You are on page 1of 114

Sumário

1. ALPHABET .............................................................................................................. 6

2. VOCABULARY STARTS – 1.................................................................................... 7

3. PRONOUNS (Part 1) ............................................................................................... 8

3.1. Subject Pronouns .............................................................................................. 8

3.2. Objective Pronouns ........................................................................................... 9

3.3. Possessive Adjectives ..................................................................................... 10

3.4. Indefinitive Pronouns ....................................................................................... 12

4. AUXILIARY AND MAIN VERBS ............................................................................. 14

5. VERB TO BE.......................................................................................................... 16

5.1. Affirmative form ............................................................................................... 18

5.2. Negative form .................................................................................................. 19

5.3. Interrogative form ............................................................................................ 21

6. GREETINGS .......................................................................................................... 23

6.1. Podcast Greetings ........................................................................................... 24

7. ABOUT AGE .......................................................................................................... 26

7.1. To Be ............................................................................................................... 26

7.2. At ..................................................................................................................... 27

7.3. Turn ................................................................................................................. 27

8. CARDINAL & ORDINAL NUMBERS ...................................................................... 43

9. PRONOUNS (Part 2) ............................................................................................. 29

9.1. Relative Pronouns ........................................................................................... 29

9.2. Demonstrative Pronouns ................................................................................. 30

9.3. Interrogative Pronouns .................................................................................... 31

9.4. Reflexive Pronouns.......................................................................................... 32

9.5. Intensive Pronouns .......................................................................................... 33

9.6. Reciprocal Pronouns ....................................................................................... 34

1
10. GREETINGS – Mr, Miss, Mrs, Ms .......................................................................... 35

11. ADVÉRBIOS .......................................................................................................... 36

11.1. Interrogative Adverbs......................................... Error! Bookmark not defined.

12. SIMPLE PRESENT ................................................................................................ 43

12.1. Affirmative form ............................................................................................... 55

12.1.1. I / you / we / you / they ............................................................................... 55

12.1.2. He / she / it ................................................................................................. 56

12.2. Negative form .................................................................................................. 57

12.2.1. I / you / we / you / they ................................................................................... 57

12.3. Interrogative form ............................................................................................ 59

12.3.1. I / you / we / you / they ................................................................................... 59

12.3.2. He / she / it .................................................................................................... 60

13. PRESENT CONTINUOUS ..................................................................................... 61

13.1. Affirmative form ............................................................................................... 62

13.2. Negative form .................................................................................................. 62

13.3. Interrogative form ............................................................................................ 63

13.4. Regras de escrita: ........................................................................................... 63

13.4.1. Verbos terminados com -e: ........................................................................ 63

13.4.2. Uma sílaba e terminam com Consoante, Vogal e Consoante (CVC):........ 63

13.4.3. Verbos terminados em -ie: ......................................................................... 64

13.4.4. Expressões de Tempo: .............................................................................. 64

13.4.5. Uso do Present Continuous: ...................................................................... 65

13.5. Present Continuous para falar do Futuro: ........................................................ 66

14. PAST SIMPLE........................................................................................................ 67

14.1. Affirmative form ............................................................................................... 68

14.1.1. Verbos Regulares ...................................................................................... 68

14.1.1.1. Regra geral: utilizar a terminação -ed ..................................................... 68

14.1.1.2. Verbos terminados em -e: utilizar -d ....................................................... 68

2
14.1.1.3. Verbos terminados em consoante + y: retirar o –y e utilizar -ied ............ 68

14.1.2. Verbos Irregulares ..................................................................................... 69

14.2. Negative form .................................................................................................. 70

14.3. Interrogative form ............................................................................................ 71

15. PAST CONTINUOUS ............................................................................................. 73

15.1. Affirmative form ............................................................................................... 73

15.2. Negative form .................................................................................................. 74

15.3. Interrogative form ............................................................................................ 74

15.4. Past Continuous x Past Simple ....................................................................... 75

16. SIMPLE FUTURE .................................................................................................. 77

16.1. Affirmative form ............................................................................................... 78

16.2. Negative form .................................................................................................. 78

16.3. Interrogative form ............................................................................................ 78

16.4. Algumas particularidades ................................................................................ 79

16.4.1. Will ............................................................................................................. 79

16.4.2. Going To .................................................................................................... 79

16.4.3. Future with “-ing” ........................................................................................ 80

16.4.4. Future with “shall” ...................................................................................... 80

17. FUTURE CONTINUOUS........................................................................................ 81

17.1. Affirmative form ............................................................................................... 82

17.2. Negative form .................................................................................................. 82

17.3. Interrogative form ............................................................................................ 83

17.4. Expressões de tempo geralmente utilizadas ................................................... 83

17.5. Usos do Future Continuous ............................................................................. 84

18. FUTURE CONTINUOUS X GERUND .................................................................... 86

18.1. Observação ..................................................................................................... 87

18.2. Verbos que não são utilizados no Future Continuous ..................................... 87

19. PRESENT PERFECT ............................................................................................ 89

3
19.1. Past Participle .................................................................................................. 90

19.2. Estrutura Present Perfect ................................................................................ 91

19.2.1. Affirmative form .......................................................................................... 91

19.2.2. Negative form............................................................................................. 92

19.2.3. Interrogative form ....................................................................................... 92

20. PRESENT PERFECT CONTINUOUS ................................................................... 93

20.1. Estrutura do Present Perfect Continuous ........................................................ 93

20.1.1. Affirmative form .......................................................................................... 93

20.1.2. Negative form............................................................................................. 93

20.1.3. Interrogative form ....................................................................................... 94

21. PRESENT PERFECT X PRESENT PERFECT CONTINUOUS............................. 95

22. PAST PERFECT .................................................................................................... 96

23. Wh QUESTIONS.................................................................................................... 97

23.1. Estruturas: ....................................................................................................... 97

23.1.1. Simple Present: Verbo TO BE ................................................................... 97

23.1.2. Simple Present: Verbo aux DO .................................................................. 98

23.1.3. Present Continuos: Verbo TO BE .............................................................. 98

23.1.4. Past Simple: Verbo TO BE ........................................................................ 98

23.1.5. Past Simple: Verbo aux (DID) .................................................................... 99

23.1.6. Past Continuous: TO BE + ING no verbo princ. ......................................... 99

23.1.7. Simple Future: Will ..................................................................................... 99

23.1.8. Simple Future: Going to ........................................................................... 100

23.1.9. Future Continuous: Will Be ...................................................................... 100

24. PREPOSITIONS .................................................................................................. 101

24.1. Conceitos Básicos ......................................................................................... 101

24.2. O que são preposições? ................................................................................ 102

24.3. Quais são os tipos de preposições? .............................................................. 103

24.3.1. Preposições de tempo ............................................................................. 103

4
24.3.2. Preposições de Lugar ou posição ............................................................ 106

24.4. IN X ON X AT ................................................................................................ 111

24.4.1. Tempo ...................................................................................................... 111

24.4.2. Lugar ........................................................................................................ 113

5
1. ALPHABET
The English alphabet has the same 26 letters there are in the Portuguese one, but the
difference are in the pronunciation of the letters. Although their spelling are the same, they
have a lots of pronunciation differences. / O alfabeto inglês possui as mesmas 26 letras que
existem no alfabeto português, mas as diferenças estão na pronúncia da letras. Embora eles
possuam a mesma escrita, existem muitas diferenças em suas pronúncias.

Is very important to know the English alphabet to know how to say the English words.
When you learn how to say correctly all the letters in English it will be so much easy for
you to learn the pronunciation of the words./ É muito importante conhecer o alfabeto inglês
para saber como falar as palavras em inglês. Quando você aprende a dizer corretamente as
letras em inglês, será muito mais fácil aprender a pronúncia das palavras.
But you must be careful, because in English not at all the letters in the sentences and
the words will have the same pronunciation as they have separated. In the sentence 'a
doctor' we don't say ' ei doctor', in this case the letter 'a' doesn't has the 'ei' sound, we say
'a' doctor the same sound its written. / Mas você precisa ser cuidadoso, porque em inglês nem
todas as letras em frases e palavras possuirão a mesma pronúncia que são faladas
separadamente. Na frase ' a doctor' (um médico), por exemplo, não dizemos 'ei doctor' ; nesse
caso, a letra 'a' não tem som de 'ei', nós dizemos 'a ' doctor (um médico) com o mesmo som em
que ela é escrita ('a').
Vídeo complementar do tópico: Alphabet

6
2. VOCABULARY STARTS – 1
Um texto de língua inglesa é usualmente formado utilizando um conjunto de 250 palavras
comuns da língua, que representam aproximadamente 60% do conteúdo. Além disso, quase
25% destas palavras são cognatos, que são palavras em inglês semelhantes às palavras em
português, possuindo o mesmo significado. Ou seja, conhecendo cerca de 250 termos,
juntamente com os cognatos, já é possível ter uma facilidade de entendimento de 85% do texto.
Abaixo listamos 50 palavras (e termos) que são muito utilizados na língua inglesa. O
conhecimento destas palavras auxilia demasiadamente o entendimento de um texto quando há
necessidade de tradução. A língua inglesa é uma das mais importantes no cenário mundial, isto
ocorre, pois, centenas de milhões de pessoas em todo mundo falam a língua, seja para
comunicação nativa ou como segundo idioma fluente. Além disso, ela é considerada uma
linguagem universal e, por esse motivo, está presente na maioria dos países.

ONE: um, uma. | SHE: ela. | MY: meu, minha. | THEM: a eles, a elas. | WE: nós.

NO: não, nenhuma. | ME: a mim. |THEIR: deles, delas. | THIS: este, esta. | OR: ou.

YOU: você. | HER: dela. | WHO: quem. | HIS: dele. | HE: ele. | IT: ele, ela. | WITH: com.

AS: como, assim como. | BY: próximo a, ao lado, perto de, através, por. | FOR: para, por.

TO HAVE: ter, possuir. | BUT: mas, porém, exceto. | WHICH : qual, de qual.

ON: sobre, em cima, em direção a. | AT: no, na, em, às. | NOT: não, negação.

THEY: eles, elas. | THE: o, a, os, as. | OF: de, da, dos, das. I AND: e. | TO: para.

TO BE: ser, estar, continuar, ficar. | THAT: aquele, aquela. | FROM: de. | WERE: estava.

ALL: tudo. | HIM: ele, o. | AN: um, uma. | SO: então, tão, tanto, também. | IF: se.

TO SAY: dizer. | THERE: lá. | WHEN: quando. | MORE: mais. | WILL: futuro.

SOME: algum, algumas, alguns, algumas. | WHAT: o que, quais são.

WOULD: futuro condicional (would go to: iria; would have: teria).

BEEN: particípio passado do Verb to be (I have been: já estive).

7
3. PRONOUNS (Part 1)
Os pronomes são uma das primeiras matérias que começamos a estudar quando
aprendemos a gramática da língua inglesa. Sua presença é essencial na construção de qualquer
frase e, por ser diferente da língua portuguesa, pode confundir quem está estudando. Por isso,
este guia traz para que você todos os pronomes em inglês, seguidos de exemplos e suas
particularidades. Confira!
Esse tópico vai ser dividido em duas partes, sendo a primeira composta por Subject
Pronouns, Objective Pronouns, Possessive Pronouns e Indefinitive Pronouns.

3.1. Subject Pronouns


O Subject Pronoun é um tipo de Personal Pronoun (pronome pessoal) que equivale ao
sujeito de uma frase, por isso são conhecidos como subjects (sujeitos). Geralmente, são
encontrados no começo da frase, sempre antes de verbos ou preposições, como quem
pratica a ação expressada pelo verbo. Os Subject Pronouns podem ser utilizados no singular
ou no plural, possuindo três gêneros: masculino, feminino e neutro.

Exemplos:
 I’m so glad I have you.
Eu estou tão feliz que eu tenho você.
 If it had any bones, I ate them.
Se ele tinha algum osso, eu comi todos eles.
 We love our parents, siblings and friends.

8
Nós amamos nossos pais, irmãos e amigos.

Observação:
Os pronomes he e she se referem especificamente a seres humanos do gênero
masculino e feminino. O pronome neutro it se refere a objetos, animais, cidades, ideias,
sentimentos e coisas em geral. No plural, o pronome they pode ser utilizado como
masculino, feminino ou neutro.

3.2. Objective Pronouns


É também um tipo de Personal Pronoun, contudo, ao contrário dos Subject Pronouns
que tem a função de sujeito, os Object Pronouns têm a função de objeto da frase,
aparecendo normalmente no predicado. Em outras palavras, indicam o recipiente (quem
recebe) a ação. Utilizado sempre após verbos e preposições, exerce a mesma função do
pronome oblíquo da língua portuguesa. O Object Pronoun é utilizado quando o Subject
Pronoun deveria ser necessário, mas seu uso soaria estranho.

Exemplos:

 We’ll take care of them together.


Nós cuidaremos deles juntos.
 They could not give him any help.
Eles não poderiam dar nenhuma ajuda a eles.

9
 You didn’t tell us it was her birthday.
Você não nos contou que era o aniversário dela.
Observação
Os pronomes him e her se referem especificamente a seres humanos do gênero
masculino e feminino, respectivamente. O pronome neutro it se refere a objetos, animais,
cidades, ideias, sentimentos e coisas em geral. No plural, o pronome them pode ser
utilizado como masculino, feminino ou neutro.

3.3. Possessive Adjectives


O Possessive Adjective é um tipo de pronome que se refere a um substantivo, mostrando
posse daquele substantivo por algo ou alguém. Tecnicamente, não é um pronome, e sim
um adjetivo que, como seu próprio nome indica, são determinantes de uma frase que
modificam o substantivo que os acompanham, passando a se comportar como posse.
Acabam sendo considerados pronomes por indicar que alguém possui algo. Como todo
adjetivo tem a função de caracterizar (modificar) um substantivo, com os Possessive
Adjectives o uso de um substantivo em seguida é obrigatório, caso contrário a oração ficaria
incompleta e sem sentido.

10
Exemplos:
 I have enough on my plate already.
Eu já tenho o suficiente em meu prato.
 Did Nina make your dresses too?
A Nina fez seus vestidos também?
 He is one of the greatest men in our country.
Ele é um dos maiores homens em nosso país.

Observação
Os pronomes his e her se referem especificamente a seres humanos do gênero
masculino e feminino, respectivamente. O pronome neutro its se refere a objetos, animais,
cidades, ideias, sentimentos e coisas em geral. No plural, o pronome their pode ser
utilizado como masculino, feminino ou neutro.
Além disso, o uso do Possessive Pronoun dispensa o uso de um substantivo em
seguida.

11
3.4. Indefinitive Pronouns
Utilizamos o Indefinite Pronoun para nos referir a pessoas, coisas ou lugares sem dizer
especificamente quem ou o que são. São usados sempre no singular, portanto, os verbos e
pronomes usados para se referir a eles também devem estar no singular.

Exemplos:

 Somebody had to bring up the subject.


Alguém tinha que tocar no assunto.
 Does anyone really believe this problem will persist?
Alguém realmente acredita que este problema irá persistir?
 I have done nothing but select and cut.
Eu não fiz nada além de selecionar e cortar.
 Everywhere I go they follow me.
Todos os lugares que eu vou eles me seguem.

12
Observação

 Por serem pronomes indefinidos, podem ser utilizados com qualquer pessoa, seja
neutro ou não, basta estar atento às funções: body / one (pessoa), thing (coisa),
where (lugar).
 Os pronomes indefinidos que começam com some devem ser utilizados apenas
em frases afirmativas.
 Os pronomes indefinidos que começam com any devem ser utilizados apenas em
frases negativas ou interrogativas.
 Os pronomes indefinidos que começam com no devem ser utilizados apenas em
frases afirmativas, mas que tenham ideia negativa.
 Os pronomes indefinidos que começam com every devem ser utilizados apenas
em frases afirmativas.

Vídeo complementar do tópico: Pronouns Carina Fragozo

13
4. AUXILIARY AND MAIN VERBS
Hello, how are you doing? Existe, na gramática da língua inglesa, algumas nomenclaturas de
elementos da oração que não possuem conceito e a gente fica tentando adivinhar o que é. Isso
acontece, por exemplo, com os verbos principais e auxiliares.

O que são verbos auxiliares e principais?

 sujeito + predicado

Agora, observe o exemplo abaixo:

I study every day. [Eu estudo todos os dias.]

O sujeito é o termo da oração em que informamos algo sobre ele, sendo sempre um
substantivo (que tem a função de dar nomes aos seres) ou um pronome (palavra que se usa
no lugar de um nome). No caso do exemplo acima, o sujeito é I.

O predicado é o termo que possui toda a informação acerca do sujeito. Em português, o


predicado é formado por um verbo e toda a informação extra que vier com ele. Teoricamente, no
caso do exemplo acima, o predicado seria study every day.
Contudo, é no predicado que o português e o inglês se diferenciam. Na língua inglesa não
temos predicado, pois separamos o verbo dessas “informações extras”. Dessa maneira, o verbo Commented [SKFd1]: Observação importante para
estruturação;
passará a ser chamado de verbo principal e as informações extras passarão a ser chamadas de Em português o Predicado é toda informação acerca do
Sujeito, ou seja, o verbo e as informações que vem com ele.
complemento. Estrutura: Em Inglês NÃO existe predicado, pois o Verbo é separado
das informações. Dessa maneira o verbo passará a ser
chamado de Verbo Principal e as informações são chamadas
de Complemento.
sujeito + verbo principal (ou apenas “verbo”) + complemento
Português: Sujeito + Predicado.
Inglês: Sujeito + Verbo Principal + Complemento.

Se voltarmos no exemplo lá em cima, o verbo é study e o complemento é every day.


Até aí, tudo bem.

14
Mas por que chamamos esse verbo de verbo principal? O verbo principal de uma oração é o Commented [SKFd2]: Verbo com maior sentido, carrega a
carga semântica da frase
verbo com o maior sentido, aquele que carrega toda a carga semântica da frase e, na sua
ausência, a oração fica desconexa e sem sentido. Observe:

 Kim is playing the guitar. [Kim está tocando guitarra.]

Há dois verbos nessa oração: is (está) e playing (tocando). Agora analise essas duas
linhas abaixo:

Eu sei que ambas as frases estão faltando algo para soar melhor, mas analisemos
mesmo assim, ok? Qual das duas frases você consegue entender melhor a mensagem, a
primeira ou a segunda? Certamente respondeu que é a da segunda linha, não foi?
Na primeira há um sentido muito generalizado, pois a Kim pode estar fazendo qualquer
coisa com a guitarra: tocando, consertando, vendendo, limpando… Já na segunda linha, por
mais que falte um verbo, você ainda consegue entender qual ação está acontecendo, que é
tocar a guitarra. Então, o verbo playing é o verbo principal, pois está carregando toda a carga de
sentido da frase.
Agora você deve estar se perguntando: “Ok, o que tem maior sentido é o verbo principal.
E que tipo de verbo é aquele ‘is’ ali na frase?“
O is naquela frase é um verbo auxiliar. Como o próprio nome sugere, o verbo auxiliar é um Commented [SKFd3]: Ajuda o Verbo Principal em formar
frases
verbo que tem a função de ajudar o verbo principal a formar frases, seja porque o principal
precisa do auxiliar para complementar o sentido (como foi no caso da frase acima, para dar a
ideia de que a ação está acontecendo no momento da fala), seja para ajudar o verbo a fazer
frases interrogativas e negativas. Logo, os auxiliares podem possuir sentido complementar ou Commented [SKFd4]: Em alguns tempos verbais o Verbo
Auxiliar não tem significado algum, é utilizado apenas para
não ter nenhum significado e apenas ajudar na estrutura escrita. complementar a estrutura.

O verbo auxiliar possui “força” suficiente para mover de lugar e criar uma frase interrogativa
ou receber um not e criar uma frase negativa. Isso não é possível com os verbos principais (com
exceção do verbo Be), por isso precisam dessa ajuda dos auxiliares.
Os verbos auxiliares que possuem carga de sentido complementar mais comuns são will,
can, would, could. Já os verbos auxiliares mais comuns que não possuem sentido e servem
apenas como apoio para a estrutura escrita das orações são os verbos be, do e did.

15
5. VERB TO BE
O verbo be é alvo constante de estudo pelo o fato de possuir um sentido muito amplo e de
ser facilmente adaptável para qualquer tempo verbal, pois:
 Ele assume significado de “ser”, “estar”, “ter”;
 Tem a ideia de constatar um fato ou um estado.
E pode funcionar como:

 Verbo principal – O verbo principal é o verbo que carrega toda a carga semântica de
uma oração, ou seja, sua ausência faz com que a frase perca completamente o sentido.

 Verbo de ligação – um verbo de ligação é um verbo que não indica uma ação e sim uma
ligação entre dois termos: o sujeito e suas características. Por exemplo, “A menina é
bonita”: “A menina” é o sujeito, “é” o verbo e “bonita” o complemento. Logo, o verbo “é”
não indicou uma ação e sim uma ligação entre a menina e sua característica que é a
beleza.

 Verbo auxiliar – como o próprio nome já induz, o verbo auxiliar tem a função de ajudar o
verbo principal, quando este não é forte o suficiente para fazer frases interrogativas ou
negativas, ou porque precisa de outro verbo afim de complementar o sentido (e indicar,
por exemplo, que uma ação ainda está ocorrendo).

A sua versatilidade faz com que seja muito utilizado e facilmente aplicado entre aqueles
que começam a dar seus primeiros passos no aprendizado dessa língua. As primeiras frases
que costumamos aprender são aquelas que nos apresentam e falam quem somos e todas tem
a presença do verbo be:

 My name is Clara. [Meu nome é Clara.]


 I am Brazilian. [Eu sou brasileira.]
 I am 20 years old. [Eu tenho 20 anos de idade.]
 I was a student two years ago. [Eu era uma estudante dois anos atrás.]

16
Como você pode ver acima, não há a presença da palavra “be” propriamente dita e sim de
“is“, “am“, “was“. Isso ocorre pois be é um verbo irregular, ou seja, em cada tempo verbal ele
altera a sua estrutura (ou radical, como normalmente conhecemos), passando a perder qualquer
semelhança com a forma original. No presente e passado simples, o verbo be é alterado e passa
a ser escrito de formas diferentes, dependendo de qual pronome / nome que acompanha:

 Am – singular, utilizado no presente com o pronome I.


 Is – singular, utilizado no presente com os pronomes da 3ª pessoa do singular
(he/she/it) ou substantivos de mesma equivalência semântica.
 Are – singular e plural, utilizado no presente com a 2ª pessoa do singular (you), e todas
as pessoas do plural (we/you/they) ou substantivos com mesma equivalência
semântica.
 Was – singular, utilizado no passado com os pronomes I, he, she, it ou substantivos
de mesma equivalência semântica. O verbo was corresponde aos verbos am e is.
 Were – singular e plural, utilizado no passado com a 2ª pessoa do singular (you), e
todas as pessoas do plural (we/you/they) ou substantivos com mesma equivalência
semântica.
Além disso, por ser um verbo considerado “forte” (ou seja, faz parte daquele seleto grupo de
verbos auxiliares/de ligação que tem capacidade de fazer frases afirmativas, interrogativas e
negativas sem ajuda de outro verbo, afinal são eles quem ajudam os outros por serem “fortes”),
ele tem capacidade de fazer frases negativas e interrogativas sem auxílio de outros verbos,
tornando o aprendizado mais objetivo e simplificado.

O tempo verbal em que é mais comumente utilizado é o presente e passado simples. O verbo
to be pode ser utilizado em frases afirmativas, negativas e interrogativas. Explicarei mais sobre
estas formas nos tópicos a seguir.
17
5.1. Affirmative form
Na afirmativa, o verbo be pode ser utilizado na forma completa ou contraída. Qualquer
uma das formas são consideradas corretas e amplamente utilizadas, depende apenas da
opção do falante:

Observação: não há forma contraída na afirmativa do passado, apenas do presente.

O verbo be segue aquela estrutura básica de uma oração:

Sujeito + verbo (am / is / are / was / were) + complemento

Exemplos do presente:

 I am a teacher. [Eu sou uma professora.]


 You are so happy today! [Você está tão feliz hoje!]
 He is from Guatemala. [Ele é da Guatemala.]
 She is a great doctor. [Ela é uma ótima médica.]
 It is such a cute dog. [Ele é um cachorro tão fofo.]
 We are classmates. [Nós somos colegas de sala.]
 You are very handsome. [Você é muito bonito.]
 They are my favorite cousins. [Eles são meus primos favoritos.]

18
Exemplos do passado:

 I was a teacher. [Eu era uma professora.]


 You were so happy yesterday! [Você estava tão feliz ontem!]
 He was in Guatemala. [Ele estava na Guatemala.]
 She was a great doctor. [Ela foi uma grande médica.]
 It was such a cute dog. [Ele era um cachorro tão fofo.]
 We were classmates. [Nós éramos colegas de sala.]
 You were so sad. [Vocês estavam tão tristes.]
 They were the best cousins. [Eles eram os melhores primos.]

5.2. Negative form


Na negativa, o verbo be pode ser utilizado na forma completa ou duas formas contraídas
diferentes. Qualquer delas é considerada correta, é tudo uma questão de escolha do falante:

Observação: não há forma contraída de sujeito + verbo no passado, apenas no


presente.

Como você viu, as coisas mudaram um pouco e a estrutura recebeu um “amiguinho”: not.

Sujeito + verbo (am / is / are / was / were) + not + complemento


19
Exemplo do presente

 I am not a teacher. [Eu não sou uma professora.]


 You are not happy. [Você não está feliz.]
 He is not from Guatemala. [Ele não é da Guatemala.]
 She is not a good doctor. [Ela é não uma boa médica.]
 It is not a cute dog. [Ele não é um cachorro fofo.]
 We are not classmates. [Nós não somos colegas de sala.]
 You are not ugly. [Você não é feio.]
 They are not my favorite cousins. [Eles não são meus primos favoritos.]

Exemplos do passado

 I was not a teacher. [Eu não era uma professora.]


 You were not happy yesterday. [Você não estava feliz ontem.]
 He was not in Guatemala. [Ele não estava na Guatemala.]
 She was not a great doctor. [Ela não foi uma grande médica.]
 It was not a cute dog. [Ele não era um cachorro fofo.]
 We were not classmates. [Nós não éramos colegas de sala.]
 You were not sad. [Vocês não estavam tristes.]
 They were not the best cousins. [Eles não eram os melhores primos.]

20
5.3. Interrogative form
Na interrogativa, o not desaparece e o verbo be muda de posição com o sujeito. Além
disso, não há opção de forma contraída, sendo aceita apenas a forma completa:

Verbo (Am / Is / Are / Was / Were) + sujeito + complemento Commented [KS5]: Inverte de posição com o Sujeito e não
tem possibilidade de forma contraída.

Exemplos do presente

 Am I beautiful? [Eu sou bonita?]


 Are you happy? [Você está feliz?]
 Is he from Guatemala? [Ele é da Guatemala?]
 Is she a good doctor? [Ela é uma boa médica?]
 Is it a dog? [Ele (isso) é um cachorro?]
 Are we classmates. [Nós somos colegas de sala?]
 Are you a student? [Você é um estudante?]
 Are they your favorite cousins? [Eles são seus primos favoritos?]

21
Exemplos do Passado

 Was I a good teacher? [Eu era uma boa professora?]


 Were you happy yesterday? [Você estava feliz ontem?]
 Was he in Guatemala? [Ele estava na Guatemala?]
 Was she a doctor? [Ela era médica?]
 Was it a cute dog. [Ele era um cachorro fofo?]
 Were we classmates? [Nós éramos colegas de sala?]
 Were you sad? [Vocês estavam tristes?]
 Were they your favorite cousins? [Eles eram seus primos favoritos?]

Você pode estar se perguntando o por quê dessa mudança de posição de verbo e
sujeito, mas não se preocupe, isso é apenas uma convenção da língua inglesa.
Vídeos complementares do tópico:
Como fazer perguntas
Verbo To BE - Mairo Vergara
Verbo To Be Passado - Mairo Vergara

22
6. GREETINGS
Para quem está começando a estudar inglês, é legal dar os primeiros passos com coisas
básicas como aprender a cumprimentar alguém em uma conversa. Mesmo que seja um simples
“Olá” ou um “Boa tarde”, o primeiro passo é sempre o mais importante. Em inglês, para falar
sobre os “cumprimentos”, usamos a palavra “greetings”.
Vamos começar com algumas das primeiras palavras que aprendemos em uma nova
língua: Oi/Olá, que, em inglês, dizemos “Hi” ou “Hello”“. Confira nossos exemplos:

Hi, I’m Sam.


(Oi, sou o Sam.)
Hello, Sam.
(Olá, Sam.)

Aproveite para perguntar também como alguém está, usando “How are you?”, “How is it
going?”, o informal “What’s up?” ou mesmo “How are you doing?”. Todas elas querem dizer
a mesma coisa, mas de jeitos diferentes.
E, caso alguém faça uma dessas perguntas a você, existem diversas respostas que vão
depender do seu humor. Caso você “esteja bem”, as respostas possíveis são:

I’m fine, thank you.


(Estou bem, obrigado (a).)
I’m good, how about you?
(Estou bem, e você?)
I’m great!
(Estou ótimo(a)!)
I’m ok, thanks for asking. Commented [KS6]: Por que “asking” e não “ask”?
Quando se tem preposição antes do verbo, nesse exemplo o
(Estou bem, obrigado(a) por perguntar.) “for” o verbo ganha o -ing mas continua nno “infinitivo”.

Not so bad.
(Estou indo.)

23
Mas, se não estiver tudo bem mesmo e estiver falando com alguém que você já conhece
bem, é possível dizer:

I’m not okay.


(Não estou bem.)
Not so good.
(Não estou muito bem.)

E, para finalizar, vamos apresentar os básicos formais: bom dia, boa tarde e boa noite. Já
sabe como são em inglês? Quando chegar ao trabalho pela manhã, diga “Good morning” (bom
dia). Ao entrar em uma reunião depois do almoço, fale “Good afternoon” (boa tarde). Ao
encontrar seus amigos jantando em um restaurante, você pode dizer “Good evening” (boa
noite) e, para se despedir ou ir dormir, use “Good night”(boa noite).
Falando em se despedir, quase me esqueci de dizer tchau! Para fazer isso,
use “Goodbye” ou um simples “Bye”. E, como nos veremos em breve, eu vou dizer “see you
soon!”.

6.1. Podcast Greetings


Abaixo temos um Podcast feito para o canal English Experts sobre Greetings e mais
exemplos de linguagens formais e informais.

4 - Greetings (como iniciar uma conversa em Inglês).mp3

Figura 1 - Podcast Greetings

Trechos em inglês:
 Tempo – 6:10

Good morning. – Good morning. || Good afternoon. – Good afternoon.


Good evening. – Good evening. || How nice to see you! – Yes, it’s been quite a while.
Hello, Peter. – Hello, Mary. || How are you? – Fine, thanks. And you?
Hi, Bob. – Hi, Pam. || How´ve you been? – Pretty good.
What´s happening? – Not much. || What´s new? – Nothing.
What´s up? – Not much. || How are you doing? – OK.
How you doing? ou How’s it going? – Not bad. || Long time, no see. – Yeah!

24
 Tempo – 12:20

Enjoying the party? / Enjoying the show?, the lecture?


Great party, isn’t it? Great show, etc.

 Tempo – 13:30

The weather is great today, isn’t it?


I love sunny days.
Horrible weather we’re having.
It’s sure hot / cold today.
Do you have a light? ou Got a light?
Do you mind if I smoke?
Is anybody sitting here? ou Is this seat taken?

 Tempo – 15:10

Say, don’t I know you from somewhere?


You look familiar. Haven’t we met before?
Do you come here often?

 Tempo – 18:05

I’d like to introduce…


I’d like you to meet…
Susan, this is my brother, Jerry. Commented [KS7]: Apresentando alguém

How do you like Bebedouro so far?


What’s your impression of Brazil?
What do you think of São Paulo?
Have you ever been to São Paulo?

 Tempo – 19:45

Commented [KS8]: Não ótimo


Not doing so well. // I’ve been better. // Not too good. // Not so good. // Not great. Commented [KS9]: Estou péssimo

I’m not well. // I’ve felt better. // Not well at all. // Hanging in there. Commented [KS10]: Estou segurando as pontas //
segurando as pontas
25
7. ABOUT AGE
Idade talvez seja um assunto dominante em rodas de conversa, principalmente entre pessoas
que se conhecem, mas nem tanto assim. Surge sempre a famigerada pergunta:

 How old are you? (Quantos anos você tem?)


 How old is Robert? (Quantos anos o Robert tem?)
 How old is she?

Para não fazer feio, preparamos algumas dicas básicas para falar sua idade com
desenvoltura e graça em uma conversa em inglês.

7.1. To Be

Já falamos disso anteriormente: em inglês, você não tem idade. Você é a sua idade. O
verbo ser em inglês é o to be. Portanto, use-o para expressar quantos anos você tem. A
própria frase How old are you? contém o verbo to be.
How old ARE you?

 I’m 34 years old. (Eu tenho 34 anos de idade)


 He is 27. (Ele tem 27 anos.) Commented [KS11]: Subtraiu o “years old”

 She’s just 5 years old. (Ela só tem 5 anos de idade.)

Note que é possível subtrair o years old e dizer que a pessoa é apenas os anos que tem.
Então:
She is 14. (Ela tem quatorze.)

O to be sempre é o verbo para falar de idade. Há situações em que você precisa mudar
o tempo verbal para expressar outra ideia, mas o verbo auxiliar continua o mesmo. Veja:

 How old were you when you graduated? (Quantos você tinha quando se formou?)
 How old will you be when you retire? (Quantos anos você terá ao se aposentar?)

26
7.2. At
No Brasil, ao tentarmos dizer que fizemos alguma coisa, dizemos que
fizemos COM determinada idade. Assim: Pulei de paraquedas com 18 anos.
Entretanto, regra básica: português e inglês são diferentes. Você provavelmente erra
quando faz traduções diretas. E é o caso aqui. No inglês, você não usa with (com), mas at.
O correto, nesse caso, seria:

 I parachuted at 18. (Pulei de paraquedas aos 18 anos.)


 At 34, I will get my best physique. (Aos 34, terei a minha melhor forma
física.)
 He is going to be an incredible professional at 28. (Ele será um incrível
profissional aos 28 anos.)

7.3. Turn
No português, temos o famoso “fazer”. Fazer anos: Eu farei 28 anos no mês que vem.
Porém, em inglês, você não faz anos. Você vira. Você se transforma naquela idade. Ou
então, de forma figurativa, seu calendário vira para a idade que está para chegar. Faz
sentido? Talvez não para nós, mas para o falante do inglês…
Então, a frase acima seria assim:

I’m turning 28 next month. Commented [KS12]: To be no presente


Commented [KS13]: Verbo Turn + ing

O melhor tempo verbal empregado para o futuro, ao usar turn, é este futuro imediato com
o to be no presente + –ing.

He is turning 60 in 3 days. (Ele vai fazer 60 em 3 dias.)

Para falar de eventos que ocorrem num futuro mais distante, é melhor usar o future
continuous (will + be + -ing):

She will be turning 40 in 2025. (Ela irá fazer 40 anos em 2025.) Commented [KS14]: Future Continuouns

27
Se for se referir a um determinado tempo e quiser expressar quantos anos a pessoa terá
feito naquele período, use o future perfect (will + have + particípio de turn): Commented [KS15]: Future Perfect

 Will he have turned 35 when he reaches his 5 million subscribers? (Ele terá feito
35 anos quando chegar aos 5 milhões de inscritos?)

28
8. PRONOUNS (Part 2)
Daremos continuidade aos estudos de pronomes iniciando com o Relative Pronouns, seguido
de Demonstrative Pronouns, Interrogative Pronouns, Reflexive Pronouns, Intensive Pronouns e
para encerrar o quadro de pronomes o Reciprocal Pronouns.

8.1. Relative Pronouns


Os Relative Pronouns são pronomes utilizados para se referir a substantivos
mencionados previamente, seja pessoas, lugares, coisas, animais ou ideias. Além disso,
pode ser utilizados para juntar duas orações, para nos falar mais sobre aquele substantivo /
sujeito.

Exemplos:
 The driver who ran the stop sign was careless.
O motorista que avançou a placa de pare foi negligente.
 He had a dog which he called Sirrah.
Ele tinha um cachorro que ele chamava de Sirrah.
 The boy that sat beside him was his son.
O garoto que sentou-se ao lado dele era seu filho.

 He saw a gentleman whom he presumed to be the director.


Ele viu um cavalheiro a quem ele presumiu ser o diretor.
 I’m interested in a young woman whose name will be familiar to you.
Eu estou interessado em uma jovem mulher de quem o nome será familiar para
você.
Observação
 Utilizamos who e whom para falar de pessoas.
 Utilizamos which para coisas.

29
 Utilizamos that tanto para pessoas quanto para coisas, contudo ele é o mais
informal de todos.
 Utilizamos whose para falar de posse.

8.2. Demonstrative Pronouns


Os Demonstrative Pronouns geralmente focam a atenção nos substantivos que estão
substituindo, podendo ser compreendido uma noção de distância (de tempo ou espaço).
Geralmente são utilizados para apontar posição de substantivos, seja perto ou longe.

Exemplos:
 Someone else carries this baby for you.
Alguma outra pessoa carrega este bebê para você.
 These are my other two daughters, Dulce and Alondra.
Estas são minhas duas irmãs, Dulce e Alondra.
 That book is my favorite one.
Aquele livro é o meu favorito.
 I remember those shoes.
Eu me lembro daqueles sapatos.

30
8.3. Interrogative Pronouns
Os Interrogative Pronouns perguntam qual é a pessoa ou coisa que se tem a intenção
de se referir. Eles são utilizados para começar uma pergunta e são comumente conhecidos
como wh- questions. Eles produzem perguntas informativas, ou seja, perguntas cujas
respostas dão detalhes e informações ao ouvinte, além do apenas clássico yes ou no.

Exemplos:

 Why would she want to do that?


Por que ela iria querer fazer aquilo?
 With whom am I speaking?
Com quem eu estou falando?
 Where are you?
Onde você está?
 How old are you?
Quantos anos você tem?
 Which came first, the recluse or the loneliness?
O que veio primeiro, o solitário ou a solidão?

31
Observação
 O pronome what indica uma quantidade ilimitada de opções, enquanto o which
apresenta uma quantidade limitada de opções a serem escolhidas por quem está
respondendo.
 O pronome whom é sempre acompanhado de alguma preposição, normalmente
with ou to.

8.4. Reflexive Pronouns


Os Reflexive Pronouns, como o próprio nome já indica, são pronomes nos quais o sujeito
e o objeto são o mesmo substantivo. Em outras palavras, a pessoa (sujeito) quem está
realizando a ação é o mesmo que está sofrendo essa ação, refletindo nele mesmo.

Exemplos:
 I don’t have to defend myself against Alex.
Eu não tenho que me defender contra o Alex.
 They were sitting around the fire and trying to keep themselves warm.
Eles estavam sentados ao redor do fogo e tentando manterem-se aquecidos.
 Jim made himself coffee.
Jim fez café para si.

Observação
 Se a preposição by for utilizada antes de qualquer pronome reflexivo, o sentido
deles serão alterados e terão sentido de sozinhos:
by myself [sozinho] // by herself [sozinha] // by ourselves [sozinhos]
32
8.5. Intensive Pronouns
Os Intensive Pronouns são comumente confundidos com os Reflexive Pronouns por
serem escritos da mesma maneira, contudo, a diferença é no sentido. O Intensive Pronoun
é utilizado para dar ênfase a um substantivo / sujeito que já foi dito anteriormente, assim
reforçando a ideia de que foi aquela pessoa mesmo quem praticou a ação.

Exemplos:
 I myself am a savage.
Eu mesma sou uma selvagem.
 Jim made coffee for the king himself.
Jim fez café para o próprio Rei.
 Sir Paul McCartney himself sang the final song.
O próprio Sir Paul McCartney cantou a música final.

Observação
A principal diferença entre os Reflexive Pronouns e os Intensive Pronouns, além do
sentido, é a posição que se encontram na frase. Enquanto os reflexives estão
normalmente após verbos, os intensives estão após um pronome pessoal ou no fim da
oração.

33
8.6. Reciprocal Pronouns
O Reciprocal Pronoun é usado para indicar que duas ou mais pessoas praticam uma
ação e ambas recebem os benefícios (ou consequências) dessa ação simultaneamente.
Dessa forma, o Reciprocal Pronoun será necessário sempre que houver uma situação em
que algo é dado e recebido, ou quando qualquer situação mútua é expressa.

Exemplos:
 Maria and Robert loved each other.
Maria e Robert se amavam.
 The members of the graduating class applauded one another.
Os membros da turma formanda plaudiam uns aos outros.

Observação
De acordo com as regras tradicionais, each other indica uma relação recíproca entre duas
entidades, enquanto one another se refere a mais de duas.

34
9. TITLES – Mr, Miss, Mrs, Ms and Madam

Podemos usar Mr., Mrs., Ms. ou Miss. Mas qual é a diferença entre eles?
As palavras Mr., Mrs. Ms. ou Miss são equivalentes, no português, ao nosso “senhor” e
“senhora”. Usamos essa palavra quando queremos nos dirigir ou referir a alguém de uma forma
mais respeitosa.
A diferença é que, no português, usamos “senhor” e “senhora” antes do primeiro nome da
pessoa, e no inglês não.
Por exemplo, se uma pessoa se chama João Silva, em português é muito comum dizer
“senhor João”, como uma forma educada.
No inglês, as palavras Mr., Mrs., Ms. ou Miss são utilizadas apenas ao se utilizar o nome
completo da pessoa ou somente o sobrenome (nome da família)
No mesmo exemplo do João Silva, em inglês seria Mr. João Silva ou Mr. Silva. Mr. João não
é algo utilizado no inglês.
Para ouvir pronúncia das palavras acessar https://blog.lucasgilbert.com.br/mr-mrs-ms-ou-
miss-ebb-8/
Agora vamos para a diferença entre eles.

9.1. Mr. (Mister) = Senhor


Se utiliza Mr. antes de sobrenomes ou nomes completos de homens em geral,
independente do seu estado civil.
A palavra se pronuncia “mister”.

 Mr. Donald Trump is the president of the United States. (Sr. Donald Trump é o
presidente dos Estados Unidos).

9.2. Mrs. (Misiz) =


Já o título Mrs. é usado antes de sobrenomes ou nomes completos de mulheres
casadas.
A palavra se pronuncia “missus”.

 My Math teacher is Mrs. Johnson. (Minha professora de matemática é a Sra.


Johnson).

35
9.3. Ms. (Mizz)
O termo Ms. é usado antes de sobrenomes ou nomes completos de mulheres em geral,
independente do seu estado civil. É algo mais moderno, que desvincula a mulher do seu
estado civil.
A palavra se pronuncia “mizz”.

 Ms. Smith did a great job! (A sra. Smith fez um ótimo trabalho!)

9.4. Miss. (Miss)


Por fim, Miss é usado antes de sobrenomes ou nomes completos de mulheres que não
são casadas. É algo próximo a “senhorita”, em português.
Utilizado também para quando não sabemos o nome da pessoa. Commented [KS16]: Usado para pessoas novas que não
sabemos o nome.
A palavra se pronuncia “miss”, da mesma forma que se escreve.

 Miss, do you want something do drink? (Senhorita, você quer algo para beber?)

9.5. Review
Mr. -> homens em geral
Mrs. -> mulheres casadas
Ms. -> mulheres em geral
Miss -> mulheres não casadas

 Vídeo aula complementar: Mr, Ms, Miss...

9.6. Sir
Utilizado quando não sabemos o nome da pessoa masculina.

 Can I help you Sir?

9.7. Madam (Ma’am)


Utilizado quando não sabemos o nome da pessoa feminina.

 Can I help you Ma’am? Commented [KS17]: Pronúncia mais aberta, para não se
confundir com homem em inglês “man”

36
10. Days of the Week
Sunday, Monday, Tuesday, Wednesday, Thursday, finally Friday and Saturday. Cada um
tem suas razões para ter seu dia da semana preferido, mas mais cool que isso é aprender os
dias da semana em inglês. São fáceis de memorizar e sabê-los é essencial para desenvolver
um diálogo no nível básico. Diferentes do português, são obrigatoriamente escritos com letra
maiúscula, caso contrário são considerados gramaticalmente incorretos. Além disso, os dias
da semana em inglês têm algumas curiosidades que vale a pena conhecer, vamos aprofundar
um pouco?

 O significado dos dias da semana em inglês

Muita gente não sabe, mas os nomes dos dias da semana ao redor do mundo surgiram
baseados em números e planetas. Em muitos lugares esses nomes foram alterados de
acordo com a religião ou por motivos seculares. No caso do inglês, alguns nomes dos dias
da semana derivam de deuses Anglo-Saxões.

 Weekdays e weekends

Os dias da semana em inglês são chamados de weekdays e os fins de semana de


weekends, mas isso varia de um país para outro, assim como o Business day, que significa
“dia útil”.

 Calendário em inglês

A maioria dos calendários nos Estado Unidos e Canadá marcam Sunday (Domingo) como
o primeiro dia da semana, já no Reino Unido, Irlanda, Austrália, África do Sul e América do
Sul, o primeiro dia da semana é Monday (Segunda-Feira).

37
 Dias da semana em inglês

Sunday (Domingo): Dia do sol (Day of the Sun) é o significado de Sunday – Sun (sol) Commented [KS18]: Se pronuncia “San, dei”

Day (dia), que curiosamente originou do latim Dies Solis.

Monday (Segunda-feira): com estrutura parecida de Sunday, Monday significa Dia da lua Commented [KS19]: Se pronuncia “Man, day”

(Day of the Moon) – Moon (lua) Day (dia). Também originada do latim Dies Lunae.

Tuesday (Terça-feira): vem de Tiwesdaeg, palavra do inglês arcaico que significa Dia do Commented [KS20]: Se pronuncia “Tuz, dey”;
O “T” inicial não é um T seco
Tiw (Tiu’s Day). Tiw (conhecido como Tew, Tyr e Tywar) era deus da guerra na mitologia
norueguesa. Tuesday também é baseado no nome Dies Martis, Dia de Marte (Day of Mars),
o deus da guerra romano.

Wednesday (Quarta-feira): significa o Dia do deus Germânico Woden, mais conhecido Commented [KS21]: O “D” na palavra não é falado,
pronuncia “Wenz, dei”
como Odin, que era o deus mais alto da mitologia norueguesa e um proeminente deus dos
Anglo-Saxões. Wednesday é baseado do latim Dies Mercurii, Dia do Mercúrio (Woden’s Day)

Thursday (Quinta-feira): significa Dia do Punor, conhecido como Thor. Thor é o deus dos Commented [KS22]: Se pronuncia com a língua entre os
dentes para não ter um som forte de “T” e com R
trovões na mitologia norueguesa e no paganismo germânico. Thursday é baseado no nome piracicabano puxando ele.

Dies lovis, do latim, Dia de Júpter (Thor’s Day).

Friday (Sexta-feira): significa Dia de Frige (Freya’s Day), a deusa germânica da beleza. Commented [KS23]: Se pronuncia “Fraidei”

Na verdade, trata-se de uma adaptação do latim Dies Veneris (Dia de Vênus). Frige ou Frigg
era a deusa nórdica do amor, correspondente a Vênus, da mitologia romana.

Saturday (Sábado): a tradução Anglo-Saxã original de Saturday era Saeturnesdaeg, que Commented [KS24]: Se pronuncia “Saruday” com o Flap T,
como o nosso “R” em barato, caro, Araraquara..
em latim significa Dies Saturni, Dia de Saturno (Saturn’s Day).

Vídeo aula complementar: Dias das semanas

38
11. NOT COMMON – Expressions 1
Nesse tópico debateremos sobres expressões que geralmente aprendemos em cursos e que
não é de comum utilização dos nativos.

11.1. I’m Fine


As pessoas utilizam o I’m fine em situações formais e informais dependendo do lugar dos
Estados Unidos. Geralmente é utilizada quando a pessoa está com pressa, como em um
restaurante, ou quando encontra um amigo e está com pressa, é utilizado para “evitar”
conversa.

Se uma pessoa perguntar “How are you?” Geralmente é respondido com:


 I’m Good
 Doing Great

Geralmente seguidos de uma pergunta:


 I’m Good, how are you?/ how is your Family?

11.2. Good Bye


Se a você está entre amigos ou em família geralmente é utilizado:
 Ok, we’ll see you la
 Have a good one
o Exemplo: você está pagando suas compras no supermercado ou em
alguma loja, saindo de um restaurante, ou se despedindo de um colega,
quando alguém diz "have a good one!". Este "one" substitui qualquer
outra coisa que venha a seguir, é um jeito mais rápido de dizer "have a
good day / afternoon / evening / weekend / etc!
 See you later
 Talk to you later

39
11.3. Congratulations
Utilizado para casamentos, um nascimento, uma data comemorativa, porém não em
aniversários pelo fato de utilizar “Happy Birthday”
Quando você vai dar os parabéns para uma pessoa, geralmente é utilizado:
 Good/Great job
 Good going
 Excelente!

11.4. You’re Welcome


É a forma correta de se agradecer e formal, geralmente é substituído por:
 No problem
 Don’t Worry about it
 Anytime

 Vídeo aula auxiliar: Expressões

40
12. COLORS
Aprenda as cores em inglês com tradução, pronúncia e exemplos. Dominar esse vocabulário
é essencial para o dia a dia e deve ser estudado logo nos primeiros estágios do estudo de inglês.

Lista de cores em inglês:

Dica: se desejar falar que uma cor é clara ou escura, adicionar light antes da cor (para cores
claras) e dark antes da cor (para cores escuras).
Para dizer que algo tem o tom de determinada cor, utilizamos a terminação -ish:

Green [Verde] - Greenish [Esverdeado]


Red [Vermelho] - Reddish [Avermelhado]

41
12.1. Expressões Idiomáticas com cores
No dia a dia, também utilizamos algumas expressões idiomáticas relacionadas às cores:

 White lie - Ao pé da letra significa mentira branca, na prática é uma mentira contada
para se evitar aborrecimentos, mentirinha do dia a dia.
 Black sheep - ovelha negra.
 Red-haired - De cabelo ruivo.
 Golden opportunity - Equivale a “uma chance de ouro”, oportunidade única.
 To be green - Ser inexperiente, amador.
 Once in a blue moon - Uma vez na vida outra na morte, muito raramente.

Confira alguns exemplos de frases com cores em inglês.

 My favorite color is black.


Minha cor favorita é preto.
 The white sand was almost as blinding as snow.
A areia branca era quase tão cega quanto a neve.
 It's just a black snake.
É só uma cobra negra.
 She handed him a light blue shirt.
Ela lhe entregou uma camisa azul-clara.
 Look at those big gray eyes and that beautiful red hair!
Olhe aqueles olhos cinzentos grandes e esse cabelo vermelho bonito!
 She saw the man in a dark brown suit.
Ela viu o homem de terno marrom escuro.
 The color of his eyes inclines to green.
A cor dos seus olhos tende para o verde.
 I see your true colours and that’s why I love you
Te vejo como você é e é por isso que te amo.

42
13. CARDINAL & ORDINAL NUMBERS
Você sabe o que são números cardinais? E números ordinais? E sabe falar cada um deles
em inglês? Os números cardinais são aqueles que expressam quantidades absolutas, como
1, 2, 3 e 4, e os números ordinais são aqueles que indicam a ordem ou a posição que um
número se encontra em uma série, como 1º, 2º, 3º e 4º.
Os números cardinais de um a doze em inglês têm cada um o seu nome próprio, sem seguir
uma regra determinada. Os números ordinais de primeiro (1º) a décimo segundo (12º) só não
tem regra nos três primeiros: o first (primeiro), second (segundo) e third (terceiro). No restante, é
adicionada a terminação –th para indicar ordem, como em fourth (quarto), fifth (quinto) e sixth
(sexto).

1 – One; 2 – Two; 3 – Three; 4 – Four; 5 – Five; 6 – Six; 7 – Seven; 8 – Eight; 9 – Nine;


10 – Tem; 11 – Eleven; 12 – Twelve.

1st – First; 2nd – Second; 3rd – Third; 4th – Fourth; 5th – Fifth; 6th – Sixth; 7th – Seventh;
8th- Eighth; 9th – Nineth; 10th – Tenth; 11th- Eleventh; 12th- Twelfth

A terminação –teen é adicionada a partir do número cardinal treze (thirteen) até o dezenove
(nineteen). Os números ordinais de décimo terceiro (13º) a décimo nono (19º) seguem também
a regra de adição da terminação –th: thirteenth (décimo terceiro), fourteenth (décimo quarto) e
fifteenth (décimo quinto).

13 – Thirteen; 14 – Fourteen; 15 – Fifteen; 16 – Sixteen; 17 – Seventeen; 18 – Eighteen;


19 – Nineteen.

13th – Thirteenth; 14th – Fourteenth; 15th – Fifteenth; 16th- Sixteenth; 17th- Seventeenth
18th- Eighteenth; 19th- Nineteenth.

43
O número cardinal vinte é twenty. A partir dele, para adicionar unidades, colocam-se primeiro
as dezenas e depois as unidades para descrever o número: vinte e um é twenty-one, por
exemplo.

20 – Twenty; 21 – Twenty-one; 22 – Twenty-two; 23 – Twenty-three; 24 – Twenty-four


25 – Twenty-five; 26 – Twenty-six; 27 – Twenty-seven; 28 – Twenty-eight; 29 – Twenty-nine

A partir do twenty, os números cardinais das dezenas recebem a terminação –ty. Todas
seguem a mesma regra ao adicionarem-se unidades: trinta e três é thirty-three, quarenta e quatro
é fourthy-four e cinquenta e cinco é fifthy-five, por exemplo.
Já os números ordinais a partir do twentieth (vigésimo) recebem a terminação –ieth. Para
aumentá-los, as dezenas permanecem na mesma forma dos cardinais e apenas as unidades
entram na forma ordinal: vigésimo quarto (24º) é twenty-fourth (24th).

20 – Twenty; 30 – Thirty; 40 – Fourty; 50 – Fifty; 60 – Sixty; 70 – Seventy; 80 – Eighty


90 – Ninety

20th – Twentieth; 30th – Thirtieth; 40th – Fourthieth; 50th – Fiftieth; 60th – Sixtieth
70th – Seventieth; 80th- Eightieth; 90th- Ninetieh

Para formar números cardinais a partir de cem (one hundred), são colocadas primeiro as
centenas, depois as dezenas e depois as unidades. Trezentos e vinte e quatro (324) é three
hundred and twenty-four, por exemplo. Para mil, milhão e bilhão, segue-se a mesma regra: mil
duzentos e trinta e cinco (1235) é one thousand two hundred and thirty five, e assim por diante.
Para formar os números ordinais a partir do centésimo (100º), coloca-se apenas o último
número na forma ordinal: centésimo vigésimo (120º) é one hundred twentieth (120th),
octigentésimo vigésimo nono (829º) é eight hundred twenty-nineth (829th), por exemplo. O
mesmo vale para os números a partir do milésimo (thousandth), milionésimo (milionth),
bilionésimo (billionth) e assim por diante.

100 – One/a hundred || 100th – One hundredth


1000 – One/a Thousand || 1000th – One thousandth
1000000 – One/a million || 1000000th – One millionth
1000000000 – One/a billion || 1000000000th – One billionth
44
14. TIME
Depois de aprendermos os números em inglês, é importante sabermos identificar e
pronunciar os horários, tanto no trabalho, em casa ou em uma viagem, essa é uma situação que
engloba todo o nosso dia a dia, por isso é essencial aprender e abranger ainda mais o seu
conhecimento. Responder a pergunta “what time is it?” é bem simples, basta usar it’s e em
seguida os números em inglês.

 10:45: it’s ten forty-five


 4:10: it’s four tem

Mas antes de tudo, vamos ver outras formas de perguntas.

14.1. Como perguntar as horas


a. What time is it? Commented [KS25]: Mais formal

b. Have you got the time?


c. Could you tell me the time?
d. What’s the time?
e. Do you know the time?
f. Do you know what time it is?

14.2. Como responder as horas


a. According to my watch/phone, it’s...
b. Sorry I don’t have my watch on

14.2.1. Número 30
Os americanos também possuem um jeito diferente para se referir ao número 30.
Eles utilizam o termo half past e em seguida o horário. Observe atentamente os
exemplos:

 3:30 – Half past three


 9:30 – Half past nine

45
14.2.2. Determinado período
Quando você for se referir a um determinado período, dia ou noite, cada um deles
deve ir acompanhado de uma sigla, antes do meio-dia use AM e depois do meio-dia PM,
os americanos não usam a mesma variação como nós brasileiros, não existe 23h. Porém,
quando for se refeir à meia-noite, use midnight e meio-dia midday.

 1:10 – It’s one tem pm


 5:20 – it’s five twenty am

14.2.3. Horários cheios


Para os “horários cheios”, os que não possuem números quebrados, utilizamos o
termo o’clock no final. É bem simples, veja os exemplos:

 2:00 – It ‘s two o’clock


 4:00 – It’s four o’clock

14.2.4. Número 15
Preste bem atenção nesse próximo termo, pode parecer complicado no início, mas
depois você irá se familiarizar com ele: a quarter. Quando você for se referir ao número
15, é mais arrojado dizer da seguinte forma:

 2:15 - it’s two and a quarter / it’s a quarter past two



Sabe aquele nosso jeitinho de dizer “são 15 para as 3:00”, pois é, os americanos
também possuem uma maneira para se referir aos famosos 15 minutinhos.

 2:45 – It’s a quarter to three


 1:45 – It’s a quarter to two

46
15. PLURAL
No inglês, assim como no português, a regra básica para transformar um substantivo singular
em plural é acrescentar a letra “s” ao final da palavra. Mas, também como no português, alguns
substantivos fogem à regra geral. Aprendendo as informações apresentadas nas tabelas a
seguir, você poderá dominar as regras que regem a grande maioria dos substantivos plurais na
língua inglesa.

1. Regra básica: Acrescentar -s

2. Finais para acrescentar -es


Palavras que terminam em -s, -ss, -sh, -x e -z, devemos colocar –es no final. Em
algumas palavras que terminam com –o ou –ch, também usamos essa regra

Obs: A regra da letra “O” funciona da seguinte forma:


“Vogal + O” acrescenta-se o -s
*Consoante + O acrescenta-se o -es, porém para artes não acrescenta o -es e sim apenas
-s, como no caso de instrumentos musicais, foto..
 Photos > Photos
 Piano>Pianos
 Cello > Cellos

47
3. Consoante + y acrescentar -ies

4. F/fe acrescenta-se, retira-se o f/fe e acrescenta-se o -ves

48
5. Substantivos que não seguem regras
Alguns substantivos não seguem nenhuma regra, enquanto que outros mantêm a
mesma grafia tanto no singular como no plural e ainda outros sequer possuem forma
singular:

*Glasses no sentido óculos e não copos de vidro.

49
6. Plurais irregulares
Como a própria palavra indica, esse tipo de plural não segue uma linha de raciocínio,
ou seja, precisa ser memorizado. Mas não fique preocupado com isso! Esse treino de
memorizar as palavras em inglês é mais fácil do que você imagina, basta incluir o idioma
nas atividades do dia a dia.
Veja agora uma lista com os principais plurais irregulares do inglês.

Vídeo complementar do tópico: Plurals


50
16. MONTHS OF THE YEAR
No antigo calendário romado eram apenas dez meses e o último mês era dezembro. Foi Júlio
César em 46 a.C que definiu o calendário de doze meses e é este que usamos até hoje.

A preposição que devemos usar antes dos meses é “in” e sempre devemos iniciar os nomes
dos meses com letra maiúscula.
Exemplos de sentenças:
 My birthday is in May! (É meu aniversário em maio.)
 Christimas is ind December (O Natal é em dezembro.)
 In Brazil, Valatine’s Day is on June. (No Brasil, o Dia dos Namorados é em junho.)
 He’ll start working in August. (Ele começará a trabalhar em agosto.)

51
17. VERB TO GO
Como somos professores e, ainda, estudantes do inglês, sabemos das necessidades e
dúvidas dos estudantes. Hoje vamos falar sobre os usos do verbo “to go”( ir), um dos verbos
básicos do inglês e um dos mais usados (acredito se tivesse uma lista dos top 10 mais usados
ele estaria dentro). Porém, temos percebido a dificuldade dos estudantes em entender e aplicar
os diferentes usos desse verbo. Por isso, decidimos criar O Manual de uso do verbo “to go”
inspirado nos ensinamentos do nosso Oxford Dictionary for Learners, espero que gostem. Vamos
lá:
1. Go to – Expressar movimento Commented [KS26]: Tem exceções como: Home,
Downtown, There..
Meus amigos, quando vocês querem dizer que vai para algum lugar, após o “go” é
necessário usar o “to”. Exemplos:
 I go to Madalosso restaurant’s
 I go to work ( eu vou para o trabalho )
 I go to Tivoli Shopping’s

Utilizado sem o “the” para: work, church, university, school, prison, countries, cities, Commented [KS27]: Países que não estejam no plural,
como Estados Unidos, nesse caso utiliza o the.
hell, heaven, casa de alguém (John’s House) e substantivos próprios.

2. Go to the – Expressar movimento


Utilizando quando é sucedido de um substantivo indefinido, exemplo:
 I am going to the restaurant
 They are going to the mall
 She is going to the gym Commented [KS28]: Pode ser qualquer restauran,
shopping e academia, não sabemos.

3. Go – Expressar movimento
Utilizado sozinho quando falar de: Home, abroad, upstairs, downstairs, downtown,
nowhere, somewhere, anywhere, there
 Just go home
 I am going home
 He is going downtown
 They went there
 I won’t go home

52
4. Go with – Ir com alguém
 I go with Maria, José and Tião
 I go with Her

5. Go on – Novas experiências (Viagem, tours, passeios..)


 I go on a trip
 I go on a tour

17.1. Conjugação do verbo


 Infinitive
to go
 Simple past
went
 Past participle
gone

Vídeo complementar do tópico: Verbo Go

53
18. SIMPLE PRESENT
Podemos usar o Simple Present para falar que alguma coisa acontece o tempo todo ou
repetidamente, como hobbies, hábitos, acontecimentos diários ou algo que acontece com uma
certa frequência.
 I study from Monday to Friday. [Eu estudo de segunda à sexta.]
(Ideia de que alguma coisa acontece repetidamente)
 Jessie plays tennis. [Jessie joga tênis.]
(Ideia de hobby)
 He leaves the job at 5pm. [Ele sai do trabalho às 5 da tarde]
(Ideia de acontecimento diário)
 They always go to the farm. [Eles sempre vão para a fazenda.]
(Ideia de que algo acontece com uma certa frequência)

Além disso, podemos utilizar o Simple Present falar sobre um fato ou algo que seja uma
verdade universal. Contudo, a ideia de ser verdadeiro é para quem está falando a sentença, sem
necessariamente ele estar correto. Normalmente são feitas generalizações sobre pessoas ou
coisas.
 We live in Brazil. [Nós vivemos no Brasil.]
(Fato)
 Cats like milk. [Gatos gostam de leite]
(Verdade universal)
 In Brazil, the banks open at 11am. [No Brasil os bancos abrem às 11 da
manhã.]
(Fato)
 Water boils at 100˚C. [A água ferve com 100˚C.]
(Verdade Universal)
Em um terceiro caso, podemos utilizar o Simple Present para falar de um futuro muito próximo
em que há um horário fixado, geralmente para transportes públicos ou eventos que já estão
agendados.
 My parents arrive this afternoon. [Meus pais chegam hoje à tarde.]
 The train leaves tonight at 7pm. [O trem parte hoje à noite às 7 horas.]
 The party starts at 9pm. [A festa começa às 9 da noite.]
 My flight departs at 10:45. [Meu vôo sai às 10:45.]

54
18.1. Affirmative form
18.1.1. I / you / we / you / they
A formação de afirmativa com os pronomes I / you / we / you / they segue a estrutura
básica de uma oração:

Sujeito + verbo principal + complemento Commented [SKFd29]: Na forma de infinitivo

O sujeito será um substantivo ou os pronomes pessoais I / you / we / you / they.

O verbo principal é o que reproduz a ação da frase, que é praticada pelo sujeito. No
caso do Simple Present, os verbos serão utilizados sempre no infinitivo sem to (a forma
original, que se encontra no dicionário, por exemplo).

O complemento equivale ao predicado que pode existir ou não na oração, pois


depende da informação que se deseja transmitir e se o verbo precisa dessa
complementação para fazer sentido.

 I work five days a week. [Eu trabalho cinco dias por semana.]
Sujeito: I / Verbo: work (que está no infinitivo sem to) / Complemento: five days a
week.
 You play the guitar very well. [Você toca violão muito bem.]
Sujeito: You / Verbo: play (que está no infinitivo sem to) / Complemento: the guitar
very well.
 Monica and I have an appointment with the same doctor. [Eu e a Mônica temos
uma consulta com o mesmo médico.]
Sujeito: Monica and I / Verbo: have (que está no infinitivo sem to) / Complemento:
an appointment with the same doctor.
 The girls talk to each other everyday. [As garotas se falam todos os dias.]
Sujeito: The girls / Verbo: talk (que está no infinitivo sem to) / Complemento: to
each other everyday.

55
18.1.2. He / she / it
Na formação de afirmativa com os pronomes he / she / it a estrutura básica é a
mesma, contudo há mudanças no verbo:

sujeito + verbo principal -s / -es / -ies + complemento Commented [SKFd30]: Na terceira pessoa do singular (He,
She e It) na afirmativa o verbo principal sai de sua forma
infinitiva e acrescenta -s, -es e -ies.

O sujeito será um substantivo ou os pronomes pessoais he / she / it.

A diferença é que agora os verbos serão utilizados sempre no infinitivo sem to e tem
a terminação -s, -es ou -ies:

Regra geral: utilizar a terminação -s

 work – works
 play – plays
 talk – talks
 leave – leaves

Verbos terminados em -x, -s, -ss, -sh, -ch, -z, -o: utilizar -es

 go – goes
 fix – fixes
 kiss – kisses
 watch – watches

Verbos terminados em consoante + y: retirar o y e utilizar -ies

 study – studies
 spy – spies
 cry – cries
 try – tries

56
O complemento continua equivalendo ao predicado, podendo existir na oração ou
não.
 He goes to school by bus. [Ele vai para a escola de ônibus.]
Sujeito: He / Verbo: goes (verbo terminado em -o, acrescenta-se -es) / Complemento: by
bus.
 She studies every weekend. [Ela estuda todo fim de semana.]
Sujeito: She / Verbo: studies (verbo terminado em consoante + y, tirou-se o -y e
acrescentou-se -ies) / Complemento: every weekend.
 It barks a lot! [Ele late muito!]
Sujeito: It / Verbo: barks (verbo da regra geral, acrescentou-se apenas -s) / Complemento:
a lot!
 Paul watches a lot of different tv shows. [Paul assiste vários programas de tv
diferentes.]
Sujeito: Paul / Verbo: watches (verbo terminado em -ch, acrescentou-se o -es) /
Complemento: a lot of different tv shows.

18.2. Negative form


A formação de negativa se diferencia da afirmativa pois agora precisamos inserir o not
na sentença. Contudo, a construção desta estrutura não é como ocorre no verbo Be, em
que apenas acrescentamos not na frase.

18.2.1. I / you / we / you / they


Como você já sabe, os verbos do Simple Present, diferentemente do verbo Be, não
são capazes de fazer frases negativas por si próprios. Assim, precisam de um auxílio, um
verbo auxiliar.
Então, temos a estrutura:

sujeito + verbo auxiliar (do) + not + verbo principal + complemento

O verbo auxiliar, como o próprio nome diz, tem a função de auxiliar o verbo principal
quando este não tem “força” suficiente para fazer frases negativas. Não possui significado,
logo, não altera a tradução nem o sentido da frase. No caso dos sujeitos ou pronomes da
primeira e segunda pessoa do singular e plural, o verbo auxiliar utilizado é do, seguido de
not. A construção pode ser feita de forma completa ou contraída:

57
 do not – completa
 don’t – contraída
Os verbos principais serão utilizados sempre no infinitivo sem to. E, como sempre,
o complemento poderá existir ou não na oração.

 I don’t study. [Eu não estudo.]


Sujeito: I / Verbo auxiliar + not: don’t / Verbo principal: study. / Complemento: –
 You don’t travel very often. [Você não viaja com muita frequência.]
Sujeito: You / Verbo auxiliar + not: don’t / Verbo principal: travel / Complemento: very often.
 We don’t like her boyfriend. [Nós não gostamos do namorado dela.]
Sujeito: we / Verbo auxiliar + not: don’t / Verbo principal: like / Complemento: her boyfriend.

18.2.2. He / She / it
Temos a estrutura:
sujeito + verbo auxiliar (does) + not + verbo principal + complemento Commented [SKFd31]: Tanto na negativa quanto
interrogativa o verbo principal fica no infinitivo, ou seja verbo
se apresenta naturalmente, sem qualquer conjugação, então
não é acrescentado o -s, es e ies.
O sujeito continua sendo um substantivo ou os pronomes pessoais he / she / it.
No caso dos sujeitos ou pronomes da terceira pessoa do singular, o verbo auxiliar utilizado é
does, seguido de not. Além disso, o verbo principal não terá sua forma escrita alterada, pois
o auxiliar assume toda a “força” do verbo na frase. Será o auxiliar quem receberá a terminação
de -s / -es / -ies. Como o verbo do termina em -o, a nova terminação é -es, transformando
Do em Does. A construção pode ser feita de forma completa ou contraída:
 does not – forma completa
 doesn’t – forma contraída
Na formação de negativa, os verbos principais perdem a terminação -s / -es / -ies e serão
utilizados no infinitivo sem to. E como sempre, o complemento poderá existir ou não na
oração.
 She doesn’t study. [Ela não estuda.]
Sujeito: She / Verbo auxiliar + not: doesn’t / Verbo principal: study. / Complemento: –
 He doesn’t travel very often. [Ele não viaja com muita frequência.]
Sujeito: He / Verbo auxiliar + not: doesn’t / Verbo principal: travel / Complemento: very
often.
 It doesn’t like her boyfriend. [Ele não gostas do namorado dela.]

58
Sujeito: It / Verbo auxiliar + not: don’t / Verbo principal: like / Complemento: her
boyfriend.

18.3. Interrogative form


Assim como a forma negativa, a interrogativa não segue mais a mesma estrutura do verbo
Be, pois precisa de um verbo auxiliar para fazer perguntas.

18.3.1. I / you / we / you / they


A formação de interrogativa com os pronomes I / you / we / you / they segue a mesma
lógica do verbo Be de haver a troca de posição entre verbo e sujeito. Contudo, pela
necessidade de se utilizar um verbo auxiliar nas frases do presente simples, a estrutura
escrita se altera:

Verbo auxiliar (Do) + sujeito + verbo principal + complemento

Como você já viu acima, utilizamos o verbo auxiliar quando o principal não tem “força”
suficiente. Por não possuir significado, não altera a tradução nem o sentido da frase. No
caso dos sujeitos ou pronomes da primeira e segunda pessoa do singular e plural, o verbo
auxiliar utilizado é Do. O sujeito será um substantivo ou os pronomes pessoais I / you / we
/ you / they. O verbo principal será utilizado no infinitivo sem to. E o complemento poderá
existir ou não.

 Do you like ice cream? [Você gosta de sorvete?]


Verbo auxiliar: Do / Sujeito: you / Verbo principal: like / Complemento: ice cream?
 Do they go to the movies very often? [Vocês vão ao cinema com muita frequência?]
Verbo auxiliar: Do / Sujeito: they / Verbo principal: go / Complemento: to the movies
very often?
 Do I have another chance? [Eu tenho mais uma chance?]
Verbo auxiliar: Do / Sujeito: I / Verbo principal: have / Complemento: another chance?
 Do we have soda here? [Nós temos refrigerante aqui?]
Verbo auxiliar: Do / Sujeito: we / Verbo principal: have / Complemento: soda
here?boyfriend.

59
18.3.2. He / she / it
Formação de interrogativa com os pronomes he / she / it seguem a mesma estrutura
acima, com a diferença do verbo auxiliar:

Verbo auxiliar (Does) + sujeito + verbo principal + complemento Commented [SKFd32]: O verbo não acrescenta -s ou -es
ou -ies

Como você já sabe, para os pronomes da 3ª pessoa do sigular, o verbo auxiliar recebe
a terminação -es e passa a ser Does. Além disso, o verbo principal é utilizado no infinitivo
sem o to e o complemento poderá existir ou não.

 Does she like ice cream? [Ela gosta de sorvete?] Commented [SKFd33]: O verbo não acrescentou o -s

Verbo auxiliar: Does / Sujeito: she / Verbo principal: like / Complemento: ice cream?
 Does he go to the movies very often? [Ele vai ao cinema com muita frequência?]
Verbo auxiliar: Does / Sujeito: he / Verbo principal: go / Complemento: to the movies
very often?
 Does it eat a lot? [Ele come muito?]
Verbo auxiliar: Does / Sujeito: it / Verbo principal: eat / Complemento: a lot?
 Does she have brothers and sisters? [Ela tem irmãos?]
Verbo auxiliar: Does / Sujeito: she / Verbo principal: have / Complemento: brothers and
sisters?

60
19. PRESENT CONTINUOUS
Quando queremos saber sobre as ações que acontecem no momento da fala, utilizamos
os gerúndios do português, e as terminações -ando, -endo e -indo são os indicadores de uso.
Em inglês o correspondente não são os Gerunds (como podemos facilmente nos enganar) e sim Commented [SKFd34]: Gerunds é diferente de Present
Continuos
o Presente Contínuo (Present Continuous).
Contudo, não utilizamos o presente contínuo do inglês apenas para o que falei acima, há
muito mais usos. E neste guia falarei sobre o que é e como utilizar o Present Continuous.
O que é o Presente Contínuo?

O Present Continuous é um tempo verbal que representa as ações que ocorrem


progressivamente. Observe os exemplos:

 I study English. [Eu estudo Inglês.] Commented [SKFd35]: Nesse exemplo a pessoa não está
estudando inglês no momento da fala. Então a estrutura está
 I am studying English. [Eu estou estudando Inglês.] no presente simples;
Commented [SKFd36]: Nesse exemplo a pessoa estava
praticando a ação de estudar inglês.

Na primeira sentença, a pessoa não está necessariamente estudando inglês naquele


momento, mas é fato que ela estuda essa língua estrangeira. Logo, por ser um fato do presente,
a estrutura utilizada foi o Simple Present.

Já na segunda sentença não há uma constatação de um fato, e sim a informação de que no


momento que a sentença foi falada, a pessoa estava praticando a ação de estudar inglês. Logo,
por ser uma ação que está acontecendo naquele momento e ainda não se encerrou, a estrutura
utilizada foi o Present Continuous.

Enquanto o Simple Present é utilizado para falar de hábitos e fatos, o Present Continuous é
utilizado para falar de ações que estão em progresso. Por isso também pode ser chamado de
Presente Progressivo (Present Progressive).

61
19.1. Affirmative form
sujeito + verbo be + verbo principal + ing + complemento Commented [SKFd37]: Na estruturação do Present
Continuous o verbo auxiliar (Do) é substituído pelo Verbo To
Be, e o mesmo que carrega as variações da negação.

Exemplos:
 I am running. [Eu estou correndo] Commented [SKFd38]: Verbo TO BE

 You are playing tennis. [Você está jogando tênis.] Commented [SKFd39]: Verbo Principal com acréscimo de
ING em todas as formas, Afirmativa, Negativa e Interrogativa.
 He is arriving at work. [Ele está chegando no trabalho.]
 She is walking to school. [Ela está caminhando para a escola.]
 It is eating its food. [Ele está comendo sua comida.]
 We are visiting grandma. [Nós estamos visitando a vovó.]
 You are smiling a lot. [Vocês estão sorrindo muito.]
 They are trying to talk to her. [Eles estão tentando falar com ela.]

19.2. Negative form


sujeito + (verbo be + not )+ verbo principal + ing + complemento

 I’m not running. [Eu não estou correndo.]


 You aren’t playing tennis. [Você não está jogando tênis.] Commented [SKFd40]: Verbo To Be teve acréscimo do
NOT.
 He isn’t arriving at work. [Ele não está chegando no trabalho.] Como dito acima o Verbo To Be que carrega as
transformações da frase.

 She isn’t walking to school. [Ela não está caminhando para a escola.]
 It isn’t eating its food. [Ele não está comendo sua comida.]
 We aren’t visiting grandma. [Nós não estamos visitando a vovó.]
 You aren’t smiling. [Vocês não estão sorrindo.]
 They aren’t trying to talk to her. [Eles não estão tentando falar com ela.]

62
19.3. Interrogative form
Verbo be + sujeito + verbo principal + ing + complemento Commented [SKFd41]: Verbo To Be, a exemplo do auxiliar
Do do Simple Present, na interrogativa troca de lugar com o
Sujeito e inicia a frase.

 Am I running too fast? [Eu estou correndo rápido demais?]


 Are you playing tennis? [Você está jogando tênis?]
 Is he arriving at work? [Ele está chegando no trabalho?]
 Is she walking to school? [Ela está caminhando para a escola?]
 Is it eating? [Ele está comendo?]
 Are we speaking loud? [Nós estamos falando alto?]
 Are you crying? [Vocês estão chorando?]
 Are they calling her? [Eles estão ligando para ela?]

19.4. Regras de escrita:


Como o -ing é adicionado ao verbo principal, é necessário saber algumas regras relativas
ao sufixo.

19.4.1. Verbos terminados com -e:


Se os verbos terminam com -e e são precedidos de consoante, tira-se o -e e
acrescenta o -ing
 bake – baking
 create – creating
 make – making
 ride – riding
 take – taking

19.4.2. Uma sílaba e terminam com Consoante, Vogal e Consoante (CVC):


Duplica a última consoante e acrescenta o -ing
 cut – cutting
 put – putting
 run – running
 sit – sitting
 swim – swimming

63
19.4.3. Verbos terminados em -ie:
Se os verbos terminam com -ie, substitui o -ie por -y e acrescenta o -ing
 die – dying
 lie – lying
 tie – tying

19.4.4. Expressões de Tempo:


 at present [atualmente]
 at the moment [no momento]
 at the present [no presente]
 at the moment [no momento]
 at this moment [neste momento]
 currently [atualmente]
 for the time being [por ora]
 now [agora]
 nowadays [hoje em dia]
 presently [atualmente]
 right now [agora mesmo]

Exemplos:

 At present my father is working abroad. [Atualmente meu pai está


trabalhando fora do país.]
 He is presently studying in Istanbul. [Ele está atualmente estudando em
Istambul.]
 She’s not waiting here at the moment. [Ela não está esperando aqui no
momento.]
 The Director is currently having talks in the USA. [O Diretor está atualmente
fazendo negociações com os Estados Unidos.]
 We are learning English now. [Nós estamos aprendendo inglês agora.]
 We’re using my old computer for the time being. [Por ora, nós estamos
usando meu antigo computador.]
 We’re watching TV right now. [Nós estamos assistindo TV agora mesmo.]

64
19.4.5. Uso do Present Continuous:
Para falar de algo que está acontecendo exatamente no momento da fala.

 Para falar de algo que é temporário.


 Para falar de ações mais longas em progresso, que ainda não acabaram.
 Para falar de algo que acontece repetidamente (geralmente para reclamar
de algo), com o uso das expressões: always, constantly, continually,
continuously e forever.

Exemplos:

 He’s driving a car. [Ele está dirigindo um carro.]


 I’m not playing soccer. [Eu não estou jogando futebol.]
 They’re doing their homework. [Eles estão fazendo seus deveres de casa.]
 I’m riding a bike to get to work because my car is broken. [Eu estou andando
de bicicleta para ir para o trabalho porque meu carro está quebrado.]
 Mary is working at McDonald’s during her summer holidays. [Mary está
trabalhando no McDonald’s durante suas férias de verão.]
 They are not talking with each other after the last argument. [Eles não estão
se falando depois da última briga.]
 Are you teaching at the university? [Você está lecionando na universidade?]
 Are you working on any special projects at work? [Você está trabalhando
em algum projeto especial no trabalho?]
 I am studying to become a doctor. [Eu estou estudando para me tornar um
médico.]
 He is constantly talking. I wish he would shut up. [Ele está constantemente
falando. Eu queria que ele calasse a boca.]
 I don’t like them because they are always complaining. [Eu não gosto deles
porque estão sempre reclamando.]
 She is always coming to class late. [Ela está sempre vindo para a aula
atrasada.]

65
19.5. Present Continuous para falar do Futuro:
É possível utilizar o Present Continuous quando desejamos falar de algo que já está
organizado ou planejado e é um futuro próximo do presente. Para isso, usa-se a estrutura Commented [SKFd42]: Questão importante, pois além de
utilizar o Present Continuous para expressar algo que está
básica do Presente Contínuo e adiciona-se uma expressão de tempo futura, como tonight, acontecendo no momento da fala, podemos utilizar o mesmo
para falar de algo num futuro próximo do presente.
Ex: I am learning English after work.
this afternoon, next weekend, etc.

 I am meeting some friends after work. [Eu estou encontrando alguns amigos
depois do trabalho.]
 I am not going to the party tonight. [Eu não estou indo para a festa hoje à
noite.]
 Is he visiting his parents next weekend? [Ele está visitando seus pais no
próximo fim de semana?]
 Isn’t he coming with us tonight? [Ele não está vindo com a gente hoje à
noite?]
 My dad is retiring in June. [Meu pai está se aposentando em junho.]
 They are flying to Paris next week. [Eles estão viajando para Paris na
próxima semana.]
 Tom is staring a new job on Friday. [Ele está começando um novo emprego
na Sexta.]

Última dica: Alguns verbos não são normalmente utilizados na forma contínua,
mesmo quando falando de situações temporárias ou estados. Eles são chamados de
Stative Verbs.

66
20. PAST SIMPLE Commented [KS43]: Passado definido sem conexão com o
presente.
O Passado Simples, Simple Past ou Past Simple, nada mais é que o tempo passado do
inglês. Contudo, diferente do nosso tempo passado do português, o Simple Past tem a função
de indicar apenas:

 Fatos que ocorreram no passado sem qualquer ligação com o presente em


que é implícito a definição de tempo em que ação ocorreu.
 Fatos que ocorreram no passado sem qualquer ligação com o presente em
que é explícito a definição de tempo em que a ação ocorreu.

Você pode compreender melhor isso nos exemplos abaixo:

 The World War II ended with the unconditional surrender of the Axis powers. Commented [KS44]: Está implícito a definição de tempo,
porém sabemos que a ação ocorreu (segunda guerra mundial
acabou)
[A Segunda Guerra Mundial acabou com a rendição incondicional dos
poderes do Eixo.]
 My parents traveled to Rome last year. [Meus pais viajaram para Roma no Commented [KS45]: Está fixado o período, nesse exemplo,
a definição é no ano passado.
ano passado.]
Como você pode perceber, no primeiro exemplo não há uma data ou a definição de tempo
passado explícita. Não fala exatamente quando a Segunda Guerra Mundial acabou, mas
sabemos que ela já teve fim e não está acontecendo mais. Já no segundo exemplo, há uma
definição de tempo passado explícita, pois é especificado quando foi a viagem dos meus pais.
Apesar de levar o nome “simples”, essa ideia de “simplicidade” se dá apenas em função de
não haver necessidade de mais de um verbo (com carga semântica) para se obter o sentido
desejado na oração, fazendo com que se utilize a estrutura básica de uma oração: sujeito +
verbo + complemento.

67
20.1. Affirmative form
A formação de afirmativa do Past Simple segue a estrutura básica de uma oração:
sujeito + verbo principal no passado + complemento Commented [KS46]: Pode ser um Substantivo ou
Pronomes Pessoais

O sujeito será um substantivo, ou os pronomes pessoais:


I / you / he / she / it / we / you / they.

O verbo principal é o que reproduz a ação da frase, que é praticada pelo sujeito. No caso
do Past Simple, os verbos serão utilizados sempre no passado. A conjugação dos verbos
passados ocorrem de duas formas: com verbos regulares e verbos irregulares.

20.1.1. Verbos Regulares


Os verbos regulares são os verbos que, ao serem conjugados, não alteram o radical,
recebendo apenas as terminações -d, -ed ou –ied:
20.1.1.1. Regra geral: utilizar a terminação -ed

 work – worked
 play – played
 talk – talked
 kiss – kissed

20.1.1.2. Verbos terminados em -e: utilizar -d

 receive – received
 bake – baked
 live – lived
 approve – approved

20.1.1.3. Verbos terminados em consoante + y: retirar o –y e utilizar -ied

 study – studied
 cry – cried
 try – tried
 carry – carried

68
20.1.2. Verbos Irregulares
Os verbos irregulares são aqueles que, quando conjugados no Past Simple, alteram o Commented [KS47]: Não se assemelha ao seu
correspondente no infinitivo
radical fazendo com que o verbo no passado não se assemelhe mais ao seu correspondente
no infinitivo. Por serem irregulares, não possuem regras:

 go – went
 find – found
 write – wrote
 take – took
 see – saw

O complemento equivale ao predicado que pode existir ou não na oração, pois depende
da informação que deseja transmitir e se o verbo precisa dessa complementação para fazer
sentido.

 I worked at home last month. [Eu trabalhei em casa no mês passado.]


Sujeito: I / Verbo: worked (passado do verbo work) / Complemento: at home
last month.
 Susan baked that delicious cake. [Susan assou aquele bolo delicioso.]
Sujeito: Susan / Verbo: baked (passado do verbo bake) / Complemento: that
delicious cake.
 The boys cried yesterday. [Os meninos choraram ontem.]
Sujeito: The boys / Verbo: cried (passado do verbo cry) / Complemento:
yesterday.
 Becky went to the party without me! [Becky foi para a festa sem mim!]
Sujeito: Becky / Verbo: went (passado do verbo go) / Complemento: to the
party without me!

69
20.2. Negative form
A formação de negativa se diferencia da afirmativa pois agora precisamos inserir o not na
sentença. Contudo, a construção desta estrutura não é como ocorre no verbo was / were
(verbo Be no passado), em que apenas acrescentamos not na frase:

sujeito + verbo auxiliar (did) + not + verbo principal (no infinitivo sem to) +
complemento

O sujeito será um substantivo ou os pronomes pessoais I / you / he / she / it / we / you /


they.
O verbo auxiliar, como o próprio nome diz, tem a função de auxiliar o verbo principal
quando este não tem “força” suficiente para fazer frases negativas. Não possui significado,
logo, não altera a tradução nem o sentido da frase.
No caso da formação do Past Simple, o verbo auxiliar utilizado é did, que é o passado
irregular do verbo auxiliar do, seguido de not. A construção pode ser feita de forma completa
ou contraída:
 did not – completa
 didn’t – contraída
Enquanto na afirmativa os verbos principais recebiam a terminação -d, -ed, -ied ou
escritos na forma irregular, na negativa os verbos principais serão utilizados sempre no Commented [SKFd48]: Não tem alteração nos Verbos
Principais por conta do Verbo Auxiliar DID.
infinitivo sem to (ou seja, a forma base, encontrada no dicionário).

Isso ocorre pois a presença do did na oração já indica que se trata do Past Simple, não Commented [SKFd49]: Did já indica que a oração está no
Past Simple, com isso não altera os verbos principais.
havendo a necessidade de conjugar dois verbos.

***Observação importante: Como regra de verbos auxiliares, qualquer verbo principal Commented [SKFd50]: Sempre lembrar dessa regra,
Quando tiver um verbo auxiliar o verbo principal é escrito no
junto a um verbo auxiliar deve ser escrito no infinitivo sem o to. E como sempre, o infinitivo sem o to.

complemento poderá existir ou não na oração.

70
Exemplos:

 I didn’t work at home last month. [Eu não trabalhei em casa no mês
passado.]
Sujeito: I / Verbo auxiliar + not: didn’t / Verbo: work (no infinitivo sem to) /
Complemento: at home last month.
 Unfortunately, Susan didn’t bake that delicious cake. [Infelizmente, Susan
não assou aquele bolo delicioso.]
Sujeito: Susan / Verbo auxiliar + not: didn’t / Verbo: bake (no infinitivo sem
to) / Complemento: that delicious cake.
 The boys didn’t cry yesterday. [Os meninos não choraram ontem.]
Sujeito: The boys / Verbo auxiliar + not: didn’t / Verbo: cry (no infinitivo sem
to) / Complemento: yesterday.
 Becky didn’t go to the party with me! [Becky não foi para a festa comigo!]
Sujeito: Becky / Verbo auxiliar + not: didn’t / Verbo: go (no infinitivo sem to) /
Complemento: to the party with me!

20.3. Interrogative form


Assim como a forma negativa, a interrogativa não segue mesma estrutura da
afirmativa e do verbo was / were, pois precisa de um verbo auxiliar para fazer perguntas.

A formação de interrogativa segue a mesma lógica do verbo was / were de haver a troca
de posição entre verbo e sujeito. Contudo, pela necessidade de se utilizar um verbo auxiliar
nas frases do Past Simple, a estrutura se altera:

Verbo auxiliar (did) + sujeito + verbo principal (infinitivo sem o to) + complemento

Como você já viu acima, utilizamos o verbo auxiliar quando o principal não tem “força”
suficiente. Por não possuir significado, não altera a tradução nem o sentido da frase. No caso
Simple Past, o verbo auxiliar utilizado é did. O sujeito será um substantivo ou os pronomes
pessoais I / you / he / she / it / we / you / they. Mais uma vez, verbo principal será utilizado
sempre no infinitivo sem to. E o complemento poderá existir ou não.

71
 Did you work at home last month? [Você trabalhou em casa no mês Commented [SKFd51]: Verbo no infinitivo sem to.

passado?]
Verbo auxiliar: Did / Sujeito: you / Verbo: work (no infinitivo sem o to) /
Complemento: at home last month?
 Did Susan bake that delicious cake? [Susan fez aquele bolo delicoso?]
Verbo auxiliar: Did / Sujeito: Susan / Verbo: bake (no infinitivo sem o to) /
Complemento: that delicious cake?
 Did the boys cry yesterday? [Os meninos choraram ontem?]
Verbo auxiliar: Did / Sujeito: the boys / Verbo: cry (no infinitivo sem o to) /
Complemento: yesterday?
 Did Becky go to the party without me? [A Becky foi à festa sem mim?]
Verbo auxiliar: Did / Sujeito: Becky / Verbo: go (no infinitivo sem o to) /
Complemento: to the party without me?

72
21. PAST CONTINUOUS
O Past Continuous se refere a acontecimentos em progresso em torno de um tempo
específico no passado. Por isso podemos chamá-lo de Passado Progressivo (ou Past
Progressive). Ele também tem a função de ressaltar a natureza temporária de um fato passado.
O Past Continuous é diferente do Passado Simples, porque o Past Simple tem início e fim.
Sabemos especificar quando uma ação encerrou:

 I wrote a letter at eight o’clock. [Eu escrevi uma carta às oito horas.]

Sabemos que às oito uma carta foi escrita e que esta ação já terminou, pois o passado
simples refere-se a fatos isolados no passado.

Já o Past Continuous implica que a ação já estava em progresso entre o início e o fim do
tempo especificado:

 I was writing a letter at eight o’clock. [Eu estava escrevendo uma carta às
oito horas.]

Sabemos que durante o horário especificado, uma carta já estava sendo escrita. A ação
terminou, pois não possui qualquer conexão com o presente, contudo, a sua principal
característica não é apenas constatar um fato e sim constatar que um fato estava ocorrendo
durante um certo tempo e que foi ressaltada a natureza prolongada do acontecimento.

21.1. Affirmative form

sujeito + was / were (verbo be no passado) + verbo principal + ing + complemento Commented [SKFd52]: A Estrutura é a mesma do Present
Continuous, Só muda o Verbo To Be no passado (was/were)

 I was talking to you. [Eu estava falando com você.] Commented [SKFd53]: Verbo com ING.

 You were sleeping when I arrived. [Você estava dormindo quando eu


cheguei.]
 He was singing in the shower. [Ele estava cantando no chuveiro.]
 She was sitting in the café. [Ela estava sentada no café.]
 It was raining when you left the house. [Estava chovendo quando você saiu
de casa.]
73
 We were trying very hard. [Nós estávamos nos esforçando muito.]
 You were watching television when I called you. [Vocês estavam assistindo
televisão quando eu liguei para vocês.]

21.2. Negative form

sujeito + was / were (verbo be no passado) + not + verbo principal + ing + complemento

 I wasn’t talking to you. [Eu não estava falando com você.]


 You weren’t sleeping when I arrived. [Você não estava dormindo quando eu
cheguei.]
 He wasn’t singing in the shower. [Ele não estava cantando no chuveiro.]
 She wasn’t sitting in the café. [Ela não estava sentando no café.]
 It wasn’t raining when you left the house. [Não estava chovendo quando você saiu
de casa.]
 We weren’t trying very hard. [Nós não estávamos esforçando muito]
 You weren’t watching television when I called you. [Você não estava assistindo
televisão quando eu te liguei.]
 They weren’t driving fast when the accident happened. [Eles não estavam dirigindo
rapidamente quando o acidente aconteceu.]

21.3. Interrogative form

Was / Were (verbo be no passado) + sujeito + verbo principal + ing + complemento Commented [SKFd54]: Início da Frase com o Verbo
Auxiliar To Be no passado.

 Was I talking to you? [Eu estava falando com você?]


 Were you writing the report when the electricity went off? [Você estava escrevendo
o relatório quando a luz foi embora?]
 Was he singing in the shower? [Ele estava cantando no chuveiro?]
 Was she sitting in the café? [Ela estava sentando no café?]
 Was it raining when you left the house? [Estava chovendo quando você saiu de
casa?]
 Were we trying very hard? [Nós estávamos esforçando muito?]

74
 Were you watching television when I called you? [Vocês estavam assistindo
televisão quando liguei para vocês?]
 Were they driving fast when the accident happened? [Eles estavam dirigindo
rapidamente quando o acidente aconteceu?]

21.4. Past Continuous x Past Simple


Apesar de ambos representarem um tempo passado, quando utilizado juntos, o Past
Continuous é considerado “mais passado” que o Passado Simples. Pode parecer estranho, mas
quando analisamos duas sentenças com esses tempos verbais é mais fácil de compreender:

 I was taking a shower. [Eu estava tomando banho.]


 The telephone rang. [O telefone tocou.]
 I was taking a shower when the telephone rang. [Eu estava tomando banho quando o
telefone tocou.]

Através do exemplo acima, conseguimos perceber que o ato de tomar banho já estava
ocorrendo no momento em que o telefone tocou, portanto é “mais passado” por ter se iniciado
antes.
O Past Continuous é mais utilizado como plano de fundo, ou de importância secundária em
relação ao Passado Simples. É muito comum o uso do Past Progressive para contar histórias,
em que são relatadas várias ações em sequência no passado, para dar uma ideia de uma ação
sendo interrompida pela outra (neste caso, o Past Simple sempre interrompe o Past Continuous).
Para isto, é necessário utilizar as conjunções when e while para ligar as ações com tempos
verbais diferentes: when será sempre utilizado para introduzir uma oração no Past Simple e while
para uma oração no Past Continuous. Não importa a ordem das orações na frase, o que não
pode se alterar é a posição do whene do while:

 You called me. [Você me ligou.]


 I was going to the doctor. [Eu estava indo ao médico]
 I was going to the doctor when you called me. [Eu estava indo ao médico quando você
me ligou.]
 When you called me, I was going to the doctor. [Quando você me ligou, eu estava indo
ao médico.]

75
 You called me while I was going to the doctor. [Você me ligou enquanto eu estava indo
ao médico.]
 While I was going to the doctor, you called me. [Enquanto eu estava indo ao médico,
você me ligou.]

Observação
Por se tratar de orações com tempos verbais diferentes, elas precisam ser separadas
de alguma forma, seja através de when e while, seja através de vírgula. Portanto, se iniciar
a oração com uma das duas conjunções, separe as orações com vírgula.

 I arrived home. [Eu cheguei em casa.]


 They were studying. [Eles estavam estudando.]

Separação de orações com conjunção:


 They were studying when I arrived home. [Eles estavam estudando quando
eu cheguei em casa.]
 I arrived home while they were studying. [Eu cheguei em casa enquanto eles
estavam estudando.]

Separação de orações com vírgula:


 When I arrived home, they were studying. [Quando eu cheguei em casa, eles
estavam estudando.]
 While they were studying, I arrived home. [Enquanto eles estavam estudando,
eu cheguei em casa.]

O Past Continuous pode, ocasionalmente, ser usado para enfatizar um processo em


andamento ou desenvolvimento no passado. Portanto, nestes casos, o uso do stative
verb no contínuo é aceito:
We had a pleasant ride back. I was liking James more and more and he was very
attentive to me, showing very clearly how much he enjoyed my visits to his home. [Nós
fizemos uma agradável viagem de volta. Eu estava gostando do James mais e mais e ele
era muito atencioso comigo, mostrando muito claramente o quanto ele apreciava minhas
visitas à sua casa.]

76
22. SIMPLE FUTURE
O Simple Future (Futuro Simples) é um tempo verbal usado para expressar ações futuras que
irão ocorrer, ou seja, que ainda não aconteceram. Ele pode indicar uma decisão que está sendo
tomada no ato da fala. Além disso, pode expressar um pedido, uma promessa, um aviso, um
convite e uma oferta.
Por esse motivo, algumas expressões de tempo são utilizadas com esse tipo verbal, por
exemplo:
 tomorrow (amanhã)
 soon (em breve)
 the day after tomorrow (depois de amanhã)
 next week (próxima semana)
 next month (próximo mês)
 next weekend (próximo final de semana)
 next year (próximo ano)
 in a few days (em poucos dias)
 in a short time (em um curto período de tempo)
 in hours (em horas)

77
22.1. Affirmative form

Sujeito + verbo be (am / is / are) + going to + verbo principal (infinitivo sem o to) +
complemento

Sujeito + will + verbo principal (inifintivo sem o to) + complemento

22.2. Negative form

sujeito + verbo be + not (‘m not / isn’t / aren’t) + going to + verbo principal (infinitivo sem Commented [SKFd55]: Quando utilizado o going to,
precisa do Verbo TO BE para receber o not.
o to) + complemento
sujeito + will not (won’t) + verbo principal (infinitvo sem o to) + complemento Commented [SKFd56]: Will tem força o suficiente para
receber o NOT, não precisando do Verbo TO BE.

22.3. Interrogative form

Verbo be (Am / Is / Are) + sujeito + verbo principal (infinitivo sem o to) + complemento
Will + sujeito + verbo principal (infinitivo sem o to) + complemento

Exemplos

 I will discover that when I get there. [Eu descobrirei isso quando eu chegar lá.]
 I am not going to drink homemade wine. [Eu não estou indo beber vinho caseiro.]
 Will you stay here? [Você ficará aqui?]

78
22.4. Algumas particularidades

22.4.1. Will
É usado para expressarmos uma ideia de futuro que muitas vezes dá a impressão se
ser incerto, decidido na hora da fala. Porém, há situações em que esta incerteza não
existe, tudo vai depender do contexto.

Exemplos:

 I will drop by to see her. (Vou passar lá pra vê-la.) – Forma afirmativa.
 They’ll have a party. (Elas vão fazer uma festa.) – Forma contraída
afirmativa.
 Will you ring her? (Você vai ligar pra ela?) – Forma interrogativa.
 We won’t miss school. (A gente não vai faltar a aula.) – forma negativa
contraída mais comum.

22.4.2. Going To Commented [SKFd57]: Utilizado para situações


planejadas, concretas, por exemplo:
É usado para descrevermos uma ação futura que pode já estar planejada, pensada I am going to work tomorrow

e certa de acontecer.

Exemplos:

 I’m going to try my best. (Vou fazer o possível.) – Forma afirmativa.


 He isn’t going to fire you. (Ele não vai te demitir.) – Forma negativa contraída.
 Are they going to see the patients? (Eles vão atender os pacientes?) – Forma
interrogativa.

79
22.4.3. Future with “-ing” Commented [SKFd58]: Foi visto um pouco disso no
Present Continuous
É usado para ações já planejadas. Principalmente com os verbos: come, go, begin,
start, finish, have.

Exemplos:

 We’re having a party tomorrow. (A gente vai fazer uma festa amanhã.)
 He isn’t coming today. (Ele não vem hoje.)
 Are they coming for dinner? (Elas vem pro jantar?)

22.4.4. Future with “shall” Commented [SKFd59]: Forma mais formal para se utilizar
o WILL, utilizado nos pronomes I/WE.
Usado depois de I/we basicamente no mesmo contexto de “will”. Porém menos
comum e muito mais formal.

Exemplos:

 I shall visit my mother. (Visitarei minha mãe.)


 We shall choose a new president in 2010. (Nós escolheremos um novo
presidente em 2010.)

80
23. FUTURE CONTINUOUS Commented [KS60]: Utilizado para demonstrar ações em
cursos ou simultaneamente em um determinado futuro.
O que você acha que vai estar fazendo agora? Você vai estar estudando ou vai estar lendo?
Porque agora, neste artigo, eu vou estar falando de algo que já deve estar te irritando desde a
primeira frase que escrevi: o controverso Future Continuous(Futuro Contínuo).
Você sabe para que ele serve? Como utilizamos? E qual a ligação dele com o gerundismo
da língua portuguesa?
O que é o Futuro Contínuo?

O Futuro Contínuo (Futuro Progressivo, Future Continuous ou Future Progressive) é um


tempo verbal que tem a função de descrever uma ação que está em curso ou simultânea a outra
ação em um momento determinado do futuro. Observe: Commented [KS61]: Temos um determinado futuro e
colocamos uma ação que está em curso ou simultânea a
outra ação. Ex:
Na quinta feira que vem, enquanto você estará na escola eu
vou estar assistindo TV.
 At 8am tomorrow, I’ll be at the office. [Às oito da manhã de amanhã, eu estarei no
escritório.]
 At 8am tomorrow, I’ll be working at the office. [Às oito da manhã de amanhã, eu estarei Commented [KS62]: Temos um determinado futuro
Commented [KS63]: Temos a ação em curso
trabalhando no escritório.]

Enquanto a primeira sentença relata apenas um possível fato futuro (o de estar no escritório
em um certo horário), a segunda sentença descreve qual ação será realizada durante (ou por
volta) um determinado momento futuro. Logo, a primeira sentença está no Futuro Simples e a
segunda no Futuro Progressivo.

81
23.1. Affirmative form

sujeito + will + be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS64]: Diferente do Simple Future o
Continuous tem a presença da PALAVRA “BE” depois do will.
Commented [KS65]: Verbo principal com acréscimo de -ing

 I will be eating with Jane this evening. [Eu estarei comendo com a Jane nesta noite.]
 You will be waiting for her when her plane arrives tonight. [Você estará esperando por
ela quando seu vôo chegar hoje à noite.]
 He will be baking a birthday cake. [Ele estará assando um bolo de aniversário.]
 She will be getting married very soon. [Ela estará se casando muito em breve.]
 It will be sleeping now. [Ele estará dormindo agora.]
 We will be sitting in front of my TV. [Estaremos sentando na frente da minha TV.]
 You will be using the screwdriver. [Você estará usando a chave de fenda.]
 They will be having supper tomorrow before 8 o’clock. [Eles estarão fazendo ceia
amanhã antes das oito horas.]

23.2. Negative form

sujeito + will + not + be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS66]: Continua o Will recebendo o NOT.
Commented [KS67]: Verbo principal continua recebendo o
-ing

 I won’t be eating with Jane this evening. [Eu não estarei comendo com a Jane nesta
noite.]
 You won’t be waiting for her when her plane arrives tonight. [Você não estará
esperando por ela quando seu vôo chegar hoje à noite.]
 He won’t be baking a birthday cake. [Ele não estará assando um bolo de aniversário.]
 She won’t be getting married very soon. [Ela não estará se casando muito em breve.]
 It won’t be sleeping now. [Ele não estará dormindo agora.]
 We won’t be sitting in front of my TV. [Nós não estaremos sentando na frente da minha
TV.]
 You won’t be using the screwdriver. [Você não estará usando a chave de fenda.]
 They won’t be having supper tomorrow before 8 o’clock. [Eles não estarão fazendo
ceia amanhã antes das oito horas.]

82
23.3. Interrogative form

Will + sujeito + be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS68]: Will troca de lugar com o sujeito,
porém o BE permanece antes do verbo principal.

 Will I be eating with Jane this evening? [Eu estarei comendo com a Jane nesta
noite?]
 Will you be waiting for her when her plane arrives tonight? [Você estará esperando
por ela quando seu vôo chegar hoje à noite?]
 Will he be baking a birthday cake? [Ele estará assando um bolo de aniversário?]
 Will she be getting married soon? [Ela estará se casando em breve?]
 Will it be sleeping now? [Ele estará dormindo agora?]
 Will we be sitting in front of my TV? [Nós estaremos sentando na frente da minha
TV?]
 Will you be using the screwdriver? [Você estará usando a chave de fenda?]
 Will they be having supper tomorrow before 8 o’clock? [Eles estarão fazendo ceia
amanhã antes das oito horas?]

23.4. Expressões de tempo geralmente utilizadas

 All morning / afternoon / night [A manhã / tarde / noite inteira]


 At 5 o’clock / night [Às 5 horas / à noite]
 In the morning / afternoon / evening [De manhã / tarde / noite]
 Next time / day / week / month / year [Próxima vez / dia / semana / mês / ano]
 The day after tomorrow. [Depois de amanhã]
 This time next week. [Essa hora semana que vem]
 This time tomorrow. [Essa hora amanhã]
 Tomorrow [Amanhã]
 Tonight [Hoje à noite]
 When [Quando]
 While [Enquanto]

83
Exemplos

 I will be waiting for you when your bus arrives. [Eu estarei esperando por
você quando seu ônibus chegar.]
 Next Monday you will be working in your new job. [Na próxima segunda você
estará trabalhando no seu novo emprego.]
 This time tomorrow I will be lying on the beach. [Essa hora amanhã eu
estarei deitando na praia.]
 Tonight at 6 PM, I will be eating dinner. [Hoje à noite às seis horas, você
estará comendo o jantar.]
 While Ellen is reading, Tim will be watching television. [Enquanto a Ellen
está lendo, Tim estará assistindo televisão.]

23.5. Usos do Future Continuous

 Para falar de algo que estará em progresso em uma hora futura ou por volta de
uma hora no futuro.
 Para projetar a nós mesmos no futuro.
 Para prever ou adivinhar acontecimentos futuros.
 Para perguntar educadamente sobre o futuro.
 Para referir a eventos futuros que nós esperamos que aconteçam.
 Para referir a acontecimentos que já estão acontecendo agora e que esperamos
que continue ocorrendo dentro de um certo tempo no futuro, quando utilizado junto
com still.

Exemplos

 At midnight tonight, we will still be driving through the desert. [À meia noite
de hoje, nós ainda estaremos dirigindo pelo deserto.]
 He’ll be coming to the meeting, I expect. [Ele estará vindo para a reunião, eu
espero.]
 I will be watching TV when she arrives tonight. [Eu estarei assistindo TV
quando ela chegar hoje à noite.]

84
 I‘ll be seeing Jim at the conference next week. [Eu estarei vendo o Jim na
conferência na semana que vem.]
 In an hour I’ll still be ironing my clothes. [Em uma hora eu ainda estarei
passando minhas roupas.]
 This time next week I will be sunbathing in Bali. [Essa hora semana que vem
eu estarei brozeando em Bali.]
 Tonight, they will be eating dinner, discussing their plans, and having a good
time. [Hoje à noite, eles estarão comendo o jantar, discutindo seus planos e
se divertindo.]
 Will you be bringing your friend to the pub tonight? [Você estará trazendo
seu amigo para o pub hoje à noite?]

85
24. FUTURE CONTINUOUS X GERUND
No Gerúndio, utilizamos apenas um verbo auxiliar (ser ou estar) e um outro verbo com o
sufixo -endo, -ando ou -indo. O gerúndio pode ser utilizado no presente, passado ou futuro
da língua portuguesa. No futuro, é utilizado para exprimir uma ação em curso ou simultânea:

 Eu estarei estudando na manhã de quinta-feira. / Eu vou estar estudando na manhã


de quinta-feira. [I will be studying on Thursday morning.]
 Eu estarei lendo enquanto eles conversam. / Eu vou estar lendo enquanto eles
conversam. [I will be reading when they talk.]

Ambas as construções com um ou dois auxiliares estão corretas, pois preenchem os


requisitos do gerúndio. Contudo, nem sempre que se usa dois auxiliares para formar um
gerúndio futuro está correto. As construções “erradas” são chamadas de Gerundismo.
O Gerundismo é o uso inadequado do gerúndio na língua portuguesa, pois, no lugar
de usar a construção comum, inspira-se no Future Continuous do inglês e utiliza mais de
um auxiliar. É considerado um vício de linguagem (por ora, incorreto), pois não atende aos
requisitos do gerúndio (que é uma ação em curso ou simultânea), portanto, a construção soa
cacofônica:

 Eu vou estar transferindo a ligação.


 Eu vou estar viajando para Nova Iorque.
 Eu vou estar verificando o seu cadastro.

Para todas as ações acima, o futuro simples seria adequado, pois não há ideia de ação
em curso ou simultaneidade de ações:

 Eu vou transferir sua ligação. [I will transfer your call.]


 Eu viajarei para Nova York. [I will travel to NY.]
 Eu vou verificar seu cadastro. [I will check your registration.]

Ao traduzir frases do Future Continuous pode-se ter duas construções diferentes e


corretas. Mas, cuidado na hora de passar o gerundismo do português para inglês, pois
geralmente a construção será traduzida para o Futuro Simples.

86
24.1. Observação
Acredita-se que a origem do gerundismo da língua portuguesa tenha se originado
realmente do Future Continuous da língua inglesa. As empresas de callcenter e telemarketing
surgiram originalmente nos Estados Unidos e, quando o modelo de negócio foi trazido para
o Brasil os manuais em inglês com instruções e falas dos atendentes vieram em inglês. Pode
ser que, na tradução do Future Continuous para o português, o excesso de construções
desnecessárias no gerúndio foram surgindo e com o passar do tempo, foram incorporadas
ao vocabulário desses atendentes.

24.2. Verbos que não são utilizados no Future Continuous


Alguns verbos da língua inglesa não são utilizados em nenhum tempo contínuo, pois, em
função de representarem um estado (ou é/está ou não é/está) não se adequam à ideia de
ação em progresso. Chamamos estes verbos de Stative Verbs:

 Believe [acreditar]
 Belong [pertencer]
 Consist [consistir]
 Contain [conter]
 Dislike [não gostar]
 Fit [caber]
 Hate [odiar]
 Have to [ter que]
 Know [conhecer]
 Like [gostar]
 Mean [significar]
 Need [precisar]
 Prefer [preferir]
 Realize [perceber]
 Remember [recordar]
 Seem [parecer]
 Smell [cheirar]
 Suppose [supor]
 Taste [provar]
 Think [pensar]
87
 Understand [entender]
 Want [querer]

88
25. PRESENT PERFECT Commented [KS69]: Conexão Passado x Presente

O Present Perfect or Present Perfect Simple (Presente Perfeito ou Presente Perfeito Simples)
é um tempo verbal que expressa ações influenciadas pelo presente. Note que essas ações ainda
estão acontecendo ou pararam recentemente.
Ou seja, ele pode ser usado para indicar ações que começaram no passado e se prolongam
até o presente.
É muito comum incluir algumas palavras que indiquem o tempo (podem ser advérbios) em
que se passaram as ações, sendo que as mais utilizadas são:
 already (já)
 yet (já; ainda)
 ever (já; alguma vez)
 just (há pouco; agora mesmo)
 never (nunca)
 always (sempre)
 lately (ultimamente)
 often (normalmente)
 recently (recentemente)
 frequently (frequentemente)

No português, não há nenhum tempo verbal equivalente a ele. Por esse motivo, há muita
confusão quando vamos aprendê-lo.
Comecemos com alguns exemplos:

 I have lost my car keys. (Perdi as chaves do meu carro. Não estou com elas agora, Commented [KS70]: Uma situação que a pessoa precisa
entrar no carro porém não encontra as chaves no momento.
Diferente de: I lost my car Keys, onde se imagina que a chave
portanto não posso entrar no carro.) foi realmente perdida.

 Have you done your homework? (Fizeram a tarefa? – Pergunta a professora querendo
ver a tarefa feita agora.)
 I have broken a glass. (Quebrei um copo. Há cacos de vidro por todos os lugares.)
 Why can’t John buy that new car? – He has lost his job. (Por que John não pode
comprar aquele carro novo? – Ele perdeu seu emprego. Agora não tem dinheiro para
comprar o carro.)
 We have had a disagreement. [Nós tivemos uma desavença.]
 Have you been sick? [Você esteve doente?]

89
Antes de começarmos o estudo do Present Perfect, precisamos entender o Past Participle.

25.1. Past Participle


Em português o Particípio é juntamente com o infinitivo e o gerúndio, é uma das chamadas
formas nominais do verbo. É chamado assim por não apresentar nenhuma desinência modo-
temporal ou número-pessoal. É uma forma mais fixa, usada para todas as pessoas, e
flexionando-se em gênero e número, assemelhando-se mais com um adjetivo do que com
uma forma verbal. Mais um motivo para ser chamado de forma nominal.

Nas suas formas regulares, o particípio termina em ADO(a) ou IDO(a).


Exemplos:

 CAMINHAR – CAMINHADO
Nós já tínhamos caminhado pela manhã.
 COMER – COMIDO
O rapaz tinha comido tudo que restara.
 PARTIR – PARTIDO
Ele tinha partido pela manhã, cedinho, antes que todos acordassem.

Em português possui os verbos irregulares do particípio como por exemplo: abrir – aberto;
cobrir – coberto, etc.

Bom conceito básido do Past Simple explicado, vamos voltar ao Present Perfect.

90
25.2. Estrutura Present Perfect
O Present Perfect Simple é formado pelo verbo auxiliar to have (have / has) conjugado
no simple present (presente simples) + o past participle (particípio passado) do verbo
principal.
Lembre-se que a forma dos verbos no particípio passado segue a estrutura formada pelo
passado dos verbos. Ou seja, para os verbos regulares tem-se o acréscimo de –d, –ed ou
–ied.
Já para os verbos irregulares, as formas modificam bastante, sendo necessário consultar
uma tabela de verbos.

25.2.1. Affirmative form


Para a construção de frases afirmativas no present perfect simple, utiliza-se a
seguinte estrutura:

Sujeito + verbo auxiliar to have + verbo principal + complemento Commented [KS71]: No Simple Present
Commented [KS72]: No Past Participle

Exemplo: My parents have been to Portugal three times. (Meus pais tem estado em
Portugal três vezes)

Obs: É possível encontrar o verbo to have na forma contraída:

 I have (I’ve)
 You have (You’ve)
 He/She/It has (He’s/ She’s/It’s) Commented [KS73]: Forma contraída do Has é igual a
contraída do Verbo To Be no presente simples.
 We have (We’ve)
 You have (You’ve)
 They have (They’ve)

91
25.2.2. Negative form
As frases negativas no present perfect simple incluem o “not” após o verbo auxiliar,
sendo estruturadas da seguinte forma:

Sujeito + verbo auxiliar to have + not + verbo principal + complemento Commented [KS74]: No Simple Present
Commented [KS75]: No Past Participle

Exemplo: My parents have not been to Portugal three times. (Meus pais não tem
estado em Portugal três vezes)

Obs: Na forma negativa também há a contração do verbo to have com o not:


 I have not (I haven’t)
 You have not (You haven’t)
 He / She / It has not (He / She / It hasn’t)
 We have not (We haven’t)
 You have not (You haven’t)
 They have not (They haven’t)

25.2.3. Interrogative form

Para fazer perguntas no present perfect simple, é necessário inverter a ordem do


verbo auxiliar na frase. Ou seja, ele aparece antes do sujeito. Sua forma é dada pela
seguinte estrutura:

Verbo auxiliar to have + sujeito + verbo principal + complemento Commented [KS76]: No Simple Present
Commented [KS77]: No Past Participle

Exemplo: Have my parents been to Portugal three times? (Meus pais tem estado em
Portugal três vezes?)

92
26. PRESENT PERFECT CONTINUOUS
O Present Perfect Continuous or Progressive (Presente Perfeito Contínuo ou Progressivo) é
um tempo verbal do inglês que expressa ações contínuas desde o passado até o presente.
Ou seja, ele indica ações que ainda estão inacabadas e que terminaram há pouco tempo.

26.1. Estrutura do Present Perfect Continuous


O Present Perfect Continuous é formado pelo verbo to have (have / has) conjugado no
simple present (presente simples) + o verbo TO BE conjugado no present perfect (presente
perfeito) + verbo principal (no gerúndio -ing).

26.1.1. Affirmative form


Para construir frases afirmativas no present perfect continuous segue-se a estrutura:

Sujeito + verbo to have + verbo to be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS78]: No Simple Present
Commented [KS79]: No Present Perfect

Exemplo: He has been working all day. (Ele tem estado a trabalhar o dia todo)

26.1.2. Negative form


Para construir frases afirmativas no present perfect continuous acrescenta-se o “not”
após o verbo to have:

Sujeito + verbo to have + not + verbo to be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS80]: No Simple Present
Commented [KS81]: No Present Perfect

Exemplo: He has not been working all day. (Ele não tem estado a trabalhar o dia
todo)

93
Obs: Na forma negativa, o verbo to have pode aparecer na forma contraída com o
“not”:

 I have not (I haven’t)


 You have not (You haven’t)
 He/She/It not (He/She/It hasn’t)
 We have not (We haven’t)
 You have not (You haven’t)
 They have not (They haven’t)

26.1.3. Interrogative form


Na forma interrogativa, ou seja, para fazer perguntas no presente perfect continuous,
o verbo to have vem antes do sujeito:

Verbo to have + sujeito + verbo to be + verbo principal + ing + complemento Commented [KS82]: No Simple Present
Commented [KS83]: No Present Perfect

Exemplo: Has he been working all day? (Ele tem estado a trabalhar o dia todo?)

94
27. PRESENT PERFECT X PRESENT PERFECT CONTINUOUS
Há muita confusão no uso do present perfect simple e do present perfect continuous. Veja
abaixo as diferenças:

Present Perfect Simple: trata-se de uma ação que já foi concluída ou que é permanente.
Ele é formado pelo verbo auxiliar to have (have / has) conjugado no simple present (presente
simples) + past participle (particípio passado) do verbo principal.

Exemplo: I have worked on a new project. (Eu tenho trabalhado em um novo projeto)

Present Perfect Continuous: trata-se de uma ação que não foi concluída, ou seja, que ainda
está acontecendo. Ele é formado pelo verbo to have (have / has) conjugado no simple present
(presente simples) + o verbo to be conjugado no present perfect (presente perfeito) + o gerúndio
(-ing) do verbo principal.

Exemplo: I have been working on a new project. (Eu tenho estado a trabalhar em um novo
projeto.)

95
28. PAST PERFECT

O Past Perfect ou Past Perfect Simple (Passado Perfeito ou Passado Perfeito Simples) é um
tempo verbal usado para expressar ações passadas que aconteceram antes de outra ação que
também ocorrera no passado.
Nesse tempo verbal é comum as frases serem formadas por alguns advérbios. Os mais
utilizados são: when (quando), just (há pouco; agora mesmo), already (já), by the time (até o
momento), ever (já; alguma vez), never (nunca), before (antes), after (depois), etc.

28.1. x
28.2. x
28.3. x
28.4. x
28.5. x
28.6. x
28.7. x
28.8. x
28.9. x
28.10. x
28.11. x
28.12. x
28.13. x

96
29. Wh QUESTIONS
As perguntas com Wh ou Wh questions são perguntas abertas, isto é, usadas quando não se
pede repostas do tipo sim ou não. As respostas às perguntas com Wh ou Wh questions trazem
mais informações sobre o assunto tratado. As perguntas com Wh ou Wh questions podem ser
usadas em qualquer tempo verbal e começam com advérbios que iniciam ou contêm as letras
wh:
WH SIGNIFICADO
1 When Quando
2 Where Onde, De onde
3 Why Por que
4 What O que, Qual
5 What time Que horas
6 Who Quem
7 How Como

29.1. Estruturas:
Perguntas com Wh, tem uma estrutura “padrão” para se formar as frases interrogativas,
porém depende muito do contexto, abaixo vamos estudar como formar as Wh Questions.

29.1.1. Simple Present: Verbo TO BE

Wh + TO BE + Sujeito + Complemento Commented [KS84]: Estrutura de perguntas do Verbo To


Be, apenas acrescentou o Wh antes

WH TO BE SUJEITO COMPLEMENTO
When Is - the party?
Where Are you from?
Why Is she here?
What Is - this?
What time Is it?
Who Is that?
How Are you?

97
29.1.2. Simple Present: Verbo aux DO

Wh + Verbo Aux (DO) + Sujeito + Verbo Principal + Complemento Commented [KS85]: No infinitivo sem o to
Commented [KS86]: Estrutura de perguntas no Simple
Present, apenas acrescentou o Wh antes.

WH VERBO AUX SUJEITO VERBO PRINC. COMPL.


When Do we meet?
Where Do I park?
Why Do they study here?
What Do you do?
What time Does she go to school?
Who Do you live with?
how Does he go to work?

29.1.3. Present Continuos: Verbo TO BE

Wh + Verbo TO BE + Sujeito + Verbo Principal + ing + Complemento Commented [KS87]: Verbo com acréscimo de -ing
Commented [KS88]: Estrutura de perguntas no Simple
Present, apenas acrescentou o Wh antes.

WH TO BE SUJEITO VERBO + ing COMPL.


When are we telling stories?
Where are they reading books?
Why is he eating with her?
What are you doing?
Who Is she meeting in their house?
how are you cooking?

29.1.4. Past Simple: Verbo TO BE

Wh + TO BE (Past) + Sujeito + Verbo/Complemento Commented [KS89]: No infinitivo sem o to.


Commented [KS90]: Estrutura de perguntas do Verbo To
Be no simple past, apenas acrescentou o Wh antes

WH TO BE (Past) SUJEITO COMPLEMENTO


When was he born?
Where was the brown cat?
Why was she abscent?
What was the picture like?
What time were they born?
Who were your friends at school?
How was she?

98
29.1.5. Past Simple: Verbo aux (DID)

Wh + Verbo Aux (DID) + Sujeito + Verbo Principal + Complemento Commented [KS91]: No infinitivo sem o to
Commented [KS92]: Estrutura de perguntas no Past
Simple, apenas acrescentou o Wh antes.

WH VERBO AUX SUJEITO VERBO PRINC. COMPL.


When Did we meet last month?
Where Did he go last week?
Why Did they buy a bicycle?
What Did you play yesterday
What time Did she go to school?
Who Did James visit 3 years ago?
how Did he go to shopping?

29.1.6. Past Continuous: TO BE + ING no verbo princ.

Wh + TO BE (past) + Sujeito + Verbo Principal + ing + complemento Commented [KS93]: Verbo principal com -ing
Commented [KS94]: Estrutura de perguntas do Past
continuous, com acréscimo do Wh.

WH TO BE (past) SUJEITO VERBO PRINC. COMPL.


When was I reading yesterday?
Where were they eating?
Why was she cooking on holiday?
What were you doing last sunday?
Who were you meeting yesterday?
How was he sleeping during the test?

29.1.7. Simple Future: Will

Wh + Verbo Aux (WILL) + Sujeito + Verbo Principal + Complemento Commented [KS95]: No infinitivo sem o to.
Commented [KS96]: Estrutura de perguntas no Simple
Future, apenas acrescentou o Wh antes.

WH VERBO AUX SUJEITO VERBO PRINC. COMPL.


When Will we eat soon?
Where Will they have lunch today?
Why Will you tell your parentes?
What Will you do?
What time Will we play tennis?
Who Will you see in the NY?
How many times Will you read that email?

99
29.1.8. Simple Future: Going to

Wh + Verbo TO BE + Sujeito + Going To + Verbo /complemento Commented [KS97]: No infinitivo sem o to.
Commented [KS98]: Estrutura de perguntas do Future with
going to, acrescentando o Wh antes.

WH VERBO TO BE SUJEITO GOING TO VERBO/ Comple.


When am I going to eat?
Where are they going to have lunch today?
Why is he going to sleep?
What am I going to read?
What time are you going to the gym?
Who is she going to see?
How are you going to ski?

29.1.9. Future Continuous: Will Be

Wh + Verbo Aux (WILL) + Sujeito + BE + Verbo Principal + Complemento Commented [KS99]: Estrutura de perguntas no Future
Continuous, apenas acrescentou o Wh antes.

WH VERBO WILL SUJEITO BE VERBO PRINC. COMPL.


When Will we be reading tomorrow?
Where Will they be eating?
Why Will she be cooking on holiday?
What Will you be doing in 5 years
Who Will you be meeting in the party?
How Will he be skiing?

29.1.10. X
29.1.11. X
29.1.12. X
29.1.13. x

100
30. PREPOSITIONS
Hey you, what’s up? Se existe uma matéria na gramática da língua inglesa que causa dúvidas
é a tal da preposição. Não interessa em qual nível estamos, do iniciante ao fluente, as
preposições costumam assombrar até os falantes nativos.
Mas vamos combinar, até em português as preposições são traiçoeiras. Imagine quantos
restaurantes já se confundiram sobre entregar “à domicílio” ou “em domicílio”.
Que preposições podem confundir isso você já sabe, mas o que elas são? Para que servem?
Quais são os tipos? De que vivem? Do que se alimentam? Bom, é o que tentarei explicar para
você neste guia.

30.1. Conceitos Básicos


Antes de mais nada, é preciso entender alguns conceitos básicos.
Na língua inglesa, dividimos as palavras no que chamamos de content words e
grammatical words. Meu Deus, já não basta preposição e ainda tem que aprender isso.
Vamos lá…
As content words, como o próprio nome diz, são palavras com conteúdo. Não, não quer
dizer que as grammatical words são fúteis e as content words são inteligentes. Em inglês,
palavras com conteúdo são aquelas que representam algum sentido relevante para a frase,
a sua ausência em uma oração mudará a ideia daquela sentença, por exemplo:

We have a dog and its name is Rex. [Eu tenho um cachorro e seu nome é Rex]

Se eu dividisse a oração em duas linhas, qual das duas você entenderia? Confira abaixo:
Linha have dog name Rex
1
Linha I a Its is
2

Eu sei que as duas linhas escritas não fazem lá muito sentido, mas tentemos analisar
mesmo assim, ok? Qual das duas você conseguiu entender algo: a primeira ou a segunda
linha? Com certeza foi a primeira. Por mais que faltem alguns elementos que são importantes
para ligar uma palavra à outra e ter um sentido melhor, na primeira linha você consegue
entender que alguém tem um cachorro e que provavelmente o nome é Rex.

101
Essas palavras da primeira linha são as content words, pois possuem realmente conteúdo
e sentido na frase e, mesmo na ausência de alguns termos, você ainda consegue (mais ou
menos) entender a mensagem, pois elas têm sentido completo por si próprias. No caso da
primeira linha, elas são respectivamente verbo principal (ou seja, verbo com o sentido
essencial) e substantivos. No entanto, as content words se estendem também aos adjetivos
(que dão qualidade a um substantivo) e advérbios (que dão qualidade a um verbo).

Já na segunda linha, pouco pode ser entendido. Na verdade, não faz qualquer sentido,
pois são apenas palavras soltas que precisam de “algo mais” para serem compreendidas,
pois elas não possuem sentido completo por si próprias. Essas são as grammatical words,
ou seja, palavras que servem mais para formar uma estrutura de uma frase do que para dar
conteúdo à ela. A função das grammatical words é de ligar uma content word à outra e assim
tornar uma frase harmônica e de fácil entendimento.

Eu sei que você pode estar se questionando: “Mas sem o ‘eu’ não dá pra saber quem
possui o cachorro, ‘eu’ não deveria ser content word?”, bom, não interessa se sou eu, ele,
ela, nós que possuimos um cachorro. O que interessa é que alguém possui algo (e não
comprou, ganhou, vendeu, apenas tem algo) e neste caso é um cachorro (e não um gato,
uma vaca), e que seu nome é Rex (e não Beethoven). No caso da frase acima, as grammatical
words são pronomes, artigo e verbo auxiliar / ligação (verbos de ligação são verbos que não
apresentam um grande sentido, servem apenas pra ligar um sujeito a um predicado). No
entanto, as grammatical words vão além disso, podem ser também verbos auxiliares (verbos
que não possuem sentido e servem apenas para ajudar o verbo principal) e as benditas
preposições.

Bom, agora que você já sabe o que são content words e grammatical words, podemos
seguir com a programação normal.

30.2. O que são preposições? Commented [KS100]: Constituir uma relação de sentido
entre dois ou mais termos de uma oração.
A preposição, por fazer parte do grupo de grammatical words, não possui um sentido
completo quando isolada. Sua função é de ligar um substantivo, pronome ou noun phrase (ou
seja uma frase constituída de substantivo / nome / pronome + todos os agentes que podem
modificar o sentido das mesmas, como os adjetivos, advérbios, infinitivos e particípios) às
outras partes da oração e assim explicar qual tipo de relação esse substantivo / pronome
/ noun phrase tem com essas outras partes.
102
Ah, e atenção! A palavra preposição (preposition) significa “posição prévia”, portanto, elas
precederão os substantivos / pronomes / noun phrase que estão estabelecendo essa relação
de sentido.

30.3. Quais são os tipos de preposições?


Como a função da preposição é constituir uma relação de sentido entre dois ou mais
termos de uma oração, há quatro tipos de sentido que um pronome pode estabelecer:

 Tempo ou Duração
 Lugar ou Posição
 Direção ou Movimento
 Relação Lógica Geral

Não se preocupe, você não terá que desvendá-los sozinho. Se prepare, pois expliquei
cada um aqui nos tópicos abaixo.

30.3.1. Preposições de tempo


A função dessas preposições é de estabelecer uma relação de tempo ou duração
entre os termos.

 About – alguma coisa próxima ou aproximada; acerca de, por volta de.
I told them about a week ago. [Eu disse a eles por volta de uma semana atrás.]

 After – um tempo que é mais tarde que outro tempo; depois, após.
After he left, she lifted one of the suitcases and placed it on the bed. [Depois
que ele partiu, ela levantou uma das maletas e colocou em cima da cama.]

 At – mostrar que alguma coisa está acontecendo; à, às, no, na, em.
The game starts at 5pm. [O jogo começa às 5 da tarde.]

103
 Before – um tempo anterior; antes.
Besides, it was time to replace some of the things she’d been wearing since
before they were married. [Além disso, era hora de substituir algumas das
coisas que ela vinha usando desde antes deles terem se casado.]

 By – durante o tempo de algo; por, pelo, pela.


I thought maybe by now you would have adjusted. [Eu achei que talvez por
agora você teria adaptado.]

 During – ao longo de todo um tempo ou um ponto específico ao longo de todo


um tempo; durante.
Jackie was born during a blizzard. [Jackie nasceu durante uma tempestade de
neve.]

 For – em um tempo específico; por, durante.


They were both silent for a few minutes. [Eles ficaram ambos em silêncio por
alguns minutos.]

 From – o ponto de início; de.


He worked from eight to six. [Ele trabalhou das oito as seis.]

 In – durante o curso de algo; em, no, na.


People are so elegant in the winter. [As pessoas são tão elegantes no inverno.]

 On – no ou durante o tempo de algo; em, no, na.


I’m going to meet the love of my life on Monday. [Eu vou conhecer o amor da
minha vida na segunda-feira.]

 Over – mais, em excesso ou além de algo; mais de, acima.


I’ve been picked over six years, but our family is known to be especially long
lived. [Eu sou examinado há mais de seis anos, mas nossa família é
especialmente conhecida por viver por muito tempo.]

104
 Past – o tempo que passou; passados, depois, após.
They will stay here until about half past two on the morning of August 14th.
[Eles ficarão aqui até por volta das duas e meia da manhã do dia 14 de abril.]

 Since – em algum ou em qualquer momento entre antes e agora; desde.


Some stocks pay dividends very regularly: Coca Cola, for instance, has paid a
dividend every year since 1920. [Algumas ações pagam seus dividendos
regularmente: a Coca-cola, por exemplo, paga seu dividendo todo ano desde
1921.

 To – antes de um tempo ou até certo tempo; até.


I have class from 8 to 11:40. [Eu tenho aula das 8 às 11:40.]

 Until / Till – antes ou até um tempo específico ou ocorrência; até.


She can’t leave until Friday. [Ela não pode partir até sexta-feira.]

 Up to – tanto quanto ou não mais que certo ponto; até.


 The kids played up to the dinnertime. [As crianças brincaram até a hora do
jantar.]

 Within – não exceder os limites ou a extensão de tempo; dentro de.


Your order will arrive within two business days. [Seu pedido chegará dentro de
dois dias úteis.]

105
30.3.2. Preposições de Lugar ou posição
A função dessas preposições é estabelecer uma relação de lugar ou posição entre
os termos

 About – aqui e lá, em todas as direções; perto, ao redor.

Looking out, they could see into some of the houses near them, where there
were open windows in abundance, and were able to mark the forms of the
wooden Gargoyles moving about in their dwellings. [Olhando para fora, eles
podiam ver dentro de algumas coisas próximas a eles, onde havia janelas
abertas em abundância, e eram capazes de marcar as formas das gárgulas
movendo em volta em suas habitações.]

 Above – uma coisa que está mais alta em relação à outra; acima.

Before she could capture the drops, he lifted his hand above his head, out of
her reach. [Antes que ela conseguisse agarrar as balas, ele levantou sua mão
acima da sua cabeça, fora do alcance dela.]

 Across – em ou para o outro lado; o outro lado.

She slid into the chair across from Tammy, and Sarah sat down at the other
end of the table. [Ela deslizou na cadeira do outro lado da Tammy, e Sarah
sentou-se no outro canto da mesa.]

 After – anterior ao lugar; atrás.

He has come after me. [Ele veio atrás de mim.]

 Against – em contato com algo; contra, junto de.

He leaned against the tree. [Ele se apoiou na árvore.]

106
 Along – no ou ao lado da extensão de algo, sobre ou por toda a extensão de
algo; o longo de.

There is a lovely beach that stretches miles along the blue Atlantic. [Há uma
adorável praia que se extende por milhas ao longo do Atlântico azul.]

 Among – cercado por algo, incluído em um grupo de algo; entre (várias


coisas).

There’s a pine tree among the cedars. [Há um pinheiro entre os cedros.]

 Around – em círculo, ao longo de uma circunferência; em torno de, ao redor


de.

They were sitting around the fire and trying to keep themselves warm. [Eles
estavam sentados ao redor do fogo e tentando se manterem aquecidos.]

 At – mostrar posição quando é necessário de indicar uma localização mais


precisa; no, na.

Señor Medena met them at the airport. [Senhor Medena encontrou com eles
no aeroporto.]

 Before – adiantado, avançado, adiante; a frente de.

Only because you had the cart before the horse. [Somente porque você
colocou a carroça na frente dos bois.]

 Behind – que está na traseira ou no fundo; trás.

She wanted to show it to the little boy in the seat behind us. [Ela queria mostrá-
lo para o garotinho no assento atrás de nós.]

107
 Below – em ou para um lugar mais baixo; abaixo.

The cliff, as it were, with chalk below and earth above. [O penhasco, como era,
com cal abaixo e terra acima.]

 Beneath – em um lugar mais baixo; abaixo, sob, coberto por, por baixo de.

He was pale beneath the golden skin. [Ele estava pálido por baixo da pele
dourada.]

 Beside – junto a ou no lado de algo; ao lado.

I want a small table beside the bed. [Eu quero uma mesinha ao lado da cama.]

 Between – em ou através do espaço que divide duas coisas; entre (uma coisa
e outra).

Put your head down between your knees. [Coloque sua cabeça para baixo
entre seus joelhos.]

 Beyond – no lado mais afastado de algo; além.

The cattle is beyond the fence. [O gado está para além da cerca.]

 By – próximo em espaço; o lado.

The driver was standing by the car smoking a cigarette as they emerged from
the house. [O motorista estava parado ao lado do carro fumando um cigarro,
no momento que eles emergiram da casa.]

 Close to – perto de algo; próximo a.

The chair was close to the window. [A cadeira estava próximo à janela.]

108
 In – contudo ou incluso em algo, a área do lado de dentro; em, no, na, dentro.

Can you answer the phone that is in my bag, please? [Você pode atender o
telefone que está dentro da minha bolsa, por favor?]

 In front of – encarar algo; na frente de.

I went to a great pub in front of my job yesterday. [Eu fui a um ótimo pub na
frente do meu trabalho ontem.]

 Inside – o interior, a parte interior; o lado de dentro.

Her fingers were cold inside the gloves. [Os dedos dela estavam gelados no
lado de dentro das luvas.]

 Near – em um lugar que não é distante; perto.

Maybe if he saw that she didn’t go near the building, he would relax his guard.
[Talvez se ele visse que ela não foi próximo ao prédio, ele relaxaria sua
guarda.]

 Next to – rente a algo; ao lado.

Carmen grabbed a tissue from the table next to the bed. [Carmen pegou um
lenço de papel na mesa ao lado da cama.]

 Off – de modo a ser ou se manter afastado; fora de, distante.

Well, she’s got something to take her mind off it now. [Bom, ela tem algo para
deixar sua cabeça distante agora.]

109
 On – em contato com a superfície de algo, cobrindo ou anexo; no, na, em cima
de.

I have all of these books on my bed. [Eu tenho todos esses livros em cima da
minha cama.]

 Opposite – colocado ou localizado diretamente do outro lado de uma outra


coisa; oposto a, do outro lado.

Kris sat opposite his brother. [Kris sentou-se do lado oposto ao seu irmão.]

 Outside – o exterior, a parte externa; o lado de fora.

Felipa said it was supposed to be nice outside today. [Felipa disse que hoje
era para estar ótimo do lado de fora.]

 Over – em, na ou para uma posição superior, mais alta que algo; acima, sobre.

The old boat creeps over the water no faster than a snail. [O barco velho rasteja
sobre a água não mais rápido que um caracol.]

 Throughout – através da totalidade de algo; por todo.

The road is kept open throughout the year. [A estrada é mantida aberta por
todo o ano.]

 Under – em, na ou para uma posição mais baixa, inferior a uma superfície;
embaixo.
The gardener put his hand under his cloak and drew out the very bag that the
merchant had lost. [O jardineiro colocou sua mão embaixo de sua capa e
sacou para fora a mesma bolsa que o comerciante havia perdido.]

110
 Underneath – a parte inferior da superfície de algo, no fundo de algo; abaixo,
embaixo.

We looked underneath the table. [Nós olhamos embaixo da mesa.]

30.4. IN X ON X AT
Você pode estar achando estranho ter um tópico apenas para essas três preposições,
sendo que já viu o significado de cada uma, não é?
In, on e at são preposições que merecem uma atenção principal, pois são as mais
utilizadas e, além disso, são usadas e vários contextos diferentes. Dessa forma, aprofundar
mais em cada uma é necessário para que você esteja preparado para utilizá-las em qualquer
ocasião (aliás, nas ocasiões em que são permitidos os usos!).
Essas três preposições estabelecem sentido de tempo ou de lugar e, para cada tipo,
temos pelo menos três usos para cada. Acompanhe:

30.4.1. Tempo

1. In é utilizado para:

 Indicar períodos do dia


 I like playing sports in the morning. [Eu gosto de praticar esportes de
manhã.]

 Indicar mês
 Her party is in June. [A festa dela é em Junho.]

 Indicar estações do ano


 Carol is going to start a new course in the winter. [Carol vai começar um
novo curso no inverno.]

 Indicar ano, década, século ou era


 I wasn’t such a common habit in the 80s. [Não era um hábito tão comum
nos anos 80.]

111
2. On é utilizado para:

 Indicar dia do mês


 Josh is going to celebrate his wedding anniversary on April 5th. [Josh
celebrará seu aniversário de casamento no dia 5 de abril.]

 Indicar dia da semana


 It’s bowling day on Tuesdays and Wednesdays. [É dia de boliche nas
terças e quartas.]

 Indicar data + day


 On Cristmas Day families usually get together. [No dia do Natal as famílias
normalmente se reúnem.]

 Indicar período específico do dia


 I have English class on Tuesday morning. [Eu tenho aula de inglês na
terça de manhã.]

3. At é utilizado para:

 Indicar periodos do dia + time


 We will go shopping at lunchtime. [Nós vamos fazer compras na hora do
almoço.]
 Indicar hora
 The party is at eight o’clock. [A festa é às oito horas.]
 Indicar datas específicas
 At Christmas, families usually get together. [No Natal, as famílias
normalmente se reúnem.]

112
30.4.2. Lugar

1. In é utilizado para:

 Indicar continente
 Germany is in Europe. [A Alemanha fica na Europa.]

 Indicar país
 I live in Brazil. [Eu moro no Brasil.]
 Indicar estado
 There are lots of beaches in Bahia. [Há muitas praias na Bahia.]

 Indicar cidade
 You can find great restaurants in São Paulo. [Você consegue achar ótimos
restaurantes em São Paulo.]

 Indicar bairro
 I would love to live in Chelsea, it’s my favorite neighborhood in New York.
[Eu amaria morar no Chelsea, é o meu bairro favorito em Nova Iorque.]

2. On é utilizado para:

 Indicar nome de rua


 Turn right on Bourke St. [Vire à direita na Bourke St.]

 Indicar avenida
 Her store is on 5th Ave. [A loja dela fica na 5th Ave.]

 Indicar praça
 There are plenty of squirrels on Madison Square Park. [Há muitos esquilos
no Madison Square Park.]

113
3. At é utilizado para:

 Indicar rua com número


 He lives at 78, Flinders St. [Ele mora na 78, Flinders St.]

 Indicar local específico


 Becky’s at the bank. [A Becky está no banco.]

Espero que você tenha gostado desse guia. Domine bem as preposições, pois com
certeza isto irá fazer a diferença nas suas habilidades com o inglês.

114