You are on page 1of 4

Emprego dos pronomes Relativo

Pronome relativo: substitui um termo da oração anterior estabelecendo uma relação entre
duas orações

Eu vi o rapaz. O rapaz era meu amigo

Eu vi o rapaz que era meu amigo

Invariáveis: que, quem, onde

Variáveis: o qual, a qual, os quais, cujo, cuja, cujos, cujas, quanto, quanta, quantos, quantas

1) Que:

O mais usado, chamado de relativo universal, pode ser empregado com referência a pessoas
ou coisas

Conheço bem a moça que saiu daqui (pessoa)

Eu gostei do vestido que comprei para você (coisa)

Eis os instrumentos de que necessitamos (com preposição)

Que= pode ter por antecedente o demonstrativo (o, a, os, as)

Sei o que digo

O que = aquilo

Essa é a que te falei

A que= aquela

Os adultos são os que mais mentem

Os que= aqueles
2) Quem= refere-se à pessoa ou coisa personificada

Não conheço o professor de quem você falou (pessoa)

O anjo, a quem pediste ajuda, apareceu (coisa)

Quem = pode aparecer sem antecedente claro, neste caso, é classificado como pronome
relativo indefinido

Quem faltou foi advertido

Quando possuir antecedente, o pronome relativo quem virá precedido de preposição

Marcelo era o homem a quem ela amava

Obs. Quando precedido de preposição monossilábica, emprega-se o pronome relativo que

Aquele é o machado com que trabalho

Com= preposição monossilábica

Com preposições de mais de uma sílaba, usa-se o relativo o qual (e flexões)

Aquele é o empresário para o qual trabalho

Para= preposição de duas sílabas

Cujo: o pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo. Deve concordar com a coisa
possuída

Cortaram as árvores cujos troncos estavam podres

Árvores (possuidor)

Troncos (coisa possuída)


Este é o médico cuja especialização é pediatria

Cujo: relaciona possuidor à coisa possuída!

Quanto: o pronome relativo quanto, quantos e quantas são pronomes relativos quando
seguem os pronomes indefinidos tudo, todos ou todas

Recolheu tudo quanto quis

Tudo = pronome indefinido

Pergunte tanto quanto for preciso

Tanto= pronome indefinido

Onde: o relativo onde deve ser usado para indicar lugar e tem sentido aproximado de em que,
no qual

Está é a terra onde habito

Onde: em que

a) Onde é empregado com verbos que não dão ideia de movimento. Pode ser usado
sem antecedente

Nunca mais morei na cidade onde nasci

Onde: em que

A + Onde

B) Aonde é empregado com verbos que dão ideia de movimento e equivale a para onde,
sendo resultado da combinação da preposição a + onde.

As crianças estavam perdidas, sem saber aonde ir


Pronomes relativos e regência

Aquelas eram as regras a que nos opúnhamos

Aquelas eram as regras com que não concordava

Aquelas eram as regras de que precisávamos

Aquelas eram as regras que nos atrapalha

Atrapalha= VTD