You are on page 1of 7

História da Igreja

Capitulo 01
Teodoro de Beza e o Escolasticismo Protestante

Teodoro de Beza

Gabriel Martins SBE Página 1


História da Igreja

Muitos podem dizer quem é este Teodoro de Beza? Qual foi sua importância na história da
igreja? Pois bem a maioria dos evangélicos do nosso século não sabe quem ele foi e sua
importância, mas ele foi proeminente na história da igreja, muito influente no período da
reforma e sucessor dos Ensinos de João Calvino.

Teodoro Beza (ou Teodoro de Beza) (1519-1605) foi um protestante, era Frances um
estudioso teólogo muito importante na época do inicio da reforma, como sendo sucessor de
Calvino, sempre foi muito associado ao calvinismo, viveu a maior parte de sua vida adulta
na Suíça.

Primórdio de sua vida


Beza Nasceu em Vezelay em Junho de 1519, filho de Pierre de Besze Marie
Bourdelout.Sua Mãe morreu quando ele tinha apenas 3 anos de idade. Foi quando ele saiu
de Paris para morar com um tio rico, com seu tio ele pode receber uma ótima educação com
os melhores professores de sua época. Em 1528, quando ele tinha 9 anos seu tio o enviou
para Orleans para estudar debaixo da tutoriação de Melchior Wolmar.

Teodoro seguiu a carreira de Advogado, começou a estudar na universidade de Orleans


onde se formou com honra, com apenas 20 anos de idade em 1539, Ele se casou
secretamente com Claudine Denosse em 1544.

A necessidade de conhecer um salvador veio, foi quando ele aceitou a Cristo, foi quando
ele foi para Genova em 23 de Outubro de 1548.

Seu estabelecimento em Genova


Chegando em Genova ele começou a estudar entrou em um curso de Teologia, no ano
seguinte em 1549, foi apontado para lecionar Grego, pois ele tinha aprendi o idioma quando
menor.

A academia de Genova foi organizada em 1558, foi a onde Teodoro assumiu o mestrado de
Grego e também ele assumiu uma igreja como pastor, foi a onde ele começou a intervir
com alguns membros da nobreza, os quais estavam sendo perseguindo por conta de suas
conversões ao protestantismo, logo ele foi conhecido como o homem mais renomado e de
melhor retórica da reforma Francesa. E segundo Teólogo de renome, pois até então o
primeiro era João Calvino.

Após a morte de Calvino Ele assumiu o posto da primeira Cadeira de Grego e Teólogo, ele
também completou a revisão da tradução do Novo Testamento de Olivetan, em 1559 ele
encabeçou mais uma jornada nos estudos da interessante Huguenotes.

Gabriel Martins SBE Página 2


História da Igreja

Porém mais incessante do que estas atividades foi a sua própria confissão de fé. A qual pelo
simples fato de seus estudos em Lei ficou extraordinária foi à forma de promover o
Evangelho entre os seus compatriotas. Foi Impressa em Latim em 1560, com a dedicatória
a seu professor Walmar, que após foi traduzida para Inglês e publicada em Londres em
1563 e Alemão em 1572 e Italiano em 1585.

Com a Morte de Calvino Beza foi instituído presbítero local e ai vemos então a sucessão de
Calvino para Beza em 1563.

Escolasticismo Protestante.
No Escolasticismo católico vemos o surgimento da primeira faculdade, com o
Escolasticismo Protestante não seria diferente, a sua primeira faculdade foi fundada em
1559, por Calvino Beza auxilia Calvino na abertura da mesma.

Genova ficou conhecida na época como a Roma Protestante, pelo crescimento do


protestantismo ali. Por causa da falta de recursos financeiros isto forçou a Calvino a ir em
porta em porta pedir auxilio financeiro para a faculdade que na época contava com um
Ginásio e uma academia (local onde eles estudavam).

Isto foi uma resposta grande para a Escola Jesuíta na época, nos seus primeiros anos a
Faculdade ficou muito conhecida chegando a receber 900 alunos. Todos que quisessem
poderiam estudar lá simplesmente por que para Calvino isto era uma forma fantástica de
promover o protestantismo.

Após sua morte Beza assumi a Faculdade em 1564, embora Beza fora 10 anos mais novo
de que Calvino ele viveu muito mais e dominou o cenário religioso de Genova por 40 anos.

Todos os ensinos de Calvino Beza conseguiram ir mais a fundo, por exemplo a Teologia
sistemática iniciado por Calvino Beza foi bem a fundo estabelecendo conceitos teológicos
intrínsecos, algo que podemos destacar foi a predestinação ensinado por Calvino, onde da a
idéia que Deus pré determina o destino final de cada individuo, Beza foi fundo dizendo que
o planejamento da divisão humana antes do primeiro pecado humano, teologia conhecida
como prelapsiarianismo.

Com Isto levou-se a entender que se em Calvino o Sistema de ensino foi bem ensinado com
Seus sucessores os ensinos seriam ainda mais profundos.

Trabalhos Teológicos
Embora Beza Tenha produzido inúmeros estudos históricos, incluindo a biografia de
Calvino, porem tudo foi ultrapassado pelas suas produções teológicas, incluindo Tractiones
theologicae e uma gama de outros ensino.

Gabriel Martins SBE Página 3


História da Igreja

Capitulo 02

Gabriel Martins SBE Página 4


História da Igreja

Racionalismo

Racionalismo e a Religião
O Século XVI, foi sem dúvidas marcadas pelo desenvolvimento intelectual teológico com
as novas idéias de homens como Lutero e Calvino.

O Crescimento do questionamento religioso foi se dando ao longo dos tempos, daí então
nasce mais um movimento filosófico o Racionalismo Religioso, vindo de uma resposta do
escolasticismo protestante.

Gabriel Martins SBE Página 5


História da Igreja

Não foi somente o período do aparecimento de grandes pensadores, mas o momento que a
igreja estava em ponto de reavivamento (igreja Católica) e crescimento e difusão do
protestantismo.

Tais mudanças coincidiram com um grande crescimento filosófico, com respeito do


racionalismo o personagem primário podemos dizer sendo René Descartes, nascido na
França em 1596 e morreu na Suíça em 1650.

Filosofia era ensinada como matéria escolar naqueles dias e o velho estilo de escolasticismo
medieval ainda se empregava em muitas escolas na Europa .

O Surgimento da primeira verdadeira universidade protestante, liderada por Teodoro de


Beza, guiava à primeira Universidade Protestante sendo uma figura importante da reforma
do cristianismo.

Descartes era muito jovem neste período, porem quando mais velho ser tornou um filosofo
muito importante, ele desenvolveu um novo meio de psicologia, um meio onde que as
coisas deveriam ser provadas.

Descartes dizia que matérias como ciências ou campos religiosos deveria ser provadas com
a razão como matemática ou física, colocando estes princípios em pratica, ele buscou
providenciar provas rigorosas sobre a existência da natureza da alma do mundo físico e
Deus.

As idéias de Descartes ficaram conhecidas como Cartesianismo e se tornaram muito


populares e controvercial ao longo do século XVII.

No século XVII, muitas pessoas estavam seguindo as idéias Cartesianas e seu estilo de
filosofia como algo que poderia de alguma maneira apoiar o Cristianismo. Uma destas
pessoas uma figura notável um Filosofo Alemão, físico e historiador Gottfried Leibniz. Este
homem brilhante. Ele Acreditava que todas as discordâncias vieram da lógica e se as
pessoas aprenderem a lógica da estrutura que esta debaixo destas afirmações a verdade se
torna aparente.

Neste período o Racionalismo era tipicamente concernente a apoiar a religião.Um


representante católico foi Jacques Bossuet, o que defendeu o catolicismo contra o
protestantismo, escreveu uma gama de livros para persuadirem as pessoas a retornar a
igreja (Católica). De fato os pensadores Cristãos achavam que a razão era a chave para
quebrar as divisões entre as igrejas.George Callixtus, um luterano e Hugo Grotius, um
reformado teólogo, gastaram muito de suas energias tentando achar uma maneira de reunir
no inicio do século XVII,mas os resultados foi não sucedida, com seus membros cada vez
mais longes um dos outros.

Gabriel Martins SBE Página 6


História da Igreja

Houve mais uma tentava de reunir em 1645 com uma conferencia em Thorn, dirigida por
Vladislav da Polônia,mas não houve sucesso por divergências de opiniões.

O Racionalismo levou um serio risco tentando provar a religião pela razão,mas não tanto
sucesso levantando até hoje uma grande dúvida na mente de seus seguidores, fazendo que
cada vez mais filosofias nascessem entre elas o Deismo.

O Deismo levou a desacreditar em muitas coisas, entre elas o nascimento virginal, trindade,
e muitos outros acontecimentos que são provados pela fé, um nome deste seguimento que
podemos citar seria John Toland que escreveu um livro conhecido como Cristianismo não
um mistério em 1696

Bibliografia

CAIRNS, Earle E, “O Cristianismo Através dos Séculos”, Editora Vida Nova 2° Edição
2006

HILL, Jonathan, “History of Christianity” Zondervan, Grand Rapids, Michigan, 2008

SCHAFF, Philip, “History of the Christian Church” Grand Rapids, MI, 2002

Gabriel Martins SBE Página 7