You are on page 1of 9
PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARABIRA-PB Concurso Publico - 2013 NIVEL SUPERIOR COMPLETO Psicopedagogo EXAME GRAFOTECNICO (Trascreva a frase escrita abaixo no local indicado na sua Folha de Respostas) J ninguém sera submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante” (CF/88) Instrugées para a realizagéo das provas YY Verifique se este caderno contém 40 (quarenta) questBes de miltipla escolha, sendo Portugués de O1 a 1S, Nogdes de Administragiio Publica de 16 a 20 e Conhecimentos Especificos de 21 a 40. Y Observe se hé falhas ou imperfeigbes gréficas que causem dividas. Caso existam, comunique imediatamente a0 Fiscal de Sala, Y Verifique se os dados existentes na folha de resposta conferem com os dados do Cartdo de Inscrigto e da etiqueta afixada na sua carteira Esta prova tem duragao de 4 (quatro) horas, sendo 0 inicio as 08h00, Nao é permitida a safda do candidato antes de esgotado o tempo minimo de 3 (trés) horas. YE vvedado, durante a prova, o intercimbio ou empréstimo de material de qualquer natureza entre os candidatos, bem como 0 uso de celulares, calculadoras e/ou qualquer outro tipo de equipamento eletrdnico. A fraude, ou entativa, a indisciplina e 0 desrespeito as autoridades encarregadas dos trabalhos sfo faltas que candidato, YAssine, 20 sair da sala, a folha de prese ica e entregue 0 seu caderno de provas € a folha de respostas, devidamente assinada, ao Fiscal de Sala uepb Comissta Permanente de Comewnsas UNIVERSIDADE ESTADUAL DAPARAIBA- Zamssde Permanente de Concursss eS Leia o texto 01 e responda ds questBes de O1 205. ‘Texto: Em busca do umbigo perdido 1 Ollivro 0 Uinbigo do Rei(Editora Caramujo, 2012), de 2. MércioThamos, com ilustragdes de seu primo Ricardo Girotto, 3 explora as relagGes entre o poder e a sociedade, contando a 4 fibula de um rei que s6 pensava em sua prépria pangs, 5 ‘Ala serviae por ela reinava. Acordar, come, riraté @ 6 barriga doer, comer, dormir, comer... Assim viviaele, encerrado 7 em seu prazeroso castelo, longe de todos os sito. 8 ‘Até que um dia seu reino, ou melhor, sua barriga, de 9 {Go inflada, despencou, fazendo seu umbigo sumir. Fm busca 10 doumbigo perdido, encontrara seu verdadeiro reino dominado 11 pelamiséria, R ‘O umbigo simbolizao poder centrado em si mesmo, € 13 Thamos, que professor universitério de literatura clissica 14 universal, enfatiza o individualismo como uma chaga que 15) destr6io sujeito.[..] ‘ana Lascvicus. tn: Revista Lingua Portuguesa, Sto Paulo ‘Segment, Ano 8,4" 89, 2013, p58 1 QUESTAO Sabre “O Umbiga do Ret", pode-se afirmar que: Faz referéncia a uma fibula, que & uma histéria contada para reforgar uma verdade dtil ou moralizante, T= O termo “Umbigo” foi usado metaforicamente como simbolo de poder. II- O livrotematiza questdes socials ea preocupagao com o outro, Analise as proposigBes e marque a allernativa que apresenta a(s) correta(s). 8) Te Ill, apenas. b Weill ©) Fell, apenas, @) tell, apenas. ©) apenas 2" QUESTAO. Em relagdo ao enunciado “com ilustragdes de seu primo Ricardo Girotto” (linha 2), pode-se afirmar que é () Uma oragao intercalada, podendo ser retirada do texto sem prejuizo de sentido, (.) Um adjunto adverbial com circunstincia especifica da ago verbal (.) Um aposto explicativo que faz referéncia a um nome anteriormente citado. Analise as proposigBes e assinale (V ) para as verdadeiras e (F ) para as falsas Marque a alternativa correta a) EVE b VVF 9 FFF @ VEY 9 EVV (VEL SUPERIOR COMPLETO (Psicopedagog0) 3* QUESTAO. Em “A ela serviae por ela reinava’ (linha 5), pode-se afirmar que: () Opronome “ela” () “A ela e “por ela” participam da construgdo de um periodo composto por coordenagiio e assumem a fungao de sujetos. () “Servia” e “reinava” transmitem a ideia de uma ago habitual ou continua. 105 dois usos, remete ao mesmo referente. ‘Analise as proposigSese assinale (V) para as verdadeiras e(F) para as falsas. Marque a alternativa correta, 2) VFV b VF 0) EVE @ FFV 9 FY 4 QUESTAO Em Acordar, comer, rir até a barriga doer, comer, dormir, comer. linhas 5-6), pode-se afirmar que ha uma: 18) Enumeragao cadtica composta por elementos que destoam do plano enunciativo, 1b) Construgto sob a forma de gradagto, pois existe a disposigao de uma série de elementos que colabora com a progressividade textual ©) Repetigto enfadonha de termos que poem em desarmonia a cestrutura narrativa, ) Redundancia de ideias que prejudica a progressao discursiva ©) Circularidade nas ideias que desqualificao texto, revelando falta de coeréncia sobre que esté sendo dito. S* QUESTAO Em “O umbigo simboliza 0 poder centrado em si mesmo, € Thamos, que é professor universitéri de literatura cléssica universal, enfatiza, 0 individualismo como uma chaga que destr6i o sujeito”(linhas 12- 15), pode-se afirmar que ha uma construgao: I+ Conceitual,fruto das reflexdes sugeridas pela propria fabula, I= Comparativa, que aproxima dois termos pelas suas semelhangas. II- Anaforica, pois ha o emprego de uma palavra em um sentido que nao Ihe & comum ou proprio, Analise as proposigdes e marque a alternativa que apresenta, apenas, a(s) corrals) al » Tellt 9m @ tell 9 ill Pag. 02 Concurso Piblico da Prefeitura Municipal de Guarabira-PB UNIVERSIDADE ESTADUAL DAPARAIBA--Camissde Prumanente de Concunint [NIVEL SUPERIOR COMPLETO (Psicopedagogo) 6 QUESTAO Da leitura do outdoor, abaixo, pode-se depreender: 8) Uma forga argumentativa para convencero leitor de que a melhor Agua da atualidade ¢ a da marca exposta, Uma informagio no intencional de que muitas aguas ficam no passado. ©) Ummodo de mostrar, por meio da propaganda, o verdadeiro valor a Sgua. Um jeito de convencer os usuarios da agua “Frize” que ela nto & “resto”, ©, Uma maneira de comparar a agua “Frize” com sobras de agua engarrafads. Leia o texto 02 e responda as questdes de 07 2 09. ‘Texto02: Passar o pente ino Expresso que, literaimente, designa a aco de usar o lado fino do pente para conseguir retiar sujeiras no cabelo, como caspas epiolhos, Em termos figurativos, significa afastar as pessoas ruins de dado grupo ou, no Ambito comercial, eliminar muambas que estejam prejudicando a atividade da empresa, 'No campo fiscal, a“malha fina” € 0 minucioso exame, que procura corrigir erros ¢ impropriedades em declaragbes de renda, 0 que assusta muita gente quando lhe chega a intimagio para 0 respectivo acerto. "Nahistéria do Brasil,o pent fino teve seu lugar num episédio patético, Quando a familia real portuguesa, em 1808, mudou-se para © Ride Janeiro numa tumultuada e ariscada travessia maritima, as ‘mulheres, que viajavam em precrias condigbes, foram atacadas por uma epidemia de piolhos, engordados por seus respectivos ovos, as léndeas —palavra que, aliés, Otto Lara Rezende considerava como a ‘mais linda da lingua portuguesa, veja voeé.[..] Marcio Cotrim. tn: Revista ‘Seay Angus Portuguesa, Sto Paulo nt, Ano 8, n° 90,2013, p. 0 7 QUESTAO O titulo do texto revela uma expressio de linguagem 18) Irénica, pois hé um deslocamento contextual em relagio situago comunicativa, D) Rigorosa no trato da linguagem formal, pois nfo apresenta inadequagBes morfossintticas © Contréria ao uso coloquial, tendo em vista sua corregdo linguistica Poética no que diz respeito & construgdo da linguagem, ©) Ajustada ao uso de uma cultura popular, em sentido figurativo. 8* QUESTAO Em relagdo as fungdes da linguagem, pode-se afirmar que € predominante, no texto, a fungao: 8) Expressiva, porgue esté centrada na opinio do locutor. )_Referencia, pois a intengao fundamental éinformar sobre os varios conceitos da expressao “passar o pent fino”. ©) Poética, tendo em vista que faz alusdo ao uso de uma linguagem figurada © Fitica, pois 0 objetivo € chamar a atengdo do interlocutor ©) Conativa, porque ple em destaque o destinatério, estimulando-o por meio da mensagem, 9* QUESTAO. ‘Analise as proposig¥es e assinale ( V ) para as verdadeiras © ( F ) para as falsas nas alterativas em que os enunciados fazem referencia 4 circunsténcia temporal. () “L--]muma tumultuada earriscada travessia maritima’ (_.) *Nahistéria do Brasil, o pente fino teve seu lugar num episédio patético” ( ) "Quando a familia real portuguesa, em 1808, mudou-se para o Rio de Janeiro [..)” () “[.Jas mulheres, que viajavam em precérias condigdes, foram atacadas [..)" Marque a alternativa correta 8) VVFF b VEVF 9 FVFV @ FFVV ©) FVVF Leia o poema e responda a questto 10 Bithete Setu me amas, amaeme balxinho ‘Nao o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixaem pazamim! Seme queres, enti, Tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e 0 amor mais breve ainda... 10" QUESTAO Em relago a0 poema de Mario Quintana, pode-se afirmar: 1A mulher amada é tratada informalmente pela 3* pessoa do discurso, Tl- No 2* verso, o pronome obliquo “o” substtui toda uma oragao. MI- Nos 3° e4° versos,o eu litico dirige seu discurso interlocutora ra 2* pessoa do singular, Analise as proposigdes e marque 2 altemativa que apresenta, apenas, fs) correta(s) ) lett » lelll 9 9 lel oi Concurso Piblico da Prefeitura Municipal de Guarabira-PB Pag. 03