You are on page 1of 34

Vitaminas

Introdução

• O termo Vitamina foi criado quando se descobriu que


pequeníssimas quantidades de uma substância, chamada
Tiamina (vitamina B1), pertencente ao grupo das aminas
conseguia evitar a doença beribéri.

• Por isso, essa substância foi chamada Vitamina que significa


“Vital Amina”.

• São compostas por carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio

• Possuem estrutura variada.


http://www.blog.saude.gov.br/inde
x.php/51674-beriberi-entenda-a-
doenca-causada-pela-falta-de-
vitamina-b1
Introdução
• São substâncias orgânicas necessárias em quantidade
pequeníssima e que o organismo não consegue produzir.

• Os cientistas descobriram que muitas vitaminas atuam como


co-fatores em reações enzimáticas.

• Assim, na ausência de determinadas vitaminas, não se forma a


enzima ativa correspondente, o que altera o metabolismo
celular.

Vídeo 4
Introdução
De acordo com sua solubilidade se dividem Lipossolúveis e
Hidrossolúveis.

• Vitaminas Lipossolúveis são: A (Retinol),D (Calciferol),


E (Tocoferol) e K (Menaquinona)

Beta caroteno

Vitamina A (retinol)
• Foi a primeira a ser identificada, é uma das mais importantes
para a saúde humana, pois sua deficiência pode causar
sérios problemas de saúde, morbidade e mortalidade infantil.

• A carência de vitamina A é a principal causa de cegueira não


acidental.
 Calcula-se que nos países em desenvolvimento como na África e
Ásia, há cerca de 250.000 casos por ano deste tipo de cegueira em
crianças são devido à carência na dieta.
Carência de Vitamina
A (hipovitaminose)
• A desfavorece a regeneração
da rodopsina resultando na
dificuldade de enxergar a
noite ocasionado a
hemeralopia e, ainda a
xeroftalmia.

• Falhas no crescimento são


comuns em crianças com
deficiência em vitamina A.

• Pele escamosa e seca.


Excesso de vitamina A
(hipervitaminose)
• A hipervitaminose pode causar:
 Hipertensão intracraniana,
 Desordens gastrointestinais e cutâneas,
 Secura de pele e mucosas,
 Irritabilidade,
 Perda de cabelos, Unhas quebradiças,
 Dores ósseas,
 Mialgia,
 Dores abdominais,
 Anemia.
• O uso em excesso de carotenóides provoca a
hipercarotemia, tornando, mãos e pés ligeiramente
amarelados.
Vitamina D

Carência de Vitamina D
Vitamina E (Tocoferol)

A vitamina E compreende um grupo de oito substâncias


semelhantes denominadas tocoferóis, sendo a mais
importante o a-tocoferol.

É conhecida como fator anti-esterilidade ou vitamina da


descendência (o termo vem do grego tokos =
descendência).

No sistema de reprodução, existem várias evidências que


apontam que a vitamina E como sendo essencial para
reprodução de várias espécies de mamíferos.

Destaca-se sua função antioxidante.

 Ela previne o dano celular ao inibir a peroxidação lipídica, a


formação de radicais livres e doenças cardiovasculares.
Fontes
O óleos vegetais (amendoim, soja, palma, milho,
cártamo, girassol, etc.), gérmen de trigo, nozes, as
sementes, grãos inteiros, e os vegetais de folhas verdes.

Carência
A deficiência de vitamina E nos
humanos é rara, seus sintomas
variam, esterilidade em ratos,
distrofia muscular, anemia em
macacos.
A falta desta vitamina
na alimentação pode levar
a esterilidade.
Vitamina K (Menaquinona)
 Se subdivide em: K1 (filoquinona), K2
(menaquinona) e K3 (menadiona)
 Função
É indispensável no fígado
para síntese da pro-
trombina e de várias
proteínas relacionadas
com a coagulação do
sangue.
Por isso é conhecida
como vitamina anti-
hemorrágica.
Sua absorção esta
diretamente ligada a
absorção das gorduras.
Carência
Redução na capacidade de coagulação sanguínea,
aumentando a tendência as hemorragias.
Características das vitaminas
lipossolúveis
• A, D, E e K

• Não possuem valor energético.

• O organismo não as sintetiza e quando o faz é de maneira


insuficiente.

• São absorvidas no trato intestinal junto com as gorduras.


• A presença dos ácidos biliares é importante para sua
digestão.
• São transportadas na forma de quilomícrons através do
sistema linfático e corrente sanguínea.
• As vitaminas D e E , circulam ligadas a lipoproteínas.
• O armazenamento das vitaminas se dá de forma diferente:

Vitamina A é armazenada no fígado,


Vitaminas D e E armazenadas no tecido adiposo e muscular,
Vitamina K não é armazenada.

vitamina D é a única sintetizada no corpo

As megadoses de vitaminas lipossolúveis são tóxicas ao


organismo e são eliminadas pelas fezes (maior quantidade) e
pela urina (menor quantidade).
Vitaminas Hidrossolúveis.

• Vitaminas Hidrossolúveis são: B1(Tiamina), B2 (Riboflavina),


B6 (Piridoxina), B12 (Cianocobalamina) e Vitamina C (Ácido
Ascórbico), Niacina, Ácido Fólico, Biotina, Ácido Pantotênico,
Colina.
Hidrossolúveis
• Hidrossolúveis são solúveis em água.
B1(Tiamina), B2 (Riboflavina), B6 (Piridoxina),
B12 (Cianocobalamina), B3 Niacina, B8 Biotina,
B9 Ácido Fólico, B5 Ácido Pantotênico, Vitamina C
(Ácido Ascórbico) e Colina

• As vitaminas do complexo B são encontradas nos


mesmos alimentos, razão pela qual durante muito
tempo se pensou que fossem uma só.

• A deficiência de ingestão de uma das vitaminas do


complexo B pode alterar a utilização das demais.
Fontes Naturais de Vitaminas
• A principal fonte são os alimentos.

• Podem ser encontradas em farmácias na forma


purificada e prescritas pelo médicos para eliminar
certas deficiências vitamínicas.

• Certas vitaminas são facilmente destruídas pelo


CALOR, ou exposição ao oxigênio do ar (O2).

• Para preservar o valor vitamínico dos alimentos


deve-se consumi-los crus ou cozidos por pouco
tempo na menor quantidade de água possível.
Vitamina B1 (Tiamina)
PRINCIPAIS USOS NO CORPO
Auxilia na oxidação dos carboidratos.
Estimula o apetite. Mantém o tônus muscular e o bom
funcionamento do sistema nervoso.
Previne o beribéri.
SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Perda de apetite, fadiga muscular, nervosismo, beribéri
(doença provocada pela carência de vitamina B1 e que esta relacionada a
insuficiência cardíaca e problemas neurológicos)

PRINCIPAIS FONTES
Cereais na forma integral e pães, feijão,
fígado, carne de porco, ovos, fermento
de padaria, vegetais folhosos.
Vitamina B2 (Riboflavina)
PRINCIPAIS USOS NO CORPO
Auxilia a oxidação dos alimentos.
Essencial à respiração celular.
Mantém a tonalidade da pele.
Atua na coordenação motora.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Ruptura da mucosa da boca, dos lábios, da língua e das
bochechas.

PRINCIPAIS FONTES
Vegetais folhosos
(couve, espinafre, repolho, etc.), carnes magras, ovos,
fermento de padaria, fígado, leite.
Vitamina B3 ou PP (Niacina)
Ácido nicotínico
PRINCIPAIS USOS NO CORPO

Protege o fígado, os tecidos nervosos e o aparelho


digestivo.
Ajuda a regular a taxa de colesterol no sangue.
A niacina é convertida para NADH nos organismos vivos,
servindo como auxiliar nas reações de oxi-redução como
"transportadora de elétrons".
Previne a pelagra.
SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA

Inércia e falta de energia,


Nervosismo extremo,
Distúrbios digestivos,
Pelagra.

PRINCIPAIS FONTES
Levedo de cerveja, carnes magras, ovos, fígado, leite.
Vitamina B5
(Ácido Pantotênico)
PRINCIPAL USO NO CORPO
Componente da coenzima A, participante de processos
energéticos celulares.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Anemia, fadiga e
dormência dos membros.

PRINCIPAIS FONTES
Carne, leite e derivados, verduras,
cereais integrais.
Vitamina B6 (Piridoxina)
PRINCIPAL USO NO CORPO
Participa de processos bioquímicos complexos.
Auxilia na oxidação dos alimentos.
É indispensável na metabolização de muitos nutrientes
no organismo, dentre esses, destacam-se as proteínas.
Mantém a pele saudável.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Doenças da pele, distúrbios nervosos, inércia e extrema
apatia.
PRINCIPAIS FONTES
Levedo de cerveja, cereais integrais,
fígado, carnes magras, leite.
Vitamina B8 (Biotina)
PRINCIPAL USO NO CORPO
Atua como coenzima em processos energéticos celulares,
Atua na síntese de ácidos graxos e das bases
nitrogenadas púricas.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Inflamações na pele e distúrbios neuromusculares.

PRINCIPAIS FONTES
Carnes, legumes, verduras
e bactérias da
flora intestinal.
Vitamina B9 (Ácido Fólico) Vídeo 5
PRINCIPAIS USO NO CORPO
E importante na síntese das bases nitrogenadas e
participa da síntese de DNA e multiplicação celular.
Atua como uma coenzima no metabolismo dos
aminoácidos, das hemácias e do tecido nervoso.
Tem ação específica na regeneração e na maturidade das
hemácias e, portanto, é fator indispensável do equilíbrio
na constituição do sangue e de seu bom funcionamento.
Recentemente, pesquisadores da Universidade da
Califórnia descobriram que o ácido fólico ajuda a combater
o desenvolvimento do Mal de Alzheimer.

Desde 1999 varias empresas alimentícias passaram a


utilizá-lo como um acidulante.
SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Anemia, esterilidade masculina, na gravidez predispõe a uma
malformação do feto conhecida como espinha bífida.

PRINCIPAIS FONTES
Vegetais verdes, frutas, cereais integrais e bactérias da
flora intestinal.
Vitamina B12 (Cianocobalamina)
PRINCIPAL USO NO CORPO
É importante sua presença na medula óssea para produção
de hemácias.
É indispensáveis no metabolismo de todas as células,
principalmente as do trato intestinal e tecido nervoso,
também está relacionado com o crescimento.
Participa da síntese de nucleotídeos.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Anemia perniciosa, Distúrbios nervosos.
PRINCIPAIS FONTES
Alimentos ricos em proteínas como, leite,
ovos, peixes, queijos, carnes,
especialmente músculo.
A B12 só é encontrada em alimentos de
origem animal.
Vitamina C
PRINCIPAIS USOS NO CORPO
Mantém a integridade dos vasos sangüíneos e a
saúde dos dentes.
Previne infecções e escorbuto.

A vitamina C é altamente oxidável, principalmente


quando submetidas a elevadas temperaturas,
exposição ao oxigênio e metais oxidáveis.
SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA
Inércia e fadiga em adultos; insônia e nervosismo
em crianças, sangramento das gengivas, dores nas
juntas, dentes alterados.

Escorbuto
Os principais sintomas do escorbuto são:
aumento das articulações, diminuição da excreção urinária, anemia, redução
do apetite e crescimento, frouxidão dos dentes, inflamação da gengiva e
articulações, dificuldade na respiração, hemorragias e dores na realização
dos movimentos corporais.

PRINCIPAIS FONTES
Frutas cítricas (limão, lima, laranja),
tomate, couve, repolho,
vegetais folhosos e pimentão.
Doses Diárias Recomendadas de VITAMINAS

A D E B11 B3

1,0 mg 5,0 mg 10,0 mg 200 mg 19 mg

B2 B1 B6 B12 C

1,7 mg 1,5 mg 2,0 mg 2,0 mg 60 mg


Exercícios
1) Fazer um resumo relatando os tipos de vitaminas (lipo e
hidrossolúveis, com suas respectivas funções no organismo.
2) Analise as estruturas das vitaminas e explique,
estruturalmente, o porquê de algumas vitaminas serem lipo e
outras hidrossolúveis.
3) Livro, pág. 227-228, exerc.: 41, 42, 44.

33
Conclusão
Conclusão

Parte do material utilizado foi gentilmente


cedido pelo professor doutor Marcelo Valle,
do Departamento de Ciências Naturais (DCNat),
da UFSJ.

34