You are on page 1of 2

:: SEI / DPU - 0528416 - Ata :: Página 1 de 2

DEFENSORIA PÚBLICA-GERAL DA UNIÃO


SBS, Quadra 01 - Bairro Asa Sul - CEP 70.070-110 - Brasília - DF - http://www.dpu.gov.br/
Bloco H, Lote 26,27

ATA

ATA DA 19ª REUNIÃO DA CÂMARA DE COORDENAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Aos doze dias do mês de maio de 2014, às 9:00, na sede da Defensoria Pública-Geral da União
em Brasília/DF, reuniram-se para a 19ª Reunião dos Membros da Câmara de Coordenação de
Direito Previdenciário o Exmo. Sr. Defensor Público Federal Pedro Paulo Raveli Chiavini, a
Exma. Sra. Defensora Pública Federal Karina Rocha Mitleg Bayerl, a Exma. Sra. Defensora
Pública Federal Ilcelena de Souza Queiroz e o Exmo. Sr. Defensor Público Federal Emanuel
Marques, por convocação do Sub Defensor Público-Geral Federal, Dr. Fabiano Caetano Prestes.
Presidiu os trabalhos o Exmo. Sr. Defensor Público Federal Sr. Pedro Paulo Raveli Chiavini. 1
– Foi apresentado por Dra Ilcelena de Souza Queiroz o questionamento de colegas que atuam
junto à 2ª Categoria quanto a teses previdenciárias que ainda são aceitas. Ficou acordado que a
Dra Karina Rocha Mitleg Bayerl encaminhará por e-mail o resumo de teses para que os demais
membros analisem, a fim de que na próxima reunião seja finalizada uma tabela a ser divulgada
aos colegas. 2 – Foi sugerido que as Unidades sejam cientificadas a fim de que os despachos de
arquivamento sejam lançados em separado, e que as fases de arquivamento sejam lançadas,
tendo em vista que muitos arquivamentos são formalizados sem o lançamento da fase
correspondente. 3 – Foi sugerido pelo Dr. Pedro Paulo Raveli Chiavini que seja expedida
orientação no sentido de observância da Súmula 42/TNU, quando da interposição de Pedido de
Uniformização de Jurisprudência perante a Turma Nacional de Uniformização, visto que a
citada corte obsta a admissibilidade do recurso quando o mesmo visa simplesmente a reanálise
de provas (matéria fática). 4 - Foi sugerido pelo Dr. Pedro Paulo Raveli Chiavini que seja
expedida orientação no sentido de observância do Recurso Extraordinário n. 567.985/MT, de
repercussão geral, que entendeu pela inconstitucionalidade incidenter tantum do § 3º, art. 20 da
lei 8.742/93, incitando nova reflexão sobre a miserabilidade da parte, para fins de concessão de
LOAS, devendo o julgador de instâncias inferiores considerar todo o quadro probatório
apresentado pela parte, e não unicamente o critério legal de limite de renda de ¼ do salário
mínimo. Para efeito de invocação de paradigma, há o PEDILEF n.
0504262-2.46.2010.405.8200, DJ 13/11/2013, Rel. Juíza Kyu Soon Lee. Nada mais havendo, a
reunião foi encerrada às 11:30.

PEDRO PAULO RAVELI CHIAVINI

KARINA ROCHA MITLEG BAYERL

http://sei.dpu.gov.br/sei/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_orig... 06/10/2014
:: SEI / DPU - 0528416 - Ata :: Página 2 de 2

ILCELENA DE SOUZA QUEIROZ

EMANUEL MARQUES

Documento assinado eletronicamente por Ilcelena de Souza Queiroz, Defensor(a)


Público(a) Federal, em 09/06/2014, às 13:12.

Documento assinado eletronicamente por Pedro Paulo Raveli Chiavini, Defensor


Público Federal, em 01/10/2014, às 16:55.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site


http://www.dpu.gov.br/sei/conferir_documento_dpu.html informando o código verificador
0528416 e o código CRC 260317F9.

08038.003871/2014-73 0528416v2

http://sei.dpu.gov.br/sei/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_orig... 06/10/2014