Fernanda Steiner Perin
Pesquisadora Grupo Economia da Inovação
Instituto de Economia/UFRJ

Seminário Desafios do Emprego no Estado do Rio de Janeiro

17 de maio de 2019 UFRJ


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
O setor da saúde no Brasil
• Complexo Industrial da Saúde (CIS)
• Equipamentos médicos
• Materiais, reagentes e dispositivos para diagnósticos
• Hemoderivativos, imunobiológicos, intermediários químicos e extratos vegetais para fins terapêuticos
• Serviços (hospitais, ambulatórios e serviços de diagnósticos e tratamento)
• Princípios ativos e medicamentos para uso humano
• Prioridade nas políticas industriais – PITCE (2003), PDP (2008), PBM (2011)
• PROFARMA
• Parcerias de Desenvolvimento Produtivo
• Políticas tecnológicas
• Lei da Inovação
• Lei do Bem
• Indústria farmacêutica RJ
• Capacidade produtiva
• Oferta científica e tecnológica
• Políticas de incentivo

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Evolução dos estabelecimentos do setor farmacêutico – Brasil e ERJ, 1995-2017
1000
916
900
800
700
600
549
500 BR = - 36%
400
300
200
181
100
63 ERJ = -57%
0

Rio de Janeiro Brasil

Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em RAIS/MTE (2018).


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Participação dos estados nos estabelecimentos do setor farmacêutico
ERJ, EGO, ESP, 1995-2017

100%
90%
Principais movimentos:
80% 39,29 39,34
70% • Forte redução do ERJ, ainda
60% que mantido segundo lugar;
50% • Crescimento de Goiás, sobe
40% 36,45 38,25
do 5º. para 3º. lugar;
30%
20% 3,47
• Redução nacional em
10,93
10% 20,80
termos absolutos (-36%).
11,48
0%

Rio de Janeiro Goiás São Paulo Outros

Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em RAIS/MTE (2018).


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Evolução do emprego do setor farmacêutico – Brasil e ERJ, 1995-2017
120.000

100.000
89.272 BR = + 59%

80.000
55.990

60.000

40.000

20.000
12.280
7.027 ERJ = - 43%
0
19951996199719981999200020012002200320042005200620072008200920102011201220132014201520162017
Rio de Janeiro Brasil
Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em RAIS/MTE (2018).
Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Participação dos estados no emprego do setor farmacêutico
ERJ, EGO, ESP, 1997-2017

100% 4,20
13,23
90% Principais movimentos:
20,92 7,87
80%
• Redução do Rio de Janeiro;
70%
60% • Crescimento muito forte de
50% 54,88 Goiás;
59,89
40%
• São Paulo perde
30%
participação, mas cresce em
20%
24,01
números absolutos;
10% 14,99
0% • Crescimento nacional.
2002
1997
1998
1999
2000
2001

2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
Outros São Paulo Rio de Janeiro Goiás

Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em RAIS/MTE (2018).


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Evolução da produção física setor farmacêutico – Brasil, ERJ, 2002-2018
160,0

140,0 127,1
120,0
103,4
100,0
75,5
80,0

60,0

40,0

20,0

0,0
2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
Indústria de transformação_BR Indústria farmacêutica_BR Indústria farmacêutica_RJ

Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em PIM-PF/IBGE (2019).


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Capacidade produtiva
Evolução da produção física setor farmacêutico
Brasil, ERJ, EGO, ESP, 2012-2018
180,0
160,0 159,5 Principais movimentos:
140,0
• Redução do Rio de Janeiro e
120,0 São Paulo;
100,0 87,2 • Crescimento muito forte de
80,0 82,1
Goiás;
60,0 65,5
• Diminuição nacional.
40,0
20,0
0,0
2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
Brasil Rio de Janeiro São Paulo Goiás

Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em PIM-PF/IBGE (2019).


Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Oferta científica e tecnológica
> RJ possui 43 instituições científicas e > RJ possui 21 instituições científicas e tecnológicas
tecnológicas públicas e privadas com cursos de públicas e privadas com cursos de pós-graduação:

graduação: • 3 universidades estaduais (UERJ, UENF, UEZO)


• 10 universidades estaduais (UERJ, UENF, • 4 universidades federais (UFF, UFRJ, UFRRJ, Unirio)
UEZO)
• 10 institutos federais de pesquisa (CEFET/RJ, Fiocruz,
• 7 universidades federais (IFF, IFRJ, UFF, LNCC, IME, IMPA, INC, INCA, INMETRO, INPI, INTO)
UFRJ, UFRRJ, IME, Unirio)
• 4 universidades privadas (PUC-Rio, UCAM, UNESA e
• 147 cursos de graduação nas grandes áreas UniFOA)
do conhecimento relacionadas ao setor
farmacêutico • 94 mestrados, 27 mestrados profissionais e 79
doutorados nas áreas do conhecimento relacionadas
Fonte: MEC (2015); CNPq (2010)
ao setor farmacêutico
Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Oferta científica e tecnológica
Cursos de graduação das área s relacionadas ao setor farmacêutico
2015 Principais características:
NÚMERO DE CURSOS PRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO
• Predominância de São Paulo,

RIO DE JANEIRO
PERNAMBUCO
MINAS GERAIS

SÃO PAULO
seguido por Minas e Rio;

GOIÁS

TOTAL
ÁREAS DE CONHECIMENTO
• Composições intraestraduais
parecidas: todos possuem
Biotecnologia 1 - - 1 11 13
quase metade dos cursos
Ciências Biológicas 50 110 25 84 228 497
Farmácia 27 70 14 31 122 264 voltados para as Ciências
Química 28 91 20 31 170 340 Biológicas;
TOTAL 106 271 59 147 531 1114
Fonte: Elaborado pelo GEI/IE/UFRJ com base em MEC (2015). • Estabelecimento de cursos
Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em MEC (2015). presenciais de bacharelado
em Biotecnologia em São
Paulo. Um no ERJ.

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Oferta científica e tecnológica
Participação (%) no total dos 5 estados analisados dos cursos pós-graduação
relacionados ao setor farmacêutico, 2013 Principais características:
MESTRADO • Manutenção da
ESTADO MESTRADO DOUTORADO
PROFISSIONAL predominância de São Paulo;
GOIÁS 3 2 3
• Maior importância do Rio de
MINAS GERAIS 16 16 14 Janeiro, passando a frente de
PERNAMBUCO 7 8 5 Minas Gerais;
RIO DE JANEIRO 23 42 23
SÃO PAULO 51 33 55 • Goiás é o menor entre os 5
estados.
Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ, com base em Capes (2015).
Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ com base em Capes (2015).

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Oferta científica e tecnológica
Número de grupos de pesquisa ligados às áreas de interesse do
setor farmacêutico, 2010 Principais características:

ESTADO NÚMERO DE GRUPOS • Participações estaduais: SP


GOIÁS 91 (47%), RJ (27%), MG (18%), PE
MINAS GERAIS 731 (6%) e GO (2%);
PERNAMBUCO 243 • Áreas de conhecimento: Biofísica;
RIO DE JANEIRO 1080 Biologia Geral; Bioquímica; Engenharia
Biomédica; Engenharia de Materiais e
SÃO PAULO 1898
Metalúrgica; Engenharia de Produção;
Fonte:Elaborado
Fonte: Elaborado por GEI/IE/UFRJ,
por GEI/IE/UFRJ com
com base em base
Capes em Capes (2015).
(2015). Engenharia Química; Farmácia;
Farmacologia; Fisiologia; Genética;
Imunologia; Matemática; Medicina;
Micobiologia; Morfologia; Parasitologia;
Probabilidade e Estatística; Química; e
Saúde Coletiva.

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Políticas de incentivo ao setor farmacêutico
• Todos os estados estudados têm algum tipo de ação ou política para o desenvolvimento do setor
farmacêutico;

• Todos possuem Leis de Inovação seguindo a Lei nacional (10.973/04):


• 5.361/2008 (RJ), 1.049/2008 (SP), 17.348/2008 (MG), 13.690/2008 (PE), 16.922/2010 (GO)
• Objetivo: de incentivar a interação empresa-ICT, particularmente, através de incentivos
financeiros e da criação de NITs, parques tecnológicos e sistemas locais de inovação.
• Preveem a criação de fundos para o financiamento de projetos de empresas inovadoras e de
base tecnológica.

• Nas FAPs, há a criação de programas de apoio ao desenvolvimento de parceria entre empresas e


ICTs, assim como, de subvenção econô̂mica a empresas para projetos de inovação.

• Ressalta-se o forte uso de incentivos fiscais, particularmente, em GO. No entanto, estes são
direcionados, principalmente, a atividades produtivas, e não inovativas.

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Políticas de incentivo ao setor farmacêutico
• No estado do Rio de Janeiro, especificamente, com intuito de reverter a situação
de perda de importância no setor farmacêutico nacional, foi criado no estado do o
Grupo Executivo do Complexo Industrial em Ciências da Vida do Rio de Janeiro
(GECIV-RJ)
• Objetivo: elaborar e desenvolver as diretrizes das políticas estaduais de
fortalecimento do complexo produtivo e de inovação em ciências da vida (Decreto
estadual no 43.315/2011).
• A criação do GECIV-RJ apresenta grande potencial nesse sentido, pois engloba
diversos atores ligados ao setor no estado e vem buscado ampliar a articulação
entre eles.
• Além disso, vem realizando estudos para um melhor mapeamento das
potencialidades do RJ para o desenvolvimento do setor farmacêutico.

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Potenciais e Perspectivas para ERJ
ERJ tem desempenho paradoxal:
> Por um lado, os dados secundários > As políticas industriais estaduais estão
mostram uma redução da participação do tendo sucesso no sentido de modificar a
ERJ em relação ao emprego, número de participação de alguns estados na
estabelecimentos e produção física em configuração do setor farmacêutico
termos absolutos e relativos aos outros (EGO). E sua ausência em outros estados,
estados do país, em especial, a Goiás. inicialmente relevantes para o setor, está
fazendo com que estes percam sua
> Por outro lado, apresenta um elevado
importância no cenário nacional (ERJ).
número de cursos de graduação, pós-
graduação e grupos de pesquisa em ICTs > Tal resultado reforça a importância das
de excelência com atuação nas áreas ações sistêmicas com enfoque regional
relacionadas ao setor e um aumento no para promoção do desenvolvimento
número de editais de financiamento à produtivo e inovativo.
pesquisa e à inovação.
Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Desafios e Potenciais do ERJ
Gargalos a serem superados no ERJ:
• A necessidade de revisão da carga • Estímulo ao desenvolvimento e
tributária que incide sobre a produção e a fortalecimento dos NITs das ICTs.
distribuição do setor farmacêutico. • Estímulo às empresas incubadas.
• A promoção das atividades de P&D. • Ampliar interação com empresas
• A criação de políticas industriais e de multinacionais, incluí-las nas ações e
inovação na esfera local, especialmente a projetos para ampliar os benefícios que
fim de fortalecer a infraestrutura elas podem trazer para o estado.
tecnológica. • Atração de novas empresas.
• A melhor estruturação e organização em
prol do empreendedorismo.

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Desafios e Potenciais do ERJ
Desenvolvimento de um ambiente inovativo
• Propriedade Intelectual:
INPI – sede no Rio, maior participação
• Regulação:
das discussões e reivindicações
Estrutura para realização de relevantes ao setor
desenvolvimento experimental:
• Tributação:
escalonamento e testes para registro
Decreto (n° 36.450/2004 – redução do
• Financiamento: ICMS de 19% para 12%) não estão
Faperj e AgeRio – a projetos inovativos nas sendo suficientes – desconhecimento
suas diversas etapas, inclusive nas parcerias das empresas e foco produção.
com as ICTs. • Goiás –crédito de até 92% com base no valor
devido de ICMS e desconto de até 50% sobre
as cotas na forma de subvenção destinada a
investimentos

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro
Seminário Desafios do Emprego no Estado do Rio de Janeiro

Grupo Economia da Inovação


Instituto de Economia da UFRJ
UFRJ

Fernanda Steiner Perin


E-mail: fernanda.steinerperin@gmail.com

Fernanda Steiner Perin As oportunidades do setor da saúde para o estado do Rio de Janeiro