You are on page 1of 10

Acentuação

Gráfica
... É preciso lem br ar que a escrita tenta
representar a fala, e a
acentuação gráfica existe par a aproximar
ainda mais a escrita da fala ...
Divisão silábica
Chamamos de síla ba a pronúncia de um fonema, ou conjunto de
fonema s, com apena s uma pa ssa gem de ar. Além disso, como vimos no
módulo anterior, não podemos nos esquecer de que não existe síla ba
sem vogal.
A divisão silábica se dá, então, pela divisão de um vocábulo de acordo
com a quantidade de síla ba s que ele apresenta.

Monossíla bo: apresenta apena s uma síla ba.


• Céu
• Pão
• Já
• Fé

Dissíla bo: apresenta dua s síla ba s.


• Ca-fé
• Plu-r al
• Jor-nal
• Tex-to

Trissíla bo: apresenta três síla ba s.


• Ca-be-ça
• Gar-r a-fa
• Re-fle-xão
• Pa-la-vr a

Polissíla bo: apresenta mais de três síla ba s.


• In-for-má-ti-ca
• Ge-o-gr a-fi-a
• In-ter-na-cio-nal
• G r a-má-ti-ca
Tonicidade da palavra
A tonicidade da palavr a é determinada pela síla ba mais forte da palavr a,
chamada de síla ba tônica. De acordo com a posição da síla ba tônica, a s
palavr a s podem ser cla ssificada s em oxítona s, paroxítona s ou
proparoxítona s. Veja como se identifica cada uma dela s.
Regras de acentuação
A acentuação gráfica da s palavr a s se dá de acordo com a cla ssificação
da tonicidade da s palavr a s. Veja a s regr a s básica s a seguir.

Monossíla bos tônicos X monossíla bos átonos

a) Monossíla bos tônicos


são a s palavr a s de uma única síla ba
com a intensidade sonor a forte e
significação própria. Os monossíla bos !!! Dica !!!
que pertencem à cla sse dos
Par a lem br ar quais
su bstantivos, adjetivos, advérbios,
monossíla bos são acentuados,
numer ais são tônicos. escreva:
Exemplos: PÁ, PÉ, PÍ, PÓ, PÚ.
fé, má, dá, já, três. Note que, ao acentuar esses
monossíla bos apena s, pá, pé,

b) Monossíla bos átonos constituem termos
têm intensidade sonor a fr aca e só existentes na língua. Por
a ssumem significado se esta belecer isso, são acentuados apena s
os monossíla bos terminados
relação entre outr a s palavr a s. Os
em -a, -e e -o, seguido ou
artigos, a s preposições, a s conjunções não de -s. Fácil, não?
e alguns pronomes são monossíla bos
átonos.
Exemplos:
e, ma s, nos, lhe, o, a.
!!! Dica !!! ATENÇÃO
Em vez de memorizar toda s
Par a não cair em pegadinha s:
a s te r m i n a ç õ e s d a s terminação em A(S), E(S) ou
paroxítona s, você pode O(S) pode indicar Ã, ÃO ou
tirar a “prova real” da ditongo! Se a ssim for, as
s e g u i nte f o r m a : paroxítona s devem, sim, ser
Ne n h u m a p a r o x í t o n a é
acentuada s, conforme visto
a c e ntu a d a s e te r m i n a r e m
anteriormente.
A(S), E(S), O(S), EM(ENS), ou
s e ja , a s te r m i n a ç õ e s
n e c e s s á r i a s p a r a a c e ntu a r
a s o x í t o n a s. O x í t o n a e
p a r o x í t o n a , p o r ta nt o, s ã o
a c e ntu a d a s a p a r t i r d e
te r m i n a ç õ e s i n v e r s a s :
e x c et o p e l o d it o n g o, o q u e
a c e ntu a u m a , n ã o a c e ntu a
a outra. Simples, não é?
Regras de acentuação

L-I(S)-N-US-PS-Ã
R-UM-UNS-ON-X-ÃO

Em vez de memorizar toda s a s terminações


da s paroxítona s, você pode tir ar a “prova
real” da seguinte forma: nenhuma
paroxítona é acentuada se terminar em
-a(s), -e(s), -o(s), -em(ens), ou seja, a s
terminações necessária s par a acentuar a s
oxítona s. Oxítona e paroxítona, portanto, são
acentuada s a partir de terminações
inversa s: exceto pelo ditongo, o que
acentua uma, não acentua a outr a. Simples,
não é?
Atenção, porém, par a não cair em
pegadinha s: terminação em -a(s), -e(s) ou
-o(s) pode indicar -ã, -ão ou ditongo. Se
a ssim for, a s paroxítona s devem, sim, ser
acentuada s, conforme visto anteriormente.
Proparoxítona s: são a s palavr a s cuja antepenúltima
síla ba é a tônica. A regr a de acentuação é a mais tr anquila, pois
toda s a s proparoxítona s são acentuada s.

Exemplos:
ár-vo-re, â-ma-go, só-li-do, pás-a s-ro, ge-né-ri-co
Regras de acentuação

ATENÇÃO
A regr a de acentuação dos hiatos prevalece em relação
às outr a s regr a s de acentuação.
Novo Acordo Ortográfico
O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa pa ssou a
vigor ar em 2009, ma s apena s em 1.º de janeiro de 2016 sua s regr a s
tornar am-se obrigatória s em todo o Br a sil. Entre a s mudança s
realizada s, alguma s dela s ocorrer am na s regr a s de acentuação.

• Não se acentua mais os ditongos a bertos -ei e -oi em


palavr a s paroxítona s – a pronúncia permanece a mesma.

Antes Depois
Idéia Ideia
Geléia Geleia
Colméia Colmeia
Jibóia Jiboia
Bóia Boia
Platéia Plateia

• Palavr a s com -oo e -ee.

Antes Depois
Crêem Creem
Vêem Veem
Dêem Deem
Vôo Voo
Lêem Leem
Perdôo Perdoo
• Não se usa mais o sinal gráfico trema, a não ser em nomes
próprios ou estr angeiros.

Antes Depois
Pingüim Pinguim
Tr anqüilo Tr anquilo
Cinqüenta Cinquenta
Lingüiça Linguiça

• Não se usa mais acento diferencial nos seguintes pares:

pár a/par a
pêlo/pelo
pólo(s)/polo(s)
péla(s)/pela(s)

• Mantém-se o acento diferencial em pôde/pode, par a


designar pretérito perfeito e presente do indicativo na terceir a
pessoa do singular, e em pôr/por, par a designar verbo e
preposição. Em fôrma/forma, o acento é facultativo.

• Mantém-se o acento diferencial par a designar singular e


plur al nos verbos ter e vir e seus derivados (conter, deter,
manter, reter, convir, intervir, advir, etc.).

Ele vem / Eles vêm


Ele tem / Eles têm
Ele intervém / Eles intervêm
Ele mantém / Eles mantêm