You are on page 1of 1

A necessidade de ocupar o tempo disponível com atividades é fundamental para aumentar a

produtividade do setor de TI e das áreas de negócio. Por isso, os equipamentos de TI devem


proporcionar a redução do tempo de ócio. Quando os equipamentos tornam-se muito
desgastados devido ao tempo e ao uso, ocorrem com mais facilidade aqueles períodos de
inatividade que afeta todo o negócio, resultando em perda de receita que, muitas vezes, não
pode ser recuperada.

O processo de Estudo de viabilidade da contratação iniciou-se com o levantamento do parque


de máquinas da fundação Assefaz. Após levantamento e solicitação do período de aquisição
junto ao patrimônio, verificou-se que X% do parque de máquinas tem mais de Xanos de
utilização.

As boas práticas de Gestão de ativos de tecnologia recomendam a substituição dos


equipamentos num ciclo de 4 a 5 anos para minimizar a perda de receitas com inatividade e
manutenção em equipamentos obsoletos.

Por meio de análise e levantamento da área técnica GETI foi identificado a necessidade da
troca dos equipamentos de desktops desta superintendência, visto que os atuais estão
bastante obsoletos e com isso não consegue atender as demandas de vários setores, pois
ocorre travamentos, memória cheia, telas antigas e pequenas, desligamento das máquinas no
meio do processo, dentre outros.

Por isso, quando o gestor de TI perceber que esses eventos estão se tornando corriqueiros,
certamente é um bom indício de que chegou a hora de trocar os equipamentos de TI.

Pode se tratar somente de uma máquina ou de uma rede inteira. Seja como for, o tempo de
inatividade afeta todo o negócio, resultando em perda de receita que, muitas vezes, não pode
ser recuperada.

negociação: o processo se iniciou com envio da coleta de preços para aquisição de 126 (cento
e vinte e seis) desktops, conforme configuração encaminhada pela geti (anexo i). este sgcc
recepcionou no total 6 (seis) propostas, conforme