You are on page 1of 3
‘AOS MEMBROS DA IPJB Caros irmios, Gragae Paz, Considerando que néo foi dada @ oportunidade de direito ao Presbitério de Brasilia (PBSA) para manifestar-se diante da IPJB em relacéo aos diversos questionamentos apresentados pelo entéo pastor da IPJ8 - Rev’ Alcides Martins Junior (excego 8 primeira assembleia realizada, quando esteve presente o Presidente do PBSA), cremos que muitas coisas aconteceram nestes tiltimos dias e muitas dividas ainda pairam no ar, que precisam de esclarecimentos. Dai, 0 objetivo deste e-mail: levar informagées a respeito do pensamento, ages ¢ decisbes do PBSA a todos os irmos que permaneceram na IPJB e aqueles que decidiram voluntariamente deixd-le juntamente com o Pastor Alcides 1 - Expressamos nossa tristeza por tudo 0 que aconteceu e informamos que fomos surpreendidos com as atitudes do Pastor Alcides. O presbitério néo ¢ uma “agéncia reguladora das igrejas", pois, via de regra, confia que seus pastores permanecem figis aos compromissos assumidos na ordenacgo € que quando discordam de qualquer questo tém todo o direito de fazé-lo por meio de documentos em que expressem oficialmente seus pontos de vista Todavia, nestes anos todos, nem o Pastor Alcides nem seus auxiliares jamais apresentaram qualquer documento denunciando a “infidelidade” da IPB em qualquer assunto citado por ele, 2 - No podemos concordar com declaracdes sobre a “direco de Deus” neste proceso. Vemos muito pouco do fruto do Espirito e muito das obras da carne e essa é 2 nossa maior tristeza. Diviséo, facc8o, inimizades, iras, discérdias e dissens6es e em alguns momentos até gritaria, em contrapartida, muito pouco da alegria e da paz, prdprias do Espirito Santo de Deus. Familias divi jidas, corpo dividido e muita tristeza. Uma deciséo desta natureza, com certeza no pode ter vindo do trono de Deus. 3 — Convocamos o Presbitério para se reunir apés @ segunda assembleia na |PJB, ocorrida no dia 15/05/2011, uma vez que esperavamos tomar conhecimento dos fatos e buscar a orientacdo dos irm3os membros do PBSA sobre o que fazer. Nesta reunigo recebemos uma carta do ento Reverendo Alcides Martins Junior, pedindo sua exonerago do pastorado. De forma correta, porém com profunda tristeza, 0 PBSA votou a saida do mesmo, tendo mais de dois tercos das votes aprovanda o documento, como manda a constitui¢ao nestes casos. Antes disto, porém, foram feitas algumas reuniées na tentativa de dissuadi-lo desta ideia de ‘abandoner 2 IPB. Desde entio o Pastor Alcides ndo é mais pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil e nem o titular da IPJB. Por isso, no pode praticar (e nem deveria ter praticado) qualquer ato envolvendo a IPJB, Nessa mesma reuniio o PBSA designou o Rev. Dalzir Rodrigues de Silva como pastor da |PJB, interinamente. 4 — Lamentamos que a saida do, agora ex Pastor da IPB, Alcides tenha se transformade num movimento cismatico, por meio de decisées tomadas em assembléias irregulares e que ndo contaram com os devidos esclarecimentos por parte do PBSA. O PBSA re discordancia quanto a abertura da chamada "|greja Evangélica do Jardim Botanica", ao mesmo tra sua tempo em que afirma sua preocupagio quanto ao perigo de iniciativas como estas, caracterizadas por um profundo personalismo e pela auséncia de instrumentos de controle de supervisio pastoral dentro do corpo de Cristo. No so poucos os lideres na histéria da Igreja de Cristo que, sem qualquer submisséo a autoridades superiores, trilham caminhos perigosos, sempre com imensos prejuizos as ovelhas do Rebanho de Cristo. 5 = 0 PBSA e 0 novo pastor designado pelo presbitério para pastorear interinamente 2 1P/3 resolveram, entio, tomar atitudes concretas para manter o funcionamento da IPIB e preservar seus bens. Apesar de tentativas de didlogo com o ex pastor Alcides, sempre deixemos claro que no concordamos com nenhuma cesso de bens e consideramos as propostas feitas pelo ex pastor presbiteriano como inaceitéveis, pois quem quebrou as leis € estatutos da IPJB, devidamente aprovados e em pleno vigor, fazendo suas préprias leis, foi o 0 irmo e todos os demais que o apéiam, os queis decidiram abendonar a fé professada pela IPB e 2 comunh&o da nossa denominacio, abandono este feito de livre vontade. No podemas e nde faremos qualquer juizo de valor sobre as atitudes dos irmaos que seguem o pastor dissidente visto que, certamente, hé muitos de boa-fé e que no tiveram, ainda, 2 ‘oportunidade de ouvir as ponderagées do PBSA. 6 - Fizemos uma notificago extra judicial solicitando a entrega das dependéncias e dos livros da lgreja, 0 que foi negado pelo ex pastor Alcides € confirmado em uma terceira assembleia, inclusive com declaracées publicas sobre a “infidelidade da IPB”. O pastor designado pelo Presbitério para assumir interinamente a IPJB, que até entdo estava procurando pastorear & cuider dos membros da IPJB que desejam manter-se figis 8 IPB, somente apés a realizacto da assembleia, conforme combinado com 0 Alcides na presenga de vérios membros da igreja, decidiu tomar as decisées concretas para assumir plenamente a direcdo da igreja, No podendo se reu no templo conclamau os crentes fii 8 IPB para continuarem as reunides has casas, entregou ata de designaco do novo pastor e tesoureiro ao gerente do Banco do BRASIL onde a IPJB_mantém contas informando, que, em virtude do pedido de exoneraco do responsével pela IPIB o PBSA designou Rev. Dalzir Rodrigues da Silva que doravante é quem poderia autorizar qualquer movimento nas referidas contas, Em seguida notificou também, de forma extrajudicial, o antigo tesoureiro, para que apresentasse um balancete e um relatorio de tod movimentacao e situagao da tesouraria , ber como 0s compromissos vencidos e a vencer da igreja nos termos do art. 11 do estatuto da IPJB e que dai em diante ngio mais poderiam praticar nenhum ato referente a parte financeira da IPJB, sob pena de responder com seus préprios bens conforme prevé o estatuto da igreja 7 ~ Com tristeza no coragao mas com muita responsabilidade a Comisso Executiva do PBSA, de forma unnime e aprovado por todo o presbitério, resolveu contratar um Escritério de Advocacia para preparar aco solicitando a reintegracio de posse dos bens da |greja Presbiteriana do Jardim Boténico, para fazer valer a Constituigao da IPB e 0 Estatuto da |PIB adotados desde a sua organizacao por todos os membros fundadores e aprovado pela igreja € pelo PBSA. 0 Juiz da causa, analisando a situago de fata e de direito, por uma questo de justiga, concedeu uma liminar determinando a reintegraco de posse do templo e demais iméveis da 1PJB em favor da parte fiel a Igreja Presbiteriana do Brasil, concedendo 0 prazo de 15 para desocupagao total, sob penas legais coercitivas. 8 — Em tada essa trajetéria teros sentido paz no coracao de que temos responsabilidades para ‘com o Reino de Deus e respeito para com os pioneiros e as irmés e as irmos que, ao longo do tempo, ajudaram a construir a IPIB com muita ora¢o, contribuicSo, lutas e sacrificios. N&o temos razdo para crer que Deus tenha mudado de planos com relacSo 8 plantac3o da IPIB, ou, ‘que hé 13 anos atrés tenha orientado 0 PBSA de forma errada. Nao cremos que Deus, que concedeu a visio a pastores e presbiteros das varias igrejas, inclusive 2o ex pastor Alcides, tenha mudado de rumos ao longo da histéria ou mesmo que tantos conselheiros e pastores no tenham tido 0 discernimento correto sobre a igreja a ser plantada neste local. 9 Desejamos deixar claro que Igrefa Presbiteriana do Jardim Botanico continua existindo com seu Estatuto intacto, vinculada & igreja Presbiteriana do Brasil, e pastoreada pelo Rev. Dalz. Também esclarecemos que cada membro da IPIB que desejar se desvincular da IPJB e participar da nova Igreja a ser fundada pelo pastor Alcides deve comunicar sua deciséo 20 pastor da IIB, solicitando a sua exclusic do rol de membros da IPJB. A simples presenca de qualquer pessoa nas assembléias conduzidas pelo pastor Alcides néo representa ‘automaticamente a exclusdo de quem quer que seja do rol de membros da IPJB. Reiteramos que 0 Presbitério € a nova lideranga da 1PJB mantém seu compromisso de pastorear 0 Rebanho do Senhor de modo fiel & Palavra de Deus, com responsabilidade © amor ao Senor @ 2 sua Igreja, @ que todos os irméos que desejarem permanecer na IPJB receberdo todo 0 apoio © cuidado. 10 — Em Giltimo lugar, queremos expressar nosso desejo de ver a nova igreja anunciada pelo ex pastor presbiteriano crescendo de modo fiel 20 Senhor e & sua Palavra revelada nas Escrituras do Antigo e do Novo Testamentos sendo esta a vontade do Senhor Deus, mesmo com grande preocupacao por no estar sujeita @ nenhuma autoridade eclesidstica, De nossa parte, continuaremos o trabalho da lgreja Presbiteriana, como tem sido feito a0 longo de seus 151 anos no Brasil, fiéis aos prinefpios biblicos, histéricos e missionérios que caracterizam as igrejas presbiterianas do Distrito Federal e em todo o Pal Continuamos em oraggo e que o Senhor nos abengoe! Pelo PBSA Pastor Dalzir Rodrigues da Silva PRESIDENTE Brasilia 28 de Junho de 2011. Em reunitio no dia 27 de junho de 2011 0 PBSA resolveu enviar este e-mail 2 todos os que permanecem na IPJB € os que no pediram a sua excluséo do rol de membros e, portanto, ainda permanecem como membros da Igreja Presbiteriana do Jardim Boténico.