You are on page 1of 65

Instituto de Assistência Médica

ao Servidor Público Estadual

Prova Prática 2018

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Processo Seletivo de Residência Médica
Casos Clínicos

 Leia atentamente os “Casos Clínicos”


 Responda sucintamente as “Questões”
Caso Clínico 1
Paciente masculino, 18 anos, com história de
epigastralgia há 18 horas de forte intensidade
associada a náuseas e hiporexia, refere
irradiação da dor para fossa ilíaca direita há

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
6 horas, nega melhora da dor ao uso de
antálgicos via oral.

Leucometria de 18.450 mm3 com 18% de


bastonetes, PCR de 12,3 mg/dL e radiografia
simples do abdômen com presença de alça
sentinela em quadrante inferior direito.
Caso Clínico 1

Ao exame físico: bom estado geral, hidratado,


corado, lúcido e orientado no tempo e espaço,
afebril, anictérico, acianótico, apresentando

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
marcha antálgica.

FC = 108 bpm, PA = 120 x 80 mmHg.

Abdômen plano, simétrico, depressível com


dor e descompressão brusca positiva em
fossa ilíaca direita.
Questão 1

Qual é o exame de imagem mais


adequado para a elucidação diagnóstica
neste caso?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Explique.
Questão 2
De acordo com a escala de Alvarado,
calcule o escore, pontuando cada uma de
suas variáveis por extenso.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 3

Indique o tratamento para o caso apresentado.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 4

Quais são os patógenos mais frequentemente


encontrados e o tratamento de escolha?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 2

Paciente feminina, 56 anos, submetida à correção


de hérnia inscisional de grandes proporções, por
diverticulite complicada há 1 ano. Durante o

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
procedimento cirúrgico, recebeu 7 concentrados
de hemácias por lesão inadvertida da artéria cólica
média, que foi reparada no ato. Fechamento da
parede abdominal com tela de prolene sem outras
intercorrências.
Caso Clínico 2
Depois de 48 horas de internação na UTI
desenvolve quadro de oligúria, sendo monitorada
a cada 2 horas, é verificada uma pressão

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
intraabdominal de 20 cm H2O e uma PAM de
63 mmHg.
Questão 5

Indique o valor da pressão de perfusão


abdominal.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 6

Indique o valor do gradiente de filtração


glomerular.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 7

Qual é o grau de hipertensão abdominal?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 8

Indique 3 medidas relacionadas ao


tratamento a serem instituídas, neste
momento.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 3
Homem, 50 anos, morador de rua, desnutrido,
etilista, chegou no pronto-socorro com quadro de
sonolência e hipotensão. Realizado ECG, o

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
paciente evoluiu em PCR por AESP (atividade
elétrica sem pulso).
ECG

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 9

Qual deve ser a etiologia da PCR?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 10

Qual a droga de escolha para


ser administrada durante a PCR e
a respectiva dose?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 3

Após estabilizar paciente em sala de


emergência, colocado em ventilação mecânica
com pressão controlada (PCV). Apresenta

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
pressão parcial de dióxido de carbono no
sangue arterial (PaCO2) de 49 mmHg.
Questão 11

Cite dois controles do ventilador pulmonar


que podem ser aumentados para elevar o
volume-minuto administrado:

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 12

Cite outras cinco causas de AESP:

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 4

Mulher, 50 anos, relata que há 5 meses evolui


com fraqueza muscular proximal de membros
superiores e inferiores que a impossibilita de

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
subir escadas e pentear cabelos. Ao quadro,
associa-se perda de 10 kg, alteração no padrão
evacuatório no período e o surgimento das
lesões expostas, conforme representado na
imagem.
Caso Clínico 4

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 13

Qual a principal hipótese diagnóstica?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 14

Quais os possíveis achados expostos


na imagem?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 15

Considerando a presença de síndrome


consuptiva nessa paciente, qual exame

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
se faz necessário neste momento?
Questão 16

Qual o tratamento inicial da paciente?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 5
Mulher, 40 anos, do lar, peso 100 kg,
1,63 m de altura, casada, tem 1 filho adolescente;
veio à consulta para fazer uma mamografia, pois
conversando com a vizinha sobre saúde, foi

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
alertada sobre a importância da prevenção do
câncer de mama. Refere que está engordando e
se sente cansada com dores na coluna e joelhos.
Tentou várias vezes emagrecer sem sucesso.
Sua alimentação é pobre em verdura, legumes
e frutas. Come muito doce e frituras. Não gosta
e não faz exercícios pois diz não ter tempo
suficiente.
Caso Clínico 5

O marido tem 48 anos, pesa 90 kg, 1,70 m de


altura; trabalha num comércio próximo a sua
residência e possui o mesmo hábito alimentar
que a esposa. O filho tem 13 anos, pesa 70 kg e

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
1,50 m de altura. Estuda num colégio perto de
casa e à tarde depois da aula, fica jogando vídeo
games.
A mulher gostaria de fazer uma dieta definitiva
para toda a família, pois só assim poderão juntos,
mudarem seus hábitos de vida.
Questão 17

Atualmente, quais são os exames


recomendados pelo Instituto Nacional
de Câncer (INCA) para a prevenção

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
do câncer de mama e sua
periodicidade?
Questão 18
A investigação inicial necessária para se avaliar
um adulto com obesidade inclui?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 19

Em relação à abordagem dietética inicial


da obesidade no adulto, qual é a melhor

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
orientação ao indivíduo neste momento?
Questão 20

Quais são os critérios para indicação


de uma cirurgia bariátrica?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 6

Homem, 45 anos, branco, casado, engenheiro há


20 anos, veio à consulta com queixa de tosse
seca associada à dor no peito e queimação que
pioram principalmente à noite quando está

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
dormindo, chegando a acordar com uma
sensação de falta de ar. Refere que os sintomas
estão se tornando mais frequentes e pioraram
de 6 meses para cá.
Caso Clínico 6

Procurou um pneumologista que solicitou uma


radiografia de tórax, não apresentando
alterações. Receitou um ansiolítico, pois estava

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
muito ansioso e preocupado com a sua saúde.
Não houve melhora do quadro, até que na noite
anterior, depois de ter comido mais que o
habitual, acordou com uma sensação de estar
tendo um infarto e sufocamento.
Questão 21

Dentre os sintomas extra esofágicos


presentes no refluxo gastroesofágico, qual
é o mais frequentemente encontrado?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 22

Numa pessoa idosa, com refluxo


gastroesofágico, que doenças ou

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
distúrbios devem ser investigados
antes de se prescrever tratamento
com antiácidos?
Questão 23

A presença de regurgitação no caso


de refluxo gastroesofágico, geralmente
indica qual processo patológico?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 24

Cite 3 medidas comportamentais que


devem ser recomendadas no tratamento

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
do refluxo gastroesofágico.
Caso Clínico 7

Mulher, 57 anos, refere há 6 meses sensação de


fogachos várias vezes ao dia chegando a acordar
à noite com eles. Os mesmos são seguidos de

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
sudorese. Relata, ainda, insônia e irritabilidade.
Foi submetida há 10 anos a histerectomia total
por mioma uterino. Nega existência de qualquer
outra morbidade.
Caso Clínico 7

O exame ginecológico foi normal com útero e


ovários não visibilizados à ultrassonografia
transvaginal e a mamografia solicitada teve

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
como resultado BI-RADS 2.
A paciente deseja uma medicação para
resolução de suas queixas clínicas.
Questão 25

Indique o tipo de hormônio que poderá ser


prescrito com grande chance de resolução do

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
quadro clínico.
Caso Clínico 7

A paciente indaga sobre possíveis vantagens


metabólicas e efeitos colaterais relacionados
à terapia proposta.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 26

Cite uma vantagem e uma eventual


consequência adversa.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 27

O fato de ter sido submetida a


histerectomia total há 10 anos influi

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
na escolha da terapia proposta?
Explique.
Questão 28

A retirada dos ovários era necessária


na cirurgia realizada há 10 anos?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Explique.
Caso Clínico 8

Uma paciente G1P0A0 comparece ao serviço de


urgência com queixa de três contrações uterinas
fortes em dez minutos. A idade gestacional
cronológica é de 32 semanas e 2 dias. Na mesma

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
data, o cálculo da idade gestacional baseado no
primeiro USG obstétrico revela idade gestacional de
30 semanas e 3 dias. Ao toque apresenta dilatação
de 3 cm, bolsa íntegra e líquido claro à amnioscopia.
Não trouxe cartão de pré-natal ou qualquer outro
exame. Nega outras comorbidades.
Questão 29

Qual a idade gestacional correta?


Justifique.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 30

Qual a principal hipótese diagnóstica


e sua conduta?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 31

Cite três fatores de risco encontrados


nesta situação clínica.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 32

Existem complicações neonatais mais


frequentemente relacionadas a esta

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
situação clínica?
Cite três possibilidades e como elas
podem ser evitadas.
Caso Clínico 9

Menino, 8 anos de idade, retirou verruga


plantar em consultório dermatológico há
2 dias, hoje apresenta dor no local que está

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
hiperemiado também em área próxima à
lesão. Apresentou um pico febril de 38,2ºC.
Foi feito diagnóstico de infecção secundária
ao procedimento.
Caso Clínico 9

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 33

Qual a etiologia mais provável do


quadro infeccioso?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 34

A infecção é considerada de aquisição


hospitalar?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 9
Na figura a seguir, esquematiza-se
o local de ação dos antibióticos. Há 5
quadros numerados onde se incluem,

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
em cada um deles, os antibióticos
segundo sua ação na multiplicação
bacteriana.
014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 35

Registre o(s) número(s) do(s) quadro(s)


onde está(ão) o(s) antibiótico(s) que
será(ão) indicado(s) ao paciente.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 36

Qual medicamento deve ser prescrito?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Caso Clínico 10

Menino, 6 anos de idade, após resfriado


apresenta feridas em torno de nariz e
boca há 5 dias. Hoje a mãe notou lesões

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
semelhantes em nádegas. Nega febre ou
sintomas gerais.
Caso Clínico 10

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 37

Indique o diagnóstico mais provável.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 38

Qual a fisiopatologia relacionada a


ocorrência das lesões?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 39

Qual o agente etiológico mais provável


relacionado ao quadro?

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
Questão 40

Indique o tratamento mais adequado.

014 – ÁreasBásicasAcessoDireto
014 – ÁreasBásicasAcessoDireto