You are on page 1of 2

3.

METODOLOGIA

Para o desenvolvimento deste trabalho de conclusão de curso foram


utilizados artigos publicados em sites confiáveis, entrevistas e visita em pequenas
obras, buscando assim o respaldo teórico científico para a elaboração desta pesquisa.
Neste artigo utilizou-se como tema a Reutilização dos Pneus Inservíveis no Âmbito da
Construção Civil. O objeto a ser pesquisado evidenciou na identificação de alguns tipos
de reutilização de pneus inservíveis na construção civil, buscando identificar os
resultados e ponderar se foram negativos ou positivos.
Este trabalho foi realizado através de pesquisas elaboradas acerca do tema
proposto, focalizando em leituras de livros/autores pertinentes ao curso de Engenharia
Civil para elaboração deste embasamos em autores respeitados na área em questão,
como por exemplo: Cesar Fabiano Fioriti, AkemiIno e Jorge Luís Akasaki (2010);
Silvia Giacobbe (2008); Reniene Maria dos Santos (2012); Nádia Cristina Segre
(1999), entre outros.
Analisando as opiniões e estudos de alguns autores, podemos evidenciar
que a pesquisa bibliográfica é apoiada em materiais relacionadas ao tema abordado,
abrange fontes como livros, revistas, artigos e teses de mestrado. Utilizando-os como
referenciais teóricos com base científica. Como uma ramificação da pesquisa
bibliográfica, temos a pesquisa descritiva, que analisa e descreve aspectos de uma
população, relacionando as variáveis observados com o tema abordado, e partindo para
outro o método utilizado, temos a coleta de dados que pode ser realizada em
“documentos escritos ou não, através das fontes primárias, realizadas em bibliotecas,
institutos e centros de pesquisa”, entre outros, como dito por Castilho, Borges e Pereira
(2014, p.19).
Nesta direção cabe expor que dentro desta linha de pesquisa, utilizar-se-á a
pesquisa qualitativa que pode fornecer um conteúdo altamente descritivo e incorporar
dados quantitativos na análise. Justifica-se o fato de o tratamento qualitativo de um
problema, que pode até ser uma opção do pesquisador, apresentar-se de uma forma
adequada para poder entender a relação de causa e efeito do fenômeno e
consequentemente chegarem a sua verdade e razão (CASTILHO; BORGES;
PEREIRA; 2014, P.18-19).
Os aparelhos de coleta de dados, como já divulgado, foram realizados por
meio de análise bibliográfica e obtidos por meio do estudo de fontes auxiliares, sendo
em livros, trabalhos científicos, documentos eletrônicos de instituições confiáveis que
contribuíram de maneira satisfatória ao estudo, contando com um estudo de caso, capaz
de mostrar como é a vivencia dos operários em obra, sendo que a viabilidade do
presente artigo se baseia na possível melhora da segurança de uma obra de pequeno
porte, servindo ainda como fonte de consulta para futuros estudantes de engenharia
civil e alguns entusiastas pelo assunto (CASTILHO; BORGES; PEREIRA; 2014, P.18-
19).
O trabalho conta com uma análise de resultados obtida através da realização
de ensaios normatizados no laboratório de concreto do Instituto Luterano de Ensino
Superior (ILES/Ulbra) - Câmpus Itumbiara-Go. Foi definido um traço de concreto de
referência e três traços com substituição parcial do agregado miúdo nas porcentagens
de 5, 10 e 15%. Sendo realizado os ensaios de: massa específica, trabalhabilidade,
resistência a compressão, resistência a compressão axial, absorção e absorção por
capilaridade;
Determinou-se a quantidade de 3 corpos de prova por ensaio e traço, assim
totalizando 45 corpos de prova. O ensaio de trabalhabilidade não necessita de amostra,
pois é realizado através da análise de cada traço antes da concretagem.
Os resultados obtidos foram ordenados em planilhas para posteriormente
gerar gráficos para a análise e comparação com os autores da referência bibliográfica.