You are on page 1of 37

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO

E COMUNICAÇÃO
O que é a Informática?
A palavra Informática tem origem na junção das
palavras:

INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA

=
INFORMÁTICA

...e significa, portanto, o tratamento da informação


por meios automáticos (através de dispositivos
eletrónicos: computadores e sistemas
informáticos).
Primeiro computador eletrónico ENIAC
(30 ton., 9 m de altura, 140 m2 área; 180 000 válvulas, 300 km de fios, 140 KW de potência)
SISTEMAS INFORMÁTICOS

Os sistemas informáticos, em geral, são constituídos por dois tipos de


componentes fundamentais:

O HARDWARE refere-se aos dispositivos físicos (eletrónicos, mecânicos


e eletromecânicos) que constituem um sistema informático (computadores
ou outros dispositivos relacionados).

O SOFTWARE engloba todos os programas de computador, ou seja,


instruções que são capazes de fazer funcionar o Hardware, sob a
intervenção mais ou menos interativa dos utilizadores.
HARDWARE

Periféricos

Computador
Periféricos de Entrada

Permitem a
entrada de
informação no
computador
Periféricos de Saída

Permitem a
saída de
informação no
computador
Periféricos de Mistos

Permitem a
entrada e a saída
de informação no
computador
SOFTWARE
TIPOS DE SOFTWARE

Software de Sistemas
Fundamentalmente os Sistemas Operativos - consiste numa primeira camada de
software ou conjunto de instruções que transformam o hardware num sistema com
o qual o utilizador pode interagir e fazer funcionar os seus programas
TIPOS DE SOFTWARE

Software de Aplicação
Engloba todo o restante tipo de programas de computador, que permitem ao
utilizador realizar determinadas tarefas.
ESTRUTURA GERAL DE UM SISTEMA INFORMÁTICO

Unidade Central de
Processamento
(CPU)
Dispositivos Dispositivos
de entrada de saída
(input) (output)
Memórias ou
dispositivos de
armazenamento
Principais componentes de um computador tipo PC

• Placa principal ou Motherboard


• Processador ou CPU
• Memória ROM
• Memória RAM
• Disco rígido
• Fonte de alimentação
• Slots e placas de expansão
• Drive de CD/DVD
Principais componentes de um computador tipo PC

Placa principal (motherboard) – é a placa de circuitos impressos de


maiores dimensões no interior do PC, na qual se encontra a CPU e
à qual se vão ligar os periféricos através de conetores e placas de
expansão;
Principais componentes de um computador tipo PC

Processador ou CPU – o componente fundamental de um sistema


informático. É ele que efetua as principais operações de
processamento.
A sua velocidade é medida em GigaHertz (Ghz) (Mil milhões de
ciclos por segundo).
Os processadores de hoje possuem vários núcleos o que lhe
confere maior capacidade de processamento;
Principais componentes de um computador tipo PC

Memória ROM (Read Only Memory) - É uma memória só de leitura


e é utilizada principalmente para incluir instruções de rotina para o
funcionamento básico de um computador: operações de arranque
ou de interação com dispositivos de entrada e saída de dados.
Principais componentes de um computador tipo PC

Memória RAM (Random Access Memory) – Memória de acesso


aleatório em que são feitas operações de leitura e escrita de dados,
nelas são introduzidos e guardados, temporariamente, os
programas e dados com que o computador trabalha em cada
sessão.
É considerada uma memória volátil (perde a sua informação
quando se desliga o computador ou se muda de programa)
Principais componentes de um computador tipo PC

Disco rígido - este componente é o principal meio de


armazenamento de dados do computador .
É nele que está guardado o sistema operativo, os restantes
programas instalados no computador e também a maioria dos dados
do utilizador.
É considerada uma memória não volátil, ou seja, as informações
não são perdidas quando o computador é desligado.
Principais componentes de um computador tipo PC

Fonte de alimentação – É o componente do computador que


transforma a energia elétrica da rede em energia adaptada ao
funcionamento interno do PC.
Principais componentes de um computador tipo PC
Slots de expansão – permitem ligar placas de circuito impresso (placas
de expansão) à motherboard através de encaixes (slots) próprios;

Placas de expansão - estas placas acrescentam funcionalidades que o


computador não possui (gráficas, de som, portas USB…)
Principais componentes de um computador tipo PC

Drive de CD/DVD – é o componente responsável pela leitura e


gravação de dados em memórias do tipo CD e DVD.
MEMÓRIAS OU DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO DOS S.I.

Existem dois tipos de memórias informáticas:

A) Memória primária:
Encontra-se em contato direto com o CPU, fornecendo-lhe as
instruções e dados com que este opera e dele recebendo dados
resultantes do processamento.

B) Memória secundária:
São suportes de armazenamento de informação, que interessa
guardar para além do tempo em que é utilizada na memória
primária.
A) Existem vários tipos de memórias primárias:

•Memórias ROM (Read Only Memory)


•Memórias RAM (Random Access Memory)
•Cache (Está localizada no processador e permite uma utilização mais
rápida por parte deste)
B) Memórias secundárias:

As memórias secundárias ou de massa permitirem armazenar


grandes quantidades de informação para além do momento em
que se está a utilizar determinado programa (não perdem a
informação quando o computador é desligado ou se muda de
programa).

Exemplos de memórias secundárias:


- Discos rígidos;
- CD´s e DVDs;
- Pens USB (do tipo memória);
- Disquetes;

- Bandas magnéticas (tapes);


TECNOLOGIAS DE GRAVAÇÃO E LEITURA DE INFORMAÇÃO NOS
MEIOS DE ARMAZENAMENTO SECUNDÁRIO

 SUPORTES MAGNÉTICOS: são revestidos por uma


substância magnética, cujas partículas codificam os dados
conforme a orientação dos campos magnéticos.
Exemplos: discos, disquetes, bandas magnéticas.

 SUPORTES ÓPTICOS: que se caracterizam por utilizarem


tecnologia laser (feixes luminosos – daí a designação de
ópticos) para a gravação e leitura de informação.
Exemplos: CD, DVD.
VANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE CDs e DVDs :

Permitem armazenar grandes quantidades de informação


numa pequena porção de espaço;

Podem ser facilmente transportados para outros


computadores (ao contrário do que acontece com os discos
magnéticos);

A informação gravada nos discos óticos tem uma durabilidade


e fiabilidade superior à dos suportes magnéticos (entre outros
motivos porque não estão sujeitos a interferências
eletromagnéticas).
TIPOS DE CDs UTILIZADOS EM COMPUTADORES :

 CD-ROM: o primeiro tipo de disco compacto a surgir com


informação digital especificamente para computadores, apenas
permitem a leitura de dados.

 CD-R (Compact Disc - Recordable): apresentado


inicialmente sem qualquer informação e que pode ser gravado
(apenas uma vez) numa unidade própria (gravador de CD-R).

 CD-RW: (Compact Disc - Rewriteable): é um disco compacto


que permite a gravação, apagamento e regravação de
informação (através de um dispositivo chamado gravador CD-
RW).
TIPOS DE DVDs UTILIZADOS EM COMPUTADORES :

DVD (Digital Versatile Disk): a principal diferença dos DVDs


relativamente aos CDs reside na maior densidade dos dados
nos DVDs, o que se traduz numa maior capacidade de
armazenamento (CDs suportam 700 Mb, os DVDs suportam
4,7Gb; 8,5GB ou mais).

 Os principais formatos atualmente existentes de DVD


(análogos aos formatos de CDs) são os seguintes: DVD-ROM;
DVD-R; DVD-RAM ou DVD-RW.

 Atualmente existem também os HD-DVD (15 e 30Gb) e os


DVD Blu-Ray (25, 50 e 100Gb)
A BASE DIGITAL DO FUNCIONAMENTO DOS S. I.

Os sistemas informáticos processam informação de muitos


tipos:
Texto
Números
Imagens
Sons

No entanto ao nível do Hardware trabalham fundamentalmente


com base no sistema informático binário – um sistema de
numeração que utiliza apenas dois dígitos: 0 (zero) e 1 (um).
Os processadores e outros circuitos digitais são concebidos
para funcionarem com dois tipos de sinais elétricos:
um sinal representa o zero (0) e o outro representa o um (1).

Todas as memórias informáticas e suportes de armazenamento


usados nos sistemas informáticos estão concebidos para
registarem informação codificada em dígitos binários.
A unidade mínima de informação que pode conter apenas um
sinal digital (0 ou 1) é designada por bit.

O termo Bit resulta de duas palavras inglesas binary (binário) e


digit (dígito).

Cada bit, por si só, não pode conter mais do que um de dois
estados possíveis (0 ou 1).

Porém se juntarmos bits em agrupamentos de 8, 16, 32, 64 ou


outros, então, poderemos codificar números, caracteres e outros
tipos de dados.
DESIGNAÇÕES E MEDIDAS DE CAPACIDADE NOS S. I.

 Um agrupamento de 8 bits é designado por byte.

 Os bytes são os agrupamentos de bits mais


usados nos sistemas informáticos para representar
informação.
 Outras capacidades:

1 KB (quilobyte) = 1024 bytes


1 MB (megabyte) = 1024 KB
1 GB (gigabyte) = 1024 MB
1 TB (terabyte) = 1024 GB

NOTA:
A razão de se utilizar múltiplos de 1024 em vez de 1000 tem a ver com
o facto de 1024 = 210 que é o valor de uma potência de 2 mais
próximo de 1000.
Num sistema informático, o subsistema gráfico ou subsistema de
vídeo é composto, basicamente, por:

Uma placa gráfica – que é responsável pelo tratamento e


transferência da informação do CPU/RAM para o monitor;
Um monitor – que apresenta, num ecrã, a informação
recebida da placa gráfica.

Existem monitores de dois tipos fundamentais:

Monitores do tipo CRT (Cathod Ray Tube) ou tubo de raios


catódicos – que são do mesmo género dos monitores de
televisão;
Monitores do tipo LCD (Liquid Cristal Display) ou ecrãs de
cristais líquidos – que são mais estreitos do que os do tipo
CRT e com uma tecnologia de funcionamento diferente.
PRINCIPAIS TIPOS DE IMPRESSORA

Impressoras matriciais ou de agulhas – funcionam através de


uma cabeça que contém um conjunto de agulhas (9 ou 24,
conforme a qualidade da impressora) são essas agulhas que
imprimem pontos contra o papel, através de uma fita
impregnada de tinta.

Características:

são lentas e barulhentas;


Monocromáticas;
qualidade de impressão baixa;
baixo preço das fitas;
a sua vantagem é conseguirem os mais baixos
custos por folha impressa.
PRINCIPAIS TIPOS DE IMPRESSORA

Impressoras de jatos de tinta – funcionam com base num


dispositivo que projeta jatos de tinta contra a folha de papel.

Características:

Bastante silenciosas;
Medianamente rápidas;
Qualidade de impressão superior às matriciais e
inferior às laser;
Podem ser monocromáticas ou a cores;
Mais baratas que as laser.
PRINCIPAIS TIPOS DE IMPRESSORA

Impressoras laser – funcionam com base na tecnologia laser


(feixes luminosos).

Características:

Silenciosas;
São as mais rápidas;
Oferecem a melhor qualidade de impressão;
Podem ser monocromáticas ou a cores;
Custo por folha reduzido;
São as mais dispendiosas quer no preço quer na
manutenção e nos consumíveis que utilizam.