You are on page 1of 2

SecultBA - Secretaria de Cultura - Governo do Estado da Bahia -

Festival de Música Instrumental da Bahia segue no Museu Náutico


Fundo de Cultura
Postado em: 14/06/2016 16:14

Quarteto de Trombones da Neojibá – Modap e palestra sobre astronomia abrem segunda fase

​Imagem: Divulgação XXI Festival de Música Instrumental da Bahia

Após quatro noites de ótimas atrações no Teatro Castro Alves, o XXI Festival de Música
Instrumental da Bahia segue em segunda fase no Museu Náutico (Farol da Barra), todas as quintas,
a partir do dia 16, sempre às 19h. O som do Quarteto de Trombones da Neojibá – Modap e a
palestra sobre astronomia Identificando as Constelações, de Fernando Munaretto, abrem a
programação da segunda etapa do festival. As apresentações ocorrem até o mês de julho e terão o
valor de R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia).

Fernando Munaretto atua com educação e divulgação da astronomia, ministrando palestras e


observações do céu ao ar livre na Chapada Diamantina, em sessões na cúpula do Planetário do
Museu Parque do Saber, e em sítios históricos de Salvador como o Forte de Santo Antônio da
Barra, sede do Museu Náutico e Farol da Barra. Ele também escreve para o blog O Guardador de
Estrelas, do portal iBahia.

Logo após a palestra, o Modap – Quarteto de Trombones da Neojibá se apresenta levando


repertório tradicional, original e popular, erudito e brasileiro para o trombone na prática da música de
câmara. Criado em 2014, o quarteto é composto por Michele Ginardi, Otávio Correa, Pedro Degaut
e David Santos.

Nas próximas semanas de apresentação, o público poderá conferir as seguintes atrações:


Grafilds-Samba, Choro e Gafieira, no dia 30, Acorda OSopro Duo no dia 7 de julho, Hermógenes
Araújo, dia 14 de julho, e Grupo Ventarolla finalizando no dia 21 de julho.

O XXI Festival de Música da Bahia é uma realização da Associação Instrumental da Bahia e tem o
apoio financeiro o Governo do Estado através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e
Secretaria de Cultura da Bahia. Faz parte do calendário de eventos culturais do Estado com a
curadoria do maestro Zeca Freitas e do pianista e ator Fernando Marinho.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as
produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da
Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de
pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de
Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de
baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O
FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da
federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais

http://www.cultura.ba.gov.br 10/6/2019 15:32:27 - 1


Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse o
site.

http://www.cultura.ba.gov.br 10/6/2019 15:32:27 - 2